.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
98 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 96 Visitantes :: 2 Motores de busca

Jarbas, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Debate sobre aborto - tópico oficial

Página 6 de 14 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Você é contra ou a favor do aborto? - Justifique-se...

82% 82% 
[ 9 ]
18% 18% 
[ 2 ]
 
Total dos votos : 11

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por famado em Qui 07 Out 2010, 8:07 pm

A verdadeira questão é: Quando se inicia a vida? A partir deste momento o Estado deve defender este indivíduo. Se houver aborto as pessoas envolvidas no caso devem ser presas por assassinato sem chance de defesa, formação de quadrilha, motivo fútil, etc.

Se a vida se inicia na fecundação, então não pode haver aborto em momento nenhum. Quem poderia informar onde começa a vida? Na fecundação, no primeiro bater do coração...? Precisamos chegar a um consenso. O resto é blá-blá-blá.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Sales em Qui 07 Out 2010, 10:32 pm

Ornélio Hinterholz Junior escreveu:Vamos usar o bom-senso?

Tem pessoas que acham que uma vez descriminalizando o aborto, vai haver mulheres lotando os hospitais todos os dias procurando uma curetagem ou algo similar...
----------------------------------------------------------------------------------------
Mulher1: Oi, amiga, vai fazer o que no sábado?
Mulher2: Hum, eu vou fazer as unhas e fazer uma escova progressiva naquele Salão Fashion que inaugurou no mês passado. E você?
Mulher1: Eu vou me divertir na Clínica de Aborto recém-inaugurada para fazrem curetagem do meu bebê de três meses.
Mulher2: Nossa, que ótimo, se eu tivesse tempo eu ia lá também tirar o meu...acho que vou só no mês que vem mesmo...
Mulher1: Tchau amiga!!!
----------------------------------------------------------------------------------------

Pessoal!!!! Parem e pensem, uma mulher que parte para o aborto está desesperada, existem meninas evangélicas filhas de pastores, inclusive, que se matam por vergonha de ter engravidado de um guri que não tem onde cair morto.

Enxerguem a realidade!!!

Por favor, pode mostrar de onde você tirou essa idéia de meninas evangélicas filhas de pastores que inclusive se matam por vergonha de um guri que não tem onde cair morto ???

Pelo que conheço, no meio evangélico o qual vivo, tais meninas acabam se casando o mais rápido possível. Isso acontece bastante nesses casos.

Você está "viajando na maionese" amigo.


Mn. Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Sales em Qui 07 Out 2010, 10:41 pm

dedo-duro escreveu:A bíblia não condena, porque é muito primitiva. Nem desses métodos conheciam os escritores do livro "sagrado". Conheci, entretando, muitos pastores e religiosos contrários à contracepção. Minha memória não falha (pelo menos ainda). Talvez a modernidade já esteja no meio evangélico. A liberdade é um anseio humano.


Amigo... já disse e vou repetir, ...sigo a Bíblia e não a dogmas de igrejas... Cada líder religioso tem seus caprichos em até sustentar idéias que a Bíblia não sustenta...

A Bíblia é tão antiga como atualíssima ... serviu no passado, serve hoje e servirá no futuro... da mesma maneira e eficácia em todos os tempos. Tenho certeza que se fosse contra métodos contra-ceptivos de alguma forma estaria especificado lá.


Mn. Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por coldsnip em Sex 08 Out 2010, 2:59 am

Sou contra o aborto, e explico:

Em pleno ano de 2010, o conhecimento científico existe de forma consolidada há bastante tempo e permite o esclarecimento de incontáveis “fenômenos”, portanto esse ponto de vista é dedicado especialmente aos Ateus dotados de conhecimento científico e que se posicionam contrariamente ao aborto, contudo respeitando a diferença de opinião e a liberdade de pensamento de cada um.


Aposto que todos aqui tem plena capacidade de identificar a “causa e o efeito” do ato sexual:
causa do sexo > prazer
efeito do sexo > reprodução

ou seja, nos motivamos através do prazer para nos procriarmos.

Porém, com o intuito de desfrutar dos prazeres do sexo mas sem ter que arcar com as conseqüências do mesmo, nossa espécie criou dezenas de meios de burlar o efeito do sexo, ou seja sexo sem reprodução, esses meios são conhecidos como “métodos contraceptivos” e existem métodos contraceptivos dos mais variados tipos e com eficácia amplamente comprovadas.

Agora eu pergunto:

um individuo ciente da causa e efeito do sexo,
ciente dos dezenas de métodos contraceptivos (preservativo, DIU, pílula, etc) mas não os adota e nem mesmo interrompe o coito, mesmo sabendo o efeito do coito dentro da vagina,
ciente ainda que existe contracepção de emergência (pílula do dia seguinte, eficaz até 72 horas após a relação).
e mesmo assim consegue uma gravidez...

tem esse indivíduo credibilidade pra questionar a respeito da continuidade de uma vida que ele contribuiu prontamente para ser gerada mesmo ciente dos diversos métodos para que essa gravidez fosse evitada?

mas é claro que esses argumentos só são validos pra quem tenho um determinado nível de conhecimento e é por isso que me espanto com indivíduos dotados de conhecimento e mesmo assim banalizam o assunto.

Para os desprovidos de conhecimento, que são grande parte da população brasileira, devemos tratar suas ações a parte, vale lembrar que o mesmo governo que não proveu o direito constitucional da educação pra esses indivíduos, sequer trata o tema “aborto” como um problema de saúde pública, o governo prefere gastar mais dinheiro tratando de complicações sofridas pelas mulheres após o aborto do que investir em campanhas informativas e de conscientização nas populações carentes e ainda criminaliza essa prática, mas porque não punimos também quem não dá educação necessária para essas pessoas?


A lei brasileira sobre quando o aborto não é considerado crime:


1. quando não há outro meio para salvar a vida da mãe;
2. quando a gravidez resulta de estupro.



concordo com a primeira e discordo da segunda, na teoria se uma mulher é estuprada, creio que ela registre a ocorrência e mesmo se ela for desprovida de conhecimento sobre contracepção de emergência, creio que ela deveria ser encaminhada para profissionais da saúde capazes de resolver isso facilmente com uma “pílula do dia seguinte”, mas na prática isso é Brasil...

coldsnip
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 300
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por West em Sex 08 Out 2010, 8:11 am

Sou contra o arborto fora dos casos que a lei permite.
O casal que transa sem camisinha está assumindo o risco de ocorrer uma gravidez indesejada, da mesma forma que o bêbado ao dirigir assume o risco de causar um acidente. Fazendo uma analogia com o direito penal, teríamos nesses dois casos o dito "dolo eventual" que determina que quem assume o risco deve arcar com o ônus do resultado.

West
Safira
Safira

Número de Mensagens : 192
flag : Brasil
Data de inscrição : 30/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Sales em Sex 08 Out 2010, 11:39 am

coldsnip escreveu:Sou contra o aborto, e explico:

Em pleno ano de 2010, o conhecimento científico existe de forma consolidada há bastante tempo e permite o esclarecimento de incontáveis “fenômenos”, portanto esse ponto de vista é dedicado especialmente aos Ateus dotados de conhecimento científico e que se posicionam contrariamente ao aborto, contudo respeitando a diferença de opinião e a liberdade de pensamento de cada um.


Aposto que todos aqui tem plena capacidade de identificar a “causa e o efeito” do ato sexual:
causa do sexo > prazer
efeito do sexo > reprodução

ou seja, nos motivamos através do prazer para nos procriarmos.

Porém, com o intuito de desfrutar dos prazeres do sexo mas sem ter que arcar com as conseqüências do mesmo, nossa espécie criou dezenas de meios de burlar o efeito do sexo, ou seja sexo sem reprodução, esses meios são conhecidos como “métodos contraceptivos” e existem métodos contraceptivos dos mais variados tipos e com eficácia amplamente comprovadas.

Agora eu pergunto:

um individuo ciente da causa e efeito do sexo,
ciente dos dezenas de métodos contraceptivos (preservativo, DIU, pílula, etc) mas não os adota e nem mesmo interrompe o coito, mesmo sabendo o efeito do coito dentro da vagina,
ciente ainda que existe contracepção de emergência (pílula do dia seguinte, eficaz até 72 horas após a relação).
e mesmo assim consegue uma gravidez...

tem esse indivíduo credibilidade pra questionar a respeito da continuidade de uma vida que ele contribuiu prontamente para ser gerada mesmo ciente dos diversos métodos para que essa gravidez fosse evitada?

mas é claro que esses argumentos só são validos pra quem tenho um determinado nível de conhecimento e é por isso que me espanto com indivíduos dotados de conhecimento e mesmo assim banalizam o assunto.

Para os desprovidos de conhecimento, que são grande parte da população brasileira, devemos tratar suas ações a parte, vale lembrar que o mesmo governo que não proveu o direito constitucional da educação pra esses indivíduos, sequer trata o tema “aborto” como um problema de saúde pública, o governo prefere gastar mais dinheiro tratando de complicações sofridas pelas mulheres após o aborto do que investir em campanhas informativas e de conscientização nas populações carentes e ainda criminaliza essa prática, mas porque não punimos também quem não dá educação necessária para essas pessoas?


A lei brasileira sobre quando o aborto não é considerado crime:


1. quando não há outro meio para salvar a vida da mãe;
2. quando a gravidez resulta de estupro.



concordo com a primeira e discordo da segunda, na teoria se uma mulher é estuprada, creio que ela registre a ocorrência e mesmo se ela for desprovida de conhecimento sobre contracepção de emergência, creio que ela deveria ser encaminhada para profissionais da saúde capazes de resolver isso facilmente com uma “pílula do dia seguinte”, mas na prática isso é Brasil...

Apoio.

Até os estupros podem ter solução como no caso da pílula... porém fica uma icógnita quando a estuprada é uma menor que por medo não relata o estupro e deixa como está... sem qualquer conhecimento de causa e efeito, um menor, pode se encontrar numa situação de "quatro paredes" ... Nesse caso, acredito eu, que campanhas de conscientização e alertas, incentivos de quando casos como estes aconteçam, a menor saiba a atitude que tomar para assim podermos evitar o maior número de gravidez indesejada possível.

Realmente o que falta não é legalizar o ABORTO ... mas conscientizar sobre o sexo, como previnir a gravidez até mesmo na última instância como no caso do uso de pílulas do dia seguinte... Instruir as menores, dar a educação preventiva, de acordo com a faixa etária da menor, passar informações que provoquem tal menor a delatar qualquer abuso ou aliciamento contra ela, afim que se possa correr a tempo de resolver piores constragimentos.

Todos os CRIMES de abuso sexual, aliciamentos e estupros, devem ser altamente punidos com rigor ... para exemplo de que o CRIME realmente não compensa.

Creio que a nossas leis estão obsoletas, antigas e precisam de uma reciclagem... pois a lei brasileira dar folga ao crime que deveria ter rigor absoluto de punição para impedir que mais crimes se repitam. Muito melhor que a legalização do aborto é a plena conscientização e informação sobre o sexo seguro e os crimes sexuais aliado a uma reformulação da Lei brasileira que hoje NÃO FUNCIONA.

O adequado é que a vida sexual só comece após o casamento... como é ensinado até hoje nas igrejas ... É o método que uso em minha família... Eu mesmo só fiz sexo aos meus 29 anos, quando casei. Não foi nenhum monstro de 7 cabeças esperar o casamento... e estou plenamente satisfeito...

Mas, no caso do mundo ou de quem não quer se submeter a tal método... então, NÃO SEJA IRRESPONSÁVEL, use os métodos contraceptivos que existem para depois não vir com aquela desculpa esfarrapada de gravidez indesejada e assim apoia o ABORTO. Se não quer se previnir responsavelmente, então, assuma os riscos. Ora, quem comete um crime o faz sabendo que assumirar os riscos que são consequencias do mal procedimento.


Mn. Sales


Última edição por ministrosales em Sex 08 Out 2010, 11:49 am, editado 2 vez(es)

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Cal em Sex 08 Out 2010, 11:41 am

¨¨tem esse indivíduo credibilidade pra questionar a respeito da continuidade de uma vida que ele contribuiu prontamente para ser gerada mesmo ciente dos diversos métodos para que essa gravidez fosse evitada?¨¨

Tanta credibilidade quanto uma criança teria para decidir se deve ou não ser vacinada, ou seja nenhuma.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 6:07 pm

ministrosales escreveu:
dedo-duro escreveu:A bíblia não condena, porque é muito primitiva. Nem desses métodos conheciam os escritores do livro "sagrado". Conheci, entretando, muitos pastores e religiosos contrários à contracepção. Minha memória não falha (pelo menos ainda). Talvez a modernidade já esteja no meio evangélico. A liberdade é um anseio humano.


Amigo... já disse e vou repetir, ...sigo a Bíblia e não a dogmas de igrejas... Cada líder religioso tem seus caprichos em até sustentar idéias que a Bíblia não sustenta...

A Bíblia é tão antiga como atualíssima ... serviu no passado, serve hoje e servirá no futuro... da mesma maneira e eficácia em todos os tempos. Tenho certeza que se fosse contra métodos contra-ceptivos de alguma forma estaria especificado lá.


Mn. Sales

Sério? se a bíblia é tão atual, que tem ela a dizer sobre a luta pela democracia na China, por exemplo?

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 6:08 pm

.
Também sou contra o aborto. Mas também sou contra a criminalização da mulher que o realiza.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Sex 08 Out 2010, 6:28 pm

dedo-duro escreveu:Sério? se a bíblia é tão atual, que tem ela a dizer sobre a luta pela democracia na China, por exemplo?
A China ateísta ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 6:31 pm

A bíblia nada tem a dizer sobre o assunto, como esperado.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Sex 08 Out 2010, 6:36 pm

A China ateísta deve ser converter, caso contrário vai continuar dando péssimos exemplos como este: Países ocidentais se unem para pedir libertação do Nobel da Paz


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 6:38 pm

Esqueci das duas respostas padrão...

- Você tem que se converter.

- Você deve me dar seu dinheiro.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Sex 08 Out 2010, 6:41 pm

Como sempre você ignora que Países ocidentais se unem para pedir libertação do Nobel da Paz. Que vergonha governo ateista...


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 6:43 pm

Que pena para você. Governos cristãos estão extintos desde a revolução francesa.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Sex 08 Out 2010, 7:02 pm

dedo-duro escreveu:Que pena para você. Governos cristãos estão extintos desde a revolução francesa.
Correto, sou a favor da laicidade governamental e a maior parte dos governos laicos modernos que estão nas nações desenvolvidas são herança do cristianismo.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sex 08 Out 2010, 7:08 pm

Eduardo escreveu:
dedo-duro escreveu:Que pena para você. Governos cristãos estão extintos desde a revolução francesa.
Correto, sou a favor da laicidade governamental e a maior parte dos governos laicos modernos que estão nas nações desenvolvidas são herança do cristianismo.

Isso que dá cabular as aulas de História... Lamente-se



Elementos básicos do pensamento iluminista



Partindo da tradição forjada ao longo do século 17, o Iluminismo teve no racionalismo sua base fundamental de análise. A razão, vista como a única guia para o conhecimento e o único critério para a diferenciação entre o bem e o mal, representava também uma violenta crítica ao papel desempenhado pela Igreja, de resto detentora do monopólio do ensino em vários países europeus.

No âmbito político, o elemento central foi a defesa da liberdade política, numa negação do absolutismo que ainda caracterizava as monarquias europeias, à exceção da Inglaterra. Tal liberdade manifesta-se na existência de órgãos de participação política que limitem o poder do governante e permitam aos cidadãos expressarem seus anseios acima e além da vontade do governante.

Ao lado dessa visão liberal em termos políticos, a defesa da liberdade econômica foi uma constante no pensamento iluminista, negando a intervenção do Estado na economia, base fundamental da atuação das monarquias absolutistas.

Em termos sociais, o Iluminismo tinha por base a defesa da igualdade social, aqui entendida como a negação dos privilégios de que gozavam a nobreza e o clero. Dessa forma, a ideia da igualdade deve ser entendida apenas como a igualdade jurídica de nascimento, não se confundindo, conforme veremos a seguir, com o princípio da democracia.

Por outro lado, essa mesma atitude de negação a privilégios explica, em parte, o forte anticlericalismo que pautou o pensamento iluminista. Essa atitude também é fruto do racionalismo, que tinha na Igreja e no pensamento religioso seus grandes inimigos.

http://educacao.uol.com.br/historia/iluminismo-2.jhtm

Ou seja, o governo laico é fruto do anticlericalismo, entre outros.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Ornélio Hinterholz Junior em Sab 09 Out 2010, 11:05 am

Eduardo escreveu:
dedo-duro escreveu:Sério? se a bíblia é tão atual, que tem ela a dizer sobre a luta pela democracia na China, por exemplo?
A China ateísta ?

China Ateísta??? Desde quando???

paulada

"A Constituição de 1978 restaurou algumas liberdades religiosas, por isso, actualmente, existem grupos budistas e cristãos ativos na China. Mas, estes grupos são ainda fortemente supervisionados pelo Estado chinês, mais concretamente pelas Associações Patrióticas (ex: Associação Patriótica Católica Chinesa). É ilegal ser membro de Igrejas ou de grupos religiosos que não são controlados por estas Associações Patrióticas."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Religi%C3%A3o_na_China (Fonte não oficial, se quer uma fonte oficial pesquise mais...)

Ornélio Hinterholz Junior
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 49
flag : Brasil
Data de inscrição : 04/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Sales em Sab 09 Out 2010, 2:40 pm

Ornélio Hinterholz Junior escreveu:
Eduardo escreveu:
dedo-duro escreveu:Sério? se a bíblia é tão atual, que tem ela a dizer sobre a luta pela democracia na China, por exemplo?
A China ateísta ?

China Ateísta??? Desde quando???



"A Constituição de 1978 restaurou algumas liberdades religiosas, por isso, actualmente, existem grupos budistas e cristãos ativos na China. Mas, estes grupos são ainda fortemente supervisionados pelo Estado chinês, mais concretamente pelas Associações Patrióticas (ex: Associação Patriótica Católica Chinesa). É ilegal ser membro de Igrejas ou de grupos religiosos que não são controlados por estas Associações Patrióticas."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Religi%C3%A3o_na_China (Fonte não oficial, se quer uma fonte oficial pesquise mais...)

A muito tempo que a China é ateísta...

"Por outro lado, o ateísmo é, por vezes, a posição oficial de países marxistas, como a ex-União Soviética, o ex-bloco Oriental e a República Popular da China. Karl Marx, ateu e descendente de rabino judeu, afirmava que religião é "o ópio do povo". Queria com isto afirmar que esta existe para encobrir o verdadeiro estado das coisas numa sociedade, tornando os indivíduos mais receptivos ao controle social e exploração. Concomitantemente, afirmava que a religião era "a alma de um mundo sem alma", querendo assim dizer que a experiência religiosa surgia como uma reação normal de busca de sentido numa realidade social alienante. Doutrinas marxistas à parte, o fato é que tais Estados encontraram um meio de desencorajar todas as religiões no intuito de enfraquecer quaisquer possíveis centros de oposição ao seu completo controle sobre esses Estados. Na União Soviética e na República Popular da China, eram toleradas algumas igrejas que se submetiam ao estrito controle do estado."

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ate%C3%ADsmo ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ateísmo )

A CHINA é COMUNISTA ... comunismo e ateísmo andam de mãos dadas ... o povo pode até ter religiões adversas mas o estado CHINES é comunista e portanto ateísta.

Qualquer evangélico esclarecido sabe que o COMUNISMO é altamente nocivo ao cristianismo ... são forças antagônicas entre si COMUNISMO x CRISTIANISMO ... Historicamente um estado comunista é um estado perseguidor do cristianismo.

Pedimos a Deus que o Comunismo jamais seja implantado em nosso país... o que parece que está tentado-se fazer ultimamente.


Mn. Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Sab 09 Out 2010, 6:14 pm

.

Sou ateu e capitalista.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Sales em Sab 09 Out 2010, 10:22 pm

dedo-duro escreveu:.

Sou ateu e capitalista.

OK... normal... pois o capitalismo não cristianiza ninguém... E é comum encontrar capitalista cristão ou ateu ... mas não é comum encontrar COMUNISTA cristão, mas sim ateu ... pois o COMUNISTA é anti-cristão e o cristão é anti-comunista... como já mencionei são forças antagônicas... o comunista verdadeiro, não de simpatia ou por moda, mas o verdadeiro, é ATEU roxo!


Mn. Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Dom 10 Out 2010, 12:07 pm

Comunistas cristão, não são comunistas de verdade.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Eduardo em Dom 10 Out 2010, 1:22 pm

dedo-duro escreveu:Comunistas cristão, não são comunistas de verdade.
Exatamente, para ser comunista de verdade tem que ser ateu. E o governos chinês é comunista de verdade, legítimo puro sangue materialista dialético chinês criado por Mao Tsé-Tung, cuja contribuição teórica para o marxismo-leninismo, estratégias militares, e suas políticas comunistas são conhecidas coletivamente como Maoísmo.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por dedo-duro em Dom 10 Out 2010, 4:44 pm

.
Não há cristãos na China.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Utilitaristas ateístas defendem suicídio, infanticidio e aborto

Mensagem por Eduardo em Ter 26 Out 2010, 8:56 pm

Filósofos de grande influência se digladiam em conferência de aborto

Dr. Terrence McKeegan
PRINCETON, EUA, 22 de outubro de 2010 (C-FAM/Notícias Pró-Família) — O choro de um bebê, cortando o ambiente da parte de trás do salão acadêmico universitário, ofereceu um contraponto inquietante para um argumento assombroso em favor do direito de fazer aborto.
“Um bebê não tem importância moral porque ele não tem consciência de si mesmo” disse Peter Singer, professor de bioética.
Singer argumentou esse ponto específico numa conferência histórica da qual ele foi um dos organizadores na Universidade de Princeton no final de semana, buscando novo diálogo na acalorada questão do aborto. O que é surpreendente para uma conferência que estava analisando o aborto é que não houve praticamente nenhum debate sobre o ato do aborto em si.
“Temos de nos livrar da ideia do mal”, disse Frances Kissling, promotora do direito de fazer aborto que se tornou acadêmica bioética. Kissling foi também uma das organizadoras da conferência.
No painel que ficou nas manchetes se destacavam dois filósofos australianos de grande influência — Singer, professor de bioética na Universidade de Princeton, e John Finnis, professor emérito de filosofia na Universidade de Oxford. Os dois debateram a “Condição Moral do Feto”.
Finnis argumentou que a biologia e a metafísica determinavam a condição do feto, não a ética, conforme sugeriu Singer. Finnis objetou ao próprio uso do termo “feto”, dizendo que é um “palavrão”.
“Conforme foi usada no programa e site da conferência, os quais não são contextos médicos, é ofensiva, desumanizadora, prejudicial e manipuladora”, disse Finnis. “Um site que descreve ultrassom para mulheres grávidas não fala sobre feto da mãe, mas sobre bebê da mãe, e assim agem os médicos delas, a menos que eles sejam aborteiros ou achem que elas estão interessadas em abortar propositadamente”.
Finnis frisou o ponto de que direitos são reconhecidos, não conferidos, e rejeitou a abordagem de “importância moral” de Singer, a qual nega que as crianças em gestação são pessoas.
Singer defendeu seu apoio ao infanticídio, declarando que a consciência de si mesmo confere importância moral, mas nenhum direito de ser membro de uma espécie. Aborto é matar um ser humano, mas não é imoral, pois a criança não preenche os requisitos para passar o teste da autoconsciência, disse Singer.
Em sua perspectiva utilitarista, Singer crê que poderá haver até um dever moral de matar seres humanos que carecem de autoconsciência, inclusive os deficientes, no que ele tem sido criticado, pois no caso da mãe dele, ele não seguiu o que crê.
A conferência buscou uma nova abordagem para conversar e pensar sobre aborto. Com uma ou duas notáveis exceções, a conferência teve êxito em sua meta de conduzir um debate civil entre pessoas em lados opostos da questão.
Outra meta da conferência, achar pontos em comum entre os dois lados, comprovou ser mais difícil de alcançar. A sessão de abertura começou a tocar no tópico, e incluiu um assessor jurídico geral da Federação de Planejamento Familiar [a maior rede de abortos dos EUA], que se descreveu como professor evangélico progressista pró-vida, um especialista em bioética independente, e Kissling.
Muitos participantes pró-vida se queixaram da composição de alguns painéis, inclusive a sessão de abertura, e dois painéis sobre questões de gravidez, pois havia ausência de equilíbrio e de palestrantes que estavam em condições adequadas de articular uma forte posição pró-vida.
Kissling chocou a audiência na última sessão dizendo: “Não me importo de que modo vocês vão alcançar [o direito de fazer abortos], quer por meio de uma constituição, da ONU, de leis estaduais ou federais, ou por meio do Talibã”. A Universidade da Pensilvânia, onde Kissling é acadêmica bioética visitante, recebeu críticas por nomear a ativista pró-aborto de longa data que não têm nenhuma credencial acadêmica importante.
Charles Camosy, da Universidade Fordham, e Jennifer Miller, da organização Bioethics International, também organizou a conferência. Outros palestrantes notáveis incluíram Helen Alvare, Sunny Anand, Christian Brugger, Eleanor Drey, David Garrow, Richard Garnett, William Hurlbut, Dawn Johnsen, Eva Kattay e Robin West.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesite.net/ldn/viewonsite.html?articleid=10102209


Última edição por Eduardo em Dom 08 Maio 2011, 3:36 pm, editado 2 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debate sobre aborto - tópico oficial

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:02 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 14 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum