.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
46 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 45 Visitantes :: 2 Motores de busca

luisfoletto

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sex 14 Out 2011, 3:12 pm

Eduardo escreveu:Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.

O modelo de administração do Templo, leia-se sacedócio levita, não tem nada a ver com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, pertencente ao seu sacerdócio e que foi totalmente desvinculada do Templo e de seus sacerdotes.

7.11 Se, portanto, a perfeição houvera sido mediante o sacerdócio levítico (pois nele baseado o povo recebeu a lei), que necessidade haveria ainda de que se levantasse outro sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque, e que não fosse contado segundo a ordem de Arão?
--------------------------------------------------------------------------------
7.12 Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei.
--------------------------------------------------------------------------------
7.13 Porque aquele de quem são ditas estas coisas pertence a outra tribo, da qual ninguém prestou serviço ao altar;
--------------------------------------------------------------------------------
7.14 pois é evidente que nosso Senhor procedeu de Judá, tribo à qual Moisés nunca atribuiu sacerdotes.
--------------------------------------------------------------------------------
7.15 E isto é ainda muito mais evidente, quando, à semelhança de Melquisedeque, se levanta outro sacerdote,
--------------------------------------------------------------------------------
7.16 constituído não conforme a lei de mandamento carnal, mas segundo o poder de vida indissolúvel.
--------------------------------------------------------------------------------
7.17 Porquanto se testifica: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.
--------------------------------------------------------------------------------
7.18 Portanto, por um lado, se revoga a anterior ordenança, por causa de sua fraqueza e inutilidade
--------------------------------------------------------------------------------
7.19 (pois a lei nunca aperfeiçoou coisa alguma), e, por outro lado, se introduz esperança superior, pela qual nos chegamos a Deus.
--------------------------------------------------------------------------------
7.20 E, visto que não é sem prestar juramento (porque aqueles, sem juramento, são feitos sacerdotes,
--------------------------------------------------------------------------------
7.21 mas este, com juramento, por aquele que lhe disse: O Senhor jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre);
--------------------------------------------------------------------------------
7.22 por isso mesmo, Jesus se tem tornado fiador de superior aliança.
--------------------------------------------------------------------------------
7.23 Ora, aqueles são feitos sacerdotes em maior número, porque são impedidos pela morte de continuar;
--------------------------------------------------------------------------------
7.24 este, no entanto, porque continua para sempre, tem o seu sacerdócio imutável.
--------------------------------------------------------------------------------
7.25 Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
--------------------------------------------------------------------------------
7.26 Com efeito, nos convinha um sumo sacerdote como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus,
--------------------------------------------------------------------------------
7.27 que não tem necessidade, como os sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro, por seus próprios pecados, depois, pelos do povo; porque fez isto uma vez por todas, quando a si mesmo se ofereceu.
--------------------------------------------------------------------------------
7.28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas a palavra do juramento, que foi posterior à lei, constitui o Filho, perfeito para sempre.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Sex 14 Out 2011, 6:38 pm

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
O modelo de administração do Templo, leia-se sacedócio levita, não tem nada a ver com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, pertencente ao seu sacerdócio e que foi totalmente desvinculada do Templo e de seus sacerdotes.
Então explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sex 14 Out 2011, 10:39 pm

Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
O modelo de administração do Templo, leia-se sacedócio levita, não tem nada a ver com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, pertencente ao seu sacerdócio e que foi totalmente desvinculada do Templo e de seus sacerdotes.
Então explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.







Eu devo estar abobado ou acéfalo...
Não vi em momento nenhum nesse capítulo 9 de I Coríntios, esse "entendimento" de que Paulo usava o "modelo administrativo" da cadavérica, rudimentar e abolida lei de Moisés para basear o seu apostolado. Muito pelo contrário, Paulo, apesar de saber que tinha o direito (e eu acho que tinha... de receber mantimentos) de comer e beber das doações em suas jornadas, não deixou de trabalhar em sua profissão, ao contrário dos sacerdotes levitas.
Essas acusações vinham dos judaizantes, alvos da pregação de Paulo, logo eles que viviam sob o regime da Lei e aceitavam a boa vida dos levitas!
Mas nesse mesmo capítulo, Paulo afirma que trabalhava para "ganhar os judeus; os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, para ganhar os que vivem debaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei. Aos sem lei, como se eu mesmo o fosse, não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo, para ganhar os que vivem fora do regime da lei".


1 Coríntios

9.1 Não sou eu, porventura, livre? Não sou apóstolo? Não vi Jesus, nosso Senhor? Acaso, não sois fruto do meu trabalho no Senhor?
________________________________________
9.2 Se não sou apóstolo para outrem, certamente, o sou para vós outros; porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor.
________________________________________
9.3 A minha defesa perante os que me interpelam é esta:
________________________________________
9.4 não temos nós o direito de comer e beber?
________________________________________
9.5 E também o de fazer-nos acompanhar de uma mulher irmã, como fazem os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas?
________________________________________
9.6 Ou somente eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar?
________________________________________
9.7 Quem jamais vai à guerra à sua própria custa? Quem planta a vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta um rebanho e não se alimenta do leite do rebanho?
________________________________________
9.8 Porventura, falo isto como homem ou não o diz também a lei?
________________________________________
9.9 Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi, quando pisa o trigo. Acaso, é com bois que Deus se preocupa?
________________________________________
9.10 Ou é, seguramente, por nós que ele o diz? Certo que é por nós que está escrito; pois o que lavra cumpre fazê-lo com esperança; o que pisa o trigo faça-o na esperança de receber a parte que lhe é devida.
________________________________________
9.11 Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito recolhermos de vós bens materiais?
________________________________________
9.12 Se outros participam desse direito sobre vós, não o temos nós em maior medida? Entretanto, não usamos desse direito; antes, suportamos tudo, para não criarmos qualquer obstáculo ao evangelho de Cristo.
________________________________________
9.13 Não sabeis vós que os que prestam serviços sagrados do próprio templo se alimentam? E quem serve ao altar do altar tira o seu sustento?
________________________________________
9.14 Assim ordenou também o Senhor aos que pregam o evangelho que vivam do evangelho;
________________________________________
9.15 eu, porém, não me tenho servido de nenhuma destas coisas e não escrevo isto para que assim se faça comigo; porque melhor me fora morrer, antes que alguém me anule esta glória.
________________________________________
9.16 Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho!
________________________________________
9.17 Se o faço de livre vontade, tenho galardão; mas, se constrangido, é, então, a responsabilidade de despenseiro que me está confiada.
________________________________________
9.18 Nesse caso, qual é o meu galardão? É que, evangelizando, proponha, de graça, o evangelho, para não me valer do direito que ele me dá.
________________________________________
9.19 Porque, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível.
________________________________________
9.20 Procedi, para com os judeus, como judeu, a fim de ganhar os judeus; para os que vivem sob o regime da lei, como se eu mesmo assim vivesse, para ganhar os que vivem debaixo da lei, embora não esteja eu debaixo da lei.
________________________________________
9.21 Aos sem lei, como se eu mesmo o fosse, não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo, para ganhar os que vivem fora do regime da lei.




 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Ton em Sab 15 Out 2011, 7:10 am

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.

O modelo de administração do Templo, leia-se sacedócio levita, não tem nada a ver com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, pertencente ao seu sacerdócio e que foi totalmente desvinculada do Templo e de seus sacerdotes.

7.11 Se, portanto, a perfeição houvera sido mediante o sacerdócio levítico (pois nele baseado o povo recebeu a lei), que necessidade haveria ainda de que se levantasse outro sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque, e que não fosse contado segundo a ordem de Arão?
--------------------------------------------------------------------------------
7.12 Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei.
--------------------------------------------------------------------------------
7.13 Porque aquele de quem são ditas estas coisas pertence a outra tribo, da qual ninguém prestou serviço ao altar;
--------------------------------------------------------------------------------
7.14 pois é evidente que nosso Senhor procedeu de Judá, tribo à qual Moisés nunca atribuiu sacerdotes.
--------------------------------------------------------------------------------
7.15 E isto é ainda muito mais evidente, quando, à semelhança de Melquisedeque, se levanta outro sacerdote,
--------------------------------------------------------------------------------
7.16 constituído não conforme a lei de mandamento carnal, mas segundo o poder de vida indissolúvel.
--------------------------------------------------------------------------------
7.17 Porquanto se testifica: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.
--------------------------------------------------------------------------------
7.18 Portanto, por um lado, se revoga a anterior ordenança, por causa de sua fraqueza e inutilidade
--------------------------------------------------------------------------------
7.19 (pois a lei nunca aperfeiçoou coisa alguma), e, por outro lado, se introduz esperança superior, pela qual nos chegamos a Deus.
--------------------------------------------------------------------------------
7.20 E, visto que não é sem prestar juramento (porque aqueles, sem juramento, são feitos sacerdotes,
--------------------------------------------------------------------------------
7.21 mas este, com juramento, por aquele que lhe disse: O Senhor jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre);
--------------------------------------------------------------------------------
7.22 por isso mesmo, Jesus se tem tornado fiador de superior aliança.
--------------------------------------------------------------------------------
7.23 Ora, aqueles são feitos sacerdotes em maior número, porque são impedidos pela morte de continuar;
--------------------------------------------------------------------------------
7.24 este, no entanto, porque continua para sempre, tem o seu sacerdócio imutável.
--------------------------------------------------------------------------------
7.25 Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
--------------------------------------------------------------------------------
7.26 Com efeito, nos convinha um sumo sacerdote como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus,
--------------------------------------------------------------------------------
7.27 que não tem necessidade, como os sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro, por seus próprios pecados, depois, pelos do povo; porque fez isto uma vez por todas, quando a si mesmo se ofereceu.
--------------------------------------------------------------------------------
7.28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas a palavra do juramento, que foi posterior à lei, constitui o Filho, perfeito para sempre.
Deixa de esperteza, David ...
Hb 7 não aboli Mandamentos, apenas fala da transição dos Sacerdócios: de Aarão (sacerdotes só da Linhagem de Levi) e de Melquisedeque (sacerdotes independente de Linhagem).
Tômati vergonha!


Última edição por Ton em Sab 15 Out 2011, 7:35 am, editado 1 vez(es)


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Sab 15 Out 2011, 7:24 am

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
O modelo de administração do Templo, leia-se sacedócio levita, não tem nada a ver com a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, pertencente ao seu sacerdócio e que foi totalmente desvinculada do Templo e de seus sacerdotes.
Então explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
Não vi em momento nenhum nesse capítulo 9 de I Coríntios, esse "entendimento" de que Paulo usava o "modelo administrativo" da cadavérica, rudimentar e abolida lei de Moisés para basear o seu apostolado.
1 Coríntios 9:6-14 afirma que assim como era determinado pela Lei de Deus para o sustento do templo deve ser feito para o sustento do evangelho:

"6 Ou só eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar? 7 Quem jamais milita à sua própria custa? Quem planta a vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta o gado e não se alimenta do leite do gado? 8 Digo eu isto segundo os homens? Ou não diz a lei também o mesmo? 9 Porque na lei de Moisés está escrito:

Não atarás a boca ao boi que trilha o grão.(Deuteronômio 25:4)

Porventura tem Deus cuidado dos bois? 10 Ou não o diz certamente por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de ser participante. 11 Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? 12 Se outros participam deste poder sobre vós, por que não, e mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo. 13 Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar, participam do altar? 14 Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho."

Deus ordenou a mesma Lei de Deus (onde está incluso o dízimo) usada no AT para servir de regra na administração da igreja para o anúncio do evangelho.

"Não ligarás a boca ao boi que debulha. E digno é o obreiro do seu salário." [1 Timóteo 5:18]

A proibição de atar a boca do boi que trabalha em um moinho é mencionada pela primeira vez em Deuteronômio 25:4 e deixa claro que o animal precisa de sustento para realizar o trabalho pesado, de modo que deve poder comer livremente daquilo que seu trabalho produz. No Novo Testamento, esse mesmo princípio foi usado pelo apóstolo Paulo para ensinar que um ministro do evangelho tem o direito de esperar receber alguma compensação daqueles que se beneficiam de seu ministério, direta ou indiretamente.

O apóstolo Paulo cita outras duas passagens do Velho Testamento para nos ensinar qual a forma de sustento dos ministros cristãos. A primeira é em I Co. 9.9: “Porque na lei de Moisés está escrito: não atarás a boca ao boi que trilha o grão...” A segunda nesse mesmo livro e capítulo no v. 13: “Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que de contínuo estão junto ao altar participam do altar?”,

Engraçado como a lei para umas coisas serve para outras não. No Novo Testamento a diversas referências ao Antigo Testamento endossando a vigência do mesmo, em 1 Timóteo 5.17,18 há uma dessas claras referências: "Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha."

Compare-se com o tema de Paulo em 1 Cor. 9:7-14 quanto a uma justa remuneração para o ministério. Paulo toma a Palavra de Deus como a autoridade final: os que dedicam todo seu tempo ao ministério devem receber um salário justo. Alguns comentadores pensam que Pablo não se refere a sustento financeiro senão à honra própria do cargo e de um serviço louvável. O boi recebe alimento por seu serviço, portanto um ancião deve receber o respeito e a honra dignos de seu ministério.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 15 Out 2011, 9:19 am

Hb 7 não aboli Mandamentos, apenas fala da transição dos Sacerdócios: de Aarão (sacerdotes só da Linhagem de Levi) e de Melquisedeque (sacerdotes independente de Linhagem).

Às vezes penso que vocês da IASD são apenas uns brincalhões...

Em Israel não se admitia ou não era reconhecido qualquer sacerdote que não fosse da linhagem Arônica ou levita, e era passível de morte aquele que contrariava essa regra. Veio Jesus, endossado por Paulo que pagaram por suas vidas e destronaram esse regime com afirmações diretas de oposição, como em I Corintios 9:11,12: "Se, portanto, a perfeição houvera sido mediante o sacerdócio levítico (pois nele baseado o povo recebeu a lei), que necessidade haveria ainda de que se levantasse outro sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque, e que não fosse contado segundo a ordem de Arão? Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente há também mudança de lei".
Ainda diz que o regime da Lei não foi abolido? Se nem os judeus, hoje, seguem a Lei de Moisés, por que os seus avatares teimam em segui-la?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Ton em Sab 15 Out 2011, 11:44 am

Deixa de EDITADO, David ... E é justamente com base no sacerdócio segundo a ORDEM de Melquisedeque, citado em Genesis e Salmos, é que o escritor aos Hebreus está argumentando. A ORDEM de Arão é outro tipo de sacerdócio, igualmente citado na Torah.
Faz-nos um favor, David: Vá estudar a Bíblia!


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Sab 15 Out 2011, 12:25 pm

Diz ai deivid, explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
(1 Coríntios 9:9) Porque na LEI DE MOISÉS está escrito:
Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. (Deuteronômio 25:4)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 15 Out 2011, 2:36 pm

Eduardo escreveu:Diz ai deivid, explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
(1 Coríntios 9:9) Porque na LEI DE MOISÉS está escrito:
Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. (Deuteronômio 25:4)

De novo, Edu?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 15 Out 2011, 2:51 pm

Ton escreveu:Deixa de EDITADO, David ... E é justamente com base no sacerdócio segundo a ORDEM de Melquisedeque, citado em Genesis e Salmos, é que o escritor aos Hebreus está argumentando. A ORDEM de Arão é outro tipo de sacerdócio, igualmente citado na Torah.
Faz-nos um favor, David: Vá estudar a Bíblia!

Toin, diga coisa com coisa...


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Sab 15 Out 2011, 3:15 pm

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Diz ai deivid, explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
(1 Coríntios 9:9) Porque na LEI DE MOISÉS está escrito:
Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. (Deuteronômio 25:4)
De novo, Edu?
Até você explicar.

Ou você chama "Não vi em momento nenhum... blá blá blá" de argumento ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eterna em Sab 15 Out 2011, 5:02 pm

Penso que todas as instituições religiosas necessitam manter uma espaço ao abrigo das intempéries para pregar seu credo. É necessário então obter recursos para a manutenção desse espaço. Falar sobre Deus ao abrigo das intempéries não exige espaço luxuoso de modo que doações mensais, expontâneas, criação de bazar e eventos são suficientes para manter estes locais. Além disso, todas as instituições religiosas tem sua obra filantrópica que pode sobreviver dos mesmos meios, além daqueles oriundos do desprendimento dos que se dizem cantores, compositores, escritores, etc. e vendem seus dons em benefício próprio. Quem vive da "arte religiosa" é prostituto(a) sob alegação de trabalhar a serviço de Deus.
Não existe profissão de pastor e já é do conhecimento público que a IURD, por exemplo, paga preço altíssimo quando demite seus pastores porque não são aceitos no mercado de trabalho, haja vista que não sabem fazer nada!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3784
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Ton em Sab 15 Out 2011, 5:57 pm

David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:Deixa de EDITADO, David ... E é justamente com base no sacerdócio segundo a ORDEM de Melquisedeque, citado em Genesis e Salmos, é que o escritor aos Hebreus está argumentando. A ORDEM de Arão é outro tipo de sacerdócio, igualmente citado na Torah.
Faz-nos um favor, David: Vá estudar a Bíblia!

Toin, diga coisa com coisa...
Entendi. Quer foodar.


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Sab 15 Out 2011, 10:12 pm

Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Diz ai deivid, explica por que Paulo, em 1 Coríntios 9:6-14 cita Deuteronômio 25: para defender a Lei de Deus como modelo de administração para a igreja.
(1 Coríntios 9:9) Porque na LEI DE MOISÉS está escrito:
Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. (Deuteronômio 25:4)
De novo, Edu?
Até você explicar.

Ou você chama "Não vi em momento nenhum... blá blá blá" de argumento ?

Edu? De novo!!!


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Dom 16 Out 2011, 9:32 am

Não se preocupe, não adianta fugir e se esconder, vou guardar 1 Coríntios 9:9 pera você e os demais antonomistas até alguém responder satisfatoriamente.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Ton em Dom 16 Out 2011, 10:00 am

David só gosta de enrolar ...


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Dom 16 Out 2011, 11:27 am

Eduardo escreveu:Não se preocupe, não adianta fugir e se esconder, vou guardar 1 Coríntios 9:9 pera você e os demais antonomistas até alguém responder satisfatoriamente.

Você é cego ou brincalhão?


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Dom 16 Out 2011, 12:17 pm

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Não se preocupe, não adianta fugir e se esconder, vou guardar 1 Coríntios 9:9 pera você e os demais antonomistas até alguém responder satisfatoriamente.
Você é cego ou brincalhão?
Por que ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por David de Oliveira em Dom 16 Out 2011, 12:22 pm

Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Não se preocupe, não adianta fugir e se esconder, vou guardar 1 Coríntios 9:9 pera você e os demais antonomistas até alguém responder satisfatoriamente.
Você é cego ou brincalhão?
Por que ?
Adivinhe ou caia a ficha...


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8183
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Eduardo em Dom 16 Out 2011, 12:26 pm

David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Eduardo escreveu:Não se preocupe, não adianta fugir e se esconder, vou guardar 1 Coríntios 9:9 pera você e os demais antonomistas até alguém responder satisfatoriamente.
Você é cego ou brincalhão?
Por que ?
Adivinhe ou caia a ficha...
Você se esquivou e falou um monte de besteiras.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Ton em Sex 21 Out 2011, 5:55 pm

Um 'monte' é pouco ... foi um Evereste mesmo.


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como deve ser a estrutura administrativa das igrejas ?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:45 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum