.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
69 usuários online :: 3 usuários cadastrados, 1 Invisível e 65 Visitantes :: 1 Motor de busca

gusto, Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por RenatoPaulo em Dom 19 Jan 2014, 4:03 pm

Eu penso que o Jumper tambem tem a sua razao...
Ele apenas puxa a sardinha para a sua brasa.

Eu acredito que o mundo ja existe ha milhoes de anos e o ser humano foi evoluindo,embora nao acredite que ele provenha do macaco.
Parecidos talvez...quem sabe?
Quanto a Adao e Eva,eles nao foram aqui criados ,mas sim no Paraiso.Depois foram sim expulsos.

Se tivessemos todos sido gerados de Adao e Eva,seriamos todos filhos de Deus.Mas a Biblia nao diz que somos todos filhos de Deus ou diz?
Ja antes de Cristo isso era obvio...Deus nao queria que Seu povo se misturasse com os pagoes.

Com a vinda do Messias,tudo mudou.
Todo o homem pode se tornar filho de Deus,mas para isso precisa de acreditar,ter fé e cumprir os ensinamentos do Messias,ou seja Jesus Cristo.

RenatoPaulo
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1418
Idade : 43
flag : Alemanha
Data de inscrição : 25/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por silvamelo em Seg 20 Jan 2014, 2:16 am

Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
É óbvio que nenhuma nova família aparece com o estalar dos dedos. Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.

Assim você tem famílias que foram favorecidas pelo meio e foram bem sucedidas nas suas estratégias, que sofreram pouquíssimas mudanças ao longo de eras, enquanto que outras famílias, impulsionadas pelas pressões do meio, tiveram que ir se adaptando para chegar até aqui nas variedades que nós abservamos hoje.

A prova de que a transformação do meio ambiente ao longo das eras foi fundamental para haver diversidade de espécies está nos números: 99% das espécies que já existiram na terra foram extintas! Se não houvesse a pressão ambiental para se adaptar, esse número seria totalmente diferente.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jarbas em Seg 20 Jan 2014, 3:58 am

...

O Calendário da criação

http://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=en&rurl=translate.google.com&tl=pt-BR&u=http://www.torahcalendar.com/&usg=ALkJrhih_FgyekqGliC5f3cQu77PrDLVBw



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 15317
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Seg 20 Jan 2014, 2:45 pm

silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Seg 20 Jan 2014, 6:46 pm

Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
"Macroevolução" é especiação, e isso já foi observado na natureza e em laboratório.  Também há vários casos observados, por exemplo um lago onde séculos atrás foi colocado uma variedade de peixe e atualmente há inúmeras espécies, só sendo encontradas ali.

Cientificamente falando não existe essa noção de "macroevolução" da mesma forma que não existe macromatemática para somar 2+2 inúmeras vezes, nem macrogravidade para explicar a gravidade após grandes períodos de tempo.  É tudo matemática, gravidade e Evolução.


É óbvio que grandes mudanças requerem muito tempo, por sorte nós temos o registro fóssil, que nos mostra como as espécies mudaram ao longo do tempo, como elas foram surgindo e sendo extintas, formando uma árvore genealógica.

Por isso, por exemplo, que não se encontra mamíferos modernos, como coelhos, macacos, cavalos, etc ao longo de dinossauros.
Por quê? Simples, essas espécies não são contemporâneas.
Ou seja, espécies foram extintas e novas espécies surgiram.  E o que é isso que não Evolução?

O funcionamento básico é simples: Espécies deixam descendentes, cada descendente difere um pouco dos pais, mudanças se somam ao longo das gerações, pressões ambientais acabam levando o ramo para alguma direção, ou acaba sendo "podado" pelo meio.
Não acho que vocês rejeitam esses elementos por si só, o que vocês se negam a fazer é ver o quadro inteiro, pensar "macro".  

O motivo pra isso é simples: vocês tem medo.  Medo do mundo ser maior que um livro.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Seg 20 Jan 2014, 7:27 pm

Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
"Macroevolução" é especiação, e isso já foi observado na natureza e em laboratório.  
Macroevolução em níveis acima de Familia nunca foi observados.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Seg 20 Jan 2014, 7:31 pm

Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
Cientificamente falando não existe essa noção de "macroevolução"...

O entomólogo russo Yuri Filipchenko criou os termos "macroevolução" e "microevolução" em seu trabalho de 1927, em alemão,"Variabilität und Variation":


http://www.talkorigins.org/faqs/macroevolution.html


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Qui 23 Jan 2014, 11:49 am

Eduardo escreveu:
Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
"Macroevolução" é especiação, e isso já foi observado na natureza e em laboratório.  
Macroevolução em níveis acima de Familia nunca foi observados.

E, porquê você acha que nunca foi "observado" isso?
Será que é porque é um processo demorado, levando vários milhares de anos no mínimo?

Meu caro, se há especiação então nada impede que as espécies se "separem" mais ainda.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Qui 23 Jan 2014, 2:20 pm

Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
"Macroevolução" é especiação, e isso já foi observado na natureza e em laboratório.  
Macroevolução em níveis acima de Familia nunca foi observados.
E, porquê você acha que nunca foi "observado" isso? Será que é porque é um processo demorado, levando vários milhares de anos no mínimo? Meu caro, se há especiação então nada impede que as espécies se "separem" mais ainda.
Especulação! Isso não é ciência. O método científico precisa da observação sistemática e controlada, geralmente resultantes de experiências ou pesquisa de campo. Macroevolução em níveis acima de "Família" nunca for observada. Além disso, o cientista deve trabalhar com o falseamento, ou seja, deve fazer uma hipótese e testar suas hipóteses procurando não apenas evidências de que ela está certa, mas sobretudo evidências de que ela está errada. Como falsear a macroevolução se ela nem pode ser observada? Aliás, tentar criticar essa evolixão é o oitavo pecado capital. Quem sonhar fazê-lo é jogado para fora da panelinha.



Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Lit San Ares em Qui 23 Jan 2014, 9:10 pm

Especulação! Isso não é ciência. O método científico precisa da observação sistemática e controlada, geralmente resultantes de experiências ou pesquisa de campo. Macroevolução em níveis acima de "Família" nunca for observada.



Quer dizer que macroevolução já foi observada no nível de “família”.


Além disso, o cientista deve trabalhar com o falseamento, ou seja, deve fazer uma hipótese e testar suas hipóteses procurando não apenas evidências de que ela está certa, mas sobretudo evidências de que ela está errada. Como falsear a macroevolução se ela nem pode ser observada? Aliás, tentar criticar essa evolixão é o oitavo pecado capital. Quem sonhar fazê-lo é jogado para fora da panelinha.


Agora ela nem pode ser observada. Um pouco inconsistente, Eduardo.

Lit San Ares
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1809
Localização : Palucidar
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Sex 24 Jan 2014, 8:00 am

A variação dentro da família existe e está em harmonia com as escrituras, é microevolução. A macroevolução nunca foi observada.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Sex 24 Jan 2014, 9:56 am

Eduardo escreveu:
Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
Jumper escreveu:
Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:
Eduardo escreveu:Não é mutação, é inibição. Bem diferente. O gene original completo é especifico para cada família, ou seja, a inibição não provoca o aparecimento de outra família.
Famílias separadas e confinadas em determinadas regiões, adquirem pequenas adaptações ao meio que vão sendo assimiladas e, ao longo de muitos anos, vão se tornar grandes diferenças em relação a família original. Isso, numa escala de eras, pode produzir espécimes muito diferentes, que foram sofrendo adaptações sobre adaptações.
Como eu disse, a diferença entre reações químicas e a macroevolução é que a última não pode ser demonstrada em laboratório. Apenas especulações sobraram a essa tese.
"Macroevolução" é especiação, e isso já foi observado na natureza e em laboratório.  
Macroevolução em níveis acima de Familia nunca foi observados.
E, porquê você acha que nunca foi "observado" isso? Será que é porque é um processo demorado, levando vários milhares de anos no mínimo? Meu caro, se há especiação então nada impede que as espécies se "separem" mais ainda.
Especulação! Isso não é ciência. O método científico precisa da observação sistemática e controlada, geralmente resultantes de experiências ou pesquisa de campo. Macroevolução em níveis acima de "Família" nunca for observada. Além disso, o cientista deve trabalhar com o falseamento, ou seja, deve fazer uma hipótese e testar suas hipóteses procurando não apenas evidências de que ela está certa, mas sobretudo evidências de que ela está errada. Como falsear a macroevolução se ela nem pode ser observada? Aliás, tentar criticar essa evolixão é o oitavo pecado capital. Quem sonhar fazê-lo é jogado para fora da panelinha.
Cara, pelo jeito você não sabe o que é "ciência" e está demandando solução imediatas para coisas não tão simples (e que curiosamente você não está interessado em constatar).   

Nem tudo é replicável ou observável diretamente, um exemplo são as estrelas que possuem fases de "vida", só que cada fase dura bilhões de anos, logo por um motivo óbvio não dá para esperar bilhões de anos só para dizer "ih, é mesmo, o Sol virou uma gigante vermelha".  Outro exemplo é o movimento das placas tectonicas formando montanhas
Outro exemplo mais extremo é dizer que Plutão orbita o Sol, afinal ninguém vivo foi capaz de observar uma volta inteira ao redor dele (afinal, com uma órbita durando 247 anos isso fica bem difícil de ser observado, não tendo completado uma órbita desde que foi descoberto).
Devemos esperar o tempo restante então para concluir "ih, é mesmo, Plutão orbita o Sol"?  Não né.

Se surgem novas espécies, o que impede delas se afastarem ainda mais umas das outras?  Ou vai me dizer que existe uma "força" que as impediria de divergir ainda mais??

Não é especulação porque é o que se observa a nível genético e a nível fossil.
Quer falseamento a nível macro?  Procure no registro fóssil.  Nele você não encontra um coelho lado a lado com um tiranossauro, por exemplo.  
Observar em tempo real felizmente nunca foi necessário para essa "macroevolução", afinal, há muitos fósseis nos mostrando como os seres vivos eram no passado.

Criticar a evolução com argumentos válidos (e não do tipo "Evolução não explica detalhe tal, logo Evolução não existe")? 
Cara, fiquem a vontade, ciência se "combate" com ciência, não com argumentos ad ignorantium, apelos emocionais e outras falacias.  

Ah, criacionismo não é ciência, é religião e querer empurrar essa crença como algo científico merece ser expulso mesmo.  DI idem.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Sex 24 Jan 2014, 10:00 am

Eduardo escreveu:A variação dentro da família existe e está em harmonia com as escrituras, é microevolução. A macroevolução nunca foi observada.
Não, "Microevolução" é dentro da "espécie", especiação é o que seria a "macro-evolução", que é o evento do surgimento de nova espécie a partir da população em geral, separando os 2 grupos dali pra frente.

Como falei, não existe o termo macroevolução (ou pelo menos não está em voga) já que ele não se refere a uma coisa só, sendo apenas uma questão de escala (ou iterações).


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Sex 24 Jan 2014, 11:08 pm

Já provei que os termos existem. O entomólogo russo Yuri Filipchenko criou os termos "macroevolução" e "microevolução" em seu trabalho de 1927, em alemão,"Variabilität und Variation":

http://www.talkorigins.org/faqs/macroevolution.html

Deus criou os "tipos" básicos de organismos, originando a grande variedade de vida ao nosso redor, mas ocorreram mudanças morfológicas limitadas e formação de novas espécies e talvez gêneros. Estas mudanças podem ter acontecido em tempos relativamente curtos, após a criação.

A nível genético não há evidência alguma de macro e a nível fóssil descobriram que os ancestrais do homem são da mesma espécie.

A definição de ciência que coloquei é largamente utilizada sendo a Falseabilidade, falsificabilidade ou refutabilidade é um conceito importante na filosofia da ciência (epistemologia), proposto por Karl Popper nos anos 1930, como solução para o chamado problema da indução. Para uma asserção ser refutável ou falseável, em princípio será possível fazer uma observação ou fazer uma experiência física que tente mostrar que essa asserção é falsa.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Sab 25 Jan 2014, 1:11 am

Deus criou os "tipos" básicos de organismos, originando a grande variedade de vida ao nosso redor, mas ocorreram mudanças morfológicas limitadas e formação de novas espécies e talvez gêneros. Estas mudanças podem ter acontecido em tempos relativamente curtos, após a criação.
Criou mesmo é? 
Quando foi isso? Quais eram os "tipos básicos"? Onde que ele criou? Evidências disso? Refutabilidade disso, está onde?
Os seres vivos não existiam e no segundo seguinte, puff, lá estavam eles em seus biomas pré-estabelecidos?
Daonde você tirou isso? Ah, da Bíblia ou da sua cabeça... hmmm...
Trabalhos científicos dando peso científico a isso? Não, não tem.  

Só digo uma coisa: Registro fóssil.  


A nível genético não há evidência alguma de macro e a nível fóssil descobriram que os ancestrais do homem são da mesma espécie.
Já falei de retrovirus não? Do fato deles se copiarem no código genético em posições específicas e sendo repassadas a seus filhos, não?  E que tais marcadores podem então ser encontrados nas diversas espécies de primatas.
Montando essa árvore genealógica: 

Criacionistas agem de forma engraçada quando se mostra um possível ancestral dos humanos: se parece humano, é humano, se parece macaco, é macaco.  Outra coisa engraçada é que pelo jeito antigamente era muito comum ter doença degenerativa causando crânios diferentes dos atuais, como esses:

Bom, nós somos "macacos".  Não acredita?  Me diga uma coisa que você tem que um macaco não tenha.  
Ah, nossa inteligência é um pouco melhor, principalmente pela nossa capacidade de passar o que aprendemos à frente, mas no resto?  
Até o formato do cérebro é similar:

Para 2 espécies sem parentesco, como você alega, até que há muita coisa em comum, não?  Ah, o formato é um pouco diferente, o cérebro deles é menor... mas e os pontos em comum?  

Deixa adivinhar, Deus usou uma forma parecida, reusando parte do código, ou pior, plantou essas similaridades para confundir a cabeça dos cientistas? Tolices.

Outra coisa, o ser humano não é a única espécie viva no planeta, enquanto há muito debate sobre os ancestrais humanos (por motivos antropocêntricos principalmente), o mesmo já não acontece para os outros seres vivos.


A definição de ciência que coloquei é largamente utilizada sendo a Falseabilidade, falsificabilidade ou refutabilidade é um conceito importante na filosofia da ciência (epistemologia), proposto por Karl Popper nos anos 1930, como solução para o chamado problema da indução. Para uma asserção ser refutável ou falseável, em princípio será possível fazer uma observação ou fazer uma experiência física que tente mostrar que essa asserção é falsa.
Que foi o que eu citei aqui:
"Quer falseamento a nível macro?  Procure no registro fóssil.  Nele você não encontra um coelho lado a lado com um tiranossauro, por exemplo.  "
O que se espera dessa tal de "macro-evolução? Ah, que espécies deixem descendentes levemente diferentes, que estes deixem mais descendentes ou se extinguam com o tempo, formando uma "árvore genealógica".
Algo como isso talvez? http://figures.boundless.com/20712/raw/tree-of-life-svg.svg
ou isso? http://www.lucasbrouwers.nl/blog/wp-content/uploads/2009/12/Evo_large.gif


Já provei que os termos existem. O entomólogo russo Yuri Filipchenko criou os termos "macroevolução" e "microevolução" em seu trabalho de 1927, em alemão,"Variabilität und Variation":

http://www.talkorigins.org/faqs/macroevolution.html
E eu falei que não está em voga, macroevolução é um termo solto, "especiação" não.
Pré-requisito para macroevolução é especiação, especiação ocorre, é fato documentado logo não há porque não ocorrer separação de famílias.
O "problema", como você bem sabe, é que é um processo longo, que pode demorar muito tempo, logo é algo que criacionistas como você pede: porque sabem que não será "provado" diretamente.
Indiretamente? Ah, registro fóssil, outra forma é analisando o código genético.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Lit San Ares em Sab 25 Jan 2014, 8:36 pm

Deus criou os "tipos" básicos de organismos, originando a grande variedade de vida ao nosso redor, mas ocorreram mudanças morfológicas limitadas e formação de novas espécies e talvez gêneros. Estas mudanças podem ter acontecido em tempos relativamente curtos, após a criação. 
O nome disso, Eduardo, é super-evolução. Algo como, num espaço de dois mil anos ou menos, um "felino" primordial (absolutamente desconhecido) gerar duas espécies tão díspares quanto um tigre siberiano de 350 kg e um gato-selvagem de 5. Isso, além de outras 34 espécies de felinos (se não me falha a memória) no mundo todo.
Não é algo a ser levado a sério, mas é uma admissão de que as espécies evoluem... de uma maneira meio torta, mas é.

Lit San Ares
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1809
Localização : Palucidar
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Sab 25 Jan 2014, 11:21 pm

Registro fóssil diz Humanos primitivos pertenciam todos à mesma espécie

http://www.publico.pt/ciencia/noticia/especies-de-homens-primitivos-afinal-foram-so-uma-afirmam-cientistas-1609499


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Sab 25 Jan 2014, 11:23 pm

Lit San Ares escreveu:
Deus criou os "tipos" básicos de organismos, originando a grande variedade de vida ao nosso redor, mas ocorreram mudanças morfológicas limitadas e formação de novas espécies e talvez gêneros. Estas mudanças podem ter acontecido em tempos relativamente curtos, após a criação. 
O nome disso, Eduardo, é super-evolução. Algo como, num espaço de dois mil anos ou menos, um "felino" primordial (absolutamente desconhecido) gerar duas espécies tão díspares quanto um tigre siberiano de 350 kg e um gato-selvagem de 5. Isso, além de outras 34 espécies de felinos (se não me falha a memória) no mundo todo.
Não é algo a ser levado a sério, mas é uma admissão de que as espécies evoluem... de uma maneira meio torta, mas é.

Cães e lobos evoluíram de um ancestral comum:

http://oglobo.globo.com/ciencia/estudo-diz-que-lobos-nao-sao-os-verdadeiros-ancestrais-dos-caes-11328061#ixzz2rSnHRjui

Sabe qual foi o ancestral... tava num barquinho... no meio de uma tempestade... vai passar um filme sobre o barco, em breve...
O que mostra o melhor exemplo de “evolução”?
http://www.criacionismo.com.br/2011/03/o-que-mostra-o-melhor-exemplo-de.html


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Lit San Ares em Dom 26 Jan 2014, 5:59 am

Cães e lobos evoluíram de um ancestral comum:


http://oglobo.globo.com/ciencia/estudo-diz-que-lobos-nao-sao-os-verdadeiros-ancestrais-dos-caes-11328061#ixzz2rSnHRjui

Sabe qual foi o ancestral... tava num barquinho... no meio de uma tempestade... vai passar um filme sobre o barco, em breve...
O que mostra o melhor exemplo de “evolução”?
http://www.criacionismo.com.br/2011/03/o-que-mostra-o-melhor-exemplo-de.html
Isso já foi discutido aqui. Cães e lobos são encarados como sendo da mesma espécie. Sendo da mesma espécie, o termo  "ancestral comum", em termos evolutivos, se torna um pouco inconsistente nessa situação.

O termo "barquinho" que você usou, é bem apropriado. A incapacidade da arca comportar todas as espécies à que se propunha, é um dos motivos pelos quais se inventou a super-evolução. Talvez... o motivo.

Lit San Ares
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1809
Localização : Palucidar
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Lit San Ares em Dom 26 Jan 2014, 7:07 am

Eduardo escreveu:Registro fóssil diz Humanos primitivos pertenciam todos à mesma espécie

http://www.publico.pt/ciencia/noticia/especies-de-homens-primitivos-afinal-foram-so-uma-afirmam-cientistas-1609499

A questão é saber se todos os humanos primitivos pertencem a mesma espécie e se essa espécie é a Homo sapiens sapiens. A passagem em azul está incompleta.

Lit San Ares
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1809
Localização : Palucidar
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Dom 26 Jan 2014, 12:09 pm

Lit San Ares escreveu:
Eduardo escreveu:Registro fóssil diz Humanos primitivos pertenciam todos à mesma espécie

http://www.publico.pt/ciencia/noticia/especies-de-homens-primitivos-afinal-foram-so-uma-afirmam-cientistas-1609499

A questão é saber se todos os humanos primitivos pertencem a mesma espécie e se essa espécie é a Homo sapiens sapiens. A passagem em azul está incompleta.
Antigamente era aceito sem sombra de dúvidas que Homo habilis, Homo rudolfensis e Homo erectus eram espécies distintas. Agora tudo mudou. Como posso trocar Deus por um troço instável desses?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Dom 26 Jan 2014, 12:10 pm

Lit San Ares escreveu:
Cães e lobos evoluíram de um ancestral comum:


http://oglobo.globo.com/ciencia/estudo-diz-que-lobos-nao-sao-os-verdadeiros-ancestrais-dos-caes-11328061#ixzz2rSnHRjui

Sabe qual foi o ancestral... tava num barquinho... no meio de uma tempestade... vai passar um filme sobre o barco, em breve...
O que mostra o melhor exemplo de “evolução”?
http://www.criacionismo.com.br/2011/03/o-que-mostra-o-melhor-exemplo-de.html
Isso já foi discutido aqui. Cães e lobos são encarados como sendo da mesma espécie. Sendo da mesma espécie, o termo  "ancestral comum", em termos evolutivos, se torna um pouco inconsistente nessa situação.
O que passar disso é especulação.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Dom 26 Jan 2014, 8:34 pm

Eduardo escreveu:
Lit San Ares escreveu:
Eduardo escreveu:Registro fóssil diz Humanos primitivos pertenciam todos à mesma espécie

http://www.publico.pt/ciencia/noticia/especies-de-homens-primitivos-afinal-foram-so-uma-afirmam-cientistas-1609499

A questão é saber se todos os humanos primitivos pertencem a mesma espécie e se essa espécie é a Homo sapiens sapiens. A passagem em azul está incompleta.
Antigamente era aceito sem sombra de dúvidas que Homo habilis, Homo rudolfensis e Homo erectus eram espécies distintas. Agora tudo mudou. Como posso trocar Deus por um troço instável desses?
Ciência não é religião, ela muda, é conhecimento adquirido com base no que se observa, coisas novas se descobrem o tempo todo.  E com toda certeza não foi descoberto tudo o que há para se descobrir.

O seu erro (um deles pelo menos) é achar que você precisa trocar a sua crença pelo conhecimento científico, não são coisas auto-excludentes.  O que não dá é querer acreditar que a Bíblia é literal, que houve dilúvio, arcas, etc há poucos milhares de anos atrás, isso é pedir para ser enganado.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Jumper em Dom 26 Jan 2014, 8:42 pm

Eduardo escreveu:
Lit San Ares escreveu:
Cães e lobos evoluíram de um ancestral comum:


http://oglobo.globo.com/ciencia/estudo-diz-que-lobos-nao-sao-os-verdadeiros-ancestrais-dos-caes-11328061#ixzz2rSnHRjui

Sabe qual foi o ancestral... tava num barquinho... no meio de uma tempestade... vai passar um filme sobre o barco, em breve...
O que mostra o melhor exemplo de “evolução”?
http://www.criacionismo.com.br/2011/03/o-que-mostra-o-melhor-exemplo-de.html
Isso já foi discutido aqui. Cães e lobos são encarados como sendo da mesma espécie. Sendo da mesma espécie, o termo  "ancestral comum", em termos evolutivos, se torna um pouco inconsistente nessa situação.
O que passar disso é especulação.

Só porquê você quer.
Cães e Lobos são mamíferos, novamente possuindo muitas das características que você, outro mamífero, possui: pêlos no corpo, 4 membros, 5 dedos, nariz, 2 olhos, boca, orelhas, etc.

Cara, é difícil raciocinar com essa lógica, você quer que os cientistas provem a evolução transformando um cão em algo que não é um cão?  

Você já parou para pensar que você está muito na defensiva?  Rejeitando o conhecimento adquirido por rejeitar?
Tem certeza que é isso o que o seu deus quer de você?  Uma pessoa que se recusa a enxergar?


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Eduardo em Seg 27 Jan 2014, 12:08 am

Jumper escreveu:
... você quer que os cientistas provem a evolução transformando um cão em algo que não é um cão?  
Realmente, é preciso muita fé para crer nisso. Prefiro Bíblia literal, dilúvio, arcas, etc


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Três fatos cruciais para entender a existência dos fósseis.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:04 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum