.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
59 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 58 Visitantes :: 2 Motores de busca

rbarros

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Pedro, O Romano, Chegou!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pedro, O Romano, Chegou!!!

Mensagem por Cezar Charles em Qui 28 Fev 2013, 9:55 pm

É incrivel como satanas quer tirar totalmente o foco das profecias dos 7 Reis/Papas. A visão dada a São Malaquias por ele se "cumpre", creio eu no Cardeal Bertone. Unicamente para tirar o foco da ideia de que JP II suba do "abismo" literalmente como disse João em Apoc. 17.

O próprio Jesus disse: "Porque não há coisa oculta que não haja de manifestar-se, nem escondida que não haja de saber-se e vir à luz." Lucas 8:17

O Youtube cumpre muito bem essa profecia do evangelho de Luca 8 ao vermos a teoria da volta de João Paulo II com mais força ainda.


Bertone será "Papa" interino até que o sucessor de Bento 16 seja eleito, ou seja, até que a besta suba do abismo.

Eae, será que em breve vc terá que engolir uma profecia dada como certa de um Padre Católico como se fosse enviada dos céus???





"O cardeal camerlengo, o italiano Tarcisio Bertone, será, após o fim do papado de Bento XVI, uma espécie de "Papa interino", encarregado de gerenciar a Igreja até que o novo pontífice seja eleito. Seus poderes, no entanto, são reduzidos."

Agora olha as informações dele:

Nome: Tarcisio Pietro Evasio Bertone
Nascimento: Nasceu na cidade de Romano Canavese (Itália)


Pedro, o Romano!


Reparei andando pela internet e parece que andão dizendo que ele em breve assumirá de vez o trono.

A questão a ser lançada é: Com todos os problemas internos do vaticano, será que eles vão empurrar com a barriga esse cara por algum tempo, para tirar o real foco?

Desmacarando a profecia de são malaquias:




Fiquemos atentos.

Cezar Charles
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 525
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedro, O Romano, Chegou!!!

Mensagem por Well em Qui 28 Fev 2013, 10:47 pm

Apoc.13.17 para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. 18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

O nome de João Paulo II em Latim é: IOANNES PAVLVS SECVNDO, agora veja isso:

I O A N N E S => I => 1

P A V L V S => V+L+V => 5+50+5

S E C V N D O => C+V+D => 100+5+500

TOTAL = 666


Pode ser só mais uma coincidência, mas vai ter coincidência assim lá em Roma!!!

Sinceramente, vamos deixar o tempo mostrar...



Última edição por Well em Sab 02 Mar 2013, 9:49 am, editado 1 vez(es)


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedro, O Romano, Chegou!!!

Mensagem por Cezar Charles em Sex 01 Mar 2013, 9:50 am

Coincidência assim só em Roma mesmo. Uma atrás da outra. Tem algo estranho. Esse mês de março promete. Só resta aguardar.

Cezar Charles
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 525
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedro, O Romano, Chegou!!!

Mensagem por Gil Rocha em Sex 01 Mar 2013, 5:02 pm

Conforme o Prof. Felipe Aquino, essa "profecia de São Malaquias" nem mesmo é do Bispo Malaquias, a qual é atribuída, mas teria sido forjada no fim do século XVI para influenciar o resultado de um Conclave. Ou seja, não possui nenhum crédito.

Segue a íntegra do texto do referido professor.


Bento XVI e as Profecias de São Malaquias

Publicado em 15 de fevereiro de 2013


Nos últimos Conclaves para a eleição de João Paulo II e Bento XVI voltaram à baila as “profecias” de São Malaquias (não é o profeta São Malaquias, do Antigo Testamento), que, segundo o monge beneditino Dom Estevão Bettencourt, “carecem de toda e qualquer autoridade, segundo os resultados da boa crítica histórica”. A Igreja nunca se guiou por tais profecias. (cf. Revista “PERGUNTE E RESPONDEREMOS”, n. 227/1978, pg. 451s). Coloco aqui algumas informações do citado artigo:

“São Malaquias (1095-1140) foi bispo do Armagh na Irlanda no século XII. Até o século XVI nenhum autor ou documento mencionou as suas “profecias”; estas foram ignoradas até 1595, quando o beneditino Arnoldo do Wyon as inseriu no seu opúsculo “Lignum Vitae”. Hoje em dia pode-se dizer que tal documento teve origem em 1590 durante o conclave que devia eleger o sucessor de Urbano VII; entre os Cardeais mais em vista estava Simoncelli, cidadão do Orvieto e antigo bispo desta cidade; ora os amigos do Simoncelli quiseram favorecer a eleição deste prelado, apresentando uma lista “profética” de 111 Papas, em que o sufragado após Urbano VII era o Papa “De antiquitate urbis” (Da antiguidade da cidade). Isto é, o Papa de Orvieto (= Urbs vetus, cidade antiga); em vista disto, forjaram uma série de dísticos papais mais ou menos condizentes com a realidade desde Celestino II (1143-1144), mas assaz arbitrária após Urbano VII. Toda­via essa fraude foi vã, pois quem saiu eleito do conclave em 1590 foi o Cardeal Sfrondate, arcebispo do Milão, que tomou o nome de Gregório XIV. Estes dados bastam para dissipar qualquer dúvida acerca da pretensa autoridade das “profecias” de São Malaquias”.

Como agora, já na eleição de João Paulo II, em 1978, estiveram em destaque as ditas “profecias de São Malaquias”. A imprensa as mencionava como referencial para se predizer a identidade do futuro Papa. Verificou-se, porém, que os resultados foram totalmente diversos do que se previa. A Igreja é conduzida por Deus e não pelos homens.

As “profe­cias” de São Malaquias previam o fim do mundo para o ano 2000 aproximadamente… Segundo o antigo intérprete dessas “profecias”, Ciacconio, contam-se 38 Pontífices desde Urbano VII († 1590) até o fim do mundo, sendo que o Papa João Paulo II, que vem a ser “De labore solis” (Da fadiga do sol) ainda teria dois sucessores, o último dos quais, Pedro II, verá, com a geração dos seus contem­porâneos, a consumação da história.

A Profecia de Malaquias, logo depois de divulgada em 1595, obteve sucesso considerável. Segundo Dom Estevão Bettencourt, essas profecias “carecem de autoridade”, e os bons críticos não hesitam em rejeitar a sua autenticidade, por isso a Igreja não lhe dá importância. Quem primeiramente a impugnou apelando para argumen­tos ainda hoje plenamente válidos, foi o Pe. Ménestrier S. J., no seu livro “’Réfutation des Prophéties faussement attribuées à S. Malachie sur les élections des Papes”’ (Paris 1689). Eis as principais razões desde então aduzidas contra a genuini­dade das Profecias:

1) Durante cerca de 450 anos, isto é, desde São Mala­quias († 1148) até o opúsculo “Lignum Vitae” (1595), jamais autor algum fez alusão aos oráculos de São Malaquias; nem os historiadores medievais e renascentistas, ao escrever a Vida dos Papas, mencionam tal documento, que certamente deveria ser citado, caso fosse conhecido.

2) A finalidade da Profecia (insinuar a época do fim do mundo) contraria a intenção de Cristo, que em mais de uma ocasião se negou a revelar aos homens a data do juízo final (cf. Mc 13,32; At 1,7). A aplicação dos dísticos aos respectivos Papas baseia-se em notas acidentais e arbitrárias.

Alguns críticos julgam que a “Profecia de São Malaquias” foi forjada justamente nesse ano de 1590, quando o falsificador já conhecia parte da his­tória dos Papas que ele havia de caracterizar, ficando-lhe desconhecida a outra parte (a do futuro).

“Diante destas observações da crítica abalizada, vê-se que vão seria evocar a “Profecia” de São Malaquias, seja para ilustrar a história do Papado, seja para prever o decurso dos futuros tempos ou mesmo a época da segunda vinda de Cristo”.

O bom católico deve acreditar piamente nas razões pelas quais disse o Papa que renunciou, sem se deixar levar por fantasias, elucubrações, medos, e outras interpretações. Isso assusta as pessoas e não é bom. Confiemos plenamente no Papa. Ouçamos apenas o que ele e a Igreja nos dizem, nada mais. A Igreja pertence a Cristo (“a Minha Igreja”), e as forças do inferno jamais a vencerão.

Prof. Felipe Aquino

Fonte: http://cleofas.com.br/bento-xvi-e-as-profecias-de-sao-malaquias/


Gil Rocha

Gil Rocha
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 441
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedro, O Romano, Chegou!!!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:28 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum