.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 11:38 am por Jarbas

» Palavras são palavras, nada mais do que palavras. Será?
Hoje à(s) 10:44 am por gusto

» Um conselho aos debatedores de internet
Hoje à(s) 10:23 am por gusto

» A Verdadeira Liberdade
Hoje à(s) 10:02 am por gusto

» Frases
Hoje à(s) 9:54 am por gusto

» Livre arbítrio, auto idolatria
Ontem à(s) 10:47 pm por Lit San Ares

» A eleição torna-nos robôs?
Ontem à(s) 10:29 pm por Lit San Ares

» DESAFIO AOS DO LIVRE ARBITRIO
Ontem à(s) 9:45 pm por Lit San Ares

»  Endurecimeto do Faraó
Ontem à(s) 8:44 pm por Lit San Ares

Quem está conectado
46 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 43 Visitantes :: 2 Motores de busca

gusto, Jarbas, Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 10 Mar 2015, 8:10 pm

Poderiamos citar varias, mas vou citar algumas aqui para debatermos a respeito, ja que nao vi nenhum topico que tratasse do tema de forma especifica



Na visao dos judeus: 

- Messias como profeta
Jesus não foi um profeta. A profecia apenas pode existir em Israel quando a terra for habitada por uma maioridade de judeus. Durante o tempo de Ezra (cerca de 300 AEC), a maioria dos judeus recusou-se a mudar da Babilônia para Israel, e assim a profecia terminou com a morte dos três últimos profetas - Chagai, Zecharias e Malachiaa

Jesus apareceu em cena aproximadamente 350 anos após a profecia ter terminado.

Descendente de sangue de David
O Messias deve ser descendente do Rei David pelo lado paterno (veja Bereshit 49:10 e Yeshayáhu 11:1). Segundo a reivindicação cristã que Jesus era filho de uma virgem, não tinha pai - e dessa maneira não poderia ter cumprido o requerimento messiânico de ser descendente do Rei David pelo lado paterno!

- Observância da Torá

O Messias levará o povo judeu à completa observância da Torá. A Torá declara que todas as mitsvot permanecem para sempre, e quem quer que altere a Torá é imediatamente identificado como um falso profeta. (Devarim 13:1-4).

No decorrer de todo o Novo Testamento, Jesus contradiz a Torá e declara que seus mandamentos não se aplicam mais. (veja João 1:45 e 9:16, Atos 3:22 e 7:37).

Nascimento virgem

A idéia cristã de um nascimento virgem é extraído de um versículo em Yeshayáhu descrevendo uma "alma" que dá à luz. A palavra "alma" sempre significou uma mulher jovem, mas os teólogos cristãos séculos mais tarde traduziram-na como "virgem". Isto relaciona o nascimento de Jesus com a idéia pagã do primeiro século, de mortais sendo impregnados por deuses.

cristãos acreditam que Deus veio à terra em forma humana, como disse Jesus: "Eu e o Pai somos um" (João 10:30).

Maimônides devota a maior parte do "Guia para os perplexos" a idéia fundamental que Deus é incorpóreo, significando que Ele não assume forma física. Deus é eterno, acima do tempo. É infinito, além do espaço. Não pode nascer, e não pode morrer. Dizer que Deus assume forma humana torna Deus pequeno, diminuindo tanto Sua Unidade como Sua Divindade. Como diz a Torá: "Deus não é um mortal" (Bamidbar 23:19).


JESUS NÃO PREENCHEU AS PROFECIAS MESSIÂNICAS

O que o Messias deveria atingir? A Torá diz que ele:

a - Construirá o terceiro Templo Sagrado (Ezequiel 37:26-28)

b - Levará todos os judeus de volta à Terra de Israel (Isaías 43:5-6).

c - Introduzirá uma era de paz mundial, e terminará com o ódio, opressão, sofrimento e doenças. Como está escrito: "Nação não erguerá a espada contra nação, nem o homem aprenderá a guerra." (Isaías 2:4).

d - Divulgará o conhecimento universal sobre o Deus de Israel - unificando toda a raça humana como uma só. Como está escrito: "Deus reinará sobre todo o mundo - naquele dia, Deus será Um e seu nome será Um" (Zacarias 14:9).

Para os judeus, o fato histórico é que Jesus não preencheu nenhuma destas profecias messiânicas.



vamos pontuar ponto a ponto cada questao apresentada acima para debate

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por David de Oliveira em Qua 11 Mar 2015, 11:26 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:Poderiamos citar varias, mas vou citar algumas aqui para debatermos a respeito, ja que nao vi nenhum topico que tratasse do tema de forma especifica



Na visao dos judeus: 

- Messias como profeta
Jesus não foi um profeta. A profecia apenas pode existir em Israel quando a terra for habitada por uma maioridade de judeus. Durante o tempo de Ezra (cerca de 300 AEC), a maioria dos judeus recusou-se a mudar da Babilônia para Israel, e assim a profecia terminou com a morte dos três últimos profetas - Chagai, Zecharias e Malachiaa

Jesus apareceu em cena aproximadamente 350 anos após a profecia ter terminado.

Descendente de sangue de David
O Messias deve ser descendente do Rei David pelo lado paterno (veja Bereshit 49:10 e Yeshayáhu 11:1). Segundo a reivindicação cristã que Jesus era filho de uma virgem, não tinha pai - e dessa maneira não poderia ter cumprido o requerimento messiânico de ser descendente do Rei David pelo lado paterno!

- Observância da Torá

O Messias levará o povo judeu à completa observância da Torá. A Torá declara que todas as mitsvot permanecem para sempre, e quem quer que altere a Torá é imediatamente identificado como um falso profeta. (Devarim 13:1-4).

No decorrer de todo o Novo Testamento, Jesus contradiz a Torá e declara que seus mandamentos não se aplicam mais. (veja João 1:45 e 9:16, Atos 3:22 e 7:37).

Nascimento virgem

A idéia cristã de um nascimento virgem é extraído de um versículo em Yeshayáhu descrevendo uma "alma" que dá à luz. A palavra "alma" sempre significou uma mulher jovem, mas os teólogos cristãos séculos mais tarde traduziram-na como "virgem". Isto relaciona o nascimento de Jesus com a idéia pagã do primeiro século, de mortais sendo impregnados por deuses.

cristãos acreditam que Deus veio à terra em forma humana, como disse Jesus: "Eu e o Pai somos um" (João 10:30).

Maimônides devota a maior parte do "Guia para os perplexos" a idéia fundamental que Deus é incorpóreo, significando que Ele não assume forma física. Deus é eterno, acima do tempo. É infinito, além do espaço. Não pode nascer, e não pode morrer. Dizer que Deus assume forma humana torna Deus pequeno, diminuindo tanto Sua Unidade como Sua Divindade. Como diz a Torá: "Deus não é um mortal" (Bamidbar 23:19).


JESUS NÃO PREENCHEU AS PROFECIAS MESSIÂNICAS

O que o Messias deveria atingir? A Torá diz que ele:

a - Construirá o terceiro Templo Sagrado (Ezequiel 37:26-28)

b - Levará todos os judeus de volta à Terra de Israel (Isaías 43:5-6).

c - Introduzirá uma era de paz mundial, e terminará com o ódio, opressão, sofrimento e doenças. Como está escrito: "Nação não erguerá a espada contra nação, nem o homem aprenderá a guerra." (Isaías 2:4).

d - Divulgará o conhecimento universal sobre o Deus de Israel - unificando toda a raça humana como uma só. Como está escrito: "Deus reinará sobre todo o mundo - naquele dia, Deus será Um e seu nome será Um" (Zacarias 14:9).

Para os judeus, o fato histórico é que Jesus não preencheu nenhuma destas profecias messiânicas.



vamos pontuar ponto a ponto cada questao apresentada acima para debate

Ponto 1:

- Messias como profeta
“Jesus não foi um profeta. A profecia apenas pode existir em Israel quando a terra for habitada por uma maioridade de judeus. Durante o tempo de Ezra (cerca de 300 AEC), a maioria dos judeus recusou-se a mudar da Babilônia para Israel, e assim a profecia terminou com a morte dos três últimos profetas - Chagai, Zecharias e Malachiaa”.


Resposta:
O termo “judeu” nunca designou uma raça pura, visto que sempre foi semelhante aos ciganos, seminômades. No Egito, viveram mais de 400 anos e como prova disso, temos o exemplo de seu principal representante, José, que se casou com a filha de um dos sacerdotes de faraó e não se sabe quantos filhos ela lhe deu, mas sabemos que pelo menos lhe nasceram Efraim e Manasses que deram origem a duas tribos das doze que formaria Israel. Temos vários outros exemplos de pessoas estrangeiras antigas que formariam o que eles chamam de “povo judeu”; um exemplo clássico foi a mãe de Salomão, Batsheva, mulher hetéia, esposa do principal general israelense, o heteu Urias, que adulterou com David.
O profeta Miquéias viveu por volta de 450 AC e profetizou mencionando a província e a cidade da província onde Jesus haveria de nascer. (será que querem mais?).
Miquéias 5: 2:    “Mas tu, Belém-Efrata, embora pequena entre os clãs de Judá, de ti virá para mim aquele que será o governante sobre Israel. Suas origens estão no passado distante, em tempos antigos.”


Ponto 2:
“Jesus apareceu em cena aproximadamente 350 anos após a profecia ter terminado”.


Resposta:
Uma profecia só termina quando cumprida e a meu ver eles mesmo sabem disso, pois estão esperando o seu pseudo messias há quanto tempo? E quanto tempo mais vão esperar? Será que não termina nunca???


Ponto 3:
 Descendente de sangue de David
O Messias deve ser descendente do Rei David pelo lado paterno (veja Bereshit 49:10 e Yeshayáhu 11:1). Segundo a reivindicação cristã que Jesus era filho de uma virgem, não tinha pai - e dessa maneira não poderia ter cumprido o requerimento messiânico de ser descendente do Rei David pelo lado paterno!


Resposta:
Gêneses 49:10- O cetro não se apartará de Judá, nem o bastão de comando de seus descendentes, até que venha aquele a quem ele pertence, e a ele as nações obedecerão.
10     Judá vai segurar o cetro de rei, e os seus descendentes sempre governarão. As nações lhe trarão presentes, os povos lhe obedecerão.
Isaias 11:1- Um ramo surgirá do tronco de Jessé, e das suas raízes brotará um renovo.
Isaias 11:1-Virá um descendente do rei Davi, filho de Jessé, que será como um ramo que brota de um toco, como um broto que surge das raízes.
Resposta:
Francamente, não percebi nada sobre o “lado paterno de David”??? Tenho plena certeza de que, se Jesus tivesse nascido de pai judeu e mãe “gentia”, também não serviria para eles...

 
Ponto 4:
“O Messias levará o povo judeu à completa observância da Torá. A Torá declara que todas as mitsvot permanecem para sempre, e quem quer que altere a Torá é imediatamente identificado como um falso profeta. (Devarim 13:1-4)”.


Resposta:
Deuteronômio 13: 1-4:- Se aparecer entre vocês um profeta ou alguém que faz predições por meio de sonhos e lhes anunciar um sinal miraculoso ou um prodígio, e se o sinal ou prodígio de que ele falou acontecer, e ele disser: “Vamos seguir outros deuses que vocês não conhecem e vamos adorá-los”, não dêem ouvidos às palavras daquele profeta ou sonhador. O Senhor, o seu Deus, está pondo vocês à prova para ver se o amam de todo o coração e de toda a alma. Sigam somente o Senhor, o seu Deus, e temam a ele somente. Cumpram os seus mandamentos e obedeçam-lhe; sirvam-no e apeguem-se a ele.



Eu ao me lembro de Jesus ter mencionado previsões ou mesmo explicações de sonhos e muito menos fazer apologia a outros deuses??? Que loucura! Eu, hein!!??


Ponto 5:
No decorrer de todo o Novo Testamento, Jesus contradiz a Torá e declara que seus mandamentos não se aplicam mais. (veja João 1:45 e 9:16, Atos 3:22 e 7:37).


Resposta:
João 1: 45- Filipe foi procurar Natanael e disse: - Achamos aquele a respeito de quem Moisés escreveu no Livro da Lei e sobre quem os profetas também escreveram. É Jesus, filho de José, da cidade de Nazaré.
João 1:16-         Alguns fariseus disseram: - O homem que fez isso não é de Deus porque não respeita a lei do sábado. E outros perguntaram: - Como pode um pecador fazer milagres tão grandes? E por causa disso houve divisão entre eles.
Atos 3:22-  Pois disse Moisés: “O Senhor Deus lhes levantará dentre seus irmãos um profeta como eu; ouçam-no em tudo o que ele lhes disser.
Atos 7:37-  Foi esse mesmo Moisés quem disse aos israelitas: "Do meio de vocês Deus escolherá e enviará para vocês um profeta, assim como ele me enviou."
É tanta referência à esmo que fica até difícil achar uma resposta! Responder o quê, se não há nada nos versículos que condiz nem de longe o que eles argumentam? Dizer que Jesus “declara que os mandamentos não valiam mais” até a sua época é declarar ignorância total da Escritura. Pelo contrário, Jesus instruiu os judeus a cumprir todas as leis de Moisés: Mateus 23:2- Ele disse: - Os mestres da Lei e os fariseus têm autoridade para explicar a Lei de Moisés. Por isso vocês devem obedecer e seguir tudo o que eles dizem.
A única coisa que tem uma referência nebulosa é a questão do sábado, mas a Lei não dizia para não violá-lo para fazer o bem. Os próprios sacerdotes do Templo o violavam...


Ponto 6:
A idéia cristã de um nascimento virgem é extraído de um versículo em Yeshayáhu descrevendo uma "alma" que dá à luz. A palavra "alma" sempre significou uma mulher jovem, mas os teólogos cristãos séculos mais tarde traduziram-na como "virgem". Isto relaciona o nascimento de Jesus com a idéia pagã do primeiro século, de mortais sendo impregnados por deuses.


Resposta:
Nem todas as versões vêm com a palavra “virgem”, mas há muitas, inclusive a versão da linguagem de hoje em português, vem com a palavra jovem. A transliteração nos dá uma ideia de uma adolescente que não iniciou sua vida sexual ou uma mulher muito jovem que não se casou, na cultura daquele tempo. Há várias comprovações históricas neotestamentárias de que José não era o pai legítimo de Jesus. Se Maria era uma mulher muito jovem naquela cultura, e as menções de que José, o seu prometido não era o pai de Jesus, então há razões para se traduzir pela transliteração para a palavra virgem.


Ponto 7:
...”Dizer que Deus assume forma humana torna Deus pequeno, diminuindo tanto Sua Unidade como Sua Divindade. Como diz a Torá: "Deus não é um mortal" (Bamidbar 23:19)”.
Números 23:19-  Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?


Resposta:
Será que eles já leram em Gêneses 18, que Deus visitou a tenda de Abraão, bebeu água, lavou os pés, descansou debaixo de uma árvore, comeu pães, carne de vaca, bebeu leite e coalhada?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por Jarbas em Qui 12 Mar 2015, 2:37 am

...

Porque será que os judeus não gostam de citar Isaías 53.

Zacarias (12:10)..."Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito."  (Zacarias 12 : 10)

Salmos 22...
16  Pois me rodearam cães; o ajuntamento de malfeitores me cercou, traspassaram-me as mãos e os pés.
17  Poderia contar todos os meus ossos; eles vêem e me contemplam.
18  Repartem entre si as minhas vestes, e lançam sortes sobre a minha roupa.



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 15301
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 12 Mar 2015, 1:09 pm

davi eu editei seu post (nao apagando nenhum a linha do que escreveu), mas apenas coloquei cores e organizei melhor para eu poder ler direito o que escrevestes ja que estava tudo junto.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6000
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por David de Oliveira em Qui 12 Mar 2015, 1:44 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:davi eu editei seu post (nao apagando nenhum a linha do que escreveu), mas apenas coloquei cores e organizei melhor para eu poder ler direito o que escrevestes ja que estava tudo junto.

Ficou melhor mesmo... Obrigado.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As razões que os judeus acreditam que Jesus nao personaliza o Meessias

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:43 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum