.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
67 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 66 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Qui 20 Set 2012, 8:19 am


O verdadeiro entendimento da Lei nas cartas paulinas
Hoje no mundo cristão, o assunto Lei nas cartas de paulo é interpretado de varias formas.
Uns dizem que não estamos mais debaixo da lei e por isso não é necessario mais observa-la.
Outros dizem que a Lei anula a graça.
Também se fala que observar a Lei é buscar salvação pelas obras.
Um grupo fala sobre a dispensação da lei ......etc
E Paulo , o que realmente fala sobre a Lei ?
Depois de um apurado e cuidadoso estudo sobre este assunto , chegamos a conclusão que paulo condena duas coisas em relação a Lei :

1- O mal uso da lei .
2- A observÂnça desnecessaria de mandamentos que foram abolidos .

Não se percebe nada além desse pontos citados acima!
O objetivo desse estudo é esclarecer de uma maneira sólida o que realmente Paulo falou sobre a Lei.

primeiro ponto:

1- O mal uso da lei
Em 1 timotéo 1 :8 Paulo diz:
" Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;"

Aqui nasce duas importantes perguntas :

1-Qual é o jeito legitimo de se usar a Lei ?
2-Qual é o jeito errado de se usar a Lei ?

Uma coisa já ficou clara, se existe um jeito legitimo de se usar a Lei , então, ela é util para algum fim. E se ela é usada , então, é porque deve ter uma função necessaria. Aqui deriva uma terceira pergunta :

3-Qual é a função necessaria da Lei ?

Paulo deixa claro nos textos abaixo que a função necessaria da Lei é identificar o pecado:

Romanos 3:20 " Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado"

Romanos 7:7 " Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás".
( Paulo disse que não conheceria concupiscência , se a lei não dissesse )

Romanos 4:15 "Porque a lei opera a ira. Porque onde não há lei também não há transgressão."
( pois não existiria alguma coisa que explicasse o que é pecado , e as transgressões poderia ser fruto de uma inocente ignorância)

A resposta para a primeira pergunta é:

A função necessaria da Lei é identificar , apontar , explicar, fazer saber o que é pecado.
A Lei tem a função de ensinar o caminho certo mostrando o que seria o caminho errado . transgredir a Lei consciêntemente seria escolher o caminho errado deprezando o caminho certo .

É por isso que paulo diz em Galatas 3:12 "Ora, a lei não procede de fé, mas: Aquele que observar os seus preceitos por eles viverá."

A Lei revela conhecimento de alguma coisa que tem que ser evitada , " o pecado".
A lei é como uma dessas placas escritas, "perigo"!!, risco de vida! . essas placas não salvam ninguem por si só , mas serve para advertir do perigo que estam correndo . Muitos morrem por ignorar as informação dessas placas.
É por essa função que Paulo faz elogios a LEI :

Romanos 7:12 " A Lei é Santa"!
Romanos 7:14 " A Lei é espiritual"!
1 Timoteo 1:8 " A Lei é boa "!
Paulo disse que tinha prazer na Lei de Deus em Romanos 7:22.

Com isso chegamos a conclusão que tudo no plano de Deus tem uma função necessaria .

1- A função necessaria da Graça é salvar . Eféisos 2:8
2- A função necessaria da Fé é justificar. Romanos3:28
3- A função necessaria da Lei é identificar o pecado. Romanos3:20

Uma não pode fazer a função da outra.

A Lei não pode ter a função da Fé. Galatas 2:16 , Romanos 3:28
A Fé não pode fazer a função da Lei . Romanos 3:31
A Graça não pode fazer a função de ambas
E nem a Lei e a Fé pode fazer a Função da Graça.

A função da fé acontece independente da Lei , como a função da Lei acontece indepedente da Fé, mas a função da Graça depende da Fé pois esta escrito:
Efésios 2.8 "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus";

Assim todas trabalham juntas no processo da salvação do homem.
O Espirito Santo me convece do pecado APONTADO PELA Lei , eu busco perdão e justificação pela Fé em Cristo, e sendo justificado , recebo a Graça que salva.
É por esses motivos que a Fé é indispensavel , assim como a Lei e a Graça pois ainda as suas funções são necessarias!!!!

Usamos mal a Lei quando tentamos atribuir a ela a função que é da Fé , o de justificar .

Quando fazemos isso, estamos desequiibrando todo o processo de salvação.
eliminamos a Fé , sem Fé a Graçã não é exercida e se torna em vão tudo o que Cristo fez por nós.

Paulo deixa isso bem claro em Galatas 5:3 "De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes".
chegamos a conclusão obvia e cristalina que paulo condena o" justificar-se na Lei" e não a própria Lei EM SI !!

Segundo ponto:

2- A observânça desnecessaria de mandamentos que foram abolidos .

Paulo em Efésios 2:15 diz :
" aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz",

1-porque esses mandamentos foram abolidos ? porque não eram bons? porque ninquem conseguiu obedece-los? ou porque eram transitórios ?

Galatas 3:19 "Qual, pois, a razão de ser da lei? Foi adicionada por causa das transgressões, até que viesse o descendente a quem se fez a promessa, e foi promulgada por meio de anjos, pela mão de um mediador".

2- A Lei foi adicionada até quando ? resposta: Até que viesse o descendente a quem se fez a promessa. então A Lei adicionada tinha um tempo de validade!!!
Esses mandamentos foram abolidos porque foram adicionados para serem usados até a cruz.
A observância desses mandamentos hoje são desnecessarias e é isso que Paulo condenava!

3-Mas qual era a função necessaria dessa Lei ?

Gálatas 3: 24-25 "De maneira que a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, a fim de que fôssemos justificados por fé".
"Mas, tendo vindo a fé, já não permanecemos subordinados ao aio."

A resposta da pergunta é que essa Lei tinha a função de servir de guia revelando o conhecimento de uma esperança que no futuro se concretizaria , a "solução do pecado" que estava na morte do messias.

Mas isso não tirava a necessidade da Fé, visto que obedecer esses mandamentos era por acreditar no futuro que esses mandamentos simbolizavam ,"o cordeiro de Deus"

Por esses motivos é que todos os mandamentos que tinha essa função foram abolidos!
Menos aqueles que tinha outras funções como as que mostrava o certo e errado na saúde, o dizimo que já existia antes que houvesse povo de israel, levitas e santuarios terrestres e festas .....etc e também a circuncisão que servia como sinal da propria aliança que cuminou em cristo.

4-Que parte da Lei era dita como sombra de coisas futuras ?

Para entendermos isso e enxergamos uma importante distinção que vai nos ajudar no desenvolvimento , basta fazermos uma pergunta para nós mesmo:

4- a) Dentro do conceito de existÊncia . Quem venho primeiro , a Lei ou o pecado ?

1 João 3:4 "Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei."

É impossivel que o pecado tenha existido primeiro visto ser o próprio pecado a consequência de transgredir a Lei .
Antes da existência do pecado havia a Lei que uma vez transgredida deu origem ao prórpio pecado.

Mas ao ler novamente Gálatas 3:19
"Qual, pois, a razão de ser da lei? Foi adicionada por causa das transgressões, até que viesse o descendente a quem se fez a promessa, e foi promulgada por meio de anjos, pela mão de um mediador".

A parte adicionada da Lei venho por causa das trasngressões ,ou seja, a primeira parte foi transgredida e isso levou a existência a uma segunda parte. É por isso que é chamada de adicionada ,visto antes já ter uma existente.Essa parte adicionada segundo o texto é que iria até ao descedente, e também no proprio capitulo no verso 24 vimos que serveria de "aio para nos conduzir até a cristo a fim de que fossemos justificado por Fé".
Não é o justo que precisa de justificação mas sim o pecador!!
por isso a primeira parte da Lei não poderia servir de "aio" visto não ter ainda um pecador que precisasse ser conduzido para a justificação. mas ao ser transgredida teria sido necessario a adição de uma segunda parte. pois essa segunda parte era sombra de coisas futuras e não a que já existia anteriormente.

A primeira parte da Lei não poderia servir de sombra de coisas futuras . Pois mudaria todo o nosso sistema teologico:

1- teriamos que acreditar na predestinação das coisas
pois se antes do pecado, já existia uma Lei que estava apontando para a cruz, então já estava decidido que o homem pecaria, e o pecado não seria uma culpa e sim parte do plano de Deus para algum fim( meio estranho)

2-Se acreditarmos como de fato cremos , que a entrada do pecado no mundo foi só simplesmente culpa do homem e não tem nenhuma interferência de Deus,
vamos chegar as conclusões :

Se não houvesse transgressões não haveria Lei adicionada , logo se faz entender que a primeira parte da Lei é eterna visto nunca ser necessaria uma adição . se a primeira parte fosse para ser abolida , seria aonde ? não teria cruz!
Se a primeira parte pode servir de sombra, não precisaria uma parte adicionada.
por esse motivo é inseguro dizer que toda Lei foi abolida, embora toda Lei foi escrita no livro da Lei por moséis ( o pentateuco ) , só os 10 mandamentos foi escrito em um outro lugar ,além do livro. Nas tábuas de pedra.

vamos analisar a Lei adicionada e suas caracteristicas e comparar com as cracteristicas dos mandamentos escritos pessoalmente por Deus no Sinai :

A parte adicionada com função de sombra e aio.

1- A Lei adicionada - foi promulgada por meio de anjos .Gálatas3 :19
A Lei recebida por ministerio de anjos não foi os mandamentos escritos pelo dedo de Deus(pois ali Deus fez tudo sozinho) .Atos 7:53,
2-Tinha prazo de validade , pois foi até o descendente. Gálatas 3:19
3-Venho depois das transgressões.Gálatas3:19

A unica parte da Lei escrita diretamente por Deus.

1-Foi obra de Deus sem participação de anjos. Êxodo 31:18, 32:16
2-Prazo de validade é de mil gerações daqueles que amam e os guarda . Êxodo20:6,Salmos 105:8.
se analisarmos os motivos para se observar os mandamentos escritos por Deus e em que area se aplica , vamos perceber claramente que são eternos.
Êxodo20:1-17
primeiro lugar - Se aplica a relacionamentos com Deus e ao proximo. onde existir relacionamentos essa lei será necessaria ,querendo ou não.
mandamento 1 - nunca foi permitido nem antes e nem depois da queda do homem, ter outros deuses além do nosso Deus.( os anjos caidos é prova disso)
mandamento 2-da mesma forma que o primeiro
mandamento 3- da mesma maneira que os dois primeiros
mandamento 4-Deus pede para fazer com o sábado aquilo que Ele mesmo fez antes da queda do homem ( Santificou ) , depois acrescentou mais um motivo para o povo de israel em Deuterônomio 5:12-15 , mas o motivo original é Êxodo20:8-11 e foi algo que foi feito antes da queda do homem.
mandamento 5- será que por não ter mandamento escrito era permitido que filhos desonra-se os pais ?
mandamento 6-nunca foi permitido o homicidio, tanto que Deus puniu o primeiro e antes de caim matar o irmão Abél ,Deus diz que o pecado jaz a porta, se pecado é transgressão da lei, lógico que matar não era permitido enquanto mais antes da queda.
mandamento 7-será que em algum momento foi permitido o adultério?. visto não confudirmos adultério com poligamia, davi adulterou não quando praticou a poligamia mas quando se deitou com a mulher de outro homem. A familia de Jaco já sabia o que era adultério muito antes do sinai . Gênesis38:24
mandamento 8-nunca podemos imaginar que fosse permitido o furto, nem antes ou depois da queda do homem , jaco já conhecia o furto e isso muito antes do sinal .Gênesis 30:33
mandamento 9-É impossivel que foi permitido o falso testemunho , sendo o nosso Deus o Deus da verdade e o diabo o pai da mentira.
mandamento 10- Jamais podemos imaginar que a cobiça fosse permitida sendo a propria cobiça que se concretizada ,dá origem ao pecado segundo Tiago 1;14-15

podemos imaginar que esses mandamentos foi abolidos ? seus motivos para se observar já eram considerados antes da queda do homem.

3- Esses mandamentos tem as caracteristicas para fazer parte daquela parte da lei que já existia antes do pecado . 1 João 3:14

Essas foi escritas em nossos corações em hebreus 8:10 pois não são tratadas como sombras e nem foram apontadas como adicionadas , pois Deus disse: "na sua mente imprimirei as minhas leis , também sobre o seu coração as inscreverei...."

Deus não disse que se trataria de novas leis mas das mesmas que falou a Jeremias31:33.
Das mesmas que Abraão guardou em Gênesis 26:5

por não ter as mesmas caracteristicas da parte adicionada é que acreditamos que esses mandamentos absolutamente não foram abolidos pois não tinha nada de sombras nelas .
por se tratar do meu relacionamento com Deus e o proximo !

Paulo não condenou a observânça dessa parte da Lei , pois Ele mesmo as cita diversas vezes como mandamentos completando o raciocino desse estudo.

Romanos 7:7, Efésios 6:2, Romanos 13:9, hebreus 4:4,10-11,

também é inaceitavel que depois de todas as caracteristicas dadas a essa parte da lei pela biblia diferenciando a daquela que foi adicionada e mesmo que alquem sugirá que o fato de não ter sido falados com enfase aqui no novo testamento, pudesse servir de critério para se dada como abolida.

Paulo e sua visão da Lei foi dado aqui com muita clareza e segurança.
cada um leia e tire suas propria conclusões!!!





















Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Diego Yo'ets em Qui 20 Set 2012, 1:21 pm


2- A observÂnça desnecessaria de mandamentos que foram abolidos .

Não existe mandamento abolido!!

O que existe são mandamentos que foram dados como sombra, e assim tinham o objetivo de serem aperfeiçoados quando o tempo do real sentido de tal mandamento chegasse.

Yeshua disse que não veio abolir a Lei e nem tão pouco se cairia um Yod (til) da Torah.


Acessem:


Diego Yo'ets
Sol
Sol

Número de Mensagens : 2206
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/01/2010

http://adonayechad.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Qui 20 Set 2012, 1:58 pm

Algumas poucas pessoas desprezam o sentido geral dos textos paulinos, que, somente mais tarde no século XIII (entre 1234 e 1242), foram fracionados em capítulos e versículos. Quando se tira um parágrafo de um texto, nem sempre se obtém a mesma linha de pensamento do conjunto geral.

Um exemplo muito comum é quando alguém “pinça” o versículo 31 do capítulo 3 de Romanos direcionado aos judeus. (Será que, pela fé, estamos tirando à lei todo o seu valor? Muito pelo contrário, estamos confirmando a lei). Isso, separado do contexto geral pode dar uma idéia totalmente desvirtuada do que Paulo propôs.

A lei, em alguns “parágrafos”, ensinava a justiça através da fé religiosa judaica. Isso está bem esclarecido em seguida no capítulo 4. qualquer que sustenta essa idéia sustenta a Lei.

Romanos 4:1-15
Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne?
Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus.
Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.
Ora, àquele que faz qualquer obra não lhe é imputado o galardão segundo a graça, mas segundo a dívida.
Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça.
Assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus imputa a justiça sem as obras, dizendo:
Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas, E cujos pecados são cobertos.
Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa o pecado.
Vem, pois, esta bem-aventurança sobre a circuncisão somente, ou também sobre a incircuncisão? Porque dizemos que a fé foi imputada como justiça a Abraão.
Como lhe foi, pois, imputada? Estando na circuncisão ou na incircuncisão? Não na circuncisão, mas na incircuncisão.
E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé, quando estava na incircuncisão, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles também na incircuncisão; a fim de que também a justiça lhes seja imputada;
E fosse pai da circuncisão, daqueles que não somente são da circuncisão, mas que também andam nas pisadas daquela fé que teve nosso pai Abraão, que tivera na incircuncisão.
Porque a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo não foi feita pela lei a Abraão, ou à sua posteridade, mas pela justiça da fé.
Porque, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é aniquilada.
Porque a lei opera a ira. Porque onde não há lei também não há transgressão.






 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Sex 21 Set 2012, 10:39 pm

Diego Yo'ets escreveu:

2- A observÂnça desnecessaria de mandamentos que foram abolidos .

Não existe mandamento abolido!!

O que existe são mandamentos que foram dados como sombra, e assim tinham o objetivo de serem aperfeiçoados quando o tempo do real sentido de tal mandamento chegasse.

Yeshua disse que não veio abolir a Lei e nem tão pouco se cairia um Yod (til) da Torah.

desculpa querido mas o termo abolido esta no verso de Efésios 2:15
" ABOLIU, na sua carne , a Lei dos mandamentos em na forma de ordenanças, para que dos dois criasse , em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz,"
mandamentos abolidos por causa do termo aboliu!!!
leia denovo o tópico e saberas que Lei eram essas. ok?
Deus te abençoe!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Sex 21 Set 2012, 10:41 pm

Diego Yo'ets escreveu:

2- A observÂnça desnecessaria de mandamentos que foram abolidos .

Não existe mandamento abolido!!

O que existe são mandamentos que foram dados como sombra, e assim tinham o objetivo de serem aperfeiçoados quando o tempo do real sentido de tal mandamento chegasse.

Yeshua disse que não veio abolir a Lei e nem tão pouco se cairia um Yod (til) da Torah.

desculpa querido mas o termo abolido esta no verso de Efésios 2:15
" ABOLIU, na sua carne , a Lei dos mandamentos em na forma de ordenanças, para que dos dois criasse , em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz,"
mandamentos abolidos por causa do termo aboliu!!!
leia denovo o tópico e saberas que Lei eram essas. ok?
Deus te abençoe!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Sab 22 Set 2012, 3:14 pm

Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade Hebreus 7:18


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Sab 22 Set 2012, 11:29 pm

David de Oliveira escreveu:Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade Hebreus 7:18

esse mandamento é o que foi abolido!!!
mas aqueles que foram escritos em nosso coração não é inutil e fraco. HEBREUS 8:10

ficamos livre dessa Lei de Efesios 2:15 , e isso esta bem destacado no topico!!!
compare no tópico a caracteristicas da Unica Lei escrita diretamente por Deus com aquela chamada adicionada de galatas3:19 e veja que diferença.
com honestidade e sinceridade que penso que tem, verás que pelo menos tenho motivos e convicções para crer como tal.

Q DEus lhe abençõe querido e dedicado servo de Deus!!!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por abençoado em Dom 23 Set 2012, 2:23 pm

Bom texto,Salomão.

Equilibrado do ponto de vista bíblico e coerente.

Deus abençoe.

[]'s

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Dom 23 Set 2012, 2:56 pm


O "precedente mandamento" é a antiga constituição (conjunto de Lei mosaicas) a que Paulo se refere desde o capítulo1. Paulo nos diz de seu estado presente, desde que foi "vivificado" num estado de pecado e morte na antiga constituição mosaica.

A aliança que Deus fará com Israel obviamente ainda não aconteceu e não será de maneira nenhuma no tempo da "promessa feita a Abraão", 430 anos antes da Lei mosaica, portanto não tem nada a ver com os judeus, exceto um herdeiro. (Gálatas 9:16).

Abolindo na própria carne (morte de cruz), a lei os preceitos e as prescrições. Desse modo, ele queria fazer em si mesmo dos dois povos uma única humanidade nova pelo restabelecimento da paz,
Efésios 2:15.

Quem disser que essa paz já foi estabelecida, ou é "ruim da cabeça ou doente do pé"! Não há paz entre judeu e a Igreja de Cristo, conforme Romanos 11: 28.

Não há nada na bíblia que fale de divisões da "precedente constituição". Quando a bíblia se refere à antiga Lei, há vários adjetivos, mas divisões? Só fruto de deduções humanas. Nisso estou fora!


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Dom 23 Set 2012, 3:03 pm

Salomão escreveu:
O verdadeiro entendimento da Lei nas cartas paulinas
Hoje no mundo cristão, o assunto Lei nas cartas de paulo é interpretado de varias formas.
Uns dizem que não estamos mais debaixo da lei e por isso não é necessario mais observa-la.
Outros dizem que a Lei anula a graça.
Também se fala que observar a Lei é buscar salvação pelas obras.
Um grupo fala sobre a dispensação da lei ......etc
E Paulo , o que realmente fala sobre a Lei ?
Depois de um apurado e cuidadoso estudo sobre este assunto , chegamos a conclusão que paulo condena duas coisas em relação a Lei :

Não existe essa “função da Lei” de nos mostrar pecados.
Romanos 8:1-2: Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
Se não há condenação para os que estão em Cristo é porque não pode haver transgressão entre eles. Esse é um dos principais fundamentos do evangelho da graça.
Como é que vamos “usar a Lei para não pecar”, se é justamente a “Lei do Espírito de vida”, ou Lei de Cristo que livra os judeus daquela Lei?
Se o fundamento da “Lei de Cristo” é nos livrar da “Lei do pecado e da morte”, como é que pode essa mesma Lei ter alguma função para nós?
ai, caramba!


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Seg 24 Set 2012, 3:08 pm

abençoado escreveu:Bom texto,Salomão.

Equilibrado do ponto de vista bíblico e coerente.

Deus abençoe.

[]'s
Deus seja louvado querido, pois tu observarste o texto como um todo e os trechos biblicos que ali estão depois de cada afirmação.
admiro sua inteligência e cuidado , Deus continue te abençoando!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Seg 24 Set 2012, 3:10 pm

abençoado escreveu:Bom texto,Salomão.

Equilibrado do ponto de vista bíblico e coerente.

Deus abençoe.

[]'s
Deus seja louvado querido, pois tu observarste o texto como um todo e os trechos biblicos que ali estão depois de cada afirmação.
admiro sua inteligência e cuidado , Deus continue te abençoando!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Seg 24 Set 2012, 3:23 pm

David de Oliveira escreveu:
Salomão escreveu:
O verdadeiro entendimento da Lei nas cartas paulinas
Hoje no mundo cristão, o assunto Lei nas cartas de paulo é interpretado de varias formas.
Uns dizem que não estamos mais debaixo da lei e por isso não é necessario mais observa-la.
Outros dizem que a Lei anula a graça.
Também se fala que observar a Lei é buscar salvação pelas obras.
Um grupo fala sobre a dispensação da lei ......etc
E Paulo , o que realmente fala sobre a Lei ?
Depois de um apurado e cuidadoso estudo sobre este assunto , chegamos a conclusão que paulo condena duas coisas em relação a Lei :

Não existe essa “função da Lei” de nos mostrar pecados.
Romanos 8:1-2: Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
Se não há condenação para os que estão em Cristo é porque não pode haver transgressão entre eles. Esse é um dos principais fundamentos do evangelho da graça.
Como é que vamos “usar a Lei para não pecar”, se é justamente a “Lei do Espírito de vida”, ou Lei de Cristo que livra os judeus daquela Lei?
Se o fundamento da “Lei de Cristo” é nos livrar da “Lei do pecado e da morte”, como é que pode essa mesma Lei ter alguma função para nós?
ai, caramba!

QUERIDO , se não é pela Lei que vem o pleno conhecimento do pecado segundo Romanos 3:20 , Romanos 7:7 , então porque paulo disse isto ?
foi paulo que diz dessa função da Lei e não é eu .
vc diz que não tem essa função !!!
eu prefiro acreditar em paulo do que em alguem que o esteja falando ao contrario daquilo é visivilmente percebido.
daqui para frente vou só orar por mim e por vc!!
Não consigo entender por que ainda consegue questionar algo tão claro ?
paulo disse em Romanos 7:7 que não teria conhecido a cobiça se não fosse pela Lei . o que esta mostrando o que é cobiça para paulo segundo esse texto ? cobiça é pecado?
então logo paulo não teria conhecido o pecado da cobiça se a Lei não tivesse lhe mostrado.

quando falta argumentos biblicos , até termos de palavras são questionados!!!
peço misericordias a Deus por mim e por vc que somos fracos !!!!
Q Deus nos ilumine!!!!!!!!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por oliveira leite em Seg 24 Set 2012, 5:50 pm

A Biblia diz que muitos distorcem os escritos de Paulo para a sua propria perdição
Paulo falou a Judeus como judeu e a gentios como gentio
mostrando que o principal seria aceitar a Jesus como salvador
pois de qualquer forma quando pecamos
não adianta lei, nem profetas, nem santos, nem anjos
devemos correr para Jesus :chapeu:

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por oliveira leite em Seg 24 Set 2012, 5:59 pm

Não é a lei que nós convence do pecado

Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes, e fazei-vos um coração novo e um espírito novo; pois, por que razão morreríeis, ó casa de Israel? Ezequiel 18:31

E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne; Ezequiel 11:19

< João 16:5-11 >

“E agora vou para aquele que me enviou; e nenhum de vós me pergunta: para onde vais? Antes, porque isto vos tenho dito, o vosso coração se encheu de tristeza. Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, se eu for, enviar-vo-lo-ei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque eu vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe desse mundo está julgado.”

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Ter 25 Set 2012, 5:28 pm

oliveira leite escreveu:Não é a lei que nós convence do pecado

Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes, e fazei-vos um coração novo e um espírito novo; pois, por que razão morreríeis, ó casa de Israel? Ezequiel 18:31

E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne; Ezequiel 11:19

< João 16:5-11 >

“E agora vou para aquele que me enviou; e nenhum de vós me pergunta: para onde vais? Antes, porque isto vos tenho dito, o vosso coração se encheu de tristeza. Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, se eu for, enviar-vo-lo-ei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque eu vou para meu Pai, e não me vereis mais; e do juízo, porque já o príncipe desse mundo está julgado.”

É verdade, a Lei não convence do pecado pois esta não é sua função.
convencer do pecado é tarefa do Espirito Santo !!!!
Por favor! não vamos confundir o termo convencer com o termo mostrar , apontar , fazer conhecer .
Paulo diz que pela Lei vem o pleno conhecimento do pecado Romanos 3:20 . Se vc confundir os termos aqui de convencer por conhecer , vai estar ( até acredito por descuido de interpretação ) distorcendo a Biblia pois fica claro que o termo conhecer aqui nesse caso nunca quer dizer convencer!!!
O Espirito Santo nos convence que pecamos e precisamos de cristo , a Lei ensina o que é pecado para evitarmos o pecar!!!!

Que Deus te ilumine!!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Ter 25 Set 2012, 6:05 pm

Salomão escreveu:

É verdade, a Lei não convence do pecado pois esta não é sua função.
convencer do pecado é tarefa do Espirito Santo !!!!
Por favor! não vamos confundir o termo convencer com o termo mostrar , apontar , fazer conhecer .
Paulo diz que pela Lei vem o pleno conhecimento do pecado Romanos 3:20 . Se vc confundir os termos aqui de convencer por conhecer , vai estar ( até acredito por descuido de interpretação ) distorcendo a Biblia pois fica claro que o termo conhecer aqui nesse caso nunca quer dizer convencer!!!
O Espirito Santo nos convence que pecamos e precisamos de cristo , a Lei ensina o que é pecado para evitarmos o pecar!!!!

Que Deus te ilumine!!!!


Vamos continuar a leitura dessa mesma carta aos Romanos, no capítulo 4...

Romanos 4:13-15:

Com efeito, não foi em virtude da lei que a promessa de herdar o mundo foi feita a Abraão ou à sua posteridade, mas em virtude da justiça da fé.

Porque, se a herança é reservada aos observadores da lei, a fé já não tem razão de ser e a promessa fica sem valor.

Porquanto a lei produz a ira; e onde não existe lei, não há transgressão.




 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Ter 25 Set 2012, 6:10 pm

Antes que venha mais babozeiras...

De agora em diante, (em Jesus) pois, já não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Jesus Cristo.

A lei do Espírito de Vida me libertou, em Jesus Cristo, da lei do pecado e da morte.

O que era impossível à lei, visto que a carne a tornava impotente, Deus o fez. Enviando, por causa do pecado, o seu próprio Filho numa carne semelhante à do pecado, condenou o pecado na carne,

a fim de que a justiça, prescrita pela lei, fosse realizada em nós, que vivemos não segundo a carne, mas segundo o espírito.
Romanos 8:1-4


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Eduardo em Ter 25 Set 2012, 9:38 pm

David de Oliveira escreveu:Não existe essa “função da Lei” de nos mostrar pecados.
Foi o próprio apostolo Paulo que disse em Romanos 3:20:

“Pela lei vem o pleno conhecimento do pecado.”


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Ter 25 Set 2012, 11:44 pm

Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:Não existe essa “função da Lei” de nos mostrar pecados.
Foi o próprio apostolo Paulo que disse em Romanos 3:20:

“Pela lei vem o pleno conhecimento do pecado.”

Exatamente!!! Foi por isso que Paulo disse que a lei era boa e dava conhecimento a alguns tipos de pessoas :
1 Timóteo 1:8-10:

Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina.

Conhecimento de transgressões vem desde leis bem antigas, como: Livro dos mortos do velho egipcio e Tábuas de conjurar assírio-babilónicas, assim como as atuais leis de qualquer país ou Estado, porém o convencimento do pecado vem do Espirito Santo que opera nos verdadeiros crentes em Jesus.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Qua 26 Set 2012, 8:41 pm

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:Não existe essa “função da Lei” de nos mostrar pecados.
Foi o próprio apostolo Paulo que disse em Romanos 3:20:

“Pela lei vem o pleno conhecimento do pecado.”

Exatamente!!! Foi por isso que Paulo disse que a lei era boa e dava conhecimento a alguns tipos de pessoas :
1 Timóteo 1:8-10:

Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas, Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina.

Conhecimento de transgressões vem desde leis bem antigas, como: Livro dos mortos do velho egipcio e Tábuas de conjurar assírio-babilónicas, assim como as atuais leis de qualquer país ou Estado, porém o convencimento do pecado vem do Espirito Santo que opera nos verdadeiros crentes em Jesus.

paulo era justo e escravo da Lei de Deus segundo Romanos 7:25
Agora não vamos confundir convecimento do pecado com conhecer e saber o que é pecado!!!
foi paulo que disse em Romanos 3:20 que pela Lei se conhece o pecado .
convencer do pecado é do Espirito Santo e não tem o mesmo sentido conhecer segundo paulo colocou Em Romanso 3:20.
o Espirito Santo convence do pecado para o perdão ( para quem já pecou)
A Lei faz conhecer ensinando para que não pecamos , pois os justos não vive pecando e é por isso que paulo tinha prazer na Lei de Deus segundo ROmanos 7:22 . pois olhando para Lei enxergava a vontade de Deus.
querido é impossivel quebrar esse conceito!!!pois é biblico e sempre terá um texto o fortalecendo cada vez mais . A não ser que explica como paulo teria prazer em uma Lei que não precisasse observar ou que cristo nos livrou ou que foi ou seria dispensado.
se a Lei tem toda a conotação que vocês estão dando , porque paulo teria prazer na lei e dizia que seria escravo da Lei de Deus ?

quero terminar com as declarações de paulo em Romanos 7:25 " Graças a Deus por Jesus cristo , nosso Senhor . De maneira que eu , de mim mesmo , com a mente , SOU ESCRAVO DA LEI DE DEUS, mas , segundo a carne , da Lei do pecado"

de qual você prefere ser escravo, da Lei de Deus ou da Lei do pecado ?
paulo era uma escravo prazeroso da Lei de Deus e foi ele mesmo que disse.

fica cada vez mais claro para o debate e para a consciencia a segurança de observa a Lei de Deus!!!!
q Deus lhe abençõe querido!!!!

Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Qui 27 Set 2012, 10:30 pm

paulo era justo e escravo da Lei de Deus segundo Romanos 7:25

Paulo se considerava justo? Será?
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna.1 Timóteo 1: 15,16

foi paulo que disse em Romanos 3:20 que pela Lei se conhece o pecado .

Uma pessoa só é convencida daquilo que conhece. Como pode alguém se convencer daquilo que não conhece???
Paulo disse isso porque vivia na Lei e sentia prazer em matar cristão, mas melhor do que conhecer o erro, foi ter se convencido de que as coisas que fazia na Lei estava errado, por isso disse em Filipenses 3:
Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo.
E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.


o Espirito Santo convence do pecado para o perdão ( para quem já pecou)

Será que o Espírito Santo só convence alguém do pecado depois que a pessoa peca??? Ele espera alguém pecar (cair no buraco) para depois convencê-la (jogar-lhe a corda???

A Lei faz conhecer ensinando para que não pecamos

Diga-me uma coisa que está na Lei de Moisés e que eu não encontre em vários outros lugares na bíblia. Vamos supor que eu precise do ensino da Lei de Moisés para saber que tal coisa é pecado. Aponte uma necessidade para que eu esqueça os outros ensinamentos da bíblia e me fixe somente na Lei de Moisés.

de qual você prefere ser escravo, da Lei de Deus ou da Lei do pecado ?

Prefiro mil vezes não ser escravo da Lei de Moisés e me tornar um escravo tal qual Paulo antes da sua conversão.
O Tolo erra e permanece no erro. O Inteligente erra e aprende com seus próprios erros. O Sábio aprende com o erro dos outros!
Gálatas 5:

Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne (Cadê o andar na lei?)
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. (Eu estou aqui)
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
Contra estas coisas não há lei.






 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por gusto em Qui 27 Set 2012, 11:14 pm

Examinai-vos a vós mesmos se estais na fé, provai-vos a vós mesmos. 2° Cor 13:5.

Se estais produzindo estes frutos acima, estais na fé.

gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10527
Idade : 47
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Salomão em Dom 30 Set 2012, 11:00 pm

David de Oliveira escreveu:paulo era justo e escravo da Lei de Deus segundo Romanos 7:25

Paulo se considerava justo? Será?
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal. Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna.1 Timóteo 1: 15,16

foi paulo que disse em Romanos 3:20 que pela Lei se conhece o pecado .

Uma pessoa só é convencida daquilo que conhece. Como pode alguém se convencer daquilo que não conhece???
Paulo disse isso porque vivia na Lei e sentia prazer em matar cristão, mas melhor do que conhecer o erro, foi ter se convencido de que as coisas que fazia na Lei estava errado, por isso disse em Filipenses 3:
Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo.
E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé.


o Espirito Santo convence do pecado para o perdão ( para quem já pecou)

Será que o Espírito Santo só convence alguém do pecado depois que a pessoa peca??? Ele espera alguém pecar (cair no buraco) para depois convencê-la (jogar-lhe a corda???

A Lei faz conhecer ensinando para que não pecamos

Diga-me uma coisa que está na Lei de Moisés e que eu não encontre em vários outros lugares na bíblia. Vamos supor que eu precise do ensino da Lei de Moisés para saber que tal coisa é pecado. Aponte uma necessidade para que eu esqueça os outros ensinamentos da bíblia e me fixe somente na Lei de Moisés.

de qual você prefere ser escravo, da Lei de Deus ou da Lei do pecado ?

Prefiro mil vezes não ser escravo da Lei de Moisés e me tornar um escravo tal qual Paulo antes da sua conversão.
O Tolo erra e permanece no erro. O Inteligente erra e aprende com seus próprios erros. O Sábio aprende com o erro dos outros!
Gálatas 5:

Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne (Cadê o andar na lei?)
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. (Eu estou aqui)
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
Contra estas coisas não há lei.




querido leia novamente romanos 7:25
perceba que paulo dar graças a DEUS POR Jesus Cristo que ele (paulo) seja escravo da Lei de Deus , sem falar que no verso 22 do mesmo livro que sentia prazer nessa mesma Lei.
ser ecravo da Lei de Deus é motivo de prazer e graça.
me responda: você acha que um pecador e perseguidor sentiria prazer na Lei de Deus ?
querido guando paulo escreveu esta carta ao romanos ja tinha se convertido pois seu nome já era paulo e não era mais chamado de saulo.

trecho de sua postagem:qual você prefere ser escravo, da Lei de Deus ou da Lei do pecado [/color]?

[b]Prefiro mil vezes não ser escravo da Lei de Moisés e me tornar um escravo tal qual Paulo antes da sua conversão.

aqui você não respondeu nada, pois a pergunta deriva do texto que lhe dei de romanos 7:25 e ali a Lei é conhecida como Lei de Deus .
embora a Lei de móseis também é LEI de Deus pois não venho de móseis e ele apenas os escreveu.
estou entendo que sua resposta seja de que prefere ser escravo da Lei do pecado!!!
pois lembre-se que o proprio paulo sentia prazer na Lei de Deus !!!!
tinha uma razão para isso.
pois leia em Romanos 8: 7 que o pendor da carne é inimizade contra Deus por não esta sujeito a Lei de Deus .

E os que estão na carne que rejeitam a Lei de Deus e não os que estão no Espirito.
pois a Lei é espiritual segundo o proprio Romanos 7:14.
não entendo por que depreza abertamente aquilo que para paulo é prazeroso e chamado de espiritual.
então me responda : A Lei para você é completamente inutil ? se tem uma utilidade qual é essa utilidade?
se não , então por que tem um jeito legitimo de se usar segundo 1 timoteo 1:8 ?
se a Lei não presta e dever ser rejeitada , então porque paulo deu graças a Deus por ser escravo dela ?
com respeito ao Espirito sAnto , precisa um jUsto ser convencido do pecado para perdão ?
cuidado com a interpretação biblica , pois as cartas aos romanos foi depois do encontro de paulo com cristo no caminho para damasco e não do saulo perseguidor.

por favor não mude o foco e as expressões!!!
vamos trabalhar com textos que foram enviados.
Deus te abençõe !!!


Salomão
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 587
Idade : 35
Localização : vitória, ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 31/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por David de Oliveira em Seg 01 Out 2012, 1:54 pm

perceba que paulo dar graças a DEUS POR Jesus Cristo que ele (paulo) seja escravo da Lei de Deus , sem falar que no verso 22 do mesmo livro que sentia prazer nessa mesma Lei.
ser ecravo da Lei de Deus é motivo de prazer e graça
.

Homem infeliz que sou! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte? Romanos 7:24. Versão católica
Como é que pode Ter prazer um homem infeliz??? ai, caramba! Sem mais comentários...


Sabemos, de fato, que a lei é espiritual, mas eu sou carnal, vendido ao pecado. Romanos 7:14

Já respondi sobre isso no tópico “Adventismo - Topico Oficial”, mas vou completar com mais alguma coisa.
O trecho entre os versos 14 a 24 de Romanos refere-se ao fundamento do judaísmo como a “religião da lei”. Trata-se da situação ou estado do indivíduo que tenta se justificar ou abrandar a sua consciência nas disposições oferecidas pela Lei de Moisés. Por saber que aquela lei foi promulgada por um anjo, Atos 7:37-38, tratava-se, segundo eles, de uma “lei espiritual”, que eu concordo dessa maneira.
Se eu mesmo disser que aquela lei não era “espiritual de Deus”, posso ser chamado de vários adjetivos, aos quais já estou acostumado, então vou deixar que Paulo fale. Espero que sejam inteligentes o suficiente para entender essa analogia da lei:


“Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei?
Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre.
Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa.
O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar.
Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós.
Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque.
Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora.
Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho
, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre.
De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre". Gálatas 4:20-31.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8355
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro entendimento nas cartas paulinas

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:58 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum