.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
52 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 50 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Profecias cumpridas provam que a Bíblia é a Palavra de Deus.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Profecias cumpridas provam que a Bíblia é a Palavra de Deus.

Mensagem por Ed em Sex 27 Set 2013, 6:41 am

A Bíblia contém uma grande quantidade de profecias, a maioria das quais foi cumprida [sempre, literal + precisa + plenamente]. A The Encyclopedia of Biblical Prophecies de J.Barton Payne lista 1817 profecias específicas, sendo 1239 no Antigo Testamento e 578 no Novo Testamento. As predições são [assombrosamente] precisas e detalhadas [como nenhum outro livro chega nem perto disso], e o cumprimento é [sempre, literal e] exato.
Isaias diz que a profecia cumprida é a evidência da inspiração divina e isto deveria ser óbvio, já que somente Deus conhece o futuro. (Isaias 41:21-23). “21 Apresentai a vossa demanda, diz o SENHOR; trazei as vossas firmes razões, diz o Rei de Jacó. 22  Tragam e anunciem-nos as coisas que hão de acontecer; anunciai-nos as coisas passadas, para que atentemos para elas, e saibamos o fim delas; ou fazei-nos ouvir as coisas futuras. 23  Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses; ou fazei bem, ou fazei mal, para que nos assombremos, e juntamente o vejamos.” (Is 41:21-23)
O Deus de Israel desafia os ídolos a provarem a divindade deles por preverem [detalhada e infalivelmente] o futuro. Nenhum livro de religião pagã jamais fez tal desafio. As assim chamadas profecias de Nostradamus, por exemplo, são tão vagas que poderiam significar qualquer coisa. O mesmo é tipicamente verdadeiro para previsões astrológicas [horóscopos]. A profecia bíblica, por outro lado, é clara e precisa e suas profecias nunca falharam [nem mesmo 0,001 centímetro, nem mesmo 0,001% das vezes]. As predições são precisas e detalhadas e o cumprimento é [sempre] exato. Por exemplo, compare 1Reis 13:2 com 2Reis 23:15,16; 1Reis 13:22 com 2Reis 23:17,18; 1Reis 21:19 com 1Reis 22:38; 1Reis 21:23 com 2Reis 9:36.

“E ele clamou contra o altar por ordem do SENHOR, e disse: Altar, altar! Assim diz o SENHOR: Eis que um filho nascerá à casa de Davi, cujo nome será Josias, o qual sacrificará sobre ti os sacerdotes dos altos que sobre ti queimam incenso, e ossos de homens se queimarão sobre ti.” (1Rs 13:2 ACF)
15  E também o altar que estava em Betel, e o alto que fez Jeroboão, filho de Nebate, com que tinha feito Israel pecar, esse altar derrubou juntamente com o alto; queimando o alto, em pó o esmiuçou, e queimou o ídolo do bosque. 16  E, virando-se Josias, viu as sepulturas que estavam ali no monte; e mandou tirar os ossos das sepulturas, e os queimou sobre aquele altar, e assim o profanou, conforme a palavra do SENHOR, que profetizara o homem de Deus, quando anunciou estas palavras.” (2Rs 23:15-16 ACF)
“Antes voltaste, e comeste pão e bebeste água no lugar de que o SENHOR te dissera: Não comerás pão nem beberás água; o teu cadáver não entrará no sepulcro de teus pais.” (1Rs 13:22 ACF)
 “17  Então disse: Que é este monumento que vejo? E os homens da cidade lhe disseram: É a sepultura do homem de Deus que veio de Judá, e anunciou estas coisas que fizeste contra este altar de Betel. 18  E disse: Deixai-o estar; ninguém mexa nos seus ossos. Assim deixaram estar os seus ossos com os ossos do profeta que viera de Samaria.” (2Rs 23:17-18 ACF)
“E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o SENHOR: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue.” (1Rs 21:19 ACF)
“E, lavando-se o carro no tanque de Samaria, os cães lamberam o seu sangue (ora as prostitutas se lavavam ali), conforme à palavra que o SENHOR tinha falado.” (1Rs 22:38 ACF)
“E também acerca de Jezabel falou o SENHOR, dizendo: Os cães comerão a Jezabel junto ao antemuro de Jizreel.” (1Rs 21:23 ACF)
“Então voltaram, e lho fizeram saber; e ele disse: Esta é a palavra do SENHOR, a qual falou pelo ministério de Elias, o tisbita, seu servo, dizendo: No pedaço do campo de Jizreel os cães comerão a carne de Jezabel.” (2Rs 9:36 ACF)
PROFECIAS PERTINENTES A JESUS CRISTO. Toda a vida de Jesus foi profetizada antes de Sua vinda. Há 191 profecias messiânicas. Os exemplos a seguir são de três grandes profecias: Salmo 22, Miquéias 5:2 e Isaias 53.

nascido em Belém (Miquéias 5:2 - Lucas 2:4-7)
    “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” (Mq 5:2 ACF)
    “4  E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), 5  A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. 6  E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. 7  E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.” (Lc 2:4-7 ACF)
rejeitado pelo seu próprio povo (Is 53:3 - Marcos 15:12-14)
não ofereceu resistência à prisão e à morte (Isaías 53:7 - Mateus 26:51-54)
perverteram a justiça [para o matar]  (Isaías 53:8 - Mat 26:59).
Ele foi contado juntamente com os transgressores (Isaías 53:12 - Mat 26:57-60; 27:11-14).
morte por crucificação (Sl 22:14-16 - João 19:16-18)
soldados jogaram sortes pelo Seu manto (Sl 22:18 -. Mateus 27:35)
palavras que Ele iria falar da cruz (Sl 22:1 - Mateus 27:46)
ridicularizado e zombado pelo povo (Sl 22:6-8 - Mateus 27:39, 41-43)
pessoas sentadas e olhando fixamente para Ele (Sl 22:17 - Mateus 27:36)
nenhum osso foi quebrado (Salmos 34:20 - João 19:32-33)
sepultamento na tumba de um homem rico (Isaías 53:9 - Mateus 27:57-60)
Além disso:
• Seu nascimento de uma virgem (Is 7:14), 
• Sua vida sem pecado (Is 53:9), 
• Seus milagres (Is 35:5), 
• Seus maravilhosos ensinos (Is 50:4), 
• Sua rejeição pela nação judaica (Is 53:2), 
• Sua ressurreição (após três dias e três noites) (Sl 16).
Sabemos que essas profecias foram escritas antes do nascimento de Cristo, porque cópias dos livros do Antigo Testamento foram encontradas no cavernas [das encostas] do Mar Morto datando de pelo menos 100 anos ou mais, antes de Cristo.

PROFECIAS SOBRE ISRAEL. A existência contínua de Israel é uma das histórias mais impressionantes e os mais recentes 2000 anos de sua história foram descritos nas antigas Escrituras em todos os detalhes. O cumprimento dessas profecias é uma irrefutável evidência da inspiração divina da Bíblia. Veremos isto num capítulo separado.

PROFECIAS SOBRE AS NAÇÕES ANTIGAS. A Bíblia também contém profecias sobre muitas nações antigas, incluindo Babilônia, Egito, Medo-Pérsia e Grécia. Tudo que a Bíblia disse sobre essas nações se tornou realidade em cada detalhe. Considere, por exemplo, as profecias sobre Tiro:
O destino de Tiro foi profetizado no capítulo 26 de Ezequiel. Uma pintura gráfica foi descrita de sua conquista e captura por Nabucodonosor (vs 7-11). A poderosa esquadra de Tiro assolou os mares e impediu a completa investida sobre a cidade, mas após cerco pelos mares durante 30 anos e sucessivas derrotas também por 30 anos, foi finalmente tomada pelo exército caldeu. No entanto, não estamos agora particularmente interessados por esta parte da profecia...
Ainda mais, no entanto, foi profetizado. Após descrever a vingança infligida pelo rei da Babilônia, a profecia prosseguiu: E [ELES] roubarão as tuas riquezas, e saquearão as tuas mercadorias, e derrubarão os teus muros, e arrasarão as tuas casas agradáveis; e lançarão no meio das águas as tuas pedras, e as tuas madeiras, e o teu pó. (Ez 26:12). Note-se a mudança de pessoas. Tendo falado sobre o que Nabucodonosor fará, se acrescenta.: “E ELES ...”, etc., como se outros se reunissem a eles no trabalho de destruição. É jogada luz sobre essa distinção no 3º e 4º versículos. Deus permitiu que muitas nações investissem contra Tiro, “como o mar faz subir as suas ondas” (v.3).Elas destruirão os muros de Tiro, e derrubarão as suas torres; e eu lhe varrerei o seu pó, e dela farei uma penha descalvada” (v.4). Antes da queda de sua antiga cidade, os habitantes de Tito removeram todo seu tesouro para uma de suas ilhas, a meia milha [800m] da praia. Tendo aprendido por sua amarga experiência, eles resolveram não mais se garantir dentro das muralhas que não os circundou na defesa contra o cinturão de água. Tiro era a soberana do mar e poderia se defender nele. A velha cidade foi portanto desertada e não se fez nenhuma tentativa de reconstruí-la depois que o exército babilônico se retirou. Até então a profecia foi cumprida, mas apenas até então. Tiro foi subjugada e espoliada; o som de suas canções cessou; o som de suas harpas não foi mais ouvido (v.13); a grande e alegre cidade foi abatida e desolada. Mas as ruínas ainda persistiam. As palavras que declararam que as pedras e os eucaliptos seriam jogados no mar e todo o pó seria varrido do local da cidade, não tinham sido cumpridas; e parecia muito improvável de que algum dia o seriam. O que as palavras significariam? Nabucodonosor teve uma total vingança, mas nunca teria pensado nisso. Mesmo em seu caso, embora furioso durante tão longa resistência, esse foi um verdadeiro frenesi de vingança. Quem poderia ser visto em tal descarga de vingança sobre ruínas inofensivas?
Mais de 240 anos se passaram e não houve resposta. Por dois séculos e meio essas palavras da Escritura pareciam uma vã ameaça. Então a fama da carreira relâmpago e do permanente sucesso de Alexandre [o Grande, da Macedônia] enviou um tremor de alarme através do Oriente. Os embaixadores de Tiro, que temiam encontrá-lo, foram favoravelmente recebidos. Parecia que esta nuvem de tempestade estava por passar por eles sem danos, mas de repente o conquistador expressou um desejo de adorar dentro da cidade deles. Eles sabiam muito bem o que aquele pedido significava. Alexandre não entraria sozinho e, uma vez lá dentro, os que vieram como adoradores permaneceriam como donos e controladores. Os homens de Tiro resolveram enfrentar a questão da guerra, ao invés de docilmente desistir de sua cidade para o rei macedônio. O exército de Alexandre marchou pela praia e lá, com meia milha de águas azuis entre eles e ela, conquistaram a cidade que vieram atacar. Como ela podia ser tomada? O plano de Alexandre rapidamente se formou. Ele determinou a construção de um sólido pier atravessando os 800 metros de mar [da praia até a ilha], sobre o qual suas forças pudessem avançar de assalto. E então essa palavra, que tanto tempo esperou, foi finalmente COMPLETAMENTE CUMPRIDA.
As muralhas e as torres e as casas em ruínas e os palácios e templos da antiga cidade foram derrubados e as pedras e as madeiras de Tiro foram jogadas “no meio das águas”. Seus montes de ruínas foram transportados [para construção do pier] e tal foi a demanda de materiais neste vasto empreendimento que toda a poeira parece ter sido varrida do lugar e jogada no mar. Embora séculos tenham se passado após a palavra ter sido dita e de não se ter visto seu cumprimento até então, ela não foi esquecida; e o evento foi declarado como tendo sido a palavra de Deus,  cujos julgamentos, embora possam demorar, certamente vêm e por fim caem com poder irresistível.
Eu me demorei neste exemplo simplesmente como um exemplo do tipo de evidência que estamos aptos a apresentar. Mas, por mais fora de dúvida que possa ser esta profecia, eu não pararei chegando a uma conclusão final somente a partir do cumprimento dela. É da maior importância, nesta questão, colocá-la além da possibilidade de dúvida de que estamos lidando com profecias verdadeiras e que a predição é separada do evento por um intervalo tal que deve excluir a possibilidade da previsão humana. Poder-se-ia provar satisfatoriamente a muitas mentes que o livro de Ezequiel já existia muito tempo antes do tempo de Alexandre, mas a dúvida ainda pode surgir. Pode-se sugerir que esta predição específica foi acrescentada ou corrigida bem mais tarde.
Portanto, limitaremos o presente questionamento às profecias sobre cuja pré-existência aos eventos que descrevem não possa haver qualquer dúvida. Não entrarei em nenhuma argumentação sobre a época do Antigo Testamento. Não peço nenhuma concordância a respeito da antiguidade de qualquer dos livros proféticos.
Desçamos a um tempo posterior àquele que tenha sido chamado por sua origem e nosso argumento se manterá (ou cairá) pelas profecias que foram cumpridas desde então. Todos concordam que todos os Livros do Antigo Testamento existiram antes do tempo de nosso Senhor. Também se sabe que, desde aquele tempo, o Velho Testamento esteve em dupla custódia. Estava nas mãos dos judeus e cristãos, entre os quais não poderia haver conivência. Há, portanto, absoluta certeza de que as profecias são tão antigas quanto a vinda de Cristo e que existiam então tal como as possuímos agora. Se, então, tomarmos apenas as predições que foram cumpridas naquela época ou desde o início da era cristã, toda dúvida será removida e todo sofisma preconceituoso a respeito do intervalo entre a profecia e o evento e, dentro desses limites confinaremos nosso presente argumento.
Falamos de Tiro. Há uma parte da profecia que cai dentro dos limites que estabelecemos. Lemos em Ez 26:13-14: “13 E farei cessar o ruído das tuas cantigas, e o som dos tuas harpas não se ouvirá mais. 14 E farei de ti uma penha descalvada; virás a ser um enxugadouro das redes, nunca mais serás edificada; porque eu o SENHOR o falei, diz o Senhor DEUS.” Esta sentença do julgamento divino fica sempre como um desafio. Ficou sem resposta, salvo pelo silêncio das gerações. Ainda está sem resposta. Palas-Tiro, a Tiro continental, capturada por Nabucodonosor e as suas ruínas levadas por Alexandre, nunca FORAM RECONSTRUÍDAS. O local permanece até hoje sem nem mesmo um montículo de pedra para marcá-la e deve ser determinada somente pelos informes de antigos escritos que dão a distância da ilha de Tiro (John Urquhart, O Imaginário da Profecia)
O estatístico Peter Stoner, usando o princípio da probabilidade, dedica a esta profecia um em setenta e cinco milhões a possibilidade de cumprimento. A moderna cidade de Sur está situada perto a antiga cidade de Tiro, mas a própria Tiro de fato nunca foi reconstruída.

David Cloud
http://www.wayoflife.org/
fbns@wayoflife.org

(publicado pela primeira vez em 10 de abril de 2002, atualizado em abril de 2005, ampliado em março de 2013)


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3156 dias de existência com 228832 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11000
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum