.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
85 usuários online :: 4 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 81 Visitantes :: 2 Motores de busca

Khwey, Lit San Ares, luisfoletto, rbarros

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Sales em Seg 13 Fev 2012, 1:53 am

E lá vem perseguição...

Psicóloga Marisa Lobo tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal Homofascísta de Psicologia. Leiam seu depoimento Impressionante. Parece, ao ler, que estamos na China, Cuba ou Coreia do Norte mas, é nosso querido Brasil.

Conselho de psicologia inicia um processo de cassação de Marisa Lobo perseguição religiosa

Conselho de psicologia da um prazo de 15 dias para que Marisa Lobo tire das redes sociais toda mídia que a vincule a sua fé Cristã estando ameaçada de cassação..

No último dia 09 de fevereiro às 11 horas da manhã a psicóloga Marisa Lobo, recebeu uma convocação para se apresentar ao conselho regional de psicologia, motivo seriam várias denúncias recebidas pelas redes sociais sobre seu exercício profissional.

Ao chegar ao conselho, Marisa Lobo, tirou uma foto lendo a bíblia, dizendo estar lendo seu manual de ética enquanto aguardava. (foto postada nas redes sociais, que já virou motivo de perseguição).

Ao entrar no conselho foi recebida por duas fiscais, que a colocaram a par das denúncias, todas feitas por ativistas gays, usuários de maconhas e ateu, que estavam se sentindo incomodados com a postura da mesma em se declarar psicóloga e cristã, por assumir em suas redes sociais que é Cristã, e pelos seus questionamentos de conteúdo do kit gay.

As fiscais leram todo código de ética, reforçando que ela é muito conhecida e que sua posição fere o conselho de psicologia e estão induzindo pessoas a posições contrárias ao homossexualismo e a convicções religiosas.

Relata Marisa Lobo


"Sobre a mesa colocaram Xerox de recados de twitter, o que me deixou indignada, como poderia estar sendo chamada para discutir ética, por denúncias de ateus, militantes gays, canabistas sem base legal alguma e que claramente me perseguem pelas minhas posições de direito de professar minha fé. Me senti perseguida, ouvi coisas absurdas, uma
pressão psicológica que se eu não tivesse sanidade mental, teria me acovardado e desistido de minha fé."


"Tentaram o tempo todo me vincular a homofobia, deixei claro que processaria todos eles, pois não sou homofóbica, nunca agredi ninguém apenas tinho minhas opiniões, que foram claramente negadas a mim pelas fiscais, me senti tolhida em meu direito de liberdade de expressão."

Frase que foram ditas pelas fiscais que me indignaram

  • "Você não tem o direito, não pode se disser Cristã e psicóloga ao mesmo tempo é ferir o código de ética."
  • "Você não pode dizer que Jesus cura, sendo psicóloga,"
  • "Você não pode se disser psicóloga e cristã, guarde sua fé pra você, não tem direito de externar para mídia."
  • "Você não pode dar declarações que induza pessoas a acreditar que seu Deus cura, como faz em seus sites e blogs."
  • "você não tem direito de dizer em público que ama gay, mas quer ter um filho hetero."
"Me questionaram que eu disse, em uma palestra que não acredito em cura da dependência química sem Deus."

"Quando mandei que me dessem um exemplo de cura da dependência química só pela ajuda psicológica, ficaram em silêncio, eu disse que conheço centenas de casos, falei das estatísticas das comunidades e serviços que trabalham a fé, e dos meus 15 anos de trabalho na área vendo os milagres da transformação, apenas por dar essa oportunidade as mães e usuários de saberem que existe um Deus que pode tirá-los desse lixo que a psicologia não tem conseguido. Claro que a situação ficou mais crítica."

"Entendi que, a pessoa pode morrer, na sua frente, mas você como psicólogo não pode em nenhum momento, falar de Deus para pessoa."

"Contei o exemplo de uma mulher que entrou em meu consultório e me disse:"

"Dê-me uma razão para viver, ou vou sair daqui e vou desistir da minha vida!!!"

"Eu dei, Deus, ela está viva e bem até hoje."

"E perguntei o que deveria ter feito, já que ela tratava com psicólogos psiquiatras, tinha luto patológico, era depressiva suicida e não tinha vontade de viver, deveria deixá-la morrer então? A dar a ela a chance de acreditar que existe Deus, eternidade. Não souberam responder, enrolaram, e mudaram de assunto."

"Quando questionei que estavam me pedindo para negar Deus se quiser continuar exercendo minha profissão, elas se olhavam, e diziam: Não é isso, você pode ter sua fé mas não pode externar, guarde pra você, pois está induzindo pessoas a acreditarem em você pela sua influência."

"Deixei claro que não uso a religião para tratar meus pacientes, não tenho nenhuma reclamação em 15 anos no conselho, eles sabem disso. Então não estava entendendo, porque tanto código de ética. Se com meus pacientes nunca cometi um erro."

"Sou uma cidadã livre, a constituição me dá esse direito de professar minha fé, fora do meu consultório, elas sempre debatiam dizendo" "como psicóloga não."

"Quando disse que então seria cassada, pois não negaria minha Fé, uma delas que disse:"

"Você não precisa ser cassada pode abandonar a psicologia"

"Disse que não abandonaria minha profissão, que não estou sozinha, que paguei caro pela minha formação, gastei anos da minha vida, e que não vou abandonar minha profissão, e que pago caro o conselho também elas me responderam:" "então deixe de falar de seu Deus de sua fé."

"Eu enfrentei e disse vamos para o enfrentamento e cassação."

Veja cópia nos links abaixo:





"Conforme texto abaixo tenho 15 dias tirar das redes sociais tudo que me ligue a religião, VEJA A MINHA RESPOSTA ABAIXO.NÃO NEGO MINHA FÉ."


Veja cópia no link abaixo:




Fonte: http://resistenciacristaj.blogspot.com/2012/02/psicologa-marisa-lobo-tem-15-dias-dados.html

Sales ...Se preparem...

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Seg 13 Fev 2012, 4:19 am

Não é exatamente assim a história, mas antes de argumentar deixa eu colocar um texto que faz parte do código de ética da profissão: (Grifo meu)

Art. 2º – Ao psicólogo é vedado:

b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas,
religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito,
quando do exercício de suas funções profissionais;

Quantos casos o conselho de psicologia vetou ou expulsou membros por serem cristãos? Nunca tinha ouvido falar de nenhum até esse, o que devemos pensar a respeito desse caso?

A- O conselho atual é formado de pessoas que não respeitam a liberdade religiosa e ela é a primeira vítima ou...

B- Ela descumpriu o código de ética da profissão.

Como os links que continham a notícia são enviezados, ou cristãos ou pró-homo, deixo a questão em branco, a princípio me parece a alternativa B por envolver menos pessoas na questão.

Se a fé dela entra em conflito com a profissão ela tem duas escolhas, ou muda de fé ou de profissão, mas se for verdade que estão expulsando ela apenas por ser cristã isso é um absurdo.

E para terminar, existem milhares de pessoas que conseguem exercer a fé cristã e a profissão de psicologia sem que surjam esse tipo de conflito ético, bastando apenas que se saiba separar as duas coisas.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Rafael Mori Neiva em Seg 13 Fev 2012, 9:41 am

"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens."

Engraçado que quando eu passei por alguns psicólogos quando mais novo, viviam falando que minha constante busca por Deus em religiões devia-se a ter um pai ausente.

Orientar ao "ateismo" também deveria ter sua devida punição.

b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas,
religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito,
quando do exercício de suas funções profissionais;

Imagino que se um psicólogo tenta explicar que todos temos tendencias a gostar do mesmo sexo, mas isso é reprimido, também deveria se enquadrar a indução de orientação sexual.

Uma pergunta, existe algum código ético para professores? Por que foram os que mais pregaram ateismo na minha vida.

Rafael Mori Neiva
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 745
Idade : 30
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Seg 13 Fev 2012, 12:11 pm

Tenho um amigo que foi fazer uma cirurgia para estirpar um cancer, e em uma conversa com o médico que iria operar, ficou sabendo que o mesmo era ateu.

Solicitou de imediato a troca de médico.

O paciente acreditava na cura por acreditar em Deus, já o médico, pelo que ele me disse, já havia o enterrado.

O ceticismo do médico jogou-lhe um balde de água fria.

Até onde a (des) crença, influência involuntariamente em uma conduta profissional?


E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Jarbas em Seg 13 Fev 2012, 2:07 pm

...

Muito bom post irmão Sales...

"Disse que não abandonaria
minha profissão, que não estou sozinha, que paguei caro pela minha
formação, gastei anos da minha vida, e que não vou abandonar minha
profissão, e que pago caro o conselho também elas me responderam:" "então deixe de falar de seu Deus de sua fé."

15 Todavia, mandando-os sair fora do conselho, conferenciaram entre si,
16 Dizendo: Que havemos de fazer a estes homens? porque a todos os que habitam em Jerusalém é manifesto que por eles foi feito um sinal notório, e não o podemos negar;
17 Mas, para que não se divulgue mais entre o povo, ameacemo-los para que não falem mais nesse nome a homem algum.
18 E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem, no nome de Jesus.


histórias se repetindo... não falassem, nem ensinassem, no nome de Jesus.

Sales ...Se preparem...

Eu sei o que está por vir, haverá choro e ranger de dentes para aqueles que não forem arrebatados, então é bom vigiar agora, para ser digno de evitar todas estas coisas que hão de acontecer.

já está chegando a hora de sermos considerados como o lixo e a escória deste mundo... "Somos blasfemados, e rogamos; até ao presente temos chegado a ser como o lixo deste mundo, e como a escória de todos." (I Coríntios 4 : 13)

Todos que querem viver piamente em Cristo Jesus, sofrerão perseguições, e é o que está acontecendo com ela... "E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." (II Timóteo 3 : 12)... Escrituras sendo cumpridas.



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 14976
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Sales em Seg 13 Fev 2012, 6:43 pm

Minha esposa trabalhava no Shopping em lojas de griffe,...passou por 3 lojas durante sua jornada no Shopping... Ela decidiu sair por causa de sentir mal diante das amigas de trabalho que por ela ser evangélica a tratava com desdém. E em cada loja que ia a pergunta era certa: VOCÊ É AGRESSIVA COM OS HOMOSSEXUAIS? É HOMOFÓBICA? ...apenas porque ela é evangélica que perguntavam isso...




A.B. Earl disse: “Descobri através de extensa experiência que as mais sérias ameaças da Lei de Deus têm um papel importantíssimo na condução das pessoas a Cristo. Elas precisam se ver perdidas antes de clamar por misericórdia; elas não fugirão do perigo até que o enxerguem.

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Jarbas em Seg 13 Fev 2012, 7:38 pm

Sales escreveu:Minha esposa trabalhava no Shopping em lojas de griffe,...passou por 3 lojas durante sua jornada no Shopping... Ela decidiu sair por causa de sentir mal diante das amigas de trabalho que por ela ser evangélica a tratava com desdém. E em cada loja que ia a pergunta era certa: VOCÊ É AGRESSIVA COM OS HOMOSSEXUAIS? É HOMOFÓBICA? ...apenas porque ela é evangélica que perguntavam isso...



são as leis deste mundo que se estabelecem e prevalecem... "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." (I João 2 : 15)



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 14976
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Seg 13 Fev 2012, 7:47 pm

eramos escreveu:Tenho um amigo que foi fazer uma cirurgia para estirpar um cancer, e em uma conversa com o médico que iria operar, ficou sabendo que o mesmo era ateu.

Solicitou de imediato a troca de médico.
O que não faz o menor sentido, acreditar ou não acreditar em deus não torna ninguém melhor ou pior médico, acho isso um absurdo do mesmo modo que acharia um absurdo alguém recusar o tratamento por causa de um médico cristão.

O paciente acreditava na cura por acreditar em Deus, já o médico, pelo que ele me disse, já havia o enterrado.
Como é que é? Era médico ou coveiro? Se estava tratando é porque ainda havia algo a fazer.

O ceticismo do médico jogou-lhe um balde de água fria.

Até onde a (des) crença, influência involuntariamente em uma conduta profissional?
O médico tem que dizer a verdade, e não alimentar esperanças infundadas, ora, se um paciente tiver um câncer no pâncreas em estágio avançado o médico é eticamente obrigado a lhe informar que o índice de mortalidade nesses casos é altíssimo com base na experiência médica, e não dar um sorriso falso e dizer: "Não se preocupe, ficará tudo bem.".


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Josoco em Seg 13 Fev 2012, 8:56 pm

Isso nas mãos de um bom advogado dar para ganhar um bom dinheiro: Dá uma indenização por danos morais. Uma boa nota extra. Queria que acontecesse isso comigo....

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Ter 14 Fev 2012, 10:31 pm

A nossa sociedade é contra a maconha. Temos a CNBB, comunidades de pastores, 98% da população acreditam em Deus, oras.

"NINGUÉM TEM O DIREITO DE DEFENDER A MACONHA", AFIRMA MARISA LOBO EM ENTREVISTA

Por Leandro Prazeres 12/2011
Em meio a uma enxurrada de manifestações e marchas a favor da descriminalização da maconha por todo o Brasil, Marisa Lobo, 39, parece uma voz isolada. Ela é coordenadora nacional da campanha “Maconha Não”, um movimento da sociedade civil que prega manutenção do status de proibida para a maconha. Durante breve passagem por Manaus, na semana passada, ela concedeu essa entrevista ao jornal A CRÍTICA.

Como explicar que movimentos como o “Maconha Não” façam tanto barulho e praticamente silenciem quando o assunto é o álcool ou o tabaco?
É o argumento financeiro. Porque o álcool dá dinheiro, as mídias precisam. E legalização vai fazer a maconha dar dinheiro. Esse argumento de que a legalização das drogas diminuiria o tráfico não é verdadeiro. Só diz isso quem não entende de segurança pública. O que nós temos que ter são políticas sérias que vão de encontro às necessidades do povo. O álcool é o maior problema do nosso País, mas essa onda de marchas está dando a impressão de que a maconha já está liberada e não é isso. Ninguém vê que a maconha é o álcool e o cigarro juntos. Em vez de a sociedade lutar para proibir as outras drogas, ela luta para colocar mais uma no mercado.

Recentemente, a senhora se manifestou contrária à liberação dada pelo STF para as marchas a favor da descriminalização da maconha, argumentando que os ministros feriram a moral e os bons costumes do Brasil. Afinal, quem define isso?
Estamos vivendo em uma sociedade muito relativista em que o meu prazer está acima de tudo e que tudo depende do meu ponto de vista e não é bem assim. Minha liberdade vai até onde começa a do outro, eu tenho direito e tenho deveres e o meu direito vai até onde eu não prejudicar o do outro. A maconha é um péssimo costume, porque além de ela prejudicar você, ela prejudica a sociedade. As pessoas precisam de condutas e fumar maconha é uma conduta má.

A senhora não teme ser vista como uma reacionária?
De forma nenhuma. Sou uma pessoa sensata, sou liberal, mas não libertina, que dialoga, que ouve, mas uma pessoa que sabe o que é certo e o que é errado. E não é bom para a saúde fumar maconha. Uma pessoa que fumou maconha tem sete vezes mais chances de bater um carro.

Fazem parte do movimento “Maconha Não” uma série de entidades religiosas. A senhora não acha que tanta religião pode contaminar uma discussão que deveria ser eminentemente técnica?
Não. A nossa sociedade é contra a maconha. Temos a CNBB, comunidades de pastores, 98% da população acreditam em Deus, oras. Eu sei que a maconha faz mal biologicamente, psicologicamente e espiritualmente para os seus usuários. Eu não estou induzindo a nada, estou apenas dizendo uma verdade em que eu acredito. Não é fundamentalismo religioso.
Então a senhora tem direito de dizer o que pensa, mas quem fuma maconha não?
Não. Não tem. Óbvio que não. Faz algum sentido você defender uma droga que é ilegal, que faz mal à sua saúde e que prejudica a segurança pública? Eu não posso fazer isso e acho que ninguém tem o direito de defender a maconha. Nem o STF.

Dentro de um contexto de uma sociedade plural, isso não seria uma luta desigual?

Existe uma lei e o STF passou por cima dessa lei. É uma lei que diz que maconha é ilegal. Não acho, na minha visão, que eles teriam esse direito. Mas foi dado o direito à livre expressão. Acho que foi uma coisa abusiva e desrespeitosa. O que eles aprovaram foi fazer apologia à droga. Liberdade de expressão nunca me afetou. Minha intenção é discutir para que a pessoa decida o que é bom para ela. E o que é bom para ela não é usar algo que vai fazer mal.

Países como Suíça e Holanda já têm uma política mais tolerante em relação a drogas leves, mas a senhora fala que o Brasil não está preparado. O que falta e o que é estar preparado?
Estar preparado é ter educação, cultura, conhecimento, ter um trabalho de prevenção e enfrentamento sérios.

Mas como medir isso?
Essa é uma discussão muito nova no Brasil. É tudo muito novo no Brasil. Embora se use drogas há muito tempo, no Brasil começou a se falar em epidemias de drogas há muito pouco tempo. Estamos num plano e enfrentamento há muito pouco tempo.

A senhora já fumou maconha?
Não. Meu marido fumava, mas para me namorar ele teve que largar. Mas afinal, o que é estar preparado? É ter consciência de como isso vai impactar na sociedade. Fator droga, família, fator individual. Temos que conhecer a droga e termos um conhecimento geral sobre ela para decidirmos se vamos usá-la ou não. Já está mais do que provado que a guerra às drogas falhou.
Por que a senhora acha que não deu certo?
Porque faltam políticas de prevenção e repressão, porque temos policiais corruptos, as pessoas se aliam ao tráfico e às más polícias. Mas acho que está funcionando, sim, por exemplo, no Rio de Janeiro. (A Crítica)

http://taioso.blogspot.com/2011/12/nossa-sociedade-e-contra-maconha-temos.html


Esta perseguidão não é atoa.

E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Rafael Mori Neiva em Ter 14 Fev 2012, 10:43 pm

Bom, o Cal não teve muito o que comentar sobre minha exposição de experiência própria então creio que o psicólogo/psquiatrica também deveria renunciar seu ateismo e sua profissão.

Rafael Mori Neiva
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 745
Idade : 30
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Ter 14 Fev 2012, 10:49 pm

Cal escreveu:
eramos escreveu:Tenho um amigo que foi fazer uma cirurgia para estirpar um cancer, e em uma conversa com o médico que iria operar, ficou sabendo que o mesmo era ateu.

Solicitou de imediato a troca de médico.
O que não faz o menor sentido, acreditar ou não acreditar em deus não torna ninguém melhor ou pior médico, acho isso um absurdo do mesmo modo que acharia um absurdo alguém recusar o tratamento por causa de um médico cristão.

O paciente acreditava na cura por acreditar em Deus, já o médico, pelo que ele me disse, já havia o enterrado.
Como é que é? Era médico ou coveiro? Se estava tratando é porque ainda havia algo a fazer.

O ceticismo do médico jogou-lhe um balde de água fria.

Até onde a (des) crença, influência involuntariamente em uma conduta profissional?
O médico tem que dizer a verdade, e não alimentar esperanças infundadas, ora, se um paciente tiver um câncer no pâncreas em estágio avançado o médico é eticamente obrigado a lhe informar que o índice de mortalidade nesses casos é altíssimo com base na experiência médica, e não dar um sorriso falso e dizer: "Não se preocupe, ficará tudo bem.".

...Faltou a conclusão: se ele fez certo ou não, eu não sei, mas está vivo até hoje.

Já ouviu falar na palavra esperança?

Ou isso é um sentimento para os fracos?

Médico otimista ou realista?
Eu e muitos ateus ficariam com o primeiro, sem dúvida.

Seria legal você rever seus conceitos com relação à missão de um médico.

E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Ter 14 Fev 2012, 11:13 pm

eramos escreveu:...Faltou a conclusão: se ele fez certo ou não, eu não sei, mas está vivo até hoje.
O procedimento segundo o código de ética médica é informar da forma mais precisa possível o paciente sobre suas condições de saúde, não criar expectativas falsas sejam otimistas ou pessimistas, quanto a ele ainda estar vivo, duas hipóteses, a primeira é que ele tenha sobrevivido quando as chances eram contrárias a isso, ainda assim o médico não poderia mentir, a segunda é um erro de diagnóstico, câncer está entre as doenças mais difíceis de diagnosticar, principalmente quando os recursos são limitados como é a realidade de muitos hospitais no Brasil, se for esse o caso, talvez devesse colocar em xeque a competência do médico mas não a sua ética, ele deve informar o paciente de acordo com o diagnóstico obtido.

Já ouviu falar na palavra esperança?
Já, e você? Já ouviu falar em estatísticas médicas? Índice de mortalidade? O médico é obrigado pela ética a informar da forma mais objetiva possível a condição clínica do paciente, não florear com sentimentalismo barato.

Ou isso é um sentimento para os fracos?
Todos podem ter esperança, podem continuar lutando mesmo quando as chances são pequenas, o que não pode é um médico mentir sobre a condição clínica do paciente apenas para alimentar esperanças, isso seria anti-ético.

Médico otimista ou realista?
Eu e muitos ateus ficariam com o primeiro, sem dúvida.
Eu prefiriria o realista, a função dele é me mostrar a realidade, o otimismo e a esperança ficariam por minha conta.

Seria legal você rever seus conceitos com relação à missão de um médico.
Seus conceitos é que estão errados, para perceber isso basta um pouco de isenção e menos foco em casos isolados.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Rafael Mori Neiva em Qua 15 Fev 2012, 6:50 am

Aguardando respostas.

Rafael Mori Neiva
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 745
Idade : 30
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por darkshi em Qua 15 Fev 2012, 9:17 am

Cal escreveu:Não é exatamente assim a história, mas antes de argumentar deixa eu colocar um texto que faz parte do código de ética da profissão: (Grifo meu)

Art. 2º – Ao psicólogo é vedado:

b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas,
religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito,
quando do exercício de suas funções profissionais;

Quantos casos o conselho de psicologia vetou ou expulsou membros por serem cristãos? Nunca tinha ouvido falar de nenhum até esse, o que devemos pensar a respeito desse caso?

A- O conselho atual é formado de pessoas que não respeitam a liberdade religiosa e ela é a primeira vítima ou...

B- Ela descumpriu o código de ética da profissão.

Como os links que continham a notícia são enviezados, ou cristãos ou pró-homo, deixo a questão em branco, a princípio me parece a alternativa B por envolver menos pessoas na questão.

Se a fé dela entra em conflito com a profissão ela tem duas escolhas, ou muda de fé ou de profissão, mas se for verdade que estão expulsando ela apenas por ser cristã isso é um absurdo.

E para terminar, existem milhares de pessoas que conseguem exercer a fé cristã e a profissão de psicologia sem que surjam esse tipo de conflito ético, bastando apenas que se saiba separar as duas coisas.

Lendo os autos da entrevista com o conselho de ética de psicologia percebesse que o concelho se apegou a coisas circunstanciais e pessoais (twitter e blog), a fatos que são perfeitamente aceitáveis caso o psicólogo defenda outras religiões (só olhar o número de psicólogos espiritualistas, como eles usam sua religião como base para os seus tratamentos e nunca sofreram qualquer espécie de sanção por parte do concelho de ética). E é claro, ler a condenação, que exige alteração de coisas que são pessoais.

Isso é claramente perseguição religiosa.


"Teleology is like a mistress to a biologist: he cannot live without her but he's unwilling to be seen with her in public." J. B. S. Haldane

darkshi
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1692
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por †Elisabeth† em Qua 15 Fev 2012, 9:51 am

No meu ponto de vista psicologia deveria entrar na área de pseudo-ciência assim como é psicanalise, ufologia, astrologia, espiritismo e etc...

Apenas psiquiatria deveria entrar na área de ciência médica.



†Elisabeth†
Safira
Safira

Número de Mensagens : 143
Idade : 26
Localização : RJ
flag : Brasil
Data de inscrição : 03/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Qua 15 Fev 2012, 9:58 am

Cal escreveu:
eramos escreveu:...Faltou a conclusão: se ele fez certo ou não, eu não sei, mas está vivo até hoje.
O procedimento segundo o código de ética médica é informar da forma mais precisa possível o paciente sobre suas condições de saúde, não criar expectativas falsas sejam otimistas ou pessimistas, quanto a ele ainda estar vivo, duas hipóteses, a primeira é que ele tenha sobrevivido quando as chances eram contrárias a isso, ainda assim o médico não poderia mentir, a segunda é um erro de diagnóstico, câncer está entre as doenças mais difíceis de diagnosticar, principalmente quando os recursos são limitados como é a realidade de muitos hospitais no Brasil, se for esse o caso, talvez devesse colocar em xeque a competência do médico mas não a sua ética, ele deve informar o paciente de acordo com o diagnóstico obtido.
...nossa, você tem todos os códigos de ética na estante :risadinha:
Faltou lembrar que o diagnóstico do médico passou inconscientemente por um crivo pessoal e não só técnico.

O camarado fumava muito, era um câncer na laringe, as chances para falar após a cirurgia eram mínimas.
Pode ser Deus, como também não.

No caso do meu sogro a coisa já foi diferente, o médico, sem nenhum exame, disse que tudo indicava para um câncer no intestino, ficamos todos apavorados.
Solicitou os exames...e quando concluiu o último, que foi uma colonoscopia com biópsia, ele teve um infarto e morreu.
Depois com os exames, descobrimos que não era câncer, e sim uma espécie de lipoma benigno.

Você sempre se reporta na terceira pessoa.

Se esquece que "amanhã" infelizmente, poderá ocorrer com uma pessoa muito querida por você, isso é, se existe alguém.

O medo de um possível sofrimento, não deveria ser maior do que querer matar os sentimentos.

Já dizia o seu amigo Oscar Wilde "Viver é a coisa mais rara do mundo. Algumas pessoas apenas existem"

Cal escreveu:
eramos escreveu:Já ouviu falar na palavra esperança?
Já, e você? Já ouviu falar em estatísticas médicas? Índice de mortalidade? O médico é obrigado pela ética a informar da forma mais objetiva possível a condição clínica do paciente, não florear com sentimentalismo barato.
...com esse ânimo todo, você poderia ser contratato para ser técnico do corinthians :risadinha:

O que você vai dizer para uma pessoa com cancer sobre estatísticas médicas?Índice de mortalidade?Gráficos e curvas matemáticas de mortos anuais?
Para.
Àquela história do copo meio cheio e meio vazio.

...aí também é pedir muito, o quê que um médico sem esperança, apático, teria para oferecer ao seu paciente ávido para ser curado?

Existem estudos do que eu estou dizendo, e você sabe muito bem disso.

Cal escreveu:
eramos escreveu:Ou isso é um sentimento para os fracos?
Todos podem ter esperança, podem continuar lutando mesmo quando as chances são pequenas, o que não pode é um médico mentir sobre a condição clínica do paciente apenas para alimentar esperanças, isso seria anti-ético.

ídem ao anterior.

Cal escreveu:
eramos escreveu:Médico otimista ou realista?
Eu e muitos ateus ficariam com o primeiro, sem dúvida.
Eu prefiriria o realista, a função dele é me mostrar a realidade, o otimismo e a esperança ficariam por minha conta.

Otimista na situação de paciente e realista como acompanhante/responsável.
Isso não pode ser ética, é assassinato psicológico.

Cal escreveu:
eramos escreveu:Seria legal você rever seus conceitos com relação à missão de um médico.
Seus conceitos é que estão errados, para perceber isso basta um pouco de isenção e menos foco em casos isolados.

Sinto muito.

Essa forma de querer enxergar o mundo e criar conceitos universais, atemporais e outros "ais", faz com que as pessoas não olhem para dentro, será que é medo?

Enfim, eu não acredito que você é este tipo de pessoa, e muito menos você.
...não adianta, você não vai me convencer que saí por aí, chutando bengala de velhos na rua. :risadinha:

E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Rafael Mori Neiva em Qua 15 Fev 2012, 1:11 pm

Rafael Mori Neiva escreveu:"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens."

Engraçado que quando eu passei por alguns psicólogos quando mais novo, viviam falando que minha constante busca por Deus em religiões devia-se a ter um pai ausente.

Orientar ao "ateismo" também deveria ter sua devida punição.

b) Induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas,
religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito,
quando do exercício de suas funções profissionais;

Imagino que se um psicólogo tenta explicar que todos temos tendencias a gostar do mesmo sexo, mas isso é reprimido, também deveria se enquadrar a indução de orientação sexual.

Uma pergunta, existe algum código ético para professores? Por que foram os que mais pregaram ateismo na minha vida.

To quotando pq o Cal não deve ter visto.

Rafael Mori Neiva
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 745
Idade : 30
flag : Brasil
Data de inscrição : 18/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Qua 15 Fev 2012, 9:37 pm

Rafael Mori Neiva escreveu:"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens."
Esse é um exemplo bem claro, parte aqui do bom senso de cada cristão como administrar sua fé no exercício de funções profissionais seculares em estados laicos, mas dado o número de cristãos e dos problemas gerados por conflitos entre ética profissional e fé religiosa tudo indica que não é assim tão difícil, vamos lembrar também do contexto social, quando esse texto foi escrito a ideia de laicidade do estado sequer existia, a escravidão era normal e ninguém falava em direitos civis para todos, algo que merece no mínimo uma reflexão.

Engraçado que quando eu passei por alguns psicólogos quando mais novo, viviam falando que minha constante busca por Deus em religiões devia-se a ter um pai ausente.

Orientar ao "ateismo" também deveria ter sua devida punição.
O código de ética também abrange isso.

Uma pergunta, existe algum código ético para professores? Por que foram os que mais pregaram ateismo na minha vida.
Sério? Nem imagino o contexto salvo talvez nas aulas de Filosofia.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Qua 15 Fev 2012, 10:00 pm

eramos escreveu:
...nossa, você tem todos os códigos de ética na estante :risadinha:
A ética profissional parte de pressupostos semelhantes, adaptar tais pressupostos as diferentes profissões é muito simples.

Faltou lembrar que o diagnóstico do médico passou inconscientemente por um crivo pessoal e não só técnico.
Um outro item da ética médica, recomenda-se que um médico não trate seus próprios parentes e entes queridos, exatamente para não comprometer sua objetividade, um bom diagnóstico é aquele 100% técnico e 0% personalizado.

O camarado fumava muito, era um câncer na laringe, as chances para falar após a cirurgia eram mínimas.
Pode ser Deus, como também não.
Exato, as chances eram mínimas e o papel do médico era dizer a verdade, mesmo que em casos pontuais a perspectiva otimista se justifique.

No caso do meu sogro a coisa já foi diferente, o médico, sem nenhum exame, disse que tudo indicava para um câncer no intestino, ficamos todos apavorados.
Solicitou os exames...e quando concluiu o último, que foi uma colonoscopia com biópsia, ele teve um infarto e morreu.
Depois com os exames, descobrimos que não era câncer, e sim uma espécie de lipoma benigno.
Médicos não são deuses são humanos e estão sujeitos a cometerem erros, mas basta comparar o índice de erros médicos com o índice de erros dos pacientes em relação a diagnósticos para concluirmos que seguir a opinião do médico é de longe a melhor opção, ainda que tenham resultados trágicos em casos pontuais.

Você sempre se reporta na terceira pessoa.
Porque o debate se conduz melhor objetivamente do que quando ele fica sob uma perspectiva personalizada.

Se esquece que "amanhã" infelizmente, poderá ocorrer com uma pessoa muito querida por você, isso é, se existe alguém.
Sim existem, e já aconteceu, nessa condição só resta torcer pelo melhor, mas eu ficaria bravo com um médico que mentisse sobre a condição real do paciente só para alimentar falsas esperanças.

O medo de um possível sofrimento, não deveria ser maior do que querer matar os sentimentos.
O médico tem que dizer a verdade, o sentimento não é morto por causa disso pois mesmo nos resultados funestos o amor e o apreço que sentimos pelas pessoas queridas não é falso.


...com esse ânimo todo, você poderia ser contratato para ser técnico do corinthians :risadinha:

O que você vai dizer para uma pessoa com cancer sobre estatísticas médicas?Índice de mortalidade?Gráficos e curvas matemáticas de mortos anuais?
Para.
Àquela história do copo meio cheio e meio vazio.
Não é a história do copo meio cheio ou vazio é a verdade fria dos números, e o principal, eles são dados não para fulminar esperanças e sim para determinar qual a melhor via de tratamento, pode soar insensível mas objetividade em diagnósticos salvam muito mais vidas no final das contas do que sorrisos falsos e mentiras condescendentes.

...aí também é pedir muito, o quê que um médico sem esperança, apático, teria para oferecer ao seu paciente ávido para ser curado?

Existem estudos do que eu estou dizendo, e você sabe muito bem disso.
Ao médico cabe objetividade, não apatia, se um médico não estiver interessado na cura do paciente ele não está agindo conforme a ética profissional e seu juramento mandam.



eramos escreveu:Otimista na situação de paciente e realista como acompanhante/responsável.
Isso não pode ser ética, é assassinato psicológico.
Ele não pode ser nem otimista nem pessimista sobre a situação do paciente ele tem que ser realista, seja essa realidade boa ou ruim, acompanhamento e suporte emocional não deve vir do médico, para isso é que servem parentes e amigos, essa divisão de tarefas é mais do que recomendável é vital para a sobrevivência do paciente.


Última edição por Cal em Qui 16 Fev 2012, 1:31 am, editado 2 vez(es)


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Qua 15 Fev 2012, 10:15 pm

darkshi escreveu:
Lendo os autos da entrevista com o conselho de ética de psicologia percebesse que o concelho se apegou a coisas circunstanciais e pessoais (twitter e blog), a fatos que são perfeitamente aceitáveis caso o psicólogo defenda outras religiões (só olhar o número de psicólogos espiritualistas, como eles usam sua religião como base para os seus tratamentos e nunca sofreram qualquer espécie de sanção por parte do concelho de ética). E é claro, ler a condenação, que exige alteração de coisas que são pessoais.

Isso é claramente perseguição religiosa.
Partindo do pressuposto que seja esse o caso concordo plenamente com você, mas poderia citar uma fonte que não seja de site cristão ou pró-homo? Os comentários que li nos links sobre o assunto tem uma parcialidade tão descarada que é de doer os olhos.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Cal em Qui 16 Fev 2012, 6:23 am

eramos escreveu:No caso do meu sogro a coisa já foi diferente, o médico, sem nenhum exame, disse que tudo indicava para um câncer no intestino, ficamos todos apavorados.
Solicitou os exames...e quando concluiu o último, que foi uma colonoscopia com biópsia, ele teve um infarto e morreu.
Depois com os exames, descobrimos que não era câncer, e sim uma espécie de lipoma benigno.
Mais um comentário pertinente a esse tipo de situação, é chamado de julgamento por retrospecto.

É muito fácil julgar atitudes como corretas ou erradas apenas depois de ser possível averiguar seus resultados, o problema é que não é possível tomar decisões médicas sabendo qual resultado futuro ela terá, pelo o que você expos o médico tinha de fato motivos para suspeitar de câncer, tanto que havia um lipoma, e tinha motivos para pedir exames, aconteceu um evento trágico, risco que existe em quase todos os procedimentos médicos, mas e se o cenário fosse outro? E se o médico tivesse decidido ignorar e não ter feito os exames, e fosse um tumor maligno e seu sogro morresse de câncer, nesse caso acusariam o médico de ter sido negligente e que se tivesse agido antes talvez desse tempo de salvá-lo.

É esse tipo de decisão que o médico tem que tomar, o que é melhor?

Submeter o paciente ao risco de procedimentos médicos ou arriscar descobrir o câncer apenas quando for tarde demais?

Julgar o médico por um resultado funesto em retrospecto é muito fácil, decidir e administrar riscos envolvendo a vida das pessoas não é.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Qui 16 Fev 2012, 4:55 pm

Cal escreveu:
eramos escreveu:No caso do meu sogro a coisa já foi diferente, o médico, sem nenhum exame, disse que tudo indicava para um câncer no intestino, ficamos todos apavorados.
Solicitou os exames...e quando concluiu o último, que foi uma colonoscopia com biópsia, ele teve um infarto e morreu.
Depois com os exames, descobrimos que não era câncer, e sim uma espécie de lipoma benigno.
Mais um comentário pertinente a esse tipo de situação, é chamado de julgamento por retrospecto.

É muito fácil julgar atitudes como corretas ou erradas apenas depois de ser possível averiguar seus resultados, o problema é que não é possível tomar decisões médicas sabendo qual resultado futuro ela terá, pelo o que você expos o médico tinha de fato motivos para suspeitar de câncer, tanto que havia um lipoma, e tinha motivos para pedir exames, aconteceu um evento trágico, risco que existe em quase todos os procedimentos médicos, mas e se o cenário fosse outro? E se o médico tivesse decidido ignorar e não ter feito os exames, e fosse um tumor maligno e seu sogro morresse de câncer, nesse caso acusariam o médico de ter sido negligente e que se tivesse agido antes talvez desse tempo de salvá-lo.
É esse tipo de decisão que o médico tem que tomar, o que é melhor?
Submeter o paciente ao risco de procedimentos médicos ou arriscar descobrir o câncer apenas quando for tarde demais?
Julgar o médico por um resultado funesto em retrospecto é muito fácil, decidir e administrar riscos envolvendo a vida das pessoas não é.
Legal a atenção que você deu ao post.

...no meu entender, nesse meio, tem/teve uma coisa chamada "limites psicológicos"(na falta de outro nome foi esse mesmo);ou seja a capacidade que cada indivíduo/pessoa tem em reagir à determinadas situações, tipo: estress, más/boas notícias, pressão por metas...e isso somado à outros fatores como idade avançada e problemas cardíacos (ele já usava marca-passo), pode ter sido determinante para esse momento trágico.

Não estou procurando culpados e muito menos o médico, entenda.

Você,eu, podemos estar "preparados" para ouvir uma péssima notícia, qualquer que seja, mas nem todos são assim.

Existem estes fatores psicológicos que não podem de forma algums serem desprezados.

Ainda no caso, pelo fato de não ter todos os exames em mãos, deveria haver um certo cuidado sim, na forma como anunciar a razão da solicitação dos exames, assim como um diagnóstico infeliz.


E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Josoco em Qui 16 Fev 2012, 5:57 pm

O que que eu vou fazer com essa tal liberdade...

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por E.Ramos em Seg 05 Mar 2012, 11:19 am

...a perseguição continua.

ABGLT pede que Ministério Público investigue a psicóloga evangélica Marisa Lobo e a acusa de charlatanismo

A Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Travestis (ABGLT) publicou uma nota em seu site na qual apoia o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP) na decisão que pode levar à suspensão do registro profissional da psicóloga evangélica Marisa Lobo.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
A psicóloga recebeu do CRP um ultimato para que exclua das redes sociais conteúdos que relacionem sua prática profissional à sua religião. No dia 24 de fevereiro de 2012 ela rejeitou a determinação do CRP e entregou sua defesa reafirmando que não negará sua fé em Cristo.

As denúncias feitas contra Marisa Lobo alegam que ela tem induzido as pessoas à sua fé religiosa e se baseiam no artigo Art. 2º, letra b do Conselho de Ética que diz ser vedado ao psicólogo “induzir a convicções políticas, filosóficas, morais, ideológicas, religiosas, de orientação sexual ou a qualquer tipo de preconceito, quando do exercício de suas funções profissionais”.

O texto publicado pela ABGLT se posiciona em defesa do Conselho de Psicologia afirmando que a psicóloga não foi orientada a mudar sua prática como cristã, mas que o conselho estaria em “busca de correção das faltas éticas que estão sendo praticadas”.

Em um trecho de sua nota a associação diz: “Solicitamos ao Ministério Público e às autoridades competentes que tomem as providências cabíveis neste caso e que verifiquem se o caso se enquadra na prática do charlatanismo, dado o sistemático prejuízo que a psicóloga tem causado às lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”.


http://noticias.gospelmais.com.br/abglt-pede-ministerio-publico-investigue-psicologa-marisa-lobo-31109.html

E.Ramos
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 1193
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Psicóloga tem 15 dias para negar sua Fé em Jesus, dados pelo Conselho Federal de Psicologia

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:15 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum