.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
25 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 25 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Profissão: Pastor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Profissão: Pastor

Mensagem por Cezar Charles em Qui 17 Jan 2013, 9:20 pm




Revista Veja ataca evangélicos em matéria afirmando que pastores são mão de obra para arrecadar dinheiro
A formação de pastores evangélicos e o trabalho de alguns deles em tempo integral em suas igrejas foi tema alvo de uma matéria publicada na última semana pela revista Veja. No texto, escrito pelo jornalista João Batista Jr., as igrejas evangélicas são encaradas como formas de negócio, e descritas como meios para arrecadação de dinheiro.
Segundo a revista o texto foi inspirado pela Escola de Líderes da Associação Vitória em Cristo (Eslavec), evento promovido pela igreja liderada pelo pastor Silas Malafaia. O texto explica que o repórter da revista teria participado dos cursos de forma anônima, para explicitar o que acontece no curso, que o jornalista chama de “curso de formação de mão de obra evangélica”.
Durante todo o texto as igrejas são descritas como negócios, e seus líderes chegam a ser citados pelo jornalista como sendo seus donos. O jornalista afirma que assistiu às palestras da Eslavec e teceu uma série de comentários pelos quais as igrejas são descritas como verdadeiros grupos empresariais.
Em um trecho da matéria o jornalista afirma que entre as palestras do evento “uma espécie de supermercado da fé tomava conta do local, com anúncios de descontos em livros, DVDs e CDs evangélicos”.
A matéria citou também um momento de oração feito pelos participantes do encontro, que foi incentivado pelo pastor norte americano T.D. Jakes, da Potter’s House, de Dallas, afirmando que na hora em que as pessoas iniciaram suas orações nos hotéis o ambiente ficou parecido com o que ele chama de uma “rave de Jesus”.
Citando uma fala de Malafaia, na qual ele disse que poucos pastores que estão em ação são verdadeiramente qualificados, o repórter afirmou que o pastorado acabou se tornando um negócio, que exige cada vez mais a profissionalização.
- Com mais rebanho para cuidar, aumentou também a necessidade de acelerar a formação dos pastores. O evento da Eslavec é um exemplo do atual grau de profissionalização do negócio. – declarou.
Comparando diretamente as igrejas com empresas, o jornalista afirma que as igrejas estão incorporando “estratégias para reter talentos e premiar funcionários que cumprem metas de lucros”. Como exemplo para essa prática ele cita estratégias que, segundo ele, foram adotadas pela Igreja Universal nos anos 90.
Usando termos como “Templo é Dinheiro”, a matéria da Veja leva o leitor a enxergar a igreja evangélica como um meio encontrado por alguns para obter lucro, como em uma empresa. Fazendo um trocadilho com termos bíblicos, o jornalista escreve que as igrejas adotam “mandamentos para faturar e conquistar fiéis”, e lista coisas como: criação de múltiplas formas de pedir contribuições, uso constante de clichês nos discursos e até mesmo uso de técnicas teatrais. Tudo isso, segundo o jornalista, para aumentar a arrecadação das igrejas.
Para a blogueira Vera Siqueira, do site “Uma estrangeira no mundo”, a visão que o jornalista obteve com sua participação no curso foi um reflexo de pastores conquistados pela chamada Teologia da Prosperidade.
- Muitos pastores, já conquistados pela diabólica Teologia da Prosperidade, lá vão para aprender mais sobre como fazer crescer seus ministérios (não o número de almas a serem salvas, mas o número de templos, os percentuais de arrecadação e coisas do tipo), ou se “capacitarem” para poder pleitear um salário de até vinte e dois mil reais em igrejas como as do Malafaia, Edir Macedo ou dos Hernandes – afirma Siqueira, que ressalta ainda o fato de que a igreja liderada por Malafaia banca a participação de milhares de seus membros no curso. Segundo ela isso serviria apenas para manter essas pessoas fiéis às ideias pregadas pelo pastor.
- Uma vez “fisgados”, levarão também seus rebanhos para seguirem Silas Malafaia. E assim, se perpetuará o feudo gospel e as ofertas para seu ministério – conclui a blogueira.

Fonte: http://www.cacp.org.br/revista-veja-ataca-evangelicos/#respond

Cezar Charles
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 525
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 22 Jan 2013, 8:08 am

Nao sei pq vc está assustado com isto, afinal de contas faz parte da profecia biblica:

"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo";(2 Pedro 2:1-4)

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por I74M4R em Ter 22 Jan 2013, 10:54 am

Bela materia dessa revista, Atraves dela mais pessoas estao conhecendo esse Sistema Religioso podre , essa babilonia de satanas,

Eu tenho nojo desses pastores MERCENARIOS , la em Joao cp 10 fala muito bem sobre eles..



I74M4R
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 432
Idade : 27
Localização : Vitoria-ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por David de Oliveira em Ter 22 Jan 2013, 11:05 am

(...) a igreja liderada por Malafaia banca a participação de milhares de seus membros no curso. Segundo ela isso serviria apenas para manter essas pessoas fiéis às ideias pregadas pelo pastor.
- Uma vez “fisgados”, levarão também seus rebanhos para seguirem Silas Malafaia. E assim, se perpetuará o feudo gospel e as ofertas para seu ministério – conclui a blogueira.

É um erro muito grande pensar que só porque o cara faz o seu teatro no palco, ele é "abençoado" e merece confiança. Devemos deixar esse tabu, que só tem beneficiado esses vagabundos...


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8359
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por Cezar Charles em Ter 22 Jan 2013, 9:44 pm

Problema é que a massa já tá com a mente cauterizada ali, e eu sei bem como é isso. Será que esses caras não tem temor a Deus? Ou será que eles mesmo sabem que não tem mais jeito e se aproveitam? Logo o Silas que é um cara dinâmico e bota a cara pra bater e não se toca.

Cezar Charles
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 525
Idade : 39
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por David de Oliveira em Ter 22 Jan 2013, 10:27 pm

Cezar Charles escreveu:Problema é que a massa já tá com a mente cauterizada ali, e eu sei bem como é isso. Será que esses caras não tem temor a Deus? Ou será que eles mesmo sabem que não tem mais jeito e se aproveitam? Logo o Silas que é um cara dinâmico e bota a cara pra bater e não se toca.

O dinheiro tem uma força imensurável no caráter da pessoa. Não tem jeito, todos mudam inevitavelmente quando adquirem os seguintes ingredientes: Dinheiro, poder, fama, popularidade, prepotência, egoísmo, exclusivismo, odiosidade, agitação e descrença. Podem analisar essas pessoas, são todas iguais nessas características. Não têm os inversos dessas qualidades, que são: Amor, humildade, modéstia, compaixão, simplicidade, descanso, calma, tranqüilidade e paz.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8359
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por Gil Rocha em Seg 28 Jan 2013, 10:54 am

Os pastores verdadeiros, chamados por Deus e não pelo dinheiro; as verdadeiras igrejas (como são a maioria das históricas e muitas pentecostais), sofrem, imerecidamente, devido a existência desse neo-pentecostalismo caça-níquel, prato cheio para céticos fundamentalistas e meios de comunicação anti-cristãos.


Gil Rocha

Gil Rocha
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 441
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por David de Oliveira em Seg 28 Jan 2013, 12:53 pm

Gil Rocha escreveu:Os pastores verdadeiros, chamados por Deus e não pelo dinheiro; as verdadeiras igrejas (como são a maioria das históricas e muitas pentecostais), sofrem, imerecidamente, devido a existência desse neo-pentecostalismo caça-níquel, prato cheio para céticos fundamentalistas e meios de comunicação anti-cristãos.

Não precisa ser cético, ateu ou neo pentecostal para se indignar com essas vagabundos... Isso é um caso de policia que perturba toda a sociedade.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8359
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por Gil Rocha em Seg 28 Jan 2013, 9:33 pm

David de Oliveira escreveu:
Gil Rocha escreveu:Os pastores verdadeiros, chamados por Deus e não pelo dinheiro; as verdadeiras igrejas (como são a maioria das históricas e muitas pentecostais), sofrem, imerecidamente, devido a existência desse neo-pentecostalismo caça-níquel, prato cheio para céticos fundamentalistas e meios de comunicação anti-cristãos.

Não precisa ser cético, ateu ou neo pentecostal para se indignar com essas vagabundos... Isso é um caso de policia que perturba toda a sociedade.

É verdade.

Mas acho que o mais indignado deve ser o verdadeiro cristão, e principalmente, os verdadeiros pastores.

Imagine estar na pele de quem dedica-se fielmente a um ministério difícil e, depois de anos de estudos e provações, sentir-se comparado a uma legião de aproveitadores sem escrúpulos, ricos e famosos, idolatrados por uma multidão de gente deslumbrada com o marketing neo-pentecostal... Deve doer ter de ouvir "Todo pastor é ladrão", mesmo que muitos dos que a si mesmos se fazem pastores o sejam.


Gil Rocha

Gil Rocha
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 441
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/09/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Sex 11 Abr 2014, 11:59 am

Engraçado. Reclamam tanto que muitos pastores fazem "besteira" por falta de formação teológica, e quando aparece uma iniciativa de ensino como a do Malafaia, reclamam.
A ESLAVEC é ruim ? muito bem, então por que alguém não aparece com uma iniciativa melhor  ?

Seria interessante que esses que reclamam também soubessem trazer soluções.

Ah, é escandaloso o salário de 22 mil reais para um pastor ? muito bem, então qual seria o adequado ?


Um salário mínimo, para executar serviço de pregação e ensino da Palavra (que não é pouca coisa, não basta pegar um sermãozinho da internet), aconselhamento bíblico aos problemáticos e angustiados (quase não tem gente assim...), gestão de pessoas e recursos, etc. ?Acho é muito pouco para um trabalho de tão excelente nível.

O que precisamos é apertar mais as malhas da rede, para barrar o acesso ao ministério dos despreparados, desqualificados e mau-intencionados.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Sex 11 Abr 2014, 12:05 pm

Gil Rocha escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Gil Rocha escreveu:Os pastores verdadeiros, chamados por Deus e não pelo dinheiro; as verdadeiras igrejas (como são a maioria das históricas e muitas pentecostais), sofrem, imerecidamente, devido a existência desse neo-pentecostalismo caça-níquel, prato cheio para céticos fundamentalistas e meios de comunicação anti-cristãos.

Não precisa ser cético, ateu ou neo pentecostal para se indignar com essas vagabundos... Isso é um caso de policia que perturba toda a sociedade.

É verdade.

Mas acho que o mais indignado deve ser o verdadeiro cristão, e principalmente, os verdadeiros pastores.

Imagine estar na pele de quem dedica-se fielmente a um ministério difícil e, depois de anos de estudos e provações, sentir-se comparado a uma legião de aproveitadores sem escrúpulos, ricos e famosos, idolatrados por uma multidão de gente deslumbrada com o marketing neo-pentecostal... Deve doer ter de ouvir "Todo pastor é ladrão", mesmo que muitos dos que a si mesmos se fazem pastores o sejam.

Como pastor, sinto isso na pele.
E olha que não ganho nada da igreja, pois tenho meu trabalho secular.
Mas pelos escândalos que acontecem, "por uns pagam todos", já que a maioria das pessoas quer apenas um bode expiatório para apedrejar.
Elas não tem discernimento para fazerem a distinção entre pastor A e B, e caem na esparrela da generalização.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 14 Abr 2014, 11:14 am

DANNILO STELIO escreveu:
Engraçado. Reclamam tanto que muitos pastores fazem "besteira" por falta de formação teológica, e quando aparece uma iniciativa de ensino como a do Malafaia, reclamam.
A ESLAVEC é ruim ? muito bem, então por que alguém não aparece com uma iniciativa melhor  ?

Seria interessante que esses que reclamam também soubessem trazer soluções.

Ah, é escandaloso o salário de 22 mil reais para um pastor ? muito bem, então qual seria o adequado ?


Um salário mínimo, para executar serviço de pregação e ensino da Palavra (que não é pouca coisa, não basta pegar um sermãozinho da internet), aconselhamento bíblico aos problemáticos e angustiados (quase não tem gente assim...), gestão de pessoas e recursos, etc. ?Acho é muito pouco para um trabalho de tão excelente nível.

O que precisamos é apertar mais as malhas da rede, para barrar o acesso ao ministério dos despreparados, desqualificados e mau-intencionados.

Estes questionamentos todos relatados acima ja é debatido no topico no link abaixo:

http://gospelbrasil.topicboard.net/t3429-subsidio-pastoral-justo-ou-injusto

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 14 Abr 2014, 11:30 am

para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor...

pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Seg 14 Abr 2014, 1:20 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 14 Abr 2014, 5:22 pm

DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Seg 14 Abr 2014, 5:50 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 14 Abr 2014, 6:28 pm

DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

demonstre....

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Seg 14 Abr 2014, 9:28 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

demonstre....
Acesse o site que eu indiquei.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 15 Abr 2014, 4:58 pm

DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

demonstre....
Acesse o site que eu indiquei.

lembre-se o principio do onus da prova....

eu pedi para fazer a demonstração e nao fazer ilação com um link de um site geral.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Ter 15 Abr 2014, 5:30 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

demonstre....
Acesse o site que eu indiquei.

lembre-se o principio do onus da prova....

eu pedi para fazer a demonstração e nao fazer ilação com um link de um site geral.

Fico imaginando o que você entende por "demonstração" nesse caso...
Veja bem:
VOCÊ disse que "para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO".
Muito bem. De onde vc tirou essa informação ? (aliás, vc só mencionou, não colocou o link, lembra ? cadê o ônus da prova agora ?).
Claro, do site do CBO, ligado ao Ministério do Trabalho, não é mesmo  ? E é de lá que vem a definição
"Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, DIFERENTEMENTE da CBO é realizada por meio de lei" (destaque meu).
Ora, se PARA O GOVERNO (ou seja, Ministério do Trabalho) fossem a mesma coisa PROFISSÃO e OCUPAÇÃO, não haveria motivo para serem tratadas DE FORMA DIFERENTE não é mesmo ?

Portanto, sua conclusão está equivocada. PROFISSÃO e OCUPAÇÃO estão relacionadas, mas não são obrigatoriamente a mesma coisa.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 16 Abr 2014, 10:25 am

DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO (Código Brasileiro de Ocupação) Nº 2631-05 (Chamado de Ministro de Culto Religioso), entao para o GOVERNO, pastor nada mais é do que uma profissão como outra qualquer.
Não é bem assim.
Existe diferença entre ocupação e profissão, conforme o próprio site (http://www.mtecbo.gov.br).
A profissão é um trabalho ou atividade especializada dentro da sociedade, geralmente exercida por um profissional competente para tal fim. Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, diferentemente da CBO é realizada por meio de lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional, por meio de seus Deputados e Senadores , e levada à sanção do Presidente da República.

qual é o argumento juridico que prova a tese acima?

Presunção de veracidade decorrente do fato das referidas definições advirem do próprio Ministério do Trabalho, no referido site.

demonstre....
Acesse o site que eu indiquei.

lembre-se o principio do onus da prova....

eu pedi para fazer a demonstração e nao fazer ilação com um link de um site geral.

Fico imaginando o que você entende por "demonstração" nesse caso...
Veja bem:
VOCÊ disse que "para o GOVERNO, pastor é um profissional como outro qualquer, como medico, engenheiro, advogado, professor... pois o mesmo está cadastrado no CBO".
Muito bem. De onde vc tirou essa informação ? (aliás, vc só mencionou, não colocou o link, lembra ? cadê o ônus da prova agora ?).
Claro, do site do CBO, ligado ao Ministério do Trabalho, não é mesmo  ? E é de lá que vem a definição
"Os efeitos de uniformização pretendida pela Classificação Brasileira de Ocupações são de ordem administrativa e não se estendem as relações de trabalho. Já a  regulamentação da profissão, DIFERENTEMENTE da CBO é realizada por meio de lei" (destaque meu).
Ora, se PARA O GOVERNO (ou seja, Ministério do Trabalho) fossem a mesma coisa PROFISSÃO e OCUPAÇÃO, não haveria motivo para serem tratadas DE FORMA DIFERENTE não é mesmo ?

Portanto, sua conclusão está equivocada. PROFISSÃO e OCUPAÇÃO estão relacionadas, mas não são obrigatoriamente a mesma coisa.

do mesmo site que indica que Engenheiros, Médicos, policiais, guardas civis municipais, agentes de transito, e outras, estão registrados no CBO e não sao consideradas ocupações e sim profissões

usando tua mesma medida, entao, Engenheiros, Médicos, policiais, guardas civis municipais, agentes de transito, e outras nao são profissões e sim ocupações.

agora vem a pergunta tira-teima : se pastor é ocupação, porque Engenheiros, Médicos, policiais, guardas civis municipais, agentes de transito, e outras mais, são profissões se as citadas tambem tem registro no CBO?

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Qua 16 Abr 2014, 11:09 am


Como já disse antes, PROFISSÃO é regulamentada por  lei. OCUPAÇÃO não é.  
Toda profissão é ocupação. 
Mas nem toda ocupação é profissão. 
Ou já existe alguma LEI (decisões judiciais esparsas não contam) regulamentando a ocupação pastoral ?

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 16 Abr 2014, 12:34 pm

DANNILO STELIO escreveu:


Como já disse antes, PROFISSÃO é regulamentada por  lei. OCUPAÇÃO não é.  
Toda profissão é ocupação. 
Mas nem toda ocupação é profissão. 
Ou já existe alguma LEI (decisões judiciais esparsas não contam) regulamentando a ocupação pastoral ?

o que existe é um Projeto de Lei nº 4293/12 que está em tramite no congresso.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 6002
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por DANNILO STELIO em Qua 16 Abr 2014, 3:58 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:
DANNILO STELIO escreveu:


Como já disse antes, PROFISSÃO é regulamentada por  lei. OCUPAÇÃO não é.  
Toda profissão é ocupação. 
Mas nem toda ocupação é profissão. 
Ou já existe alguma LEI (decisões judiciais esparsas não contam) regulamentando a ocupação pastoral ?

o que existe é um Projeto de Lei nº 4293/12 que está em tramite no congresso.
Pois então. QUANDO e SE esse projeto for aprovado, aí sim PASTOR SERÁ PROFISSÃO.
Até lá, TECNICAMENTE falando, é OCUPAÇÃO.

DANNILO STELIO
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1639
Idade : 42
Localização : Macapá-AP-Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/02/2014

http://palavravivaefiel.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Profissão: Pastor

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:50 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum