.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» A Teoria da terra plana
Hoje à(s) 9:15 am por Lit San Ares

» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 3:12 am por Jarbas

» Padre que viu o pai ser morto relata reencontro e perdão a assassino 40 anos após o crime
Ontem à(s) 11:06 pm por Cartman

» Frases
Ontem à(s) 4:41 pm por Lit San Ares

» A extrema direita chegará ao poder no mundo...
Ter 21 Mar 2017, 11:50 pm por Jarbas

» A salvação cristã...
Ter 21 Mar 2017, 9:53 pm por David de Oliveira

» 'A Bela e a Fera' terá primeiro personagem gay da Disney
Seg 20 Mar 2017, 9:09 pm por Xsara

» Alerta sobre a IASD
Seg 20 Mar 2017, 8:57 pm por Ed

» Política 2 - tópico oficial
Seg 20 Mar 2017, 8:29 pm por David de Oliveira

Quem está conectado
65 usuários online :: 1 usuário cadastrado, 1 Invisível e 63 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Deputado evangélico hostiliza Xuxa em comissão da Câmara

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Deputado evangélico hostiliza Xuxa em comissão da Câmara

Mensagem por Ed em Qua 21 Maio 2014, 9:34 pm

BRASÍLIA - A sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara na manhã desta quarta-feira, 21, foi marcada por bate-boca entre parlamentares. O deputado Pastor Eurico (PSB-PE) chegou a hostilizar e constranger a apresentadora Xuxa Meneghel, que realizava agenda na Casa. A apresentadora participou de uma cerimônia para sancionar a lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças



A reunião foi tumultuada do início ao fim porque os deputados discutiam a redação final da chamada "Lei da Palmada", que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e proíbe a aplicação de castigos físicos a crianças e adolescentes. A bancada evangélica é ferrenha opositora da matéria - que aguarda votação no colegiado há dois anos - e tentava evitar que ela fosse concluída.

Quando Xuxa chegou para acompanhar a sessão, ao lado da ministra dos Diretos Humanos, Ideli Salvatti, o clima tenso na reunião já havia provocado interrupção dos trabalhos. Quando evangélicos cobravam do presidente em exercício, Luiz Couto (PT-PE), o encerramento da sessão, o deputado Pastor Eurico hostilizou a apresentadora e disse que sua presença era "um desrespeito às famílias do Brasil". "A conhecida Rainha dos Baixinhos, que no ano de 82 provocou a maior violência contra as crianças", disse, referindo-se ao filme Amor Estranho Amor, daquele ano, em que Xuxa aparece numa cena de sexo com um adolescente de 12 anos.

A declaração do Pastor Eurico gerou repúdio entre a maior parte dos deputados presentes, até mesmo de parlamentares que questionavam o projeto, que classificaram a fala de "violência inaceitável". A apresentadora não se manifestou e, depois de encerrada a sessão, deixou a comissão sem comentar o assunto.

Por causa da declaração, o líder do PSB na Câmara, deputado Beto Albuquerque (RS), destituiu seu correligionário Pastor Eurico da Comissão de Constituição e Justiça.

A fala, no entanto, ajudou a conturbar ainda mais a sessão, que acabou finalizada sem que o projeto fosse votado. Como tramita em caráter conclusivo e já foi aprovada por uma Comissão Especial, a chamada "Lei da Palmada" seguirá diretamente para o Senado quando aprovada pela CCJ.

Lei da Palmada. O projeto em discussão veda o "uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer outro pretexto". O texto também diz que o Conselho Tutelar, "sem prejuízo de outras providências legais", deverá aplicar as seguintes medidas aos pais ou responsáveis que aplicarem castigos físicos a menores: "encaminhamento a programa oficial ou comunitário de proteção à família, encaminhamento a tratamento psicológico ou psiquiátrico, encaminhamento a cursos ou programas de orientação, advertência ou obrigação de encaminhar a criança a tratamento especializado". Também diz que profissionais da saúde e da assistência social ou outra função pública devem informar casos de suspeita de castigo físico à autoridade competente.

http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,deputado-evangelico-hostiliza-xuxa-em-comissao-da-camara,1169717,0.htm


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3266 dias de existência com 230341 mensagens
avatar
Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11004
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum