.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
22 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 22 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

ALERTA! A ESTRATÉGIA MUNDIAL DE SATANÁS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ALERTA! A ESTRATÉGIA MUNDIAL DE SATANÁS

Mensagem por miguel varandas em Qua 15 Ago 2012, 2:45 pm


ESTE É UM EXCERTO DO LIVRO "FILHOS DO FOGO 2" DE DANIEL MASTRAL, EX-SATANISTA DA ELITE DO SATANISMO NO BRASIL

Quatro dias antes da Festa da Primavera, durante a reunião do meu Conse¬lho, estávamos à espera de visitas especiais. Todos nós já estávamos reunidos quando eles entraram no horário exato de iniciar a reunião. Nunca ninguém se atrasava.
Um homem entrou acompanhado de uma moça. O homem era aquele simpá¬tico Sacerdote que eu conhecera na fazenda por ocasião do Rito de abertura de Portais, o Taolez. A moça, muito jovem e muito bonita, eu não sabia quem era. Após as costumeiras boas vindas e abraços e apertos de mão e sorrisos e risadas, nós nos acomodamos.
Taolez apresentou a sua acompanhante que tinha um sedutor jeito de cami¬nhar:
— Nós temos hoje aqui conosco uma convidada muito especial. Ela sorria volta e meia, sentada ao lado dele.
— Esta é Gwyneth. — Continuou Taolez. — Ela nasceu na América do Norte e é filha de um dos principais líderes da Irmandade no mundo.
UAU! Aquela declaração me soou como uma bomba e minha admiração por ela cresceu instantaneamente. A reunião que se seguiria traria nova luz aos meus olhos. Eu deixaria de contemplar a Organização da qual fazia parte como algo puramente regional. Não que eu não soubesse que o Satanismo é Internacional... mas ainda não tinha sido realmente apresentado às evidências daquele fato.
Foi a primeira vez que eu ouvi falar mais claramente sobre a questão da estratégia a nível Mundial.
— Ela veio dos Estados Unidos até aqui para cumprir uma missão muito importante. Gwyneth tem visitado alguns dos Núcleos mais importantes do nos¬so país em sua estada, e hoje ninguém melhor do que ela para explicar o motivo de sua visita. Por isso... não vou me estender! — Taolez sorriu para a jovem e concluiu: — A palavra é toda sua!
Ela mesma se apresentou, falando um português extremamente "brasileiro". Minha natural curiosidade não me deixou resistir e indaguei assim que me foi possível:
— Pôxa, mas o seu português é muito bom! Há quanto tempo você está no Brasil?
Gwyneth deu risada:
— O nosso pai sabe muitas línguas!
Eu dei risada de volta mas acrescentei, na brincadeira, apenas para Zórdico escutar ao meu lado:
— Como é que eu ainda não consigo?!! Como é que eu não consigo falar inglês?
— Calma. Se um dia você precisar ir aos Estados Unidos ou a qualquer outro lugar o Abraxas vai junto. Ele te capacita no momento certo!
— Ah, que interessante!...
E voltei a atenção para ela novamente. Gwyneth tinha um colar tão bonito que era difícil não notá-lo. Um Pentagrama super-incrementado, de ouro cravejado com pedras preciosas que brilhava muito. Ela usava um vestido azul turquesa, justo, com decote bastante generoso e que deixava ver a pele branca e delicada. As unhas eram longas e pintadas de vermelho escuro. Tinha um sorriso muito agradável, um cabelão puxando para o castanho, os olhos no mesmo tom. Era realmente muito bonita. Devia ter somente uns vinte anos. E logo eu viria a saber que apesar da pouca idade ela já era Suma Sacerdotisa.
— É muito bom estar no vosso meio. Gostaria de lembrá-los de que vocês fazem parte de um Grupo chave neste país. Que Lucifér esteja protegendo este lugar com os seus guerreiros e que esteja demonstrando seu amor a cada um. Que os seus Guias estejam na cobertura!
Em seguida ela parabenizou individualmente a cada um de nós de uma for¬ma pessoal. Chamou-nos pelo nome e demonstrou saber quem era cada um que estava à sua frente. E começou com um breve resumo de coisas que nós já sabí¬amos.
— Não é necessário que eu vos fale sobre a principal Cadeia Hierárquica Satânica, pois é muito bem conhecida de todos. Mas relembremos alguns concei¬tos em conjunto. O Pentagrama faz alusão a estes cinco demônios, como vocês sabem. Lucifér, nosso pai, o maioral, tem sob seu comando os quatro Grandes Príncipes. Lucifér ocupa a décima-segunda dimensão espiritual e os seus quatro Grandes Príncipes a nona dimensão. Estes — Leviathan, Astaroth, Bélzebu e Asmodeo — são mais fortes e poderosos do que a classe dos Principados. São Príncipes que têm um domínio territorial Global muito extenso. Atuam no mun¬do todo, é claro, com diferentes nomes conforme muda-se a região. Mas de forma mais intensa em alguns lugares do planeta. Nosso interesse maior é em relação ao mapeamento destas regiões específicas. Falemos brevemente sobre eles. Leviathan atua muito fortemente na América Latina e especialmente no Brasil. Asmodeo tem seu compromisso na América do Norte e Estados Unidos. Bélzebu está bastante ligado ao Oriente, à Índia, China, Mongólia. Astaroth tem uma participação especial na África, na Austrália, Nova Zelândia. Estes quatro Prín¬cipes contam cada um deles com uma "Guarda de Honra" composta por cinco Capitães. Estes vinte Capitães ao todo são dos mais poderosos e influentes Prin¬cipados. Eles favorecem a atuação dos seus Príncipes e têm fortes domínios em diferentes pontos do Globo. Não vamos entrar muito em detalhes dos outros, falemos mais da hierarquia ligada ao Príncipe de vocês: Leviathan. Ele está asso¬ciado ao elemento Água. Isso nos trás uma série de revelações subliminares acer¬ca do seu modo de atuação e raio de Poderes. Cresce o seu domínio em toda a região ligada aos mares, aos rios, às cidades costeiras e regiões portuárias. Ele comanda boa parte das legiões das Águas. Mas como podemos identificar isso? Se vocês prestarem atenção, aqui no Brasil boa parte do folclore regional e das Religiões de massas estão associadas intimamente ao elemento Água. Os princi¬pais deuses cultuados no Brasil são a "Aparecida" — que saiu das águas —, e a Iemanjá, que dispensa maiores comentários nesse sentido. Até dentro do contex¬to indígena aparece a Iara, ou "mãe d'água". Percebe-se a influência cabal de Leviathan por trás destes objetos de adoração. Além do que a própria Bíblia se refere a este demônio como o "dragão do mar", a "serpente deslizante". Vejam como o Brasil é muito propício para Leviathan, um "Habitat" natural para ele. Um país de costa marítima muito extensa. E se formos nos aprofundar e divagar no termo Bíblico descobrimos um pouco mais. A Floresta Amazônica é um sím¬bolo que faz menção, no reino físico, a uma realidade espiritual: as serpentes se escondem nas matas! Não é à toa que o Brasil tem a maior floresta do mundo! Ela como que "abriga" o esconderijo da "serpente deslizante"! O Principado mais proeminente da sua Guarda é Abadom, o braço direito de Leviathan. Este é um demônio principalmente de destruição, ruína, perda e morte. Atua na região do Oriente Médio, Irã, Iraque, Israel. Ele é considerado o chefe dos gafanhotos que sairão do Abismo, mencionados na profecia de Apocalipse. Ao seu comando ele tem nove demônios, nove Potestades muito poderosas.
Isso eu sabia muito bem. Abraxas e Adramelech estavam inseridos nesta categoria e faziam parte desse grupo de nove Potestades.
— Na região da Índia, China, Tibet e proximidades Leviathan conta com o domínio de Shiva. É um demônio de sensualidade, prostituição, adultério. Está muito ligado também à idolatria desse povos. Thamúz atua na região da Itália. Tem também forte ação dentro da Maçonaria, por exemplo, que é um dos Braços do Satanismo. O-Yama é o quarto demônio que faz parte da Guarda de Leviathan. Tem ligações com o Japão, Malásia, Vietnã e aquelas localidades ao redor. E um dos principais demônios por trás da idolatria e do cativeiro em que se encontra aquela região. Rimmon atua na região de Espanha e Portugal e, junto com Thamúz controla boa parte da Europa. Mas voltemos aos Grandes Príncipes e à simbologia do Pentagrama no que dia respeito aos elementos representados. Sabemos que Lucifér é o quinto elemento, a Energia pura. Já disse que Leviathan é o elemento Água. E os demais?
Gwyneth inspirou fundo e continuou:
— Asmodeo está associado ao Ar. O seu braço direito, Dagon, é um Principado capaz de causar tempestades, furacões, maremotos. Notam a influência dos Poderes dos Ares?! Como vocês sabem, esse é o tipo de coisa muito comum na América do Norte. O nome de Asmodeo é mencionado no livro apócrifo de Tobias e também no Talmude. Ele é conhecido como o Príncipe da luxúria e da corrupção. Por causa desses seus dotes fica muito clara a influência sobre os Estados Uni¬dos. A corrupção e a luxúria imperam naquele país. O próprio símbolo de Asmodeo foi divulgado por todo o mundo. E ele partiu dali, de dentro dos Estados Unidos, através da moda "Punk". Aquele "A" cortado não quer dizer "anarquia" pura e simplesmente como acreditam e apregoam os punkes. Antes é o símbolo de Asmodeo! Nosso terceiro Príncipe, Bélzebu, o Senhor das Moscas, associa-se ao elemento Fogo. E o fogo é o elemento que tudo consome. Isso faz alusão ao modo como ele age. Está ligado às disseminações de pragas, doenças, enfermi¬dades. Isso certamente os faz lembrados das péssimas condições de higiene e de saúde em toda aquela região! E das moscas! Inclusive seu principal escudeiro é Nosferatus, o responsável por destruir e consumir as energias, "sugar energias". Toda a atuação dele é no sentido de consumir, ânimo, saúde, bem estar, etc...! Bélfegor e Behemoth estão associados a Bélzebu também. Mas Belfegór não está ainda em nossa dimensão.
E isso eu não entendi. Mas ela continuou sem maiores comentários.
— Astaroth, representado pelo elemento Terra, é um demônio de confusão e engano que está muito ligado à Era Mística, dos cristais, dos duendes, das pirâ¬mides e tudo o que se propaga através do Movimento Nova Era. Mas a questão do elemento Terra faz mais alusão ao mundo material. Quero dizer que tudo o que prende o ser humano ao mundo horizontal, ao "Ter", é influenciado por Astaroth. Ele está também ligado ao domínio das riquezas da Terra e sua cobiça pelos homens.
Depois daquela introdução Gwyneth começou a falar brevemente do seu próprio país, os Estados Unidos, e de como a estratégia satânica vinha andando ali conforme o esperado.
— Todas as Igrejas estão praticamente inoperantes! Não têm mais Poder ne¬nhum, já não há interferência e nós temos plena liberdade de atuação. As poucas comunidades que nos ofereciam resistência estão já em vias de destruição. Os principais líderes já caíram e não vejo de onde surgirão outros que possam vir a fazer frente ao poderio da Irmandade naquele lugar. Alguns pagaram com a vida!
Realmente aquela Nação já não é de cunho Protestante. Nós estamos plenamente inseridos dentro da Sociedade em todos os níveis: o sistema econômico, social, político, militar, de saúde e de ensino nos pertence. Já não há como resistir à Irmandade graças ao domínio extenso que nosso pai e os Guias, cooperando conosco, conquistaram! A Base está totalmente firmada, no lugar certo onde Lucifér havia determinado. São Francisco já não é a mesma, nem a Califórnia. Ainda que Asmodeo domine na América do Norte, ele o faz preparando terreno para o pai. Porque o país mais poderoso do mundo será território de domínio de Lucifér em curtíssimo tempo! Ele será coroado ali. Restam poucas arestas a se¬rem aparadas para que isso efetivamente se concretize. E ele dominará completa¬mente todos os Estados Unidos! Tudo o que é exportado para o mundo nasce naquela Nação: os games de computador com mensagens subliminares, RPG, as músicas e bandas que mais fazem sucesso e têm seus discos consagrados, as principais griffes, etc. A rede está se expandindo. Como um inexorável enxame de abelhas. O domínio será total!
Gwyneth não usou de subterfúgios em momento algum. Projetou um slide cujo gráfico mostrava o decréscimo de Cristãos Evangélicos na América do Nor¬te. A queda era vertiginosa depois de um certo período, após o governo de um certo presidente cujos favores haviam sido comprados.
Nós batemos palmas e demos vivas diante do exposto, com sincera alegria. Ela continuou falando de coisas sobre a estratégia mundial.
— Mas o que tem acontecido em larga escala nos Estados Unidos é um refle¬xo do que ocorre no Mundo todo. O Evangelho não pode ser propagado. Vocês sabem que para isso é preciso que o nosso domínio seja completo e inexpugná¬vel. A questão das Bases é outro aspecto que quero enfocar agora. Até Março de 1998, teremos doze Bases Mundiais. Por enquanto, como vocês sabem, são ape¬nas duas, a de São Francisco e a da Holanda. A da Holanda não é definitiva, ela será mudada para um local maior e mais estratégico antes que finde o tempo até 1998. E este é o prospecto das outras dez Bases.
O slide foi projetado. Para a maioria aquilo não era novidade, mas para mim e Thalya foi a primeira vez. As doze Bases estavam ali estampadas, cada três formando um triângulo que dominaria cada quadrante do planeta. Para meu espanto uma delas seria no Brasil. Na Bahia. Na região por onde os colonizado-res tinham entrado no nosso país. Arregalei os olhos.
— No quadrante noroeste do Globo a triangulação acontecerá ao redor de Nova York, São Francisco e México. A maior concentração de demônios ficará neste eixo. No quadrante sudoeste os pontos ligam o Peru, provavelmente partin¬do de Lima, Buenos Aires e Bahia. O triângulo menor, formado por Grécia, Cairo e Jerusalém tem por objetivo controlar e cercar a cidade Messiânica. Porque daí virá o anticristo, descendente de Judeu. Provavelmente a Base atual na Holanda será transferida para a Grécia. O triângulo maior tem seus pontos na África do Sul, Austrália e provavelmente Bancoc, ou ali por perto mesmo.
Alguém perguntou sobre a questão da (antiga) União Soviética.
— Ela não oferece um pingo de resistência. — Respondeu a jovem Suma Sa¬cerdotisa. — Não há necessidade alguma de implantação de Bases naquele lugar. Dentro da Cortina de Ferro estão todos completamente mortos e apagados. A Igreja Ortodoxa é uma facção da Igreja Católica, uma espécie de Igreja Católica "Oriental". Ela domina vorazmente e essa doutrina prega e crê piamente que os Evangélicos Protestantes estão associados ao diabo, são hereges condenados ao Fogo Eterno. Não há com o que se preocupar. Apenas monitorar de longe, mais nada! Mesmo porque, Lucifér escolheu para si os Estados Unidos. A União Sovi¬ética terá que deixar de existir!
— Mas não é o mesmo caso da África? Eles também estão completamente dominados por outras religiões.
— Mas em especial a África do Sul tem recebido muitos Missionários e há planos de continuar esse processo. Por isso uma das futuras Bases estará coloca¬da ali! Como vocês sabem, as Bases são as Unidades da Irmandade responsáveis por repassarem a visão estratégica e a direção que tem vindo de Lucifér a todos os seus seguidores. A localização delas foi muito estudada e finalmente repassa¬da a todos nós. Se vocês já tivessem no Brasil a Base-Mãe de vocês eu não precisaria estar hoje aqui. Isto é, os líderes brasileiros poderiam receber e repas¬sar as diretrizes sem necessidade de intermediários. Enquanto não é chegado este tempo vocês continuam sob a supervisão da Base norte-americana. Assim como todos os outros lugares do mundo aonde temos implantado os Núcleos depen¬dem, ou de nós, ou da Base holandesa. Conforme a direção de Lucifér. Entendam que quando o número das Bases for doze o Domínio e o Poder serão definitivos e completos! Também os incontáveis Núcleos Regionais, espalhados pelas prin¬cipais cidades e estados de todo o mundo estarão no auge do seu domínio e nada poderá detê-los. Assim como nos Estados Unidos, todo o sistema de governo dos povos estará em nossas mãos: a política, o exército, as leis, os hospitais, as esco¬las, as faculdades, e tudo o que se possa possuir. Todos os setores! E quando digo todos os setores são todos os setores mesmo, inclusive as classes menos favorecidas porque a tendência destas é apegar-se a Deus com maior facilidade. Mas a Igreja Cristã não poderá fazer frente a nada disso. Eles perderam tempo demais! Vou apresentar-lhes os dados logo mais.
Gwyneth tomou um pouco de água e retomou, sorrindo:
— Tudo o que falo é com propósito. A questão do extenso domínio dos nossos aliados, a crescente e esmagadora vitória nos Estados Unidos e o proje¬to em andamento das doze Bases Mundiais tem sua razão de ser. É a expressão antecipada da nossa grande vitória futura! Comprovarei aos irmãos alegremen-te através dos dados. E declaro com veemência: aqui no Brasil não será diferente! — Exclamou ela. — A estratégia brasileira já foi montada por Lucifér e o tempo se aproxima. Trabalhemos, pois! O findar do Terceiro Ciclo nos trará a coroa da vitória! Vocês estão muito bem assistidos aqui, não receiem por nada. Leviathan tem o seu Poder. Este Principado trás sobre o Brasil uma influência imensa, coisa que o povinho Evangélico nem desconfia! Muitos líderes proemi¬nentes vão cair a partir de março de 1998, e aí... as ovelhas se espalharão. E tornar-se-ão ainda mais fracas!
Novamente nos rejubilamos incontidamente com ela. Gwyneth jogou o ca¬belo para as costas e continuou falando com entusiasmo e muita convicção de tudo o que conhecia. Eu nunca tinha escutado falar de coisas naquelas propor¬ções. A Irmandade de fato estava estendendo a sua rede pelo mundo inteiro, como um véu já quase prestes a se fechar. Nada mais sairia dali... nada mais entraria.
Compreendi que cada Núcleo de Adoração espalhado pela Terra — num dos quais eu mesmo estava inserido — era como uma "mini-rede" coordenada pelas Redes-Mães, as Bases, e todos atuavam com um propósito comum. E todas as culturas e povos do Planeta estavam sendo fagocitados pelo Satanismo. Tudo funcionava perfeitamente, dentro do previsto!
— Cada povo receberá o seu jugo Satânico embasado na própria cultura. Infiltramo-nos de forma a não chamar a atenção, é claro. Os lobos não vêm arreganhando os dentes quando querem comer as ovelhinhas! Nosso lugar sempre será na Sombra. Na Índia não se fala em deuses africanos, do mesmo modo que na África não se cogita em Buda. Já os Estados Unidos gostam muito de Nova Era. E no Brasil deixamos que a Aparecida e as religiões ligadas ao baixo espiri¬tismo façam a sua parte. Aliás, o candomblé, a umbanda e a quimbanda são como "parque de diversões" para demônios! Em se tratando disso já não há mais nem o que fazer, o engano já está no piloto automático. Os próprios demônios se incumbem de fazer a coisa funcionar. E esse é o caminho, vocês sabem muito bem: a Irmandade cria estruturas que não ferem as crenças locais, ao contrário, perpetuam-nas e desviam o curso da História no rumo que queremos. Rumo ao reinado do anticristo! Por isso já é hora de acabar de vez com esses ventos de rumores e falatórios sem propósito acerca do Brasil vir a ser "Celeiro de Missio¬nários", como gostam de apregoar os tolos de Deus. Esses ventos de doutrina e promessas Daquele que é nosso inimigo já chegou também aos nossos ouvidos. No entanto... guardem bem: a doutrina deste Deus hipócrita jamais sairá deste país numa chuva de avivamento! Jamais!! Estamos tomando todas as providên¬cias para que isso não aconteça. Toda monitoragem será necessária e os enviados de todo o mundo virão sempre que se fizer necessário. A luta é conjunta, a luta de vocês é a nossa luta! "Poder à força... e morte aos fracos"! Por isso enfoco a necessidade de monitorarem-se os Missionários Cristãos. As Profecias sobre o "Celeirinho Missionário" não terão razão de ser muito em breve! Tudo bem que o nosso trabalho é incrivelmente facilitado por causa dos próprios Cristãos, mas ainda assim não se pode perdê-los de vista. Querem ver algo de peso em relação às Missões?! É que a Igreja decididamente não sabe, não tem a menor noção de como se fazem "Missões"! Há Missionários Cristãos que vão, por exemplo, para a Etiópia, ou para o Cazaquistão, ou para a Turquia. Só que no seu peculiar egoísmo a Igreja larga aqueles pobres coitados num fim de mundo desconhecido, muitas vezes sem o suficiente para manter a mínima dignidade. Eles ficam até sem ter o que comer, e quando alguém não tem o que comer deixa de pensar em Deus. Cedo ou tarde a necessidade constante das coisas mais básicas faz com que eles esqueçam completamente dos propósitos para os quais foram enviados. Óbvio que em primeiro lugar eles têm que comer, beber, dormir e se vestir. É muito utópico acreditar que todos eles vão viver integralmente — e permanentemente — o "Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus para que as demais coisas sejam acrescentadas". Ninguém fala de Deus por muito tempo com o estômago vazio! Ninguém fala de Deus com os filhos doentes e nús. E mesmo que os mantenedores se lembrem deles... nós os fazemos esquecer. Aos poucos deixam de falar... de orar... de pedir sustento para as Igrejas...! E quando mandam coisas, nós as inter¬ceptamos! Criamos todo tipo de problemas no campo missionário: doenças, difi¬culdades com moradia, excesso de gastos que vão muito além do que eles rece¬bem. É preciso criar muitas necessidades, muitos pontos nevrálgicos. Natural¬mente este esforço é despendido somente em casos extremos, para pessoas muito resistentes. A maioria sucumbe sem todos esses rodeios espirituais. Não é inte¬ressante que as Missões Evangélicas cresçam e tenham sucesso! Qualquer uma que seja empecilho, ou que possa vir a ser... tem que ser exterminada. Observem aqui alguns nomes de Missões nas quais temos atuado com maior intensidade. E saibam que temos atingido os nossos objetivos. O trabalho deles nos campos não têm sido muito frutífero.
Gwyneth colocou diante de nós uma lista de Missões Evangélicas e discor¬reu com detalhes a respeito dos projetos de cada uma.
— Esta linha Missionária, por exemplo, tem uns obreiros que não passam de burros de carga. Eles são pobres, miseráveis, não têm sustento e nem quem os ajude. Apesar de serem uma Missão Internacional! Ah! — Gwyneth soltou um risinho sarcástico. — A Igreja Evangélica é a coisa mais ridícula que existe na face da Terra!!! O Império de Lucifér vai prevalecer. Para nós nunca falta dinhei¬ro para nada!
Ela mostrou a seguir os gráficos que denunciavam todos os eventos Cristãos de porte. Eles estavam mapeados e as datas confirmadas para que fossem envia¬dos os espias.
— Tudo o que acontece na Igreja de Cristo é monitorado. Eles são tolos o bastante para que todas as suas estratégias caiam logo nas nossas mãos. Aliás, estratégia é uma palavra muito pouco conhecida dentro do vocabulário Cristão... os poucos líderes que têm mais visão não encontram quorum de jeito nenhum! "Bata¬lha Espiritual" é um termo a que os Cristãos têm especial resistência. Os idiotas!!'
Mas observem o levantamento dessas últimas estatísticas. Voltemos um pouco e vejamos no gráfico os valores representados de cada fatia de Religião no vosso país. Havia ali fatias de várias cores mostrando o número de pessoas inseridas dentro do catolicismo, do espiritismo, do candomblé, umbanda e quimbanda, das seitas orientais, etc...
Mas ela falou apenas sobre os Cristãos Evangélicos:
— Isso aqui não tem muito valor na prática porque esse número é virtual. Podemos reduzir para um milésimo este exército porque não aprenderam ainda o que significa compromisso com o Seu Deus. São fracos, desunidos e despreparados! Vivem de arrotar a sua presunção e o seu triunfalismo. Pensam que são fortes. Que riam enquanto podem! Poucos são os focos que ainda estão criando alguma resistência. Lucifér não se importa que falem dele. Pelo contrá-rio. E muito bom que falem, que riam, que batam os pés e gritem histericamente, que desprezem o príncipe deste mundo. É muito bom quando eles acreditam es¬tar enfrentando um leão sem dentes, um cão sarnento. Porque enquanto as Igrejas acreditam que venceram, enquanto vivem de "Xô, Satanás!" abrem o espaço para que tornemos a nossa vantagem cada vez maior. É mais fácil derrubar o inimigo quando ele acha que já ganhou...! Esse é o primeiro passo em direção à queda, a sua autoconfiança e a sua soberba, a falta completa de visão, de unida¬de. Eles não dizem que "aquele que está em pé veja que não caia"? Pois é isso mesmo, dessas palavras fazemos também a nossa bandeira: nós, fazemos pare¬cer que eles estão em pé. Tudo não passa de uma grande aparência. Mas quando dermos o toque de atacar eles serão derrubados como dominó, um após o outro. Nós faremos soprar um novo vento, um vento cuja doutrina os fará desviar os olhos do seu propósito. E não prevalecerão!
Ela então projetou um slide que falava mais detalhadamente acerca do cres¬cimento numérico do Evangelho. Tanto no Brasil como a nível mundial.
— Vocês podem perceber que os números mostram um aparente crescimento. No entanto isso não é reflexo da realidade pelo seguinte: as Igrejas formadas são frias, são mortas, são desvirtuadas. Podem crescer o quanto quiserem... podem inchar! Não representam ameaça nenhuma! O crescimento é puramente numéri¬co. Poucos são os remanescentes. São Igrejas de rótulo cujos Pastores estão mais preocupados com o dízimo das suas ovelhas do que com o compromisso delas com Deus. O exército deles tem aumentado em número, mas é um exército fraco aonde ninguém luta, ninguém tem visão estratégica nenhuma, ninguém está preparado para o confronto. Eles ficam sentados esquentando os traseiros e criticando-se uns aos outros, fazendo picuinhas por causa de usos e costumes, por causa de denominações, e eles mesmos destroem os poucos a quem sobrou alguma visão do Reino! Em suma: o quartel está cheio, mas não há quase nenhum solda¬do. No que diz respeito ao fim do Terceiro Ciclo: os poucos líderes que restam deverão cair, como eu já disse. E o nosso exército estará totalmente colocado em posição estratégica, pronto para o brado de comando, pronto para manifestar ao mundo o verdadeiro detentor de Poder, Lucifér, o que está na Sombra e vem agindo desde os primórdios sem que tenha sido descoberto! Algumas pessoas são chave nesse exército. Falemos um pouco mais sobre eles. Então Gwyneth chegou perto de Marlon e perguntou:
— Você está preparado?
Ele não hesitou nem um segundo e respondeu muito senhor de si:
— Lógico. Sempre estive!
Com uma das mãos sobre o ombro de meu amigo ela falou para todos nós:
— Vocês vão ver que este homem ainda vai ter muito Poder. Muito Poder! Ele será um dos líderes desta Nação e todo aquele que se levantar em oposição a ele cairá e não mais reerguer-se-á! E, dentre outras coisas, eu vim para participar deste Rito. Um Rito de entrega de algumas vidas que serão pontos cruciais no desenrolar da estratégia no Brasil. Uma destas é o Marlon. Os demônios que o acompanharão depois serão muito mais poderosos do que os que o acompanham agora. Ninguém poderá resisti-lo! Ele será capacitado com força, Poder e sabe¬doria, e desempenhará bem a sua missão! Nós vamos preparar caminho para aquele que vem nos dar a liberdade absoluta, o anticristo, aquele que no devido tempo será feito morada de nosso pai e transformará todas as coisas. O tempo é curto, muito curto, pois o final do Terceiro Ciclo se aproxima e tudo tem que correr dentro do previsto. Então receberemos todo o Poder necessário para que cumpramos completamente a Missão! Cada um tem o seu lugar e a sua função. Mas em especial o chamado daqueles que governarão as Nações é muito grande. Eles serão as portas através das quais o anticristo governará o mundo visível e o invisível! Os escolhidos para o governo dessa Nação já foram apontados e o tempo em que serão Consagrados já foi também determinado. Este será o primei¬ro Rito de Entrega. Mais tarde haverá outros conforme chegue o tempo de cada um dos escolhidos.
Eu me senti extremamente ensoberbecido com aquilo tudo, com a estratégia a nível macro começando a descortinar-se diante dos meus olhos. Que Poder!! Gwyneth continuou falando e eu devorava as palavras que saíam de sua boca. Em última análise a Irmandade descortinou-se totalmente nova naquele dia para mim. Como uma estrutura dotada de um poderio imenso, incalculável, e cujo objetivo era englobar a Sociedade Humana completamente e da maneira mais subliminar possível. Ela terminou de falar a respeito das estatísticas mundiais e de tudo o que vinha ocorrendo pelo mundo em se tratando do cumprimento da estratégia. E concluiu:
— As Igrejas falsas estarão montadas nos países onde o Cristianismo é mais forte. No caso do Brasil, por exemplo, haverá 666 Igrejas falsas implantadas até 1998. Os seus Pastores e líderes serão pessoas da Irmandade ou dos Braços mais próximos. Somente no estado de São Paulo haverá 54 destas Igrejas. Sei que vocês têm tido as direções para que isso se concretize. Tudo está correndo perfeitamente bem dentro do cronograma estabelecido! Que Lucifér esteja com vocês! A reunião terminou com muito júbilo. Gwyneth abraçou-nos a todos.

GRAÇA E PAZ DO SENHOR JESUS A TODOS!

MIGUEL VARANDAS

miguel varandas
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 75
flag : Angola
Data de inscrição : 19/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum