.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
62 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 61 Visitantes :: 3 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Por amor áqueles que ainda duvidam.

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Tiago A. Rodrigues em Qua 26 Out 2011, 11:54 pm

silvamelo escreveu:Tem um ícone de dois baloezinhos: . Você seleciona o texto primeiro e clica no ícone para citar.

Obrigado pela informação positivinho

silvamelo escreveu:Amigo, se você quer uma prova de que Deus existe, peça para Ele e não para mim! Eu apenas apresento a Deus da maneira que Ele DECIDIU ser anunciado!Eu não tenho como saber o que está no coração de ninguém!

Mas eu tenho certeza que DEUS RESPONDE quem se apresenta a Ele com coração sincero!

Pois, então? Faça a prova você mesmo!


Durante boa parte da minha vida fui religioso, era evangélico e dedicava um bom tempo meditando na biblia, procurando respostas(as vezes achava, as vezes não), orava todos os dias, fui apelidado de 'o profetinha' pois desde muito pequeno falava de Deus.
Durante essa vida religiosa, eu ficava indignado com apenas uma coisa: os incredulos, sejam Ateus, pessoas que não acreditavam que jesus era a encarnação do próprio Deus(os judeus por exemplo), e aqueles que acreditavam em outros deuses.
Comentei isso com o pastor de minha igreja, e este disse que era essa a minha missão na terra, tirar as pessoas das garras da incredulidade, tal ato será inquestionavel, perguntei como faria isso, por onde começar, ele me respondeu: Deus lhe guiará!
Passaram 4 anos e o resultado de querrer provar que Deus existe e ele é Jeová foi que me tornei ATEU :chapeu:

Antes de me tornar incredulo fiz várias orações de Graças e um unico pedido:
"Dei-me uma resposta, livra-me da incredulidade nem que parra isso tenha que abdicar de meu livre arbitrio, pelo amor que o senhor tem a mim... mande ao menos um intermediario"
E antes de declarar meu ateismo fiz uma ultima oração contendo tal conteúdo:
"Deus lhe peço, livra-me deste mal que aflige minha alma. De qualquer forma, se tú es Deus e me ouves então digo-lhe, remova de mim toda a memória, quantos as intransigencias, da ciencia, filosofia e tudo o que for nocivo a minha fé, se tú és Deus venha apaziguar meu espirito"

Tendo observado tal historia, alegar que não acredito em deus por nunca tê-lo procurado é um equivoco. Pois até hoje procuro saber onde a teoria do Designer Inteligente está rumando(minha conclusão é que falta cientistas e filosofos para esta area), e também pesquiso outras religiões, para saber se existe algum ponto verdadeiro em alguma

Abraços.


ta loco "O convicto pode tornar-se alienado" ta loco

Tiago A. Rodrigues
Barro
Barro

Número de Mensagens : 6
Idade : 32
Localização : Lins - SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Qui 27 Out 2011, 3:12 am

Cal escreveu:Grifo meu, na ausência de provas todas as pessoas tem o direito de dizer isso a respeito do deus bíblico também,
Na amostragem dos céticos, sim; mas na amostragem dos crentes, não!

Cal escreveu:mas não é essa a questão colocada por ele, e sim o fato de que segundo a bíblia deus se permite testar, logo, o pedido de um teste é válido biblicamente falando, além do fato de vários versículos aonde deus supostamente fala com seus servos, a revelação de um número seria simples e eficaz.
Cal, Deus se permite testar em determinadas circunstâncias, mas isto não significa que Ele caberá no nosso laboratório! Deus sempre responde, mas da maneira que Ele decide como sendo a melhor para nós e não da maneira que gostaríamos ou que julgamos ser a mais correta. Testes com o único objetivo de provar que Deus existe é uma forma de tentá-Lo e Ele não se agrada disso. Lembra da passagem que Jesus responde a Tomé? Então...

Cal escreveu:Então voltamos ao ponto que essa vertente da discussão começou, se deus omite dados primordiais como a sua existência devido a determinados caprichos de seu ego, ele omiti informações cruciais que determinam a decisão sobre o destino eterno, tornando-a injusta e cruel,
Sabe porque que as coisas não são assim como você está colocando? Porque a vida é uma caminhada longa, onde Deus trabalha incansavelmente para nos resgatar das garras das trevas, Cal. Não é simplesmente um "capricho" de Deus. Existem outras coisas que nós não compreendemos. Existe a Palavra de Deus que não volta atrás. O homem entregou seu bem mais precioso, que é a vida, nas mãos de Satanás, e Deus não poderia voltar atrás naquilo que tinha dito.

Existem coisas que Deus falou aos anjos e a gente nem sabe... Esta pode ser a razão de Satanás ainda ter um tempo na terra... Veja que Deus FALA e cumpre! Como Ele não interfere nem no arbítrio dos anjos nem dos homens, AS CONSEQUÊNCIAS das decisões erradas das criaturas é que as colocam em situações de perigo e não algum "capricho" de Deus. Porque se TODOS entendessem que a OBEDIÊNCIA a Deus é a CHAVE para a vida, nenhuma das catástrofes celestiais ou terrenas teriam ocorrido...

Cal escreveu:ou seja, ele coloca o peso de decisões eternas em meros seres humanos restringindo as informações necessárias a mesma
Cal, eu não carrego peso NENHUM de decisão errada, qualquer que seja, sabe porquê? Porque eu troquei o meu fardo com Cristo! Eu carrego um fardo LEVE agora! Depois, não terei de carregar mais nenhum fardo que seja, entendeu agora? Este é o fruto da obediência que Deus nos propõe: A VIDA ETERNA!!! E outra: Eu só preciso agora das informações que Deus me transmitiu. A confiança é tudo! Eu SEI que Deus é Fiel! Eu não preciso que Ele me prove esta verdade, sabe porquê? Primeiro, porque eu vi o estrago que Satanás fez na geração do homem. Esse cara aí é infiel, com certeza! Mas Deus é Fiel, porque DEMONSTROU o seu amor por mim na pessoa de Cristo e fez o que não tinha obrigação nenhuma de fazer, que era me resgatar da escravidão do pecadoe da morte, para me levar para junto dEle de novo! Isso é amor VERDADEIRO! Não posso ser louco a ponto de dar-Lhe as costas!

Cal escreveu:ora, se deus não dá motivos sólidos para se acreditar nele e se revela através de fontes duvidosas com afirmações que contrariam a realidade (humanos vivendo 900 anos???) então as pessoas tem todos os motivos para a descrença.
Os motivos que você coloca para descrer, Cal, são picuinhas bobas e infantis a respeito de questões medíocres e muquiranas, que foram acentuadas pelos inimigos de Deus justamente para levantar este exército de ateus que estamos vendo agora no mundo; quando você deveria estar olhando unicamente para Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida! Tudo o que ficou em mistério no antigo será revelado. É no mínimo dos mínimos uma BOBAGEM ficar negando a vida e contendendo por causa dessas coisas, quando sabemos que certas citações do antigo estão envoltas em diversos contextos temporais e culturais, os quais nunca saberemos nessa vida o que significa. Se aquelas informações fossem importantes para nós e contivessem a vida, então não precisaríamos de Cristo!

Cal escreveu:Já lhe disse antes e vou repetir, quando algo é real ela não depende dos méritos de quem faz a experiência, ela não cai na falácia da alegação especial
O que é real para uns pode não ser para outros... isso é relativo mesmo. E temos de considerar nesse caso a importância da relatividade, já que nós estamos lidando, tanto céticos quanto crentes, com um campo no qual não temos domínio nenhum.

Cal escreveu:as pessoas que não obtem tais resultados são questionadas e não a experiência em si, por esse critério, a comunicação com os mortos é possível, a projeção astral é possível e a Terra está recheada de aliens e naves espaciais que só se comunicam com os ufólogos de mente aberta e por aí vai...
Pois é, Cal... e eu estou tendo de repetir pra você sempre as mesmas coisas, porque você é incansável na casmurrice: Não nego que eles tenham experiências sobrenaturais! Entendeu?

Cal escreveu:Quem busca a verdade não se fecha a experiências silvamelo, já tentei o mencionado, uma comunicação com deus via oração, meu ceticismo questiona até mesmo o meu ceticismo, o resultado no entanto foi o esperado, um monólogo vazio.
Veja isso que eu grifei no seu quote! Você NUNCA vai conseguir nada de Deus se deixando guiar cegamente pelo ceticismo.

Cal escreveu:Vou lembrar você de algo, essa discussão sobre prova da existência divina só começou porque você tentou justificar uma afirmação bíblica com sua experiência pessoal que culminou na sua afirmação de possuir intimidade com deus, como você afirmou tal coisa eu como qualquer pessoa de bom senso tentei submeter a alegação a um teste objetivo, diante da recusa, só podemos concluir que a afirmação não corresponde a verdade, nada pessoal contra você, é metodologia pura e simples.
Ora, Cal! Se eu DUVIDASSE da minha experiência pessoal com Deus, de fato ela não teria sido experiência nenhuma mesmo! Mas como eu CREIO, logo sei que foi REAL! E não dependo da confirmação e anuência de ninguém para me certificar dessa verdade!

"Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte" (Tiago 1:6).

"O justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele" (Hebreus 10:38).

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Qui 27 Out 2011, 3:58 am

Tiago A. Rodrigues escreveu:Durante boa parte da minha vida fui religioso, era evangélico e dedicava um bom tempo meditando na biblia, procurando respostas(as vezes achava, as vezes não), orava todos os dias, fui apelidado de 'o profetinha' pois desde muito pequeno falava de Deus.
Durante essa vida religiosa, eu ficava indignado com apenas uma coisa: os incredulos, sejam Ateus, pessoas que não acreditavam que jesus era a encarnação do próprio Deus(os judeus por exemplo), e aqueles que acreditavam em outros deuses.
Comentei isso com o pastor de minha igreja, e este disse que era essa a minha missão na terra, tirar as pessoas das garras da incredulidade, tal ato será inquestionavel, perguntei como faria isso, por onde começar, ele me respondeu: Deus lhe guiará!
Passaram 4 anos e o resultado de querrer provar que Deus existe e ele é Jeová foi que me tornei ATEU ::chapeu::
Pois é, amigo Tiago... Isso quase aconteceu comigo também, quando eu comecei a me aprofundar em determinados campos da ciência. Mas veja só o resultado! Estou aqui, firme e forte com Deus!

O pastor lhe disse: "Deus lhe guiará"... Sabe o que eu vejo? Deus ainda está lhe guiando, se de fato você pertence a Ele! Porque quatro anos não são nada para Deus! Esse pode ser o seu "vale da sombra da morte", que você passará e depois sairá dele vencedor:

"Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo" (Salmos 23:4).

Tiago A. Rodrigues escreveu:Antes de me tornar incredulo fiz várias orações de Graças e um unico pedido:
"Dei-me uma resposta, livra-me da incredulidade nem que parra isso tenha que abdicar de meu livre arbitrio, pelo amor que o senhor tem a mim... mande ao menos um intermediario"
E antes de declarar meu ateismo fiz uma ultima oração contendo tal conteúdo:
"Deus lhe peço, livra-me deste mal que aflige minha alma. De qualquer forma, se tú es Deus e me ouves então digo-lhe, remova de mim toda a memória, quantos as intransigencias, da ciencia, filosofia e tudo o que for nocivo a minha fé, se tú és Deus venha apaziguar meu espirito"
Existe uma diferença entre nós. Não considerei o conhecimento científico como uma aflição para a minha alma. Pelo contrário, aliei a Palavra ao conhecimento científico e fortaleci dessa forma a minha crença em Deus.

Deus não vai deixar de ser Deus porque nós descobrimos algumas coisas agora que os nossos irmãos do passado não sabiam. Mas nós poderemos deixar de ser aquilo que Deus espera de nós, caso o espírito de incredulidade vença essa batalha:

"Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus? De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso" (Romanos 3:3).

"Tomai precaução, meus irmãos, para que ninguém de vós venha a perder interiormente a fé, a ponto de abandonar o Deus vivo" (Hebreus 3:12).


Tiago A. Rodrigues escreveu:Tendo observado tal historia, alegar que não acredito em deus por nunca tê-lo procurado é um equivoco. Pois até hoje procuro saber onde a teoria do Designer Inteligente está rumando(minha conclusão é que falta cientistas e filosofos para esta area), e também pesquiso outras religiões, para saber se existe algum ponto verdadeiro em alguma

Abraços.
Obrigado pelo esclarecimento. E desculpe se fui um pouco rude. São os calos que ganhei nesses debates...

Deixe-me lhe dizer uma coisa, Tiago: às vezes, nos sentimos sós e gostaríamos de ter a presença pessoal e palpável de Deus na nossa frente para matar essa saudade e até satisfazer nossa curiosidade... Como somos egoístas! Nós não temos esse direito! Vamos relaxar e deixemos Deus trabalhar da maneira dEle, porque Ele sabe o que está fazendo! Um dia estaremos para sempre com Ele! Mas agora precisamos aceitar esse condição.

Deus está aqui! A prova disso é que Ele o trouxe, através da internet, para um site onde você poderia ouvir a voz dEle novamente e saber que Ele ainda o ama, que Ele não desistiu de você, que Ele está parado no caminho esperando você voltar desse desvio, para, então, voltar a caminhar junto com você!

Eu espero sinceramente que você tenha a sensibilidade necessária para perceber isto, e veja o quanto é preciosa a sua vida para Deus!

Prazer em conhecê-lo! Meu desejo é que você encontre a Paz!

Abraços.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Ed em Qui 27 Out 2011, 7:50 am

silvamelo escreveu:Não considerei o conhecimento científico como uma aflição para a minha alma. Pelo contrário, aliei a Palavra ao conhecimento científico e fortaleci dessa forma a minha crença em Deus.

Comigo aconteceu o mesmo...


::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3162 dias de existência com 228921 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11001
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Cal em Qui 27 Out 2011, 8:26 pm

silvamelo escreveu:
Cal escreveu:Grifo meu, na ausência de provas todas as pessoas tem o direito de dizer isso a respeito do deus bíblico também,
Na amostragem dos céticos, sim; mas na amostragem dos crentes, não!
O que você está sugerindo? Que a veracidade e a existência de determinada divindade está diretamente relacionada com o número de veneradores que tal divindade possua? Não existem duas amonstragens diferentes silvamelo, o número de evidências (não confundir evidência com crença ou opinião) suportando a existência do deus bíblico é igual a zero, a mesma quantidade de todas as outras divindades.

Se a existência de uma divindade estiver relacionada com o número de fiéis significa dizer que Javé não existia antes do ser humano e Rá e Odin já existiram mas não existem mais por estarem categorizados pelos humanos como mitos, entende como essa ideia soa absurda? Se existissem divindades elas seriam anteriores ao ser humano, portanto, o número de devotos que possuam ou não possuam é irrelevante, logo, não existe essa separação de amostragem que você sugere.
Cal, Deus se permite testar em determinadas circunstâncias, mas isto não significa que Ele caberá no nosso laboratório! Deus sempre responde, mas da maneira que Ele decide como sendo a melhor para nós e não da maneira que gostaríamos ou que julgamos ser a mais correta. Testes com o único objetivo de provar que Deus existe é uma forma de tentá-Lo e Ele não se agrada disso. Lembra da passagem que Jesus responde a Tomé? Então...
Nunca parou para se perguntar a razão de tudo isso? Dois cenários:

1- Deus existe, não há qualquer razão para ocultar a existência e exigir fé, muito menos para condenar a tormentos eternos com base nisso, logo, se esconder no período histórico que a humanidade possui mecanismos de transmissão de informação em todas as partes do globo não faz sentido.

2- Deus não existe, mas a religião depende dessa crença para continuar existindo e lança mão de todos os recursos que dispõe para justificar a crença quando tal é confrontada com a realidade, como não possui respostas ela tenta proibir a pergunta ou dar desculpas para a não realização de testes objetivos, pois tais servem para separar a mentira da verdade, e só quem está mentindo, consciente ou inconscientemente, é contra testes e provas de veracidade.
Cal escreveu:Sabe porque que as coisas não são assim como você está colocando? Porque a vida é uma caminhada longa, onde Deus trabalha incansavelmente para nos resgatar das garras das trevas, Cal. Não é simplesmente um "capricho" de Deus.
Colocando as opções apresentadas nesse tópico, ele é capaz de me condenar ao tormento eterno por não ter acreditado nele mas não é capaz de revelar a uma pessoa íntima dele um mísero número, e você diz que isso não é um capricho?
Existem outras coisas que nós não compreendemos. Existe a Palavra de Deus que não volta atrás. O homem entregou seu bem mais precioso, que é a vida, nas mãos de Satanás, e Deus não poderia voltar atrás naquilo que tinha dito.
Grifo meu, deus não poderia? Qual é mesmo o significado de onipotente?

E mais uma coisa que vou repetir, se ele punisse apenas Adão pela suposta desobediência poderia até fazer sentido, mas as pessoas que nem tinham nascido não tem qualquer justificativa para a pressuposição de justiça e bondade.
Existem coisas que Deus falou aos anjos e a gente nem sabe...
Se não sabemos como você pode afirmar que ele disse?
Cal, eu não carrego peso NENHUM de decisão errada, qualquer que seja, sabe porquê? Porque eu troquei o meu fardo com Cristo! Eu carrego um fardo LEVE agora!
Vou ter sempre que frisar, não estou colocando em questão a suposta bondade ou a justiça em relação aqueles que supostamente seriam salvos e sim no que diz respeito aos condenados, e nesses deus teria colocado o peso absurdo de uma decisão temporal com consequências eternas omitindo dados imprecindíveis.
Depois, não terei de carregar mais nenhum fardo que seja, entendeu agora? Este é o fruto da obediência que Deus nos propõe: A VIDA ETERNA!!! E outra: Eu só preciso agora das informações que Deus me transmitiu. A confiança é tudo! Eu SEI que Deus é Fiel! Eu não preciso que Ele me prove esta verdade, sabe porquê? Primeiro, porque eu vi o estrago que Satanás fez na geração do homem. Esse cara aí é infiel, com certeza! Mas Deus é Fiel, porque DEMONSTROU o seu amor por mim na pessoa de Cristo e fez o que não tinha obrigação nenhuma de fazer, que era me resgatar da escravidão do pecadoe da morte, para me levar para junto dEle de novo! Isso é amor VERDADEIRO! Não posso ser louco a ponto de dar-Lhe as costas!
Não tinha a obrigação até porque ninguém poderia obrigá-lo a nada mesmo, mas não havia nenhum motivo para condenar pessoas não nascidas a maldição do pecado e muito menos ao tormento eterno por não acreditarem em algo inverificável e dogmas duvidosos.
Os motivos que você coloca para descrer, Cal, são picuinhas bobas e infantis a respeito de questões medíocres e muquiranas, que foram acentuadas pelos inimigos de Deus justamente para levantar este exército de ateus que estamos vendo agora no mundo;
Passo a passo:

Vocês dizem que devemos acreditar em deus, nós perguntamos a razão para isso, vocês não fornecem nenhuma prova objetiva da existência de tal divindade e dizem que deveríamos acreditar por causa da bíblia que supostamente só diz a verdade, aí analisamos o texto bíblico e encontramos discrepâncias extremas com a realidade conforme o exemplo citado.

E você diz que se trata de picuinha boba?

Se a bíblia não diz a verdade em coisas que podemos verificar como a idade máxima atingida por um ser humano como poderíamos acreditar nela em coisas que não podemos verificar como a existência de uma vida após a morte?
quando você deveria estar olhando unicamente para Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida! Tudo o que ficou em mistério no antigo será revelado. É no mínimo dos mínimos uma BOBAGEM ficar negando a vida e contendendo por causa dessas coisas, quando sabemos que certas citações do antigo estão envoltas em diversos contextos temporais e culturais, os quais nunca saberemos nessa vida o que significa. Se aquelas informações fossem importantes para nós e contivessem a vida, então não precisaríamos de Cristo!
Em outras palavras, se for para ignorar o VT então deveríamos ignorar os relatos envolvendo Adão e Eva, o pecado original e a necessidade de expiação, o que tornaria o sacrifício de Jesus totalmente inútil.

Nada disso silvamelo, a crença é o todo, é como uma fileira de dominós, se cair o primeiro cai todo o resto, além disso, o que você sugere é conhecido por seleção de evidências, reparar apenas naquilo que é conveniente e ignorar aquilo que refuta a tese ou dogma.

O que é real para uns pode não ser para outros... isso é relativo mesmo. E temos de considerar nesse caso a importância da relatividade, já que nós estamos lidando, tanto céticos quanto crentes, com um campo no qual não temos domínio nenhum.
Se não temos domínio, se a realidade não passa de um solipsismo inatingível então ninguém poderia afirmar ou negar nada, logo, a existência de deus e do inferno estariam no mesmo patamar que o monte Olimpo ou o limbo, mas não somos nós que afirmamos possuir uma verdade absoluta e sim vocês, não se pode fugir para o solipsismo quem afirma dogmas como verdades absolutas.

Pois é, Cal... e eu estou tendo de repetir pra você sempre as mesmas coisas, porque você é incansável na casmurrice: Não nego que eles tenham experiências sobrenaturais! Entendeu?
Você não, mas os resultados obtidos em séculos de pesquisas sim, todas as chamadas experiências sobrenaturais que tiveram seus caracteres solucionados, desde a suposta comunicação com os mortos até os encontros com ETs não passaram de doenças mentais, mal entendidos ou prestidigitação e engodo humano, não se confirmou uma única experiência sobrenatural sequer, com base nesses resultados só podemos concluir que o sobrenatural não existe, pelo menos até alguém ter as condições de apresentar uma prova objetiva.
Veja isso que eu grifei no seu quote! Você NUNCA vai conseguir nada de Deus se deixando guiar cegamente pelo ceticismo.
Chama-se bom senso, eu o uso em todas as áreas de minha vida, não vejo nenhuma razão para abrir uma exceção para uma determinada alegação religiosa, e se deus não se deixa detectar ele apenas justifica o ceticismo das pessoas.
Ora, Cal! Se eu DUVIDASSE da minha experiência pessoal com Deus, de fato ela não teria sido experiência nenhuma mesmo! Mas como eu CREIO, logo sei que foi REAL! E não dependo da confirmação e anuência de ninguém para me certificar dessa verdade!
Então considere algo, o que é mais provável?

Você, como bilhões de pessoas ao longo de nossa história, deixou que seu lado emocional criasse um auto-engano que satisfizesse as suas necessidades psicológicas ou...

O criador do universo realmente é íntimo seu mas se recusa completamente a lhe fornecer um único dado objetivo que confirmaria para você e para os outros seus motivos e esperanças.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Tiago A. Rodrigues em Sex 28 Out 2011, 12:38 am

silvamelo escreveu:O pastor lhe disse: "Deus lhe guiará"... Sabe o que eu vejo? Deus ainda está lhe guiando, se de fato você pertence a Ele! Porque quatro anos não são nada para Deus! Esse pode ser o seu "vale da sombra da morte", que você passará e depois sairá dele vencedor:

"Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo" (Salmos 23:4).

Deus não vai deixar de ser Deus porque nós descobrimos algumas coisas agora que os nossos irmãos do passado não sabiam. Mas nós poderemos deixar de ser aquilo que Deus espera de nós, caso o espírito de incredulidade vença essa batalha

"Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus? De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso" (Romanos 3:3).

"Tomai precaução, meus irmãos, para que ninguém de vós venha a perder interiormente a fé, a ponto de abandonar o Deus vivo" (Hebreus 3:12).

Não quero continuar esta discução porque não é o objetivo do topico, porém deixo aqui a minha resposta a isso; o que eu descobri durante minhas pesquisas é que Deus do modo que é apresentado pelo cristianismo é falso, assim como as religiões que eu pesquisei até o momento.
estou sem tempo para explica-las, mas procure saber sobre Horus e Rá, sobre a historicidade da biblia e como a ciencia pode comprovar ou desmentir os acontecidos, sobre a lei da conservação de massa (sem tempo para explicar o porque deste)

Se no fim Deus é REAL e não um produto do desejo humano, a promessa do mesmo é que eu desminta as religiões e mostre alguma verdade, quanto a isso só posso esperar o mesmo me dar alguma evidencia.

silvamelo escreveu:
Obrigado pelo esclarecimento. E desculpe se fui um pouco rude. São os calos que ganhei nesses debates...
[...]
Prazer em conhecê-lo! Meu desejo é que você encontre a Paz!

Abraços.

Sei como é dificil ter um debate com alguem que tem um ponto de vista totalmente oposto ao seu, o meu modo de fazer isso sem que aconteça isso : martelada: é se colocar, o quanto puder, no lugar da pessoa. Fica a dica, ajuda a haver debates e não imposições.

só tenho uma pergunta quanto ao dialogo que tivemos:
de onde voce tirou que Deus não se permite revelar? da biblia ou da experiencia com o mesmo? caso seja a segunda, já pensou na possibilidade de ser o que o CAL falou, "Deus não existe, mas a religião depende dessa crença para continuar existindo e lança mão de todos os recursos que dispõe para justificar a crença quando tal é confrontada com a realidade, como não possui respostas ela tenta proibir a pergunta ou dar desculpas para a não realização de testes objetivos" ?

Não vou responder o que replicar, mas irei ler, agora assistirei aos videos do tópico.

Abraços e fique em Paz Wink


Última edição por Tiago A. Rodrigues em Sex 28 Out 2011, 12:41 am, editado 1 vez(es) (Razão : palavra incorreta)


ta loco "O convicto pode tornar-se alienado" ta loco

Tiago A. Rodrigues
Barro
Barro

Número de Mensagens : 6
Idade : 32
Localização : Lins - SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Sex 28 Out 2011, 1:50 am

Ed escreveu:
silvamelo escreveu:Não considerei o conhecimento científico como uma aflição para a minha alma. Pelo contrário, aliei a Palavra ao conhecimento científico e fortaleci dessa forma a minha crença em Deus.

Comigo aconteceu o mesmo...


::
Pois, então! Quando eu entendi o caráter das Escrituras e o papel da ciência, pude reconhecer o propósito de tudo que Deus estabeleceu. Mas naquele instante que comecei a me questionar, acabei por deixar a dúvida entrar... Foi nesse momento que eu senti um tremendo vazio no meu coração. Uma sensação horrível de traíção da minha parte! Eu senti que realmente entristeci a Deus... Mesmo assim Ele não desistiu de mim, quando eu reconheci o meu engano e busquei a Ele com o coração contrito. Eu voltei ao entendimento de criança. Me lembrei de quando era só uma criança, pulando de uma pedra para outra no quintal de casa, e de como eu tinha a certeza de que Deus estava ali comigo! Isso foi o suficiente para me revigorar! Depois meditei nas Escrituras, relembrei minhas experiências e percebi que Deus preparou um caminho para mim; que Ele permitiu que eu passasse por isso para reconhecer de fato a Sua Grandeza! Agora eu estou vacinado. Não tenho medo do conhecimento e estou preparado para aprender cada vez mais!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Sex 28 Out 2011, 3:34 am

Cal escreveu:O que você está sugerindo?
Que os céticos estabelecem parâmetros inválidos nas suas amostragens para o tipo de experiência proposta. Portanto, jamais serão capazes de conferir o resultado verídico partindo desse princípio.

Cal escreveu:1- Deus existe, não há qualquer razão para ocultar a existência e exigir fé, muito menos para condenar a tormentos eternos com base nisso, logo, se esconder no período histórico que a humanidade possui mecanismos de transmissão de informação em todas as partes do globo não faz sentido.
Vamos corrigir isto:

Deus existe, Ele tem suas razões para ocultar a existência e exigir fé (qual a base para você afirmar que não tem?), e até mesmo condenar a tormentos eternos, se isso for justo na visão perfeita dEle, inclusive "se escondendo" nesse período histórico que a humanidade possui mecanismos de transmissão de informação em todas as partes do globo, para que os perversos não se convertam e sejam salvos por Ele (Aliás Ele nunca se escondeu. Pare para pensar que o Ser Criador Onipotente não tem necessariamente de ser detectável pelos sentidos carnais no ambiente confinado das suas criaturas!). Faz todo sentido!

Cal escreveu:Colocando as opções apresentadas nesse tópico, ele é capaz de me condenar ao tormento eterno por não ter acreditado nele mas não é capaz de revelar a uma pessoa íntima dele um mísero número, e você diz que isso não é um capricho?
Cal, você diz que não acredita nEle por causa de falta de evidências e tudo mais... Eu não sei o porquê da sua incredulidade, a não ser por aquilo que você escreve aqui. Mas se houver outras razões que nós não sabemos, você com certeza sabe! E mais ainda sabe Deus! Porque, se Ele não se revelou para você até agora, deve ter boas razões para isso!

Deus existe, Cal! Eu duvido que Ele daria as costas para você. Mas vejo você dando as costas para Ele o tempo todo...

Cal escreveu:Grifo meu, deus não poderia? Qual é mesmo o significado de onipotente?
Deus pode tudo, Cal. Mas nem tudo que Deus pode Ele fará. O fato dEle PODER o obriga a fazer? Só na sua cabeça!

Você, Cal, PODE até vestir um biquini, um salto alto, pendurar uma melancia no pescoço e sair desfilando pela Rio Branco, mas nem por isso você o fará, porque está muito bem de saúde mental e, além do mais, como pessoa séria e centrada que é, nunca iria se prestar a esse ato de violência à vista das pessoas de bem desta cidade.

Você é um zagueiro faltoso! A falta e a retranca fazem parte do jogo, mas quem exagera deixa o jogo tão feio, que dá até sono...

Cal escreveu:E mais uma coisa que vou repetir, se ele punisse apenas Adão pela suposta desobediência poderia até fazer sentido, mas as pessoas que nem tinham nascido não tem qualquer justificativa para a pressuposição de justiça e bondade.
Lá vem você de novo...

Cal escreveu:Se não sabemos como você pode afirmar que ele disse?
Ai!!! Essa doeu! Foi um carrinho criminoso! Cadê o cartão, seu juíz?

Poxa, Cal, aconteceu uma tremenda batalha no céu, com Miguel e seus anjos contra Satanás e os seus, não temos nenhuma informação bíblica sobre os diálogos que se deram durante esse tempo, e você quer SUGERIR que isso tudo se deu em um gélido silêncio celestial? Como assim?

Cal escreveu:Vou ter sempre que frisar, não estou colocando em questão a suposta bondade ou a justiça em relação aqueles que supostamente seriam salvos e sim no que diz respeito aos condenados, e nesses deus teria colocado o peso absurdo de uma decisão temporal com consequências eternas omitindo dados imprecindíveis.
Levando em consideração que Deus conhece todos os passos de cada um de nós, incluindo aí aquilo que fica escondido pelo verniz socical, mas que Ele sabe, e também a tendência obestinada para a rebeldia daqueles que nunca se submeterão, mesmo diante de qualquer evidência que Ele apresente; logo fica claro para mim que, se houver algum peso absurdo, este é colocado pela própria pessoa, pela consequência da sua decisão...

Cal escreveu:Não tinha a obrigação até porque ninguém poderia obrigá-lo a nada mesmo, mas não havia nenhum motivo para condenar pessoas não nascidas a maldição do pecado e muito menos ao tormento eterno por não acreditarem em algo inverificável e dogmas duvidosos.
De novo, Cal? Vamos lá; repetindo... Deus não condenou: Deus SALVOU!

Cal escreveu:Em outras palavras, se for para ignorar o VT então deveríamos ignorar os relatos envolvendo Adão e Eva, o pecado original e a necessidade de expiação, o que tornaria o sacrifício de Jesus totalmente inútil.
Não disse que é para ignorar. Temos de interpretar corretamente, porque o Novo nos apresenta essa forma de compreensão, que certos religiosos rejeitam por estarem presos aos seus antigos dogmas. Não estou preso com eles: Jesus me libertou!

Cal escreveu:Nada disso silvamelo, a crença é o todo, é como uma fileira de dominós, se cair o primeiro cai todo o resto, além disso, o que você sugere é conhecido por seleção de evidências, reparar apenas naquilo que é conveniente e ignorar aquilo que refuta a tese ou dogma.
Nada caiu. Tudo se completou! Muitos não entenderam isso e serviram suas interpretações como combustível para o tipo de combate antiteísta que você defende.

Cal escreveu:Se não temos domínio, se a realidade não passa de um solipsismo inatingível então ninguém poderia afirmar ou negar nada, logo, a existência de deus e do inferno estariam no mesmo patamar que o monte Olimpo ou o limbo, mas não somos nós que afirmamos possuir uma verdade absoluta e sim vocês, não se pode fugir para o solipsismo quem afirma dogmas como verdades absolutas.
A gravidade se propaga de dentro para fora ou de fora para dentro? O que sabemos com certeza é que quem está dentro que sofre seus efeitos e não pode fazer nada para evitá-la... O fato de nós não temos o domínio, não significa que não venhamos sofrer seus efeitos...

Cal escreveu:Você não, mas os resultados obtidos em séculos de pesquisas sim, todas as chamadas experiências sobrenaturais que tiveram seus caracteres solucionados, desde a suposta comunicação com os mortos até os encontros com ETs não passaram de doenças mentais, mal entendidos ou prestidigitação e engodo humano, não se confirmou uma única experiência sobrenatural sequer, com base nesses resultados só podemos concluir que o sobrenatural não existe, pelo menos até alguém ter as condições de apresentar uma prova objetiva.
Negativo! Existem muitos casos de experiências sobrenaturais extra-laboratoriais que ficaram sem resposta. O problema é que vocês querem reproduzir em laboratório, mas esqueceram de avisar para o rato comparecer!

Cal escreveu:Chama-se bom senso, eu o uso em todas as áreas de minha vida, não vejo nenhuma razão para abrir uma exceção para uma determinada alegação religiosa, e se deus não se deixa detectar ele apenas justifica o ceticismo das pessoas.
Deus se deixa detectar, na forma como Ele decidiu se apresentar a nós nos dias de hoje. Se eu posso sentir a presença dEle e ainda assim NEGO Sua existência, só porque Ele não se apresentou da forma como eu acho que deveria ser, então meu ceticismo não é justificado...

Então considere algo, o que é mais provável?

Você, como bilhões de pessoas ao longo de nossa história, deixou que seu lado emocional criasse um auto-engano que satisfizesse as suas necessidades psicológicas.
O que você chama de "lado emocional" ou "necessidades psicológicas", na verdade, é a conexão com a realidade sobrenatural. Se determinadas ações sobrenaturais causam um efeito natural, é lógico que os céticos vão atribuir tudo como fenômeno natural, já que podem detectar e catalogar o efeito, e têm nisso a prova de que são fenômenos naturais, mas não podem provar que não foi originado no sobrenatural.

Cal escreveu:O criador do universo realmente é íntimo seu mas se recusa completamente a lhe fornecer um único dado objetivo que confirmaria para você e para os outros seus motivos e esperanças.
Engano seu! Ele me confirma sempre, porque existe inteligibilidade nas respostas que eu recebo dEle. Mas isso nunca será suficiente para vocês...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Seg 31 Out 2011, 3:53 am

Tiago A. Rodrigues escreveu:Não quero continuar esta discução porque não é o objetivo do topico, porém deixo aqui a minha resposta a isso; o que eu descobri durante minhas pesquisas é que Deus do modo que é apresentado pelo cristianismo é falso, assim como as religiões que eu pesquisei até o momento.
Você tem o direito de pensar assim, mas o difícil será você provar que Ele é falso! Se quiser, abra um tópico e poste suas pesquisas, para que possamos avaliar o valor do que você descobriu.

Tiago A. Rodrigues escreveu:estou sem tempo para explica-las, mas procure saber sobre Horus e Rá, sobre a historicidade da biblia e como a ciencia pode comprovar ou desmentir os acontecidos, sobre a lei da conservação de massa (sem tempo para explicar o porque deste)
Olha, se o seu estudo passa por esse negócio de "Horus e Rá", você não é o primeiro ateu que vem aqui com isso, não... Se for só isso, será trabalho infrutífero. Pode procurar aí no fórum, que já foi devidamente refutado. Mas tudo bem, se você quiser trazer de volta à baila...

Tiago A. Rodrigues escreveu:Se no fim Deus é REAL e não um produto do desejo humano, a promessa do mesmo é que eu desminta as religiões e mostre alguma verdade, quanto a isso só posso esperar o mesmo me dar alguma evidencia.
Repare aonde você errou nessa sua alegação:

1)Nenhuma religião trás consigo verdade alguma se não está de acordo com a Palavra de Deus. Deus não quer que você desminta religião nenhuma, porque Ele mesmo já fez isso, enviando Jesus. Tudo o que precisamos fazer é CRER nele para, desse modo, sermos LIVRES das amarras de toda e qualquer religião que não confere com isso:

"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8:32).



2) Da mesma forma, a verdade veio através dele, por meio da fé, de modo que não é algo que surge da nossa cabeça, mas que nos colocamos como instrumentos para transmitir essa verdade:

"Quem crê em mim, como diz a Escritura: Do seu interior manarão rios de água viva." (João 7:38).



3) Portanto não espere por evidências, porque você estará indo na contramão da vontade de Deus revelada:

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6).


Tiago A. Rodrigues escreveu:só tenho uma pergunta quanto ao dialogo que tivemos:
de onde voce tirou que Deus não se permite revelar? da biblia ou da experiencia com o mesmo?
Da Bíblia, com certeza!

"Uma geração má e adúltera pede um sinal, porém, não se lhe dará outro sinal senão o do profeta Jonas; [O sinal do profeta Jonas é o sinal da FÉ NA PREGAÇÃO, porque ele apenas apregoou o arrependimento aos ninivitas e aqueles creram e se converteram sem que nenhum sinal palpável fosse manifesto]" (Mateus 12:39).

Tiago A. Rodrigues escreveu:caso seja a segunda, já pensou na possibilidade de ser o que o CAL falou, "Deus não existe, mas a religião depende dessa crença para continuar existindo e lança mão de todos os recursos que dispõe para justificar a crença quando tal é confrontada com a realidade, como não possui respostas ela tenta proibir a pergunta ou dar desculpas para a não realização de testes objetivos" ?
Sim, já pensei... e isso foi um momento terrível de crise existencial pela qual eu passei, como você pode ler na resposta acima que eu dei ao Ed. Quanto aos testes sugeridos pelo Cal, você também pode ler logo acima na minha resposta a ele...

Tiago A. Rodrigues escreveu:Não vou responder o que replicar, mas irei ler, agora assistirei aos videos do tópico.

Abraços e fique em Paz Wink
Sinta-se à vontade para responder eu não...

Um abraço! :chapeu:

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Cal em Seg 31 Out 2011, 9:42 pm

silvamelo escreveu:Que os céticos estabelecem parâmetros inválidos nas suas amostragens para o tipo de experiência proposta. Portanto, jamais serão capazes de conferir o resultado verídico partindo desse princípio.
Silvamelo, o princípio de evidências para sustentar alegações, principalmente as fantásticas como intimidade com o criador do universo, é um princípio excelente e historicamente aprovado na busca pela verdade.

O que você pede é uma troca de um princípio cuja a eficácia foi confirmada ao longo de séculos por uma credulidade cega e inquestionável a uma divindade em particular, princípio esse adotado por nossos antepassados em diferentes conjuntos de crenças e divindades fracassando em fornecer um único dado objetivo sobre qualquer uma delas, em outras palavras, você está sugerindo que troquemos o que sempre funcionou por aquilo que sempre fracassou, o que gera a pergunta:

Por que deveríamos fazer isso?
Vamos corrigir isto:

Deus existe, Ele tem suas razões para ocultar a existência e exigir fé (qual a base para você afirmar que não tem?)
A base que eu tenho é a lógica, se deus não se importasse conosco não haveria necessidade alguma de se revelar, mas vocês afirmam que ele quer ser venerado e que está disposto a condenar ou salvar pela eternidade com base nessa intenção, logo, revelar-se para ser venerado ou não seria o primeiro passo disso.
e até mesmo condenar a tormentos eternos, se isso for justo na visão perfeita dEle,
Como eu disse antes, se a perfeição da justiça implica em tormentos eternos então você defende uma redefinição desse termo por causa do dogma, quando eu digo que condenar a tormentos eternos é injusto eu me refiro ao significado convencional de justiça.
inclusive "se escondendo" nesse período histórico que a humanidade possui mecanismos de transmissão de informação em todas as partes do globo, para que os perversos não se convertam e sejam salvos por Ele
Mas a conversão não é a intenção dele, por que razão se ocultar para não converter?
(Aliás Ele nunca se escondeu. Pare para pensar que o Ser Criador Onipotente não tem necessariamente de ser detectável pelos sentidos carnais no ambiente confinado das suas criaturas!). Faz todo sentido!
Só faria sentido se ele não quisesse nenhum tipo de interação com suas criaturas, mas uma vez que vocês alegam que ele quer ser venerado não faz sentido nenhum.
Cal, você diz que não acredita nEle por causa de falta de evidências e tudo mais... Eu não sei o porquê da sua incredulidade, a não ser por aquilo que você escreve aqui. Mas se houver outras razões que nós não sabemos, você com certeza sabe! E mais ainda sabe Deus! Porque, se Ele não se revelou para você até agora, deve ter boas razões para isso!
Uma razão bem lógica seria o fato dele não existir, simples assim.
Deus existe, Cal!
Eu discordo, tudo parece indicar o contrário, pelo menos na descrição religiosa dele.
Eu duvido que Ele daria as costas para você. Mas vejo você dando as costas para Ele o tempo todo...
Eu duvido que um ser que quisesse veneração e reconhecimento dispondo da onipotência se mantivesse escondido fazendo apelos por credulidade por meio de fontes duvidosas, cada um com suas dúvidas.
Deus pode tudo, Cal. Mas nem tudo que Deus pode Ele fará. O fato dEle PODER o obriga a fazer? Só na sua cabeça!
Não, não obrigaria, mas foi você que disse que ele não poderia, talvez você devesse ter dito que ele não queria.
Você, Cal, PODE até vestir um biquini, um salto alto, pendurar uma melancia no pescoço e sair desfilando pela Rio Branco, mas nem por isso você o fará, porque está muito bem de saúde mental e, além do mais, como pessoa séria e centrada que é, nunca iria se prestar a esse ato de violência à vista das pessoas de bem desta cidade.
Exato, eu não quero fazer tais coisas, e isso é diferente de poder fazê-las, o erro de semântica foi seu.

Respondo o resto depois com mais tempo.



A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Ter 01 Nov 2011, 1:44 am

Cal escreveu:
silvamelo escreveu:Que os céticos estabelecem parâmetros inválidos nas suas amostragens para o tipo de experiência proposta. Portanto, jamais serão capazes de conferir o resultado verídico partindo desse princípio.
Silvamelo, o princípio de evidências para sustentar alegações, principalmente as fantásticas como intimidade com o criador do universo, é um princípio excelente e historicamente aprovado na busca pela verdade.

O que você pede é uma troca de um princípio cuja a eficácia foi confirmada ao longo de séculos por uma credulidade cega e inquestionável a uma divindade em particular, princípio esse adotado por nossos antepassados em diferentes conjuntos de crenças e divindades fracassando em fornecer um único dado objetivo sobre qualquer uma delas, em outras palavras, você está sugerindo que troquemos o que sempre funcionou por aquilo que sempre fracassou, o que gera a pergunta:

Por que deveríamos fazer isso?
Vamos corrigir isto:

Deus existe, Ele tem suas razões para ocultar a existência e exigir fé (qual a base para você afirmar que não tem?)
A base que eu tenho é a lógica, se deus não se importasse conosco não haveria necessidade alguma de se revelar, mas vocês afirmam que ele quer ser venerado e que está disposto a condenar ou salvar pela eternidade com base nessa intenção, logo, revelar-se para ser venerado ou não seria o primeiro passo disso.
e até mesmo condenar a tormentos eternos, se isso for justo na visão perfeita dEle,
Como eu disse antes, se a perfeição da justiça implica em tormentos eternos então você defende uma redefinição desse termo por causa do dogma, quando eu digo que condenar a tormentos eternos é injusto eu me refiro ao significado convencional de justiça.
inclusive "se escondendo" nesse período histórico que a humanidade possui mecanismos de transmissão de informação em todas as partes do globo, para que os perversos não se convertam e sejam salvos por Ele
Mas a conversão não é a intenção dele, por que razão se ocultar para não converter?
(Aliás Ele nunca se escondeu. Pare para pensar que o Ser Criador Onipotente não tem necessariamente de ser detectável pelos sentidos carnais no ambiente confinado das suas criaturas!). Faz todo sentido!
Só faria sentido se ele não quisesse nenhum tipo de interação com suas criaturas, mas uma vez que vocês alegam que ele quer ser venerado não faz sentido nenhum.
Cal, você diz que não acredita nEle por causa de falta de evidências e tudo mais... Eu não sei o porquê da sua incredulidade, a não ser por aquilo que você escreve aqui. Mas se houver outras razões que nós não sabemos, você com certeza sabe! E mais ainda sabe Deus! Porque, se Ele não se revelou para você até agora, deve ter boas razões para isso!
Uma razão bem lógica seria o fato dele não existir, simples assim.
Deus existe, Cal!
Eu discordo, tudo parece indicar o contrário, pelo menos na descrição religiosa dele.
Eu duvido que Ele daria as costas para você. Mas vejo você dando as costas para Ele o tempo todo...
Eu duvido que um ser que quisesse veneração e reconhecimento dispondo da onipotência se mantivesse escondido fazendo apelos por credulidade por meio de fontes duvidosas, cada um com suas dúvidas.
Deus pode tudo, Cal. Mas nem tudo que Deus pode Ele fará. O fato dEle PODER o obriga a fazer? Só na sua cabeça!
Não, não obrigaria, mas foi você que disse que ele não poderia, talvez você devesse ter dito que ele não queria.
Você, Cal, PODE até vestir um biquini, um salto alto, pendurar uma melancia no pescoço e sair desfilando pela Rio Branco, mas nem por isso você o fará, porque está muito bem de saúde mental e, além do mais, como pessoa séria e centrada que é, nunca iria se prestar a esse ato de violência à vista das pessoas de bem desta cidade.
Exato, eu não quero fazer tais coisas, e isso é diferente de poder fazê-las, o erro de semântica foi seu.

Respondo o resto depois com mais tempo.

chocado Puxa, gastei um bom tempo aqui para te responder e o pc deu uma ziquizira na hora que eu fui pré-visualizar! ai, caramba! :risadinha: Agora vai ficar pra depois... xauzinho

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Ed em Ter 01 Nov 2011, 7:49 am

silvamelo escreveu: Puxa, gastei um bom tempo aqui para te responder e o pc deu uma ziquizira na hora que eu fui pré-visualizar! Agora vai ficar pra depois...

Quando se gasta muito tempo em uma resposta, é aconselhável colar de tempo em tempo o texto que se está escrevendo em um bloco de notas ou mesmo no Word, para evitar estas surpresas desagradáveis...


::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3162 dias de existência com 228921 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11001
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Qua 02 Nov 2011, 1:21 am

Ed escreveu:
silvamelo escreveu: Puxa, gastei um bom tempo aqui para te responder e o pc deu uma ziquizira na hora que eu fui pré-visualizar! Agora vai ficar pra depois...

Quando se gasta muito tempo em uma resposta, é aconselhável colar de tempo em tempo o texto que se está escrevendo em um bloco de notas ou mesmo no Word, para evitar estas surpresas desagradáveis...


::
Eu costumava fazer isso, só que ultimamente estava dando tudo tão certo que eu parei... Mas é melhor voltar a me precaver, principalmente nos debates com o nosso amigo Cal! :risadinha:

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Qua 02 Nov 2011, 3:18 am

Cal escreveu:Silvamelo, o princípio de evidências para sustentar alegações, principalmente as fantásticas como intimidade com o criador do universo, é um princípio excelente e historicamente aprovado na busca pela verdade.
Cal, o princípio de busca por evidências para sustentar alegações a que você se refere é unicamente aplicável no meio natural que é tangível por nós, de modo que não tem nenhuma eficácia para verificar processos que têm origem fora da realidade física.

Cal escreveu:O que você pede é uma troca de um princípio cuja a eficácia foi confirmada ao longo de séculos por uma credulidade cega e inquestionável a uma divindade em particular, princípio esse adotado por nossos antepassados em diferentes conjuntos de crenças e divindades fracassando em fornecer um único dado objetivo sobre qualquer uma delas, em outras palavras, você está sugerindo que troquemos o que sempre funcionou por aquilo que sempre fracassou,
Não é isso. Na verdade, quem está fracassando na escolha dos métodos é você mesmo! Você usaria uma régua de 30cms para medir um micrômetro? Percebe aí onde está o seu erro?

Cal escreveu:o que gera a pergunta:

Por que deveríamos fazer isso?
Temos uma pergunta que precisa de uma resposta mais urgente: "Quem somos nós?" Diante desse questionamento, sua pergunta não deve ser: "Por que deveríamos fazer?", mas: "O que deveríamos fazer?"

E eu digo a você que só temos uma coisa sensata a fazer, que é responder positivamente ao chamamento sobrenatural que recebemos.


Cal escreveu:A base que eu tenho é a lógica, se deus não se importasse conosco não haveria necessidade alguma de se revelar, mas vocês afirmam que ele quer ser venerado e que está disposto a condenar ou salvar pela eternidade com base nessa intenção, logo, revelar-se para ser venerado ou não seria o primeiro passo disso.
E Ele se revelou atravé de Jesus, Cal. Pelo poder transformador da Sua Santa Palavra. Essa foi a forma pela qual Deus DECIDIU se revelar, que envolve o princípio da FÉ que Ele tanto preza.

Cal escreveu:Como eu disse antes, se a perfeição da justiça implica em tormentos eternos então você defende uma redefinição desse termo por causa do dogma, quando eu digo que condenar a tormentos eternos é injusto eu me refiro ao significado convencional de justiça.
Faz-se necessário que você entenda primeiro, que a compreensão desse tema envolve interpretação. E a nossa interpretação pode conter falhas, assim como nosso senso de justiça. Portanto, amigo, perceba que se você pretende se assentar na cadeira de Deus para julgar questões que vão além da sua capacidade finita de julgar, seu julgamento já estará comprometido logo de saída, mesmo com toda lógica à disposição...


Cal escreveu:Mas a conversão não é a intenção dele, por que razão se ocultar para não converter?
Ele só fica oculto à percepção daqueles que se recusam a admitir os métodos estabelecidos por Ele para ser reconhecido. Porque, na verdade, a fé é o fator principal que Ele procura naqueles que deseja converter.

Cal escreveu:Só faria sentido se ele não quisesse nenhum tipo de interação com suas criaturas, mas uma vez que vocês alegam que ele quer ser venerado não faz sentido nenhum.
Não se engane com Deus, Cal. A veneração que Ele procura não é aquela de fachada, que o sujeito se inclina uma determinada quantidade de vezes por dia, orando em voz alta para convencer a todos de que se trata de uma pessoa religiosa, mas levando uma vida completamente fora da vontade de Deus.

Os verdadeiros adoradores que Deus procura são aqueles que demonstram essa adoração na prática daquilo que Ele determinou:

"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem" (João 4:23).

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus" (Mateus 7:21).

"Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?" (1 João 4:20).


Cal escreveu:Uma razão bem lógica seria o fato dele não existir, simples assim.
Talvez seja mais fácil mesmo crer que Ele não existe, quando se põe a necessidade de uma prova palpável na frente da salvação da própria vida... Mas nem todos estão dispostos a fazer esse tipo de aposta...


Cal escreveu:Eu discordo, tudo parece indicar o contrário, pelo menos na descrição religiosa dele.
A descrição cristã de Deus é muito vigorosa, delineando um caráter divino consistente com o que se deve esperar do Ser Criador de todas as coisas, assim como as regras de princípios morais que Ele estabelece para suas criaturas, demonstrando o quanto tudo é bastante condizente com a verdade.


Cal escreveu:Eu duvido que um ser que quisesse veneração e reconhecimento dispondo da onipotência se mantivesse escondido fazendo apelos por credulidade por meio de fontes duvidosas, cada um com suas dúvidas.
Vamos analisar então o que temos, porque para mim não há nada de duvidoso nisso:

1) Temos a Palavra de Deus, que nos transforma e é a base para crescimento da nossa fé.
2) Temos a presença de Deus, que nos consola em nossas aflições, nos enche de alegria e nos guia confiantes nessa caminhada rumo ao desconhecido.
3) Temos o poder de Deus, que opera maravilhas em nosso meio.
4) Temos as profecias que confirmam o que Deus determinou e são a demonstração clara de que Ele está no controle de tudo.


Repare aí na RÉGUA que nós usamos, na próxima vez que tentar fazer medidas, para ter em mãos o instrumento compatível com o objeto de medição!

Cal escreveu:Não, não obrigaria, mas foi você que disse que ele não poderia, talvez você devesse ter dito que ele não queria... o erro de semântica foi seu.
Essa retranquinha aí nem precisava, já que você entendeu muito bem o que eu quis dizer... Você fez a falta depois do tiro certeiro pro gol... Falta em gol é gol!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Eterna em Qua 02 Nov 2011, 4:06 pm

carlosect escreveu:Olá..... Estou criando este tópico para pessoas que ainda não acreditam em Jesus.

O conteúdo mostrado nos vídeos surpreende pois mostra apenas 2 CAMINHOS, céu ou inferno.

Escolha!!!!!!!

Para alguns atiradores de plantão digo que o vídeo não tem haver com espiritismo pois não há comunicação entre vivos e mortos, pelo contrário, em alguns vídeos fica bem claro que as pessoas vivas não ouvem os mortos.

Não sei quem são os atiradores de plantão, mas para idéias pré-concebidas não há o que discutir. Nem perdi o tempo de ver os vídeos! Muita sorte para aqueles que não acreditam em Jesus! E vamos nessa porque vou acompanhar!


Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a lei.

Eterna
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3831
Localização : Sampa
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Cal em Sex 04 Nov 2011, 1:51 pm

silvamelo escreveu:Cal, o princípio de busca por evidências para sustentar alegações a que você se refere é unicamente aplicável no meio natural que é tangível por nós, de modo que não tem nenhuma eficácia para verificar processos que têm origem fora da realidade física.
Até que vocês estejam em condições de provar que existe algo a mais que essa realidade física a única conclusão que podemos ter é que ela é a única que existe, eu lhe mostrei um modo simples e objetivo de provar a existência de um ser sobrenatural onisciente, a mera revelação de um número, mas como todas as alegações sobrenaturais ela esmorece diante de um único teste objetivo, se ao invés do número eu lhe perguntasse "Deus quer que amemos nossos filhos?" ou "Deus quer a paz entre as pessoas?" ou qualquer outra pergunta subjetiva e sentimental você responderia imediatamente.
Temos uma pergunta que precisa de uma resposta mais urgente: "Quem somos nós?" Diante desse questionamento, sua pergunta não deve ser: "Por que deveríamos fazer?", mas: "O que deveríamos fazer?"
Nós somos mamíferos primatas da espécie Homo sapiens, e a pergunta continua a correta, por que deveríamos trocar um critério que funciona por outro que não funciona de acordo com a experiência de toda a história humana?
E eu digo a você que só temos uma coisa sensata a fazer, que é responder positivamente ao chamamento sobrenatural que recebemos.
Chamado esse comunicado por um conjunto de dogmas que dentre as várias afirmações está o fato de alguns seres humanos terem vivido 900 anos e que uma mula falou, dentre outros relatos, então vejamos, segundo sua sugestão devemos abrir mão do método científico, que foi o responsável por uma revolução no conhecimento e da qualidade de vida como nunca antes em nossa história por uma crença em relatos sabidamente impossiveis, e você chama essa atitude de sensata?
E Ele se revelou atravé de Jesus, Cal. Pelo poder transformador da Sua Santa Palavra. Essa foi a forma pela qual Deus DECIDIU se revelar, que envolve o princípio da FÉ que Ele tanto preza.
Novamente bato no mesmo ponto, se essas crenças estivessem corretas então a humanidade para ser condenada não precisa fazer nada, já nasce condenada pelo pecado original, para ser salva ela precisa acreditar em um conjunto de dogmas dentre tantos outros sem provas e o que é pior, dentro desses dogmas existem relatos que contradizem drasticamente a realidade o que acaba com a sua credibilidade e a conclusão final, um casal de seres humanos que não reconheciam sequer a própria nudez foi muito mais eficiente em condenar a raça humana do que o deus supostamente onipotente teria sido para salvar, pois enquanto o ato de Adão e Eva foi global para todas as pessoas sem que nenhum ato delas fosse necessário o de deus requer fé em relatos que o bom senso diz serem mitológicos.
Faz-se necessário que você entenda primeiro, que a compreensão desse tema envolve interpretação. E a nossa interpretação pode conter falhas, assim como nosso senso de justiça. Portanto, amigo, perceba que se você pretende se assentar na cadeira de Deus para julgar questões que vão além da sua capacidade finita de julgar, seu julgamento já estará comprometido logo de saída, mesmo com toda lógica à disposição...
Se a minha interpretação é errada pelo fato de minha incapacidade finita de julgar a sua também é, e essa limitação incluiria todos os aspectos de sua vida, dentre elas a sua fé e seus dogmas, mas eu já lhe disse, não sou eu que estou fazendo afirmações como se fossem verdades absolutas incontestáveis, o solipsismo pelo qual você quer tentar uma saída estratégica se volta contra você e não contra mim, no solipsismo perde aquele que defende uma verdade absoluta.
Ele só fica oculto à percepção daqueles que se recusam a admitir os métodos estabelecidos por Ele para ser reconhecido. Porque, na verdade, a fé é o fator principal que Ele procura naqueles que deseja converter.
A exigência de fé não faz sentido se ele existisse, ela só é necessária quando alguém quer que se acredite em algo que não existe, e isso se aplica em todas as crenças religiosas de todas as divindades e seres sobrenaturais (espíritos desencarnados se enquadram nessa categoria), não tenho nenhum motivo para considerar a fé cristã uma exceção.
Os verdadeiros adoradores que Deus procura são aqueles que demonstram essa adoração na prática daquilo que Ele determinou:[...]
Todos esses critérios de adoração que você citou são parte dos dogmas bíblicos, volto a perguntar: Se a bíblia está errada sobre a idade máxima atingida pelo ser humano dentre outros relatos por que deveríamos acreditar que ela estaria certa a respeito de deus e de seus critérios de adoração? Essa é a razão pela qual não faz sentido deus se ocultar e pedir fé, principalmente pelo fato dele ter escolhido fontes das quais temos todos os motivos lógicos para duvidar.
Talvez seja mais fácil mesmo crer que Ele não existe, quando se põe a necessidade de uma prova palpável na frente da salvação da própria vida... Mas nem todos estão dispostos a fazer esse tipo de aposta...
Não se trata de aposta e sim de conclusão, eu tiro minhas conclusões com base nos dados que disponho, com novos dados posso rever conclusões passadas, o fato é que não tenho nenhum dado objetivo para concluir que tal ser exista, e não faço isso apenas em questões de dogmas religiosos, é o mesmo bom senso que rege todas as áreas de minha vida.


A descrição cristã de Deus é muito vigorosa, delineando um caráter divino consistente com o que se deve esperar do Ser Criador de todas as coisas, assim como as regras de princípios morais que Ele estabelece para suas criaturas, demonstrando o quanto tudo é bastante condizente com a verdade.
Um exemplo:

Deus supostamente criou os seres humanos como seres sexuais, colocou neles como um impulso fortíssimo de sobrevivência, por volta da adolescência esse impluso é tão forte que a maioria pratica sexo assim que surge a oportunidade, e esse mesmo deus que teria feito isso dá entre seus supostos comandos de sua vontade a ordem pela castidade pré-marital e a monogamia após isso, ora isso não é coerente, se ele quisesse realmente a manutenção desses padrões então criou um impulso exagerado para isso, logo a ideia não é consistente.

Quando analisamos sobre outro foco tudo se encaixa perfeitamente, o impulso sexual forte como uma característica de sobrevivência foi naturalmente selecionado por dar aqueles que possuem uma vantagem evolutiva e monogamia vitalícia não tem nada a ver com isso.

Esse foi apenas um exemplo de uma contradição da realidade e de um dogma bíblico, poderia citar várias outras características biológicas que não fazem sentido termos se tivessemos sido criados por um deus conforme a bíblia descreve e que faz todo sentido dentro da evolução natural.
Vamos analisar então o que temos, porque para mim não há nada de duvidoso nisso:
1) Temos a Palavra de Deus, que nos transforma e é a base para crescimento da nossa fé.
Outra vez, você tem que escolher, ou a bíblia é a revelação de deus ou deus endossa a bíblia, se você afirmar as duas coisas ao mesmo tempo você cai em circularidade, é o mesmo que dizer que o homem-aranha existe porque o gibi do homem-aranha diz que ele existe e que ele está certo porque o Peter Parker disse que ele está certo, lógica circular é falha e sempre será.
2) Temos a presença de Deus, que nos consola em nossas aflições, nos enche de alegria e nos guia confiantes nessa caminhada rumo ao desconhecido.
Uma crença ter a capacidade de confortar e consolar não a eleva a condição de verdade, várias crenças diferentes servem de consolo para várias pessoas, isso significa que estão todas certas?
3) Temos o poder de Deus, que opera maravilhas em nosso meio.
Eu nem mencionei essas supostas maravilhas, eu me contentaria com um mísero número, mas o poder de deus não alcança sequer isso.
4) Temos as profecias que confirmam o que Deus determinou e são a demonstração clara de que Ele está no controle de tudo.
Profecias que omitem datas e outras falhas lógicas primárias, além disso, se 70 semanas podem virar 490 anos de acordo com quem interpreta tais profecias então a simbologia pode ser encaixada em qualquer evento.
Repare aí na RÉGUA que nós usamos, na próxima vez que tentar fazer medidas, para ter em mãos o instrumento compatível com o objeto de medição!
Objeto de medição que não existe, acreditar que existe não o torna real.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por silvamelo em Dom 06 Nov 2011, 4:10 am

Cal escreveu:Até que vocês estejam em condições de provar que existe algo a mais que essa realidade física a única conclusão que podemos ter é que ela é a única que existe,
... ou: Até que vocês estejam em condições de provar que NÃO existe algo a mais que essa realidade física a OUTRA conclusão que podemos ter é que ela NÃO é a única que existe!

Cal escreveu:eu lhe mostrei um modo simples e objetivo de provar a existência de um ser sobrenatural onisciente, a mera revelação de um número, mas como todas as alegações sobrenaturais ela esmorece diante de um único teste objetivo,
E eu lhe mostrei que Deus não tem obrigação nenhuma de ceder aos seus experimentos para que você creia nEle, mas que VOCÊ deve ceder ao modo como Ele determinou que fosse, para ter acesso a todas as promessas que Ele fez.

Cal escreveu:e ao invés do número eu lhe perguntasse "Deus quer que amemos nossos filhos?" ou "Deus quer a paz entre as pessoas?" ou qualquer outra pergunta subjetiva e sentimental você responderia imediatamente.
Lhe responderia como se deve, com o respaldo bíblico, conforme aquilo que Deus falou diretamente. Deus não nos chamou para apresentar espetáculos circenses ao incrédulos. O chamado de Deus é para levarmos a Boa Nova, de que Deus está conosco; que Ele veio para nos salvar e nos livrar dessa condição miserável em que nos encontramos.

Cal escreveu:Nós somos mamíferos primatas da espécie Homo sapiens, e a pergunta continua a correta, por que deveríamos trocar um critério que funciona por outro que não funciona de acordo com a experiência de toda a história humana?
Essa é só parte da resposta, porque apenas classifica e nomeia a espécie, mas não soluciona a questão de maior complexidade, que é a razão de estarmos aqui.

Cal escreveu:Chamado esse comunicado por um conjunto de dogmas que dentre as várias afirmações está o fato de alguns seres humanos terem vivido 900 anos e que uma mula falou, dentre outros relatos, então vejamos, segundo sua sugestão devemos abrir mão do método científico, que foi o responsável por uma revolução no conhecimento e da qualidade de vida como nunca antes em nossa história por uma crença em relatos sabidamente impossiveis, e você chama essa atitude de sensata?
O chamado de Deus não se resume à crença em "dogmas", da forma como você colocou; apesar do que os relatos bíblicos extraordinários podem e devem sim ser cridos literalmente, quando há respaldo contextual.

Agora, quanto a pesar as Escrituras por critérios científicos, claramente vemos o desespero para tentar desvalê-la, pois que nunca conseguirão isso, quando o critério for o peso moral que elas têm. E note bem que elas não têm, ademais, a missão de desvendar os mistérios da ciência, senão, apenas, trazer o equilíbrio psicológico do homem, por meio da ação do Espírito, terminando por levar o homem de volta a presença eterna do seu Deus. Coisa que a ciência jamais se presta e nem mesmo objetiva.

Mas veja que você vai ao outro extremo, da crença cega nos avanços científicos, como tábua de salvação da humanidade, quando está PROVADO que o acúmulo de conhecimento e avanço tecnológico não promoveu nenhuma melhora no aspecto moral da sociedade, que vai declinando a cada dia e experimenta, de tempos em tempos, grandes tragédias causadas por seus próprios semelhantes, desarraigados da disciplina de Deus.

Não espere que seja diferente em nossos dias. O ser humano sem Deus é o mesmo de sempre, mesmo com todo o conhecimento adquirido. E agora, com seus brinquedinhos novos, a terra caminha para uma grande destruição...

Cal escreveu:Novamente bato no mesmo ponto, se essas crenças estivessem corretas então a humanidade para ser condenada não precisa fazer nada, já nasce condenada pelo pecado original, para ser salva ela precisa acreditar em um conjunto de dogmas dentre tantos outros sem provas e o que é pior, dentro desses dogmas existem relatos que contradizem drasticamente a realidade o que acaba com a sua credibilidade e a conclusão final, um casal de seres humanos que não reconheciam sequer a própria nudez foi muito mais eficiente em condenar a raça humana do que o deus supostamente onipotente teria sido para salvar, pois enquanto o ato de Adão e Eva foi global para todas as pessoas sem que nenhum ato delas fosse necessário o de deus requer fé em relatos que o bom senso diz serem mitológicos.
A nossa crença remonta o primórdio da humanidade. Respeitando-se a simplicidade da narrativa das pessoas daquele tempo, que não tinham o conhecimento acadêmico necessário para dar aulas aos exigentes incrédulos de hoje. Contudo, na simplicidade, a mensagem de Deus foi transmitida de forma eficaz por meio delas, até que nos fosse passada em toda a sua pureza e clareza, na pessoa de Cristo.

Esse é o principal objetivo de Deus. Tocar fundo na alma do homem e RESOLVER o seu problema espiritual, que é um problema de morte eterna. Os problemas físicos do homem, que terminam por causar a sua morte física, foram introduzidos pelo póprio homem, quando decidiu pela desobediência. E a ciência entra aí, como ferramenta nas mãos do homem para aliviar o fardo; e não para livrar ou salvar. Porque o problema da morte física Deus também solucionou, e nós experimentaremos a vida plena, quando a Sua obra for completada.

Assim, vemos que a Salvação enviada por Deus foi EFICIENTE, sim, pois ninguém que está na OBEDIÊNCIA sofrerá qualquer dano!

Cal escreveu:Se a minha interpretação é errada pelo fato de minha incapacidade finita de julgar a sua também é, e essa limitação incluiria todos os aspectos de sua vida, dentre elas a sua fé e seus dogmas, mas eu já lhe disse, não sou eu que estou fazendo afirmações como se fossem verdades absolutas incontestáveis, o solipsismo pelo qual você quer tentar uma saída estratégica se volta contra você e não contra mim, no solipsismo perde aquele que defende uma verdade absoluta.
Pela sua medida, perderíamos os dois, pois você defende como verdade absoluta a não existência de Deus! Mas eu não pretendo provar que Deus existe; eu apenas creio nEle e convido a todos que pretendem se achegar a Ele, a se esvaziar desse tipo de busca de provas porque a fé é atributo excencial. Mas o ateu FRACASSA, porque AFIRMA que Deus não existe apenas baseado na sua própria lógica, mas sem poder provar nada...

Cal escreveu:A exigência de fé não faz sentido se ele existisse, ela só é necessária quando alguém quer que se acredite em algo que não existe, e isso se aplica em todas as crenças religiosas de todas as divindades e seres sobrenaturais (espíritos desencarnados se enquadram nessa categoria), não tenho nenhum motivo para considerar a fé cristã uma exceção.
Eu já demonstrei para você que todas as manifestações espirituais de todas as crenças religiosas são explicadas de forma eficaz pelo cristianismo, de modo que você só não percebe a lógica em ação por pura incredulidade...

Cal escreveu:Todos esses critérios de adoração que você citou são parte dos dogmas bíblicos, volto a perguntar: Se a bíblia está errada sobre a idade máxima atingida pelo ser humano dentre outros relatos por que deveríamos acreditar que ela estaria certa a respeito de deus e de seus critérios de adoração?
E quem está dizendo que a Bíblia está errada em alguma coisa? Você que não quer aceitar como válidos os critérios de interpretação e entendimento dos relatos bíblicos que Deus revelou...

Cal escreveu:Essa é a razão pela qual não faz sentido deus se ocultar e pedir fé, principalmente pelo fato dele ter escolhido fontes das quais temos todos os motivos lógicos para duvidar.

Não se trata de aposta e sim de conclusão, eu tiro minhas conclusões com base nos dados que disponho, com novos dados posso rever conclusões passadas, o fato é que não tenho nenhum dado objetivo para concluir que tal ser exista, e não faço isso apenas em questões de dogmas religiosos, é o mesmo bom senso que rege todas as áreas de minha vida.
Você não tem bom senso algum quando o assunto é Deus, Cal! A prova disso é a sua patente desconsideração a tudo que lhe é apresentado como evidência da existência de Deus, que lhe cega e o impede de perceber o seu erro.

Cal escreveu:Deus supostamente criou os seres humanos como seres sexuais, colocou neles como um impulso fortíssimo de sobrevivência, por volta da adolescência esse impluso é tão forte que a maioria pratica sexo assim que surge a oportunidade, e esse mesmo deus que teria feito isso dá entre seus supostos comandos de sua vontade a ordem pela castidade pré-marital e a monogamia após isso, ora isso não é coerente, se ele quisesse realmente a manutenção desses padrões então criou um impulso exagerado para isso, logo a ideia não é consistente.
Vamos ver se aqui você consegue ENXERGAR o seu erro: Deus não colocou esses impulsos no homem, porque o homem estava no jardim do Édem, onde tinha a plenitude do prazer na presença de Deus, onde estava imune à ação perniciosa da carnalidade. O homem é que se colocou nesta situação, pela DESOBEDIÊNCIA à ordem de Deus, tornando-se escravo das necessidades carnais à semelhança dos animais. Mas Deus não criou o homem com essa finalidade. É por isso que escravidão da carne, a qual estamos submetidos, é inimizade contra Deus.

Cal escreveu:Quando analisamos sobre outro foco tudo se encaixa perfeitamente, o impulso sexual forte como uma característica de sobrevivência foi naturalmente selecionado por dar aqueles que possuem uma vantagem evolutiva e monogamia vitalícia não tem nada a ver com isso.
Isso se aplica aos animais, não ao homem pelo projeto de Deus.

Cal escreveu:Esse foi apenas um exemplo de uma contradição da realidade e de um dogma bíblico, poderia citar várias outras características biológicas que não fazem sentido termos se tivessemos sido criados por um deus conforme a bíblia descreve e que faz todo sentido dentro da evolução natural.
As características biológicas não são contradição nem provam nada, porque o homem foi inicialmente feito "alma vivente", diferentemente dos animais, que são seres viventes. O homem decaído apresenta as características de animais, por ter perdido a condição de alma vivente, que lhe dava DOMÍNIO sobre a carne. Assim, passou a sofrer a mesma ação biológica animal e tem de conviver com esse dilema, até dia em que se tornar "espírito vivificante", a semelhança de Cristo.

Cal escreveu:Outra vez, você tem que escolher, ou a bíblia é a revelação de deus ou deus endossa a bíblia, se você afirmar as duas coisas ao mesmo tempo você cai em circularidade, é o mesmo que dizer que o homem-aranha existe porque o gibi do homem-aranha diz que ele existe e que ele está certo porque o Peter Parker disse que ele está certo, lógica circular é falha e sempre será.
Eu lhe apresentei QUATRO ítens que PROVAM que não estamos tratando de lógica circular...

Cal escreveu:Uma crença ter a capacidade de confortar e consolar não a eleva a condição de verdade, várias crenças diferentes servem de consolo para várias pessoas, isso significa que estão todas certas?
Já lhe respondi várias vezes sobre isso. Existem mundos sobrenaturais interagindo com o nosso. Pessoas têm contatos legítimos com esses mundos e, suas crenças assim incrementadas, lhes trazem certos estímulos, que lhes escravizam e lhes dão uma falsa sensação de "proteção" e "consolo". Uma análise profunda da vida dessas pessoas mostra que não é bem assim...

Cal escreveu:Eu nem mencionei essas supostas maravilhas, eu me contentaria com um mísero número, mas o poder de deus não alcança sequer isso.
E eu já lhe demonstrei o porquê de você, com sua triste jactância, JAMAIS obter truquezinhos de Deus, muito menos maravilhas...

Cal escreveu:Profecias que omitem datas e outras falhas lógicas primárias, além disso, se 70 semanas podem virar 490 anos de acordo com quem interpreta tais profecias então a simbologia pode ser encaixada em qualquer evento.
Sim a lógica sempre falhará para os ímpios e eles sempre estarão impedidos de enxergar, por causa da sua desobediência e incredulidade:

"Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão" (Daniel 12:10).

Cal escreveu:Objeto de medição que não existe, acreditar que existe não o torna real.

Prove que não existe!

Acreditar que Ele NÃO existe não O torna IRREAL!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

youtube Re: Por amor áqueles que ainda duvidam.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:14 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum