.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
21 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 20 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

O Suicídio e a Loucura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Suicídio e a Loucura

Mensagem por rbarros em Qua 21 Jan 2015, 2:50 pm

O suicídio e a loucura

A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio. Com efeito, é certo que a maioria dos casos de loucura se deve à comoção produzida pelas vicissitudes que o homem não tem a coragem de suportar. Ora, se encarando as coisas deste mundo da maneira por que o Espiritismo faz que ele as considere, o homem recebe com indiferença, mesmo com alegria, os reveses e as decepções que o houveram desesperado noutras circunstâncias, evidente se torna que essa força, que o coloca acima dos acontecimentos, lhe preserva de abalos a razão, os quais, se não fora isso, a conturbariam.

O mesmo ocorre com o suicídio. Postos de lado os que se dão em estado de embriaguez e de loucura, aos quais se pode chamar de inconscientes, é incontestável que tem ele sempre por causa um descontentamento, quaisquer que sejam os motivos particulares que se lhe apontem. Ora, aquele que está certo de que só é desventurado por um dia e que melhores serão os dias que hão de vir, enche-se facilmente de paciência. Só se desespera quando nenhum termo divisa para os seus sofrimentos. E que é a vida humana, com relação à eternidade, senão bem menos que um dia? Mas, para o que não crê na eternidade e julga que com a vida tudo se acaba, se os infortúnios e as aflições o acabrunham, unicamente na morte vê uma solução para as suas amarguras. Nada esperando, acha muito natural, muito lógico mesmo, abreviar pelo suicídio as suas misérias.

A incredulidade, a simples dúvida sobre o futuro, as idéias materialistas, numa palavra, são os maiores incitantes ao suicídio; ocasionam a covardia moral. Quando homens de ciência, apoiados na autoridade do seu saber, se esforçam por provar aos que os ouvem ou lêem que estes nada têm a esperar depois da morte, não estão de fato levando-os a deduzir que, se são desgraçados, coisa melhor não lhes resta senão se matarem? Que lhes poderiam dizer para desviá-los dessa conseqüência? Que compensação lhes podem oferecer? Que esperança lhes podem dar? Nenhuma, a não ser o nada. Daí se deve concluir que, se o nada é o único remédio heróico, a única perspectiva, mais vale buscá-lo imediatamente e não mais tarde, para sofrer por menos tempo.

A propagação das doutrinas materialistas é, pois, o veneno que inocula a idéia do suicídio na maioria dos que se suicidam, e os que se constituem apóstolos de semelhantes doutrinas assumem tremenda responsabilidade. Com o Espiritismo, tornada impossível a dúvida, muda o aspecto da vida. O crente sabe que a existência se prolonga indefinidamente para lá do túmulo, mas em condições muito diversas; donde a paciência e a resignação que o afastam muito naturalmente de pensar no suicídio; donde, em suma, a coragem moral.

O Espiritismo ainda produz, sob esse aspecto, outro resultado igualmente positivo e talvez mais decisivo. Apresenta-nos os próprios suicidas a informar-nos da situação desgraçada em que se encontram e a provar que ninguém viola impunemente a lei de Deus, que proíbe ao homem encurtar a sua vida. Entre os suicidas, alguns há cujos sofrimentos, nem por serem temporários e não eternos, não são menos terríveis e de natureza a fazer refletir os que porventura pensam em daqui sair, antes que Deus o haja ordenado. O espírita tem, assim, vários motivos a contrapor à idéia do suicídio: a certeza de uma vida futura, em que, sabe-o ele, será tanto mais ditoso, quanto mais inditoso e resignado haja sido na Terra: a certeza de que, abreviando seus dias, chega, precisamente, a resultado oposto ao que esperava; que se liberta de um mal, para incorrer num mal pior, mais longo e mais terrível; que se engana, imaginando que, com o matar-se, vai mais depressa para o céu; que o suicídio é um obstáculo a que no outro mundo ele se reúna aos que foram objeto de suas afeições e aos quais esperava encontrar; donde a conseqüência de que o suicídio, só lhe trazendo decepções, é contrário aos seus próprios interesses. Por isso mesmo, considerável já é o número dos que têm sido, pelo Espiritismo, obstados de suicidar-se, podendo daí concluir-se que, quando todos os homens forem espiritas, deixará de haver suicídios conscientes. Comparando-se, então, os resultados que as doutrinas materialistas produzem com os que decorrem da Doutrina Espírita, somente do ponto de vista do suicídio, forçoso será reconhecer que, enquanto a lógica das primeiras a ele conduz, a da outra o evita, fato que a experiência confirma.

(Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritismo)


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por silvamelo em Qui 22 Jan 2015, 1:07 am

O Espiritismo na verdade EMPURRA a alma aflita para o suicídio, haja visto que NÃO ALERTA o sofredor de real perigo da segunda morte. Antes, floreia estorinhas de purgatórios para suicidas e outras balelas assim para confundir ainda mais a cabeça dos que estão na eminência de tirar a própria vida, os fazendo pensar que não é tão mal assim suicidar.

Ninguém resolve de uma hora para outra tirar a própria vida. O suicídio começa muito antes, quando ainda está na forma de pensamentos depressivos encucados por demônios que encontram na mente de certos indivíduos um terreno fértil para plantá-los. Se a pessoa não corta o mal pela raíz, isso vai crescendo imperceptivelmente até se tornar um problema muito pior.

Quem está nessa condição precisa saber que existe salvação em Jesus. Precisa ouvir o Evangelho e conhecer a Palavra que liberta! O Espiritismo não quer falar para o depressivo que Jesus liberta! O Espiritismo nem precisa de Jesus! Para quê o sacrifício? É só reencarnar varias vezes que o sujeito salva a si mesmo!

Como alguém poderá ter algum conforto nessas condições, sem ser apresentado ao Senhor Jesus? O sujeito já entra ruim, cheio de espirito ruim em cima, e sai pior ainda, com as "cargas" de passes espirituais, ou seja, MAIS DEMÔNIOS!

Verdade só em Jesus! Salvação só em Jesus! Libertação só em Jesus!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Burke em Qui 22 Jan 2015, 2:04 am

silvamelo escreveu:O Espiritismo na verdade EMPURRA a alma aflita para o suicídio, haja visto que NÃO ALERTA o sofredor de real perigo da segunda morte. Antes, floreia estorinhas de purgatórios para suicidas e outras balelas assim para confundir ainda mais a cabeça dos que estão na eminência de tirar a própria vida, os fazendo pensar que não é tão mal assim suicidar.

Ninguém resolve de uma hora para outra tirar a própria vida. O suicídio começa muito antes, quando ainda está na forma de pensamentos depressivos encucados por demônios que encontram na mente de certos indivíduos um terreno fértil para plantá-los. Se a pessoa não corta o mal pela raíz, isso vai crescendo imperceptivelmente até se tornar um problema muito pior.

Quem está nessa condição precisa saber que existe salvação em Jesus. Precisa ouvir o Evangelho e conhecer a Palavra que liberta! O Espiritismo não quer falar para o depressivo que Jesus liberta! O Espiritismo nem precisa de Jesus! Para quê o sacrifício? É só reencarnar varias vezes que o sujeito salva a si mesmo! ....


Análise acurada!  sim

Um vê outro atravessando rua movimentada sem olhar, e diz 'você terá infinitas oportunidades de passar sem ser atropelado, tenha pensamento positivo que tudo dará certo'. Mas quem AMA mesmo esta pessoa não só alerta, mas repreende esta pessoa a custo    dela se tornar inimiga de sí (por ter sido contrariada em seu plano imprecavido).  

EVIDÊNCIAS , espíritas falam muito de conhecimento-ciência, mas A DESPREZAM pelos dogmas =  todas as  EVIDÊNCIAS mostram que somos únicos :  -uma única digital, -uma única íris, -um único DNA, -um único corpo,  -uma única biometria da orelha, -rosto, etc.... enfim, UMA ÚNICA VIDA CARNAL, e depois disto - O JUÍZO eterno.

Evidências, o universo todo canta - SOIS ÚNICOS, sois corpo extremamente individualizado, único, não desprezais o ÚNICO tempo que terão para fazer o bem ou o mal, Deus cobrará este tempo que deu a cada um.

Burke
Banido

Número de Mensagens : 264
flag : BrUSA
Data de inscrição : 11/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por silvamelo em Qui 22 Jan 2015, 1:25 pm

O suicídio é obra dos demônios e a loucura é dos espíritas de afagar demônios...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por rbarros em Sex 23 Jan 2015, 9:48 am

silvamelo escreveu:O Espiritismo na verdade EMPURRA a alma aflita para o suicídio, haja visto que NÃO ALERTA o sofredor de real perigo da segunda morte. Antes, floreia estorinhas de purgatórios para suicidas e outras balelas assim para confundir ainda mais a cabeça dos que estão na eminência de tirar a própria vida, os fazendo pensar que não é tão mal assim suicidar.

Ao contrário, Silva, o Espiritismo descreve os tormentos que o suicida irá passar no mundo do além, muito maiores do que aqueles que o levou a cometer o ato criminoso contra si. Leia Memórias de um Suicida

silvamelo escreveu:Ninguém resolve de uma hora para outra tirar a própria vida. O suicídio começa muito antes, quando ainda está na forma de pensamentos depressivos encucados por demônios que encontram na mente de certos indivíduos um terreno fértil para plantá-los. Se a pessoa não corta o mal pela raíz, isso vai crescendo imperceptivelmente até se tornar um problema muito pior.

Isto é verdade, o suicídio é um processo lento, muitas vezes levado a cabo pela obsessão espiritual.

silvamelo escreveu:Quem está nessa condição precisa saber que existe salvação em Jesus. Precisa ouvir o Evangelho e conhecer a Palavra que liberta!

Corretíssimo!  sim

silvamelo escreveu:O Espiritismo não quer falar para o depressivo que Jesus liberta! O Espiritismo nem precisa de Jesus! Para quê o sacrifício? É só reencarnar varias vezes que o sujeito salva a si mesmo!

Se você ler algo da obra espírita, verá que Jesus é o foco dos ensinamentos espíritas e que a reencarnação é um processo de resgate e de aprendizado, mas que de nenhuma forma ela exclui os ensinamentos de Jesus.

silvamelo escreveu:Como alguém poderá ter algum conforto nessas condições, sem ser apresentado ao Senhor Jesus? O sujeito já entra ruim, cheio de espirito ruim em cima, e sai pior ainda, com as "cargas" de passes espirituais, ou seja, MAIS DEMÔNIOS!

Leia O Evangelho Segundo o Espiritismo, nele não se exclui Jesus, ao contrário, nele se explica passagens obscuras dos ensinamentos de Jesus.

silvamelo escreveu:Verdade só em Jesus! Salvação só em Jesus! Libertação só em Jesus!

Está correto, Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida. O Espiritismo é apenas mais um caminho até Ele, o caminho mais racional, onde se descortinam os mistérios do além-túmulo.


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por rbarros em Sex 23 Jan 2015, 10:03 am

Burke escreveu:EVIDÊNCIAS , espíritas falam muito de conhecimento-ciência, mas A DESPREZAM pelos dogmas  =  todas as  EVIDÊNCIAS mostram que somos únicos :  -uma única digital, -uma única íris, -um único DNA, -um único corpo,  -uma única biometria da orelha, -rosto, etc.... enfim, UMA ÚNICA VIDA CARNAL, e depois disto - O JUÍZO eterno.

Evidências, o universo todo canta - SOIS ÚNICOS, sois corpo extremamente individualizado, único, não desprezais o ÚNICO tempo que terão para fazer o bem ou o mal, Deus cobrará este tempo que deu a cada um.

Impossível à alma aprender tudo o que precisa em uma única existência! Impossível à unicidade das existências explicar as nossas diferenças morais e intelectuais! Impossível atribuir bondade a Deus se uns vivem várias décadas enquanto outros vivem poucos anos ou menos! Onde fica o aprendizado?

Somente a reencarnação pode explicar nossos gostos diferentes, nossas tendências, nosso nível de inteligência (uns com mais, outros com menos), os resgates individuais e os coletivos. Somente a reencarnação pode explicar que numa mesma família nasçam gênios e nasçam estúpidos, que nasçam apolos e nasçam aleijados, etc.

E se se acredita na bondade divina, somente a reencarnação pode explicar os que têm muita sorte e os que só conhecem o azar...

Nada disso pode ser explicado pela UNICIDADE DAS EXISTÊNCIAS, tendo como premissa um Deus de amor e bondade!

Wink


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por silvamelo em Sex 23 Jan 2015, 12:00 pm

rbarros escreveu:Ao contrário, Silva, o Espiritismo descreve os tormentos que o suicida irá passar no mundo do além, muito maiores do que aqueles que o levou a cometer o ato criminoso contra si. Leia Memórias de um Suicida
Conversa! O sujeito já está na depressão forte; lê esse um livro desses, aí que ele se mata mesmo! Anos atrás eu estava muito bem até começar a ler "Memórias de um Suicida". No final do livro me sentia deprimido! A carga é pesadíssima.

rbarros escreveu:Isto é verdade, o suicídio é um processo lento, muitas vezes levado a cabo pela obsessão espiritual.
E qual o "espírito" que não "obsedia"? Amigo, mexer com demônios é assim. Tem uns que são imundície pura, e são fáceis de identificar; já outros se transfiguram em anjos de luz. Esses são mais inteligentes e enganadores, porque adulam a vaidade de pessoas cheias de frustrações e conseguem o que querem com elas, tendo figura de bondade, mas DESVIANDO sutilmente a direção da salvação e da vida. Essas pessoas, no final, saem com suas vidas devastadas, com problemas psicológicos, tragédias familiares, doenças e depressão.

Não estou falando de uma coisa distante, não. Falo com propriedade, pois já fui espírita e tenho familiares espíritas. convivi com isso do meu lado! Você me manda ler isso e aquilo, como se fosse algo que eu não conhecesse de perto. Ledo engano!

rbarros escreveu:Corretíssimo!
Corretíssimo? Pena que não tomam a correção para si...

rbarros escreveu:Se você ler algo da obra espírita, verá que Jesus é o foco dos ensinamentos espíritas e que a reencarnação é um processo de resgate e de aprendizado, mas que de nenhuma forma ela exclui os ensinamentos de Jesus.
Amigo, os ensinamentos de Jesus, cristalinos, límpidos, afiados, genuinos, só podem estar na Bíblia. Se você quer saber exatamente qual é a vontade de alguém, precisa ouvir da PRÓPRIA BOCA DESSE ALGUÉM! Se um outro vier supostamente expressar a vontade desse mesmo alguém e NÃO TRANSMITIR EXATAMENTE COMO FOI DITO, fica provado que é IMPOSTOR.

Jesus não negou quem era, mas o Espiritismo quer negar. O Espiritismo quer tirar dos lombos de Jesus a cruz que ele carregou e quer tornar em nada o sangue que ele derramou por nós.

rbarros escreveu:Leia O Evangelho Segundo o Espiritismo, nele não se exclui Jesus, ao contrário, nele se explica passagens obscuras dos ensinamentos de Jesus.
Essa é a mesma tese de alguns iluministas, que vieram dos mesmos porões de onde surgiu o Espiritismo. Concordar e tomar como regra muitos dos ensinamentos de Jesus, mas DESPREZAR E NEGAR a sua deidade e a eficácia do seu sacrifício vicário. A SALVAÇÃO CRISTÃ não está no Espiritismo. Seus adeptos andam a flertar com demônios e enganam a si mesmos adulados em suas próprias vaidades e cegados no delírio de um suposto esclarecimento intelectual.

rbarros escreveu:Está correto, Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida. O Espiritismo é apenas mais um caminho até Ele, o caminho mais racional, onde se descortinam os mistérios do além-túmulo.
Se você realmente tem no seu coração o desejo ardente de ser um com Cristo (Deus o sabe), tenha a humildade de me ouvir pelo menos essas palavras:

A humanidade INTEIRA estava perdida e Cristo a resgatou dessa morte. Este é o ÚNICO MISTÉRIO que estava oculto e foi revelado! Pare de sentir coceira nos ouvidos e procurar no além revelações de supostos espíritos ilumidados, pois esse "além" não lhe dará respostas melhores do que essa que Cristo veio pessoalmente revelar!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Khwey em Sex 23 Jan 2015, 9:23 pm

rbarros escreveu:
Impossível à alma aprender tudo o que precisa em uma única existência! Impossível à unicidade das existências explicar as nossas diferenças morais e intelectuais! Impossível atribuir bondade a Deus se uns vivem várias décadas enquanto outros vivem poucos anos ou menos! Onde fica o aprendizado?
A bíblia traz uma ideia a respeito de aprendizado...

Antes do aprendizado:

Lucas
16:19 Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.

Depois do aprendizado:
16:27 E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai,
16:28 Pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.

rbarros escreveu:Somente a reencarnação pode explicar nossos gostos diferentes, nossas tendências, nosso nível de inteligência (uns com mais, outros com menos), os resgates individuais e os coletivos. Somente a reencarnação pode explicar que numa mesma família nasçam gênios e nasçam estúpidos, que nasçam apolos e nasçam aleijados, etc.

E se se acredita na bondade divina, somente a reencarnação pode explicar os que têm muita sorte e os que só conhecem o azar...
A bíblia tem uma diferente explicação para isto:

Romanos
9:21 Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?

Vale ressaltar que estes ensinos estão em sentido figurado e por isto dependem de uma interpretação que esteja em harmonia com toda a bíblia.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por rbarros em Sex 23 Jan 2015, 9:40 pm

silvamelo escreveu:Conversa! O sujeito já está na depressão forte; lê esse um livro desses, aí que ele se mata mesmo! Anos atrás eu estava muito bem até começar a ler "Memórias de um Suicida". No final do livro me sentia deprimido! A carga é pesadíssima.

Há casos e casos. Se o sujeito estiver muito obsedado, uma simples leitura näo vai resolver mesmo. Aí é preciso fazer um bom tratamento de desobsessäo - e isso inclui passes magnéticos.

Às vezes eu penso em suicídio, mas como tenho esta "carga" espìrita, sei que este näo é o caminho.

silvamelo escreveu:E qual o "espírito" que não "obsedia"? Amigo, mexer com demônios é assim. Tem uns que são imundície pura, e são fáceis de identificar; já outros se transfiguram em anjos de luz. Esses são mais inteligentes e enganadores, porque adulam a vaidade de pessoas cheias de frustrações e conseguem o que querem com elas, tendo figura de bondade, mas DESVIANDO sutilmente a direção da salvação e da vida. Essas pessoas, no final, saem com suas vidas devastadas, com problemas psicológicos, tragédias familiares, doenças e depressão.

Ah, Silva! Espíritos näo säo demônios, somos nós, desencarnados! A gente näo muda só porque morreu: levamos para o além todos os nossos defeitos e todas as nossas qualidades (se houver, rsrs). Convém aos vivos buscar contato com os bons espíritos, e näo com a ralé...

silvamelo escreveu:Não estou falando de uma coisa distante, não. Falo com propriedade, pois já fui espírita e tenho familiares espíritas. convivi com isso do meu lado! Você me manda ler isso e aquilo, como se fosse algo que eu não conhecesse de perto. Ledo engano!

Me desculpe, näo tem como saber quem é ex, näo é mesmo? hehehe...

Pois eu sou espírita de coraçäo há pelo menos 25 anos. A princípio, frequentava e trabalhava num centro famoso aqui de Säo Paulo, depois formei meu próprio grupo e incorporava espíritos sofredores para tratamento e orientaçäo. Hoje näo exerço mais, continuo apenas com o Evangelho no Lar. Mas as minhas convicçöes ainda näo as perdi!

eba

silvamelo escreveu:Amigo, os ensinamentos de Jesus, cristalinos, límpidos, afiados, genuinos, só podem estar na Bíblia. Se você quer saber exatamente qual é a vontade de alguém, precisa ouvir da PRÓPRIA BOCA DESSE ALGUÉM! Se um outro vier supostamente expressar a vontade desse mesmo alguém e NÃO TRANSMITIR EXATAMENTE COMO FOI DITO, fica provado que é IMPOSTOR.

Silva, Jesus näo deixou nada escrito, tudo o que sabemos dele vem de gente que sequer conviveu com ele, será que säo impostores?

Há evangelhos da maioria dos apóstolos de Jesus, que foram excluídos da Bíblia pelos "doutores" de uma religiäo surgida muito tempo depois da morte do Mestre. Devo considerá-los impostores?

O que sabemos de Jesus foi passado de boca em boca por geraçöes, imagina o que foi acrescentado e o que foi omitido nesses relatos...

Uma das missöes do Espiritismo é trazer de volta os VERDADEIROS ensinamentos do Mestre, sem os acréscimos e sem as omissöes provocadas pelos "doutores" da doutrina!

silvamelo escreveu:Jesus não negou quem era, mas o Espiritismo quer negar. O Espiritismo quer tirar dos lombos de Jesus a cruz que ele carregou e quer tornar em nada o sangue que ele derramou por nós.

Näo se tira a culpa de alguém ao morrer por esse alguém; eu näo posso assumir a culpa pelo seu crime apenas para livrá-lo da prisäo, da mesma forma Jesus näo foi imolado na cruz (por nós) para nos livrar a culpa, mas sim para servir de exemplo máximo de humildade e perdäo, duas coisas que precisamos aprender urgentemente...

silvamelo escreveu:Essa é a mesma tese de alguns iluministas, que vieram dos mesmos porões de onde surgiu o Espiritismo. Concordar e tomar como regra muitos dos ensinamentos de Jesus, mas DESPREZAR E NEGAR a sua deidade e a eficácia do seu sacrifício vicário. A SALVAÇÃO CRISTÃ não está no Espiritismo. Seus adeptos andam a flertar com demônios e enganam a si mesmos adulados em suas próprias vaidades e cegados no delírio de um suposto esclarecimento intelectual.

O Espiritismo näo prega a salvaçäo, apenas mostra o caminho da evoluçäo espiritual. Para se livrar do ciclo encarnatório, é preciso evoluir, moral e intelectualmente. Somente após evoluirmos, estaremos mais próximos de Jesus. Enquanto isto, somos apenas "demönios" encarnados...

silvamelo escreveu:Se você realmente tem no seu coração o desejo ardente de ser um com Cristo (Deus o sabe), tenha a humildade de me ouvir pelo menos essas palavras:

A humanidade INTEIRA estava perdida e Cristo a resgatou dessa morte. Este é o ÚNICO MISTÉRIO que estava oculto e foi revelado! Pare de sentir coceira nos ouvidos e procurar no além revelações de supostos espíritos ilumidados, pois esse "além" não lhe dará respostas melhores do que essa que Cristo veio pessoalmente revelar!

Eu tenho o desejo ardente de me livrar deste ciclo penoso de reencarnaçöes, amigo. Näo aguento mais viver neste mundo esquecido de Deus! Aqui é o inferno de algum outro mundo, e nós somos os tais demônios, eheheh...

E é através do Espiritismo que eu pretendo chegar lá!

positivinho


Que o espírito dos selvagens permaneça um espírito selvagem!

rbarros
Moderador Espírita
Moderador Espírita

Número de Mensagens : 1400
Idade : 53
Localização : São Paulo - Capital
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/05/2012

http://www.vigilia.com.br/vforum/viewforum.php?f=16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Danielmendoca em Sab 24 Jan 2015, 4:03 pm

não existe reincarnação, único reencarnado foi Jesus. 
ELE ERA O VERBO E SE FEZ CARNE E ABITOU NO MEIO DE NÓS.

Os humanos nasce crescem e morrem e só terá vida no futuro se crer em Jesus como seu único salvador. ai no dia que ele voltar nas nuvens com todos seus Anjos acordará todos que dorme na sepultura, mas somente aqueles que tiver seu nome escrito no livro da vida eterna, estes  serão levados para o céu e reinarão com Cristo por mil anos. depois voltarão aqui pra terra e renovará esta terra queimando o pecado e pecadores e satanás e seus anjos. com esta terra renovada e recriada Cristo reinará por toda eternidade com seus povos aqui nesta terra.

Danielmendoca
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 85
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Khwey em Sab 24 Jan 2015, 4:43 pm

O correto é dizer que existe reencarnação, mas somente uma, biblicamente falando.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Danielmendoca em Sab 24 Jan 2015, 5:48 pm

Khwey escreveu:O correto é dizer que existe reencarnação, mas somente uma, biblicamente falando.
isso! Reencarnação do filho de Deus.

Danielmendoca
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 85
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por silvamelo em Sab 24 Jan 2015, 6:02 pm

Há casos e casos. Se o sujeito estiver muito obsedado, uma simples leitura näo vai resolver mesmo. Aí é preciso fazer um bom tratamento de desobsessäo - e isso inclui passes magnéticos.
Os "tratamentos espirituais" não expulsam os demônios. Apenas os "domestica"; mas eles continuam lá com toda sua carga maligna.

Às vezes eu penso em suicídio
Aí! Está vendo o que eu disse?

Ah, Silva! Espíritos näo säo demônios, somos nós, desencarnados! A gente näo muda só porque morreu: levamos para o além todos os nossos defeitos e todas as nossas qualidades (se houver, rsrs). Convém aos vivos buscar contato com os bons espíritos, e näo com a ralé...
Isso é o que eles querem que você pense... Invente uma estória sobrenatural coerente e que faça bastante sentido. Esta é a receita certa para enganar qualquer despreparado a cerca de um mudo que não pode ser provado pelos sentidos humanos.

Se o demônio viesse vermelho, rabudo, chifrudo, com pés cabra e cavanhaque você iria correr dele! Ele sabe disso! Por isso ele vem desfarçado de luz, falando bonito e adulando o ego, porque sabe as notas certas para embalar sua canção favorita...

Me desculpe, näo tem como saber quem é ex, näo é mesmo? hehehe...
Eu que peço desculpas, pois realmente não teria como você saber... é que eu já comentei isso em outros tópicos e imaginei que você tivesse acompanhado... Tenho 20 anos de Evangelho, mas antes passei uns anos no Espiritismo. Meus pais são católicos e eu cresci na ICAR. Na adolecência questionei a doutrina católica, saí de lá. Encontrei as "respostas" que eu queria ouvir na ocasião justamente no Espiritísmo, através de parentes e amigos espíritas. Minha mulher é de família espírita também, mas não praticava quando nos conhecemos. Passou a frequentar comigo, até o dia em que recebemos o Evangelho e nos convertemos. Estou nessa maravilhosa caminhada desde então...

Pois eu sou espírita de coraçäo há pelo menos 25 anos. A princípio, frequentava e trabalhava num centro famoso aqui de Säo Paulo, depois formei meu próprio grupo e incorporava espíritos sofredores para tratamento e orientaçäo. Hoje näo exerço mais, continuo apenas com o Evangelho no Lar. Mas as minhas convicçöes ainda näo as perdi!
Convicções são escolhas que fazemos baseadas nas nossas observações, experiências de vida, senso crítico e honestidade consciente e ou incosciente. Nem sempre uma convicção é correta, pois às vezes não dispomos de todos os elementos necessários para julgar.

No decorrer da vida novos elementos vão surgindo para colocar em xeque nossas convicções. É aí que entram o senso crítico e a honestidade, pois nem todos tem a capacidade criteriosa necessária. Mas, principalmente, não é fácil admitir que se está convicto de um erro. Por isso, para que uma convicção seja mudada, é preciso primeiramente humildade em reconhecer que está partindo de um pressuposto falho (para aqueles que são capazes de reconhecer, é claro).

Silva, Jesus näo deixou nada escrito, tudo o que sabemos dele vem de gente que sequer conviveu com ele, será que säo impostores?
São pessoas comuns, de carne e ossos como nós, que viram e ouviram tudo o que relataram, que não possuiam poderes sobrenaturais e nem estavam escondidas atrás da cortina da sobrenaturalidade...

Há evangelhos da maioria dos apóstolos de Jesus, que foram excluídos da Bíblia pelos "doutores" de uma religiäo surgida muito tempo depois da morte do Mestre. Devo considerá-los impostores?
Os "doutores", como você coloca na evidência das aspas, eram pessoas de carne e osso, confiáveis e as mais indicadas em seu tempo para determinar os livros que deveriam constar na Bíblia. Qualquer "doutor" do nosso tempo, que seja honesto e tenha um bom aprofundamento no assunto vai concordar com os doutores do passado. Não é difícil para eles provar a fraude de muitos dos supostos "evangelhos" apócrifos. Outros são claramente heréticos, portando doutrinas que não estão de acordo com o que foi transmitido pelos apóstolos.

O que sabemos de Jesus foi passado de boca em boca por geraçöes, imagina o que foi acrescentado e o que foi omitido nesses relatos...
Com as descobertas arqueológicas, estamos chegando cada vez mais próximo da data em que os Evangelhos foram escritos, algumas décadas depois que Jesus ressuscitou, o que demonstra o cuidado, reverência e honestidade de quem transmitiu esses escritos.

Uma das missöes do Espiritismo é trazer de volta os VERDADEIROS ensinamentos do Mestre, sem os acréscimos e sem as omissöes provocadas pelos "doutores" da doutrina!
E fracassam fragorosamente! Tudo o que o espiritismo fez até agora foi DESVIAR DA VERDADE muitos que estavam no caminho certo, ignorando frontalmente diversas advertências relatadas por aqueles que VERDADEIRAMENTE andaram com o Mestre e transmitiram seus ensinamentos com critério e honestidade.

Näo se tira a culpa de alguém ao morrer por esse alguém; eu näo posso assumir a culpa pelo seu crime apenas para livrá-lo da prisäo, da mesma forma Jesus näo foi imolado na cruz (por nós) para nos livrar a culpa, mas sim para servir de exemplo máximo de humildade e perdäo, duas coisas que precisamos aprender urgentemente...
Existe uma lógica na transferência da culpa. Jesus aceitou a missão e revelou o mistério. Dizer que isto não é aceitável significa negar a Cristo e chamar a Deus de mentiroso.

O Espiritismo näo prega a salvaçäo, apenas mostra o caminho da evoluçäo espiritual. Para se livrar do ciclo encarnatório, é preciso evoluir, moral e intelectualmente. Somente após evoluirmos, estaremos mais próximos de Jesus. Enquanto isto, somos apenas "demönios" encarnados...
Esse é o grande dilema dos espíritas, que nunca será resolvido, a não ser que se abandone o Espiritismo! Essas "revelações" espíritas se chocam frontalmente com os pilares da REVELAÇÃO do Evangelho, anulando princípios básicos que caracterizam a fé cristã, e apostatando numa direção de negação total.

Eu tenho o desejo ardente de me livrar deste ciclo penoso de reencarnaçöes, amigo. Näo aguento mais viver neste mundo esquecido de Deus! Aqui é o inferno de algum outro mundo, e nós somos os tais demônios, eheheh...
Você pode ficar livre dessa mentira, amigo. Basta crer no Senhor Jesus de todo o coração! Se tiver que voltar nessa terra, será em um corpo transformado, livre de todas as mazelas dessa vida carnal! Deus é fiel para cumprir Suas promessas!

O meu desejo é que Deus desmascare esses espíritos que andam lhe enganado, amigo. Assim, você poderá finalmente reconhecer a verdade de Cristo, de modo a recebê-lo em sua vida!

Deus seja com você, em nome de Jesus! Amém!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Khwey em Sab 24 Jan 2015, 7:45 pm

Danielmendoca escreveu:
Khwey escreveu:O correto é dizer que existe reencarnação, mas somente uma, biblicamente falando.
isso! Reencarnação do filho de Deus.
E também de todos os que ressuscitarem no último dia.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Suicídio e a Loucura

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:54 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum