.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» O Jesus diferente do Espiritismo
Ontem à(s) 7:39 pm por David de Oliveira

» Renan é afastado da presidência do Senado após tornar-se réu por peculato
Ontem à(s) 6:53 pm por David de Oliveira

» Oportunidades de emprego
Ontem à(s) 3:55 pm por Christiano

» Noticiário Escatológico
Ontem à(s) 3:33 pm por Jarbas

» Absurdário Escatológico
Ontem à(s) 9:56 am por Ed

» Olá...
Sex 09 Dez 2016, 10:25 pm por Ed

» Qual a verdadeira intenção dos organizadores das manifestações?
Sex 09 Dez 2016, 7:40 pm por Lit San Ares

» Meditações da Bíblia
Sex 09 Dez 2016, 4:59 pm por Discipulah

» Só há um jeito do Lula perder a próxima eleição!
Sex 09 Dez 2016, 7:36 am por gusto

Quem está conectado
31 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 31 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A Igreja está sem identidade !"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Igreja está sem identidade !"

Mensagem por alicarvalho em Sab 15 Dez 2012, 10:32 am

Shabat Shalom !!!

Uma pessoa crente, que se diz sensata, sabe que a igreja está em crise.
E ter uma sensatez neste aspecto significa não estar envolvido em assédios emocionais, em histerias, em ideologias de pastores famosos, em promoções e aglomerações que visam apenas o bem da denominação ou dos indivíduos, em falácias emotivas e cheias de retóricas que mais massageiam o ego do que despertam para a realidade, em reuniões com objetivos distantes do propósito de Salvação e do Reino de D’us, em relacionamentos por mero interesse, em escolhas de cargos eclesiásticos contrárias à Bíblia, em teologias filosóficas e repletas de intenções políticas, denominacionais e humanistas, em ilusões que envolvem o crescimento em número juntamente com o fracasso da verdadeira qualidade do que seja ser servo de Yeshua, etc.
Enfim, ser um crente sensato nos dias de hoje é bem difícil e complicado, porque sofremos algum tipo de discriminação ou perseguição. Estamos dispostos a enfrentar as adversidades desta realidade que nos cerca? Estamos dispostos a abrir mão dos cargos e posições, de algum prestígio, das nossas amizades dentro das igrejas, tudo em prol da VERDADE? Não da verdade que muitos dizem que é A VERDADE, mas da VERDADE QUE É VERDADE, sem a ilusão de satanás.
Gostaria de expor aqui apenas um pouco desta realidade que a igreja vive hoje, baseado no que se refere à sua identidade:

1 – A IGREJA NÃO SABE, VERDADEIRAMENTE, QUEM ELA É
Qual seria a identidade da igreja hoje? Para muitos, a igreja é:
a) povo escolhido de D’us;
b) povo lavado e remido no sangue do Messias;
c) a Noiva de Yeshua;
d) concidadãos dos Céus;
e) o ‘sal da terra’, a ‘luz do mundo’;
f) a opositora do mundo e do reino de satanás, etc.

Talvez essas seriam as respostas mais comuns entres os crentes hoje, mas DE ONDE VIERAM, DE ONDE SURGIRAM TAIS AFIRMAÇÕES?
E então alguém responde: ‘elas vieram da Palavra de D’us!’. Mas, QUAL É A RAÍZ DESTES ESCRITOS? Alguém responde outra vez: ‘a raíz é o Espírito Santo, que inspirou as Escrituras!’.
Claro que o Espírito de D’us é o Autor das Escrituras, mas QUAL É A RAÍZ QUE D’US UTILIZOU PARA ESTABELECER AS ESCRITURAS? QUAL A SEMENTE QUE ELE PLANTOU? ATRAVÉS DE QUEM ESSES ESCRITOS CHEGARAM ATÉ NÓS?


A resposta começa com as próprias afirmações acima:
POVO ESCOLHIDO DE D’US – de que maneira a igreja vive hoje com esta identidade? Os eleitos estão cumprindo o verdadeiro propósito da Igreja do Messias aqui na Terra? Na verdade, muitos ainda nem imaginam o que seja este propósito: trazer o Reino de D’us para a humanidade. Pregar a Salvação, ensinar os Mandamentos, resistir ao mundo e a satanás, fazem parte deste propósito. Se somos salvos, que vivamos como tais, separados das contaminações.
No Reino de D’us, Yeshua é o Rei, e se existe um Rei, existem AS LEIS deste Reino.
Estas Leis, o próprio Rei as cumpriu da forma correta e JAMAIS AS ABOLIU, pois o Seu Reino é caracterizado por estas Leis – A TORAH PLENIFICADA E APERFEIÇOADA PELO REI.
O Fruto do Espírito em Gálatas 5:22,23: “Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
Contra essas coisas não há lei”, está fundamentado na Torah, vivida e ensinada pelo Messias, são as Leis do Seu Reino, frutificando pelo Espírito de D’us. Existem “caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança” interpretadas e vividas pelos que não conhecem a D’us, de acordo com seus conceitos ou dogmas religiosos que são ilusões sobre o que são estas coisas, porém somente através do entendimento da Torah que vem do Espírito de D’us enviado pelo Rei, é que estas coisas VERDADEIRAMENTE SÃO APLICADAS E FAZEM SENTIDO, de acordo com aquilo que o Eterno estabeleceu, de acordo com o Seu Reino e isto significa ser salvo.
Se ensinam que esta Lei foi abolida, que esta igreja substituiu a Israel, que agora estão firmados na ‘fé protestante’, que o Reino de D’us ainda virá, com certeza não estamos vivendo como ‘povo escolhido de D’us’, não temos esta identidade. A Eleição nos traz RESPONSABILIDADES, OBRIGAÇÕES, MANIFESTAÇÕES VISÍVEIS DE FÉ, UM COMPORTAMENTO QUE CONDIZ COM ESTA ELEIÇÃO, TANTO PARA ISRAEL, QUANTO PARA A IGREJA!
Somos ‘povo escolhido de D’us’, ou povo escolhido da denominação? Ou povo escolhido da ‘Reforma’? Ou povo escolhido ‘dos pais da igreja’, tanto os de Roma quanto os do ‘Protestantismo’?
O Messias de Israel, que estabeleceu uma Nova Aliança COM ISRAEL, não é o mesmo ‘Jesus’ dos crentes. Este ‘Jesus’, foi colocado em igualdade com o Pai, foi quem ‘aboliu’ a Lei que o Pai estabeleceu como ESTATUTO PERPÉTUO’, que é Deus, mas não é Rei, que foi morto pelos Seus irmãos judeus, etc.
Por causa destes e de mais outros conceitos, é que o ‘Jesus’ dos crentes NÃO É O MESMO DAS ESCRITURAS. Apesar do Eterno ainda salvar e agir em favor de muitos que usam este nome, se referindo ao Filho de D’us, e isto por causa da imensa misericórdia Dele, não significa que tais conceitos acerca de Yeshua sejam verdadeiros. Não é pelo amor e misericórdia de D’us agindo em nome de ‘Jesus’ é que devemos nos conformar com os conceitos errados que estão sendo ensinados há séculos.
Claro que dependemos de D’us em todas as coisas, mas qual tem sido a nossa atitude em relação ao propósito da Igreja? É para isto que estamos aqui, sermos eternos dependentes do amor e da misericórdia de D’us sem tentar cumprir a nossa eleição como Igreja, não para a salvação, mas para o principal propósito como salvos?

alicarvalho
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1915
Idade : 37
Localização : Muriaé-MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 03/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Igreja está sem identidade !"

Mensagem por alicarvalho em Sab 15 Dez 2012, 10:33 am


POVO LAVADO E REMIDO NO SANGUE DO MESSIAS – se a Igreja está lavada e remida, por que ainda se mantém ‘na imundícia do mundo’? Por que ainda preserva costumes e doutrinas pagãs e mundanas? Por que ao invés do mundo ser influenciado por esta igreja, É A IGREJA QUE ESTÁ SENDO INFLUENCIADA PELO MUNDO? Por que ainda buscam as coisas deste século? Por que ainda se conformam com este mundo e suas imposições? Por que ainda permitem que homens e mulheres, que se dizem NASCIDOS DE NOVO, porém vivem no pecado sem temor nenhum, ainda continuem a pregar e a ensinar nos púlpitos?
Por que os valores foram invertidos? Por que ainda se envolvem mais do que o essencial com a política? Por que ainda não confrontam com coragem e intrepidez na Palavra as tradições de homens? Por que os ‘louvoristas’ vivem mais para o mercado da música gospel do que para conduzir a igreja à adoração a D’us?
Por que ainda muitos líderes tratam a igreja como se fosse uma empresa ou negócio?
Sabemos que somos imperfeitos, nós pecamos, mas não podemos nos conformar com o pecado, a dissimulação, a hipocrisia, o falso testemunho e outras coisas mais que estão na igreja como se fossem ‘coisas normais que acontecem em todo o lugar’.

A NOIVA DE YESHUA – uma noiva não deve estar toda descaracterizada para o casamento e em relação ao noivo. É desta forma que a igreja se encontra hoje, tentando ter a ‘forma’ de Noiva do Messias, mas sem a SUBSTÂNCIA que verdadeiramente traz as verdadeiras características a ela para o Casamento. O Noivo é judeu, mas a noiva se desligou de Israel;
O Noivo é o Cordeiro de D’us, que foi sacrificado pelo princípio da Lei que foi dada a Israel, mas a noiva crê que esta mesma Lei foi abolida por este sacrifício;
O Noivo disse que a salvação vem dos judeus, pois Ele nasceu, viveu, morreu e ressuscitou como judeu, mas a noiva quase não reconhece a humanidade e a naturalidade Dele;
O Noivo, pelo Seu Sangue, estabeleceu uma Nova Aliança com o Seu povo, Israel, mas a noiva afirma que esta Aliança foi feita apenas para ela;
O Noivo uma vez escolheu um fariseu, perseguidor da Noiva, para levar o Evangelho do Reino aos gentios, e este mesmo homem escreveu que o Eterno jamais rejeitou o Seu povo, Israel, mas a noiva ensina que ela substituiu a descendência de Abraão por causa de uma suposta rejeição de D’us para com o Seu povo;
O Noivo praticou e ensinou os princípios espirituais da Antiga Aliança de maneira correta, plenificando e aperfeiçoando a Torah diante dos judeus, mas a noiva diz que esta Antiga Aliança foi abolida e que os judeus que crêem no Messias, devem se tornar cristãos do cristianismo.
A noiva que existe hoje não pertence ao Messias de Israel, mas ao ‘Jesus do cristianismo’.

CONCIDADÃOS DOS CÉUS – se somos ‘peregrinos e forasteiros’ nesta terra, por que continuamos a viver como se o nosso lugar fosse para sempre este? Basta atentarmos para o que ouvimos e vemos hoje na igreja, um ensino triunfalista e próspero, um ensino que quer ‘exigir’ de D’us coisas materiais e temporais, um ensino que leva o homem a ‘barganhar’ com o Eterno. Pessoas que usam o nome de ‘Jesus’ se referindo ao Filho de D’us somente para benefício próprio, que oram com suas mentes fixas nos bens desta terra, reivindicam promessas feitas a Israel como se eles estivessem biblicamente ENXERTADOS NA OLIVEIRA, QUE É ISRAEL, quase se destroem por causa de cargos eclesiásticos e não suportam ser contrariados.
Não buscam a verdadeira paz e a santificação bíblica, pois querem aparecer mais do que o Messias, quase não falam sobre a Salvação e sobre o lugar para onde eles dizem que vão e afirmam que são cidadãos.
A igreja hoje tem preparado o homem para a Eternidade com D’us ou para esta vida?

O ‘SAL DA TERRA’, A ‘LUZ DO MUNDO’ – o sal tempera os alimentos, é o que dá sabor a eles. Significa que se somos sal, temos que mudar a forma dos que estão à nossa volta.
PROPRIEDADES DO SAL - O sal é de grande importância na alimentação, quando usado sem excesso. Conserva e dá sabor agradável e destaque ao paladar. Possui a qualidade de preservar o alimento para este não se deteriorar. A água do mar não seria a mesma sem a ação do sal, devido aos inúmeros detritos que são jogados nela.
Yeshua usou o sal para compará-lo ao discípulo que pratica o Evangelho por causa do seu valor quando é usado na medida certa, sem exageros.

alicarvalho
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1915
Idade : 37
Localização : Muriaé-MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 03/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Igreja está sem identidade !"

Mensagem por alicarvalho em Sab 15 Dez 2012, 10:33 am

A palavra salário vem do vocábulo sal e os antigos soldados eram pagos, em parte, com medidas de sal. Ele é considerado por alguns povos como símbolo de companheirismo, de união e comunhão. Assim como o sal em excesso estraga os alimentos e prejudica a saúde, o servo de Yeshua que exagera em seu comportamento tanto na igreja como fora dela assusta e afasta os descrentes.
Servos na medida certa da sã doutrina atraem pessoas para experimentarem de uma Nova Vida com D’us.
O USO DO SAL – Nos escritos da Antiga Aliança, Moisés, segundo a ordem do Eterno, prepara o incenso no Tabernáculo temperando-o com sal (Êx. 30: 35);
O Eterno recomenda o tempero com sal para todos os manjares recebidos como oferta (Lv. 2: 13);
Era usado nos alimentos oferecidos aos sacerdotes para conservá-los e simbolizava a comunhão;
No mesmo texto de Levítico diz para que “não falte o sal no concerto do teu D’us”, simbolizando perpetuidade, como lemos em Nm. 18: 19 e 2 Cr. 13: 5;
No entanto, se houvesse qualquer mistura de elementos impuros e impróprios com o sal, ele não servia mais para nada e era jogado, na época do templo, pelo chão ao seu redor para impedir que o terreno ficasse escorregadio. O crente que não conserva e pratica os mandamentos de D’us ensinados e praticados pelo Messias, trazendo o sabor agradável do Evangelho aos perdidos, se misturando com a impureza e coisas estranhas, será pisado pelos incrédulos (tratado com desprezo; desprezado, humilhado; atacado o bom nome ou os preceitos; ofendido, injuriado, melindrado; dominado físico ou moralmente; vencido, abatido, subjugado).
Irmãos que não se perdoam, nem ao menos se olham na igreja; irmãos que não trocam a novela por períodos devocionais para D’us; irmãos que falam mal dos outros o tempo todo, principalmente com os incrédulos; irmãos que escandalizam o nome do Messias.
O pior é que a igreja ainda tolera os tais, até porque muitos deles são dizimistas fiéis e não podem ser confrontados.

A luz, à semelhança do sal, também possui qualidades especiais:
afasta as trevas (forças malignas); reflete a verdadeira luz do Messias aos homens; podemos indicar o caminho da Salvação; nossa presença é notada.
Assim como a luz depende de algo para brilhar, o servo também precisa ter as condições necessárias para iluminar. Uma das coisas que mantinham as lâmpadas acessas antigamente era o azeite (óleo de azeitonas). O óleo é símbolo do Espírito de D’us e Este mesmo é que produz o brilho sobrenatural do Messias.
É a chama do Espírito de D’us no coração do servo que o faz diferente e lhe concede condições de viver em consonância com a Palavra do Eterno, tendo um testemunho autêntico. Yeshua nos chamou para a Sua maravilhosa luz para que sejamos exemplo para a glória de D’us.
Que tipo de ‘luz’ a igreja está refletindo hoje? Quando um incrédulo observa a igreja, ele vê um meio para ser salvo ou uma oportunidade para melhorar de vida? Vemos a igreja definida pelos traços de Yeshua, Seu Senhor, Líder e Pastor, ou pelos traços de seus líderes humanos?
A luz que deveria ofuscar a escravidão do pecado e as trevas deu lugar a um pontinho de luz, muito fraca, que já não oferece incômodo nenhum para os que a olham diretamente, pois QUALQUER UM SE TORNA CRISTÃO SEM TER UMA GENUÍNA CONVERSÃO, basta olharmos para o que se tornou a comunidade cristã hoje, tendo uma posição privilegiada, não por causa do Evangelho Genuíno, mas pela facilidade para se tornar um membro de alguma denominação.

A OPOSITORA DO MUNDO E DO REINO DE SATANÁS – se opor ao mundo significa ensinar e mostrar que ele JAZ NO MALIGNO, isto é, dorme nas trevas. A realidade que nós vemos e entendemos nada mais é do que uma ilusão criada pelo diabo. Apesar da Terra pertencer a D’us, apesar Dele ser Soberano, ter o controle de tudo, Ele permite que o seu inimigo continue a maquiar a realidade. Tudo o que se opõe a D’us, seja pacificamente ou arbitrariamente, são as ilusões de satanás alimentadas pela mente pecaminosa do homem.
O que a igreja tem ensinado hoje? Que o crente deve se opor à pobreza, à doença, ao desemprego, aos vícios, etc. Muitos prosperam nas finanças, são curados, são empregados, são libertos dos vícios, MAS CONTINUAM VIVENDO NAS ILUSÕES DE SATANÁS! Não são ensinados a entenderem que a verdadeira realidade PARA O HOMEM ela vem de D’us, ela vem dos MANDAMENTOS DE ‘D’US.
Os costumes, as culturas, as heranças e as tradições que contrariam as Escrituras, que são de origem pagã, que foram decididos em concílios de uma religião, FAZEM PARTE DAS ILUSÕES DO DIABO, pois desviam o ser humano da realidade que o Criador estabeleceu para ele.
As pessoas vêm do jeito que estão e permanecem da mesma forma, quase não existem conflitos entre esta realidade falsa com a realidade que D’us quer para ser vivida na Terra, uma realidade em conexão com o Reino dos Céus.


"Porei minha Torah dentro deles e a escreverei em seu coração ;e serei o Deus deles e eles serão o meu povo " Jr 31.33b

alicarvalho
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1915
Idade : 37
Localização : Muriaé-MG
flag : Brasil
Data de inscrição : 03/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Igreja está sem identidade !"

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:57 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum