.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
65 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 65 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por rbarros em Seg 01 Jun 2015, 2:17 pm

Discriminação e ataques recaem, principalmente, sobre religiões de ancestralidade africana. Doutor em Ciências Sociais discorre sobre pluralidade e os preconceitos movidos a interpretações da fé.

por Marcela Belchior, da Adital



Formalmente, o Brasil é visto como um país de paz religiosa. Este consenso ideológico, no entanto, é desafiado quando observamos religiões sendo, cotidianamente, discriminadas por adeptos de outros grupos religiosos e excluídas das políticas públicas do Estado. Neste contexto, religiões de ancestralidades africanas são os mais frequentes alvos, indicando que a intolerância religiosa é, sim, uma questão a enfrentar grandes desafios na sociedade brasileira.

País mestiço de partida, o Brasil abriga religiões cujas fronteiras se tocam e avançam umas sobre as outras, num notório sincretismo entre doutrinas, tradições e ritos. Neste caldo cultural e religioso, diversos conflitos de poder se instalam, cujos principais agentes ativos de ataques e enfrentamentos são religiosos de referências neopentecostais, aderindo a práticas de exorcismo e tipificações do mal como demoníacas.

Para discutir o assunto, a Adital entrevistou, com exclusividade, o psicólogo Rafael Oliveira Soares, doutor em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), pesquisador das populações afro-brasileiras. Ele é também diretor-executivo da Koinonia, entidade ecumênica que presta serviços aos movimentos sociais e é composta por pessoas de diferentes tradições religiosas.

O cientista social destaca que é um movimento comum no convívio entre culturas as migrações de pessoas entre grupos, religiosos ou não, gerando novas visões e expressões de sua fé. Porém, práticas religiosas fundamentalistas imporiam, pelo medo ou pela lógica de resultados, que há migrações incompatíveis, negando a cultura. Isto deságua, primordialmente, em religiões nascidas da mescla com elementos da África. De acordo com Rafael, aos embates de contexto religioso, associam-se o racismo e o preconceito, que figurariam como "instrumentos sociais de segregação de toda a sorte, especialmente da contínua redução das religiosidades dos negros e de suas herdeiras em ações do mal, 'negras' na magia, nas intenções e na fé”.

Nesse cenário, o Estado reconhece, de fato, a diversidade religiosa do país, mas não de direito. Uma discrepância no respeito às religiões prossegue em espaços e instituições que, ao contrário, deveriam zelar pela pluralidade de religiões e garantir sua proteção por meio de políticas públicas de diversos aspectos. Para Rafael, o Estado não admite, oficialmente, dialogar e estabelecer relações formais com religiões de ancestralidade africana.

Continuar lendo aqui


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por Antonio Soares em Seg 01 Jun 2015, 7:51 pm

Pelo o que se tem registado na Constituição Federativa do Brasil meu caro, essa afirmação deste pesquisador, está equivocada. Por que? Existe várias leis que pune a discriminação religiosa no Brasil sim.

Vejam aqui: 





Se Você quer ser Crente/Cristão é seu direito, MAS é seu dever deixar em paz aquele que não quer ser crente da sua igreja; portanto, onde o teu direito reina, também reina o meu, o evangelho que você prega, só tem valor para você e a sua igreja ou à sua comunidade, o meu credo é outro, então respeite o meu modo de crer. 

Serão punidos os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de Raça, Cor, Etnia (Indio e outros), Religião (ser crente de determinado igreja ou sem religião) ou Procedência Nacional (Baiano, Nordestino etc). A pena é de dois a cinco anos de reclusão. Conheça a Lei n. 7.716/1989, sobre os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor: http://bit.ly/rx3pKn.

"Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional."
"Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Pena: reclusão de um a três anos e multa.
Exemplo de Discriminação Religiosa: se você a "vítima" congrega na Assembleia de Deus e o "agressor" é da CCB (Congregação Cristã no Brasil) diz: se você não se converter e ser batizado na CCB (na minha igreja que é a frase mais usada) você já está condenado ao fogo do inferno; pois a salvação só se encontra na minha igreja CCB.
Outro exemplo: o pecador de morte da CCB, se qualquer ancião, cooperador ou irmão de banco falar ou pregar que você (vítima pecador de morte, que adulterou o seu casamento ou fornicou fez sexo antes de se casar) não é mais digno de está na CCB, que você está morto, fedendo a defunto, que para você não resta mais nenhum sacrifício, mas somente o fogo do inferno etc. 
A) ainda dão uma chance a você dizendo, não deixe de congregar, mas fique no último banco e coma as migalhas que vão cair da mesa dos santos, ainda tem aquela frase que todos usam, fique calado, sem usar o véu as mulheres, não peça hinos e nem ore em voz alta ambos os sexos homem e mulher (pois a sua voz é blasfêmia diante dos santos que são os crentes da CCB).





Respeito é bom e todo mundo gosta. Intolerância religiosa é crime de ódio e fere a dignidade. A Constituição assegura a liberdade de culto, mas atitudes agressivas (como estas citadas a cima), ofensas e tratamento diferenciado a alguém em função de crença ou de não ter religião (não importa o seu credo ou a religião que professa) são crimes inafiançáveis e imprescritíveis. Confira a lei: http://bit.ly/XG1Ut9
Estas são algumas das discriminações mais velada no seio da CCB, existem alguns dos irmãos que chegam a chamar os irmãos de outras igrejas de primos, seitários, criaturas etc; não é somente a CCB que discrimina as pessoas com estas frases, as Testemunhas de Jeová estão a cima de todas.

Se eu não quero ser crente da sua igreja, respeite o meu direito, é seu dever cumprir a Lei do nosso Pais. Não venha com a doutrina do fogo do inferno, que o Deus Cristo da vossa bíblia vai nos queimar no fogo do inferno, que você está desrespeitando o meu direito de não querer ser crente da sua igreja. 







A injúria racial, tipificada no artigo 140, §3º, do Código Penal Brasileiro, prevê pena de dois a cinco anos de prisão e é prescritível. Já o racismo, crime previsto na Lei n. 7.716/1989, é imprescritível e inafiançável, sendo considerado mais grave pelo legislador. Conheça as diferenças entre injúria racial e racismo:http://bit.ly/1I2i9C4.

Se qualquer um destes crentes, que, chegarem em sua casa ou no seu trabalho, lhe impondo este falso evangelho da bíblia, pregando palavras de maldição como os anciãos da CCB fazem e lhe impondo sentenças de morte (como é feito nos batismos da CCB e nos desligamento das Testemunhas de Jeová);

Ou chegar em sua casa, batendo palmas tirando o seu sossego, como as Testemunhas de Jeová fazem todos os dias; você pode chamar a Polícia e dá queixa por desrespeito ao teu sossego garantido por Lei ou por discriminação religiosa.

PS: diante do exposto na Constituição Federativa do Brasil, ninguém mais pode sair por ai aliciando "outras pessoas" para fazer parte do rol de sua igreja, todos são livres para ir e vir, de congregar ou não congregar, de crer ou ser ateu, é cada um na sua e ponto final. O que está faltando é a divulgação destas leis e a População por em práticas, só isto.

Antonio Soares
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 11
Idade : 61
Localização : Catanduva SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por Antonio Soares em Seg 01 Jun 2015, 8:01 pm

Sobre o Sossego, vejam: 



O direito ao sossego consiste em um direito da personalidade, decorrente do direito à vida e à saúde. Decorre, também, do direito de vizinhança e da garantia de um meio ambiente equilibrado. Partindo desse conceito, é correto afirmar que todas as pessoas têm direito ao sossego de acordo com o artigo 42 da Lei das Contravenções Penais (Decreto-lei n. 3.688/1941). 


Se você trabalhou a noite inteira, chegou em casa as sete da manhã, deita na sua cama e as nove horas, chega uma turma de Testemunhas de Jeová, batendo na sua porta, para vender seus folhetos, isto sim é um insulto ao Sossego de qualquer Cidadão.

Pode chamar a Polícia e exigir o seu direito de dormir sossegado sim, isto a Lei nos garante! Este abuso das Testemunhas de Jeová, de ficarem batendo nas portas das pessoas, para venderem este falso evangelho deles, tem que acabar; é só eu e você usarmos a Lei do nosso Pais. 

Para saber mais sobre o assunto, acesse:


http://bit.ly/KVDzc9

Sobre o Ódio Religioso contra qualquer denominação: 







Senado Notícias

25 de abril ·
O discurso discriminatório de ódio É CRIME!

Discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional é crime punível na forma da Lei 7.716/89 (http://bit.ly/leipreconceito).

Fonte: http://gideoes-ccb.forumeiros.com/t563-o-fim-da-evangelizacao-no-brasil-agora-e-crime-a-discriminalizacao-de-cor-etinia-religiao-ou-estado-nacional

Antonio Soares
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 11
Idade : 61
Localização : Catanduva SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por rbarros em Seg 01 Jun 2015, 8:16 pm

Antonio Soares escreveu:Pelo o que se tem registado na Constituição Federativa do Brasil meu caro, essa afirmação deste pesquisador, está equivocada. Por que? Existe várias leis que pune a discriminação religiosa no Brasil sim.

Que há leis contra este tipo de discriminação eu já sabia, contudo o crime existe, talvez de forma velada, mas existe. Principalmente contra as religiões afro-brasileiras.


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por Antonio Soares em Seg 01 Jun 2015, 8:56 pm

Mas foi o que eu acabei de falar meu amigo, o problema não está no Estado Laico que é o Brasil e sim na População que não conhecem as leis do seu pais e nem fazem valer os seus deveres e direitos!

Se eu soubesse disto a 40 anos atrás, pois as leis já existiam, eu jamais teria sido enganado pelos os crentes da CCB, jamais! 

Eu era Católico e gostava de ser, mas quando fui intimado a deixar de ser Católico pelo os crentes da CCB, com medo de ir pro inferno, aceitei tudo que foi enfiado de goela abaixo sem reclamar.

Ai está o erro, se todos conhecessem as leis e a usassem para se protegerem contra os abusos religioso do mundo cristão, pois tem mais igrejas cristãs do que açougue, este crime não seria mais visto no Brasil.

A pergunta que todos gostaríamos de saber a resposta é: por que é que eu tenho que pagar para ser Cristão, Judeu, Muçulmano etc, se a salvação é gratuita? 

Mas até ontem eu não encontrei a resposta dela; por que é que eu tenho que desembolsar todo mês dez por cento do meu suado salário, em forma de Dízimo ou de Ofertas e Coletas na igreja que frequento, se o evangelho me prova que a minha salvação foi paga no duro madeiro pelo o meu salvador? 

Não existe lógica na crença evangélica e Católica pregada em nome deste Deus Cristo da bíblia. O que as igrejas estão fazendo com nós está tudo errado e o Senado Federal sabe disto, só não cobram do povo por força maior.

Antonio Soares
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 11
Idade : 61
Localização : Catanduva SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:07 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum