.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
81 usuários online :: 4 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 77 Visitantes :: 2 Motores de busca

Arcolino Neto, Christiano, David de Oliveira, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Página 6 de 29 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 17 ... 29  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Karla Cristina em Dom 28 Ago 2011, 10:48 am

Besouro Suco escreveu:

Você deve viver na mesma realidade alternativa daquelas pessoas que dizem que no Brasil não há racismo. Engraçado é ler alguém que diz que as pessoas são manipuladas pela mídia (e de fato são) e repete exatamente o que a mídia diz: “Brasil é um país que convive bem com as diferenças!”.
As tabelas que você postou não são sequer oficiais. Não possuem fonte alguma (eu procurei). Que razão teríamos para levá-las em consideração? Elas sequer estão completas! (como está dito no próprio blog)



Ué, o que racismo tem a ver com homossexualismo? Me explique por favor. Um é questão de pele, outro é questão de comportamento sexual. O segundo muda na hora que quiserem e tráz consequencias sociais.

O Brasil convive bem com as diferenças, não copiei da mídia, só estou afirmando os fatos, se a frase encaixa com o que a mídia fala, apenas uma coincidência. Não é uma frase dificil, complexa, chega até ser banal, então desnecessário vc dizer que estou copiando da mídia.

A tabela que postei são muuuuito mais confiáveis do que informações falsas que a Globo promove através dos novelistas homo, Ana Maria Braga e por aí vai. E muuuuito mais confiáveis do que o pessoal da GLT promove. SE vc acredita na rede bobo e o que a mídia promove, porque não acreditaria na minha tabela? De onde vc escutou que existe no país "ódio aos homos"? Me mostre informações seguras, até isso acontecer, a minha estatística postada é a mais confiavel do que o boca a boca de homos que gostam de se fazerem de vitimas perante a sociedade.

As tabelinhas estão cortadas por causa do forum, é só vc copiar o endereço e postar na net. oh my




Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Fish em Dom 28 Ago 2011, 2:03 pm

Articulador escreveu:

sabe do mesmo jeito que 'sabia' antes quando era ateu no Pic, e depois 'sabia' que não era mais ateu há meses atrás...uma pessoa que tem 30 anos de cristianismo, já passou por problemas (e soluções) de todo tipo e grandeza, e não descreu, esta pode saber o que é fé verdadeira, mas quem fica vagando como as ondas do mar, posar de 'convicto' agora não pega. O que você precisaria ter comentado é o exemplo de Jó, porque tua 'motivação' para descrer de Deus tá longe de poder ser chamado de motivo perante os exemplos da bíblia, que estão lá justamente para mostrar que não devemos ser melindrosos com pequenezas da vida, e não sair apontando Deus por confusões mentais nossas mesmo.


Ahan, ah tah, como se fosse fato que todos os personagens da Bíblia existiram como tal. Eu posso pegar qualquer livro de Mitologia e aplicar o mesmo princípio, tentar conciliar o que eu passei com o que tá, só por isso significa que tudo que tah lah eh real? Não. Só por isso significa que comigo vai ser da mesma forma? Não. Mas para quem soh fica falando da vida dos outros, tudo eh mais fácil.

Articulador escreveu:
Me poupe do declieve escorregadio, ninguém falou isto, o tempo inteiro falei de HIERARQUIA apenas. Se você não é feminista, não precisa do factóide para deturpar o debate. Agora que Deus e a sua doutrina tem a ver com a rebeldia de alguns ? de novo isto ? Se Deus é culpado por desrespeito de alguns, '''seria''' culpado por você mesmo agora estar indo contra seus princípios!! (no way), que mania de tentar culpar Deus por tudo, use a cabeça que Deus lhe deu.


O legal disso, eh que vc diz uma coisa, mas ao mesmo tempo não quer aceitar as possíveis consequências, fica numa espécie de meio termo utópico e fino como fio de navalha.

Articulador escreveu:
você crê no que quiser, isto não posso te restringir, mas uma pessoa RACIONAL lendo Paulo vai perceber somente lucidez, capacidade, aptidão, filosofia de primeira linha, isto até SECULARES reconhecem, é por isto que não pipocam por aí tratados psiquiátricos para enxovalhar Paulo, o que coloca é VOCÊ descrido perante a EVIDÊNCIA da sanidade mental de Paulo. Aliás, você novamente se porta com vaidade, querendo alegar coisas sobre um Paulo que você JÁ ADMITIU que não leu, pouca coisa é mais ridícula do que alguém criticar o que não conhece e não leu.


Entaum quer dizer que ele não caiu do cavalo e acreditou ter visto Jesus? Se tiver mentindo, me prove, do contrário, ficar refutando todo argumento meu com a desculpa que "não li" eh mais arrogante e prepotência que a minha, a menos eh claro que eu esteja dizendo algo errado.

Forte stress como o que Paulo provavelmente passou ao perseguir tantos irmãos judeus convictos de suas crenças pode desencadear problemas psicológicos sérios, entre eles a esquizofrenia, sem que isso afeta muito suas capacidades cognitivas, uma coisa não tem nada haver com a outra. Por exemplo, John Nash, famoso matemático ganhou o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel em 1994, e sofria com esquizofrenia. Olhe para isso e me diga se não te lembra alguém que de fariseu virou cristão convicto:

"Esquizofrenia é uma doença em que a pessoa sofre de uma alteração ou desvio de personalidade ou seja a sua personalidade está alterada.
Isto é um problema psicológico que apenas a medicação tem ajudado. No entanto há que compreender melhor o problema para assim se poder encontrar mais e melhores soluções.
A esquizofrenia é caracterizada por uma dissociação das funções psíquicas e pela perda de contacto com o mundo exterior ela afecta não só a pessoa mas também toda a sua família e todas as pessoas à sua volta.
Um dos seus primeiros sintomas é a diminuição da afectividade, quando não a sua total supressão ou ausência, existindo um desligamento do mundo por parte do doente, que se volta sobre si mesmo (semelhante em parte ao autismo).
As funções intelectuais são igualmente perturbadas o que acarreta rapidamente a alienação de tudo o que se passa à sua volta.
Muitas destas pessoas passaram por períodos de depressão, stress ou conflitos antes de entrarem nesta situação o que leva a concluir que estes problemas desencadearam ou agravaram a esquizofrenia.
A tensão e o stress nos quais a pessoa esteve envolvida foram assim desencadeantes da situação o que leva a crer que todas as técnicas que aliviem a pessoa das tensões e stress nas quais ela esteve envolvida são bem vindas."


http://www.jcsantiago.info/esquizofrenia.html

Articulador escreveu:
A DIFERENÇA ÓBIVA é que eles não apostataram da fé, como você diz que estar fazendo, e usando o TRUQUE (talvez para auto-engano) de que a bíblia não seja assim ou assado, quando você NEM a conhece. Coisa bem diferente é ser um neófito da bíblia, mas ter HUMILDADE enquanto a aprender, e outra é a pessoa não conhecer nem um terço dela, e dizer coisas como 'descreio em Paulo, ele era um surtado', ou ainda me vir com conversa non-sense sobre 'perpetuidade da lei mosaíca', quando 2,5 bilhões de pessoas não tiveram dificuldade de interpretar diferente (além de milhões de apologistas ao longo de 2000 anos), ou você para justificar teu recém-ateismo vai mesmo dizer que todos são burros durante 2000 anos, e você o 'esperto' novidadeiro rebelde, mesmo não lendo o que criticou ? Não Fish, é ESSÊNCIAL conhecer MUITO E A FUNDO o que se critica, e até é má-fé a postura contrária, revolta não é boa conselheira.


HAHA! Vai dizer o que agora Articulador? Que esses 2.5 bilhões de pessoas leram a Bíblia toda também? Que peada, vc estah apenas sapateando, eu não preciso ler a Bíblia toda pra decidir se acredito nela ou não, ainda mais quando jah conheço as estórias que jah me foram contadas dela aos montes.

Articulador escreveu:
na tua interpretação cheia de vontade crítica 'seria', mas como Deus nunca prometeu revelar todos os segredos do universo, PELO CONTRÁRIO (mais esta que você não leu : "a glória do homem é revelar as coisas, a de Deus encobrir"), então não há falha moral de nenhum tipo em Deus, procure as falhas em você, que teu '''ateismo''', passa rapidinho, o problema é que procuramos demais 'falhas' em Deus, e de menos em nós mesmos, e exatemente isto que combustiva o ateismo.


Eu não procuro falhas em Deus, pois ele não existe, pelo contrário, justamente procurei em mim, e sei que a religião eh o que prejudica a minha mente e a minha vida, mas eh claro que para o Sr. Articulador Sabe-Tudo isso não deve parecer possível. Azar.

Se Deus tivesse dito que a Lei Mosaica seria temporária logo de cara, hoje vc engradeceria ele, mas como não disse vc simplesmente apela para a lógica: "Deus não deve satisfação aos humanos", que não eh nem um pouco óbvia diga-se de passagem.

Articulador escreveu:
Me enfandando com as queixinhas imaturas alugadas do ateismo, este 'nhenhé' de que 'religião é controle social, ópio do povo', é coisa repetícia de descabeçado - já que quando foi para dominar o povo, o Stalinismo e o ateismo imediatamente forçaram a ateização das massas.


Ah sim, ateh parece que sô comunista ou ateu-militante, ateh parece, apenas não acredito no Deus da Bíblia, assim como não tenhu motivos aparentes para acreditar em outro...sabe porque tanto o ateísmo quanto as religiões se comportam da msm forma? Por que são a mesma coisa! Teorias humanas usadas guiar outros homens(a força ou não) e tentar explicar o Universo e tudo a nossa volta, nada de diferente, não existe Deus achando algo melhor ou pior, ateh pq se fosse, o próprio Cristianismo teria jah mostrado isso, coisa que não conseguiu em 2.000 anos de crença.

Articulador escreveu:Segundo, você copiando o desmiolamento dos ateus vem na mesma falácia de 'religião é isto ou aquilo', eu defendo cristianismo, não me responsabilizo por outras crenças que tem sintomas e dogmas até opostos. Depois, é de uma tolice óbvia alguém dizer que evangélicos são pobres porque 'é pregada a valorização da pobreza', basta ver que hoje o MAIOR problema no mundo evangélico é a Teologia da Prosperidadenão só teu engano é grande, como tua falta de conhecimento bíblico novamente se impões, já que Deus jamais exigiu voto de pobreza, e sim desprendimento de ambição (coisas diferentes, basta ver que muitos servos de Deus foram prósperos). Por fim, os EUA é uma nação rica (em decadência), e 19 dos 20 melhores IDHs do PLANETA são de países ... CRISTÃOS - dados 2006 (hoje nominais, mas adquiriram esta qualidade quanto intensamente cristãos), te refutando completametne na ladainha sem conhecimento.
Fish,se quer gerar críticas tolamente aleatórias, pelo menos tome postura de conhecer sobre a temática, e ter evidências histórias e sociais, não me faça perder tempo com bobagems (e sobre o tema, pesquise ainda sobre MAX WEBER, por sinal sociólogo secular que me confirma)


Epa, eu estou falando do Brasil, não vivo nos EUA, por isso não sei direito como eh o ambiente lah e o que os motivou a serem assim ou assado, por sinal lah nem tem espíritas, eu tô falando do Brasil, pare de devanear.

Articulador escreveu:
diz, implicitamente mas claramente quando recrimina a bíblia por não dizer (ou dizer) isto ou aquilo, ou Paulo, ou a doutrina cristã, e tudo baseado nos teus PRECONCEBIMENTOS, não em conhecimento que deveria ter (ou ter paciência para ter, antes de alegar). O exemplo vai mais acima, quando você cria uma tese estapafúrdia de 'pobres porque valorizam a pobreza', e ainda nos trás a 'pérola proto-marxista' de que os 'puuuuderosos querem controlar as massas religiosas pela pobreza' quando todas as evidências, doutrina, sociologia e história advogam contra você, em relação ao cristianismo.


A sociologia advoga contra mim? Que delírio...não importa o que eu diga, vc simplesmente não vai largar o osso, e msm que eu tenha lido as passagens da Bíblia que critico, vc simplesmente vai virar com teus olhos vendados a dizer que antes tenho que ler tudo para criticar as partes, sempre que não tiver argumentos, vc vai usar isso.

Articulador escreveu:

Evidente, já que teu desconhecimento é notório, e além disto CONFESSADO. Se você soubesse a bíblia de maneira MEDIANA, conheceria isto aqui : "Como crerão se não há quem pregue ?", e aqui "A fé vem pela leitura, e a leitura da palavra de Deus" , aí está o que aleguei, que a falta de conhecimento da bíblia fraqueza a fé, e que o Espírito de Deus trabalha por esta mesma leitura. O que não é 'novo' debaixo do sol é você estar fazendo como este vaticínio aqui : (Hebreus 12:15) - Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem. (tá vendo, se lesse Paulo, já tinha sido ajudado e alertado).


Ah claro, porque com certeza eu nunca li essas passagens ou outras pela net, nas pregações da Igreja ou nenhum outro veiculo de comunicação, ah claro, estou surpreso.

Articulador escreveu:
então não há o que reclamar, já que eu e você vamos por partes, e nesta parte valia o que escrevi acima.


Não reclamei, foi apenas uma curiosidade msm.

Articulador escreveu:
Não fabrique deturpações de minhas alegaçães.
Eu nunca disse que Deus 'não precise usar formas', e sim que não é SEU OBJETIVO MORAL PERFEITO, não me distorça. Muito ao contrário, disse que Deus PRECISOU de formas (regramentos) PROVISÓRIAS para conter o povo judaíco (Isaias 28, lembre-se!).


Isaias também disse que a Torah era imutável(Isaias 8, lembre-se!), ele diz os dois, em taum cada um pode puxar a sardinha pro lado que bem entender, essa eh aparente raíz das infindáveis interpretações bíblicas.

Articulador escreveu:quanto ao resto - me obriga a debater com tua IGNORÂNCIA bíblica a cada linha


Viu soh? Cada vez agora vc vai usar a desculpa de eu não ter lido a Bíblia toda como desculpa, e msm que eu tivesse lido, vc diria qualquer outra coisa, como de eu não ter entendido, não ter lido com o "coração aberto", ou qualquer outra nosense.

Articulador escreveu:você é quem está criando o espantalho de que um Cristão tem que ser 'mais humilde que todos', o sistema salvídico (que você mostra desconhecer) não é por meritocracia, é pelo PERDÃO GRATUITO, o que um Cristão tem que fazer é estar em uma linha ASCENDENTE de melhoria (não necessariamente ser 'the best of the best'), Deus não está colocando-nos em uma corrida de cavalos, está querendo saber quem está se esforçando para se arrepender e melhorar. Segundo lugar não há arrogância alguma em identificar que um budista que diz 'podemos nos auto-salvar, nos auto-iluminar, e não dependemos de ninguém', está ULULANTEMENTE sendo egocêntrico (consulte o sentido no léxico mais próximo e confira), já que não só está se colocando como centro do universo, como DESVALIDANDO as muitas evidências de que é mera criatura, que não comanda forças 'karmicas', pois se o homem estivesse no caminho da 'iluminação', o mundo não estaria cheio de pedofilia, arrogância, vaidade, lascívia, guerras, hipocrisias, etc etc etc, óbvio.


Assim como eh arrogância os crentes acharam que detêm o monopólio do entendimento divino, então tah mais arrogante por arrogante, não há a menor diferença, embora eu realmente creia que dizer que todo sistema alheio ao cristianismo eh arrogante ou idólatra eh um baita de um Umbigocentrismo, ainda que usando a Bíblia para validá-lo. Ao contrário do budismo que tu tah criticando, o trunfo do cristianismo sempre foi saber que seria impraticável de se seguir e de impor ao mundo, por isso a idéia de Diabo e de uma conspiração contra os cristãos cai como uma luva em qualquer contexto temporal e social, sempre que as coisas parecem desfavoráveis ao cristianismo por opressões sociais externas ele ressurge pelo medo que os crentes tem de ser "as últimas horas" e Jesus estar as portas.

Articulador escreveu:Então Fish, não se preocupe com a HUMILDADE de um Cristão (verdadeiro), porque começamos admitindo que somos SUJOS E PECADORES , o egocêntrico é o que acha-se 'iluminado e virando buda', e dai criam 'deuses' à sua imagem e semelhança, pois o termo HUMILDADE denota justamente o considerar-se MENOS , e não MAIS (como os ateus, seculares e similares se fazem, arrogantemente dizendo não depender de Deus).


Ah claro, vcs saum muito mais humildes e melhores que os budistas soh por terem que admtir que são imperfeitos frente a moral utópica do Deus da Bíblia, ah claro, ah claro.

Articulador escreveu:
vou passar por cima de qualquer '''sofrimento''' porque o motivo que você deu NÃO é sofrimento, é DESCULPA PÍFIA! Enquanto você critica por pessoas estarem passando fome na Africa (isto sim, sofrimento), você faz sambinha com tua própria falta de sabedoria, VOCÊ ter sido culpado por inflacionar o papel do diabo em tua vida, por ser DESCRENTE de que Deus lhe protegeria. Pediu a Jesus ? Com esta 'fé' já pré-programa para chamar Jesus de 'popstar nas nuvens' ? Deus não é bobo camarada, ele primeiro exige respeito, minimamente fé, depois você que peça. E Jesus não é botão 'liga-desliga', Ele precisa ver um espírito aprumado, além do 'esquecido' não considerar que alguns sofrimentos É MESMO para você passar para APRENDER, porque como você informa, NÃO FOSSE ISTO, até hoje você seria um tolo supersticioso, pena que decidiu usar como desculpa o ensino de vida, para se ateizar, ao invés de se aprimorar.


Articulador, vc tem sorte de Deus não existir, pq tenho certeza que se ele existisse vc taria encrencado por essas palavras, por algo que vc NÃO TEM A MÍNIMA IDÉIA, eh muito fácil falar da vida dos outros sem conhece-los, vc não tem o "direito divino" de decidir por vc msm o que eh ou não eh sofrimento para os outros, "supersticioso" eu fui em acreditar eh na Bíblia, e essas palavras ridículas parecem ser de alguém que finge vestir o manto de humildade do cristianismo, mas que soh faz criticar a posição e a vida dos outros conforme seu próprio umbigo, soh me deixa ainda mais na certeza das minhas ações. Não pense que vc sabe tudo sobre mim por eu ter te mostrado uma visão parcial e incompleta do quadro da minha vida, que aliás não tenho a menor intenção de detalhar mais(pela minha privacidade e pelas loucuras que to ouvindo de vc), que além disso jah deve ter sido pré-julgada parcialmente por vc. Vc não sabe de nada da minha vida Articulador, para de posar de sabe tudo dos outros usando a Bíblia como desculpa pras suas deturpações da realidade.

Articulador escreveu:É mesmo ridículo teu 'motivo', pessoas andam de joelhos milhas sangrando para pagar promessas (errados), um belo dia descobrem que por falta de SABEDORIA estiveram SOFRENDO à toa, que Deus nunca exigiu isto, outros até se pregam em cruzes de verdade, um dia entendem que por FALTA DE SABEDORIA estavam errados, mas não saem por ai malhando Deus, porque é nítido que você gosta de se fazer de vítima, quando deveria é estar recriminado a tí mesmo, por ter criado um factóide na tua cabeça (que não teria criado, se conhecesse mais a bíblia, antes de partir para a crítica). Aliás Fish, me diga, quantas vezes foi à igreja ? vou adivinhar, você é do tipo 'crente-forum, Jesus está em todo lugar', então não precisa mais cumprir o que os crentes da igreja primitiva faziam (congregar), aí fica fraco na fé, culpa Deus, sai atirando, TÍPICO!


Errado de novo(soh pra variar), estava frequentando o discipulado da Igreja Batista da minha cidade e indo aos cultos semanalmente. Mais uma prova pra mim Articulador que tuas palavras e um buraco na parece são a msm coisa, não fazem a menor diferença. Vc posa de sabe tudo e fica fazendo pré-julgamentos das pessoas pondo a Bíblia como tua justificadora e teu direito. Soh lamento por vc, mas eh claro, uma pessoa como vc, que acha que estah certo acima de tudo, jamais adimitiria essa possibilidade.

Articulador escreveu:
Ué, eu acredito em algo ruim sobrenatural ao meu redor HÁ 30 ANOS, e no entanto vivo BEM ÀS MARAVILHAS, sorrio, brinco, passeio, louvo, durmo (em paz), que culpa tem Deus se você quis bancar o disturbado?! Que culpa tem Deus, se ele PROMETEU proteger os seus, e você não teve FÉ disto??! Filho, eu sou um homem que Deus já salvou de afogamento SOBRENATURALMENTE, que já capotei um carro 07 vezes seguidas sem um único arranhão, de queda de cachoeria em pedras, e porque um noemado cristão se permite ter medo, Deus é culpado ? Deveria ter dormido em paz, CONFIADO , mas como vai confiar se ao menor sinal de contrariedade você culpa Deus ? É VOCÊ QUE AMOU O DIABO e DEIXOU ELE SER UNHA E CARNE CONTIGO, meu Deus me prometeu paz e serenidade.


Mais uma vez, vc acha que sabe tudo da vida alheia, vc não sabe ateh onde tinha ido no ocultismo e o quanto tinha me impressionado, o que o cristianismo não me ajudou de nenhuma forma, soh piorou. Poderia ter capotado 70x7 e saido ileso que para mim continuaria não fazendo a menor diferença, milhares de pessoas de outras religiões, ou sem religiões, passam por coisas piores e sobrevivem tbm, eu tbm jah quase morri 2x(grande coisa), a diferença eh que uns atribuem seu salvamento a Krishna, outros a Buda, a Jesus no caso dos crentes, Alah, El Shadai, ou outros deuses, enquanto outros encaram como o que podem ser, acontecimentos fortuitos. É algo um pouco complicado pra mente humana, que ama enxergar padrões e propósitos em tudo, mas eh o que a Natureza aponta.

Articulador escreveu:E tá teatralizando, dramatizando, gerando DESCULPAS para teu próprio erro, temos este debate longo simplesmente porque você INFLACIONOU a operação de Satanás em tua vida, por falta de conhecimento e fé (que Deus o tempo inteiro ensina a buscar, e a pessoa além de não buscar, sai depois recriminando quem ensinou que era necessário), não estou em foruns para ficar bajulando, o que sei de tuda vida saiu de tua própria boca, e até o momento é um motivo ridículo, se você sofreu ou não sofreu, a única posição sensata agora era dizer 'CULPA MINHA , não entendi, não lí, não busquei, não soube que não era assim, me deixei levar'. O que ateiza a humanidade jamais será 'racionalismo', este papo furado dos ateus é para encobrir a falta de ACEITAÇÃO de que os teus erros, são TEUS!

Não só PITI, mas pura palha que você gostaria de ser uma geladeria pré-programada, ao invés de um ser-humano QUEIXOSO como você tanto faz questão de mostrar, o tal 'risco' só existe quando você opta por ele, e para optar tem que crer nele, logo você nao foi sincero. Não se preocupe com minha vida Cristã, porque tenho 30 anos de experiência, PROBLEMAS MAIÚSCULOS que não me fizeram duvidar de Deus, e sempre fui recompensado depois, não tenta 'colar' a tua inconstância nos outros, a lição a ser aprendida é está :

(Mateus 13, 3-9) E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda; Mas, vindo o sol, queimou-se, e secou-se, porque não tinha raiz. E outra caiu entre espinhos, e os espinhos cresceram e sufocaram-na. E outra caiu em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta e outro a trinta. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

falta de aviso, nunca será, Jesus sempre deu todos os alertas suficientes e mais que suficientes, agora deve ser outra passagem que você não leu também, ? Lembre-se, ao primeiro sinal de problema VOCÊ escolheu ser a terra superficial, sem profundidade e que não aceitava insolação nenhuma, problema algum


Parabéns, Articulador, sua pré-potência em achar que tem autoridade pra julgar a vida dos outros conseguiu me fazer perder o gosto de continuar essa discussão. É verdade que não esperava que vc me entendesse, mas tbm não esperava ler tanta besteira.

Jan Mozol escreveu:
Nunca disse que eu era ateu, soh pra começar.
nunca pensei que iria deixar de acreditar em Deus dessa forma

Bem,esta é apenas uma pequena parcela da perturbação mental,senão falta de hombridade que enfrentamos.

Num dos posts eu parecia enxergar perfeitamente o tipo, falando em juventude 'mole'.
E é isso mesmo.Percebo que muito é falta de querer saber,e tentar resolver os problemas pessoais num passe de 'magica'.
A pessoa ,por talvez uma associação familiar, um pouco de culpa e muito medo,geralmente causado por um desvio comportamental dos pais,começa a questionar o oculto.Alguns recebem dos pais carinho,conforto e outros recebem e percebem a dubiedade.
caem na mão de mistificadores,tanto evangélicos como de espiritismo,na forma de candomblé,umbanda,ou piores.
Depois,ao invés de usarem sua massa cinzenta,querem de novo alívio imediato.
Ao invés de estudar,debater,pesquisar,vão aos 'senhores do bate-pé e ula-ula',aí basta usar o óleo de israel,ou o sal do mar morto que tudo está resolvido.
Por não terem a base,a coisa piora de vez,porque procuram a sua própria razão,no conhecimento de outros que não as podem dar.
Por fim,correm de si mesmo, da palhaçada espiritual que se meteram,da falta de capacidade de ver que o problema não era Deus,mas a própria ignorância e misticismo, o próprio medo.
Neste ponto vem a negação pacífica. Para manter a própria sanidade ,rejeitam tudo.
Depois vem a negação combativa,que coincide com a integração com outros tontos,neste ponto querem ,vejam que coisa,estudar a bíblia para poder destruir a fé de outros,ou ridicularizar quem tem esta fé.
Putz,fico aqui como o garotinho da formiguinha-Que dó,que dó.
Aí chega o último estágio, os cristãos são a favor??sou contra!
O camarada começa a 'flexibilizar' para usar uma palavra suave, a sua sexualidade,começa a experimentar drogas,começa a praticar pequenas contravenções e assim vai.
O grande problema é que isto nunca vai mudar aquela essência 'burra',veja,não falo de estudo,pois conheço doutores,pós-graduandos,e até (pasmem) promotores,que ainda não conseguiram ficar de bem consigo mesmo,aquela pessoinha assustada ainda luta para ser notada,amada.
O grito, apesar de vir numa forma pré concebida de 'reizão',malucão,ainda é ouvido.
Um outro ateu que vinha muito aqui,um certo Lord,é psicologo,e também gritava por atenção e socorro.
Tem jeito não,lá no fundinho (ops-sem segundas intenções) o menininho com medo de exú,tá gritando.


Parei de ler na segunda linha, não tenho a menor intenção de virar assunto do tópico.

Pra mim eh Fim.


Fish
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 470
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Besouro Suco em Dom 28 Ago 2011, 2:24 pm

Silvamelo
"Bem, você vinha defendendo ferrenhamente o homosexualismo, (...)"
Eu não defendo o "homossexualismo", mas o direito do outro de ter sua opção sexual.

"(...)inclusive usando de muita desonestidade intelectual bem própria dos homos."
Se houve desonestidade intelectual, não seria bom você apontá-la, como tanto insiste que eu faça em relação aos seus posts? Aliás, se minhas críticas a especificamente as atitudes da igreja sobre os homossexuais parecem, ao seu ver, uma demonstração de ódio contra o cristianismo (ledo engano), seus conceitos em relação aos homossexuais também podem demonstrar a mesma coisa.

"Nada mais presumível do que a pressuposição por esta opção da sua parte, e não mesquinhez da minha."
Com certeza é mesquinhez, já que a defesa de um ponto de vista não implica na prática pessoal de tal.

"Mas como você agora se declara hétero, engrandece mais ainda a minha tese sobre o teu ódio contra a nossa fé, já que abraça de forma bastante desonesta uma bandeira que nem é sua, como meio para a crítica desleal..."
Isso é um debate, e estou defendendo um ponto de vista. Não é uma ataque à fé, mas a atitude específica! Desleal é a sua covarde tentativa de inibir meus argumentos através de acusações infundadas.

"Pois você deveria fazer isso, que ficaria mais bonito para você do que um "olha o avião" a cada post..."
Não sei se você reparou, mas a cada resposta aos seus posts eu cito uma falácia no mesmo. Você é que insiste em ignorá-las e repeti-las. Preciso ficar dizendo "isso é uma falácia" a todo instante? Apontar as falhas não é o suficiente?

"Olha o ódio aí, ó! É só isso que você tem? Quanso se acaba os argumentos, parte-se para ataques pessoais? Nada de novo no reino da Dinamarca..."
Realmente, nada de novo. Mas não tem a ver com esse "ódio" que você insiste em querer que eu tenha (deixe de coitadismo), mas sim com a sua frase sobre "o quanto é valioso para você as críticas dos não-cristãos". Não é ad-hominen, apenas uma constatação do que você mesmo disse.

"Da parte dos ateus, né? Inclusive com a velha dose de desonestidade intelectual, na tentativa de prevalecer conceitos logicamente falhos..."
Aqui você não disse nada. Só aproveitou o espaço para mais alguns ataques pessoais. Então não há muito o que comentar.


Karla Cristina
"Ué, o que racismo tem a ver com homossexualismo? Me explique por favor. Um é questão de pele, outro é questão de comportamento sexual. O segundo muda na hora que quiserem e tráz consequencias sociais."
A relação entre racismo e homofobia, referente à ideia proposta no seu post, é que algumas pessoas acham que não existe racismo no Brasil, iludidos justamente pela ideia (transmitida pelo governo através da mídia no geral) de que o brasileiro convive bem com as diferenças, e isso não condiz com a realidade.
Agora, sobre essa estória de "mudarem na hora que quiserem", sinto lhe informar que a questão vai além disso. Se fosse assim, não haveriam homossexuais. Sobre as consequências sociais, gostaria que você citasse-as.

"A tabela que postei são muuuuito mais confiáveis do que informações falsas que a Globo promove através dos novelistas homo, Ana Maria Braga e por aí vai. E muuuuito mais confiáveis do que o pessoal da GLT promove. SE vc acredita na rede bobo e o que a mídia promove, porque não acreditaria na minha tabela?"
A tabela que você postou é tão ou mais digna de desconfiança quanto as pesquisas divulgadas pelos LGBTs. Admiro a Rede Globo tanto quanto admiro a Revista Veja e a Rede Record, ou seja, desprezo. Não tiro minhas conclusões baseado nas baboseiras da mídia sensacionalista. Prefiro ler alguns bons jornais, comparar as informações com as mesmas notícias divulgadas em sites como Terra ou UOL e, quando possível, ler sobre um estudo ou outro (independente do tema em questão).

"De onde vc escutou que existe no país "ódio aos homos"? Me mostre informações seguras, até isso acontecer, a minha estatística postada é a mais confiavel do que o boca a boca de homos que gostam de se fazerem de vitimas perante a sociedade."
Há vários estudos a respeito da homofobia. Uma fonte bastante confiável é o Scielo (acredito que ninguém discorde disso).
Um dos estudos realizados e divulgados pela Scielo é o seguinte: ADAPTAÇÃO DA ESCALA DE HOMOFOBIA IMPLÍCITA E EXPLÍCITA AO CONTEXTO BRASILEIRO, que pode ser lido acessando o link: http://www.scielo.br/pdf/paideia/v14n29/12.pdf
É um estudo sério, controlado; portanto, digno de nota.

"As tabelinhas estão cortadas por causa do forum, é só vc copiar o endereço e postar na net."
Quando eu disse que as tabelas estão incompletas foi justamente porque acessei o blog em questão, e está escrito lá que a tabela de 2010 está incompleta, bem como a de 2011 (que é mais evidente).



Basta dizer três vezes "Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!", e aparecerei virtualmente!

Besouro Suco
Safira
Safira

Número de Mensagens : 132
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por silvamelo em Seg 29 Ago 2011, 2:52 am

Se houve desonestidade intelectual, não seria bom você apontá-la, como tanto insiste que eu faça em relação aos seus posts?
Está toda ela devidamente registrada nos posts passados. Talvez funcione com os desmemoriados, mas comigo não! Você está floodando!

Aliás, se minhas críticas a especificamente as atitudes da igreja sobre os homossexuais parecem, ao seu ver, uma demonstração de ódio contra o cristianismo (ledo engano), seus conceitos em relação aos homossexuais também podem demonstrar a mesma coisa.
Essas acusações já foram pontualmente refutadas neste tópico. Sua insistência é flood! Avisado. Daqui para frente serás editado.

Com certeza é mesquinhez, já que a defesa de um ponto de vista não implica na prática pessoal de tal.
E eu já respondi com os devidos esclarecimentos; tá lá no post anterior. Quer dizer que você agora acha que vai ficar floodando?

Isso é um debate, e estou defendendo um ponto de vista. Não é uma ataque à fé, mas a atitude específica! Desleal é a sua covarde tentativa de inibir meus argumentos através de acusações infundadas.
E eu estou te avisando antes que vou te editar, PROVANDO que não tem covardia da minha parte (e nem precisava, porque você já passou dos limites), mas estou lhe dando a chance de melhorar seus argumentos neste debate.

Não sei se você reparou, mas a cada resposta aos seus posts eu cito uma falácia no mesmo. Você é que insiste em ignorá-las e repeti-las. Preciso ficar dizendo "isso é uma falácia" a todo instante? Apontar as falhas não é o suficiente?
Não vi você apontar nada. Só vi você desviar diametralmente o cerne do debate com um "olha o avião" atrás do outro. Tanto é verdade, que tive de dedicar esta réplica INTEIRA somente para retrucar suas acusações falaciosas. Se não quer debater, então se cale. Porque não vou mais permitir que você desvie o tema com acusações torpes, ad hominens, verborragia e floods.

Realmente, nada de novo. Mas não tem a ver com esse "ódio" que você insiste em querer que eu tenha (deixe de coitadismo), mas sim com a sua frase sobre "o quanto é valioso para você as críticas dos não-cristãos". Não é ad-hominen, apenas uma constatação do que você mesmo disse.
Você mudou o nome de um ataque pessoal para "constatação", e isto não muda o sentido do que você disse, ou seja, mais verborragia...

Aqui você não disse nada. Só aproveitou o espaço para mais alguns ataques pessoais. Então não há muito o que comentar.
Não! Aquela foi a minha defesa ao seu último ataque, ó esquecido... Agora é fim da linha!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Karla Cristina em Seg 29 Ago 2011, 8:47 am

Besouro Suco escreveu:
A relação entre racismo e homofobia, referente à ideia proposta no seu post, é que algumas pessoas acham que não existe racismo no Brasil, iludidos justamente pela ideia (transmitida pelo governo através da mídia no geral) de que o brasileiro convive bem com as diferenças, e isso não condiz com a realidade.
Agora, sobre essa estória de "mudarem na hora que quiserem", sinto lhe informar que a questão vai além disso. Se fosse assim, não haveriam homossexuais. Sobre as consequências sociais, gostaria que você citasse-as.

Me prove com estatisticas que o Brasil não convive bem com as raças.

Consequencias sociais do homossexualismo: destruição de lares, infidelidade conjugal, péssimo exemplo pras crianças, tendência ao envolvimento com drogas, tendencia ao suicidio, a depressão, proliferação de DST's...

A família hetero é importante para a sociedade. Se você estivesse determinado a condenar uma população à pobreza e a muitas outras patologias sociais, como você faria isso e estenderia a futuras gerações? Basta apenas colocar o casamento à margem da sociedade.

Os solteiros e homos são menos saudáveis, menos ricos e menos estáveis em relacionamentos em comparação com os casados heteros. E, o que não é surpresa para ninguém, os maus efeitos dessa condição se estendem diretamente aos filhos de uniões sem casamento ou união homo, e até as gerações que virão.

Besouro Suco escreveu:A tabela que você postou é tão ou mais digna de desconfiança quanto as pesquisas divulgadas pelos LGBTs. Admiro a Rede Globo tanto quanto admiro a Revista Veja e a Rede Record, ou seja, desprezo. Não tiro minhas conclusões baseado nas baboseiras da mídia sensacionalista. Prefiro ler alguns bons jornais, comparar as informações com as mesmas notícias divulgadas em sites como Terra ou UOL e, quando possível, ler sobre um estudo ou outro (independente do tema em questão).


Ok, então concorda que não deveria "engolir" tudo que falam por aí, antes de fazer um estudo profundo sobre o caso.

Besouro Suco escreveu:Há vários estudos a respeito da homofobia. Uma fonte bastante confiável é o Scielo (acredito que ninguém discorde disso).
Um dos estudos realizados e divulgados pela Scielo é o seguinte: ADAPTAÇÃO DA ESCALA DE HOMOFOBIA IMPLÍCITA E EXPLÍCITA AO CONTEXTO BRASILEIRO, que pode ser lido acessando o link: http://www.scielo.br/pdf/paideia/v14n29/12.pdf
É um estudo sério, controlado; portanto, digno de nota.

Nossa sociedade é uma sociedade conservadora. Não é porque não vejo com bons olhos homossexualismo, que vou sair por aí batendo em homo, praticando violência. Te pedi provas que homossexuais são agredidos, vc me posta dados que as pessoas não aprovam homossexualismo, ninguém é obrigado a aprovar e sim a respeitar.


Besouro Suco escreveu:
Quando eu disse que as tabelas estão incompletas foi justamente porque acessei o blog em questão, e está escrito lá que a tabela de 2010 está incompleta, bem como a de 2011 (que é mais evidente).

O de 2011 está completo, se tivesse lido a materia saberia disso. O de 2010 não está completo porque o grupo gay está amarrando informações, como explicado no site.


Última edição por Karla Cristina em Ter 30 Ago 2011, 8:57 am, editado 1 vez(es)

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 11:48 am

Besouro Suco escreveu:
Há vários estudos a respeito da homofobia. Uma fonte bastante confiável é o Scielo (acredito que ninguém discorde disso).
Um dos estudos realizados e divulgados pela Scielo é o seguinte: ADAPTAÇÃO DA ESCALA DE HOMOFOBIA IMPLÍCITA E EXPLÍCITA AO CONTEXTO BRASILEIRO, que pode ser lido acessando o link: http://www.scielo.br/pdf/paideia/v14n29/12.pdf
É um estudo sério, controlado; portanto, digno de nota.

Em primeiro lugar a fonte da Karla tras uma verdade inegável, como ENGANARAM O POVÃO em relação a mortes de homossexuais e suas motivações, tanto porque na versão originalmente usada pelos gays, o número de mortes é ÍNFIMO perante a morte de heteros - em percentual ponderado (e isto em sí já desautoriza o proselitismo inverídico da 'necessidade de lei especial'), QUANTO porque é EVIDENTE para quem usa a cabeça, que se um caso de 'lampadada' na avenida Paulista fica nos noticiários por meses, é porque mortes POR HOMOFOBIA não são tão frequentes assim, e de fato, toda pesquisa seria que se faça chega a conclusão que eles morrem por fazem prostituição em áreas ermas, por acertos com o tráfico, são mortos por outros gays e clientes, etc etc.., no mais das vezes.

Segundo tua alegação e bajulação do estudo não procede.
SCIELO é um REPOSITÓRIO de trabalhos, isto não lhe dá crediblidade alguma em relação a cada tese e trabalho em particular, e é por isto que no próprio SCIELO há teses discordantes. Se um estudo é sério ou não, é a análise fria de sua metodologia e dados que deve dizer, não a mera adjetivação, é isto que reza a metodologia científica.

Assim o Apelo a autoridade deve ser evitado, valem os dados que cada um possas trazer, e os gays só tem embuste social, alegam que as mortes são por homofobia, mas não provam, o que equivale a falar vento. Por fim, reforço o que a karla, já disse, você tergiversou feiamente, teu estudo não tem serventia, não se discute subjetividades sobre 'o que é homofobia, se pode-se ser homofóbico sem ser agressor, etc', e sim os números precisos, se tiver os traga, caso não ....a verdade já foi exposta.





Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Besouro Suco em Seg 29 Ago 2011, 2:43 pm

Karla Cristina
“Me prove com estatisticas que o Brasil não convive bem com as raças.”

O racismo no Brasil é uma questão histórica. Atente bem para o seguinte: o racismo, bem como a homofobia, não implicam necessariamente em violência física.
A partir do momento em que atitudes explícitas de racismo foram consideradas um crime grave. Uma das provas de que o racismo ainda existe no Brasil é o resultado das pesquisas do IBGE: em 2000 38,4% da população se declarava negra, e 6.2% parda. Apesar dos números terem subido na pesquisa do IBGE 2010 – 43,1% negras e 7,6% pardas – parece óbvio que esses números não condizem com a realidade, já que 47,7% da população se declarou branca (e nas pesquisas do IBGE, mesmo que o entrevistado seja visivelmente negro, o que conta é como ele se declara.).
Isso mostra que ainda há um estereótipo muito forte em relação à cor da pele.
Os números do IBGE você pode conferir no site do IBGE. Em relação à questão histórica, é só fazer uma retrospectiva sobre a história do Brasil. A escravidão dos negros, por exemplo, acabou definitivamente há menos de 100 anos (porque não acabou com a Lei Áurea), ou seja, cerca de duas ou três gerações.
Reconhecer a existência do racismo é importante para podermos aboli-lo de vez da sociedade. Caso se interesse em estudos históricos sobre o tema, indico o seguinte:
http://www.emdiacomacidadania.com.br/documentos/Racismo.alexandreciconello.pdf
(Não recomendo leituras sem antes lê-las antes.)

“Consequencias sociais do homossexualismo: destruição de lares, infidelidade conjugal, péssimo exemplo pras crianças, tendência ao envolvimento com drogas, tendencia ao suicidio, a depressão, proliferação de DST's, abortos ou filhos indesejados e o esquecimento dos valores que deram base pra sociedade.”
Provavelmente você possui algum indicador ou estudo que embase essas afirmações, certo? Estou sinceramente curioso para saber como a relação homossexual pode gerar abortos ou filhos indesejados.

“Os solteiros e homos são menos saudáveis, menos ricos e menos estáveis em relacionamentos em comparação com os casados heteros.”
Vamos além das especulações. Fundamente isso com algum estudo ou pesquisa.

“Ok, então concorda que não deveria "engolir" tudo que falam por aí, antes de fazer um estudo profundo sobre o caso.”
Sim. Concordo plenamente.

“Nossa sociedade é uma sociedade conservadora. Não é porque não vejo com bons olhos homossexualismo, que vou sair por aí batendo em homo, praticando violência. Te pedi provas que homossexuais são agredidos, vc me posta dados que as pessoas não aprovam homossexualismo, ninguém é obrigado a aprovar e sim a respeitar.”
Novamente concordo com a sua afirmação de que “nossa sociedade é uma sociedade conservadora”. Mas em momento algum eu disse que a homofobia se resume à agressão física. Você me pediu provas da existência da homofobia, não da violência física contra homossexuais. Releia o trecho em que você faz a solicitação: “De onde vc escutou que existe no país "ódio aos homos"? Me mostre informações seguras, até isso acontecer, a minha estatística postada é a mais confiavel do que o boca a boca de homos que gostam de se fazerem de vitimas perante a sociedade.”
Como você sabe, não há, ainda, estudos estatísticos confiáveis a respeito da violência física sobre os homossexuais. Devemos nos ater então aos estudos e pesquisar científicas/acadêmicas, devido estas serem imparciais. Sites ligados a grupos determinados, sejam eles dos homossexuais ou cristãos, não são dignos de confiança, devido tentarem, cada um, “puxar a sardinha” para a sua brasa.
Assim como o racismo contra negros possui bases históricas, a homofobia também possui. Isso é muito bem descrito no seguinte estudo:
http://www.tuliovianna.org/index.php?option=com_docman&task=doc_details&gid=66&Itemid=72
(Vale a pena lê-lo)

“O de 2011 está completo, se tivesse lido a materia saberia disso. O de 2010 não está completo porque o grupo gay está amarrando informações, como explicado no site.”
Eu li a matéria. Considero o de 2011 incompleto devido ainda não estar “fechado”. Mas acredito também que um site/blog que se dispõe a criar suas próprias estatísticas para combater um possível equívoco nas estatísticas alheias não deveria esperar que o grupo oposto conclua suas pesquisas, para então este se usar desta, mas sim, buscar suas próprias fontes, ainda que sejam as mesmas utilizadas pelo grupo em questão.


Articulador
“Em primeiro lugar a fonte da Karla tras uma verdade inegável, como ENGANARAM O POVÃO em relação a mortes de homossexuais e suas motivações (...)”

Eu também acho que há um exagero por parte da mídia, pois não possuímos um jornalismo investigativo, mas sim sensacionalista. Mas o que é que torna a fonte citada pela Karla inegável?

“Segundo tua alegação e bajulação do estudo não procede.
SCIELO é um REPOSITÓRIO de trabalhos, isto não lhe dá crediblidade alguma em relação a cada tese e trabalho em particular, e é por isto que no próprio SCIELO há teses discordantes. Se um estudo é sério ou não, é a análise fria de sua metodologia e dados que deve dizer, não a mera adjetivação, é isto que reza a metodologia científica.”

Lembrando que não estamos falando da wikipedia aqui, hein. Mas realmente, o Scielo possui teses discordantes, o que não invalida um trabalho tão bem estruturado quanto o citado, não acha? Acredito que você sequer tenha lido o material em questão. Eu adjetivei porque li. Acho que tenho o direito de recomendá-lo e dizer o porquê através de elogios.

“Assim o Apelo a autoridade deve ser evitado, valem os dados que cada um possas trazer, e os gays só tem embuste social, alegam que as mortes são por homofobia, mas não provam, o que equivale a falar vento.”
Quer dizer então que se eu cito uma fonte e digo que ela é segura, isso é apelo à autoridade, mas quando você concorda com uma tabela sem fonte segura para acusar os homossexuais disso ou daquilo, então você não comete falácia alguma?
Se eu não puder citar artigos e pesquisas acadêmicas e científicas, e vocês puderem usar qualquer fonte, como é que poderei sustentar meus argumentos então? Isso me parece um tanto injusto.

"Por fim, reforço o que a karla, já disse, você tergiversou feiamente, teu estudo não tem serventia, não se discute subjetividades sobre 'o que é homofobia, se pode-se ser homofóbico sem ser agressor, etc', e sim os números precisos, se tiver os traga, caso não ....a verdade já foi exposta."
Como eu já disse, no quesito "números precisos" estamos todos na mesma situação. Não há números precisos, para nenhum dos lados, pois nunca houve uma pesquisa estatística séria e abrangente. Portanto quando você diz que "a verdade já foi exposta", vai justamente contra o que hipocritamente exige de mim. Por isso o debate; devido a atual falta de dados estatísticos concretos.


Basta dizer três vezes "Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!", e aparecerei virtualmente!

Besouro Suco
Safira
Safira

Número de Mensagens : 132
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 7:53 pm



só para avisar que este tópico responderei amanhã,

deixando esfriar um pouco, já que nosso amigo FISH decidiu ser um 'sofrido', e respeito isto, apenas que está em jogo um pouco mais do que querermos uma vida sem tropeços, sem dissabores, está em jogo a vida eterna, e para isto é perfeitamente esperado que um Cristão SOFRA ATÉ MAIS que uma pessoa do mundo, interessantemente temos menos disposição que muitos seculares, que dizem 'é próprio da vida', ou dizem aidna 'errei, levanto e dou a volta por cima'.

Uma cosita, chamada LIVRE-ARBÍTRIO, Deus não vive por nós, nós é que vivemos, com todo o pacote que a vida nos trás, desilusões, recalques, enganos, abandonos, mas a promessa de Deus é que seria nosso Auxiliador (novamente, diferente de viver por nós).


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 8:05 pm

Jan Mozol escreveu:
Nunca disse que eu era ateu, soh pra começar.
nunca pensei que iria deixar de acreditar em Deus dessa forma

Bem,esta é apenas uma pequena parcela da perturbação mental,senão falta de hombridade que enfrentamos.

Num dos posts eu parecia enxergar perfeitamente o tipo, falando em juventude 'mole'.
E é isso mesmo.Percebo que muito é falta de querer saber,e tentar resolver os problemas pessoais num passe de 'magica'.
A pessoa ,por talvez uma associação familiar, um pouco de culpa e muito medo,geralmente causado por um desvio comportamental dos pais,começa a questionar o oculto.Alguns recebem dos pais carinho,conforto e outros recebem e percebem a dubiedade.
caem na mão de mistificadores,tanto evangélicos como de espiritismo,na forma de candomblé,umbanda,ou piores.
Depois,ao invés de usarem sua massa cinzenta,querem de novo alívio imediato.
Ao invés de estudar,debater,pesquisar,vão aos 'senhores do bate-pé e ula-ula',aí basta usar o óleo de israel,ou o sal do mar morto que tudo está resolvido.
Por não terem a base,a coisa piora de vez,porque procuram a sua própria razão,no conhecimento de outros que não as podem dar.
Por fim,correm de si mesmo, da palhaçada espiritual que se meteram,da falta de capacidade de ver que o problema não era Deus,mas a própria ignorância e misticismo, o próprio medo.
Neste ponto vem a negação pacífica. Para manter a própria sanidade ,rejeitam tudo.
Depois vem a negação combativa,que coincide com a integração com outros tontos,neste ponto querem ,vejam que coisa,estudar a bíblia para poder destruir a fé de outros,ou ridicularizar quem tem esta fé.
Putz,fico aqui como o garotinho da formiguinha-Que dó,que dó.
Aí chega o último estágio, os cristãos são a favor??sou contra!
O camarada começa a 'flexibilizar' para usar uma palavra suave, a sua sexualidade,começa a experimentar drogas,começa a praticar pequenas contravenções e assim vai.
O grande problema é que isto nunca vai mudar aquela essência 'burra',veja,não falo de estudo,pois conheço doutores,pós-graduandos,e até (pasmem) promotores,que ainda não conseguiram ficar de bem consigo mesmo,aquela pessoinha assustada ainda luta para ser notada,amada.
O grito, apesar de vir numa forma pré concebida de 'reizão',malucão,ainda é ouvido.
Um outro ateu que vinha muito aqui,um certo Lord,é psicologo,e também gritava por atenção e socorro.
Tem jeito não,lá no fundinho (ops-sem segundas intenções) o menininho com medo de exú,tá gritando.


Mozol,
O Fish está certo em não querer virar o assunto,
mas sem pessoalizar, então é necessáro dizer que você pintou muito bem o via-de-regra para estas desilusões ateístas...

A resumir, que culpa tem Deus de nossas precipitações ?
Por exemplo, há levas de IURDIANOS esperando casas caras, carros de luxo, VÃO quebrar a cara, porque por falta de conhecimento 'esqueceram' que em primeiro lugar vem a palavra bíblica, não a do Mai$$cedo, mas Deus 'coitado' ... ficou o tempo inteiro TORCENDO para que a pessoa se desvencilhasse do engano, ao final , vendo que não aconteceria tão facilmente, considerou 'é melhor deixar meu filho com uma cicatriz que gere ensino para o futuro, do que livrá-lo milagrosamente, e ele vir a caiar nas lábias do próximo espertalhão, e outros ainda'.

Cristianismo é coisa séria,
muitos sofreram (muito, diga-se) pelo nome de Cristo, mas muitos escandalizaram também.
Sou dos 'pula pula', mas com bom-senso de quem está neste meio há 2 décadas, e já viu de tudo, Deus ainda é Deus, mas é Deus principalmente dos que sabem esperar e serem firmes contra as adversidades. Sair Atirando, isto é o mais simples, dar razão à Deus mesmo quando queremos que Deus não tenha razão (e assim nos auto-justificar), isto exige mais humildade de nossa parte, ou como diz a bíbila "seja todo homem mentiroso, e somente deus verdadeiro".

Se uma pessoa não tem isto por máxima de vida, ela dará razão a Deus uma, duas , três vezes, mas chegará a hora que Deus não irá quererm revelar tudo para a pessoa, nesta hora haverá a revolta, porque a pessoa foi mal-acostumada a achar que Deus lhe devia satisfações, esclarecimentos, vida sem traumas, etc...


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 8:24 pm

Besouro Suco escreveu:

Articulador
“Em primeiro lugar a fonte da Karla tras uma verdade inegável, como ENGANARAM O POVÃO em relação a mortes de homossexuais e suas motivações (...)”

Eu também acho que há um exagero por parte da mídia, pois não possuímos um jornalismo investigativo, mas sim sensacionalista. Mas o que é que torna a fonte citada pela Karla inegável?

O simples fato de não conseguirm provar o alegado, que seria ônus do 1o alegante (pró-gays).
Além da FORTE evidência que expús - cada caso de assassinato de homossexuais é um AUÉ, meses noticiado, logo é non-sense imaginar que acontecem dezenas destes por mês, ou será que os noticiários estão 'dormindo no ponto' ? Além do que, há a presunção de credibilidade, quem mente uma vez, mente duas, se seria 'enorme' a quantia de 200 homos assassinatos, e ficam quietinhos de que há dezenas de milhares de heteros assassinados no mesmo periodo, e mais quietinhos ainda para o ÓBVIO DO ULULANTE (e sabido por todos cidadão que já nasceu) - que muitas destas mortes é estarem em conduta de prostituição, com clientes, travestis, crimes passionais entre eles, etc - então o proselitismo já está sendo orientado a enganar, engabelar. Por fim, mas não menos importante, você mesmo admitiu que o Blog se lastreia nos dados dos gays, só erra quando tenta mostrar que isto seria um demérico, ao contrário, é prova de que eles não querem reinventar a roda, só dar a informação que já existe, mas sem viés engabelativo.


Vamos ser objetivos, ao invés de você ficar tentando 'sujar o poço' em relação á fonte da karla, me diga PORQUE os gays (e pró-gays) não apresentam uma tabelinha de motivos caso a caso (são só 200 e poucos, fácil) ? Bastaria dizer 'fulano morreu tal diz : testemunha viu rapaz matar e dizer 'toma bicha louca', no entanto isto acontece ? NÃO !

“Segundo tua alegação e bajulação do estudo não procede.
SCIELO é um REPOSITÓRIO de trabalhos, isto não lhe dá crediblidade alguma em relação a cada tese e trabalho em particular, e é por isto que no próprio SCIELO há teses discordantes. Se um estudo é sério ou não, é a análise fria de sua metodologia e dados que deve dizer, não a mera adjetivação, é isto que reza a metodologia científica.”

Lembrando que não estamos falando da wikipedia aqui, hein. Mas realmente, o Scielo possui teses discordantes, o que não invalida um trabalho tão bem estruturado quanto o citado, não acha? Acredito que você sequer tenha lido o material em questão. Eu adjetivei porque li. Acho que tenho o direito de recomendá-lo e dizer o porquê através de elogios.

Eu sei, alias pelo menos isto vejo que nos poupará, o que tem de ateu que entra em foruns citando wikis como 'voz da verdade' é de doer. o SCIELO é um sério repositório, mas quem conhece estudos científicos, sabem que existem para todos os gostos e contradições, é isto que quero deixar notado. Eu já lí muitos estudos, debato com ateus há mais de década, o que mais tem é DENOREX, tudo parecer certinho e robusto, porém como diz o ditado 'nos detalhes mora o diabo', é por isto que os estudos vivem a divergir. Uma pergunta capciosa, uma ilação, uma subjetividade, uma alegação psicológica, um viés amostral, uma conclusão que avança mais do que os dados permitem, tudo muda a conclusão dos estudos. E lembre-se, você está tratando em área psicológica (o que é homofobia, qual as resultantes, etc..), muitos nem consideram ciência, pois é o reino da interpretação subjetiva. Um bom começo seria discutir O QUE É homofobia, hoje a moda é dizer que é a mera discordância contra o homossexualismo, no entanto (para você ver como isto é inconfiável na cultura dos psicólogos e psiquiátras) meras 2 décadas atrás seriam estes mesmos profissionais os 'homfóbicos' e profissionais ainda, e aí ?

“Assim o Apelo a autoridade deve ser evitado, valem os dados que cada um possas trazer, e os gays só tem embuste social, alegam que as mortes são por homofobia, mas não provam, o que equivale a falar vento.”
Quer dizer então que se eu cito uma fonte e digo que ela é segura, isso é apelo à autoridade, mas quando você concorda com uma tabela sem fonte segura para acusar os homossexuais disso ou daquilo, então você não comete falácia alguma?
Se eu não puder citar artigos e pesquisas acadêmicas e científicas, e vocês puderem usar qualquer fonte, como é que poderei sustentar meus argumentos então? Isso me parece um tanto injusto.

Você pode sustentar o que quiser, estou apenas a dizer que não é porque é o SCIELO, não é porque é você que achou o estudo 'bom', que vai ser melhor do que a tabela postada. Pode continuar citando, apenas fique estipulado que o mérito ou demérito das fontes deve ser contido em seu TEOR e capacidade probatória.

"Por fim, reforço o que a karla, já disse, você tergiversou feiamente, teu estudo não tem serventia, não se discute subjetividades sobre 'o que é homofobia, se pode-se ser homofóbico sem ser agressor, etc', e sim os números precisos, se tiver os traga, caso não ....a verdade já foi exposta."
Como eu já disse, no quesito "números precisos" estamos todos na mesma situação. Não há números precisos, para nenhum dos lados, pois nunca houve uma pesquisa estatística séria e abrangente. Portanto quando você diz que "a verdade já foi exposta", vai justamente contra o que hipocritamente exige de mim. Por isso o debate; devido a atual falta de dados estatísticos concretos.

A hipocrisia é tua de apresentar um estudo que NÃO tinha vinculação com o tema específico (números de assassinatos e suas motivações), para dar um 'olha o avião, respondi mas não tinha como responder objetivamente'. Portanto SOMENTE sobra a fonte da Karla, sem tem outra que a desabone, somos todos olhos e ouvidos, já pré-avisado que o movimento-gay realmente tem o hábito de divulgar muito informação mentirosa, para depois não se eriçar quando isto for demonstrado.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Rafael Mori Neiva em Seg 29 Ago 2011, 10:35 pm

nandokiss escreveu:a pratica homossexual para voce é degradante por que?
por ser anal e ser considerada sodomia?
ou por ser praticada por gente do mesmo sexo? é degradante pra você, no sentido de ser perversa, de transformar homens em animais ou algo do gênero?

Fomos feito para sermos imagem e semelhança de Deus, tendo a mesma natureza: bondade, amor, mansidão, sendo seres espirituais, etc
Deus desejou também que tivessemos uma companheira do sexo oposto para auxiliá-lo e viver em harmonia.

E não vivermos escravos dela (ou no caso submisos a outro homem), é perversão pois não é amor genuíno (de fazer o outro feliz) é muito mais interesse em prazer próprio, tu pode ver pelo baixo nivel de compromisso entre seres do mesmo sexo, (só ir em uma parada gay e ver quantos casais são idosos, ou tem uma relação estável por muito tempo, tu ve muito mais uma prática aberta ao sexo livre e sem compromisso (bem carnaval mesmo) do que uma defesa aos direitos deles.

Sobre consequencias ruins para uma sociedade, bem a falta de presença de referenciais de pai e mãe (quando divorciados já é terrivel), agora imagina algo que nem produz filhos querendo ser uma familia "normal"?

(Sobre a cobra falante - Era um demonio meu fio, serpente na Biblia inteira aponta pra ele), assim como as aves do céu apontam para potestades do ar, e os peixes também no Genesis pontam para demonios (mar = morte, diferente de rio = vida)

Curiosamente no Exodo havia uma Serpente apindurado no madeiro e quem olhasse para ele seria curada de toda enfermidade que a reclamação trazia para as pessoas. Pouco tempo depois Deus se torna homem e é morto carregando todos nosso pecados numa madeira.
Curiosidade ou Profecia??


Rafael Mori Neiva
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 745
Idade : 30
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Besouro Suco em Ter 30 Ago 2011, 2:17 am

Articulador, primeiro é bom que você fique consciente de que o que você considerou uma “FORTE evidência” exposta, sequer é uma evidência.

Como eu disse, não confio na tabela divulgada pelo grupo gay da Bahia pelo fato de que não é possível comprovar que todas aquelas mortes se deram devido homofobia, bem como também não é confiável a tabela exibida pela Karla (que é praticamente a mesma), devido não ser possível comprovar que nenhuma daquelas mortes envolve a homofobia (provavelmente há tanto casos de homofobia quanto de rixas ali).

Entenda que quando eu me refiro à homofobia (e digo isso pela enésima vez) não me refiro apenas a agressões físicas, mas também, e principalmente, a atitudes no geral, seja um preconceito proferido verbalmente, através de mídias, enfim, “n” formas.
Não estou tentando “sujar o poço” em relação à fonte citada pela Karla. A fonte simplesmente é tão digna de desconfiança quanto a pesquisa feita pelos LGBT. Não é difícil perceber isso. Não há, ainda, pesquisa séria/aprofundada nesta área no que diz respeito a NÚMEROS.

Para que pudessem divulgar dados precisos, baseados no caso-a-caso, é necessária a verificação de cada B.O. já feito, coisa que nenhum dos lados fez até hoje. Isso sim seria interessante, porque estaria provado em documentos.

Sobre as fontes que citei, continuo achando que você não se deu ao trabalho sequer de uma leitura dinâmica. Não adianta atacar a psicologia, ainda mais porque eu não utilizei nada que fosse apenas a divagação de um ou outro profissional, mas sim uma pesquisa controlada e uma breve história da homossexualidade, sendo esta verificável historicamente.

Simplesmente não há como nos atermos a números no momento. Ao invés de desviar o assunto, você poderia indicar artigos do mesmo nível que vão contra estes, o que seria mais construtivo.


“A hipocrisia é tua de apresentar um estudo que NÃO tinha vinculação com o tema específico (números de assassinatos e suas motivações), para dar um 'olha o avião, respondi mas não tinha como responder objetivamente'. Portanto SOMENTE sobra a fonte da Karla, sem tem outra que a desabone, somos todos olhos e ouvidos, já pré-avisado que o movimento-gay realmente tem o hábito de divulgar muito informação mentirosa, para depois não se eriçar quando isto for demonstrado.”

Não houve hipocrisia da minha parte. Respondi o que foi possível, e objetivamente, porém não há como eu (ou qualquer um de nós) embasar argumentos em estatísticas que não são seguras, recorrendo assim a fontes alternativas mais aceitáveis. Desonestidade sua não fazer o mesmo e ainda atacar uma tentativa de tornar o debate mais rico.

Aliás, não sei se você percebeu, mas o tema do tópico não é “Número de assassinatos de gays e suas motivações”, mas sim a homofobia, exibida (de forma até um tanto exagerada) pelos deputados no vídeo que abre o tópico. Parece que você é que ainda não conseguiu associar o tema aos argumentos e artigos até então apresentados.

Se você ainda acha que “somente sobra a fonte da Karla”, aí fica bem claro que você optou pelo que lhe convém, pois a tal fonte não tem nada que a sustente (estamos todos no mesmo barco aqui, sofrendo da mesma escassez de informações estatísticas).

Como você solicitou algumas definições de “Homofobia”, citarei duas e suas fontes:

“Repulsa ou preconceito contra a homossexualidade ou os homossexuais.”
Fonte: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa - http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=homofobia

“A homofobia define o ódio, o preconceito, a repugnância que algumas pessoas nutrem contra os homossexuais.”
Fonte: InfoEscola - http://www.infoescola.com/psicologia/homofobia/


Basta dizer três vezes "Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!", e aparecerei virtualmente!

Besouro Suco
Safira
Safira

Número de Mensagens : 132
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Jan Mozol em Ter 30 Ago 2011, 7:56 am

Sim, as linhas gerais não foram baseadas só no rapaz.
São coisas que a gente vai vivendo e vendo a história se repetindo.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Karla Cristina em Ter 30 Ago 2011, 8:51 am

@ Besouro

Vou concluir para não virar um looping infinito. Eu não vejo neste país ninguém deixando de dar emprego, discriminando ou agredindo pessoas de determinado grupo, seja ele negro ou homossexuais, apesar de serem duas coisas totalmente diferentes. O negro teve um passado em que ele foi humilhado, diminuído, hoje existe muito preconceito do próprio negro com sua raça. Então o problema do questionário, é um problema entre eles, o que resolveria isso não é criarem cotas para negros, que aí sim diminui mais ainda eles, e sim incentivá-los a mostrarem que tem capacidade, se eles foram discriminados no passado, eles tem obrigação de hoje em dia se desdobrarem, mostrando que são capacitados e serem destaque. Assim mudaria esta cultura de se sentirem inferiores. Sobre homossexuais, não podemos obrigar ninguém a aceitar o homossexualismo, a respeitar sim, mas achar normal não. Temos o direito de não achar normal, já que vai contra a natureza humana. Impedir de acharmos isso é impor o autoritarismo nas pessoas.

Fecho assim, se vc não tem provas que o país não convive bem com as diferenças, me trazendo estatísticas que eles são discriminados no país, tendo dificuldades de arrumarem emprego, sendo agredidos... nesta linha, até que provem o contrário, eles não são uma classe discriminada no Brasil. Estão vendendo uma coisa que não existe e o vitimismo é a pior postura, porque aí sim nunca vão ser verdadeiramente respeitados.

Na correria, cometi um erro sobre consequência sociais do homossexualismo e postei dois itens que tem a ver com libertinagem (aborto e gravidez indesejada), vou editar lá, só depois que estava tranquila que li e vi o erro que cometi, participo de outro forum e o assunto da hora é sobre libertinagem, confundi os assuntos, desculpa aí.

Sobre provas destas consequências sociais, isso já foi muito debatido no fórum, vou te dar um link onde o Articulador coloca estatisticas sobre essas consequencias, é só vc dar uma lidinha:

http://gospelbrasil.topicboard.net/t4926p25-homossexualismo-resultados-desta-pratica#109469

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Besouro Suco em Qua 31 Ago 2011, 2:45 pm

Karla, o racismo entrou de gaiato nessa nossa discussão, mas já que você acha que isso não existe no Brasil, sou obrigado a te mostrar seu engano.

O simples fato de você se referir ao negro como “raça” já é um indicativo, mas tenho aqui o resumo de alguns números e informações para você:



Breve resumo do Relatório Anual das Desigualdades Sociais no Brasil (2007/2008) – UFRJ:

Segundo o relatório, a incidência de homicídios entre a população jovem, especialmente na faixa etária de 15 a 24 anos, assumiucaracterísticas de epidemia – destacando o aspecto de raça/etnia – elevado número de jovens negros morto – e gênero, essencialmente sexo masculino. Enquanto na mesma faixa etária, os óbitos dos jovens brancos por causas externas têm fundamento nos acidentes de trânsito, entre os negros, a causa está n violência. O índice de homicídio de 1995 para cá aumentou 46,3% e atualmente 54,4% dos assassinatos vitimam jovens pretos e pardos.
As mulheres negras e pardas morrem mais de parto e das práticas ilícitas de aborto clandestino. Da morte de jovens mulheres, 50,6% é por conta da feitura do aborto em condições precárias. Também são elas que engravidam mais na adolescência (46,5%), demonstrando o fato de que as mulheres pretas e mestiças têm menor acesso às intervenções de controle de natalidade.
Todo esse quadro reflete e é conseqüência do descompasso sócio-econômico entre as raças no Brasil. Na pirâmide social, 26,5% de brancos fazem parte das classes mais ricas, detentora de uma significativa fatia da riqueza nacional. 78% dos pretos e pardos compõem a população pobre do país, sendo que 18,8% dos negros vivem abaixo da linha de pobreza. Apenas 8% de indivíduos brancos estão nessa posição.

O relatório completo pode ser encontrado através do endereço: http://www.laeser.ie.ufrj.br/relatorios_gerais.asp
Fonte: jap


Mesmo com a diminuição das desigualdades nos rendimentos, segundo o estudo, brancos e negros brasileiros têm diferenças sociais que fazem com que eles vivam como se estivessem em países distintos. Segundo o estudo, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano, criado pela ONU para aferir a qualidade de vida das populações) de pretos e pardos no Brasil é de 0,753, comparável a países como o Irã e o Paraguai, que são considerados pela ONU como países de médio Desenvolvimento Humano. Já os brancos brasileiros vivem em condições que correspondem a um IDH de 0,838, comparável ao de Cuba, considerado pelas Nações Unidas um país de alto Desenvolvimento Humano. (...)
Entre os 513 deputados federais eleitos em 2006, havia apenas 11 de raça ou cor preta, sendo 10 homens e uma mulher. Como pardos foram identificados 35, sendo 33 homens e duas mulheres. Em termos relativos, apenas 2,1% dos deputados eleitos eram pretos e 6,8% pardos. Juntos, os dois grupos representam 9% da Câmara. No Senado a desigualdade é ainda maior. Em 2007, 76 dos 81 senadores (93,8%) eram brancos, enquanto somente quatro eram pardos e um preto, totalizando apenas 6,2% da casa.

Matéria na íntegra no endereço: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/10/081015_brancos_negros_relatorio_cq.shtml
Fonte: BBC

- De cada dez brasileiros pobres, seis são negros;
- A mortalidade infantil é 60 por cento superior entre as crianças negras;
- Uma negra, pobre, nordestina, moradora da área rural ganha, hoje, em média, um terço do que ganha um cidadão branco;
- No Brasil, os negros são quase três vezes mais atingidos pela insegurança alimentar do que os brancos;
- Entre os 10% mais ricos apenas 18% são negros (pardos ou pretos). Já na parcela dos 10% mais pobres, 71% são negros;
- 19% dos negros e 11% dos pardos ou mulatos já se sentiram discriminados por causa da cor em alguma situação relacionada ao trabalho;
- 37% dos negros e 25% dos pardos ou mulatos afirmam que se sentiram discriminados ao procurar por trabalho, e citam a rejeição pura e simples, o fato de a vaga ser destinada a pessoas de uma determinada cor e a obrigatoriedade de declarar a cor no momento de preenchimento de ficha;
- 24% dos pardos e mulatos e 14% dos negros afirmam ter sido vítimas de piadas ou insultos no trabalho em virtude da cor;
- 9% dos negros foram acusados de roubo ou reclamam de serem vistos como ladrões;
- 13% dos negros não se sentem ou sentiram aceitos no grupo ou turma de trabalho;
- Os negros, que têm rendimentos, em média, de R$ 390,90, recebem em média 46% a menos do que os brancos, que ganham, em média, R$ 718,50 por mês. Já os pardos (rendimento médio de R$ 441,50) ganham 39% a menos do que os brancos. Essa diferença é verificada em todos os segmentos passíveis de análise, sem que importe a ocupação, o setor de atividade, a escolaridade ou as horas trabalhadas: os brancos ganham sempre mais do que negros e pardos.

Matéria na íntegra no endereço: http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1018
Fonte: Novae

Mercado de trabalho, 120 anos depois da Lei Áurea, oferece oportunidades restritas de ascensão na hierarquia das empresas. Preconceito e acesso limitado à educação são apontados como grandes barreiras para os negros, que são 49,5% da população. ... "O objetivo do levantamento é trazer uma informação inconteste. Geralmente, os gestores fazem uma avaliação mais positiva do que está acontecendo: 34% responderam sim, quando questionados se a proporção de negros no patamar executivo é adequada. Confrontados com dados objetivos, eles são obrigados a fazer uma reflexão." Na opinião de Gastaldi, isso é porque o brasileiro em qualquer assunto tem facilidade de fazer críticas no coletivo, mas não reconhece os problemas nele próprio.

Matéria na íntegra no endereço: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1105200802.htm
Fonte: fsp

Segundo esses dados, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) o número de alunos brancos é de 76,8%, o de negros 20,3% para uma população negra no estado de 44,63%; na Universidade Federal do Paraná (UFPR) os brancos são 86,6%, os negros, 8,6%, para uma população negra no estado de 20,27%; na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), brancos são 47%, negros 42,8% e a população negra no estado, 73,36%; na Universidade Federal da Bahia (UFBA), 50,8% são brancos, 42,6% negros e 74,95% a população negra do estado; na Universidade de Brasília (UnB ), são brancos 63,74%, são negros 32,3%, tendo o Distrito Federal uma população negra de 47,98%; na Universidade de São Paulo (USP), os alunos brancos somam 78,2%, os negros, 8,3% e o percentual da população negra no estado é de 27,4%. Vê-se, assim, que o déficit produzido por essas diferenças é bastante desfavorável ao negro nos estados onde se encontram essas universidades: 24,33% na UFRJ, 11,67% na UFPR, 30,56% na UFMA, 32,35% na UFBA, 15,68% na UnB e 19,1% na USP.

Matéria na íntegra no endereço: http://www.comciencia.br/reportagens/negros/01.shtml
Fonte: ComCiência
Os links e resumos são mérito do site interney.net, através do link:
http://www.interney.net/blogs/lll/2008/11/15/alguns_numeros_do_racismo/


Voltando ao caso da homossexualidade (que vocês insistentemente continuam a tratar como homossexualismo, termo que caiu em desuso há alguns anos, devido não ser considerada uma doença), nossa discussão até então se restringia ao Brasil. Caso eu possa citar dados exclusivos de outros países, como fez o Articulador, choveriam estatísticas que variariam de um país para outro, devido a diferença cultural.

Você poderia indicar estatísticas sobre as “consequências sociais da homossexualidade” no Brasil? Se não, então você não apresentou prova alguma de que isso procede – pelo menos não confirmado no Brasil. Até a discussão sobre o racismo seria diferente caso considerássemos as estatísticas estadunidenses, pois lá o racismo é realmente intenso.

Pelo menos sua exigência de provar que o brasileiro não convive bem com as diferenças, acredito que tenha sido cumprida, né?


Basta dizer três vezes "Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!", e aparecerei virtualmente!

Besouro Suco
Safira
Safira

Número de Mensagens : 132
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Qua 31 Ago 2011, 4:14 pm

Besouro Suco escreveu:Karla, o racismo entrou de gaiato nessa nossa discussão, mas já que você acha que isso não existe no Brasil, sou obrigado a te mostrar seu engano.

O simples fato de você se referir ao negro como “raça” já é um indicativo, mas tenho aqui o resumo de alguns números e informações para você:

Será que vamos ter que desenhar para você que SUBJETIVIDADES NÃO IMPORTAM ? o que você acha que é homofobia, a semântica do termo, fontes que fiquem criando ilações sobre o que homofobia gera SEM ter a decência de identificar então porque não somos 'pedofilóbicos', nada disto importa no tema, que é ESTATÍSTICAS SOBRE ASSASSINATOS DE HOMOSSEXUAIS. O que Ela disse é apenas o óbvio do ululante, que preconcerito de cor é BEM diferente de critica a homossexualismo. Outra, que bobajada politicamente 'correta' é esta de que só porque ela usou a sermântica comezinha 'raça negra' isto seria implicitude de preconceito ? é o mesmo que alguém falar que 'o sol se pôs hoje', fosse indicativo que a pessoa ainda defenda geocentrismo, uma coisa não tem nada ver com outra. Coisa mais mesquinha nos fazer ficar discutindo com teu 'léxico politicamente correto'.

Breve resumo do Relatório Anual das Desigualdades Sociais no Brasil (2007/2008) – UFRJ:

Segundo o relatório, a incidência de homicídios entre a população jovem, especialmente na faixa etária de 15 a 24 anos, assumiucaracterísticas de epidemia – destacando o aspecto de raça/etnia – elevado número de jovens negros morto – e gênero, essencialmente sexo masculino. Enquanto na mesma faixa etária, os óbitos dos jovens brancos por causas externas têm fundamento nos acidentes de trânsito, entre os negros, a causa está n violência. O índice de homicídio de 1995 para cá aumentou 46,3% e atualmente 54,4% dos assassinatos vitimam jovens pretos e pardos.
As mulheres negras e pardas morrem mais de parto e das práticas ilícitas de aborto clandestino. Da morte de jovens mulheres, 50,6% é por conta da feitura do aborto em condições precárias. Também são elas que engravidam mais na adolescência (46,5%), demonstrando o fato de que as mulheres pretas e mestiças têm menor acesso às intervenções de controle de natalidade.
Todo esse quadro reflete e é conseqüência do descompasso sócio-econômico entre as raças no Brasil. Na pirâmide social, 26,5% de brancos fazem parte das classes mais ricas, detentora de uma significativa fatia da riqueza nacional. 78% dos pretos e pardos compõem a população pobre do país, sendo que 18,8% dos negros vivem abaixo da linha de pobreza. Apenas 8% de indivíduos brancos estão nessa posição.

Pois é, eu deveria é não estar dando combustível para sua tergiversação, no entanto tua fonte está dizendo é que a maioria negra é mais pobre (em suma),mas isto NÃO prova vinculação com preconceito, lembre-se que fatos só tem utilidade interpretativa para este tipo de tese, quando provamos que são vinculados a motivos alegados. O que sabemos é que negros vem um uma cultura com pouca escolaridade, isto não dá momentâneo de preconceito HOJE , dá clareza de que no passado eles se escolarizaram pouco, e portanto hoje são os que vivem em piores condições, em média. Por exemplo, quem aqui não sabe que o Nordeste é pobre ? e quem não sabe que o Nordeste é negro ? E quem não sabem então que o Nordeste é pouco escolarizado, e portanto quem não sabe que este fator NADA tem a ver com preconceito ???.... , aí já fica demonstrado como tua fonte tenta um truque de vinculação automática . NO ENTANTO , note, TODO negro que ascende culturalmente na vida acaba se destacando, quando não até escolhido em preterimento dos brancos, seja Pelé, seja o ministro do supremo Joaquim Barbosa, seja o Advogado que é meu amigão, uma sumidade em vários conhecimentos.

Voltando ao caso da homossexualidade (que vocês insistentemente continuam a tratar como homossexualismo, termo que caiu em desuso há alguns anos, devido não ser considerada uma doença), nossa discussão até então se restringia ao Brasil. Caso eu possa citar dados exclusivos de outros países, como fez o Articulador, choveriam estatísticas que variariam de um país para outro, devido a diferença cultural.

alias de onde não deverias sair... homossexualismo.
Então para começarmos o termo NUNCA caiu em desuso, mas tentam 'DESUSAR' ELE por truquismos politicamente 'corretos', o que não tem nenhum significado cognitivo, semântico, ou mesmo advindo de quem realmente faz os léxicos - a população. O único significado desta tentativa dos psicólogos mais hedonistas é engabelar os incautos, acabam se preocupando em criar factóides semânticos, para desviarem-se do factual. Segundo, você não podeira citar nenhuma estatística que desabonasse o que postei no tópico próprio sobre homossexualismo, isto é um desafio , qualquer fonte que tente negacionar aqueles dados e números estará deturpando algo, e terei prazer em refutá-la. ATENTE que algumas das fontes que existem naquele tópico advém do próprio movimento-gay, ou pesquisadores-gays, ou mesmo Orgãos oficiais de saúde.

Você poderia indicar estatísticas sobre as “consequências sociais da homossexualidade” no Brasil? Se não, então você não apresentou prova alguma de que isso procede – pelo menos não confirmado no Brasil. Até a discussão sobre o racismo seria diferente caso considerássemos as estatísticas estadunidenses, pois lá o racismo é realmente intenso.

Isto é uma óbvia e ruim tergiversação,
NO MUNDO INTEIRO o que difere homossexualismo é SOMENTE GOSTAR do mesmo gênero, portanto é mais que evidente que os prejuízos atinentes em um país, tendem a serem replicados em outros, quanto mais se atinem a questões psicológicas e de saúde. Aliás vocês são ainda mais refutados nestas tentativas de diversionismos, pois QUANTO MAIS liberal um país (aceitando do homossexualismo), PIORES os indicadores (por exemplo, Aids 22x mais que heteros no Brasil - MS, 45x mais nos EUA - sistema de saúde americano). Evidente que estamos tratando de um tema Global.

Pelo menos sua exigência de provar que o brasileiro não convive bem com as diferenças, acredito que tenha sido cumprida, né?

de forma alguma.
o que ela disse foi COMPARATIVAMENTE, não tua premissa implícita de que ela não estaria certa porque ainda há um resquício de preconceito, seja em que lugar for. O Brasil, comparativamente, é dos melhores países para pessoas com cor de pele morarem, portanto convivemos bem sim com diferenças, aqui não temos guerras religiosas, não temos homens bomba e lutas infindáveis entre clãs, não estranhamos ao achar algum negro empresário ou erudito, sinal de que a alegação dela está correta, ainda que isto não seja totalmente necessária para a questão homo... que tem seus prejuízos muito bem computados, ainda que a mídia e os ateus tanto queiram fazer de conta que não.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Qua 31 Ago 2011, 4:54 pm

Besouro Suco escreveu:Articulador, primeiro é bom que você fique consciente de que o que você considerou uma “FORTE evidência” exposta, sequer é uma evidência.

Como eu disse, não confio na tabela divulgada pelo grupo gay da Bahia pelo fato de que não é possível comprovar que todas aquelas mortes se deram devido homofobia, bem como também não é confiável a tabela exibida pela Karla (que é praticamente a mesma), devido não ser possível comprovar que nenhuma daquelas mortes envolve a homofobia (provavelmente há tanto casos de homofobia quanto de rixas ali).

Isto você poderia me provar QUANDO tentar TREPLICAR as razões que dei para considerar a fonte da karla melhor, como vemos não fez. Então você apenas está tentando um 'mezzo-mezzo', por ideologia, ao invés de notar que uma fonte alega e não prova, ainda que sob constante recriminação de sevicia dos dados amostrais, e a outra fonte (blog) não tem motivo algum para fraudar os dados que : a) viraram públicos, b) dados usados até por entidades governamentais, c) poderiam desmentir facilmente este blog, e seria o esperado, COM TODO O PODER do proselitismo ao lado dos geradores destes dados, .... SE E SOMENTE SE tivessem como fazê-lo. Mas não tem, porque não fazem..., isto per-sí (além dos outros argumentos que expús) dá presunção de credibilidade à fonte da karla.

Aliás tem outra 'coisinha', ÕNUS É DE QUEM ALEGA, quem tem que provar estas vinculações (não apenas proselitar como faz o GGB), não somos nós, até prova em contrário as mortes foram apenas e tão somente mortes, que não merecem tratamento especial comparativamente a morte de heteros, aliás NEM se provassem que o motivo é homofobia dispensaria-se diferenciação, já que temos leis que já abrangem a morte de qualquer cidadão, na verdade o preconceito aqui é criar lei específica para um caso já atendido, é uma óbvia tentativa de usar dramatização para blindar um segmento social de críticas.

Entenda que quando eu me refiro à homofobia (e digo isso pela enésima vez) não me refiro apenas a agressões físicas, mas também, e principalmente, a atitudes no geral, seja um preconceito proferido verbalmente, através de mídias, enfim, “n” formas.

Entenda , pela enézima vez, que isto é IRRELEVANTE ao debate, até porque para ateus e semelhantes costuma ser tachado, insinceriamente, de 'homofobia' o mero discordar dos gays,.. o que se chama , por direito lógico e humano, de DIREITO OPINATIVO E CONSTITUCIONAL. Assim, voltemos ao que interessa agressões FÍSICAS aos gays e seus motivadores , no caso mais específico, assassinatos.

Não estou tentando “sujar o poço” em relação à fonte citada pela Karla. A fonte simplesmente é tão digna de desconfiança quanto a pesquisa feita pelos LGBT. Não é difícil perceber isso. Não há, ainda, pesquisa séria/aprofundada nesta área no que diz respeito a NÚMEROS.Para que pudessem divulgar dados precisos, baseados no caso-a-caso, é necessária a verificação de cada B.O. já feito, coisa que nenhum dos lados fez até hoje. Isso sim seria interessante, porque estaria provado em documentos.
[/quote]

quando você diz 'não é difícil perceber isto', se trai, mostra que tua cognição está cedida à ideologia, já que o SIMPLES (outro simples) fato de que a fonte abre o LEQUE dos assassinatos (ao invés de vender números absolutos para o povão, como o grupo-gay), e NÃO ter sido refutada nisto até agora, é já evidência a favor dela.

Outra, segundo teu parâmetro então o debate para teu contento deveria ser de 200 páginas, UM B.O. por página, evidente que isto é apenas escapismo. LEMBRE-SE : o ÔNUS É DO ALEGADOR , quanto mais exige providências criminais e sociais em base da alegação, então ATÉ PROVA EM CONTRÁRIO, são os grupos-gays que tem que provar, e DEVE-SE desconsiderar alegações sem lastro em detalhamento, uso teu próprio quesito.

Sobre as fontes que citei, continuo achando que você não se deu ao trabalho sequer de uma leitura dinâmica. Não adianta atacar a psicologia, ainda mais porque eu não utilizei nada que fosse apenas a divagação de um ou outro profissional, mas sim uma pesquisa controlada e uma breve história da homossexualidade, sendo esta verificável historicamente.

mas não disse mesmo que li, não perco tempo com diversionismo, você está fora do tema, tentando fazer o debate pular para discussões relativistas, baseadas em conceitos subjetivos, isto já é suficiente para desconsiderar tua fonte, MAIS UMA VEZ : SUBJETIVIDADES não importam, lero-lero de psicólogo (ramos mais hedonista do planeta, e mais ateizado) não importa, tanto quanto Kinsey não importa (um dos pesquisadores ateus que influenciaram o mundo a adotar o liberalismo sexual, e hoje sabemos que seviciava até bebês em suas 'experiências'), importam os DADOS OBJETIVOS .

Simplesmente não há como nos atermos a números no momento. Ao invés de desviar o assunto, você poderia indicar artigos do mesmo nível que vão contra estes, o que seria mais construtivo.

Construtivo para você seria o debate virar um mar de divagação.
Eu sou mais objetivo. Eu poderia sim, e tenho muitas fontes, por exemplo, se eu colocar aqui , ex fonte PSICANALÍTICA que defenda que homossexualismo é distúrbio gerado por deficiências da resolução de complexos de infância, como você se portará depois ? nem precisa me antecipar, vais reclamar , dizer que há outras posições, e conversa-fiada , no entanto esta posição SEMPRE foi a admitida por psicólogos e NUNCA refutada, o que fazem hoje é não citá-la mais, fazer de conta que o conhecimento psicanalíco pré-década virou 'tabu' de ser mencionado. Então a preferência é por dados secos, porque tua defesa ideológica já prevemos, e aí é questão de fé.

“A hipocrisia é tua de apresentar um estudo que NÃO tinha vinculação com o tema específico (números de assassinatos e suas motivações), para dar um 'olha o avião, respondi mas não tinha como responder objetivamente'. Portanto SOMENTE sobra a fonte da Karla, sem tem outra que a desabone, somos todos olhos e ouvidos, já pré-avisado que o movimento-gay realmente tem o hábito de divulgar muito informação mentirosa, para depois não se eriçar quando isto for demonstrado.”

Não houve hipocrisia da minha parte. Respondi o que foi possível, e objetivamente, porém não há como eu (ou qualquer um de nós) embasar argumentos em estatísticas que não são seguras, recorrendo assim a fontes alternativas mais aceitáveis. Desonestidade sua não fazer o mesmo e ainda atacar uma tentativa de tornar o debate mais rico.

foi e está sendo hipócrita, pois não se chama 'enriquecer' o debate, tirar ele do objetivo , e querer discutir abrangências sociais que vão acabar nos levando a discutir até mesmo marxismo quando adentrei ao debate quando ESPECIFICAMENTE a discussão era sobre os assassinatos de gays, e seus motivadores objetivos. E o 'não segura' depende do ônus de tua posição, lembre-se sempre, ônus dos pró-homos que exigem leis específicas, e usam dados questionáveis (no mínimo) para tentar mudar padrões sociais, vocês que precisam usar teu parãmetro de apresentar um tabelamento de todos os B.Os, ainda que nossa fonte já desdenhe de antemão... pois como argui e você não ousou comentar, tudo leva a crer que a credibilidade dela é tremendamente superior ao proselitismo-gay (aliás é minha experiência de 10 anos de debates nestes temas, movimento-gay mente muito).

Aliás, não sei se você percebeu, mas o tema do tópico não é “Número de assassinatos de gays e suas motivações”, mas sim a homofobia, exibida (de forma até um tanto exagerada) pelos deputados no vídeo que abre o tópico. Parece que você é que ainda não conseguiu associar o tema aos argumentos e artigos até então apresentados.

O tema de qualquer debate é o que ambos os debatedores se propõem, e neste caso é A TABELA DO BLOG vs alegação do grupo Gay da Bahia & similares, portanto você tá tentando tergiversar outra vez. Se você quer discutir cotas raciais, marxismos, revolta contra diferenciações entre homens e mulheres, o que você quiser, terá que achar um debatedor que anua em ir por esta linha, a minha intervenção foi precisa na questão da fonte da karla.

Como você solicitou algumas definições de “Homofobia”, citarei duas e suas fontes:

solicitei nada, é este tipo de atitude que enfada,
querem mostrar 'conhecimento', quando o negócio é relativo a resolver as questões centrais.
eu disse é que : PARA discutir tua fonte , que NÃO deveria ser discutida, precisaria-se até definir melhor o que é homofobia, visto algo TOTALMENTE SUBJETIVO , e ainda dei exemplo acima, sendo vezeiro tachar de 'homofóbico' o simples expressar de um hetero que discorda da conduta homo, o que é evidente que não se resolve com um truque léxico.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Convidad em Qua 31 Ago 2011, 5:19 pm

Besouro Suco,

Seria TEU ônus provar que a fonte da GGB é confiável, pela obviedade que não acontecendo, DEVE-SE desconsiderá-la. Mas para acabar com tergiversação, você que tanto quer que leiamos fontes off-topic, deveria ter lido AO MENOS DE RELANCE os links que a karla postou :

Movimento Gay mente :
a) de acordo com Mott. Ele revelou que no ano passado foram contabilizados 260 assassinatos no Brasil, fazendo com que o país ocupasse o primeiro lugar no ranking mundial. Em segundo lugar ficou o México, com 35, e em terceiro os Estados Unidos, com 25. Números bem inferiores aos registrados no Brasil
Só uma pessoa que queira se enganar para crer numa destas, é ULULANTE que o Brasil não pode ter 260 crimes 'homofóbicos' enquanto um países MAIS conservador e viollento como o México, somente 35 (é que eles devem não aceitar estatísticas fabricadas por homossexuais pró-pedofilia, como o Luiz Mott, que por sinal deveria estar preso por este motivo, é outro assunto, mas já que o negócio é confiabilidade, isto é relevante).

b) E no final da reportagem veja outra revelação:
“Em muitos casos, os autores dos homicídios são os acompanhantes das vítimas. “Isto acontece muito entre os homossexuais do sexo masculino que contratam garotos de programa. Existe um preconceito muito grande porque esses rapazes não se sentem gays. Como foi o caso do professor Valderi Carneiro”, disse o delegado. No dia 9 de julho o professor de língua portuguesa, de 44 anos, foi assassinado em uma pousada da cidade de Campina Grande, na Paraíba, por garotos de programa.”
Desnecessário até comentar, como assim 260 mortes por 'homofobias' quando a própria matéria admite que muitos são acompanhantes ?? LGBGT matando LGBT, como é óbvio muitos destes crimes são isto.

Isto já havia sido revelado por Marcelo Cerqueira, também do GGB, mas a Mídia não repercute tais informações:
“o presidente do Grupo Gay da Bahia, Marcelo Cerqueira, afirmou que os crimes de ódio e assassinatos de homossexuais era, na sua maioria, realizado por garotos de programa. “Mesmo com algumas ONGs emitindo nota de repúdio sobre esta declaração, Adamor confirmou a questão, dizendo que, sim, estes atos geralmente envolviam garotos de programa” … Cerqueira, por sua vez, disse ao Mix Brasil que a afirmação sobre o caso dos garotos de programa baseia-se em uma pesquisa realizada pelo GGB no ano de 2004 … ‘O fato é que os homossexuais que moram sozinhos e por algum tipo de carência afetiva fazem uso dos serviços prestados pelos profissionais do sexo, são presas fáceis dos assassinos desta classe’

c) A matéria diz que crimes assim aumentaram 64% em 2011, e que até agora haviam 11 casos em Paraiba, vejamos quais os 'engana povão' :


Ora, ora,
o que vemos aí ? APENAS 03 deles tem 'cheiro' de serem motivo homofóbico, os outros PELO CONTRÁRIO , já que OU são de vítimas desconhecidas, autorias desconhecidas, sem testemunho OU até mesmo ESTUPRADOS (evidentemente por quem gosta da fruta).
A pergunta : PORQUE VOCÊ não olhou estas evidências tão claras na fonte, ao invés de tentar dizer que ela não é confiável ? Cada um presta atenção no que quiser, mas em se tratando de movimento-homo, aposte que onde há fumaça, costuma haver mentira ao invés de fogo..


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Besouro Suco em Qua 31 Ago 2011, 11:21 pm

Articulador, não vou nem perder tempo contigo por três motivos:

1) Sobre o racismo, você pegou apenas um dos resumos que citei, vomitou algumas bobagens e ainda acha que a isso se dá o nome de refutação.

2) Em momento algum o tópico ficou restrito à tabela citada pela Karla. Esta foi utilizada apenas como um complemento, para que ela pudesse tentar embasar melhor os argumentos tanto dela, quanto dos demais foristas de opinião semelhante.

3) Não há o que discutir com quem além de não ler nada que vá contra a sua convicção, ainda que a fonte seja segura, ainda tem a cara-de-pau de deturpá-las retirando-as do contexto.

Se resolver ir além das agressões físicas contra homossexuais - coisa que, repito, não foi caracterizada como tema base da discussão (basta reler a primeira postagem) - fique à vontade. Se for pra continuar com a verborragia, melhor que eu nem te responda mais. Mas se quiser seguir a trilha da psicanálise, fique à vontade também. Mas é bom que tenha um bom domínio do assunto, porque eu tenho.

No mais, tenha uma boa vida.


Basta dizer três vezes "Besouro Suco, Besouro Suco, Besouro Suco!", e aparecerei virtualmente!

Besouro Suco
Safira
Safira

Número de Mensagens : 132
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Eterna em Dom 04 Set 2011, 7:27 pm

Bem, a enquete é de uma pobreza impar! Vejamos os outros aspectos das opções que deveriam ser definidas:

Não,vou ser fiel até o fim. .
- Claro! Estudar para esclarecer ainda mais meus pontos de vista está fora de cogitação!

Opção 2 - Sim,senão logo seremos presos. .
- Por quem? E por que?

Opção 3 - Sou gay/ateu. .
- De que forma a opção sexual/religiosa impede o conhecimento e contato com Deus?


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3784
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Ton em Dom 04 Set 2011, 10:24 pm

A sociedade moderna tem tratado esse pecado abominável como algo moralmente aceito.
Preparei uma Apresentação PPS (BAIXAR) combatendo esse avanço imoral em nossa sociedade.

Fiquem com o Eterno!


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Valeria Freitas em Dom 04 Set 2011, 11:27 pm

eterna, achei algo interessante otro dia e gostaria de perguntar a voce sobre isso:

Sexo e Espiritualidade

Uma Amiga Data Pergunta:18/02/2004
Data Resposta:18/02/2004
Questão Nº: 77
País:BRASIL
Como o Homosexualismo é visto pela espiritualidade?

Resposta de: Adilson Lorente

Resposta:
No livro Atualidade do Pensamento Espírita, psicografado pelo médium Divaldo Pereira Franco, o espírito de Vianna de Carvalho, respondendo à questão 179, nos dá a seguinte visão: "O homossexualismo é processo natural de experiência evolutiva, através do qual o Espírito, portador de uma psicologia (comportamento, personalidade) diferente da sua anatomia (características físicas sexuais), deve desenvolver valores pertinentes a ambas manifestações (masculinos e femininos), sem que, necessariamente, deva corromper-se, entregando-se a comportamentos sexuais perturbadores". Alerta mais adiante que esses Espíritos também "não se devem perverter, permitindo-se uma conduta agressiva ao próprio organismo".
O que seria "entregar-se a comportamento sexuais perturbadores" e "conduta agressiva ao próprio organismo". A resposta não esclarece. Nosso entendimento, considerando inclusive outras obras espíritas, contudo, nos leva a crer que é considerado fator de perturbação do espírito e agressão ao próprio organismo manter relações com pessoas do mesmo sexo, revelando sua incapacidade de aceitar seu corpo, as funções naturais de órgãos, de ter uma sexualidade adequada e coerente com ele.
Trata-se, sem dúvida, de um desafio para esses espíritos, cuja psique emula uma vontade sexual incompatível com o seu corpo e o corpo daquele que é objeto de seu desejo, sob esse ponto de vista. Para superá-lo, terão que se elevarem acima de sua vontade sexual, dominando-a e sublimando-a.
Se entendermos que a sexualidade é uma das mais poderosas energias geradas pelo espírito quando encarnado, seu desafio será de canalizar essa energia sexual para atividades criativas, como a pintura, a música; para atividades de intensa doação e extremo amor ao próximo, como a medicina e seus serviços auxiliares ou os cuidados aos impossibilitados.Tanto no Ocidente quanto no Oriente há servidores espirituais de diversas religiões que sublimam a sua sexualidade, direcionando toda a sua energia sexual para a ajuda aos seus semelhantes. Padres, madres, monges e monjas e mesmo leigos ou praticantes das mais diversas religiões, que se comportam de acordo com as regras do serviço que abraçaram, redirecionam toda a energia sexual para o serviço ao próximo.
Para aqueles homossexuais que não forem capazes de sublimar e/ou redirecionar sua energia, o convívio com a sexualidade certamente será um grande desafio no sentido de agredir o mínimo possível a si e ao próximo. À medida que consigam substituir o desejo meramente carnal, a sensualidade física mais instintiva, pelo amor incondicional, pela ternura, pela afetividade, pela fraternidade se libertarão dessa contradição e conseguirão superar esse desafio existencial que impuseram a si próprios em encarnações anteriores, em função da perda de controle sobre sua sexualidade e dos desvios sexuais praticados.

bem, conforme o site, em perguntas e respostas que tem por lá, encontrei essa e achei interessante a perspectiva da ótica dos espiritas sobre o homossexualismo.
ou eu muito me engano, ou tá dizendo aí que num é certo também não, ou eu to errada na minha compreensão?

gostaria muito que voce me explicasse essa resposta do medium aí. poderia?

ou no espiritismo, tal qual no protestantismo, voces tem vertentes e doutrinas diferentes também?

poderia me explicar isso, fazendo favor?

beijos!

Valeria Freitas
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 758
Idade : 52
Localização : Pitangui - MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 08/08/2011

http://www.eunumtenho.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 19 Set 2011, 8:40 am

"“Se eles fazem sexo, bebem e usam drogas discretamente, em lugares escuros, não temos como saber. Somos seis guardas para cuidar de mais de 15 mil metros quadrados de parque. Além disso, como há muitos casais homossexuais, quando chamamos a atenção dos mais assanhados, nos acusam de homofóbicos”, argumentou um guarda municipal.

http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/9/recreio_na_quinta_e_regado_a_alcool_sexo_e_drogas_193114.html

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 19 Set 2011, 8:22 pm



Bolsonaro precisa de escolta para sair de palestra em universidade
Deputado foi hostilizado por estudantes. Vídeo mostra segurança supostamente armado
Rio - Após palestra na manhã desta segunda-feira na Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, o deputado Jair Bolsonaro (PP) precisou de escolta policial para deixar a instituição, após protestos de estudantes. Uma viatura da Polícia Militar foi chamada para conter estudantes, que dirigiam ofensas ao deputado e gritavam que Bolsonaro "não os representa".

O evento foi realizado na faculdade de direito. Dentro auditório onde a palestra aconteceu o clima já teria sido tenso. Segundo Bolsonaro ele "vendeu o que tinha que vender", apresentando seus argumentos contra a possível implementação do programa contra homofobia nas escolas primárias, o que ele chama de 'kit gay 2'. No auditório ele sido impedido de sair e levado cusparadas de um grupo de estudantes.



Na saída, do lado de fora do prédio, um ato de protesto acabou sendo realizado por vários alunos. Depois de alguns minutos de tensão, um táxi foi chamado e antes de entrar no carro, Bolsonaro, ironicamente, acenou e mandou beijos para os manifestantes. Ele não conseguiu deixar o local, já que manifestantes teriam deitado na frente do veículo.

Junto com o deputado, um segurança entrou no veículo. Um vídeo publicado no Youtube mostra o momento em que o homem guarda o que seria uma arma (minuto 3'57 do vídeo), antes de entrar no veículo. Bolsonaro não confirma que estava no local com um segurança armado. "Vi o vídeo e parece que é uma arma, mas, se é mesmo eu não sei, as imagens precisam ser periciadas. Mas, se ele estava armado, garanto que todo mundo que anda comigo tem porte de arma".

Apenas cerca de um hora depois do fim da palestra, Bolsonaro conseguiu deixar a UFF, dentro de uma viatura da Polícia Militar.

Polêmicas acumuladas

Jair Bolsonaro tem se notabilizado, principalmente, por apresentar posições polêmicas em temas como homofobia, preconceito racial, sexismo, cotas raciais e defesa da tortura e do regime militar no Brasil. Ele cumpre sua sexta legislatura na Câmara dos Deputados. Em março de 2011, acabou gerando mais repercussão ao conceder entrevista ao programa CQC, da Band, onde se posicionou contra os movimentos que fazem "apologia" à homossexualidade e à bissexualidade. Disse que seu filho, com "boa educação e um pai presente", "não corre o risco" de se tornar homossexual, e que desfiles gays são "promoção de maus costumes".

A OAB-RJ chegou a anunciar que encaminharia pedido de cassação do mandato de Bolsonaro por quebra de decoro parlamentar, justificando que as declarações do deputado do Partido Progressista são "inaceitavelmente ofensivas pois têm um cunho racista e homofóbico, incompatível com as melhores tradições parlamentares brasileiras".


fonte:

http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/9/bolsonaro_precisa_de_escolta_para_sair_de_palestra_em_universidade_193338.html

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

homossexuais

Mensagem por sabino-sp em Sab 24 Set 2011, 2:45 pm

Well escreveu:Numa aula de Sociologia que tive na Universidade, a professora levantou a bandeira dizendo que o homossexualismo é algo normal. Bem, eu não concordei por um simples motivo: se todos resolvessem ser homossexuais a vida humana simplesmente se extinguiria.
[ ]s e pt saudações.

Também sigo esta linha de pensamento
tudo na natureza tem um porque não tem como negar o sexo é para procriação sim, Deus fez com que houvesse prazer nisto caso contrario não haveria a procura isto causaria o fim , o que levaria a extinção da espécie tb, sabemos que no reino animal as femeas ficam no cio os machos sentem o cheiro isto faz com que haja o coito , portanto homem com homem e mulher com mulher não é normal apesar de existir desde os primordios dos tempos isto faria com que extinguisse a espécie
mas nos dias de hoje até dar opinião contraria a isto é perigoso chamam de homofobia e pode-se levar processo e até ser preso


sabino-sp
Sol
Sol

Número de Mensagens : 2161
Idade : 63
Localização : Santo André - São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (Parte II)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:37 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 29 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 17 ... 29  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum