.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
51 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 49 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Discipulah em Dom 14 Jul 2013, 11:30 pm

Jeová é um deus mitológico, violento e cruel que se vinga até a quarta geração daqueles que o ofendem, e determina que os judeus em terra inimiga, passem a fio da espada tudo o que tem fôlego.
Eterna, talvez vc ainda não tenha estudado a Codificação Espírita a fundo. Te aconselho a ler com calma, estudar, avaliar, ponderar.

Pergunto: Se Jeová é um deus mitológico, violento, cruel e exterminador, o Deus ensinado pelo  Espiritismo seria o que? Um deus mitológico também?

Vemos nos ensinos de Allan Kardec   um deus bem violento e  cruel , inclusive que adotou as práticas canibais como meio didático evolutivo. Vamos conferir:

Discipulah
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1747
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Discipulah em Dom 14 Jul 2013, 11:38 pm

“Assim, pode dar-se que os homens mais civilizados tenham sido selvagens e antropófagos?”


Tu mesmo o foste mais de uma vez, antes de seres o que és.” (O Livro dos Espíritos,questão 787).

Quanto a passar tudo pelo fio da espada, vemos um paralelo em O Livro dos Espíritos, questão 744, FEB:

qual foi o objetivo da Providência em tornar necessária a guerra?”.A resposta foi: “A liberdade e o progresso.”

Então o codificador faz outra pergunta: “como poderia ser a liberdade e o progresso uma vez que a  guerra freqüentemente resultou em escravização?” 


Resposta dos espíritos:  “Escravização temporária, para esmagar os povos, a fim de fazê-los progredir mais depressa.”


 Vemos aqui o Espiritismo ensinar que as guerras, passar os outros pelo fio da espada e escravidão é algo muito “positivo”.

Discipulah
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1747
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Discipulah em Dom 14 Jul 2013, 11:48 pm

Além dessas declarações bem comprometedoras lemos que a Pena de Talião é a justiça de Deus e está em pleno vigor! Bom, assim ensina o Espiritismo. Vamos dar uma olhada?

 “Tomai cuidado! Muito vos tendes enganado a respeito dessas palavras, como acerca de outras. A pena de talião é a  justiça de Deus. É Deus que a aplica. Todos vós sofreis essa pena a cada instante, pois que sois punidos naquilo que haveis pecado, nesta existência ou em outra. Aquele   que foi causa do sofrimento para seus semelhantes virá achar-se numa condição em que sofrerá o que tenha feito sofrer. Este é o sentido das palavras de Jesus.” (O Livro dos Espíritos, questão 764, FEB).


Sendo assim, dificilmente alguém que professa o Espiritismo como religião poderá fazer determinados comentários sobre a Biblia, AT especificamente, Moisés, como se o Espiritismo não ensinasse nada parecido! O Espiritismo na realidade vai bem além e ensina até o  canibalismo como meio  para que uma pessoa evolua. Para quem fala que Moisés estava com o véu da mentira, o que falar de Kardec, que segundo o Espiritismo foi um canibal?

É um caso a pensar, repensar, pensar novamente, e pensar mais um pouco... dar um tempo, e pensar de novo, novamente ... ... ...  Espero que vc reflita nisso, Eterna.

Na fé,

Wink

Discipulah
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1747
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por silvamelo em Seg 15 Jul 2013, 8:47 am

Sarah escreveu:
Eterna escreveu:O único véu na face de Moisés era o véu da mentira...

Jeová é um deus mitológico, violento e cruel que se vinga até a quarta geração daqueles que o ofendem, e determina que os judeus em terra inimiga, passem a fio da espada tudo o que tem fôlego.
Quanto a passar tudo pelo fio da espada, vemos um paralelo em O Livro dos Espíritos, questão 744, FEB:

qual foi o objetivo da Providência em tornar necessária a guerra?”.A resposta foi: “A liberdade e o progresso.”

Então o codificador faz outra pergunta: “como poderia ser a liberdade e o progresso uma vez que a  guerra freqüentemente resultou em escravização?” 
[/font]

Resposta dos espíritos:  “Escravização temporária, para esmagar os povos, a fim de fazê-los progredir mais depressa.”


 Vemos aqui o Espiritismo ensinar que as guerras, passar os outros pelo fio da espada e escravidão é algo muito “positivo”.
:risadinha: palminhas Muito bom, Sarah! O deus da Eterna é o deus da mentira ao quadrado então!
japinha

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por silvamelo em Seg 15 Jul 2013, 6:50 pm

Eterna escreveu:
silvamelo escreveu:Então porque você não crê na plenitude dos seus ensinamentos?
E quem disse que não acredito?  Moisés passado! Cristo, presente e futuro!
Então comece respondendo porque você não crê nisso:

"Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto." João 12:24.

Entende essa parábola? É disso que Cristo está falando:

"Convém que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, e seja crucificado, e ao terceiro dia ressuscite."

E disso:

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11:25.

Agora faço minha a pergunta de Paulo. Veja se consegue me responder, Eterna:

"E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?" 1 Coríntios 15:12-14.

E se Cristo subiu em espírito, como crêem os espíritas, onde foi parar o seu corpo? O testemunho dos apóstolos é falso?

Eterna escreveu:Negativo digo eu! No VT consta que Moisés recebeu as tábuas pelo próprio Deus. Mas agora parece que as luzes começam a brilhar sobre seu entendimento e você percebe que a capacidade cognitiva da época implicava na manifestação da própria divindade.
Não foi isso que eu disse. Disse que Deus se apresentou a Moisés como Ele é, assim como designou anjos para lhe entregar a Lei. É o que está escrito! Porém, a revelação da plenitude de Deus não veio por Moisés, pois, se fosse assim, não haveria necessidade de Jesus nascer entre nós.

A Lei nos diz que Moisés não pôde olhar para Deus e, quando se apresentava no tabernáculo, tinha o véu sobre a face. Isso é uma parábola para nos mostrar que Moisés não pôde contemplar a plenitude da revelação de Deus, mas recebeu uma Lei transitória por meio dos anjos que servisse de aio de modo a conduzir o povo até a revelação plena de Deus através de Jesus.

Logo, podemos concluir que a aparente incompatibilidade de caráter de Deus não se deu por vaidade de Moisés ou vaidade dos anjos, mas pela incapacidade de Moisés de perceber a Deus como Ele realmente é, isso devido ao contexto histórico que ele se encontrava.

Eterna escreveu:Todos nós sabemos que aos dez mandamentos foram acrescidas muitas outras leis. Aliás o quinto mandamento é o que menos foi praticado.
Muitas das ordenanças que foram adicionadas, como, por exemplo, não comer certos alimentos e separação de pessoas doentes, tem a ver com a higiene e a saúde daquele povo. Se você olhar com mais atenção às ordenanças, com olhar imparcial focado no contexto histórico, deixando de lado o preconceito oriundo dos olhos maus dos críticos da Bíblia, vai perceber que toda a Lei visava manter aquele povo vivo, forte e preparado para atravessar as eras até a chegada do Messias, num tempo em que tribos inteiras eram exterminadas por todo tipo de intempérie natural, pragas ou pela violência de um mundo sem lei.

Eterna escreveu:Idem acima. Mas fico feliz por estarmos chegando a um entendimento comum no que concerne a lei estabelecida numa determinada época onde Moisés evolutivamente está muito distante do Cristo.
Não vejo Moisés distante de Cristo. Aliás, estava junto dele no monte das oliveiras! Deus esteve distante do homem por causa do pecado. Mas, em Cristo, todos nós estamos no mesmo aprisco, tanto os antigos, quanto os da atualidade.

Eterna escreveu:Ratifico tudo quando foi dito. Cristo revogou a lei de Moisés mantendo apenas o que era de inspiração superior, ou seja, os dez mandamentos.
O mandamento que vigora hoje é o mandamento do amor. No amor se encontra a origem da Lei. Mas a Lei não nos deixa esquecer de que Deus é Juíz! Portanto, a obediência também é amor. E é para o bem de quem obedece.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por David de Oliveira em Ter 16 Jul 2013, 4:53 pm

O factor Deus

Por José Saramago - Nobel da literatura

Algures na Índia. Uma fila de peças de artilharia em posição. Atado à boca de cada uma delas há um homem. No primeiro plano da fotografia um oficial britânico ergue a espada e vai dar ordem de fogo. Não dispomos de imagens do efeito dos disparos mas até a mais obtusa das imaginações poderá “ver” cabeças e troncos dispersos pelo campo de tiro, restos sanguinolentos, vísceras, membros amputados. Os homens eram rebeldes.

Algures em Angola. Dois soldados portugueses levantam pelos braços um negro que talvez não esteja morto, outro soldado empunha um machete e prepara-se para lhe separar a cabeça do corpo. Esta é a primeira fotografia. Na segunda, desta vez há uma segunda fotografia, a cabeça já foi cortada, está espetada num pau, e os soldados riem. O negro era um guerrilheiro.

Algures em Israel. Enquanto alguns soldados israelitas imobilizam um palestino, outro militar parte-lhe à martelada os ossos da mão direita. O palestino tinha atirado pedras.

Estados Unidos da América do Norte, cidade de Nova Iorque. Dois aviões comerciais norte-americanos, sequestrados por terroristas relacionados com o integrismo islâmico, lançam-se contra as torres do World Trade Center e deitam-nas abaixo. Pelo mesmo processo um terceiro avião causa danos enormes no edifício do Pentágono, sede do poder bélico dos States. Os mortos, soterrados nos escombros, reduzidos a migalhas, volatilizados, contam-se por milhares.

As fotografias da Índia, de Angola e de Israel atiram-nos com o horror à cara, as vítimas são mostradas no próprio instante da tortura, da agónica expectativa da morte ignóbil. Em Nova Iorque tudo pareceu irreal a princípio, episódio repetido sem novidade de mais uma catástrofe cinematográfica, realmente empolgante pelo grau de ilusão conseguido pelo engenheiro de efeitos especiais, mas limpo de estertores, de jorros de sangue, de carnes esmagadas, de ossos trilhados, de *censurado*. O horror agachado como um animal imundo, esperou que saíssemos da estupefacção para nos saltar à garganta. O horror disse pela primeira vez “aqui estou” quando aquelas pessoas saltaram para o vazio como se tivessem acabado de escolher uma morte que fosse sua. Agora o horror aparecerá a cada instante ao remover-se uma pedra, um pedaço de parede, numa chapa de alumínio retorcida, e será uma cabeça irreconhecível, um braço, uma perna, um abdómen desfeito, um tórax espalmado. Mas até mesmo isto é repetitivo e monótono, de certo modo já conhecido pelas imagens que nos chegaram daquele Ruanda de um milhão de mortos, daquele Vietname cozido a napalme, daquelas execuções em estádios cheios de gente, daqueles linchamentos e espancamentos daqueles soldados iraquianos sepultados vivos debaixo de toneladas de areia, daquelas bombas atómicas que arrasaram e calcinaram Hiroxima e Nagasaqui, daqueles crematórios nazis a vomitar cinzas, daqueles camiões a despejar cadáveres como se de lixo se tratasse.

De algo sempre haveremos de morrer, mas já se perdeu a conta dos seres humanos mortos das piores maneiras que seres humanos foram capazes de inventar. Uma delas, a mais criminosa, a mais absurda, a que mais ofende a simples razão, é aquela que, desde o princípio dos tempos e das civilizações, tem mandado matar em nome de Deus. Já foi dito que as religiões, todas elas sem excepção, nunca serviram para aproximar e congraçar os homens, que, pelo contrário, foram e continuam a ser causa de sofrimentos inenarráveis, de morticínios, de monstruosas violências físicas e espirituais que constituem um dos mais tenebrosos capítulos da miserável história humana. Ao menos em sinal de respeito pela vida, deveríamos ter a coragem de proclamar em todas as circunstâncias esta verdade evidente e demonstrável, mas a maioria dos crentes de qualquer religião não só fingem ignorá-lo como se levantam iracundos e intolerantes contra aqueles para quem Deus não é mais que um nome, nada mais que um nome, o nome que, por medo de morrer, lhe pusemos um dia e que viria a travar-nos o passo para uma humanização real. Em troca prometeram-nos paraísos e ameaçaram-nos com infernos, tão falsos uns como os outros, insultos descarados a uma inteligência e a um sentido comum que tanto trabalho nos deram a criar. Disse Nietzsche que isto seria permitido se Deus não existisse, e eu respondo que precisamente por causa e em nome de Deus é que se tem permitido e justificado tudo, principalmente o pior, principalmente o mais horrendo e cruel.

Durante séculos a Inquisição foi, ela também, como hoje os taliban, uma organização terrorista que se dedicou a interpretar perversamente os textos sagrados que deveriam merecer o respeito de quem neles dizia crer, um monstruoso conluio pactuado entre Religião e o Estado contra a liberdade de consciência e contra o mais humano dos direitos, o direito a dizer não, o direito à heresia, o direito a escolher outra coisa, que isso só a palavra heresia significa.

E, contudo, Deus está inocente. Inocente como algo que não existe, que não existiu nem existirá nunca, inocente de haver criado um universo inteiro para colocar nele seres capazes de cometer os maiores crimes para logo virem justificar-se dizendo que são celebrações do seu poder e da sua glória, enquanto os mortos se vão acumulando, estes das torres gémeas de Nova Iorque e todos os outros que, em nome de um Deus tornado assassino pela vontade e pela acção dos homens, cobriram e teimam em cobrir de torpor e sangue as páginas da História.

Os deuses, acho eu, só existem no cérebro humano, prosperam ou definham dentro do mesmo universo que os inventou, mas o “factor Deus”, esse está presente na vida como se efectivamente fosse o dono e o senhor dela. Não é um deus, mas o “factor Deus” o que se exibe nas nota de dólar e se mostra nos cartazes que pedem para a América (a dos Estados Unidos e não a outra...) a benção divina. E foi o “factor Deus” em que o deus islâmico se transformou que atirou contra as torres do World Trade Center os aviões da revolta contra os desprezos e da vingança contra as humilhações. Dir-se-á que um deus andou a semear ventos e que outro deus responde agora com tempestades. É possível, é mesmo certo. Mas não foram eles, pobres deuses sem culpa, foi o “factor Deus”, esse que é terrivelmente igual em todos os seres humanos onde quer que estejam e seja qual for a religião que professem, esse que tem intoxicado o pensamento e aberto as portas às intolerâncias mais sórdidas, esse que não respeita senão aquilo em que manda crer, esse que depois de presumir ter feito da besta um homem, acabou por fazer do homem uma besta.

Ao leitor crente (de qualquer crença...) que tenha conseguido suportar a repugnância que estas palavras provavelmente lhe inspiram, não peço que passe ao ateísmo de quem as escreveu. Simplesmente lhe rogo que compreenda, pelo sentimento se não puder ser pela razão, que, se há Deus, há só um Deus, e que, na sua relação com ele, o que menos importa é o nome que lhe ensinaram a dar. E que desconfie do “factor Deus”. Não faltam ao espírito humano inimigos, mas esse é um dos mais pertinazes e corrosivos. Como ficou demonstrado e desgraçadamente continuará a demonstrar-se.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Khwey em Ter 16 Jul 2013, 9:08 pm

Eterna escreveu:O único véu na face de Moisés era o véu da mentira.
Está quase correto.

João
1:17 Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.

Apesar do antônimo de "verdade" ser "mentira", esta não é a palavra correta para definir a lei de Moisés, biblicamente falando.

Eterna escreveu:Jeová é um deus mitológico
Este início de frase está incorreto.

Esta idéia surgiu somente por causa das ações de YHWH?

Ou então... De qual mitologia você tirou a idéia?

Descubra qual é o correto antônimo para a "verdade" de João 1:17, e então entenderá porque isto está incorreto, apesar do restante da sua frase estar condizente com a bíblia.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por David de Oliveira em Qua 17 Jul 2013, 8:01 pm

Khwey escreveu:
Eterna escreveu:O único véu na face de Moisés era o véu da mentira.
Está quase correto.

João
1:17 Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.

Apesar do antônimo de "verdade" ser "mentira", esta não é a palavra correta para definir a lei de Moisés, biblicamente falando.

Eterna escreveu:Jeová é um deus mitológico
Este início de frase está incorreto.

Esta idéia surgiu somente por causa das ações de YHWH?

Ou então... De qual mitologia você tirou a idéia?

Descubra qual é o correto antônimo para a "verdade" de João 1:17, e então entenderá porque isto está incorreto, apesar do restante da sua frase estar condizente com a bíblia.

 São duas orações adversas. A primeira é contrária à segunda. Na NTLH há a conjunção coordenativa adversativa, "mas":
João 1.17 A lei foi dada por meio de Moisés, mas o amor e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.
Na tradução ecumênica da bíblia, "TEB", existe um "Se" no início do versículo, o que denota mais ainda a adversidade das duas orações: Se  a lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade  vieram por Jesus Cristo.
Só não entendo por quê os "endurecidos" não conseguem ver esse antagonismo entre a graça de Jesus e a Lei de Moisés.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 21 Jul 2013, 9:41 pm

silvamelo escreveu:
Eterna escreveu:
silvamelo escreveu:Então porque você não crê na plenitude dos seus ensinamentos?
E quem disse que não acredito?  Moisés passado! Cristo, presente e futuro!
Então comece respondendo porque você não crê nisso:

"Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto." João 12:24.

Entende essa parábola? É disso que Cristo está falando:

"Convém que o Filho do homem seja entregue nas mãos de homens pecadores, e seja crucificado, e ao terceiro dia ressuscite."

E disso:

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11:25.

Agora faço minha a pergunta de Paulo. Veja se consegue me responder, Eterna:

"E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?" 1 Coríntios 15:12-14.

E se Cristo subiu em espírito, como crêem os espíritas, onde foi parar o seu corpo? O testemunho dos apóstolos é falso?


Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.


Eterna escreveu:Negativo digo eu! No VT consta que Moisés recebeu as tábuas pelo próprio Deus. Mas agora parece que as luzes começam a brilhar sobre seu entendimento e você percebe que a capacidade cognitiva da época implicava na manifestação da própria divindade.
Não foi isso que eu disse. Disse que Deus se apresentou a Moisés como Ele é, assim como designou anjos para lhe entregar a Lei. É o que está escrito! Porém, a revelação da plenitude de Deus não veio por Moisés, pois, se fosse assim, não haveria necessidade de Jesus nascer entre nós.

A Lei nos diz que Moisés não pôde olhar para Deus e, quando se apresentava no tabernáculo, tinha o véu sobre a face. Isso é uma parábola para nos mostrar que Moisés não pôde contemplar a plenitude da revelação de Deus, mas recebeu uma Lei transitória por meio dos anjos que servisse de aio de modo a conduzir o povo até a revelação plena de Deus através de Jesus.

Logo, podemos concluir que a aparente incompatibilidade de caráter de Deus não se deu por vaidade de Moisés ou vaidade dos anjos, mas pela incapacidade de Moisés de perceber a Deus como Ele realmente é, isso devido ao contexto histórico que ele se encontrava.

Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador. Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.

Eterna escreveu:Todos nós sabemos que aos dez mandamentos foram acrescidas muitas outras leis. Aliás o quinto mandamento é o que menos foi praticado.
Muitas das ordenanças que foram adicionadas, como, por exemplo, não comer certos alimentos e separação de pessoas doentes, tem a ver com a higiene e a saúde daquele povo. Se você olhar com mais atenção às ordenanças, com olhar imparcial focado no contexto histórico, deixando de lado o preconceito oriundo dos olhos maus dos críticos da Bíblia, vai perceber que toda a Lei visava manter aquele povo vivo, forte e preparado para atravessar as eras até a chegada do Messias, num tempo em que tribos inteiras eram exterminadas por todo tipo de intempérie natural, pragas ou pela violência de um mundo sem lei.


De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia. O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?

O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
23 - Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem.
24 - Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante.
25 - Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito, até hoje, enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias madrugando e enviando-os.
26 - Mas não me deram ouvidos, nem inclinaram os seus ouvidos, mas endureceram a sua cerviz, e fizeram pior do que seus pais.

Eterna escreveu:Idem acima. Mas fico feliz por estarmos chegando a um entendimento comum no que concerne a lei estabelecida numa determinada época onde Moisés evolutivamente está muito distante do Cristo.
Não vejo Moisés distante de Cristo. Aliás, estava junto dele no monte das oliveiras! Deus esteve distante do homem por causa do pecado. Mas, em Cristo, todos nós estamos no mesmo aprisco, tanto os antigos, quanto os da atualidade.

Você nunca poderá vê-lo distante de Deus ou do próprio Cristo mesmo que as escrituras atestem isto! Feliz aquele que tem olhos pra ver e ouvidos para ouvir.

Eterna escreveu:Ratifico tudo quando foi dito. Cristo revogou a lei de Moisés mantendo apenas o que era de inspiração superior, ou seja, os dez mandamentos.
O mandamento que vigora hoje é o mandamento do amor. No amor se encontra a origem da Lei. Mas a Lei não nos deixa esquecer de que Deus é Juíz! Portanto, a obediência também é amor. E é para o bem de quem obedece.

Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras. Obediência também é amor!



Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Discipulah em Seg 22 Jul 2013, 5:20 pm

Olá, graça e paz,


No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Eterna...bom, “o ninguém sabe” se refere aquele(a) que não leu o texto bíblico na íntegra. Jesus ressuscitou: Lucas 24.36-44. Verso 39: “Vede minhas mãos e meus pés,que sou eu mesmo: apalpai-me e vede; pois um espírito não tem carne nem ossos como vedes que eu tenho”.

Verso 51: “E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu”.



Wink 

Discipulah
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1747
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Discipulah em Seg 22 Jul 2013, 5:21 pm

E Atos 1.9-11 lemos:

“E quando dizia isto, vendo-os eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando a seus olhos; e estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois varões vestidos de branco; Os quais lhe disseram: Varões galileus, porque estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.”

Bom, então respondendo à dúvida: o corpo de Cristo foi ressuscitado. E dentre os inúmeros textos bíblicos, citarei Lucas 24.36-44.

Quanto à dúvida se o corpo de Cristo foi arrebatado ou não; vemos a  resposta em Lucas 24.51 e Atos 1.9-11.

Diante de tal esclarecimento não existe mais lugar para dúvida.



Na fé,

Discipulah
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1747
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por silvamelo em Seg 22 Jul 2013, 11:32 pm

Eterna escreveu:Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Como foi demosntrado pela Sarah, Cristo apareceu em seu próprio corpo, em carne e osso!

Eterna escreveu:Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador.
Todo o AT é uma grande parábola se apresentando como uma sombra do bem vindouro.

Eterna escreveu:Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.
As pessoas podem achar o que quiserem; assim como os espíritas, que se acham os mais inteligentes dos religiosos tentando elevar a mente dos pobres "espíritos atrasados"...

Eterna escreveu:De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia.
Impossível é encontrar um espírita que não seja arrogante (eu devia ser um cara muito chato quando era espírita, e nem me dei conta!)...

Eterna escreveu:O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?
Comece com a humildade, pois quem sabe irá aprender alguma fagulha de conhecimento com algum "espírito atrasado"...



Eterna escreveu:O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Eterna FOI DEUS quem instituiu HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS! Ele apenas está dizendo aí em Jeremias que NÃO ORDENOU NADA quando tirou o povo da terra do Egito. Essas ordenanças vieram depois, NO DESERTO!

Mas veja você mesma aqui Em Ezequiel Deus dizendo o motivo de ter instituido Holocaustos e Sacrifícios:

"Porque não executaram os meus juízos, e rejeitaram os meus estatutos, e profanaram os meus sábados, e os seus olhos iam após os ídolos de seus pais. Por isso também lhes dei estatutos que não eram bons, juízos pelos quais não haviam de viver; e os contaminei em seus próprios dons, nos quais faziam passar pelo fogo tudo o que abre a madre; para assolá-los para que soubessem que eu sou o Senhor." Ezequiel 20:26.

Eterna escreveu:Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras
Se o meu entendimento das Escrituras for deturpado, Deus o sabe. Mas ninguém poderá me acusar de reconhecer como inspiradas outras fontes de doutrina que sejam estranhas ao Evangelho. O Evangelho que recebi dos apóstolos, é este que eu prego! O resto é ANÁTEMA!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Sab 27 Jul 2013, 9:01 pm

silvamelo escreveu:
Eterna escreveu:Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Como foi demosntrado pela Sarah, Cristo apareceu em seu próprio corpo, em carne e osso!

Cristo se materializou diante de muitos.

Eterna escreveu:Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador.
Todo o AT é uma grande parábola se apresentando como uma sombra do bem vindouro.

Ah é?
Eterna escreveu:Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.
As pessoas podem achar o que quiserem; assim como os espíritas, que se acham os mais inteligentes dos religiosos tentando elevar a mente dos pobres "espíritos atrasados"...

A livre expressão é o que conta! Ou não?

Eterna escreveu:De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia.
Impossível é encontrar um espírita que não seja arrogante (eu devia ser um cara muito chato quando era espírita, e nem me dei conta!)...

Você pode me achar arrogante, mas saiba que ainda carrega muita chatice e continua sem se dar conta!

Eterna escreveu:O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?
Comece com a humildade, pois quem sabe irá aprender alguma fagulha de conhecimento com algum "espírito atrasado"...

???

Eterna escreveu:O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Eterna FOI DEUS quem instituiu HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS! Ele apenas está dizendo aí em Jeremias que NÃO ORDENOU NADA quando tirou o povo da terra do Egito. Essas ordenanças vieram depois, NO DESERTO!

Mas veja você mesma aqui Em Ezequiel Deus dizendo o motivo de ter instituido Holocaustos e Sacrifícios:

"Porque não executaram os meus juízos, e rejeitaram os meus estatutos, e profanaram os meus sábados, e os seus olhos iam após os ídolos de seus pais. Por isso também lhes dei estatutos que não eram bons, juízos pelos quais não haviam de viver; e os contaminei em seus próprios dons, nos quais faziam passar pelo fogo tudo o que abre a madre; para assolá-los para que soubessem que eu sou o Senhor." Ezequiel 20:26.

Gosto do VT principalmente nas partes que diz que não disse o que disse.

Eterna escreveu:Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras
Se o meu entendimento das Escrituras for deturpado, Deus o sabe. Mas ninguém poderá me acusar de reconhecer como inspiradas outras fontes de doutrina que sejam estranhas ao Evangelho. O Evangelho que recebi dos apóstolos, é este que eu prego! O resto é ANÁTEMA!

Faço minha as suas palavras. E se é certo que Deus tem um propósito para cada um de nós por certo o que é meu já está reservado.


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 27 Jul 2013, 9:57 pm

Eterna escreveu:
silvamelo escreveu:
Eterna escreveu:Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Como foi demosntrado pela Sarah, Cristo apareceu em seu próprio corpo, em carne e osso!

Cristo se materializou diante de muitos.

Eterna escreveu:Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador.
Todo o AT é uma grande parábola se apresentando como uma sombra do bem vindouro.

Ah é?
Eterna escreveu:Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.
As pessoas podem achar o que quiserem; assim como os espíritas, que se acham os mais inteligentes dos religiosos tentando elevar a mente dos pobres "espíritos atrasados"...

A livre expressão é o que conta! Ou não?

Eterna escreveu:De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia.
Impossível é encontrar um espírita que não seja arrogante (eu devia ser um cara muito chato quando era espírita, e nem me dei conta!)...

Você pode me achar arrogante, mas saiba que ainda carrega muita chatice e continua sem se dar conta!

Eterna escreveu:O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?
Comece com a humildade, pois quem sabe irá aprender alguma fagulha de conhecimento com algum "espírito atrasado"...

???

Eterna escreveu:O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Eterna FOI DEUS quem instituiu HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS! Ele apenas está dizendo aí em Jeremias que NÃO ORDENOU NADA quando tirou o povo da terra do Egito. Essas ordenanças vieram depois, NO DESERTO!

Mas veja você mesma aqui Em Ezequiel Deus dizendo o motivo de ter instituido Holocaustos e Sacrifícios:

"Porque não executaram os meus juízos, e rejeitaram os meus estatutos, e profanaram os meus sábados, e os seus olhos iam após os ídolos de seus pais. Por isso também lhes dei estatutos que não eram bons, juízos pelos quais não haviam de viver; e os contaminei em seus próprios dons, nos quais faziam passar pelo fogo tudo o que abre a madre; para assolá-los para que soubessem que eu sou o Senhor." Ezequiel 20:26.

Gosto do VT principalmente nas partes que diz que não disse o que disse.

Eterna escreveu:Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras
Se o meu entendimento das Escrituras for deturpado, Deus o sabe. Mas ninguém poderá me acusar de reconhecer como inspiradas outras fontes de doutrina que sejam estranhas ao Evangelho. O Evangelho que recebi dos apóstolos, é este que eu prego! O resto é ANÁTEMA!

Faço minha as suas palavras. E se é certo que Deus tem um propósito para cada um de nós por certo o que é meu já está reservado.


Até que enfim concordo contigo. O teu propósito está reservado...




 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8352
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por silvamelo em Dom 28 Jul 2013, 12:39 pm

Eterna escreveu:Você pode me achar arrogante, mas saiba que ainda carrega muita chatice e continua sem se dar conta!
:risadinha: Se eu sou chato agora, imagina quando eu era espírita! hahahaha 

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Sab 24 Ago 2013, 9:46 pm

David de Oliveira escreveu:
Eterna escreveu:
silvamelo escreveu:
Eterna escreveu:Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Como foi demosntrado pela Sarah, Cristo apareceu em seu próprio corpo, em carne e osso!

Cristo se materializou diante de muitos.

Eterna escreveu:Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador.
Todo o AT é uma grande parábola se apresentando como uma sombra do bem vindouro.

Ah é?
Eterna escreveu:Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.
As pessoas podem achar o que quiserem; assim como os espíritas, que se acham os mais inteligentes dos religiosos tentando elevar a mente dos pobres "espíritos atrasados"...

A livre expressão é o que conta! Ou não?

Eterna escreveu:De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia.
Impossível é encontrar um espírita que não seja arrogante (eu devia ser um cara muito chato quando era espírita, e nem me dei conta!)...

Você pode me achar arrogante, mas saiba que ainda carrega muita chatice e continua sem se dar conta!

Eterna escreveu:O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?
Comece com a humildade, pois quem sabe irá aprender alguma fagulha de conhecimento com algum "espírito atrasado"...

???

Eterna escreveu:O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Eterna FOI DEUS quem instituiu HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS! Ele apenas está dizendo aí em Jeremias que NÃO ORDENOU NADA quando tirou o povo da terra do Egito. Essas ordenanças vieram depois, NO DESERTO!

Mas veja você mesma aqui Em Ezequiel Deus dizendo o motivo de ter instituido Holocaustos e Sacrifícios:

"Porque não executaram os meus juízos, e rejeitaram os meus estatutos, e profanaram os meus sábados, e os seus olhos iam após os ídolos de seus pais. Por isso também lhes dei estatutos que não eram bons, juízos pelos quais não haviam de viver; e os contaminei em seus próprios dons, nos quais faziam passar pelo fogo tudo o que abre a madre; para assolá-los para que soubessem que eu sou o Senhor." Ezequiel 20:26.

Gosto do VT principalmente nas partes que diz que não disse o que disse.

Eterna escreveu:Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras
Se o meu entendimento das Escrituras for deturpado, Deus o sabe. Mas ninguém poderá me acusar de reconhecer como inspiradas outras fontes de doutrina que sejam estranhas ao Evangelho. O Evangelho que recebi dos apóstolos, é este que eu prego! O resto é ANÁTEMA!

Faço minha as suas palavras. E se é certo que Deus tem um propósito para cada um de nós por certo o que é meu já está reservado.

Até que enfim concordo contigo. O teu propósito está reservado...


Está! Está .... desde que fui criada!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por RenatoPaulo em Dom 25 Ago 2013, 9:47 am

Eterna escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eterna escreveu:
silvamelo escreveu:
Eterna escreveu:Também os espíritas creem que toda semente lançada dará frutos, ainda que a terra, naquele momento, seja árida.

No mais, ninguém nunca soube o que ocorreu com o corpo do Cristo. A passagem de 1Coríntios 15:12-14 fala da ressurreição e não do arrebatamento em corpo e espírito.
Como foi demosntrado pela Sarah, Cristo apareceu em seu próprio corpo, em carne e osso!

Cristo se materializou diante de muitos.

Eterna escreveu:Parábolas são as histórias bíblicas retiradas do cotidiano, por Cristo, para que o povo melhor compreendesse Deus. No pentateuco não há parábolas somente demonstra a arrogância dos homens querendo ser unha e cutícula com o criador.
Todo o AT é uma grande parábola se apresentando como uma sombra do bem vindouro.

Ah é?
Eterna escreveu:Assim também ocorre com os evangélicos - todos acham que ficarão a direita do Criador em detrimento do Cristo.
As pessoas podem achar o que quiserem; assim como os espíritas, que se acham os mais inteligentes dos religiosos tentando elevar a mente dos pobres "espíritos atrasados"...

A livre expressão é o que conta! Ou não?

Eterna escreveu:De onde você tirou isto? Ora Silva, impossível que vocês mesmo não conheçam a bíblia.
Impossível é encontrar um espírita que não seja arrogante (eu devia ser um cara muito chato quando era espírita, e nem me dei conta!)...

Você pode me achar arrogante, mas saiba que ainda carrega muita chatice e continua sem se dar conta!

Eterna escreveu:O que eu faço aqui afinal se sou apenas uma espírita?
Comece com a humildade, pois quem sabe irá aprender alguma fagulha de conhecimento com algum "espírito atrasado"...

???

Eterna escreveu:O meu olhar imparcial diz que :

Jeremias 7:21 - Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei carne.
22 - Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Eterna FOI DEUS quem instituiu HOLOCAUSTOS E SACRIFÍCIOS! Ele apenas está dizendo aí em Jeremias que NÃO ORDENOU NADA quando tirou o povo da terra do Egito. Essas ordenanças vieram depois, NO DESERTO!

Mas veja você mesma aqui Em Ezequiel Deus dizendo o motivo de ter instituido Holocaustos e Sacrifícios:

"Porque não executaram os meus juízos, e rejeitaram os meus estatutos, e profanaram os meus sábados, e os seus olhos iam após os ídolos de seus pais. Por isso também lhes dei estatutos que não eram bons, juízos pelos quais não haviam de viver; e os contaminei em seus próprios dons, nos quais faziam passar pelo fogo tudo o que abre a madre; para assolá-los para que soubessem que eu sou o Senhor." Ezequiel 20:26.

Gosto do VT principalmente nas partes que diz que não disse o que disse.

Eterna escreveu:Falou bem, pena que de uma forma deturpada porque não consegue entender as escrituras
Se o meu entendimento das Escrituras for deturpado, Deus o sabe. Mas ninguém poderá me acusar de reconhecer como inspiradas outras fontes de doutrina que sejam estranhas ao Evangelho. O Evangelho que recebi dos apóstolos, é este que eu prego! O resto é ANÁTEMA!

Faço minha as suas palavras. E se é certo que Deus tem um propósito para cada um de nós por certo o que é meu já está reservado.
Até que enfim concordo contigo. O teu propósito está reservado...


Está! Está .... desde que fui criada!
Nao se esqueca de levar refrigerantes....

RenatoPaulo
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1418
Idade : 43
flag : Alemanha
Data de inscrição : 25/03/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 06 Out 2013, 7:08 pm

Pode ser uma cervejinha? angel 


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por gusto em Dom 06 Out 2013, 9:41 pm

Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink

gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10517
Idade : 47
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 06 Out 2013, 10:01 pm

gusto escreveu:
Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink
Bem, então eu devo ser algum tipo de aberração porque se até Lúcifer foi cria de Deus  - nada sobrou pra mim!

Mas essa aberração que vos fala também informa que a relação de um homem e uma mulher gerou apenas o corpo - mas o sopro da vida foi dado por outro Alguém!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por gusto em Dom 06 Out 2013, 10:07 pm

Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink
Bem, então eu devo ser algum tipo de aberração porque se até Lúcifer foi cria de Deus  - nada sobrou pra mim!

Mas essa aberração que vos fala também informa que a relação de um homem e uma mulher gerou apenas o corpo - mas o sopro da vida foi dado por outro Alguém!
Sim, o sopro de vida foi dado por Deus, o espírito do homem, que nele habita, e foi pacote completo dado a Adão e Eva. Todos os outros mortais procedem deles. Mas só os nascidos de Deus são filhos Dele.

Ah, Lúcifer não veio de relação.

Eterna, querida, vou deixar um texto para você meditar;

João 1:12,13;
Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10517
Idade : 47
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 06 Out 2013, 10:22 pm

gusto escreveu:
Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink
Bem, então eu devo ser algum tipo de aberração porque se até Lúcifer foi cria de Deus  - nada sobrou pra mim!

Mas essa aberração que vos fala também informa que a relação de um homem e uma mulher gerou apenas o corpo - mas o sopro da vida foi dado por outro Alguém!
Sim, o sopro de vida foi dado por Deus, o espírito do homem, que nele habita, e foi pacote completo dado a Adão e Eva. Todos os outros mortais procedem deles. Mas só os nascidos de Deus são filhos Dele.

Eu contesto nossa procedência através de Adão e Eva. Na verdade somos descendentes de Noé por conta do dilúvio. É bem verdade que Noé é descendente de Adão e Eva mas esses se perderam através do dilúvio de modo que somos descendentes de Noé!

Medite sobre isto!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por gusto em Dom 06 Out 2013, 10:28 pm

Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink
Bem, então eu devo ser algum tipo de aberração porque se até Lúcifer foi cria de Deus  - nada sobrou pra mim!

Mas essa aberração que vos fala também informa que a relação de um homem e uma mulher gerou apenas o corpo - mas o sopro da vida foi dado por outro Alguém!
Sim, o sopro de vida foi dado por Deus, o espírito do homem, que nele habita, e foi pacote completo dado a Adão e Eva. Todos os outros mortais procedem deles. Mas só os nascidos de Deus são filhos Dele.

Eu contesto nossa procedência através de Adão e Eva. Na verdade somos descendentes de Noé por conta do dilúvio. É bem verdade que Noé é descendente de Adão e Eva mas esses se perderam através do dilúvio de modo que somos descendentes de Noé!

Medite sobre isto!
Romanos
5:14 No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.

1 Coríntios
15:22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
15:45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante.


Todos viemos de Adão, Noé também, mas em Cristo veio o novo homem, porisso nascer de novo, a semelhança do novo Homem.

gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10517
Idade : 47
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 06 Out 2013, 10:37 pm

gusto escreveu:
Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Eterna escreveu:
gusto escreveu:
Está! Está .... desde que fui criada!
Você não foi criada, veio da relação de um homem e uma mulher. Agora precisa nascer da àgua e do Espírito, para ser filha de Deus.Wink
Bem, então eu devo ser algum tipo de aberração porque se até Lúcifer foi cria de Deus  - nada sobrou pra mim!

Mas essa aberração que vos fala também informa que a relação de um homem e uma mulher gerou apenas o corpo - mas o sopro da vida foi dado por outro Alguém!
Sim, o sopro de vida foi dado por Deus, o espírito do homem, que nele habita, e foi pacote completo dado a Adão e Eva. Todos os outros mortais procedem deles. Mas só os nascidos de Deus são filhos Dele.

Eu contesto nossa procedência através de Adão e Eva. Na verdade somos descendentes de Noé por conta do dilúvio. É bem verdade que Noé é descendente de Adão e Eva mas esses se perderam através do dilúvio de modo que somos descendentes de Noé!

Medite sobre isto!
Romanos
5:14 No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.

1 Coríntios
15:22 Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo.
15:45 Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante.


Todos viemos de Adão, Noé também, mas em Cristo veio o novo homem, porisso nascer de novo, a semelhança do novo Homem.
Pularam a parte do dilúvio, né?

Então tá!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Eterna em Dom 27 Out 2013, 10:12 pm

Reload


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3828
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que haveria Deus de permitir o sofrimento?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:52 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum