.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
64 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 62 Visitantes :: 1 Motor de busca

Jarbas, Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 12:57 am

Zigurd escreveu:
- Tanto li que até expliquei o sentido dele, mas parece que não foi o suficiente para vc compreender. Ou vc não crê no livre-arbítrio? (se for assim, até te entendo.)
Por favor explique:
Onde a bíblia ensina esse livre-arbítrio e onde ele consta no verso que eu citei?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Qui 08 Out 2015, 9:31 am

Khwey escreveu:
Zigurd escreveu:
Khwey escreveu:
Segundo o texto apresentado, Deus fez o ímpio ou não?

- Segundo o texto, Deus criou o homem puro que, por sua livre escolha, pecou. Da sua descendência nasceram homens tementes a Deus, e também os ímpios.
Criou um anjo de luz que, por sua escolha, tornou-se inimigo de Deus.
Parece que você não leu o texto. Tente novamente:

Provérbios
16:4 O Senhor fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal.

Não é verdade que este texto está dizendo que Deus fez todas as coisas, até o ímpio?
Provérbios 16:4 O Senhor fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal.

Se foi Salomão quem disse isso e analisando a sua história, não é temerário que aceitemos implicações tão pesadas a respeito do Criador?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Qui 08 Out 2015, 11:50 am

Khwey escreveu:Por favor explique:
Onde a bíblia ensina esse livre-arbítrio e onde ele consta no verso que eu citei?

Está no contexto bíblico, e em diversas passagens isoladas, mas a mensagem bíblica nos exorta a escolher sempre o bem, e fazer o bem.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Qui 08 Out 2015, 11:56 am

David de Oliveira escreveu:
Provérbios 16:4 O Senhor fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal.

Se foi Salomão quem disse isso e analisando a sua história, não é temerário que aceitemos implicações tão pesadas a respeito do Criador?

Eu também acho. O pior é que isso ocorre dentro da cristandade.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 1:01 pm

David de Oliveira escreveu:
Se foi Salomão quem disse isso e analisando a sua história, não é temerário que aceitemos implicações tão pesadas a respeito do Criador?
Não. Veja porque...

Isaías
45:7 Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas.

E ainda posso colocar mais.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Qui 08 Out 2015, 1:39 pm

Khwey escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Se foi Salomão quem disse isso e analisando a sua história, não é temerário que aceitemos implicações tão pesadas a respeito do Criador?
Não. Veja porque...

Isaías
45:7 Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas.

E ainda posso colocar mais.
Provérbios 16: (Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

O SENHOR fez tudo para certos fins, e o fim dos maus é a desgraça.
Eu nunca fico com uma tradução apenas.
Não podemos equiparar o conceito de "Senhor", ou "o Senhor dos exércitos de Israel" do Velho Testamento com o conceito do Criador, o Pai de Jesus da dispensação da graça; é uma criancice. O Deus do Velho Testamento era somente o deus de Israel, ou seja, os judeus o querem até hoje somente para eles. 
Vejamos se podemos "aproveitar" para os nossos dias o versículo 5 do mesmo capítulo de provérbios 16:
Provérbios 16:

 5 O SENHOR detesta todos os orgulhosos; eles não escaparão do castigo, de jeito nenhum.
Será que temos esse ensino no Novo Testamento ou lá, Deus ama toda a humanidade a ponto de dar o Seu filho em favor de nós, orgulhosos e pecadores?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 1:52 pm

Veja o que temos sobre isto no novo testamento:

Romanos
9:20 Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?
9:21 Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?

Seria interessante ver o que as outras traduções dizem, e também a interpretação disto com outras palavras

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Qui 08 Out 2015, 5:48 pm

Essa carapuça não me serviu. Eu estou propondo biblicamente a diferença entre os dois conceitos de Deus (VT e NT) perante os pecadores. Se você não vê diferença não precisa insultar, mas se vês, poderia dar a tua interpretação.


Conceito de pecador no tempo da Lei:

Lucas 15:2Mas os fariseus e os mestres da lei o criticavam: “Este homem recebe pecadores e come com eles”. 
Conceito de pecador para Jesus: 

Marcos 2:17Ouvindo isso, Jesus lhes disse: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores”. 
Se acha que isso é "desrespeitar Deus".. Isso pra mim está mais para fanatismo religioso.

Deus faz as pessoas e com elas pode fazer o que quiser, porém, Está certo que de acordo com o contexto de Romanos 9, Deus pode escolher judeus e gentios, que à época eram considerados (pelos judeus)  bárbaros e pecadores, portanto pessoas desonradas e que os tais não mereciam salvação.
A salvação, na interpretação dos judeus no Antigo Testamento estava condicionada ao fator étnico; bastava ser judeu para ser salvo "por escolha". No NT a soberania divina significa que Ele pode escolher tanto judeus como gentios de qualquer nação, independente de ele ser ou não pecador, ser ou não “vaso para honra e vaso para desonra”.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 9:16 pm

David de Oliveira escreveu:Essa carapuça não me serviu. Eu estou propondo biblicamente a diferença entre os dois conceitos de Deus (VT e NT) perante os pecadores. Se você não vê diferença não precisa insultar, mas se vês, poderia dar a tua interpretação.
Sinceramente eu não criei uma carapuça para que sirva em alguém e nem pretendi insultar.

A minha interpretação consiste nas mesmas palavras de Provérbios 16:4 e Isaías 45:7.

Eu realmente tenho curiosidade em saber das outras traduções e do entendimento das pessoas a respeito do texto.

Mas, o que eu estou mais curioso em saber agora, é como isto caracteriza insulto ou carapuça. hummm

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 9:21 pm

Zigurd escreveu:
Khwey escreveu:Por favor explique:
Onde a bíblia ensina esse livre-arbítrio e onde ele consta no verso que eu citei?

Está no contexto bíblico, e em diversas passagens isoladas, mas a mensagem bíblica nos exorta a escolher sempre o bem, e fazer o bem.
A sua resposta poderá ser completa e satisfatória se você puder demonstrar o que diz fazendo uso dos textos bíblicos que te dão base, e com foco nos textos que eu apresentei, Provérbios 16:4 e Romanos 9:20,21.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Qui 08 Out 2015, 9:26 pm

Deus não criou o pecado, e não tenta ninguém.

Deus criou o mal no sentido que por justo e santo que é, se afasta do pecador castigando-o por suas iniquidades.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Qui 08 Out 2015, 9:29 pm

O textos apresentados foram Provérbios 16:4, Isaías 45:7 e Romanos 9:20,21.

Observando o que dizem estes textos, favor demonstrar o que você diz, fazendo uso dos textos bíblicos que te dão base.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Sex 09 Out 2015, 9:01 pm

Khwey escreveu:
Zigurd escreveu:
Khwey escreveu:Por favor explique:
Onde a bíblia ensina esse livre-arbítrio e onde ele consta no verso que eu citei?

Está no contexto bíblico, e em diversas passagens isoladas, mas a mensagem bíblica nos exorta a escolher sempre o bem, e fazer o bem.
A sua resposta poderá ser completa e satisfatória se você puder demonstrar o que diz fazendo uso dos textos bíblicos que te dão base, e com foco nos textos que eu apresentei, Provérbios 16:4 e Romanos 9:20,21.

Ok. Se vc prefere assim... sem problemas. (O texto vai ficar extenso!)

Vou postar esses dois porque fundamentam o pensamento que expressei o comentário acima.

Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens insensatos; como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus. (1 Pe 2:15s)

Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho. (1 Pe 5:2s)

Mas é claro que tem muitas outras passagens bíblicas que fundamentam a ideia de liberdade; e Deus se agrada que façamos o bem mas "como livres"; ou seja, que escolhamos por nossa própria vontade ("livre-arbítrio") fazer o bem. 
Como já anotei por aqui, esse ensinamento está por toda a Bíblia.  


Agora vamos analisar os versículos que vc trouxe.

O SENHOR fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal. (Pv 16:4)

Deus criou o homem. O homem desobedeceu. A partir da queda, o homem perdeu sua liberdade ("livre-arbítrio") porque tornou-se escravo do pecado (ímpio).
 
Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. (Jo 8:34)

O homem, então, precisa arrepender-se e e converter-se para ter seus pecados arraigados, e tornar-se livre como no princípio.
João Batista e os Apóstolos trouxeram essa mensagem da necessidade do arrependimento.

E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. (Mt 3:2) 

Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR, e envie ele o Cristo, que já dantes vos foi indicado, Jesus. (Atos 3:19s)

Arrependido, sepultado e ressuscitado com Cristo, agora com a liberdade plena recuperada, o homem pode, então, novamente fazer escolhas. E escolher entre a vida ou a morte.

Mas nem todos se arrependem, permanecem escravos do pecado. Estes são os ímpios que mesmo não contados entre os Seus, ainda assim são usados por Deus em Seus propósitos, até mesmo para castigar as desobediências de Seu povo a cada dia ("dia do mal"). 

Contudo, o ímpio não foi criado nessa condição, o homem assim se tornou por sua própria escolha no princípio; e continua na impiedade aquele que não se arrepende, portanto não consegue crer em Jesus. Como tal, diz a Bíblia "morrereis em vossos pecados, porque se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados." (Jo 8:24).

Dessa forma, conclui-se que Deus criou o ímpio no sentido de que, a despeito de ter criado o homem "limpo", este escolheu desobedecer, se fazendo ímpio. 
Embora não tendo sido feito filho de Deus, por não crer em Jesus, ainda assim o ímpio não deixa de ser uma criatura de Deus, pelo simples fato de ser homem. 

Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? (Rm 9:20,21)

Deus é o Oleiro, e o homem é o barro.
 
"Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe." (Is 29:16)

"... Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?" (Is 45:9)

"Ou não tem o oleiro poder sobre o barro ...?" (Rm 9:21)

Certamente que Deus tem poder sobre o homem (barro). Mas o versículo que vc trouxe diz que "... para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra".

Desse mesmo barro (massa), e pelas mesmas mãos, todos os vasos são feitos.  Então, o que os diferencia? Certamente não estamos de falando de estética, assim o critério que mais me parece óbvio, é a utilidade que cada um desses vasos: vasos para a honra e vasos para a desonra.

Quem são os vasos para honra?

E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? (Rm 9:22-24) 
 
Paulo diz que os "vasos de misericórdia" (vasos para honra) somos nós! A Igreja do Deus vivo!


E, quem são os vasos para desonra?

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus. (Rm 3:23-26)

Em Rm 9:22 vimos que Deus "... suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição" para "... demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus" (Rm 3:25).

Parece que ficou claro que "Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis." (Rm 3:12)

Diante do que vimos, não é difícil concluir que os vasos de desonra são todos os descendentes da semente corruptível de Adão. Não fosse a graça de Deus que nos justifica pela redenção que há em Cristo, todos nós ainda seríamos vasos de desonra como já fomos outrora. Então fica assim:

Semente corruptível de Adão ---> Vasos para desonra 
Semente incorruptível de Cristo ---> Vasos para honra
 
Somente pela fé em Cristo se revelam os vasos preparados para a honra.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Khwey em Sex 09 Out 2015, 10:29 pm

Zigurd escreveu:
Agora vamos analisar os versículos que vc trouxe.

O SENHOR fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal. (Pv 16:4)

Deus criou o homem. O homem desobedeceu. A partir da queda, o homem perdeu sua liberdade ("livre-arbítrio") porque tornou-se escravo do pecado (ímpio).
É isso que está dizendo o verso acima?

Zigurd escreveu:Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? (Rm 9:20,21)

Deus é o Oleiro, e o homem é o barro.
 
"Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe." (Is 29:16)

"... Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?" (Is 45:9)

"Ou não tem o oleiro poder sobre o barro ...?" (Rm 9:21)

Certamente que Deus tem poder sobre o homem (barro). Mas o versículo que vc trouxe diz que "... para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra".
O que me interessa é o fato de que um vaso vem preparado para a honra, enquanto que o outro vem preparado para a desonra.

Estou certo ou errado?


Zigurd escreveu:Quem são os vasos para honra?

E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou, os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios? (Rm 9:22-24) 
 
Paulo diz que os "vasos de misericórdia" (vasos para honra) somos nós! A Igreja do Deus vivo!
O texto está dizendo que vaso de misericórdia é vaso da honra?


Zigurd escreveu:
E, quem são os vasos para desonra?

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus. (Rm 3:23-26)

Em Rm 9:22 vimos que Deus "... suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição" para "... demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus" (Rm 3:25).

Parece que ficou claro que "Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis." (Rm 3:12)

Diante do que vimos, não é difícil concluir que os vasos de desonra são todos os descendentes da semente corruptível de Adão. Não fosse a graça de Deus que nos justifica pela redenção que há em Cristo, todos nós ainda seríamos vasos de desonra como já fomos outrora. Então fica assim:

Semente corruptível de Adão ---> Vasos para desonra
Semente incorruptível de Cristo ---> Vasos para honra

Somente pela fé em Cristo se revelam os vasos preparados para a honra.
O mais correto seria: Quem foram os vasos formados para a desonra?
Paulo disse que o faraó foi um desses vasos.

Isto está correto?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Sab 10 Out 2015, 1:41 pm

Nosso destino é decidido em cristo, e não em Adão! É fundamental que isso não seja confundido para compreendermos a mensagem de Paulo em Rm 9. Ali mesmo ensina que não é pelo fato dos Israelitas serem descendentes de Abraão que são todos seus filhos. Mas é em Isaque que será chamada sua descendência.  
Contextualizando com o pensamento do v.29, se Deus não nos tivesse deixado descendência, todos seríamos destruídos. Mas, para nossa alegria, não será assim. 

Em Cristo seremos chamados, e não em Adão, embora este também tenha tido sua parte no plano de salvação. Contudo, o plano de Deus tem início em Cristo; e todo o seu desenrolar é com Cristo. Nós somos chamados, e escolhidos por Cristo!
 
Os "vasos", assim tratados assim no texto de Rm 9, embora feitos da mesma massa, portanto com similar qualidade, alguns se quebrarão, outros continuarão servindo segundo as utilidades que lhe são atribuídas. E o oleiro sabe disso, antes ainda de fabricá-los.

Pela fé em Cristo é que serão por nós conhecidos, aqueles que Deus já conhece: os "vasos para honra". Porque estes são os que ouvem o Seu chamado, compreendem a Suas palavras, e colocam-nas em prática. Refletem a luz de Cristo por onde passam.

Os "vasos para desonra" são os outros que sobraram! Deus não os fez dessa forma. Ele fez vasos, uns para a honra e outros para desonra. Deus sabe de antemão quais sejam uns, e outros; mas a eleição é em Cristo.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 10 Out 2015, 3:55 pm

Vocês estão fazendo teologias sem se preocuparem com a contextualização.  cacilds!
Quando Paulo menciona os "vasos para desonra" está se referindo aos gentios! Leiam o capítulo completo de Romanos 9, aliás, o livro inteiro de Romanos, especialmente do capítulo 9 ao 11, ele trabalha a futura aceitação dos gentios ao evangelho, coisa que os judeus judaizantes novos convertidos não aceitavam.
É um absurdo acreditar que o nosso criador fez pessoas para cobaias e sofrimentos sabendo que elas iriam cumprirem desígnios absurdos e maléficos! Isso só acontece no conceito rudimentar do Velho Testamento e na mente de quem pega versículos isolados e descontextualizados.





Romanos 1:18-21Do céu Deus revela a sua ira contra todos os pecados e todas as maldades das pessoas que, por meio das suas más ações, não deixam que os outros conheçam a verdade a respeito de Deus. Deus castiga essas pessoas porque o que se pode conhecer a respeito de Deus está bem claro para elas, pois foi o próprio Deus que lhes mostrou isso.
Desde que Deus criou o mundo, as suas qualidades invisíveis, isto é, o seu poder eterno e a sua natureza divina, têm sido vistas claramente. Os seres humanos podem ver tudo isso nas coisas que Deus tem feito e, portanto, eles não têm desculpa nenhuma.
Eles sabem quem Deus é, mas não lhe dão a glória que ele merece e não lhe são agradecidos. Pelo contrário, os seus pensamentos se tornaram tolos, e a sua mente vazia está coberta de escuridão.
Romanos:


17 Se alguns ramos foram cortados, e você, sendo oliveira brava (vaso para a desonra, no conceito anterior) foi enxertado entre os outros e agora participa da seiva que vem da raiz da oliveira cultivada,


Última edição por David de Oliveira em Dom 11 Out 2015, 1:12 pm, editado 2 vez(es)


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Dom 11 Out 2015, 11:01 am

Khwey escreveu:

O mais correto seria: Quem foram os vasos formados para a desonra?
Paulo disse que o faraó foi um desses vasos.

Isto está correto?

O faraó era apenas mais um ímpio, dentre tantos, e que foi usado por Deus em Seus propósitos.

Deus endureceu o coração do faraó? Sim! Mas Deus endureceu [tornou mais forte] um coração já endurecido. Idólatra, impiedoso com os escravos. Afinal, Deus retribui a todos com mais naquilo que já têm mais; e com menos naquilo em que já têm pouco [até que se acabe] (Mt 25:29).

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Dom 11 Out 2015, 1:10 pm

positivinho

E isso não é base para confirmar nada a respeito de "criar vasos para desonra" em termos de salvação.  ai, caramba!


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Zigurd em Seg 12 Out 2015, 11:13 am

Da maneira como algumas pessoas percebem as coisas de Deus, a doutrina do Juízo não tem sentido algum.

Zigurd
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 251
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por David de Oliveira em Seg 12 Out 2015, 11:23 am

Como é que se condena um "vaso para desonra" se ele já nasceu condenado? Não seria uma condenação dupla ou uma sentença do tipo americana de duas sentenças perpétuas? japinha


Última edição por rbarros em Seg 12 Out 2015, 8:18 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Não é necessário citar uma postagem anterior quando a resposta for dada na próxima postagem!)


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8353
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O inferno e o espiritismo: o que pensa os espíritas a respeito?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:50 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum