.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» O Jesus diferente do Espiritismo
Ontem à(s) 7:39 pm por David de Oliveira

» Renan é afastado da presidência do Senado após tornar-se réu por peculato
Ontem à(s) 6:53 pm por David de Oliveira

» Oportunidades de emprego
Ontem à(s) 3:55 pm por Christiano

» Noticiário Escatológico
Ontem à(s) 3:33 pm por Jarbas

» Absurdário Escatológico
Ontem à(s) 9:56 am por Ed

» Olá...
Sex 09 Dez 2016, 10:25 pm por Ed

» Qual a verdadeira intenção dos organizadores das manifestações?
Sex 09 Dez 2016, 7:40 pm por Lit San Ares

» Meditações da Bíblia
Sex 09 Dez 2016, 4:59 pm por Discipulah

» Só há um jeito do Lula perder a próxima eleição!
Sex 09 Dez 2016, 7:36 am por gusto

Quem está conectado
58 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 58 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A religião e o ateísmo - tópico oficial

Página 4 de 19 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Seg 04 Out 2010, 6:39 pm

coldsnip escreveu:Será que se as pessoas conhecessem melhor as próprias religiões se tornariam Ateus ou Agnósticos?
Coloque o texto integral desse estudo do instituto de pesquisas Pew Forum. Nele podemos ter outros dados omitidos no título deste tópico, Por exemplo, essa pesquisa chegou a conclusão que "com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos". Vou dar uma ajudinha, o link original do estudo é o seguinte:

http://pewforum.org/Other-Beliefs-and-Practices/U-S-Religious-Knowledge-Survey.aspx


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Ed em Seg 04 Out 2010, 6:48 pm

Eduardo escreveu:
coldsnip escreveu:Será que se as pessoas conhecessem melhor as próprias religiões se tornariam Ateus ou Agnósticos?
Coloque o texto integral desse estudo do instituto de pesquisas Pew Forum. Nele podemos ter outros dados omitidos no título deste tópico, Por exemplo, essa pesquisa chegou a conclusão que "com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos".

Interessante, mas lá na terra do tio Sam...

E aqui no Brasil, quem seriam os que demonstram maiores conhecimentos?





::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3163 dias de existência com 228928 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11003
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Seg 04 Out 2010, 6:51 pm

Ed escreveu:
Eduardo escreveu:
coldsnip escreveu:Será que se as pessoas conhecessem melhor as próprias religiões se tornariam Ateus ou Agnósticos?
Coloque o texto integral desse estudo do instituto de pesquisas Pew Forum. Nele podemos ter outros dados omitidos no título deste tópico, Por exemplo, essa pesquisa chegou a conclusão que "com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos".
Interessante, mas lá na terra do tio Sam... E aqui no Brasil, quem seriam os que demonstram maiores conhecimentos?
Da minha parte posso falar sobre os grandes estudiosos adventistas e suas conquistas em concursos nacionais e internacionais:

http://www.bomdebiblia.com.br/concursos.html

Em 1901 nasceu Haroldo de Castro Lobo, que leu a Bíblia 60 vezes. Ele dirigiu dois concursos nacionais de Bíblia e colaborou para a realização de três concursos internacionais de Israel. Ele era um pesquisador das Escrituras, e dos 84 anos que viveu, leu a Bíblia Sagrada 60 vezes ao longo dos 50 anos de adventista. arquivo

Sérgio Vieira de Araújo, nascido em 1888, leu 116 vezes a Bíblia, em seus 92 anos de vida. Ele foi o fundador do I Núcleo da Igreja Adventista em São Luiz - MA. arquivo

Em 1958 foi realizado o I Concurso Internacional da Bíblia, com a adventista Irene dos Santos alcançando o primeiro lugar na etapa nacional e o terceiro lugar na final internacional. Dos 15 concorrentes da final mundial, três eram adventistas do sétimo dia.

A boa colocação de Irene foi bastante comemorada, sendo destaque em duas edições da Revista Adventista:

Irene levou para os jornais o nosso nome, demonstrando realmente que somos o povo que mais conhece as Sagradas Escrituras.” Claudio Belz, R.A., novembro de 1958, p. 26.

Provou mais uma vez, que o adventista é capaz de manejar bem a Palavra da Verdade, sem ter de que se envergonhar!” José Alfredo Torres, R.A., janeiro de 1959, p. 27.

A Bíblia foi minha companheira de todos os momentos. A vitória não foi minha, foi de Deus que me inspirou.” Irene Santos, R.A., novembro de 1958, p. 26 e 27. arquivo

Em 1961, na segunda edição do Concurso Internacional da Bíblia, Yolanda Anversa da Silva ficou em 1º lugar na etapa nacional. Para a etapa mundial concorreu com um adventista e outros 15 participantes, alcançando o segundo lugar, mesmo com protestos da imprensa e do público.

Após uma luta pelo desempate entre Yolanda Anversa da Silva (Brasil) e o Rabino Yihya Alsekh (Israel), os juízes deram o 1º lugar ao rabino. Mas a imprensa e o público não aceitaram o veredicto do júri, pois Yolanda também respondeu a pergunta do desempate. Foi feita tão grande propaganda a seu respeito que, afinal, lhe concederam também a Medalha de Ouro do 1º lugar. Por isso ela é a única que tem duas medalhas.” - Moisés S. Nigri, Revista Adventista de janeiro de 1965.

As proezas do povo de Deus são resultado da confiança nEle, e essa confiança é o resultado direto da leitura, da assimilação, da meditação e prática dos ensinos maravilhosos da Santa Palavra de Deus – a Bíblia”, disse Peixoto da Silva, na Revista Adventista de janeiro de 1962.arquivo

Yolanda Anversa concedeu então uma entrevista, onde contou como foi a experiência no concurso, e seu plano de leitura da Bíblia:

Ah! Eu gostaria que todos os que me lêem estivessem comigo na noite de 3 de outubro de 1961! Veriam o interesse, o entusiasmo de uma nação por um concurso sobre a Bíblia”. - Yolanda Anversa da Silva, R.A. fevereiro de 1971.

“... a pergunta infalível era: Como chegou a esse conhecimento de Bíblia?... Dignos de nota foram os estudos bíblicos que o irmão Haroldo Lobo ministrava a minha família e que me faziam admirar seu profundo conhecimento da Bíblia”.

“Dizia de mim para mim: A Bíblia é a carta de Deus aos homens. Se eu tenho que ler alguma coisa boa, vou ler a Bíblia e entesourar no coração e na mente seus ensinamentos. Mas como começar? Valeu-me a tabela do então chamado “Ano Bíblico”....Formar este hábito não foi fácil. Quantas coisas aconteceram através desse tempo! Mas a firme vontade de estar apegada à Palavra, foi vencendo”.
arquivo

Na terceira edição do concurso, o adventista brasileiro José Ribamar Pereira de Menezes ficou em 7º lugar, e o argentino Jacobo Beredjikuan ficou em nono. O primeiro lugar no concurso novamente foi conquistado por um adventista, o australiano Graham Mitchell. arquivo

vídeo
Entrevista com José Ribamar de Menezes

A vitória obteve espaço em um jornal de Jerusalém: “O Sr. Mitchell, devoto Adventista do 7º Dia, para quem a Bíblia é ´a inspiração de minha vida` (ele a lê pelo menos 10 minutos cada manhã e 10 minutos cada noite)...” Jerusalém Post, 25 de setembro de 1964.

Em 1966 a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) lançou o I Concurso Bíblico Nacional, sendo vencido por Mariazinha de Almeida. Na segunda edição, a ganhadora foi Gerda de Burgo. arquivo

Em 1981, já na quarta edição do Concurso Internacional da Bíblia, Francisco Alves de Pontes, conhecido como Chico Bíblia, ficou em 2º lugar. Ele concorreu com outros 36 estudiosos, dentre eles outros 3 adventistas.arquivo

Na edição de setembro da Revista Adventista de setembro de 1981, a matéria afirma que “todos os concursos de âmbito nacional, promovidos pelo Governo de Israel ou pela Sociedade Bíblica do Brasil, foram vencidos pelo ‘povo da Bíblia”.arquivo


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Ed em Seg 04 Out 2010, 7:32 pm

Óbvio que eu leria algo assim...

Não tem fontes não denominacionais?

Se a opinião for de um católico, batista ou presbiteriano, lerei algo similar por parte de tal religioso.



::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3163 dias de existência com 228928 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11003
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por West em Qua 06 Out 2010, 7:53 am

Eduardo escreveu:
coldsnip escreveu:Será que se as pessoas conhecessem melhor as próprias religiões se tornariam Ateus ou Agnósticos?
Coloque o texto integral desse estudo do instituto de pesquisas Pew Forum. Nele podemos ter outros dados omitidos no título deste tópico, Por exemplo, essa pesquisa chegou a conclusão que "com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos". Vou dar uma ajudinha, o link original do estudo é o seguinte:

http://pewforum.org/Other-Beliefs-and-Practices/U-S-Religious-Knowledge-Survey.aspx

Não, não houve nenhuma omissão na postagem original.
Você é que não leu direito.


coldsnip escreveu:Ateus e Agnósticos são os que mais sabem sobre religião nos EUA: estudo

WASHINGTON — Os agnósticos e os ateus são mais informados sobre as doutrinas religiosas nos Estados Unidos do que os fiéis, inclusive protestantes e católicos, segundo um estudo do instituto de pesquisas Pew Forum, publicado esta terça-feira.
Em média, os americanos responderam corretamente a 16 das 32 perguntas desta pesquisa, realizada na primavera (boreal) com 3.412 adultos.
Os mais instruídos sobre o tema foram os não crentes - agnósticos e ateus tiveram, em média 20,9 acertos.
Foram seguidos por judeus e mórmons, que obtiveram, respectivamente, 20,5 e 20,3 acertos. Os conhecimentos dos protestantes chegaram à média de 16 acertos, enquanto os católicos ficaram em último, com 14,7 acertos.
Mais da metade dos protestantes (53%) não souberam reconhecer o pai do protestantismo na pessoa de Martinho Lutero.
Mais de quatro católicos em cada dez (45%) desconheciam que, segundo os preceitos da Igreja, o pão e o vinho não só representam o corpo e o sangue de Cristo, durante a Eucaristia, mas se transformam neles.
Menos de um americano em cada dois (47%) sabe que o Dalai Lama é budista e menos de quatro em cada dez (38%) associam Vishnu e Shiva à religião hindu. Só um quarto dos americanos (27%) sabe que a maioria dos habitantes da Indonésia é muçulmana.
Com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos.


fonte: Ateus e Agnósticos são os que mais sabem sobre religião

West
Safira
Safira

Número de Mensagens : 192
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Dom 10 Out 2010, 4:54 pm

Minha afirmação foi a de que a informação "Com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos" não está no titulo deste tópico. Mas sinceramente essa pesquisa não me causou a menor surpresa, afinal já é mais que notória a obsessão dos novos ateus por questões envolvendo a religião. Daí não ser nenhuma novidade eles saberem sobre religião. Há ateus especializados, por exemplo, em encontrar contradições na Bíblia. Alguns são capazes de perder horas debruçados sobre o livro dos cristãos, a fim de proclamarem aos quatro ventos que Deus não existe etc. e tal. São tão religiosos quantos aqueles religiosos que lêem Darwin para provar que a evolução é cousa do diabo. Entenda-se esses ateus!


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Jumper em Seg 11 Out 2010, 4:06 pm

Eduardo escreveu:Minha afirmação foi a de que a informação "Com relação às perguntas relacionadas com a cristandade, especialmente a Bíblia, os mórmons e os protestantes evangélicos brancos foram os que demonstaram maiores conhecimentos" não está no titulo deste tópico. Mas sinceramente essa pesquisa não me causou a menor surpresa, afinal já é mais que notória a obsessão dos novos ateus por questões envolvendo a religião. Daí não ser nenhuma novidade eles saberem sobre religião. Há ateus especializados, por exemplo, em encontrar contradições na Bíblia. Alguns são capazes de perder horas debruçados sobre o livro dos cristãos, a fim de proclamarem aos quatro ventos que Deus não existe etc. e tal. São tão religiosos quantos aqueles religiosos que lêem Darwin para provar que a evolução é cousa do diabo. Entenda-se esses ateus!

Pessoas precisam de passatempos...
Eu como já fui católico conheço um pouco a bíblia mas eu entendo bem mais de história, real, e isso por si só já desprova a Bíblia. Não tenho porque ler um livro de contos (longo e chato ainda por cima) para saber que ele trata de mitologias.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Religião e pobreza

Mensagem por dedo-duro em Sex 31 Dez 2010, 11:41 am

No nosso cotidiano recebemos notícias de algum pobre que se converteu ao cristianismo, que virou crente, ou que vai levar a vida de modo mais cristão (seja lá o que for isso), ou que vai se comprometer com a igreja. Por que os ricos nunca passam por esse tipo de conversão? Esse tipo de coisa só ocorre com quem está ferrado na vida. Veja o caso dos padres... quase todos são oriundos das camadas mais pobres da sociedade. O mesmo ocorre num culto evangélico (só o pastor é rico). Expliquem.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Sex 31 Dez 2010, 11:49 am

Passam sim dedo,eu conheço um monte,que se não foi por dinheiro é por doenças,desgostos,morte de pessoas queridas...quase tudo, menos por vontade de adorar a Deus.
Quanto aos padres,hoje é assim mesmo,mas antigamente as familias mais ricas tinham que ter um padre ,alguns filhos eram até forçados a isto.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 31 Dez 2010, 12:25 pm

Da minha parte só conheço cristão classe média, isto é, pessoas que nasceram em lares cristãos, ganharam alguma grana, se dizem cristãos, mas não levam a coisa muito a sério. Fundamentalistas só conheci pobres. Convertidos, após adolescência, então... só aqueles em petição de miséria.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 31 Dez 2010, 12:28 pm

Jan Mozol escreveu:Passam sim dedo,eu conheço um monte,que se não foi por dinheiro é por doenças,desgostos,morte de pessoas queridas...quase tudo, menos por vontade de adorar a Deus.
Quanto aos padres,hoje é assim mesmo,mas antigamente as familias mais ricas tinham que ter um padre ,alguns filhos eram até forçados a isto.

Ricos convertidos, na idade adulta, ao cristianismo, nunca vi. Nem nos jornais.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por famado em Sex 31 Dez 2010, 1:18 pm

A mulher do Silvio Santos.

O empresário Erlie Lens Cesar. Dono da Lens e conhecido exportador de aço aqui do Rio de janeiro.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por oliveira leite em Sex 31 Dez 2010, 3:27 pm

dedo-duro escreveu:Da minha parte só conheço cristão classe média, isto é, pessoas que nasceram em lares cristãos, ganharam alguma grana, se dizem cristãos, mas não levam a coisa muito a sério. Fundamentalistas só conheci pobres. Convertidos, após adolescência, então... só aqueles em petição de miséria.

isso varia com o bairro
se mude japinha

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Cal em Sex 31 Dez 2010, 4:44 pm

Não acho que exista uma relação direta entre bens materiais e crenças religiosas.

O que eu nunca vi e duvido muito ver algum dia é um daqueles exorcismos da IURD ser realizado em pessoas ricas, até hoje só vi pobre ser "possuído".

Dentre todas as maravilhas do dinheiro poderiamos incluir "proteção contra espiritos malignos".

É cada uma...


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Sex 31 Dez 2010, 5:41 pm

Cal escreveu:Não acho que exista uma relação direta entre bens materiais e crenças religiosas.

O que eu nunca vi e duvido muito ver algum dia é um daqueles exorcismos da IURD ser realizado em pessoas ricas, até hoje só vi pobre ser "possuído".

Dentre todas as maravilhas do dinheiro poderiamos incluir "proteção contra espiritos malignos".

É cada uma...
Concordo plenamente, o cheque aí é mais eficiente que a cruz.
Fora a veinha da prisão de ventre... gargalhada
Aqui ó:

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 31 Dez 2010, 6:09 pm

famado escreveu:A mulher do Silvio Santos.

O empresário Erlie Lens Cesar. Dono da Lens e conhecido exportador de aço aqui do Rio de janeiro.

Quem é rico de verdade é o Silvio. A mulher dele é pastora. E Nunca ouvi falar nesse tal de Lens. Coloquei o nome no Google, que informa somente um livro espiritualista dele.

Minha questão é se há ricos que se convertem e ficam debaixo da tutela da igreja.

Um ou outro espertalhão pode enriquecer com a religião, não seria nenhuma surpresa.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 31 Dez 2010, 6:11 pm

oliveira leite escreveu:
dedo-duro escreveu:Da minha parte só conheço cristão classe média, isto é, pessoas que nasceram em lares cristãos, ganharam alguma grana, se dizem cristãos, mas não levam a coisa muito a sério. Fundamentalistas só conheci pobres. Convertidos, após adolescência, então... só aqueles em petição de miséria.

isso varia com o bairro
se mude japinha

Moro perto de uma Igreja conhecida no meio evangélico. 80% dos carros são populares. Nunca vi nenhum milionário, exceção, talvez, dos pastores.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por famado em Sab 01 Jan 2011, 9:17 am

Vc está certo de uma maneira geral, mas há ricos sim, embora sejam poucos. Na minha igreja há um empresário do ramo de coleta de lixo. É um irmão simples. Ninguém nem nota que ele é rico. Não vou dar o nome aqui porque não quero quebrar a privacidade dele. Mas o cara é cheio da grana. Tem contrato com as principais estatais do país, prefeituras, etc. Ele não nasceu no evangelho. Converteu-se através da esposa, que fala nóis vai, nóis fumo e a gente fomos, além de me chamar de irmão Frávio. japinha

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sab 01 Jan 2011, 12:01 pm

.
O cara sempre inventa uma.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Sab 01 Jan 2011, 12:13 pm

E ateu pobre tem?
A pergunta é pertinente, já que o dedo (gosto dele, é chato,meio ácido,as vezes cínico,mas útil a dinâmica do fórum) faz uma correlação.
A riqueza é proporcional a religião,como a população o é.
Tem outras religiões absurdas até para quem é liberal que só atraem ricos,hoje o que tem de rico esotérico, fazendo rituais é absurdo.
Outra que tá entrando forte é cientologia.
As pessoas precisam de muletas dedo,mesmo as mais ricas.
VBill Gates é congregacionista, murdock é batista,warren buffet é agnóstico teísta,etc.
Os artistas de hollywood na maioria são judeus,cientologia e ateus, e assim vai.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sab 01 Jan 2011, 6:10 pm

E ateu pobre tem?

Claro que tem, oras. Mas ninguém incentiva o ateísmo como promessa do sujeito ficar multimilionário. No máximo, podemos falar que vai economizar o dízimo. :risadinha:

A riqueza é proporcional a religião,como a população o é.

Não sei se a falta religião leva desenvolvimento, ou o contrário, ou mesmo se o processo é endogeno. O fato é que as nações com melhor IDH são aquelas mais científicas, laicas e não fundamentalistas.

Bill Gates é congregacionista, murdock é batista,warren buffet é agnóstico teísta,etc.

Já li entrevistas dos três. Afirmam que não possuem qualquer vínculo com a religião. Imagina... Rupert Murdoch acatando pastor. ai, caramba!

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Teísta em Sab 01 Jan 2011, 6:29 pm

os pobres sempre terão convosco. ateus ou teistas são seres humanos que passam por dificuldades aleatórias a vida...

Mateus 26
Porque os pobres, sempre os tendes convosco,

João 12 -
porque os pobres, sempre os tendes convosco,


TEOLOGIA DA PRO$PERIDADE: ENRIQUECIMENTO DOS PREGADORE$, EMPOBRECIMENTO DOS FIÉIS

A Teologia da Prosperidade (também conhecida como doutrina da prosperidade, a saúde e riqueza do evangelho, ou o evangelho da prosperidade) é uma crença religiosa de, talvez, milhares de cristãos ao redor do mundo. Esta crença se baseia na noção de que Deus confere prosperidade material para aqueles que Ele favorece. Alguns mestres na Palavra de Deus a definem como a crença de que "Jesus abençoa os fiéis com riquezas" ou, mais especificamente, como o ensinamento de que "os fiéis têm o direito das bênçãos de saúde e riqueza e que eles podem obter essas bênçãos por meio de confissões de fé positivas e da "semeadura fiel" de pagamentos de dízimos e ofertas à Igreja".

A Teologia da Prosperidade ou Confissão Positiva teve sua origem na década de 40 nos Estados Unidos, sendo reconhecida como doutrina na década de 70, quando se difundiu pelo meio evangélico. Possuía um forte cunho de auto-ajuda e valorização do indivíduo, agregando crenças sobre cura, prosperidade e poder da fé através da confissão da "Palavra" em voz alta e "No Nome de Jesus" para recebimento das bênçãos almejadas; por meio da Confissão Positiva, o cristão compreende que tem direito a tudo de bom e de melhor que a vida pode oferecer: saúde perfeita, riqueza material, poder para subjugar Satanás, uma vida plena de felicidade e sem problemas. Em contrapartida, dele é esperado que não duvide minimamente do recebimento da bênção, pois isto acarretaria em sua perda, bem como o triunfo do Diabo. A relação entre o fiel e Deus ocorre pela reciprocidade, o cristão semeando através de dízimos e ofertas e Deus cumprindo suas promessas. (Souza e Magalhães, 2002)

Seus primeiros propagadores foram: Kenneth Hagin, Kenneth Coppeland, Robert Tilton, Charles Capps, Morris Cerullo, dentre outros. Homens influenciados por Essek Willian Kenyon, que por sua vez teve seus ensinos inspirados nos conceitos elaborados pelo curandeiro e hipnotizador Finéias Parkhurst Quimby (século XIX), precursor das heresias conhecidas hoje como Ciência Cristã. Podemos afirmar, sem dúvida, que a Ciência Cristã (que nada tem de ciência, tampouco de cristã) foi o embrião da Confissão Positiva e, por conseguinte, da Teologia da Prosperidade.


Esta “teologia” oferece fórmulas para fazer o dinheiro render mais, evitar-se acidentes, livrar-se de doenças e problemas, aumentar as propriedades, além de viver uma vida sem dificuldades. A teologia da prosperidade sustenta que nenhum filho de Deus pode adoecer ou sofrer, pois isso seria uma clara demonstração de ausência de fé e, por outro lado, da presença do diabo.

Mahatma Gandhi apontou o materialismo para explicar sua reação ambivalente ao cristianismo: "Eu gosto do seu Cristo. Eu não gosto de seus cristãos. Seus cristãos são tão diferente de seu Cristo. O materialismo dos países ricos dos cristãos parece contradizer as afirmações de Jesus Cristo que diz: não é possível adorar a Deus e a Mamom ambos ao mesmo tempo." [Citado por William Rees-Mogg,
4 de abril de 2005, edição do The Times]

De fato, “a Teologia da Prosperidade é uma etapa avançada da secularização da ética protestante” (Freston, 1994: 146).

A teologia da prosperidade não passa de uma forma de exploração e enriquecimento dos seus pregadores, em detrimento do empobrecimento de seus seguidores - geralmente pessoas de baixa classe social e econômica - que anseiam alcançar por meio do sobrenatural aquilo que lhes foi privado pelas injustiças e desigualdades sociais.

Deve-se considerar que o crescimento explosivo do número de pregadores da prosperidade (com direito a importação dos Estados Unidos de formadores de opinião na área), tanto no mundo quanto Brasil, está inexoravelmente ligado a um grande "nicho de mercado" para suas palestras, livros e CDs. Este nicho, composto por pessoas insatisfeitas com seu padrão de vida, ouvintes e seguidores dos "profetas da prosperidade", detentores de uma cobiça quase insaciável, buscam meios fáceis para alcançarem riqueza e fama.

Os únicos "abençoados" por seguirem tais ensinos são os seus próprios mestres e pregadores! No livro "Supercrentes: O Evangelho Segundo Kenneth Hagin, Valnice Milhomens e os Profetas da Prosperidade", Paulo Romeiro faz uma constatação óbvia: a aplicação da "teologia da prosperidade" não gerou uma igreja rica e poderosa; produziu, sim, líderes ricos, poderosos e gananciosos, e cada vez mais distanciados da simplicidade de Cristo, enxergando a vida piedosa como meio de ganho. Esses senhores da prosperidade são filhos da avareza, que é idolatria; posto que só se ocupam das coisas desta vida. Paulo diria que o “Deus deles é o seu próprio ventre”.

Afinal, desde os mais remotos tempos, a religião é o negócio é mais lucrativo na Terra: Não dá nada para ninguém e recebe de todos; não vende nada material, mas recolhe grana como quem vendeu diamantes invisíveis; não investe em produção, mas ganha muito como indústria de promessas de milagres; não tem que manufaturar nada, pois apenas tem que manipular tudo; não tem que convencer ninguém de nada, posto que, pela pobreza, pelo medo, e pela infelicidade da existência, tais indivíduos, os “fiéis”, já compraram o “pacote” como quem compra o poder de um “despacho”, etc… Isto porque a visão de Deus anunciada nesses grupos, é a de um “Deus” perverso, avaro, ganancioso, inescrupuloso, louco por prata e ouro, e que não agüenta receber uns trocados sem dar uma demonstração pagã de poder (coisa de pequenas e medíocres divindades). (Fabio, 2006)

A teologia da prosperidade une o fútil ao desagradável, ou seja, é uma mistura de ganância e comodismo. Trata-se, assim, da teologia do egocentrismo, onde o foco não é Deus; este é apenas um meio para se alcançar a prosperidade. O foco é o homem e suas necessidades e desejos, o seu prazer. Neste particular, trata-se de uma sutil derivação do hedonismo, onde o prazer individual e imediato é o único bem possível, princípio e fim da vida moral.

Na verdade, o exercício da fé para alcançar tal prosperidade é, do ponto de vista bíblico, a ausência de fé. O autor da epístola aos Hebreus nos ensina: "Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei" (Hb 13.5). Segundo o texto, o contentamento (sentimento de prazer; contento, satisfação, alegria) está ligado à promessa de Deus em não desamparar aqueles que são seus.

Tiago nos fala do convívio de ricos e pobres, coexistindo numa mesma Igreja:

1 MEUS irmãos, não tenhais a fé de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.
2 Porque, se no vosso ajuntamento entrar algum homem com anel de ouro no dedo, com trajes preciosos, e entrar também algum pobre com sórdido traje,
3 E atentardes para o que traz o traje precioso, e lhe disserdes: Assenta-te tu aqui num lugar de honra, e disserdes ao pobre: Tu, fica aí em pé, ou assenta-te abaixo do meu estrado,
4 Porventura não fizestes distinção entre vós mesmos, e não vos fizestes juízes de maus pensamentos?
5 Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?
6 Mas vós desonrastes o pobre. Porventura não vos oprimem os ricos, e não vos arrastam aos tribunais?
7 Porventura não blasfemam eles o bom nome que sobre vós foi invocado?
(Tiago 2:1-7)

Considerando a inspiração plenária das Escrituras, podemos concluir facilmente que o livro de Tiago, figurando dentre o rol de livros canônicos, aponta profeticamente para uma relação que transcederia a Igreja daquela época. Ou seja, ricos e pobres coexistiram como membros em Igrejas daquela época e coexistirão dentro de Igrejas de séculos posteriores, incluindo o nosso.

"Os pobres sempre terão convosco" (Mt 26.11), eles sempre coexistirão com os ricos na sociedade. Mesmo dentro da Igreja, sempre haverá os mais pobres e necessitados. Assim, há que se considerar que muitos pobres, fiéis seguidores da teologia da prosperidade, durante longo tempo de suas vidas buscarão compreender porque as bênçãos exigidas de Deus não ocorreram, padecerão de angústia por terem falhado ou permitido que o Diabo roubasse sua graça. Com isso, a Teologia da Prosperidade produz efeito diverso do prometido, ou seja, crentes doentes, confusos e em eterno conflito, por não alcançarem os tão almejados resultados práticos da aplicação dos princípios que fazem de seus líderes o que eles mesmos querem ser.

Será que Deus deseja enriquecer financeiramente todos os homens? O que mais importa para Deus: que o homem seja salvo ou que seja rico? A riqueza tem o poder de trazer efeitos adversos ao homem no que tange a sua salvação: "Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus!" (Mc 10.23,24)

Algumas questões para reflexão:

• até onde é lícito, ou eticamente aceitável, algumas igrejas utilizarem métodos heterodoxos, por vezes refinados, num forte contexto emocional, para motivar os seus fiéis, majoritariamente pobres, a serem generosos em seus “votos” condicionando a eles as bênçãos e os milagres?

• até que ponto é moralmente válido algumas denominações religiosas explorarem as carências e necessidades dos seus fiéis, pressionando-os e forçando-os a efetuarem ofertas financeiras, arrecadando somas fantásticas que lhes permitem construir verdadeiros impérios econômicos?

• não é chocante, como afirma C. Mariz, “ver gente tão pobre, débil, desdentada, mal vestida, dar tanto dinheiro para pastores jovens bem vestidos, com saúde, com carro do ano e com aparência de uma classe mais elevada?” (Mariz, 1995:28).

Por último, uma pergunta que não quer se calar: após as últimas chuvas, no RJ, muitas pessoas ficaram desabrigadas, perdendo entes queridos e todos os bens que possuíam. Alguns pregadores cariocas da teologia da prosperidade lançaram recentemente o "Clube de 1 milhão de almas", cujo objetivo divulgado seria a conquista de vidas para o Reino de Deus. Para tanto, cada pessoa deve dar uma "oferta voluntária" no valor de R$ 1.000,00 (MIL REAIS). Será que os recursos levantados serão utilizados para ajudar as vítimas das chuvas - ajuda segundo ensina o livro de Tiago, ou seja, DANDO as coisas necessárias para o corpo (Tg 2.15,16)? Afinal, há muitas almas ali para serem salvas, não concordam Mrs. Murdock, Cerullo e discípulos brasileiros?!?

REFERÊNCIAS

http://bible.org/article/bankruptcy-prosperity-gospel-exercise-biblical-and-theological-ethics. Acesso em 2010.

Souza, Etiane Caloy Bovkalovski de e Magalhães, Marionilde Dias Brepohl de. Os pentecostais: entre
a fé e a política. Rev. bras. Hist. vol.22 no.43 São Paulo, 2002. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882002000100006. Acesso em 2010.

http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/hotsite/clube1M/. Acesso em 2010.

Fabio, Caio. A desgraça da teologia da prosperidade. 08/12/2006. Disponível em http://www.sitecristao.com/a-desgraca-da-teologia-da-prosperidade/. Acesso em 2010.


"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons."
(Martin Luther King)

Teísta
Safira
Safira

Número de Mensagens : 129
Idade : 35
flag : Israel
Data de inscrição : 06/08/2010

http://www.ricardogondim.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Jan Mozol em Sab 01 Jan 2011, 6:40 pm

dedo-duro escreveu:
E ateu pobre tem?

Claro que tem, oras. Mas ninguém incentiva o ateísmo como promessa do sujeito ficar multimilionário. No máximo, podemos falar que vai economizar o dízimo. :risadinha:

A riqueza é proporcional a religião,como a população o é.

Não sei se a falta religião leva desenvolvimento, ou o contrário, ou mesmo se o processo é endogeno. O fato é que as nações com melhor IDH são aquelas mais científicas, laicas e não fundamentalistas.

Bill Gates é congregacionista, murdock é batista,warren buffet é agnóstico teísta,etc.

Já li entrevistas dos três. Afirmam que não possuem qualquer vínculo com a religião. Imagina... Rupert Murdoch acatando pastor. ai, caramba!
Mas eu não falei que eles acatam qualquer pastor,só disse a religião,aliás o Gates e o buffet,os dois mais ricos nem praticam a religião,o carlos Sims tamebm é religioso,católico.
Nem esquenta dedo,eu tambm sou contra a ligação religião-dinheiro.

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por carlosect em Dom 06 Fev 2011, 5:20 pm

conforme a doutrina estudada por muitos aqui e conforme o entendimento e interpretação dos mesmos existem vários conceitos a respeito dos mais diversos assuntos, a igreja do sétimo dia afirma que o chip introduzido na pele não é a marca da besta, no entanto, preferem eles achar que trocar o dia de sábado pelo domingo este sim seria a marca....

existem vários aspectos de compreensão que nos levaria a uma determinada conclusão mas de forma subjetiva.
eu particularmente não creio que descansar no domingo irá me fazer ir para o inferno, as testemunhas de jeová pelo menos algumas pessoas que conversei chegaram a dizer que a marca da besta é o rg e o cpf ( que entendimento kkk!!!)
uns chegam a dizer que Jesus Cristo já voltou e está "INVESTIGANDO" as pessoas como se nunca ninguém fosse esctrito nos livros das obras e o livro que consta todos os nomes de quem nasceu até hoje.
o meu único instrumento de fé que acredito é a bíblia, não uso outros instrumentos nem sequer dos que se dizem profetas...
já fui de várias denominações e cada um tem o seu particular.
se lermos o livro de apocalipse vemos cartas sendo enviadas as sete igrejas e vemos que somente 1 é fiel ao nosso Senhor Jesus Cristo.
conclui-se que as demais devem buscar o entendimento provindo da palavra do nosso Senhor.
Um ateu só acredita no que vê e não no passado, ele pode falar fatos do passado mas isso não quer dizer que ele acredita.
Um ateu nem sabe como tudo foi criado e como tudo existe porque ele não crê no que foi antes dele.
conclui-se que um ateu pode até conhecer os escritos da bíblia mais um cristão mas isso não quer dizer que ele compreenda o que está escrito.
a bíblia foi descrita de uma forma que é Deus que dá a compreensão, não adianta a pessoa somente ler, ela tem que pedir o entendimento a Deus e ser sincera quando diz.

Por fim assim como os fariseus conheciam a Bíblia, da mesma forma é os ateus, mas vemos que mesmo sabendo o que estava escrito Jesus foi bem claro os chamando de raça de víboras porque estavam cegos sem compreender o que estava escrito.
não basta somente saber o que foi descrito, é necessário compreender....

Os ateus até podem saber mais que os cristãos mas isso de nada os adianta....

carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por abençoado em Dom 06 Fev 2011, 7:46 pm

Será que se as pessoas conhecessem melhor as próprias religiões se tornariam Ateus ou Agnósticos?

Não.


Pelo que percebi o questionário foi sobre todas as religiões no geral,portanto,são basicamente pergntas históricas.

Tirando a questão dos católicos, não vejo ali mais nenhuma pergunta sobre os credos em si.

Ex:saber a história de Lutero não é relevante para quem crê é inerrância bíblica pelo simples fato de ele não ser citado nas Escrituras.Não obstante da importância (óbvia)que teve,bem como todos os reformadores.

Recordo que os ateus são uma minoria nos EUA - a percentagem não é citada- como tal,não constitiu surpresa.Se entrevistiram 10 ateus e 100 crentes,a probabilidade de haver menos erros nos ateus é obviamente superior.

Depois,são os ateus quem estuda mais os fundamentos históricos das religiões pois seu "trabalho"é simplesmente negá-lasenquanto verdade.Não é com surpresa que os judeus surgem no 2º lugar,pois são simplesmente a base de todas as religiões monoteístas do mundo.

Assim,os cristãos preocupam-se mais em anunciar o evangelho de Jesus Cristo do que ficar estudando as centenas de religiões que existem para as "combater" e "negar".

O estudo portanto não é surpreendente e sobretudo não prova rigorosamente nada sobre existência ou não de Deus,ou de "uma qualquer divindade".

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A religião e o ateísmo - tópico oficial

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:14 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 19 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum