"Nossos militares não podem arcar com os custos médicos que os transgêneros representam”, disse