.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
74 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 72 Visitantes :: 2 Motores de busca

irmão, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A seleção natural

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Convidad em Ter 13 Jan 2009, 9:01 pm

fzapp escreveu:

Será aleatória a órbita heliocéntrica precisa que a traça anualmente , ou sua rotação diária ? é aleatória a vida do homem ?

Articulador, a evolução não é aleatória. Não é à toa que você, como predador, tem dois olhos para a frente, e vacas e cervos por exemplo tem olhos maiores e que cobrem praticamente 360 graus. Não é aleatório ter uma cervical nem é à toa ter um crânio duro, mas que quando você nasceu era molhinho e se moldou depois. precisava ser maleavél para você sair do ventre da sua mãe, mas duro para proteger seu conteúdo.

Evolução tem tanto de aleatório quanto uma montanha cheia de pedras diferentes: toda montanha é piramidal pela erosão e gravidade, todo sobrevivente está no planeta porque sobreviveu.

Aleatório pode ser o fato do meu pai ter 2 ou 3 ou 9 filhos.

Evolução é:
- Herança de caracteres de pai para filho, com 99,9% de precisão.
- Adaptação


Fzapp , você parece que não leu o debate entre mim e o Gilberto , a posição de aleatoriedade do universo é dele . Teísta algum acha que o universo é aleatório , aliás os exemplos acima mostram isto , pena que não posso creditar à TE , e sim à sabedoria de Deus .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Ter 13 Jan 2009, 9:40 pm

Eu estou dizendo que 'evolução' não tem relação com 'aleatório'. Eu li o debate. Por outro lado achei que estava falando da evoução e não do universo. E, bom, também não há nada de aleatório na formação de galáxias, movimento dos astros, buracos negros, etc...


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Gilberto em Qua 14 Jan 2009, 12:18 am

Articulador escreveu:Gilberto , a nomenclatura do ateísmo foi criada pelo próprio ateísmo , se chama o ateísmo fraco de agnosticismo ou ceticismo , e o ateísmo forte de militante ou radical , etc ... . http://pt.wikipedia.org/wiki/Ate%C3%ADsmo.

A definição da wikipedia talvez só se engane ao dizer que o ateu não pode se basear em nenhum dogma. Acho que o ateu tb pode ter um dogma sem correlação com divindades (ou a palavra dogma é de uso específico à religiões?), um dogma político, dogma econômico, dogma filosófico etc.

Um dos meus dogmas é que eu só dou atenção ao que me possa trazer algum benefício a mim e aos meus semelhantes, o que poderíamos chamar de um dogma utilitarista, ateu = sem Deus e não contra um Deus, mas pode ser contra algum movimento religioso como o de tentar diminuir a importãncia científica da Teoria da Evolução ou tentar equiparar hipóteses como o do Design Inteligente à mesma categoria de atividade de pesquisa científica. Digo isso, Articulador e outros criacionistas, pq vcs crerem e tentarem desenvolver teorias científicas com essa vertente criacionista é totalmente legítimo, mas em um caso real que é o ensino da disciplina Biologia no sistema de ensino regular oficial, a Teoria da Evolução é um ramo da Biologia estabelecido e com aplicabilidade ampla, resultando em benefícios para a humanidade, logo tendo o seu lugar e importância no ensino regular, pois muitos alunos precisam desse conhecimento para seguir em carreiras estabelecidas que se utilizam das técnicas científicas derivadas da Teoria da Evolução. A hipótese do Design Inteligente não se desenvolveu para se tornar um ramo da ciência com a aceitação da comunidade científica, por isso que muitos (inclindo cientistas ateus e religiosos) não consideram que o DI não faz parte da ciência.

A questão principal a meu ver aqui não é uma "usurpação ateísta da ciência", ou algum outro preconceito. Tudo isso são questões menores que muitas pessoas se apegam reforçando a polêmica, em vez de se apegar a questões mais práticas e menos maniqueístas.

Outra coisa Articulador, acho que o Marxismo bem diferente de Ateísmo, o ateísmo é apenas um aspecto, que alguns não considera fundamental no tal do Comunismo/Socialismo ou algo que o valha, existem vertentes religiosas que se dizem com tendências comunistas como a Teologia da Libertação, etc. E sobre as perseguições que ocorreram durante a Guerra Fria, acredito que não foram causadas por uma oposição Ateísmo X Religião. Para mim foram mais as tendências autoritárias e policialescas do clima político da época como o do "a religião é o ópio do povo" dos marxistas e do "os ateus não são confiáveis nem patriotas" do marcartismo que acirram essa desconfiança sem sentido.

O problema não são os princípios e ideais, mas o uso autoritário e discriminatório que se faz deles. A princípio, todas as religões são boas, mas o uso da interpretação para obter vantagens discriminatórias cria o problema, idem para quem usa o ateísmo torpemente.

Daí minha necessidade de separação , porque enquanto um tipo de ateu entende que Deus é uma hipótese não provada , o outro milita (luta) contra a mera possibilidade de existência de Deus , e via-de-regra , faz isto usando o ariete da 'ciência' , ainda que sejam coisas muito distintas , enquanto a ciência é ferramental para entender o universo , a hipótese divina está na criação do mesmo.

Por isso que eu repito sempre, a ciência natural não trata da existência de uma divindade. Existem algum ramo da ciência natural que faz experimentos para se comprovar a existência ou inexistência de divindades? A resposta é não. Podem existir tentativas isoladas, mas não existe uma atividade científica estabelecida regular. Se alguém, ateu ou religioso quiser tentar criar um ramo da ciência nessa área, tem todo o direito e boa sorte, mas até hoje isso não tem resultados práticos, ou seja não faz parte da ciência na minha modesta opinião.

Gilberto
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Gilberto em Qua 14 Jan 2009, 12:37 am

fzapp escreveu:Eu estou dizendo que 'evolução' não tem relação com 'aleatório'. Eu li o debate. Por outro lado achei que estava falando da evoução e não do universo. E, bom, também não há nada de aleatório na formação de galáxias, movimento dos astros, buracos negros, etc...

Então Fzapp,

eu até evitei de falar dos princípios da ciência para superar o mal entendido inicial entre eu e o Articulador. Até onde eu sei, a evolução não é exatamente aleatória. A Teoria da Evolução tem vários princípios, entre elas o de que os seres vivos podem sofrer mutações aleatórias, mas dentro das leis da reprodução do código genético. Como há um questionamento por parte dos criacionistas de que os biólogos insistem nesse princípio por simples dogma, eu estava argumentando que esse princípio utilizado na biologia não é uma invenção "ateísta maquiavélica", era apenas uma outra aplicação de um dos princípios muito utilizado na ciência e com grande comprovação e sucesso na Termodinâmica.

Resumidamente, a matéria se comporta sob leis físicas até onde se sabe, mas a matéria tem um comportamento Termodinâmico (muita quantidade em um período de tempo razoável) onde o princípio de aleatoriedade se aplica junto aos demais princípios como o da conservação de energia, etc, e como os seres vivos são feitos de matéria (se tem alma ou outra coisa é discutível, mas que tem matéria acho que todos concordamos) então é perfeitamente lógico científicamente se construir modelos em que alguns de seus aspectos sejam aleatórios, e se esses modelos tiverem algum sucesso como o da Teoria da Evolução tem, então ela é alçada a categoria de uma Teoria Científica estabelecida ou se quiser um ramo estabelecido da ciência. E ela é alçada a esta categoria não pq alguns quiseram, ela alcança esse status pq ela se estabeleceu, deu frutos e a comunidade científica a adotou e a utiliza para o desenvolvimento de várias aplicações. O que já não ocorre com o Design Inteligente, o Lamarckismo, e etc, que não se estabeleceram, não tem frutos e aplicações, somente os seus proponentes que acham que pode dar algum fruto à ciência é que devem desenvolvê-la para mostrarem se sua hipótese ou fé pode ter correlação com a ciência natural.

Atenciosamente,
Gilberto

.

Gilberto
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Convidad em Sex 16 Jan 2009, 9:05 pm

Gilberto escreveu:
Por isso que eu repito sempre, a ciência natural não trata da existência de uma divindade. Existem algum ramo da ciência natural que faz experimentos para se comprovar a existência ou inexistência de divindades? A resposta é não. Podem existir tentativas isoladas, mas não existe uma atividade científica estabelecida regular. Se alguém, ateu ou religioso quiser tentar criar um ramo da ciência nessa área, tem todo o direito e boa sorte, mas até hoje isso não tem resultados práticos, ou seja não faz parte da ciência na minha modesta opinião.

sim , nem existe , nem se sabe por onde começar , por definição Deus não é falseável , assim como os cientistas lutam para descobrir como é possível a criação da primeira partícula do universo (início da singularidade primordial) e isto nunca foi possível , visto não haver ciência ou sequer filosofia , que explique como algo pode surgir do nada absoluto , então a ciência deve ser toda aceita pelo cristão , mas ela não é prova de inexistência de Deus , e portanto os ramos são distintos , e não contraditórios .

Digo isso, Articulador e outros criacionistas, pq vcs crerem e tentarem desenvolver teorias científicas com essa vertente criacionista é totalmente legítimo, mas em um caso real que é o ensino da disciplina Biologia no sistema de ensino regular oficial, a Teoria da Evolução é um ramo da Biologia estabelecido e com aplicabilidade ampla, resultando em benefícios para a humanidade, logo tendo o seu lugar e importância no ensino regular, pois muitos alunos precisam desse conhecimento para seguir em carreiras estabelecidas que se utilizam das técnicas científicas derivadas da Teoria da Evolução. A hipótese do Design Inteligente não se desenvolveu para se tornar um ramo da ciência com a aceitação da comunidade científica, por isso que muitos (inclindo cientistas ateus e religiosos) não consideram que o DI não faz parte da ciência.
Gilberto , eu não toquei na questão do ensino , mas acho absolutamente necessário que se ensine , ao lado do evolucionismo , que existe o criacionismo , embora não seja ciência , é hipótese . O ateísmo não pode ter medo das opções , e o jovem tem o direito de optar no que vai crer , conhecendo os dois pressupostos , isto não invalidará seu conhecimento de evolucionismo.... salvo se houver temor desta opção , aí o interesse não será mais meramente científico . De outra forma o que estará se ensinando , é ateísmo , e não somente ciência (lembre-se a teoria da evolução tem evidências , algumas questionáveis , mas para a criação primeva da vida não existe prova alguma , apenas pressupostos) .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Sex 16 Jan 2009, 11:55 pm

mas para a criação primeva da vida não existe prova alguma

Isso é verdade.

Mas isso também não seria evolução. Pode ser abiogênese, mas não evolução.

Digamos que a vida na Terra tenha sido 'plantada' por extraterrestres. Suponhamos isso por um momento.

Mesmo assim, o desenvolvimento dessa vida seria o que chamamos de evolução.

É por isso que disse, páginas atrás, que não é verdade que seja 'mais importante' explicar o surgimento da vida. Isso, para a evolução propriamente dita, não é relevante.


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Erivelton em Dom 18 Jan 2009, 9:54 am

É observável na natureza(mares, rios e lagos) células criando seres vivos complexos?

Erivelton
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 592
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Dom 18 Jan 2009, 10:22 am

Demora um pouco, Erivelton. "Observável" seria como ? Ficar filmando alguns centenares de milhares de anos ?

Por outro lado, já existe bastante complexidade, inclusive numa gota d'água. Então um NOVO ser já teria que enfrentar uma baita concorrência para sobreviver. Mas pode estar acontecendo agora.


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Erivelton em Dom 18 Jan 2009, 6:43 pm

fzapp escreveu:Demora um pouco, Erivelton. "Observável" seria como ? Ficar filmando alguns centenares de milhares de anos ?
Mas pode estar acontecendo agora.
Quando souber de alguma coisa me avise.

Erivelton
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 592
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Dom 18 Jan 2009, 9:39 pm

Erivelton, receio que não estaremos vivos para acompanhar uma transformação dessas. Mas há pouco postei sobre mudanças dos pássaros documentados por Darwin (tentilhões).

Mas foi alegado que isso era micro-evolução.

Como a separação entre micro-evolução e macro-evolução entre criacionistas é algo meio mágico, eu não respondi.

mas quando digo 'pode estar acontecendo agora' é porque nós humanos estamos mudando drasticamente muitos nichos biológicos e ajudando a extinguir algumas espécies -e criar outras.


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Gilberto em Seg 19 Jan 2009, 11:01 am

Articulador, Erivelton e Fzapp,

foi bom conhecer esse espaço de converça com vcs (veja a revolução em termos de aproximação das pessoas e de disponibilidade de informação que a internet trouxe. Para quem tem idade lembrem a pobreza de fonte de informação ates de tudo isso). Eu vou me ausentar do fórum

Articulador escreveu:sim , nem existe , nem se sabe por onde começar , por definição Deus não é falseável , assim como os cientistas lutam para descobrir como é possível a criação da primeira partícula do universo (início da singularidade primordial) e isto nunca foi possível , visto não haver ciência ou sequer filosofia , que explique como algo pode surgir do nada absoluto , então a ciência deve ser toda aceita pelo cristão , mas ela não é prova de inexistência de Deus , e portanto os ramos são distintos , e não contraditórios .

Chegamos realmente a uma conclusão de comum acordo!

Gilberto , eu não toquei na questão do ensino , mas acho absolutamente necessário que se ensine , ao lado do evolucionismo , que existe o criacionismo , embora não seja ciência , é hipótese . O ateísmo não pode ter medo das opções , e o jovem tem o direito de optar no que vai crer , conhecendo os dois pressupostos , isto não invalidará seu conhecimento de evolucionismo.... salvo se houver temor desta opção , aí o interesse não será mais meramente científico . De outra forma o que estará se ensinando , é ateísmo , e não somente ciência (lembre-se a teoria da evolução tem evidências , algumas questionáveis , mas para a criação primeva da vida não existe prova alguma , apenas pressupostos) .

O ponto onde toda essa polêmica tem alguma implicação real é por enquanto na educação. Hoje em Biologia quando se ensina a evolução também é citado de modo bem geral a visão criacionista (bem resumidamente pois é um tema que nem os religiosos tem uma proposta que agrade a maioria. Vcs religiosos precisam entrar em um consenso mínimo.).

Sobre a abiogenese, esta é uma parte não estabelecida da ciência que não faz parte exatamente da Teoria da Evolução na minha opinião. Esta é uma área multidisciplinar da ciência que está em um estágio inicial e ainda acho que está na fase da tese ou hipótese científica, pois não há um modelo estabelecido e aceito. A Teoria da Evolução tem mais a ver com a seleção natural, mutação, biologia comparada, genética, ou seja a biologia do dia a dia e o estudo dos fósseis.

Um abraço a todos e bom ano de 2009.
Gilberto

Gilberto
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Convidad em Seg 19 Jan 2009, 3:09 pm

Gilberto escreveu:

O ponto onde toda essa polêmica tem alguma implicação real é por enquanto na educação. Hoje em Biologia quando se ensina a evolução também é citado de modo bem geral a visão criacionista (bem resumidamente pois é um tema que nem os religiosos tem uma proposta que agrade a maioria. Vcs religiosos precisam entrar em um consenso mínimo.).

Sobre a abiogenese, esta é uma parte não estabelecida da ciência que não faz parte exatamente da Teoria da Evolução na minha opinião. Esta é uma área multidisciplinar da ciência que está em um estágio inicial e ainda acho que está na fase da tese ou hipótese científica, pois não há um modelo estabelecido e aceito. A Teoria da Evolução tem mais a ver com a seleção natural, mutação, biologia comparada, genética, ou seja a biologia do dia a dia e o estudo dos fósseis.

Um abraço a todos e bom ano de 2009.
Gilberto

parabéns para tua sinceridade , está tudo correto , sem forçar um ateísmo científíco , você assume a realidade . Quanto ao criacionismo , basta mesmo a menção , e a menção das linhas gerais do design inteligente , o que se espera apenas é que a evolução seja ciência , e só ciência , e não um proselitismo para o ateísmo , aí cada pessoa irá decidir , tendo informação , o significado dos registros fósseis , segundo sua consciência , não queremos , ateus e teístas , que no futuro nossa humanidade se torne como no filme 'Gattaca' , nivelados em tudo , o que nos faz SAPIENS é justamente conhecermos opções , e nos valermos delas segundo a consciência de cada um .

abraço para você , igualmente um ótimo ano :chapeu:

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Tupac em Seg 19 Jan 2009, 6:38 pm

Hoje em Biologia quando se ensina a evolução também é citado de modo bem geral a visão criacionista
O que não deixa de ser uma tremenda idiotice.


“Uma visita ao hospício mostra que a fé não prova nada.” Nietzsche

Meu site, galera - www.bemviveronline.com
Ultimos textos (meus): Lyoto x Shogun || Poeira de estrelas Valew...

Tupac
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1112
flag : Brasil
Data de inscrição : 21/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por darkshi em Seg 19 Jan 2009, 6:40 pm

Tupac escreveu:
Hoje em Biologia quando se ensina a evolução também é citado de modo bem geral a visão criacionista
O que não deixa de ser uma tremenda idiotice.

Por que?

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Tupac em Seg 19 Jan 2009, 7:05 pm

Criacionismo não merece tanta publicidade. Não é ciencia. Não é teoria. E não deveria ser ensinado em aulas de biologia.

É perda de tempo.


“Uma visita ao hospício mostra que a fé não prova nada.” Nietzsche

Meu site, galera - www.bemviveronline.com
Ultimos textos (meus): Lyoto x Shogun || Poeira de estrelas Valew...

Tupac
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1112
flag : Brasil
Data de inscrição : 21/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Convidad em Seg 19 Jan 2009, 8:01 pm

Tupac escreveu:Criacionismo não merece tanta publicidade. Não é ciencia. Não é teoria. E não deveria ser ensinado em aulas de biologia.

É perda de tempo.


então não ensine abiogênse expontânea também , porque não existe ciência que a corrobore , meros pressupostos de vontade .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Erivelton em Dom 25 Jan 2009, 10:43 pm

fzapp escreveu:Erivelton, receio que não estaremos vivos para acompanhar uma transformação dessas. Mas há pouco postei sobre mudanças dos pássaros documentados por Darwin (tentilhões).
Mas foi alegado que isso era micro-evolução.
Como a separação entre micro-evolução e macro-evolução entre criacionistas é algo meio mágico, eu não respondi.
mas quando digo 'pode estar acontecendo agora' é porque nós humanos estamos mudando drasticamente muitos nichos biológicos e ajudando a extinguir algumas espécies -e criar outras.
Não entendi.
Mutações genéticas existem dentro de uma mesma espécie como as diversas raças de cachorros e seres humanos(africanos, chineses, asiáticos etc...
Agora a especiação através de um ancestral comum não está provado cientificamente.

Erivelton
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 592
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Seg 26 Jan 2009, 10:25 pm

'Provar científicamente' está demonstrado por evidências genéticas. Como disse, em biologia não há leis ou teoremas como na matemática. Além de casos como disse dos tentilhões. Sabemos que as espécies que visitou Darwin eram diferentes do que estão hoje, porque foram bem documentadas.

Mas ficar olhando uma espécie como um elefante acabar por gerar outras espécie requer um tempo que não temos. Mas temos todas as evidências que teriamos caso duas espécies fossem muito emparentadas (fósseis, proximidade genética entre espécies familiares, cruzamentos que geram filhos viáveis) assim como há casos de espécies em anel muito documentados, que são outro exemplo de como espécies são formadas.


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Erivelton em Sex 30 Jan 2009, 8:56 am

fzapp escreveu:'Provar científicamente' está demonstrado por evidências genéticas. Como disse, em biologia não há leis ou teoremas como na matemática. Além de casos como disse dos tentilhões. Sabemos que as espécies que visitou Darwin eram diferentes do que estão hoje, porque foram bem documentadas.
As diversas raças de cachorros e as raças humanas se cruzam entre sí apesar dos isolamentos geográficos.
Os tentilhões assim como uma variedade de espécies de macacos se parecem mas não se cruzam. Porque?
Esta variedade de tentilhões não podem ser considerados sub-espécie de uma mesma espécie?
Veja nas fotos que todos eles se parecem, evidenciando que a evolução destes pásaros aconteceu dentro de uma mesma espécie.
Pergunta: Porque devido ao isolamento geográfico as diversas raças de cachorros ainda se cruzam e deixam descendentes férteis?
Mas ficar olhando uma espécie como um elefante acabar por gerar outras espécie requer um tempo que não temos.
Realmente voce ficar olhando um porco se transformar lentamente em um cachorro é algo que não está ao alcance da ciencia o que não prova se realmente a especiação acontece de um único ancestral comum. Não é verdade?
Mas temos todas as evidências que teriamos caso duas espécies fossem muito emparentadas (fósseis, proximidade genética entre espécies familiares, cruzamentos que geram filhos viáveis) assim como há casos de espécies em anel muito documentados, que são outro exemplo de como espécies são formadas.
As espécies em anel todas se parecem como as salamandras.
Veja isto neste vídeo?

Gostaríamos de observar uma espécie se tranformando em outra diferente.
Existe algo observável na natureza?
Então como provar que de um ancestral comum pode um coelho virar um porco, um cachorro e depois um macaco?
Aguardo explicações científicas.

Erivelton
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 592
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Eduardo em Sex 30 Jan 2009, 3:14 pm

A Síntese Moderna: uma “crença científica” apoiada em três atos de fé

Quando uma teoria científica “engessa” no seu corpus explanatório, ela vira dogma por imposição da Nomenklatura científica para a prática da “ciência normal”. Como os dogmas religiosos. No contexto de justificação teórica, evidência robusta a favor do poder explicativo do adaptacionismo darwinista é escassa. O neodarwinismo engessou e virou dogma, crença científica.

Segundo Ulrich Mohrhoff, a crença na “Síntese Moderna” se apóia (em pelo menos) três atos de fé:

1. Embora o adaptacionismo possa explicar as mudanças no tamanho dos bicos dos tentilhões, a crença de que isso explique também como que os tentilhões surgiram é uma extrapolação não substanciada, é um ato de fé.

2. A crença na objetividade da aleatoriedade das “mutações randômicas” exige o apoio de outro ato de fé.

3. Supõe-se que uma teoria científica faça predições, em vez de apenas contar post hoc histórias. Para que o adaptacionismo seja uma teoria científica, deve haver leis que a capacite a predizer, em princípio, todo fenótipo possível e cada ambiente possível, se ou não o fenótipo irá sobreviver, ou toda característica possível, todo fenótipo possível no qual a característica está embutida, e todo ambiente possível, se ou não a característica será selecionada. Por último, o adaptacionismo deve estar em uma posição de predizer, em princípio, as probabilidades dos possíveis resultados. A crença na existência de tais leis exige um ato de fé de proporções bem épicas.

A Síntese Moderna virou dogma, “crendice científica” com muitas anomalias não respondidas satisfatoriamente, e que os avanços de diversas áreas científicas exigem a sua revisão teórica profunda. Especialmente a questão da informação genética.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por fzapp em Dom 01 Fev 2009, 3:18 pm

E por quê é um ato de fé supor que duas gerações de uma mesma espécie original, ao longo do tempo, acumulando mutações, pode dar lugar a duas espécies ? Em que parte está a fé aí ? Temos o conhecimento de como herdamos características de nossos genitores, sabemos como funcionam mutações, sabemos como nichos ecológicos se comportam, favorecendo os mais adaptados.

É um ato de fé supor que a mesma força que me mantém escrevendo sentado é o que faz a Terra girar ao redor do Sol ?


--
F Zapp

fzapp
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 524
Localização : Cotia, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

http://acoruja.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Eduardo em Ter 03 Nov 2009, 8:21 pm

A seleção natural ineficiente: novo mecanismo evolutivo explica alguma complexidade humana


Que a seleção natural não é lá assim uma Brastemp de mecanismo evolutivo Huxley, Hooker, Lyell, Mivart sabiam, e até Darwin sabia disso: pelo menos é o que vemos na 6a. edição do Origem das Espécies. Darwin é mais lamarckista do que Lamarck! Agora eu entendo o por que de a edição preferida para leitura nas universidades é a 1a. edição. Razão que me foi apresentada então: é o pensamento original de Darwin!

Quanta falsidade. As razões eram outras e eu só descobri depois que fui fazer mestrado em História da Ciência justamente sobre Darwin e um dos seus críticos científicos: St. George Jackson Mivart.

A recomendação para ler a 1a. edição é evitar que se torne conhecido duas coisas: a oposição à teoria da evolução de Darwin se deu também no meio científico, e o pensamento de Darwin sobre a seleção natural 'evoluiu' tanto a ponto dele defender posições lamarckistas na 6a. edição.

+++++

Inefficient Selection: New Evolutionary Mechanism Accounts For Some Of Human Biological Complexity

ScienceDaily (Nov. 3, 2009) — A painstaking analysis of thousands of genes and the proteins they encode shows that human beings are biologically complex, at least in part, because of the way humans evolved to cope with redundancies arising from duplicate genes.

"We have found a specific evolutionary mechanism to account for a portion of the intricate biological complexity of our species," said Ariel Fernandez, professor of bioengineering at Rice University. "It is a coping mechanism, a process that enables us to deal with the fitness consequences of inefficient selection. It enables some of our proteins to become more specialized over time, and in turn makes us more complex."


Genomic and proteomic analysis has found a new evolutionary mechanism that accounts for some of the biological complexity of human beings. (Credit: iStockphoto/Liang Zhang)

Fernandez is the lead author of a paper slated to appear in the December issue of the journal Genome Research. The research is available online now.

Fernandez said the study drew from previous findings by his own research group and from seminal work of Michael Lynch, Distinguished Professor of Biology at Indiana University and a recently elected a fellow of the National Academy of Science. Lynch's work has shown that natural selection is less efficient in humans as compared with simpler creatures like bacteria. This "selection inefficiency" arises from the smaller population size of humans as compared with unicellular organisms.

"In all organisms, genes get duplicated every so often, for reasons we don't fully understand," Fernandez said. "When working efficiently, natural selection eliminates many of these duplicates, which are called 'paralogs.' In our earlier work, we saw that an unusual number of gene duplicates had survived in the human genome, which makes sense given selection inefficiency in humans."

In prior research on protein structure, Fernandez's team found that some proteins are packaged more poorly than others. Moreover, they found that the least-efficiently packed proteins are structurally stable only when they bind with partner proteins to form complexes.

"These poorly packed proteins are potential troublemakers when gene duplication occurs," Fernandez said. "The paralog encodes more copies of the protein than the body needs. This is called a 'dosage imbalance,' and it can make us sick. For instance, dosage imbalance has been implicated in Alzheimer's and other diseases."

Given selection inefficiency, Fernandez knew that paralogs encoding poorly packed proteins could remain in the human genome for quite a while. So he and graduate student Jianpeng Chen decided to examine whether gene duplicates had remained in the genome long enough for random genetic mutations to affect the paralogs dissimilarly. Fernandez and Chen, now a senior researcher in Beijing, China, cross-analyzed databases on genomics, protein structure, microRNA regulation and protein expression in such troublesome paralogs.
...

Read more here/Leia mais aqui.

Journal reference:

Ariel Fernández, Jianping Chen. Human capacitance to dosage imbalance: Coping with inefficient selection. Genome Research, 2009; DOI: 10.1101/gr.094441.109
Adapted from materials provided by Rice University.

++++

Human capacitance to dosage imbalance: Coping with inefficient selection
Ariel Fernández1 and Jianping Chen
+ Author Affiliations

Department of Bioengineering, Rice University, Houston, Texas 77005, USA
Abstract

Proteins rely on associations to improve packing quality and thus maintain structural integrity. This makes packing deficiency a likely determinant of dosage sensitivity, that is, of the fitness impact of concentration imbalances relative to the stoichiometry of the protein complexes. This hypothesis was validated by examining evolution-related dosage imbalances: Duplicates of genes encoding for deficiently packed proteins are less likely to be retained than genes coding for well-packed proteins. This selection pressure is apparent in unicellular organisms, but is mitigated in higher eukaryotes. In human, this effect reveals a capacitance toward dosage imbalance. This capacitance is not expected in organisms with larger population size, where evolutionary forces are more efficient at promoting adaptive functional innovation and purifying selection, thus curbing the concentration imbalance arising from gene duplication. By examining miRNA target dissimilarities within human gene families, we show that the capacitance is operative at a post-transcriptional regulatory level: The higher the packing deficiency of a protein, the more likely that its paralogs will be dissimilarly targeted by miRNA to mitigate dosage imbalance. For families with low capacitance, paralog sequence divergence and family size correlate tightly with packing deficiency, just like in unicellular eukaryotes. Thus, a major component of human tolerance toward dosage imbalances is rooted in the paralog-discriminating capacity of miRNA regulation. The results may clarify the evolutionary etiology of aggregation-related diseases, since aggregation is often promoted by overexpres​sion(a dosage imbalance) and aggregation propensity is associated with extreme packing deficiency.

Footnotes

↵1 Corresponding author.

E-mail arifer@rice.edu; fax 713 348 3699.

[Supplemental material is available online at http://www.genome.org.]

Article published online before print. Article and publication date are at http://www.genome.org/cgi/doi/10.1101/gr.094441.109.

Received March 29, 2009.

Accepted September 30, 2009.

Copyright © 2009 by Cold Spring Harbor Laboratory Press

+++++

Professores, pesquisadores e alunos de universidades públicas e privadas com acesso ao site CAPES/Periódicos podem ler gratuitamente este artigo da Genome Research e de outras publicações científicas.

+++++

UM PARÁGRAFO INTERESSANTE:

"Even more specialized proteins are needed to maintain and regulate them. This complexity requires that the duplicates of the original jack-of-all-trades gene be retained, but this does not happen unless selection is inefficient. This is frequently a point of contention between proponents of evolution and intelligent design."


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por dedo-duro em Ter 03 Nov 2009, 8:27 pm

.
As concessões ao lamarckismo são retrógadas. Seria como explicar a física de Newton pela sua prática alquímica. Não há porque perder tempo com isso.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Eduardo em Ter 03 Nov 2009, 8:30 pm

As concessões ao lamarckismo voltaram na 6a. edição do Origem das Espécies.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por dedo-duro em Ter 03 Nov 2009, 8:41 pm

.
Nem por isso menos retrógadas. E não precisava se repetir. Acho que a palavra "concessões" explicava tudo.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A seleção natural

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:07 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum