.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
63 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 63 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Khwey em Sab 25 Jan 2014, 1:00 am

Starway to Heaven escreveu:
Khwey escreveu:Deus é contra a burrice, a cegueira e o analfabetismo.

É contra os evangélicos então?
Se ler corretamente verá que eu não não citei pessoas.

Mas Deus é contra qualquer um que insiste em permanecer nestas condições.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 25 Jan 2014, 1:05 am

Guilherme, Jesus é o logos de Deus. Ele nos trouxe a melhor palavra a respeito de Deus, mas muito além disso, ele se fez a nossa única esperança de nos aproximar de Deus.
Frente a Jesus a coletânea da bíblia não é tão importante para mim, mas estou muito longe de ter ódio por ela; é uma questão de prioridade, só isso...


João 14:5,6
14.5   Então Tomé perguntou: — Senhor, nós não sabemos aonde é que o senhor vai. Como podemos saber o caminho?




14.6   Jesus respondeu: — Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por gusto em Sab 25 Jan 2014, 9:34 am

David de Oliveira escreveu:Guilherme, Jesus é o logos de Deus. Ele nos trouxe a melhor palavra a respeito de Deus, mas muito além disso, ele se fez a nossa única esperança de nos aproximar de Deus.
Frente a Jesus a coletânea da bíblia não é tão importante para mim, mas estou muito longe de ter ódio por ela; é uma questão de prioridade, só isso...


João 14:5,6
14.5   Então Tomé perguntou: — Senhor, nós não sabemos aonde é que o senhor vai. Como podemos saber o caminho?




14.6   Jesus respondeu: — Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim.
Não fosse a Bíblia, nem saberíamos da existência e ensino de Jesus.

gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10550
Idade : 47
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Starway to Heaven em Sab 25 Jan 2014, 9:46 am

David de Oliveira escreveu:
Starway to Heaven escreveu:
Andreia escreveu:http://3.bp.blogspot.com/-BmwrouqDKsM/T49xRETnH1I/AAAAAAAABD8/OeXW0TGpGbM/s1600/cruz.jpg

Vocês percebem que mesmo no contexto desses versículos a bíblia continua imoral, não é mesmo? Porque se alguém acha que aquilo é loucura, não é porque quer. Ninguém levanta de manhã e diz "acho que vou provocar deus sendo contra o seu livro sagrado hoje, me parece uma boa ideia". Não, isso provêm de questionamentos honestos de pessoas que procuram a verdade.

Pelo visto além de deus permitir atrocidades como a escravidão ele também é contra a honestidade intelectual, fazendo o seu caso ainda mais indefensável.
Agora estou te entendendo... Achei muito oportuno a tua coragem da indagação sobre a indiferença de Deus quanto à escravidão. Os escritores da bíblia também não se importavam com a escravidão. Essa é a ideia que eu tenho de que a bíblia é versão humana de contar histórias e o fator cultural tem muito peso. A bíblia não é Deus e Deus não é a bíblia, embora haja quem a entenda como "divina". De divino, a Escritura tem apenas a inspiração dos escritores, aliás o tema "inspiração" é bastante subjetivo, mas ela nos dá a noticia do evangelho e este, não se pode negar, revolucionou o mundo e a mim também...

Entendo. O seu pensamento religioso é bastante interessante, acho que o cristianismo é mais fácil de entender pensando assim. Contudo temo que 99% dos cristãos discordem de você, o que torna as coisas um pouco complicadas.

Starway to Heaven
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Sab 25 Jan 2014, 12:00 pm

Talvez, num futuro não muito distante, intelectuais de uma sociedade mais avançada olhem para trás e digam: "Vejam como certos 'pensadores' do século XXI eram hipócritas de condenar seus ancestrais pelo escravismo, sendo que eles mesmos fechavam os olhos e até anuiam com a escravidão em voga no seu próprio tempo, muitas vezes até camuflada pelo codinome de trabalho assalariado!"

É de fraco conhecimento de causa contemporizar condições preexistentes às revelações divinas, sem levar em consideração a situação socio-cultural dos agrupamentos humanos da época, que davam plenitude de direito a determinadas circunstâncias na cadeia de trabalho.

Isso porque hierarquia de trabalho existiu e sempre vai existir. A exploração injusta do trabalho na base da pirâmide e as injustiças cometidas tirando-se proveito da posição hierárquica também independe das eras, porque isso vai passar pela consciência daquele que tem posição hierárquica favorável.

Assim, embora tenhamos muitos exemplos de excessos cometidos por "senhores" em relação aos seus escravos, temos também exemplos de condecendência e respeito, se valendo sempre dos direitos e deveres vigentes... Nada diferente do que vemos hoje em nossos dias...

Talvez vocês estejam precisando fazer uma tour pelos interiores de muitas nações ocidentais ditas democráticas para verem as condições em que vivem diversos trabalhadores. Não precisa nem sair do Brasil, não! E olha que a exploração a que são submetidos não tem qualquer vínculo com questões de fé! Isso para não falar dos ateus comunistas...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 25 Jan 2014, 2:00 pm

Sabe quando esse “futuro não muito distante” vai acontecer? Nunca! A metade da riqueza mundial está nas mãos de 1% da população e isso tende a se agravar. Enquanto houver “Homem,” no planeta haverá exploração dele por ele no terreno da marginalidade. Eu creio que poderá haver algum avanço “humanitário” nas ordens jurídicas do trabalho, como redução do tempo laboral e poder de compra do trabalhador, mas isso só vai acontecer em países que conseguirem obter as riquezas de outros países menos “criativos”, mas esses infelizes que deixarem as suas riquezas “ir para o ralo”, não poderão participar desse “futuro radiante”.

Desde o governo de Getúlio o Brasil vem dando grandes passos no direito do trabalhador. Recentemente passou no Congresso a jornada máxima de trabalho de 44 horas semanais, mas em geral há muito tempo se aplica 40 horas semanais. A partir de 8 horas diárias o trabalhador entra no período de horas extras e estas aumentam com o horário avançado, mas não podem passar de 2 horas extras diárias. Vale refeição, vale transporte, moradia para quem está fora da sede da Empresa, Diárias, fundo de garantia de tempo de serviço, PIS/PASEP, segura desemprego, seguro de vida obrigatório, adicional de periculosidade, adicional de insalubridade, adicional de tempo para o aluno aprendiz para efeito de aposentadoria, adicional noturno, adicional de transferência, auxílio moradia, férias, adicional de férias, décimo terceiro, auxilio doença, auxilio reclusão, auxilio maternidade, auxilio natalidade, auxilio creche, auxilio desemprego, auxilio doença e tantos outros avanços que não me lembro mais... Houve até certo presidente da república que se aposentou aos 37 aninhos... Tem gente que acha que ainda estamos no tempo da escravidão...  japinha 


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Andreia em Dom 26 Jan 2014, 12:30 am

Starway to Heaven escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Starway to Heaven escreveu:
Andreia escreveu:http://3.bp.blogspot.com/-BmwrouqDKsM/T49xRETnH1I/AAAAAAAABD8/OeXW0TGpGbM/s1600/cruz.jpg

Vocês percebem que mesmo no contexto desses versículos a bíblia continua imoral, não é mesmo? Porque se alguém acha que aquilo é loucura, não é porque quer. Ninguém levanta de manhã e diz "acho que vou provocar deus sendo contra o seu livro sagrado hoje, me parece uma boa ideia". Não, isso provêm de questionamentos honestos de pessoas que procuram a verdade.

Pelo visto além de deus permitir atrocidades como a escravidão ele também é contra a honestidade intelectual, fazendo o seu caso ainda mais indefensável.
Agora estou te entendendo... Achei muito oportuno a tua coragem da indagação sobre a indiferença de Deus quanto à escravidão. Os escritores da bíblia também não se importavam com a escravidão. Essa é a ideia que eu tenho de que a bíblia é versão humana de contar histórias e o fator cultural tem muito peso. A bíblia não é Deus e Deus não é a bíblia, embora haja quem a entenda como "divina". De divino, a Escritura tem apenas a inspiração dos escritores, aliás o tema "inspiração" é bastante subjetivo, mas ela nos dá a noticia do evangelho e este, não se pode negar, revolucionou o mundo e a mim também...

Entendo. O seu pensamento religioso é bastante interessante, acho que o cristianismo é mais fácil de entender pensando assim. Contudo temo que 99% dos cristãos discordem de você, o que torna as coisas um pouco complicadas.
Alguns experimentam  ´´tudo´´ menos DEUS.
Outros experimentam tudo, depois DEUS.
e há outros que nada experimentam .
Se experimentassem primeiro Deus , já não queriam(os) experimentar mais nada.

Andreia
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 243
Idade : 35
Localização : Bbelo horizonte MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Starway to Heaven em Dom 26 Jan 2014, 1:50 am

silvamelo escreveu:Talvez, num futuro não muito distante, intelectuais de uma sociedade mais avançada olhem para trás e digam: "Vejam como certos 'pensadores' do século XXI eram hipócritas de condenar seus ancestrais pelo escravismo, sendo que eles mesmos fechavam os olhos e até anuiam com a escravidão em voga no seu próprio tempo, muitas vezes até camuflada pelo codinome de trabalho assalariado!"

É de fraco conhecimento de causa contemporizar condições preexistentes às revelações divinas, sem levar em consideração a situação socio-cultural dos agrupamentos humanos da época, que davam plenitude de direito a determinadas circunstâncias na cadeia de trabalho.

Isso porque hierarquia de trabalho existiu e sempre vai existir. A exploração injusta do trabalho na base da pirâmide e as injustiças cometidas tirando-se proveito da posição hierárquica também independe das eras, porque isso vai passar pela consciência daquele que tem posição hierárquica favorável.

Assim, embora tenhamos muitos exemplos de excessos cometidos por "senhores" em relação aos seus escravos, temos também exemplos de condecendência e respeito, se valendo sempre dos direitos e deveres vigentes... Nada diferente do que vemos hoje em nossos dias...

Talvez vocês estejam precisando fazer uma tour pelos interiores de muitas nações ocidentais ditas democráticas para verem as condições em que vivem diversos trabalhadores. Não precisa nem sair do Brasil, não! E olha que a exploração a que são submetidos não tem qualquer vínculo com questões de fé! Isso para não falar dos ateus comunistas...

Se existem valores objetivos de moralidade então pouco importa o contexto social da época. Possuir um outro ser humano como propriedade é imoral e sempre foi imoral. Não importa se era conveniente para a sociedade da época. Assim como não importa se é conveniente para nós que pessoas sejam exploradas no seu trabalho, para uma moral perfeita isso seria errado, assim como a escravidão seria errada nos tempos mais antigos.

Você tenta justificar isso como se a escravidão fosse necessária para que a sociedade funcionasse. Porém Deus mostra inúmeros exemplos que ele não se importa com isso. Ele destruiu nações inteiras que não funcionavam do jeito que ele esperava. Jesus condenou moralmente parcelas enormes da sociedade nas suas histórias. Simplesmente não há justificativa para que Deus fizesse vista grossa quanto a isso.

Sobre o dono de escravos respeitosos, bem, isso não muda nada. É como falar em um vendedor de crack respeitoso. Não importa se ele é respeitoso ou não, somente o simples ato de possuir uma pessoa já é errado.

Starway to Heaven
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Dom 26 Jan 2014, 2:00 am

Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:Talvez, num futuro não muito distante, intelectuais de uma sociedade mais avançada olhem para trás e digam: "Vejam como certos 'pensadores' do século XXI eram hipócritas de condenar seus ancestrais pelo escravismo, sendo que eles mesmos fechavam os olhos e até anuiam com a escravidão em voga no seu próprio tempo, muitas vezes até camuflada pelo codinome de trabalho assalariado!"

É de fraco conhecimento de causa contemporizar condições preexistentes às revelações divinas, sem levar em consideração a situação socio-cultural dos agrupamentos humanos da época, que davam plenitude de direito a determinadas circunstâncias na cadeia de trabalho.

Isso porque hierarquia de trabalho existiu e sempre vai existir. A exploração injusta do trabalho na base da pirâmide e as injustiças cometidas tirando-se proveito da posição hierárquica também independe das eras, porque isso vai passar pela consciência daquele que tem posição hierárquica favorável.

Assim, embora tenhamos muitos exemplos de excessos cometidos por "senhores" em relação aos seus escravos, temos também exemplos de condecendência e respeito, se valendo sempre dos direitos e deveres vigentes... Nada diferente do que vemos hoje em nossos dias...

Talvez vocês estejam precisando fazer uma tour pelos interiores de muitas nações ocidentais ditas democráticas para verem as condições em que vivem diversos trabalhadores. Não precisa nem sair do Brasil, não! E olha que a exploração a que são submetidos não tem qualquer vínculo com questões de fé! Isso para não falar dos ateus comunistas...

Se existem valores objetivos de moralidade então pouco importa o contexto social da época. Possuir um outro ser humano como propriedade é imoral e sempre foi imoral. Não importa se era conveniente para a sociedade da época. Assim como não importa se é conveniente para nós que pessoas sejam exploradas no seu trabalho, para uma moral perfeita isso seria errado, assim como a escravidão seria errada nos tempos mais antigos.

Você tenta justificar isso como se a escravidão fosse necessária para que a sociedade funcionasse. Porém Deus mostra inúmeros exemplos que ele não se importa com isso. Ele destruiu nações inteiras que não funcionavam do jeito que ele esperava. Jesus condenou moralmente parcelas enormes da sociedade nas suas histórias. Simplesmente não há justificativa para que Deus fizesse vista grossa quanto a isso.

Sobre o dono de escravos respeitosos, bem, isso não muda nada. É como falar em um vendedor de crack respeitoso. Não importa se ele é respeitoso ou não, somente o simples ato de possuir uma pessoa já é errado.
A noção de escravidão naquela época tinha uma outra conotação no inconsciente coletivo. Foi isso que você não entendeu... Aliás, somos todos escravos num certo sentido. Ninguém é dono do próprio destino.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Starway to Heaven em Dom 26 Jan 2014, 2:18 am

Andreia escreveu:
Alguns experimentam  ´´tudo´´ menos DEUS.
Outros experimentam tudo, depois DEUS.
e há outros que nada experimentam .
Se experimentassem primeiro Deus , já não queriam(os) experimentar mais nada.

Será que essas pessoas estão experimentando Deus, ou estão experimentando o que elas esperam de Deus?

Starway to Heaven
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Starway to Heaven em Dom 26 Jan 2014, 2:20 am

silvamelo escreveu:
Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:Talvez, num futuro não muito distante, intelectuais de uma sociedade mais avançada olhem para trás e digam: "Vejam como certos 'pensadores' do século XXI eram hipócritas de condenar seus ancestrais pelo escravismo, sendo que eles mesmos fechavam os olhos e até anuiam com a escravidão em voga no seu próprio tempo, muitas vezes até camuflada pelo codinome de trabalho assalariado!"

É de fraco conhecimento de causa contemporizar condições preexistentes às revelações divinas, sem levar em consideração a situação socio-cultural dos agrupamentos humanos da época, que davam plenitude de direito a determinadas circunstâncias na cadeia de trabalho.

Isso porque hierarquia de trabalho existiu e sempre vai existir. A exploração injusta do trabalho na base da pirâmide e as injustiças cometidas tirando-se proveito da posição hierárquica também independe das eras, porque isso vai passar pela consciência daquele que tem posição hierárquica favorável.

Assim, embora tenhamos muitos exemplos de excessos cometidos por "senhores" em relação aos seus escravos, temos também exemplos de condecendência e respeito, se valendo sempre dos direitos e deveres vigentes... Nada diferente do que vemos hoje em nossos dias...

Talvez vocês estejam precisando fazer uma tour pelos interiores de muitas nações ocidentais ditas democráticas para verem as condições em que vivem diversos trabalhadores. Não precisa nem sair do Brasil, não! E olha que a exploração a que são submetidos não tem qualquer vínculo com questões de fé! Isso para não falar dos ateus comunistas...

Se existem valores objetivos de moralidade então pouco importa o contexto social da época. Possuir um outro ser humano como propriedade é imoral e sempre foi imoral. Não importa se era conveniente para a sociedade da época. Assim como não importa se é conveniente para nós que pessoas sejam exploradas no seu trabalho, para uma moral perfeita isso seria errado, assim como a escravidão seria errada nos tempos mais antigos.

Você tenta justificar isso como se a escravidão fosse necessária para que a sociedade funcionasse. Porém Deus mostra inúmeros exemplos que ele não se importa com isso. Ele destruiu nações inteiras que não funcionavam do jeito que ele esperava. Jesus condenou moralmente parcelas enormes da sociedade nas suas histórias. Simplesmente não há justificativa para que Deus fizesse vista grossa quanto a isso.

Sobre o dono de escravos respeitosos, bem, isso não muda nada. É como falar em um vendedor de crack respeitoso. Não importa se ele é respeitoso ou não, somente o simples ato de possuir uma pessoa já é errado.
A noção de escravidão naquela época tinha uma outra conotação no inconsciente coletivo. Foi isso que você não entendeu... Aliás, somos todos escravos num certo sentido. Ninguém é dono do próprio destino.

Não entendi o porquê de Deus não poder negar esse inconsciente coletivo.

Starway to Heaven
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Dom 26 Jan 2014, 12:51 pm

Essa cultura da escravatura do VT de ser aceita, tolerada ou omitida por Jeová vai de encontro a quem quer contemporizar a cultura em que a bíblia foi escrita. Assim como não aceitam a escravatura hoje, deveriam também não aceitar muita coisa que não é admissível no nosso tempo. O que impede isso, a não ser o medo de ir contra o Jeová dos exércitos de Israel? A isso eu chamaria de incoerência de fé que deve ser resolvida de todo o jeito.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Seg 27 Jan 2014, 3:50 pm

Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:
Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:Talvez, num futuro não muito distante, intelectuais de uma sociedade mais avançada olhem para trás e digam: "Vejam como certos 'pensadores' do século XXI eram hipócritas de condenar seus ancestrais pelo escravismo, sendo que eles mesmos fechavam os olhos e até anuiam com a escravidão em voga no seu próprio tempo, muitas vezes até camuflada pelo codinome de trabalho assalariado!"

É de fraco conhecimento de causa contemporizar condições preexistentes às revelações divinas, sem levar em consideração a situação socio-cultural dos agrupamentos humanos da época, que davam plenitude de direito a determinadas circunstâncias na cadeia de trabalho.

Isso porque hierarquia de trabalho existiu e sempre vai existir. A exploração injusta do trabalho na base da pirâmide e as injustiças cometidas tirando-se proveito da posição hierárquica também independe das eras, porque isso vai passar pela consciência daquele que tem posição hierárquica favorável.

Assim, embora tenhamos muitos exemplos de excessos cometidos por "senhores" em relação aos seus escravos, temos também exemplos de condecendência e respeito, se valendo sempre dos direitos e deveres vigentes... Nada diferente do que vemos hoje em nossos dias...

Talvez vocês estejam precisando fazer uma tour pelos interiores de muitas nações ocidentais ditas democráticas para verem as condições em que vivem diversos trabalhadores. Não precisa nem sair do Brasil, não! E olha que a exploração a que são submetidos não tem qualquer vínculo com questões de fé! Isso para não falar dos ateus comunistas...

Se existem valores objetivos de moralidade então pouco importa o contexto social da época. Possuir um outro ser humano como propriedade é imoral e sempre foi imoral. Não importa se era conveniente para a sociedade da época. Assim como não importa se é conveniente para nós que pessoas sejam exploradas no seu trabalho, para uma moral perfeita isso seria errado, assim como a escravidão seria errada nos tempos mais antigos.

Você tenta justificar isso como se a escravidão fosse necessária para que a sociedade funcionasse. Porém Deus mostra inúmeros exemplos que ele não se importa com isso. Ele destruiu nações inteiras que não funcionavam do jeito que ele esperava. Jesus condenou moralmente parcelas enormes da sociedade nas suas histórias. Simplesmente não há justificativa para que Deus fizesse vista grossa quanto a isso.

Sobre o dono de escravos respeitosos, bem, isso não muda nada. É como falar em um vendedor de crack respeitoso. Não importa se ele é respeitoso ou não, somente o simples ato de possuir uma pessoa já é errado.
A noção de escravidão naquela época tinha uma outra conotação no inconsciente coletivo. Foi isso que você não entendeu... Aliás, somos todos escravos num certo sentido. Ninguém é dono do próprio destino.

Não entendi o porquê de Deus não poder negar esse inconsciente coletivo.
Vamos analisar a escravidão do ponto de vista da psique humana em cada momento da História? Em que momento da História a escravidão passou a ser considerada intolerável? Porque os grandes pensadores contemporâneos da escravidão não se levantaram contra ela?

O problema aqui não é Deus ter negado ou ter deixado de negar, pois a questão toda só envolve mesmo os padrões éticos incorporados pela mente humana.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Seg 27 Jan 2014, 4:04 pm

David de Oliveira escreveu:Essa cultura da escravatura do VT de ser aceita, tolerada ou omitida por Jeová vai de encontro a quem quer contemporizar a cultura em que a bíblia foi escrita. Assim como não aceitam a escravatura hoje, deveriam também não aceitar muita coisa que não é admissível no nosso tempo. O que impede isso, a não ser o medo de ir contra o Jeová dos exércitos de Israel? A isso eu chamaria de incoerência de fé que deve ser resolvida de todo o jeito.
David, talvez você tenha se apaixonado pela teoria do Brazuca, mas comigo é diferente.

Se o Pai de Jesus não é o Deus do AT, então porque Ele geraria Seu filho Jesus baseando-se nas profecias do Seu inimigo? Vamos raciocinar, cara!

Que a Lei foi dada por anjos e tudo mais, contendo certas distorções que Jesus corrigiu na Nova Aliança, até aí eu entendo. Mas a Bíblia está falando de um mesmo Deus, do início ao fim. Se alguém tem problemas em compreender essas questões na hora de analisar as razões de isso ter sido assim e aquilo ter sido assado, aí já é outra estória...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Starway to Heaven em Seg 27 Jan 2014, 4:34 pm

silvamelo escreveu:
Vamos analisar a escravidão do ponto de vista da psique humana em cada momento da História? Em que momento da História a escravidão passou a ser considerada intolerável? Porque os grandes pensadores contemporâneos da escravidão não se levantaram contra ela?

O problema aqui não é Deus ter negado ou ter deixado de negar, pois a questão toda só envolve mesmo os padrões éticos incorporados pela mente humana.

Se a preocupação de Jesus era a psique humana e os padrões éticos da sua época então não existe necessidade nenhuma de considerar qualquer um de seus ensinamentos nos dias de hoje.

Starway to Heaven
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Seg 27 Jan 2014, 8:16 pm

silvamelo escreveu:
David de Oliveira escreveu:Essa cultura da escravatura do VT de ser aceita, tolerada ou omitida por Jeová vai de encontro a quem quer contemporizar a cultura em que a bíblia foi escrita. Assim como não aceitam a escravatura hoje, deveriam também não aceitar muita coisa que não é admissível no nosso tempo. O que impede isso, a não ser o medo de ir contra o Jeová dos exércitos de Israel? A isso eu chamaria de incoerência de fé que deve ser resolvida de todo o jeito.
David, talvez você tenha se apaixonado pela teoria do Brazuca, mas comigo é diferente.

Se o Pai de Jesus não é o Deus do AT, então porque Ele geraria Seu filho Jesus baseando-se nas profecias do Seu inimigo? Vamos raciocinar, cara!

Que a Lei foi dada por anjos e tudo mais, contendo certas distorções que Jesus corrigiu na Nova Aliança, até aí eu entendo. Mas a Bíblia está falando de um mesmo Deus, do início ao fim. Se alguém tem problemas em compreender essas questões na hora de analisar as razões de isso ter sido assim e aquilo ter sido assado, aí já é outra estória...
(...) profecias do Seu inimigo?


Que inimigo era esse? Quem proferiu as profecias da primeira vinda? Não foram os profetas? Os profetas não eram os inimigos; inimigos eram os demais judeus que fizeram para si mandamentos e leis sanguinárias para induzi-los às carnificinas contra os nativos de Canaã. Inimigos eram os que fizeram essas leis rituais  e estatutos de sacrifícios e holocaustos. Esses eram os inimigos. Eu não creio que o Deus de Jesus tenha alguma coisa a ver com aquilo tudo.  

Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem.
Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante.
Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito, até hoje, enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias madrugando e enviando-os.
Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor; puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para contaminá-la.
E edificaram os altos de Tofete, que está no Vale do Filho de Hinom, para queimarem no fogo a seus filhos e a suas filhas, o que nunca ordenei, nem me subiu ao coração.
Portanto, eis que vêm dias, diz o Senhor, em que não se chamará mais Tofete, nem Vale do Filho de Hinom, mas o Vale da Matança; e enterrarão em Tofete, por não haver outro lugar.
E os cadáveres deste povo servirão de pasto às aves dos céus e aos animais da terra; e ninguém os espantará.

Jeremias 7:21-33


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Por que?

Mensagem por Diego Lisboa em Ter 28 Jan 2014, 12:12 am

A Bíblia está dentro de um mundo pré-científico, com uma cosmovisão totalmente diferente da nossa moderna, dentro desse contexto é preciso entender quem foi que legitimou a escravidão no Antigo e Novo testamento, Deus mesmo ou o ser humano colocou na boca de Deus? Devemos entender que Deus não é escrita e sim o fundamento do ser que experimentamos em nosso cotidiano..

Diego Lisboa
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 10
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/01/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Khwey em Ter 28 Jan 2014, 12:56 am

A escravidão foi Deus que criou, direta ou indiretamente, a exemplo de quando criou o mau ao dizer que algo era bom.


Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Ter 28 Jan 2014, 1:03 am

Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:
Vamos analisar a escravidão do ponto de vista da psique humana em cada momento da História? Em que momento da História a escravidão passou a ser considerada intolerável? Porque os grandes pensadores contemporâneos da escravidão não se levantaram contra ela?

O problema aqui não é Deus ter negado ou ter deixado de negar, pois a questão toda só envolve mesmo os padrões éticos incorporados pela mente humana.

Se a preocupação de Jesus era a psique humana e os padrões éticos da sua época então não existe necessidade nenhuma de considerar qualquer um de seus ensinamentos nos dias de hoje.
O que eu quero dizer é que Jesus não veio trasnformar o homem de fora para dentro, mas de dentro para fora. Partindo dessa compreensão iremos constatar que os seus ensinamentos são universais, pois ainda que não vejamos Jesus combatendo as instituições mundanas, vemos Jesus provocando o homem interior para reagir no sentido de se libertar daquela besta interior que faz com que ele cobice, mate, roube, escravize o mais fraco ou pratique qualquer outra mazela contra o seu semelhante.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por silvamelo em Ter 28 Jan 2014, 1:17 am

David de Oliveira escreveu:Que inimigo era esse? Quem proferiu as profecias da primeira vinda? Não foram os profetas?
Essas perguntas você quem deveria responder. Não é você quem está pendendo para o lado do Brazuca?

David de Oliveira escreveu: Os profetas não eram os inimigos; inimigos eram os demais judeus que fizeram para si mandamentos e leis sanguinárias para induzi-los às carnificinas contra os nativos de Canaã. Inimigos eram os que fizeram essas leis rituais  e estatutos de sacrifícios e holocaustos. Esses eram os inimigos. Eu não creio que o Deus de Jesus tenha alguma coisa a ver com aquilo tudo.  
Eu acho que você está sendo precipitado nas suas conclusões. como assim? Não são os sacrifícios de animais sombras que apontam para o sacrifício vicário de Cristo?

David de Oliveira escreveu:Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Observe o texto com atenção e entenda o que Deus está falando. A ordem para os sacrifícios não foi dada no tempo em que Deus tirou o povo da terra do Egito, mas durante a peregrinação no deserto, DEPOIS que o povo se contaminou com a idolatria do bezerro de ouro...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Ter 28 Jan 2014, 11:48 am

Diego Lisboa escreveu:A Bíblia está dentro de um mundo pré-científico, com uma cosmovisão totalmente diferente da nossa moderna, dentro desse contexto é preciso entender quem foi que legitimou a escravidão no Antigo e Novo testamento, Deus mesmo ou o ser humano colocou na boca de Deus? Devemos entender que Deus não é escrita e sim o fundamento do ser que experimentamos em nosso cotidiano..
Muito bom!  positivinho


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por David de Oliveira em Ter 28 Jan 2014, 12:33 pm

silvamelo escreveu:
David de Oliveira escreveu:Que inimigo era esse? Quem proferiu as profecias da primeira vinda? Não foram os profetas?
Essas perguntas você quem deveria responder. Não é você quem está pendendo para o lado do Brazuca?

David de Oliveira escreveu: Os profetas não eram os inimigos; inimigos eram os demais judeus que fizeram para si mandamentos e leis sanguinárias para induzi-los às carnificinas contra os nativos de Canaã. Inimigos eram os que fizeram essas leis rituais  e estatutos de sacrifícios e holocaustos. Esses eram os inimigos. Eu não creio que o Deus de Jesus tenha alguma coisa a ver com aquilo tudo.  
Eu acho que você está sendo precipitado nas suas conclusões. como assim? Não são os sacrifícios de animais sombras que apontam para o sacrifício vicário de Cristo?

David de Oliveira escreveu:Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Observe o texto com atenção e entenda o que Deus está falando. A ordem para os sacrifícios não foi dada no tempo em que Deus tirou o povo da terra do Egito, mas durante a peregrinação no deserto, DEPOIS que o povo se contaminou com a idolatria do bezerro de ouro...

Essa sua insistência em me identificar com um dos colegas fica por conta e risco da sua imaginação... Tenho por regra somente absorver as partes que me somam de cada indivíduo. Independendo da intensidade, me identifico com quase todo mundo do fórum. Claro que há alguns que tenho mais afinidades de pensamentos que outros. Um exemplo: Eu nunca disse aqui que o Deus do VT é o Diabo, mas também sempre digo que ele não coaduna com o que nos apresentou Jesus sobre Ele. Sei que muitos querem defender o indefensável, mas o que eu estranho, não posso reprimir e devo buscar sempre uma resposta apropriada, o que ninguém ainda me proporcionou.
Se a bíblia diz que Deus nunca pediu ninguém para fazer rituais de sacrifícios e holocaustos e a bíblia está cheia dessas coisas, qual é o meu interesse de reprimi-las? Se alguém não está gostando, que me dê respostas aceitáveis.
Essa resposta barata de que "Deus não sacrifícios e holocaustos no dia da saída da Egito" é uma das balelas de respostas que sempre saí daqui...

Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Valter em Ter 28 Jan 2014, 4:02 pm

silvamelo escreveu:
Starway to Heaven escreveu:
silvamelo escreveu:
Vamos analisar a escravidão do ponto de vista da psique humana em cada momento da História? Em que momento da História a escravidão passou a ser considerada intolerável? Porque os grandes pensadores contemporâneos da escravidão não se levantaram contra ela?

O problema aqui não é Deus ter negado ou ter deixado de negar, pois a questão toda só envolve mesmo os padrões éticos incorporados pela mente humana.

Se a preocupação de Jesus era a psique humana e os padrões éticos da sua época então não existe necessidade nenhuma de considerar qualquer um de seus ensinamentos nos dias de hoje.
O que eu quero dizer é que Jesus não veio trasnformar o homem de fora para dentro, mas de dentro para fora. Partindo dessa compreensão iremos constatar que os seus ensinamentos são universais, pois ainda que não vejamos Jesus combatendo as instituições mundanas, vemos Jesus provocando o homem interior para reagir no sentido de se libertar daquela besta interior que faz com que ele cobice, mate, roube, escravize o mais fraco ou pratique qualquer outra mazela contra o seu semelhante.

Concordo irmão Silva! muito bom! 

LUCAS 22:
25  E ele lhes disse: Os reis dos gentios dominam sobre eles, e os que têm autoridade sobre eles são chamados benfeitores.
26  Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve.
27  Pois qual é maior: quem está à mesa, ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como aquele que serve.

Estou meio sem tempo de participar... mas às vezes dou uma espiada...

Paz!


"Qualquer que vem a mim e ouve as minhas palavras, e as observa, eu vos mostrarei a quem é semelhante..." (Lucas 6:47-48) "Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim." (João 6:45) "Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão." (Marcos 13:31)

Valter
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
Idade : 45
Localização : SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/02/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Por que?

Mensagem por Diego Lisboa em Ter 28 Jan 2014, 4:52 pm

Khwey escreveu:A escravidão foi Deus que criou, direta ou indiretamente, a exemplo de quando criou o mau ao dizer que algo era bom.


Respeito sua opinião, tomando o texto de gênesis como literal você entenderá desta forma, mas devemos considerar os gêneros dentro da Bíblia, como mito, sagas, lendas, epopeia, figuras de linguagens e outros afins, reconhecendo que existe por trás de todos esses gêneros verdades profundas e existenciais em forma de história. Sabemos que a bíblia é um escrito confessional que interpreta religiosamente de acordo com as experiências comunitárias de fé e fruto de uma tradição muito complexa como podemos verificar em qualquer introdução dos testamento ou ler bons biblicistas, sabemos que o conceito de escravidão na época antiga não era tão agressivo como agora, temos relatos de escravos que eram bem sucedidos e ocupavam posições na sociedade, como filósofos, pedagogos e etc... Mas não vejo que Deus legitimou a escravidão ou criou, porque não olho para o texto em sentido literalista, mas reconhecendo todos os gêneros como a pesquisa histórica nos mostra com grandes fundamentos.... a questão do mal é complexo, vemos uma evolução no pensamento e amadurecimento do povo de Israel a cada aculturação ou influências de outros povos, no período pré-exílico Israel pensa que Deus faz tanto o bem como o mal, já no período exílico e pós-exílico eles começam a repensar esse conceito e reformulam de acordo com a influência pérsica e babilônica que já tinha um pensamento sobre o mal, tinha um conceito formado sobre o dualismo e uma personificação do mal, dois exemplos básicos: Em 2 Samuel 24.1 diz que Deus incitou Davi a fazer o recenseamento e 1 crônicas 21.1 atribui a Satã, o livro de Samuel é pré-exílico e o de crônicas é pós-exílico. Duas tradições distintas em dois contextos e épocas diferentes!

Diego Lisboa
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 10
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/01/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Khwey em Ter 28 Jan 2014, 8:12 pm

Diego Lisboa escreveu:
Khwey escreveu:A escravidão foi Deus que criou, direta ou indiretamente, a exemplo de quando criou o mau ao dizer que algo era bom.


Respeito sua opinião, tomando o texto de gênesis como literal você entenderá desta forma, mas devemos considerar os gêneros dentro da Bíblia, como mito, sagas, lendas, epopeia, figuras de linguagens e outros afins,
Focando no embasamento contido no antigo testamento, Deus é o responsável por tudo isto, segundo as próprias palavras dele.

Isaías
45:7 Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o Senhor, faço todas estas coisas.

Está escrito que não é fácil entender as coisas dele.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que a bíblia não condena a escravidão em nenhum momento?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:59 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum