.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
56 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 55 Visitantes :: 2 Motores de busca

rbarros

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

palmas Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Mensagem por Forista Exegese em Qui 25 Fev 2016, 10:46 am

A progressão nos Evangelhos:  A1) Os discípulos. Mateus 10:1; etc. A2) Os apóstolos. Mateus 10:2; etc. A3) Os setenta tendo a função de apóstolos. Lucas 10. A4) Mulheres que serviam. Mateus 27:55; Marco 15:41; Lucas 8:3; Na Assembleia local em Atos: B1) Apóstolos Atos 13; Atos 15:6; B2) Profetas Atos 11:27; Atos 13:1; Atos 15:32; B3) Mestres Atos 13:1; B4) Evangelista Atos 21:8; B5) Presbíteros, Atos 13; Atos 15:6; B6) Os discípulos(as) novos e antigos Atos 1:15; Atos 9:36; Atos 21:16; B7) Os discípulos após a imposição de mãos Atos 19:6; B8) Os que receberam a função de Diáconos Atos 6; B9) Sacerdotes Atos 6:7; B10) Auxiliares subordinados Atos 13:5; Atos 26:16 1; 1 Coríntios 4:1; B11) Lideres - dirigentes entre os irmãos Atos 14:22; Hebreus 13:7; Hebreus 13:17; Hebreus 13:24; B12) Os irmãos(ãs) testificados Atos 6:3; Atos 16:2; Atos 22:12; B13) Os irmãos(ãs) Atos 15:22-23; O poder de voto dos irmãos (ãs) é tema de debate devido a uma variante.
C) Em 1 Timóteo temos o episcopado, traduzido do original em algumas versões por ?Oficio-de-Pastor-Superintendente, Supervisor, Bispo, Guardião?, porém, o verbete episcopado existe em nossa língua e em antigas traduções. Em 1 Pedro 2:25, Jesus é o pastor e o epíscopo de nossas almas. No século IV, Jerônimo, escreve ?...entre os antigos, bispos e presbíteros são a mesma coisa, pois a primeira palavra é termo de dignidade, a segunda é de idade...” Foi Inácio de Antiquai que fez a distinção hierárquica entre os termos e segundo estes primeiros pais apostólicos, o termo episcopado não foi necessariamente um título eclesiástico e sim uma função para os presbíteros, com uma esfera maior de atuação.

D) Em Tito 1. no verso ?...Está sendo necessário porque o episcopado...? O termo está no singular, antes lemos ?1estabeleças para baixo 2por toda parte 3cidade 4presbíteros...? estando o termo presbíteros no plural, o que corrobora com Atos 14:23, Atos 15:2 e Tiago 5:14, de que eram vários presbíteros na Assembleia local em vez de um para cada cidade. Este termo era o mesmo usado nas Sinagogas Judaicas que possuíam uma rigorosa hierarquia, porém, Jesus já tinha advertido os discípulos para não copiarem a hierarquia Judaica, ?O discípulo não é mais do que o professor- mestre? e Marcos 10:42-43, além disso, a palavra ?estabeleças para baixo? não tem o sentido de ordenação, mas de aprovação entre os que estão em baixo. Assim, é necessária particular analise para cada emprego do termo presbítero no NT, com suas variações, pois permitem muitas interpretações, desde o conceito de idade, de gênero, de ofício e de título eclesiástico. 

F) O título Pastor e archipoimen ?governante dos pastores? é aplicado ao Senhor Jesus, já a função foi aplicada ao Senhor Jesus em Apocalipse e a Pedro, quando Jesus disse ?...pastoreia as minhas ovelhas...? e também, a função, foi aplicada aos presbíteros e epíscopos em Atos 20:17-28 e 1 Pedro 5:1-2. É um erro prepotente e arrogante dos que afirmam que a função equivale ao título, já possuindo a malícia de aplicar na função de pastorear, os pré-requisitos dos presbíteros e epíscopos, o que é um absurdo.  O termo Pastor descrito em Efésios, não é somente uma função, é um δομα ?doma?, dádiva dado pelo Senhor Jesus. INDEPENDENTE DE GÊNERO.

Conclusão:A única restrição imposta as mulheres nas Sagradas Escrituras, é que não sejam presbíteras com a função episcopal. Que recebam o δομα de apóstolas, de profetas, de evangelistas, de pastoras e professoras-mestres, que sejam respeitadas como presbíteras pelas mais novas e que sejam postas como diaconisas para as diversidade de dons (charimas) do Espírito, para a diversidade de ministérios do Senhor e para a diversidade de operações de Deus, que opera tudo em todos.


Última edição por Forista Exegese em Qui 25 Fev 2016, 2:58 pm, editado 2 vez(es)

Forista Exegese
Safira
Safira

Número de Mensagens : 161
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

palmas Re: Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Mensagem por Forista Exegese em Qui 25 Fev 2016, 11:01 am

Os  títulos eclesiásticos na Assembleia local já descritos, de forma natural e espontânea pela idade, as presbíteras, isto é, as anciãs ou as senhoras, etc tendo a possibilidade de ter diversas funções (Que podem ser explanadas pelo dom ?doma? e dons ?charismas?, evangelizar, missões, etc), porém, elas não podem doutrinar/supervisionar a assembleia local como um todo, esta é a função de um dos presbíteros. A Escritura é clara quanto a isto.  Não deve-se confundir a função sob o atuar do Espírito com um título eclesiástico.
 
Não sejam chamados guias maestros porque um de vós está sendo o Guia Maestro, o Ungido. Mateus 10:23 καθηγητης kathegetes de um composto de 2596 e 2233; n m 1) guia 2) mestre, professor Esta é a Teologia Principal, a Primaz, a Proeminente, as Palavras do Senhor Jesus, não a paulina, a joanina, a epistolar, etc...

Vamos a análise da secundária teologia informada neste tópico de fórum. Estejam obedecendo aos que estão dirigindo como líderes de vós... Hebreus 13:17(13) Aqui temos um verbo ηγεομαι hegeomai, na voz média de uma (suposta) forma consolidada de 71; TDNT - 2:907,303; 1) conduzir, isto significa que além de não ser um oficio, ao mesmo tempo auxilia a condução, é conduzido, pois o verbo está na voz média, nem passiva, nem ativa, de forma análoga para Hebreus 13:7(5)
.
...pôs a supervisores a estar pastoreando a assembleia... Atos 20:28 Os supervisores constituídos tem a função de estar pastoreando ποιμαινω poimaino de 4166; TDNT - 6:485,901; 1) apascentar, cuidar do rebanho, tomar conta das ovelhas. Função não deve ser confundida com ofício. O Verso é claro, “pastoreando” é um verbo.

No contexto de Efésios 4:8-13, não deve-se omitir o verso 8! As funções descritas no contexto são δομα doma da raíz de 1325; n n 1) dom, presente, isto é, dádivas, jamais Ofício. A dádiva é dada, jamais constituída como o ofício.

“...Digna de confiança a Palavra, se alguém de supervisor...” É a tradução literal de 1 Timóteo 3:1, logo observamos que a palavra “de supervisor” está no genitivo, ἐπισκοπῆς, isto significa que existe um termo elíptico ( que está oculto) que pertence a ἐπισκοπῆς (“de supervisor”), esta palavra pode ser naturalmente a função de supervisor, o desejo de supervisionar, etc... Portanto, sua função genitiva não implica em um termo nominativo de Ofício constituído.

O Contexto de 1 Tessalonicenses 5-12:13 e Atos 14:23 corrobora com toda a exegese anterior neste post, sendo desnecessária melhor explanação.  Quanto ao último verso “Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei: Tito 1:5” O Ofício de Presbítero/Ancião não é um ofício de pastor, jamais o será, ainda que o Presbítero pastoreie na ação média, já explicada, sendo também pastoreado pelo único Pastor, o Guia Mestre, o Ungido. Esta está sendo a Verdadeira doutrina. Sigamos o Grande Mestre. Quanto a primazia teológica, qualquer leitor já está bem instruído.

Estejam obedecendo aos que estão dirigindo como líderes de vós e estejam cedendo debaixo (em sujeição) mesmos porque estão abstendo de dormir por as almas de vós como a palavra entregaram para que com regozijo a isto estejam fazendo e não gemendo, não imposto rentável, porque a vós é isto. Hebreus 13:17

Ninguém dará conta de alma alguma, se não a da sua própria alma, a alma que pecar, esta vai morrer. Estes líderes que estão a dirigir a assembleia darão conta das próprias palavras deles com respeito a assembleia. No texto grego é logon de logos, palavra, proferida a viva voz e não a tradução ?contas?  O sentido de LOGON APOSODONTES como prestar contas é válido conforme os léxicos-. Com isto, assume com verdade, que a tradução que propôs é mais exegética do que léxica, para forçar o entendimento de que os líderes serão responsabilizados por almas alheias, em vez de serem responsabilizados pelas próprias declarações perante a Assembleia. Com a tradução exegética que está se levantando, por si própria, contraria toda a exegese bíblica do Novo Testamento, enfraquecendo as responsabilidade das declarações dos líderes perante a Assembleia, aumentando demoniacamente/idolatradamente o status quo divino deles, o que já é uma aberração doutrinária, pois Jesus disse que o maior, deve servir o menor.

Olhai por vós mesmos. Lucas 17:3 As Palavras de Jesus aos discípulos e apóstolos. Vejamos uma tradução literal e moderna, direta do Grego que não seguiu o entendimento da Vulgata ...pervigilant quasi rationem pro animabus vestris reddituri... > ...velam por ter de prestar contas de suas almas... Sede persuadidos aos que guiam de vós e cedei abaixo, eles, pois, mantêm-se despertos sobre as almas de vós, como palavra estando para dar de volta, para que com alegria isto façam e não gemendo, não que solta provento, pois,a vós isto. Tradução literal do Interlnear do Novo Testamento do Doutor Waldir carvalho Luz.  O entendimento é que os líderes deverão estar sendo julgados pelas palavras/declarações que deram por estarem despertos sobre as almas das assembleias e não das almas alheias. Não se deve insistir em usar o vocábulo pastores em Hebreus 13:7, pois sabemos que no Grego está escrito lideres, uma diferença exegética grandiosa.
.
Ouvi bem, ó pastores! Ouvi a Palavra de [Yahweh], o SENHOR: Assim diz o Eterno Deus: Eis que posiciono-me contra estes pastores e os considero responsáveis pelo meu rebanho. Eu mesmo farei com que abandonem a função de apascentar as minhas ovelhas, a fim de que também não mais alimentem só a si mesmos. Eis que livrarei o meu rebanho da boca deles, para que não lhes sirvam mais de comida. Porque assim declara [Yahweh], o Soberano Deus: Eu mesmo buscarei as minhas ovelhas e delas cuidarei pessoalmente. Ezequiel 34:8-11
.
...O nosso Senhor Jesus, o grande Pastor das ovelhas. Hebreus 13:20
.
A partir do Senhor Jesus Cristo, só um único Pastor, o Grande Pastor das ovelhas que cuida pessoalmente de cada uma delas. No mais entenda, cada líder dentre os muitos em cada Assembleia local, prestará contas das próprias responsabilidades assumidas perante ela. Esta é a doutrina do Senhor Jesus.
.
Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco, as quais devo da mesma maneira trazer; elas ouvirão minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor João 10:16 Teologia Primaz, Principal e Proeminente sobre todas as outras teologias, as próprias Palavras/declarações/logot do Senhor Jesus, filho do J_va, o Todo Poderoso.
.
A Paz.

Forista Exegese
Safira
Safira

Número de Mensagens : 161
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

palmas Re: Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Mensagem por eddu1978 em Qui 25 Fev 2016, 2:33 pm

"Pator" ?  Não conheço nenhum "pator"....

eddu1978
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 59
Idade : 38
Localização : Balneario Camboriu
flag : Brasil
Data de inscrição : 09/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

palmas Re: Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Mensagem por Forista Exegese em Sab 18 Jun 2016, 6:04 pm

O que o tópico do autor afirma? Que somente há um pastor, Jesus, filho de Deus e os lideres pastorais Dele. O Líder pastoral não é o Pastor. Simples.

Quando fala-se em Líder, os de recursos humanos bem sabem, evoca-se a ideia de EQUIPE, onde todos estão comprometidos, antagônico de "grupo", bando, ocasionalmente bando perdido, daí, bandido, "o que se perdeu...."

Leiamos:

Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo? Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós. Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários; E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela; Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.1 Coríntios 12:12-27

Espírito de Corpo!

Muito poderá ser explanado, enquanto preocuparem-se com a essência do texto.

Paz.

Forista Exegese
Safira
Safira

Número de Mensagens : 161
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/05/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

palmas Re: Não existe título eclesiástico de Pastor, sendo uma usurpação usa-lo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:27 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum