.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
67 usuários online :: 2 usuários cadastrados, 1 Invisível e 64 Visitantes :: 1 Motor de busca

Khwey, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Pedir perdão ou perdoar?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 01 Fev 2013, 9:06 am

Qual seria o certo? pedir perdão ou perdoar
creio que todo pedir é mais facil, do que entregar
pessoalmente não consigo visualizar na Biblia especificamente
esse negocio de pedir perdão
ninguém precisa ficar pedindo perdão a ninguém
precisamos perdoar e pronto

em que foi que errei? alguém discorda de mim biblicamente?

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por phaby em Sex 01 Fev 2013, 9:59 am

Acredito que pedi perdão é tão difícil quanto perdoa. Reconhecer que esta errado e ir ao encontro da pessoa e pedir perdão "catuca" o orgulho de muita gente. Nem sempre temos a disposição de se humilhar e pedi perdão.
Na biblia fala em pedir perdão, de ir ao encontro da pessoa magoada ou que te magoou e se reconciliar.
Um exemplo, a parte que Jesus fala da oferta:
"Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.
Mateus 5:23-24"



jesus te ama
Paz do Senhor irmão!

phaby
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 256
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 01 Fev 2013, 10:06 am

Pronto, chegamos aonde queria
se reconciliar com o irmão é perdoar ou pedir perdão?
pois voce tá na sua
o seu irmão é que tem algo contra você
quem tem que liberar o perdão?
voce ou seu irmão?

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 01 Fev 2013, 10:09 am

Meu irmão me perdoe por favor

me perdoe por voce ser ignorante
me perdoe por voce ser insensivel
me perdoe por voce ser um idiota

será que é isso? ou assim que devemos pedir perdão?





oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 01 Fev 2013, 10:25 am

com isso não quero dizer que também erramos

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por phaby em Sex 01 Fev 2013, 11:16 am

oliveira leite escreveu:Meu irmão me perdoe por favor

me perdoe por voce ser ignorante
me perdoe por voce ser insensivel
me perdoe por voce ser um idiota

será que é isso? ou assim que devemos pedir perdão?




:risadinha:

É mais ou menos isso o que o versículo bíblico está dizendo..."e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti" . É isso mesmo, estando errado ou certo temos que ir a pessoa e pedi perdão. rs

Para pagar a "dívida" com Deus, devemos pedi perdão e liberar o perdão, se a outra pessoa não quiser perdoar, ai meu irmão, o problema é dela pois a nossa parte fizemos! hehe...


jesus te ama
Paz do Senhor irmão!

phaby
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 256
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 01 Fev 2013, 11:56 am

Tipo:::
Os judeus mataram os palestinos
depois dizem:
me perdoe irmãos,,se perdoar tudo bem, se não perdoar problemas deles

Os nazistas matam os judeus
ai dizem: me perdoem irmãos
se predoarem tudo bem, se não perdoarem, problema deles

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por phaby em Ter 05 Fev 2013, 12:17 pm

oliveira leite escreveu:Tipo:::
Os judeus mataram os palestinos
depois dizem:
me perdoe irmãos,,se perdoar tudo bem, se não perdoar problemas deles

Os nazistas matam os judeus
ai dizem: me perdoem irmãos
se predoarem tudo bem, se não perdoarem, problema deles


A lição que Jesus queria passar é: Digamos que um irmão tenha te magoado então nesse caso você está certo ele está errado, Jesus ensina que se essa pessoa não toma a iniciativa de pedir perdão, a gente deve tomar essa iniciativa de chegar até ela e se acertar, perdoando e pedindo perdão, se a pessoa não se tocar e mesmo assim continua orgulhosa, pelo menos a sua parte você fez e ai você ganha pontos com Deus. Nesses casos acima apresentados, sobre os Judeus e os Nazistas seria mais ou menos isso. Sabe que Jesus mandava a gente fazer cada coisa como dá a outra face, se alguém viesse nos roubar dava a capa também, além de ter que amar aos inimigos (ufa!). Sabemos que o ódio dos nazistas aos judeus não nasceu do nada, e sabemos também que Deus é justo e fará justiça pelos seus, ele só nos ensina a perdoa e deixa que a vingança é com Ele e irá julgar a favor dos seus.

Detalhe: tudo isso foi baseado em um belissima pregação sobre o assunto


Última edição por phaby em Ter 05 Fev 2013, 10:05 pm, editado 1 vez(es)


jesus te ama
Paz do Senhor irmão!

phaby
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 256
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por silvamelo em Ter 05 Fev 2013, 12:43 pm

Você sabe que está no erro com seu irmão: Peça perdão.

Você errou com seu irmão e nem se deu conta, mas ele ou alguém vem se queixar com você: Peça perdão.

Você não errou com seu irmão, mas ele acha que sim: Peça perdão.

Seu irmão errou com você e vem lhe pedir perdão: Perdoe.

Seu irmão errou com você e não lhe pediu perdão: Esteja pronto a perdoar.

É amigo, a vida cristã é essa mesmo... É uma estrada difícil para os orgulhosos...

Você é um cristão orgulhoso: Peça humildade a Deus!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por oliveira leite em Sex 08 Fev 2013, 4:35 pm

A questão é mais milindrosa do que parece

perdoar não é pedir perdão

pedi perdão é para pedintes

"quando digo me perdoe por favor"
eu não estou perdoando
ou seja não estou liberando
mas
estou pedindo para mim

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por DEMAR em Sex 08 Fev 2013, 10:39 pm

Perdoai, para que Deus vos perdoe


1. Bem-aventurados os que são misericordiosos, porque obterão misericórdia. (S. MATEUS, cap. V, v. 7.)

2. Se perdoardes aos homens as faltas que cometerem contra vós, também vosso Pai celestial vos perdoará os pecados; - mas, se não perdoardes aos homens quando vos tenham ofendido, vosso Pai celestial também não vos perdoará os pecados. (S. MATEUS, cap. VI, vv. 14 e 15.)

3. Se contra vós pecou vosso irmão, ide fazer-lhe sentir a falta em particular, a sós com ele; se vos atender, tereis ganho o vosso irmão. - Então, aproximando-se dele, disse-lhe Pedro: "Senhor, quantas vezes perdoarei a meu irmão, quando houver pecado contra mim? Até sete vezes?" - Respondeu-lhe Jesus: "Não vos digo que perdoeis até sete vezes, mas até setenta vezes sete vezes." (S. MATEUS, cap. XVIII, vv. 15, 21 e 22.)

4. A misericórdia é o complemento da brandura, porquanto aquele que não for misericordioso não poderá ser brando e pacífico. Ela consiste no esquecimento e no perdão das ofensas. O ódio e o rancor denotam alma sem elevação, nem grandeza. O esquecimento das ofensas é próprio da alma elevada, que paira acima dos golpes que lhe possam desferir. Uma é sempre ansiosa, de sombria suscetibilidade e cheia de fel; a outra é calma, toda mansidão e caridade.

Ai daquele que diz: nunca perdoarei. Esse, se não for condenado pelos homens, sê-lo-á por Deus. Com que direito reclamaria ele o perdão de suas próprias faltas, se não perdoa as dos outros? Jesus nos ensina que a misericórdia não deve ter limites, quando diz que cada um perdoe ao seu irmão, não sete vezes, mas setenta vezes sete vezes.

Há, porém, duas maneiras bem diferentes de perdoar: uma, grande, nobre, verdadeiramente generosa, sem pensamento oculto, que evita, com delicadeza, ferir o amor-próprio e a suscetibilidade do adversário, ainda quando este último nenhuma justificativa possa ter; a segunda é a em que o ofendido, ou aquele que tal se julga, impõe ao outro condições humilhantes e lhe faz sentir o peso de um perdão que irrita, em vez de acalmar; se estende a mão ao ofensor, não o faz com benevolência, mas com ostentação, a fim de poder dizer a toda gente: vede como sou generoso! Nessas circunstâncias, é impossível uma reconciliação sincera de parte a parte. Não, não há aí generosidade; há apenas uma forma de satisfazer ao orgulho. Em toda contenda, aquele que se mostra mais conciliador, que demonstra mais desinteresse, caridade e verdadeira grandeza dalma granjeará sempre a simpatia das pessoas imparciais.

Reconciliação com os adversários


5. Reconciliai-vos o mais depressa possível com o vosso adversário, enquanto estais com ele a caminho, para que ele não vos entregue ao juiz, o juiz não vos entregue ao ministro da justiça e não sejais metido em prisão. - Digo-vos, em verdade, que daí não saireis, enquanto não houverdes pago o último ceitil. (S. MATEUS, cap. V, vv. 25 e 26.)

6. Na prática do perdão, como, em geral, na do bem, não há somente um efeito moral: há também um efeito material. A morte, como sabemos, não nos livra dos nossos inimigos; os Espíritos vingativos perseguem, muitas vezes, com seu ódio, no além-túmulo, aqueles contra os quais guardam rancor; donde decorre a falsidade do provérbio que diz: "Morto o animal, morto o veneno", quando aplicado ao homem. O Espírito mau espera que o outro, a quem ele quer mal, esteja preso ao seu corpo e, assim, menos livre, para mais facilmente o atormentar, ferir nos seus interesses, ou nas suas mais caras afeições. Nesse fato reside a causa da maioria dos casos de obsessão, sobretudo dos que apresentam certa gravidade, quais os de subjugação e possessão. O obsidiado e o possesso são, pois, quase sempre vítimas de uma vingança, cujo motivo se encontra em existência anterior, e à qual o que a sofre deu lugar pelo seu proceder. Deus o permite, para os punir do mal que a seu turno praticaram, ou, se tal não ocorreu, por haverem faltado com a indulgência e a caridade, não perdoando. Importa, conseguintemente, do ponto de vista da tranqüilidade futura, que cada um repare, quanto antes, os agravos que haja causado ao seu próximo, que perdoe aos seus inimigos, a fim de que, antes que a morte lhe chegue, esteja apagado qualquer motivo de dissensão, toda causa fundada de ulterior animosidade. Por essa forma, de um inimigo encarniçado neste mundo se pode fazer um amigo no outro; pelo menos, o que assim procede põe de seu lado o bom direito e Deus não consente que aquele que perdoou sofra qualquer vingança. Quando Jesus recomenda que nos reconciliemos o mais cedo possível com o nosso adversário, não é somente objetivando apaziguar as discórdias no curso da nossa atual existência; é, principalmente, para que elas se não perpetuem nas existências futuras. Não saireis de lá, da prisão, enquanto não houverdes pago até o último centavo, isto é, enquanto não houverdes satisfeito completamente a justiça de Deus.

O sacrifício mais agradável a Deus


7. Se, portanto, quando fordes depor vossa oferenda no altar, vos lembrardes de que o vosso irmão tem qualquer coisa contra vós, - deixai a vossa dádiva junto ao altar e ide, antes, reconciliar-vos com o vosso irmão; depois, então, voltai a oferecê-la. - (S. MATEUS, cap. V, vv. 23 e 24.)

8. Quando diz: "Ide reconciliar-vos com o vosso irmão, antes de depordes a vossa oferenda no altar", Jesus ensina que o sacrifício mais agradável ao Senhor é o que o homem faça do seu próprio ressentimento; que, antes de se apresentar para ser por ele perdoado, precisa o homem haver perdoado e reparado o agravo que tenha feito a algum de seus irmãos. Só então a sua oferenda será bem aceita, porque virá de um coração expungido de todo e qualquer pensamento mau. Ele materializou o preceito, porque os judeus ofereciam sacrifícios materiais; cumpria--lhe conformar suas palavras aos usos ainda em voga. O cristão não oferece dons materiais, pois que espiritualizou o sacrifício. Com isso, porém, o preceito ainda mais força ganha. Ele oferece sua alma a Deus e essa alma tem de ser purificada. Entrando no templo do Senhor, deve ele deixar fora todo sentimento de ódio e de animosidade, todo mau pensamento contra seu irmão. Só então os anjos levarão sua prece aos pés do Eterno. Eis aí o que ensina Jesus por estas palavras: "Deixai a vossa oferenda junto do altar e ide primeiro reconciliar-vos com o vosso irmão, se quiserdes ser agradável ao Senhor."

FONTE: EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO.

DEMAR
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 236
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/05/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pedir perdão ou perdoar?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:11 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum