.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
43 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 42 Visitantes :: 2 Motores de busca

irmão

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

fenômeno de novos guerrilheiros islamitas ocidentais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

fenômeno de novos guerrilheiros islamitas ocidentais

Mensagem por David de Oliveira em Dom 07 Set 2014, 1:36 pm

A geração deslocada do Islã
Falta de perspectiva e de aceitação no Ocidente podem facilitar o recrutamento entre jovens, diz especialista
Gilberto G. Pereira 07 de setembro de 2014 (domingo)

O mais recente capítulo escrito pelos jihadistas na África e no Oriente Médio, com protagonismo do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, tem um tom ainda mais sombrio pelo fato de se contabilizarem milhares de jovens ocidentais nas fileiras do terror. Segundo especialistas, não há um estudo aprofundado sobre o caso, mas alguns desses jovens talvez nem tenham nascido na tradição islâmica e são convertidos ao Islã e levados para matar pela causa dos grupos extremistas.
A grande onda agora é ir par a Síria, onde o Estado Islâmico vem consolidando à força sua condição de Califado, com o território indo até o norte do Iraque, terra natal de seu líder, Abu Bakr al-Baghdadi. De acordo com Alberto da Silva Moreira, professor de Filosofia e Teologia, especialista em religião da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), a explicação mais direta que se pode dar para esse fenômeno é que cresceu o número de muçulmanos na Europa, com a corrida migratória nos últimos 50 anos.
Na Grã-Bretanha, por exemplo, segundo dados do Factbook da Agência de Inteligência Americana (CIA), há 2,8 milhões de muçulmanos. Na Alemanha são 3 milhões de turcos, cuja maioria também professa a fé islâmica. Depois do fim da Guerra da Argélia, que se tornou independente, em 1962, muitos argelinos migraram para a França. E assim a migração alcançou outros países, como Bélica, Itália, Canadá, Dinamarca.
E aí entram as questões fundamentais do quadro que se vê agora. “Há pelo menos quatro problemas nesse processo de recrutamento. Um deles é a questão étnica, depois vêm a religiosa, a de classe (consideração econômico) e a cultural”, diz o professor da PUC-GO. Segundo ele, todos esses países que veem seus jovens indo lutar por uma causa extremista não conseguiram integrar essa juventude no seio de sua sociedade.
Esses jovens, diz Moreira, não se sentem franceses, nem alemães, nem ingleses. “Não digo todos, mas uma boa parte deles, que sobrevive de subempregos e na marginalização econômica. Nunca foram integrados totalmente nos países em que vivem, e aí se tornam presas fáceis, porque carregam dentro de si um sentimento de revolta, e acabam procurando um ancoragem religiosa, uma razão de vida que lhes permite lutar por uma causa que consideram uma forma de vingança, de violência contra a rejeição.”
Perguntado se esses recrutamentos jihadistas no Ocidente decretaria a falência do mundo ocidental, o professor foi direto: “O mundo ocidental tem muitas falências, primeiro para cuidar dos próprios pobres. O Ocidente nunca foi um paraíso para todos.”
Para o professor da PUC de São Paulo, Frank Usarski, o fenômeno do recrutamento causa um grande prejuízo para a religião islâmica. Isso porque, segundo dados do Pew Research Center, instituto americano com sede em Washington, existem 1,6 bilhão de muçulmanos no mundo inteiro, cuja maioria absoluta prega a paz, sente respeito por Deus e pelo próximo. “Este lado bonito do Islã desaparece, e é uma questão que os próprios muçulmanos sofrem, porque são reduzidos a essa imagem de violência”, avalia.
http://www.opopular.com.br/editorias/mundo/a-gera%C3%A7%C3%A3o-deslocada-do-isl%C3%A3-1.653079


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum