.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
46 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 46 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Página 6 de 40 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 23 ... 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:20 pm

A promessa feita a Abraão foi coisa futura, para a época de Cristo, nova aliança.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:22 pm

Khwey escreveu:A promessa feita a Abraão foi coisa futura, para a época de Cristo, nova aliança.
Mas para fazer parte dessa promessa Deus colocou condições em Gen 17:9-10:

"Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, GUARDARÁS O MEU CONCERTO, TU E A TUA DESCENDENCIA DEPOIS DE TI, NAS SUAS GERAÇÕES. ESTE É O MEU CONCERTO QUE GARADAREIS ENTRE MIM E VÓS E A TUA SEMENTE DEPOIS DE TI: QUE TODO MACHO SERÁ CIRCUNCIDADO."


Última edição por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:25 pm, editado 1 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por David de Oliveira em Qui 21 Out 2010, 11:22 pm

Eduardo escreveu:
David de Oliveira escreveu:Faço parte da promessa de Abraão...
Interessante... Por acaso você sabe que promessa é essa ?

Gálatas 3:
O insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?

Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé?

Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?

Será em vão que tenhais padecido tanto? Se é que isso também foi em vão.

Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, fá-lo pelas obras da lei, ou pela pregação da fé?

Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça.

Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão.

Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.

De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.
Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.
Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá.
Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;
Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.
Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta.
Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.

Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.
Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.
Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, ; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro (Moisés).até que viesse a posteridade (Cristo) a quem a promessa tinha sido feita
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:27 pm

David de Oliveira escreveu:Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão.
Ahhhh... Então você quer ser filho de Abraão ? Mas para fazer parte dessa promessa Deus colocou condições em Gen 17:9-10:

"Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, GUARDARÁS O MEU CONCERTO, TU E A TUA DESCENDENCIA DEPOIS DE TI, NAS SUAS GERAÇÕES. ESTE É O MEU CONCERTO QUE GARADAREIS ENTRE MIM E VÓS E A TUA SEMENTE DEPOIS DE TI: QUE TODO MACHO SERÁ CIRCUNCIDADO."


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:29 pm

Veja mais:

"Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado. E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência. Com efeito será circuncidado o nascido em tua casa, e o comprado por teu dinheiro; e estará a minha aliança na vossa carne por aliança perpétua. E o homem incircunciso, cuja carne do prepúcio não estiver circuncidada, aquela alma será extirpada do seu povo; quebrou a minha aliança."


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por David de Oliveira em Qui 21 Out 2010, 11:29 pm

"Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, GUARDARÁS O MEU CONCERTO, TU E A TUA DESCENDENCIA DEPOIS DE TI, NAS SUAS GERAÇÕES. ESTE É O MEU CONCERTO QUE GARADAREIS ENTRE MIM E VÓS E A TUA SEMENTE DEPOIS DE TI: QUE TODO MACHO SERÁ CIRCUNCIDADO."

Você não leu direito Gálatas!...
A promessa a Abraão não tem nada a ver com as "suas descendências"! A promessa diz respeito a uma só descendência, Jesus. Lei direito, rapaz...
Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.
Gálatas 3:16
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:32 pm

David de Oliveira escreveu:"Disse mais Deus a Abraão: Tu, porém, GUARDARÁS O MEU CONCERTO, TU E A TUA DESCENDENCIA DEPOIS DE TI, NAS SUAS GERAÇÕES. ESTE É O MEU CONCERTO QUE GARADAREIS ENTRE MIM E VÓS E A TUA SEMENTE DEPOIS DE TI: QUE TODO MACHO SERÁ CIRCUNCIDADO."

Você não leu direito Gálatas!...
A promessa a Abraão não tem nada a ver com as "suas descendências"! A promessa diz respeito a uma só descendência, Jesus.
Mas o texto de Gênesis falla exatamente de DESCENDÊNCIA, veja:

"Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado. E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência. Com efeito será circuncidado o nascido em tua casa, e o comprado por teu dinheiro; e estará a minha aliança na vossa carne por aliança perpétua. E o homem incircunciso, cuja carne do prepúcio não estiver circuncidada, aquela alma será extirpada do seu povo; quebrou a minha aliança."


Última edição por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:33 pm, editado 1 vez(es)


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:32 pm

Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:A promessa feita a Abraão foi coisa futura, para a época de Cristo, nova aliança.
Mas para fazer parte dessa promessa Deus colocou condições em Gen 17:9-10:

"Disse mais Deus a Abraão: tu porém, GUARDARÁS O MEU CONCERTO, TU E A TUA DESCENDENCIA DEPOIS DE TI, NAS SUAS GERAÇÕES. ESTE É O MEU CONCERTO QUE GARADAREIS ENTRE MIM E VÓS E A TUA SEMENTE DEPOIS DE TI: QUE TODO MACHO SERÁ CIRCUNCIDADO."
Isto daí foi uma aliança que foi feita com Abraão, antes da aliança que foi feita com o povo judeu.

Me parece que a circuncisão foi a primeira lei a cair!
oh my

Nós, os gentios, não fizemos parte destas alianças, estando claramente escrito que gentios não tinham lei na ocasião, e é por isto foi feita uma outra aliança. O que permaneceu mesmo foi a promessa, baseada na fé!


Carece de estudo bíblico, urgente!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:35 pm

Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:36 pm

Eduardo escreveu:Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.
A promessa era uma figura, assim como a circuncisão.

Carece de estudo bíblico urgentíssimo!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por David de Oliveira em Qui 21 Out 2010, 11:37 pm

E outra, essa aliança é das gerações de Israel!... Não tenho nada a ver com isso!...

Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado. E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência. Com efeito será circuncidado o nascido em tua casa, e o comprado por teu dinheiro; e estará a minha aliança na vossa carne por aliança perpétua. E o homem incircunciso, cuja carne do prepúcio não estiver circuncidada, aquela alma será extirpada do seu povo; quebrou a minha aliança."
David


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:38 pm

Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.
A promessa era uma figura, assim como a circuncisão.
Quando o texto não lhe favorece você distorce e diz que é figurativa ? kkkkkkkkkkk


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:39 pm

David de Oliveira escreveu:E outra, essa aliança é das gerações de Israel!... Não tenho nada a ver com isso!...

Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado. E circuncidareis a carne do vosso prepúcio; e isto será por sinal da aliança entre mim e vós. O filho de oito dias, pois, será circuncidado, todo o homem nas vossas gerações; o nascido na casa, e o comprado por dinheiro a qualquer estrangeiro, que não for da tua descendência. Com efeito será circuncidado o nascido em tua casa, e o comprado por teu dinheiro; e estará a minha aliança na vossa carne por aliança perpétua. E o homem incircunciso, cuja carne do prepúcio não estiver circuncidada, aquela alma será extirpada do seu povo; quebrou a minha aliança."
Ué, foi você que disse que era filho de Abraão. Aguente as consequencias.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por David de Oliveira em Qui 21 Out 2010, 11:41 pm

Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.
Gálatas 3:16


Isso não tem nada a ver com a comunidade de Israel!... Ela nem existia nesse tempo...
David


Última edição por David de Oliveira em Qui 21 Out 2010, 11:42 pm, editado 1 vez(es)


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:41 pm

Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.
A promessa era uma figura, assim como a circuncisão.
Quando o texto não lhe favorece você distorce e diz que é figurativa ? kkkkkkkkkkk
É a bíblia quem diz que o antigo testamento é uma figura que aponta para Cristo!

Eu apenas estou te lembrando disto!


"kkkkkkkkkkk" oh my

Quando um argumento com respaldo te atinge você sempre apresenta um primor de argumento, como esse!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:43 pm

David de Oliveira escreveu:Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo. Gálatas 3:16
Então você mudou de idéia e agora não quer mais ser descendente de Abraão ? Quer ser descendente de Cristo ? É ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:45 pm

Esse daí resolveu posar de quadrúpede também!

Devemos ser filhos de Abraão em modo figurativo, que significa ter fé como Abraão teve fé!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:46 pm

Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.
A promessa era uma figura, assim como a circuncisão.
Quando o texto não lhe favorece você distorce e diz que é figurativa ? kkkkkkkkkkk
É a bíblia quem diz que o antigo testamento é uma figura que aponta para Cristo!
E foi esse Cristo que disse em Mateus 5:17-18, Jesus disse: “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas, não vim para revogar, vim para cumprir".


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:48 pm

Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:
Eduardo escreveu:Errado, a promessa a Abraão era condicionada a circuncisão. Se vcs querem ser descendentes dele terão que se submeter às condições dessa aliança.
A promessa era uma figura, assim como a circuncisão.
Quando o texto não lhe favorece você distorce e diz que é figurativa ? kkkkkkkkkkk
É a bíblia quem diz que o antigo testamento é uma figura que aponta para Cristo!
E foi esse Cristo que disse em Mateus 5:17-18, Jesus disse: “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas, não vim para revogar, vim para cumprir".
Pois é!
Se a lei não fosse toda cumprida, não haveria a possibilidade de ser modificada!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Eduardo em Qui 21 Out 2010, 11:49 pm

Khwey escreveu:Devemos ser filhos de Abraão em modo figurativo, que significa ter fé como Abraão teve fé!
Mas Paulo afirma que nós não anulamos a lei pela fé, antes estabelecemos a lei.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:54 pm

Eduardo escreveu:
Khwey escreveu:Devemos ser filhos de Abraão em modo figurativo, que significa ter fé como Abraão teve fé!
Mas Paulo afirma que nós não anulamos, a lei pela fé, antes estabelecemos a lei.
Sim! Está correto!

Sendo filhos de Abraão, estabelecemos a lei.

Ou seja, basta apenas ter fé em Cristo e no evangelho que a lei será estabelecida em nossas mentes, tal como foi dito por Jesus e discípulos:


Mas aquele Consolador, o Espírito Santo,
que o Pai enviará em meu nome, esse vos
ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar
de tudo quanto vos tenho dito
.(João 14:26)

E não ensinará cada um a seu próximo,
Nem cada um ao seu irmão, dizendo:
Conhece o Senhor;
Porque todos me conhecerão,
Desde o menor deles até ao maior.
(Heb 8:11)

Quando você puder entender isto talvez não vai fique mais enchendo o saco dos outros com este negócio de sábado e carne de porco!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Jeanbanak em Sex 22 Out 2010, 12:29 am

“Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com Ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.

Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” I João 1:5-9

“Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus: quando amamos a Deus e praticamos os seus mandamentos. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; ora, os seus mandamentos não são penosos.” I João 5:2, 3


Quem ama a Deus, e está em Cristo, anda na luz, como Ele está na luz, e por isto anda em harmonia com os mandamentos de Deus. Os mandamentos foram dados para o bem e a felicidade do homem. Como seria se nos sentíssemos mesmo desobrigados do sexto mandamento, por exemplo (não matarás)? Quem quisesse, mataria o próximo. E do quinto (honra a teu pai e a tua mãe...)? Os filhos fariam o que bem entendessem com o Pai e a mãe. Se foge até mesmo nosso defeituoso senso de justiça o fato de que possamos deixar as pessoas transgredirem livremente estes dois mandamentos sem prejudicar significativamente o bem estar da sociedade, não é simples verificarmos que não apenas estes, mas todos os outros foram dados para o nosso bem?

A vigência dos mandamentos mostram que Deus, por amor de nós mesmos, estabeleceu limites aos quais se o homem viver dentro deles, gozará de felicidade. E se eles são a garantia de felicidade e estabilidade do governo divino, não estarão em perfeita vigência também na vida futura? Poderia um assassino contumaz, professo crente em Jesus entrar no céu? Não mais que um professo crente transgressor do sábado. Se Me amais, guardareis os Meus mandamentos (João 14:15), disse Jesus; e não se estava Ele referindo a outros mandamentos que não os Dez Mandamentos de Seu Pai, pois Ele também disse: "Eu não falo por Mim mesmo, mas o Pai que me enviou Me tem prescrito o que dizer e o que anunciar" (João 12:49).

Deus deseja mudar nosso caráter – transformar-nos de transgressores contumazes da lei de Deus para súditos Seus, filhos obedientes, adotados em Sua família de santos. Para isso, convida-nos a “nascer de novo”, como Jesus disse: “quem não nascer de novo, não poder ver o reino de Deus”(João 3:3). Referindo-se ao novo nascimento, o apóstolo diz:

“O que faremos pois, permaneceremos no pecado para que a graça seja mais abuntante? De modo nenhum! Como viveremos para o pecado, nós os que para ele morremos? Rom. 6:1, 2. e mais a frente lemos: "porque o pecado NÃO TERÁ DOMÍNIO SOBRE VÓS, que não estais debaixo da lei, e sim, da graça" Rom. 6:14. E por que o pecado não terá mais domínio sobre vós? Por que não o cometem mais, porque pela graça de Jesus sois obedientes à lei, por isso a lei não vos condena mais. O evangelho é o poder de Deus para todo aquele que crê (Rom. 1:16), isto porque a “justiça de Deus se revela” na vida daquele que crê no evangelho (Rom. 1:17). e a justiça de Deus são os Seus mandamentos, segundo está escrito: “todos os Seus mandamentos são justiça” (Salmos 119:172).

Que a lei dos dez mandamentos continua hoje em vigência e continuará a estar pelos séculos dos séculos está claro na Palavra de Deus. Vimos que os Seus mandamentos “são justiça”, e está escrito: “a Tua justiça, é justiça eterna” (Sal. 119:142). E que ela será para sempre a garantia de estabilidade do governo de Deus e felicidade de Suas criaturas, também está declarado: “Justiça e direito são o fundamento do Teu trono” (Sal. 89:14).

Diz-se hoje que a lei dos Dez Mandamentos foi cravada na cruz, mas, contrapondo-se a tal afirmação, Deus aclara: “Porque EU, O SENHOR, NÃO MUDO; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos” Mal. 3:6. Pudesse a obediência perfeita à lei deixar de ser exigida por Deus, e todo Seu governo estaria comprometido, pois Ele mesmo diz que a lei é o próprio fundamento do Seu trono. E, pudesse seu governo ser mudado de forma a permitir que os transgressores de Sua lei pudessem ser admitidos em Seu reino, estaria aí uma desculpa suficiente para admitir o próprio diabo, o principal dos transgressores da lei, no céu. Seria então o céu, realmente um “céu”, ou seria um transferir a maldade e miséria que vemos hoje na terra, resultantes da transgressão da lei, no próprio céu, onde Deus habita? Isto não acontecerá, pois Deus claramente afirma:

“Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte.” Apoc. 21:8

“A cidade não precisa nem do sol, nem da lua, para lhe darem claridade, pois a glória de Deus a iluminou, e o Cordeiro é a sua lâmpada....NELA, NUNCA JAMAIS PENETRARÁ COISA ALGUMA CONTAMINADA, nem o que pratica abominação e mentira, mas somente os inscritos no Livro da Vida do Cordeiro.” Apoc. 21:23, 27

A maldição é a conseqüência da transgressão da lei de Deus, como está escrito: “Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, não as cumprindo.” Deut. 27:26. E Deus diz que na nova terra, não haverá maldição, o que demonstra que não haverão lá transgressores da lei:

“NUNCA MAIS HAVERÁ QUALQUER MALDIÇÃO. Nela, estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os Seus servos o servirão” Apoc. 22:3


Na Epístola aos Gálatas podemos ver fielmente o que está escrito nos primeiros versículos a respeito da influencia dos Judeus sobre a questão da circuncisão
Gal.1:6-8 " Estou chocado que estejais vos desviando tão depressa daquele que vos chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho, que na verddade não é o EVANGELHO. O QUE ACONTECE É QUE ALGUMAS PESSOAS VOS ESTÃO CONFUNDINDO, COM O OBJETIVO DE COMRROMPER O EVANGELHO DE CRISTO.
Contudo, ainda que nós ou mesmo um anjo dos céus VOS ANUNCIE EM EVANGELHO DIFERENTE DO QUE JÁ VOS PREGAMOS, SEJA CONSIDERADO MALDITO".
Podemos ver com clareza que Paulo afirma que não há outro evangelho e que tanto naquela época como hoje muitos se confundem e se corrompem por causa de doutrinas vãs. Mas paulo não nos deixa sem explicação vemos no capitulo 2 a seguinte explicação:

"Rumei para cá por causa de uma revelação, e apresentei diante deles o EVANGELHO que ensino ENTRE OS GENTIOS, fazendo-o no entanto, em particular aos que pareciam mais influentes, para que de algum modo não corresse ou não houvesse me esforçado inutilmente. Mas nem mesmo Tito que estava em minha companhia foi obriado a circuncidar-se (que é a OBRIGAÇÃO DE CUMPRIR 613 MANDAMENTOS DA LEI JUDAICA), muito embora fosse grego.
Essa questão foi sucitada devido ao fato de alguna irmãos JUDEUS TEREM SE INFILTRADO EM NOSS MEIO, COM O PROPÓSITO DE ESPIONAR A LIBERDADE (a não obrigação de 603 mandamentos da lei judaica) QUE TEMOS EM CRISTO JESUS E NOS REDUZIR A ESCRAVIDÃO. Gal 2:2-4
Estar subjugado á lei significa estar de obrigação com ela, é nessssário ver com o Espírito qual é o verdadeiro evangelho. A Graça proposta por Cristo na Cruz não nos isenta da Lei dos Mandamentos de Deus, pois se não como haveria Deus de Julgar os homens no Dia do Juizo?
Em isaías podemos ver perfeitamente o que nos reserva no novo céu e na nova terra.
"porque como os céus novos e a terra nova que hei de fazer estarão diante da minha facer, diz o SENHOR, assim há de estar a vossa posteridade e o vosso nome. E será que, desde uma festa da Lua Nova até a outra e desde um SABADO ATÉ AO OUTRO, VIRÁ TODA CARNE A ADORAR PERANTE MIM, DIZ O SENHOR". IS 66:22-23. aleluia!

Para que os homens possam ficar preparados e estarem em pé no dia do Juizo a mensagem de Apócalipse 14 ordena temer a Deus e dar-lhe glória( e adorar aquele que fez o céu e a terra, e o mar, e as fontes das aguas). o resultado da aceitação desta mensagem é dada nas palavras: " Aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé de Jesus" Apoc. 14:12. Com o objetivo de se prepararem para o juizo, é nescessario que os homens guardem a Lei de Deus. Essa Lei será o Padrão de Carater no juizo. Decalra o apostolo Paulo:" Todos os que sobre a lei pecaram pela Lei sarão julgados... no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens por Jesus Cristo". E diz mais:" os que praticam a Lei hão de ser justificados" (Rom 2:12-16). A fé é essencial afim de se prestar obediencia a Lei de Deus, pois " Sem fé é impossivel agradar-lhe" "e tudo o que não é da fé é pecado" ( Heb 11:6; Rom 14:23) e ainda diz o sábio: " Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem " (Ecl. 12:13) Sem a obendiencia aos seus mandamentos nenhum culto pode ser aprezivel a Deus. " Este é o amor de Deus: Que guardemos os Seus mandamentos" " O que desvia os seus ouvidos de ouvir a Lei, até sua oração será abominável" ( 1 João 5:3 ; Prov 28:9) O dever de adorar a Deus está baseado no fato de que Ele é o Criador, e que a Ele todos os outros seres devem sua existencia.
A importancia do sábado como memorial da criação é que Ele mantem sempre presente a verdadeirta razão de se prestar culto a Deus, pois Ele é o criador e nós as Suas criaturas.

Em apocalipse 14 os homens são convocados a adorar o Criador e destacam uma classe que estão guardando os mandamentos de Deus. Considerando que aqueles que guardam os mandamentos de Deus são assim colocados em contraste com os que adoram a besta e sua imagem e recebem o seu sinal conclui-se que a observancia da lei de Deus, por um lado, e sua violação por outro, deverão distinguir entre os adoradores de Deus e os veneradores da besta.
A caracteristica especial da besta e, por tanto, de sua imagem, é a trangessão dos mandamentos de Deus. Acerca do pequeno chifre, o Papado, diz o profeta daniel: " Cuidará em mudar os tempos e a LEi" ( Dan 7:25). E Paulo qualificou esse mesmo poder como " O homem do pecado ", que pretendia exaltar-se acima de Deus. Uma profecia é o complemtento da outra. Unicamente com a alteração da Lei de Deus poderia o papado exaltar-se acima do SENHOR. Quem quer que compreensivamente observe uma Lei assim alterada estará prestando suprema honra aquele poder pela qual a mudança foi efetuada. Tal ato de obediencia as leis papais seriam um sinal de fidelidade ao Papa ao inves de fidelidade á Deus.



E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12
www.averdadebiblica.com

Jeanbanak
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 978
Idade : 28
Localização : são josé dos pinhais
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

http://www.averdadebiblica.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Jeanbanak em Sex 22 Out 2010, 12:44 am

VOCÊ JÁ FEZ SUA ESCOLHA?

Hoje, não são poucas as denominações religiosas que buscam decifrar qual é a “marca da besta”, de Apocalipse 13 e 14. Entre as interpretações que elas dão para a ela estão o “código de barras”, já praticamente impresso em tudo o que se compra ou vende, o chip de implante, o “www da internet, a televisão ou ainda ao próprio sistema eletrônico de um modo geral, pelo “gigante computador” de Bruxelas. Em meio a tantas possíveis interpretações, faria bem ao cristão verdadeiro verificar o que a Bíblia apresenta sobre esta questão. As Escrituras Sagradas mostram que aqueles que não seguem verdadeiramente a Cristo adorarão a “besta”, e receberão a “marca da besta”:
“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um SINAL na sua mão direita, ou na sua testa, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta ou o número do seu nome.” Apocalipse 13:16 a 18.
De acordo com o texto bíblico acima, a “marca da besta” é um SINAL que é posto nos que adoram a “besta”. Os que adorarão a besta são aqueles que não estarão com seus nomes escritos no Livro da Vida de Jesus, o Cordeiro de Deus:


“E adora-la-ão todos os que habitam sobre a terra, aqueles cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” Apocalipse 13:8
A Bíblia declara que é o SINAL que identifica o povo de Deus:
“Tu pois, falas aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis os meus sábados; porquanto isso É UM SINAL entre mim e vós, nas vossas gerações; para que saibais que Eu sou o Senhor, que vos santifica.” Êxodo 31:13
Aqueles que não tiverem o SINAL de Deus, ou seja, não guardarem o Sábado, terão o SINAL ou a “marca da besta” marcado em sua mão ou sua fronte. Se o SINAL ou marca de Deus é a guarda do Sábado, a “marca da besta” deve ser a guarda ou observância de um dia que não seja o sábado santificado por Deus. Que dia seria este? A história nos dá a resposta:


“Que todos os juízes, e todos os habitantes da cidade, e todos os mercadores e artífices descansem no venerável dia do sol. (Constantino – ano 321).
O domingo é o dia do sol. É por isso que em inglês o dia de domingo significa “dia do sol”:
Domingo = Sunday / day = dia / Sun = sol / Sunday = dia do sol
Durante os últimos anos, percebemos uma crescente exaltação do domingo como dia descanso, por parte dos religiosos, sindicatos e outras organizações. Alguns acontecimentos no mínimo curiosos nos mostram a concluir isto. Um dos mais marcantes, deu-se no ano de 2001, quando logo após tomar posse, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, decretou o domingo como dia Universal de Oração e Ação de Graças. Chama a atenção também a “religiosidade” demonstrada por este presidente, pelas suas freqüentes declarações de cunho religioso e pedidos públicos de oração, que em muito superam às de seus antecessores. Em uma de suas declarações, o presidente declarou um domingo como sendo o dia de santidade da vida humana, devendo portanto serem feitas orações e petições neste dia. Ao analisarmos as estas declarações do presidente americano à luz da Bíblia, percebemos notável contraste entre suas exortações quanto à exaltação do domingo e as claras verdades apresentadas na Palavra de Deus sobre o verdadeiro dia separado para um fim sagrado – o Sábado. Acompanhe estes textos abaixo:


1 – O Sábado foi instituído já na criação do homem como dia santo:
“Assim, pois, foram acabados os céus e a terra e todo o seu exército. E havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda sua obra que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda obra que, como Criador, fizera.” Gênesis 2:1-3

2 – O sétimo dia da semana é o Sábado e não o domingo. Deus confirmou o sábado como dia sagrado quando deu as tábuas contendo os 10 mandamentos, para Moisés:
“Lembra-te do dia de sábado para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem teu servo, em tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque, em seis dias, fez o Senhor o céu, e a terra, o mar, e tudo que neles há, e aos sétimo dia, descansou; por isso abençoou o dia de sábado e o santificou.” Êxodo 20:8-11

3 – Jesus não aboliu a observância do Sábado como dia sagrado. Pelo contrário, Ele a confirmou:
“Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar a lei, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra.” Mateus 5: 17-18

4 – Mesmo após a morte de Jesus, seguindo o Seu exemplo, os cristãos continuaram guardando o sábado.:
“Era dia da preparação, e começava o sábado. As mulheres que tinham vindo da Galiléia com Jesus, seguindo, viram o tumulto e como o corpo fora ali depositado. E voltando elas, prepararam especiarias e ungüentos, e no sábado repousaram, conforme o mandamento.” Lucas 23: 54-56
Esta passagem nos esclarece que, mesmo tendo Jesus morrido, os cristãos não desrespeitaram o sábado, esperando com que o sétimo dia se findasse; e na seqüência do texto somente no primeiro dia, o domingo, foram até o túmulo de Jesus para embalsamá-lo.

5 – Se você quer ser um servo fiel de Jesus, se ajoelhe, ore e peça que Ele te dê forças para guardar todos os mandamentos de Deus, porque está escrito:
“Aqui está a perseverança dos santos, aqueles que guardam os mandamentos de Deus, e a fé de Jesus.” Apocalipse 14:12

6 – Os que guardarem o domingo receberão a “marca da besta”. Em breve, por influência da Igreja Católica Romana, decretarão o domingo como dia oficial de guarda, estabelecendo, assim, a “marca da besta”:
“Vi ainda uma besta emergir da terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão. Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada.” Apocalipse13:11-12
No mundo, não podemos servir a dois senhores. Ou somos de Deus, ou somos cativos do inimigo – Satanás. Receber a “marca da besta” significa ser cativo do inimigo.
Ajoelhe-se perante Deus, ore a Ele pedindo sabedoria e estude a Sua Palavra todos os dias. Agindo assim, você não será enganado e estará trilhando o caminho da salvação
torah leitura...


E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12
www.averdadebiblica.com

Jeanbanak
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 978
Idade : 28
Localização : são josé dos pinhais
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

http://www.averdadebiblica.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Jeanbanak em Sex 22 Out 2010, 12:59 am

A PROVA QUE OS CETICOS DO SABADO QUIERIAM!!!!!

Não se squeça é uma passagem para o tempo do fim, consequentemente para o nosso tempo.

"Assim diz o senhor. Mantende o juizo, e fazei, justiça, porque minha salvação esta prestes a vir, e a minha justiça a manifestar-se Bem aventuradoo home que fizer isto, eo filho do homem que lançar mao disto: que se guarda de profanar o sábado, e guarda a sua mao de perpetrar mal algum" Aos filhos dos estrangeiros que se chegarem ao senhor, para o servirem, e para amarem o nome do Senhor, sendo deste modo seus servos, todos os que guardarem o sábado, não o profanando, e os que abraçarem o meu concerto, também os levarei ao Meu santo monte, e os festejarei na minha casa de oração." ( Isa. 56:1,2,6,7).
Essas palavras se apolicam à dispensação cristã, conmforma mostrado pelo contexto. " Assim diz o Senhor Jeová, que ajunta os dispersos de Israel: Ainda ajuntarei OUTROS QUE JA SE LHE AJUNTARAM" (Isa. 56:8).

Aqui eta PRENUNCIADA a reunião dos gentios promovida pelo evangelho. E uma benção é pronunciada sobre aqueles que honram o sábado. Assim, a obrigação do quarto mandamento se estenderia além da crucifixão, ressurreição e assenção de Cristo, até ao tempo em que Seus servos Deveriam pregar a todas as nações a mensagem das alegres novas.



E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. Apocalipse 22:12
www.averdadebiblica.com

Jeanbanak
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 978
Idade : 28
Localização : são josé dos pinhais
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

http://www.averdadebiblica.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Khwey em Sex 22 Out 2010, 1:14 am

Este montão de letras não tem nada a ver com a questão deste tópico. Eu creio que pelo entendimento das regras isto pode ser até apagado.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte VI

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:29 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 40 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 23 ... 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum