.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por JOEL HAREL em Dom 08 Jan 2012, 1:16 am

Por curiosidade li o Livro de Enoque, um Livro que não foi incluído nos Livros Canônicos, ou seja, considerado Apocrifo, mas achei muito interessante e elucidou dúvidas que tinha à respeito dos gigantes do passado. Para os estudiosos de Teologia penso ser de grande valia esse conhecimento oculto até aos dias de hoje para mim.

JOEL HAREL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 359
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por silvamelo em Dom 08 Jan 2012, 2:01 am

Se você ler com atenção, vai ver que a Bíblia contém muitas passagens que trazem citações, principalmente no Novo Testamento. A igreja primitiva e os judeus do primeiro século muito provavelmente o tinha como canônico. Ao que parece, com o surgimento do cristianismo, os judeus foram se afastando do livro numa tentativa de desvincular as referências que o livro faz a Jesus (o livro de Enoque é o único livro da tradição judaica que trata abertamente da pessoa do Pai e do Filho). Estranhamente a igreja seguiu essa tendência e o livro acabou sendo esquecido, de modo que não restou original preservado.

Os livros de Enoque que lemos hoje têm algumas diferenças e provavelmente está adulterado em alguns pontos, fato que desqualifica totalmente a sua canonicidade. Mas certamente é um grande referencial para compreendermos certas passagens difíceis citadas por Jesus e os apóstolos, que têm o seus significados revelados ali.

"Ali eu vi o Ancião de dias, cuja cabeça era igual à branca lã, e com ele outro, cujo semblante assemelhava-se àquele do Homem. Seu semblante era cheio de graça, igual àquele dos santos anjos. Então eu inquiri ao anjo, que estava comigo e me mostrava toda coisa secreta, a respeito deste Filho do Homem; quem ele era, de onde Ele era e porque ele acompanhou o Ancião de dias. Ele respondeu-me e disse: Este é o Filho do Homem, ao qual a justiça pertence, com o qual a retidão tem habitado e o qual revelou todos os tesouros do que é escondido: pois o Senhor dos espíritos o tem escolhido e sua porção tem excedido a tudo diante do Senhor dos espíritos em eterna ascensão. Este Filho do Homem, que tu vês, levantará os reis de seus lugares de habitação, e os fortes de seus tronos; soltará as rédeas dos poderosos, e quebrará em pedaços os dentes dos pecadores" (Enoque 46:1-4).
avatar
silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4418
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por Ed em Dom 08 Jan 2012, 6:29 am

Também li, tenho minhas reservas quanto ao fato citado pelo Silva: "provavelmente está adulterado em alguns pontos", mas também tem pontos de perfeição Divina como o trecho em evidência...



::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3413 dias de existência com 232039 mensagens
avatar
Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11033
Idade : 65
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por JOEL HAREL em Dom 08 Jan 2012, 12:48 pm

silvamelo escreveu:Se você ler com atenção, vai ver que a Bíblia contém muitas passagens que trazem citações, principalmente no Novo Testamento. A igreja primitiva e os judeus do primeiro século muito provavelmente o tinha como canônico. Ao que parece, com o surgimento do cristianismo, os judeus foram se afastando do livro numa tentativa de desvincular as referências que o livro faz a Jesus (o livro de Enoque é o único livro da tradição judaica que trata abertamente da pessoa do Pai e do Filho). Estranhamente a igreja seguiu essa tendência e o livro acabou sendo esquecido, de modo que não restou original preservado.

Os livros de Enoque que lemos hoje têm algumas diferenças e provavelmente está adulterado em alguns pontos, fato que desqualifica totalmente a sua canonicidade. Mas certamente é um grande referencial para compreendermos certas passagens difíceis citadas por Jesus e os apóstolos, que têm o seus significados revelados ali.

"Ali eu vi o Ancião de dias, cuja cabeça era igual à branca lã, e com ele outro, cujo semblante assemelhava-se àquele do Homem. Seu semblante era cheio de graça, igual àquele dos santos anjos. Então eu inquiri ao anjo, que estava comigo e me mostrava toda coisa secreta, a respeito deste Filho do Homem; quem ele era, de onde Ele era e porque ele acompanhou o Ancião de dias. Ele respondeu-me e disse: Este é o Filho do Homem, ao qual a justiça pertence, com o qual a retidão tem habitado e o qual revelou todos os tesouros do que é escondido: pois o Senhor dos espíritos o tem escolhido e sua porção tem excedido a tudo diante do Senhor dos espíritos em eterna ascensão. Este Filho do Homem, que tu vês, levantará os reis de seus lugares de habitação, e os fortes de seus tronos; soltará as rédeas dos poderosos, e quebrará em pedaços os dentes dos pecadores" (Enoque 46:1-4).
SilvaMelo é isso mesmo, você está correto. O livro de Enoque foi citado pelo Apostolo Paulo, Pedro, em vários textos do novo testamento. A impressão que tenho é de que eles o usavam como um livro santo.
Veja alguns textos que correlacionam com o Livro de Enoque:

"Naqueles dias estavam os nefilins na terra, e também depois, quando os filhos de Deus(Nefilins) conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Esses nefilins eram os valentes, os homens de renome, que houve na antigüidade. Gênesis 6:4
Também vimos ali os nefilins, isto é, os filhos de Anaque, que são descendentes dos nefilins; éramos aos nossos olhos como gafanhotos(insetos); e assim também éramos aos seus olhos. Números13:33
“E quando Enoque viu isso, ficou com a alma amargurada e chorou por seus irmãos; e disse aos céus: Recusar-me-ei a ser consolado; mas o Senhor disse a Enoque: Anima-te e alegra-te; e olha.” (Gênesis
"Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte; e não foi achado,porque Deus o trasladara; pois antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus. Hebreus 11:5
"Para estes também profetizou Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos". Judas 1:14

Não pode haver dúvida de que Judas conhecia e fez uso de pelo me­nos dois escritos apócrifos, a Assunção de Moisés e o Livro de Enoque, e provavelmente doutros também, tais como o Testamento de Naftali no v. 6, e o Testamento de Aser no v. 8.
Judas cita Enoque livremente. É um livro apócrifo longo, prova­velmente composto em períodos diferentes, desde o século I a.C. até o século I d.C. Judas cita Enoque 1:9 no v. 15, quase palavra por pala­vra. No v. 14 chama Enoque "o sétimo depois de Adão," descrição esta que ocorre em Enoque 40:8, e há muita coisa em Enoque que é usada na descrição que Judas fez dos anjos caídos nos vv. 6 e 13.
A dependência de Judas da Assunção de Moisés (v. 9) não é me­nos certa. De fato, é abertamente asseverada por Orígenes, Cle­mente e Dídimo, que conheciam o livro, que agora existe so­mente em fragmentos: provavelmente foi escrito bem no começo do século 1 d.C. Tanto a Assunção quanto Enoque eram altamente esti­mados na Igreja Primitiva, mas não temos meios de saber se Judas considerava canônicos estes livros. Cita-os como sendo relevantes para a situação para a qual escreve, e bem conhecidos tanto a ele quanto a seus leitores. E surpreendente que os escritores neotestamentários aludem tão raramente à vasta massa de matéria extra-canônica que estava circulando no século I. Paulo faz alusão ao midraxe rabínico sobre a Rocha em 1 Coríntios 10:4; o autor de Hebreus freqüentemente ecoa as obras de Filo; em 2 Timóteo 3:8 somos in­formados que Janes e Jambres eram os mágicos que desafiaram Moi­sés diante de Faraó (um trecho de haggadah baseado em Êx 7:11 e achado em vários escritos extracanônicos). De modo semelhante, a instrumentalidade dos anjos em dar a lei (Gl 3:19; Hb 2:2), e as decla­rações em At 7:22; Tg 5:17 e Hb 11:37, todas se referem a matéria apócrifa.

JOEL HAREL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 359
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por orlandoj em Qua 01 Jul 2015, 2:55 pm

Gostaria de indicar a nova edição do Livro de Enoque em língua portuguesa, a primeira edição crítica, com várias introduções e extensa bibliografia temática. Esta obra foi traduzida de "The Pseudepigrapha of the Old Testament" publicada pelo Professor James H. Charlesworth.

Título: O LIVRO DE ENOQUE ETÍOPE ou 1ENOQUE

orlandoj
Barro
Barro

Número de Mensagens : 1
flag : Brasil
Data de inscrição : 01/07/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O QUE OS IRMÃOS PENSAM SOBRE O LIVRO DE ENOQUE?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum