Questão aplicada em exame no Colégio Andrews, equiparou holocausto a ataques israelenses a palestinos