.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
82 usuários online :: 1 usuário cadastrado, 1 Invisível e 80 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

D’us e o seu filho Yeshua ambos são os nossos ESPOSOS, os nossos IRMÃOS e os nossos DEUSES

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

D’us e o seu filho Yeshua ambos são os nossos ESPOSOS, os nossos IRMÃOS e os nossos DEUSES

Mensagem por >azzi< em Seg 05 Ago 2013, 12:05 pm

Shalom!

Certa vez me levantaram esta Questão

O D’us Adonai Elohim YHWH e o seu filho Yeshua ambos são os nossos ESPOSOS, os nossos IRMÃOS e os nossos DEUSES conforme estes versículos abaixo? Observe:

No Antigo Testamento o D’us Adonai Elohim YHWH é o nosso ESPOSO, observe:

Jr 31:32 não conforme o pacto que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito, esse meu pacto que eles invalidaram, apesar de eu os haver DESPOSADO, diz o Senhor.

Os 2: 19 E DESPOSAR-TE-EI comigo para sempre; sim, DESPOSAR-TE-EI comigo em justiça, e em juízo, e em amorável benignidade, e em misericórdias; 20 e DESPOSAR-TE-EI comigo em fidelidade, e conhecerás ao Senhor.

Is 62:5 Pois como o mancebo se casa com a donzela, assim teus filhos se casarão contigo; e, como o NOIVO se alegra da NOIVA, assim se alegrará de ti o teu D’us

As ilustrações nestes versículos no AT em Cantares de Salomão, deixam bem claro que nós, além de sermos a ESPOSA, somos também a IRMÃ de D’us, o Adonai Elohim YHWH.

Ct 4: 9 Enlevaste-me o coração, minha IRMÃ, NOIVA minha; enlevaste-me o coração com um dos teus olhares, com um dos colares do teu pescoço. 10 Quão doce é o teu amor, minha IRMÃ, NOIVA minha! quanto melhor é o teu amor do que o vinho! e o aroma dos teus ungüentos do que o de toda sorte de especiarias! 11 Os teus lábios destilam o mel, NOIVA minha; mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro dos teus vestidos é como o cheiro do Líbano. 12 Jardim fechado é minha IRMÃ, minha NOIVA, sim, jardim fechado, fonte selada.

Ct 5: 1 Venho ao meu jardim, minha IRMÃ, NOIVA minha, para colher a minha mirra com o meu bálsamo, para comer o meu favo com o meu mel, e beber o meu vinho com o meu leite. Comei, amigos, bebei abundantemente, ó amados.

No Novo Testamento o filho de D’us Yeshua também é o nosso IRMÃO, ESPOSO e D’US nestes versículos abaixo?

(Ap 19: 7) Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque SÃO CHEGADAS AS BODAS DO CORDEIRO, E JÁ A SUA NOIVA SE PREPAROU,
(Rm 8:29) - Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

(Fp 2:6) - Que, sendo em forma de D’us, não teve por usurpação ser igual a D’us,

(Jo 1:1) - NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com D’us, e o Verbo era D’us. (14) - E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós...

Minha resposta:

O nome Yeshua equivale ao nome hebraico Yeshua que é um acróstico que foi contraído de YeHoWaHshua (Jeová Salvador) que vem de Adonai YHWHshua que significa: “Eu, o Soberano Senhor, aquele que trouxe a existência tudo que existe, sou o Salvador”. Portanto o nome Yeshua adotado pelos cristãos é exatamente o mesmo nome Jeová-salvador (=Yehovah-shua = Yeshua), portanto, tanto o Pai como o Filho tem o mesmo nome, Jeová Salvador ou Yeshua, que é um nome que está acima de qualquer nome.

No idioma português uma pessoa muito gorda é chamada de obesa (=superlativo), e no idioma hebraico uma pessoa muito gorda é chamada de gordas (no plural) como sendo graus de intensidade de gordura (=superlativo).

Da mesma forma ocorre com a palavra hebraica Elohim, que significa deuses, que tanto pode ser entendida como sendo o plural da palavra hebraica Eloah que significa D’us no singular, como também pode ser entendida como sendo graus de intensidade divina (=superlativo de D’us).

Da mesma forma ocorre também com a palavra hebraica Adonai, que significa Senhores, que tanto pode ser entendida como sendo o plural da palavra hebraica Adon que significa Senhor no singular, como também pode ser entendida como sendo graus de intensidade de Senhorio (=superlativo de Senhor).

Assim como a minha palavra é a minha imagem, e expressão exata da minha pessoa, o meu espírito é a manifestação do meu agir, e ambos (a palavra e o espírito) procedem de uma única origem que sou eu, e os três (eu, a minha palavra e o meu espírito) se fazem UM único ser humano que sou eu.

Da mesma forma, segundo a bíblia sagrada, Yeshua é a imagem e expressão exata de D’us (Cl 115, Hb 1:3), é também a Palavra de D’us que é D’us (Jo 1:1, Ap 19:13) e o Espírito Santo de D’us é D’us (Jo 4:24, At 5:3 e 4; 2ºCo 3:17 e 18), e ambos (a Palavra de D’us e o  Espírito de D’us) procedem de uma única origem que é D’us (o Pai), e os três (o Pai, a Palavra e o Espírito) são UM (1) único D’us chamado no plural (superlativo) de Adonai Elohim YHWH.

Isto se chama monoteísmo, então podemos entende que as palavras hebraicas "Adonai e Elohim" devem ser interpretadas respectivamente como sendo graus de intensidade de Senhorio e Divindade (=superlativo). A Palavra de D’us não é UM D’us, o Espírito de D’us não é UM OUTRO D’us e nem o Pai é UM OUTRO D’us.

D’us, o Adonai Elohim Yeshua, atuando como sendo o personagem na porção de espírito  de Noivo, é o Esposo, e nós coletivamente congregados, somos a sua Noiva tipificada na pessoa da virgem Maria (=Igreja). Portanto, assim como existe apenas um único D’us constituído pelo Pai, pela Palavra e pelo Espírito Santo, da mesma forma há apenas um único Esposo, o D’us Adonai Elohim Yeshua (=Jeová Salvador).

E D’us, esvaziando-se a si mesmo, entrou no ventre de uma virgem e assumiu a forma humana (Fp 2:6-7) sendo o único filho gerado geneticamente entre a Esposa de D’us (tipificada na pessoa de Maria)  e D’us (na pessoa do Espírito Santo), tendo, por adoção, a nós como irmãos (Ef 1:5), tornando-se desta forma, o nosso irmão primogênito (Rm 8:29) e também o nosso ancestral na pessoa de ultimo Adão para anular a falha do primeiro Adão (1Co 15:45),

Portanto, D’us ora assume o papel no espírito de personagem Noivo,  ora assume o papel no espírito de personagem Filho unigênito do casal D’us/Igreja, ora assume o papel no espírito de personagem Irmão primogênito, ora assume o papel no espírito de personagem ultimo adão, e quando atua na plenitude do seu espírito (= 7 Espíritos) assume o papel de D’us.

Assim como ato profético, D’us, tirou de dentro de Adão a sua Esposa Eva para ambos terem filhos e constituírem uma família. De uma forma semelhante, D’us, assumindo por meio da Palavra (=Yeshua) o papel na porção de espírito de personagem ultimo Adão (1Co 15:45),  tirou de dentro de si mesmo através da Palavra,, a sua esposa Eva (a igreja) para ambos terem filhos e constituírem uma família. Portanto, individualmente cada um de nós somos filhos de D’us e Ele o nosso Pai e temos como Mãe, a igreja, e coletivamente congregados, somos a esposa de D’us, a igreja, a rainha do rei Adonai Elohim YHWH.

E vc, qual é a tua opinião?

Shalom!

>azzi<
Safira
Safira

Número de Mensagens : 119
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum