.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
46 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 46 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Página 2 de 40 Anterior  1, 2, 3 ... 21 ... 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Khwey em Qua 09 Mar 2011, 11:51 am

Então para que pregá-las?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 11:53 am

Por que faz parte das boas obras do Espirito.
Cristo disse: "Se me amais guardais meus mandamentos".


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Khwey em Qua 09 Mar 2011, 11:55 am

Eduardo escreveu:Por que faz parte das boas obras do Espirito.
Cristo disse: "Se me amais guardais meus mandamentos".
O mandamento dele é obra. Então guardar para que se não importa para a salvação?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David_JP em Qua 09 Mar 2011, 12:14 pm

Eduardo escreveu:Por que faz parte das boas obras do Espirito.
Cristo disse: "Se me amais guardais meus mandamentos".

Olá Eduardo, PAz do Senhro Jesus...


O mandamento de Jesus, as ordenanças dadas aos discípulos hoje, é de IR por todo mundo proclamando que há JEITO PARA A MORTE! Essa é a BOA NOVA que devemos pregar e não cansar de falar por onde andarmos! É este o mandamento! Não temos julgo, nem fardo em nossas costas!

Para nós, discípulos de Jesus Cristo, não há o mandamento para se guardar um dia em específico, hoje, pois todos os dias é dia do Senhor. Todos os dias é dia de proclamar, é dia de dizermos que a vida eterna não é uma ficção não é uma utopia, mas uma REALIDADE!

O problema da amigo, é que talvez entende o dia do Senhor como os judeus entendem. Imagina que não deve trabalhar, e talvez só respirar, se for bem devagar, pois talvez se respirar rapidamente poderá está demonstrando que está trabalhando, e assim, estará pecando.

Para o discípulo de Jesus, todos os dias é dia de LEvar a Boa Nova aqueles que não conhecem. E para isso ele pode estar viajando, para alcançar aqueles que estão distante,pode estar em sua igreja, pode estar em seu bairro, ou mesmo em seu trabalho diário, proclamando a Verdade que salva e dá por herança a VIDA ETERNA! Em Cristo temos liberdade, pois a lei foi "PREGADA NA CRUZ". É por isso que Paulo foi tão cristalino, quando disse:

Rom 14:5-6,8
Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor.


Talvez algum sabatista até considere Paulo HEREGE, mas o fato é que ele diz, em outras palavras, que o amigo, que FAZ DIFERENÇA ENTRE DIA E DIA, e eu que julgo IGUAIS TODOS OS DIAS, igualmente AGRADAMOS a Deus! Pois para Deus, voce faz diferença entre os dias, julgando um mais importante, e eu, em Cristo, julgo todos iguais, e sei que tenho liberdade em Jesus para isso!

Assim, quer guardar o sábado para o Senhor? Guarde, o Senhor recebe como AGRADÁVEL. Mas não AFIRME que quem não faz o mesmo que voce DESAGRADA a Ele! Pois o discípulo de Jesus Cristo tem LIBERDADE para, se quiser, escolher qualquer dia da semana para louvar ao Senhor, ou para JULGAR que todos os dias são IGUAIS! É exatamente isso que o apóstolo fala abaixo:

Col 2:16 - Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,

Em Cristo temos liberdade, e a ordenança é de que PROCLAMEMOS que Ele veio ao mundo, e que todos precisam aceitá-lO como Único e suficiente Salvador de suas vidas, para terem vida eterna!

Que o Senhor nos Abençoe


David


Última edição por David_JP em Qua 09 Mar 2011, 12:21 pm, editado 1 vez(es)


"Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo." Salmo 9:2

David_JP
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 381
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 12:18 pm

David_JP escreveu:Para nós, discípulos de Jesus Cristo, não há o mandamento para se guardar um dia em específico, hoje, pois todos os dias é dia do Senhor. Todos os dias é dia de proclamar, é dia de dizermos que a vida eterna não é uma ficção não é uma utopia, mas uma REALIDADE!
Esse não é o assunto do tópico. Por favor, respeite as regras do fórum. Se quiser debater sobre esse tema use o tópico "O sábado foi feito desde o Éden por causa do homem". O assunto aqui é minha declaração de Fé: "Na vida de Cristo, de perfeita obediência à vontade de Deus, e em Seu sofrimento, morte e ressurreição, Deus proveu o único meio de expiação do pecado humano, de modo que os que aceitam esta expiação pela fé possam ter vida eterna, e toda a criação compreenda melhor o infinito e santo amor do Criador. Esta expiação perfeita vindica a justiça da lei de Deus e a benignidade de Seu caráter; pois ela não somente condena o nosso pecado, mas também garante o nosso perdão. A morte de Cristo é substituinte e expiatória, reconciliadora e transformadora. A ressurreição de Cristo proclama a vitória de Deus sobre as forças do mal, e assegura a vitória final sobre o pecado e a morte para os que aceitam a expiação. Ela proclama a soberania de Jesus Cristo, diante do qual se dobrará todo joelho, no Céu e na Terra."

Razões Bíblicas|S. João 3:16; Isa. 53; II Cor. 5:14, 15 e 19-21; Rom. 1:4; 3:25; 4:25; 8:3 e 4; Filip. 2:6-11; I S. João 2:2; 4:10; Col. 2:15


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David_JP em Qua 09 Mar 2011, 12:25 pm

Eduardo escreveu: Esse não é o assunto do tópico. Por favor, respeite as regras do fórum. Se quiser debater sobre esse tema use o tópico "O sábado foi feito desde o Éden por causa do homem".

Olá Eduardo...


O irmão afirma que a salvação é PELA FÉ. Mas afirma que existe uma "boa obra" obrigatória, que é a GUARDA DO SÁBADO. AO meu ver, faz parte do tópico sim. Afinal, se atribui uma OBRIGAÇÂO que deve supostamente existir, juntamente com a fé, para que o homem se salve!

Mas eu te faço uma pequena pergunta: Apesar de o irmão ter afirmado que crê que a salvação é pela fé, pode o homem SALVAR-SE sem GUARDAR o sábado? Se não pode, então a salvação que o irmão crê, é na verdade, pelas OBRAS!


Em Cristo


David


"Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo." Salmo 9:2

David_JP
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 381
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 12:32 pm

David_JP escreveu:O irmão afirma que a salvação é PELA FÉ. Mas afirma que existe uma "boa obra" obrigatória, que é a GUARDA DO SÁBADO. AO meu ver, faz parte do tópico sim. Afinal, se atribui uma OBRIGAÇÂO que deve supostamente existir, juntamente com a fé, para que o homem se salve!
Você não entendeu, vou repetir com letras maiores para você enxergar melhor.

NENHUMA OBRA PRÓPRIA AJUDA O HOMEM NO PROCESSO DE SALVAÇÃO.

Quer que eu aumente a letra ?


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Khwey em Qua 09 Mar 2011, 12:48 pm

Eu entendi perfeitamente.

Por isto eu pergunto afim de esclarecer o que eu não entendi:

Por que pregar para que as pessoas façam obras, uma vez que quem está pregando entende que isto não ajuda na salvação de ninguém?


hummm

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 12:54 pm

O crente deve possuir os frutos do Espirito Santo.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Khwey em Qua 09 Mar 2011, 1:13 pm

Eduardo escreveu:O crente deve possuir os frutos do Espirito Santo.
E estes frutos equivalem-se a pregação de obras?

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David_JP em Qua 09 Mar 2011, 1:25 pm

Graça e Paz...



O Khwey e o Eduardo se amam... Estão sempre em confrontos pelos vários tópicos do forum... ':risadinha:'


Eduardo, o irmão está querendo estabelecer uma relação entre a GUARDA DOS SÁBADO e os frutos do Espírito? A guarda do sábado seria um "fruto do Espírito Santo", para o irmão?


EM Cristo


David


"Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo." Salmo 9:2

David_JP
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 381
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David de Oliveira em Qua 09 Mar 2011, 3:02 pm

David_JP escreveu:Graça e Paz...



O Khwey e o Eduardo se amam... Estão sempre em confrontos pelos vários tópicos do forum... ':risadinha:'


Eduardo, o irmão está querendo estabelecer uma relação entre a GUARDA DOS SÁBADO e os frutos do Espírito? A guarda do sábado seria um "fruto do Espírito Santo", para o irmão?


EM Cristo


David

gálatas 5:22,23:

22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23 Contra estas coisas não há lei.









 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 9:50 pm

22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23 Contra estas coisas não há lei. gálatas 5:22,23:
Claro, quem vive assim já está em paz com a Lei, essas obras são idênticas as da Lei Espiritual e Moral de Deus.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David de Oliveira em Qua 09 Mar 2011, 10:10 pm

Eduardo escreveu:
22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23 Contra estas coisas não há lei. gálatas 5:22,23:
Claro, quem vive assim já está em paz com a Lei, essas obras são idênticas as da Lei Espiritual e Moral de Deus.

Não!!! Quem vive pela Lei de Moisés, tem de cumpri-las toda senão se torna um maldito e não tem o Espírito!!!
Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. Gálatas 3:10
Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. Tiago 2:10


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8361
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qua 09 Mar 2011, 10:12 pm

O tema deste tópico não é Lei.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por David_JP em Qua 09 Mar 2011, 10:25 pm

Olá Eduardo... Paz do Senhor Jesus


É verdade, o tema do tópico não é a lei, mas se o amado afirma que a salvação é através da fé, mas declara que existe um conjunto de OBRAS que o individuo precisa cumprir, para ser salvo, este conjunto de obras precisa ser avaliado, afinal estamos num forum de discussão!

Como sabatista, o amado imagina haver uma diferenciação entre "lei de Deus" e "lei de Moisés". Mas, escrituristicamente, não encontramos essa divisão. Veja essas passagens:

Marcos 7:10
Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe;


Ora, nós sabemos através de Êxodo 20:12 que “honra teu pai e tua mãe” se trata do quinto mandamento do decálogo, no entanto a passagem de Marcos, acima, nos informa que “Moisés disse”, atribuindo assim o "honra a teu pai e tua mãe" a “lei de Moisés”.

Também em João, vemos o Próprio JEsus dizendo:

João 7:19
Não vos deu Moisés a lei? No entanto nenhum de vós a cumpre. Por que procurais matar-me?


Onde a Lei proíbe o homicídio? Em Êxodo 20:13, dentro dos dez mandamentos. Perceba que o decálogo é chamado por Jesus de Lei de Moisés.

Eduardo, a divisão da lei em "cerimonial", ou lei de Moisés, e "moral", ou lei de Deus, é algo que os adventistas fazem sem qualquer base bíblica. Ao ler as Escrituras não percebemos essa diferença! Além das passagens acima, verificamos ainda:

Nemias 8:1
E chegado o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da porta das águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o Livro da Lei de Moisés ...


Observe a expressão, do texto acima, “o livro da Lei de Moisés”. Este mesmo livro, denominado de “Lei de Moisés” é, a seguir chamado assim, na continuação deste mesmo capítulo:

Nemias 8:8; 8:14
E leram na Lei de Deus ; e declarando e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse” ; “E acharam escrito na Lei que o Senhor ordenará, pelo ministério de Moisés,


PErceba que não há diferenciação entre "lei de Deus" e "lei de Moisés". Inclusive Josué, também escreveu no "livro da lei de Deus":

Josué 24:26
E Josué escreveu estas palavras no livro da lei de Deus


Se a “lei de Moisés” é diferente da “lei de Deus”, então a “lei de Moisés” é mais importante que a “Lei de Deus”, visto que na hora de sua morte David sequer lembrou da “lei de Deus” mas recomendou a seu filho Salomão que observasse a “Lei de Moises”. VEja no texto abaixo:

1 Reis 2:3
3. Guarda as ordenanças do Senhor teu Deus, andando nos seus caminhos, e observando os seus estatutos, os seus mandamentos, os seus preceitos e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés, para que prosperes em tudo quanto fizeres e por onde quer que fores,


A salvação do homem, não é por obras, não é pela lei. Antes de aceitar a Cristo, o homem está na posição de destituído de comunhão com Deus. Nada que faça, sozinho, o fará agradável diante do Criador, pois não é por obras, seja ela qual for, mesmo OBRAS DA LEI. O homem não tem nada, que possa dar em troca a Deus, por sua salvação! Só aceitando verdadeiramente a Jesus Cristo, o homem se torna agradável diante de Deus, e tem reatada a comunhão outrora perdida. Ao aceitar, o homem tem mudada a sua herança, que antes era de "segunda morte". Em Cristo, ele torna-se herdeiro da vida eterna. E essa salvação não vem por obras, não é por algo que façamos, mas aquele que nasce de novo, produz frutos que demonstram sua verdadeira conversão. Não é por guardar o sábado, ou não guardá-lo, que alguém é salvo ou deixa de ser. Principalmente porque a missão do discípulo de Jesus Cristo é levar a Boa Nova a todo aquele que ainda não O conhece e vive na cegueira, caminhando direto para o abismo!

Não sei se o amigo vive uma vida de se POLICIAR, procurando fazer obras, como GUARDAR O SABADO, para assim, MERECER ser salvo. Talvez acredite, de verdade, que ao guardá-lo, estará merecendo mais a salvação, do que aquele outro que louva ao Senhor na segunda feira, ou que NÃO "GUARDA" nenhum dia, pois que ele faz a proclamação todos os dias, e para ele todos os dias são iguais...

Mas aí eu deixo uma pergunta: Se a questão é o dia, o que faz o amigo ter certeza de que este sábado que temos, no nosso calendário cristão, era o mesmo sábado da época de Moisés? LEmbrando que o calendário usado por Israel, na época mosaica, era um calendário que se orientava pela lua, era o calendário lunar. Ora, se é pecado não guardar o sábado, o amigo precisa fazer uma pesquisa séria, para ter a certeza de que este nosso sábado, é aquele mesmo, sugerido na lei mosaica. Pode ser que o nosso sábado, de hoje, do calendário cristão, seja na verdade, a terça, ou quem sabe, por ironia do destino, o DOMINGO, no calendário utilizado na época mosaica. Assim, é bom fazer uma pesquisa, pois o nosso sábado, o sábado do calendário cristão pode não ser aquele, do Antigo Testamento!

Em Cristo não temos FARDO, somos livres, e isso é motivo de alegria!

QUe o Senhor nos Abençoe


David

PS. Uma curiosidade que gostaria de saber do amado: COmes carne, ou és VEGETARIANO? Faço a pergunta porque conversando, certa vez com um sabatista, ele era CONVENCIDO de que comer carne seria PECADO, e quis me convencer dessa crença!


"Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo." Salmo 9:2

David_JP
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 381
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/12/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Qui 10 Mar 2011, 7:16 am

David_JP escreveu:É verdade, o tema do tópico não é a lei, mas se o amado afirma que a salvação é através da fé, mas declara que existe um conjunto de OBRAS que o individuo precisa cumprir, para ser salvo...
Novamente, eu nunca afirmei isso.
Vou repetir com letras maiores para você enxergar melhor.

NENHUMA OBRA PRÓPRIA AJUDA O HOMEM NO PROCESSO DE SALVAÇÃO.

Quer que eu aumente a letra ?
O que você pretende com essas mentiras ?

Por favor, respeite as regras do fórum. Se quiser debater sobre esse tema use o tópico "O sábado foi feito desde o Éden por causa do homem". O assunto aqui é minha declaração de Fé: "Na vida de Cristo, de perfeita obediência à vontade de Deus, e em Seu sofrimento, morte e ressurreição, Deus proveu o único meio de expiação do pecado humano, de modo que os que aceitam esta expiação pela fé possam ter vida eterna, e toda a criação compreenda melhor o infinito e santo amor do Criador. Esta expiação perfeita vindica a justiça da lei de Deus e a benignidade de Seu caráter; pois ela não somente condena o nosso pecado, mas também garante o nosso perdão. A morte de Cristo é substituinte e expiatória, reconciliadora e transformadora. A ressurreição de Cristo proclama a vitória de Deus sobre as forças do mal, e assegura a vitória final sobre o pecado e a morte para os que aceitam a expiação. Ela proclama a soberania de Jesus Cristo, diante do qual se dobrará todo joelho, no Céu e na Terra."

Razões Bíblicas|S. João 3:16; Isa. 53; II Cor. 5:14, 15 e 19-21; Rom. 1:4; 3:25; 4:25; 8:3 e 4; Filip. 2:6-11; I S. João 2:2; 4:10; Col. 2:15


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por silvamelo em Ter 29 Mar 2011, 1:48 pm

Eduardo escreveu:
silvamelo escreveu:E não adianta desligar a luz e a água no relógio. Se mora num condomínio, tem porteiros, faxineiros, seguranças, todos trabalhando para eles no dia de sábado. Lembrando ainda que, se um dos tais mora lá no 12º andar, tem de subir a escada, para não usufruir dos serviços do plantonista da Atlas Schindler, e por aí vai...
Ninguém os está obrigando a trabalhar no sábado, devemos respeitar a escolha de cada um. Deus é quem julgará cada um de nós e não você.
Exatamente!!! Eu não julgo nada disso. Nunca foi minha pretenção! O contrário de você, com essa resposta:
carlosect escreveu:É bem simples, pergunte a IASD o que acontece com uma pessoa que prega a palavra de segunda a sexta e no sábado trabalha o dia todo no escritório, em lanchonete ou qualquer outro lugar...

Pergunte se esta pessoa vai para o céu.
Eduardo escreveu:É simples meu caro, eu mesmo posso responder. Quem não segue a vontade de Deus nunca se converteu, nunca se entregou a Deus verdadeiramente. Como diz a Palavra de Deus: "Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade." (I João 2:4) e "Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama." [João 14]
Como você crê que os "mandamentos" citados no NT que temos de observar hoje incluem observar o sábado, você está dizendo com todas as letras que quem não observa o sábado vai para o inferno! Só que você se esquece que, se fosse assim, você iria junto também, pois é óbvio que você não se abstém dos serviços prestados na cidade grande no dia de sábado.


Última edição por silvamelo em Ter 29 Mar 2011, 2:14 pm, editado 1 vez(es)

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por carlosect em Ter 29 Mar 2011, 2:10 pm

cansei de escrever isto mas vou mostrar só mais 1 vez porque quando eu escrevo parece que eles não leem.

gálatas 3
11 É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé;
12 ora, a lei não é da fé, mas: O que fizer estas coisas, por elas viverá.
13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

só mais uma vez::

evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,evidente, evidente, evidente,

a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,a lei não é da fé,

Eles dizem que a bíblia está enganada porque a lei é da fé conforme a doutrina deles... afinal, se para ser salvo precisamos guardar rigorosamente o sábado então porque motivo a lei não estaria incluído!!!! sendo assim, a lei seria da fé também.


carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por carlosect em Ter 29 Mar 2011, 2:28 pm

A própria Graça estabelece a Lei (Rm 3:31).

exatamente, pela lei da fé ou da graça da Deus!


27 Onde está logo a jactância? Foi excluída. Por que lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé.
28 concluímos pois que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.

Alguém duvida aqui que e lei da fé é o que Jesus estabeleceu??? que esta lei é diferente da lei das obras?

carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por A. Guimarães em Ter 29 Mar 2011, 5:29 pm

Uma pergunta: se o mandamento do sábado tornou-se "voluntário", "opcional", mera "sugestão" ('se quiser guardar o sábado [ou mesmo o domingo] como estipulado na Bíblia, fique à vontade, respeitamos sua escolha'), por que o mesmo NÃO se aplicaria ao preceito contra culto às imagens de escultura? Os evangélicos não pegam tanto no pé dos católicos por tal prática?

Ora, um católico poderia dizer, com a mesma força: "Amigo evangélico, se não quiser cultuar imagens, tudo bem, não é obrigado a fazê-lo. Mas não fique nessa 'marcação' contra nós por termos tal prática".

Aliás, para embaraço dos que tanto condenam os católicos por tal prática, enquanto alegam que o sábado não é do Novo Testamento, saibam que no Novo Testamento não existe NENHUMA REGRA contra o que os católicos praticam.

Pois é, no NT não há NADA em absoluto que condene o mero confeccionar imagens de esculturas, por exemplo. Outro dia, desembarquei no aeroporto de Confins, da Grande Belo Horizonte, MG, e havia num hall ali uma exposição de santeiros mineiros--artistas de Minas Gerais que confeccionam imagens de santos. Pensei comigo--Está aí um ponto interessante: um evangélico até poderia praticar tal arte porque NÃO EXISTE no Novo Testamento nada que indique o "não farás para ti imagens de escultura". Ou seja, desde que seja de personagens bíblicos, santos da Igreja (não reproduções da Divindade).

Então, tecnicamente o evangélico não pode condenar o católico por seu culto a imagens de santos da Igreja SÓ pelo Novo Testamento. Todas as passagens usadas do NT para condenar tal prática falam só em ÍDOLOS, e sempre contextualmente trata de reproduções de divindades pagãs, nunca de imagens ou estátuas de personagens bíblicos.

Sabe-se que o culto a imagens de santos começou após a Era Apostólica, assim que os Apóstolos jamais se preocuparam em fazer recomendações sobre isso aos crentes da época. Não era um costume então.

Como sabemos ser errado o culto a imagens, seja de divindades ou de santos da Igreja? Pelo referencial do 2o. mandamento da Lei Moral de Deus--os 10 Mandamentos.

Mas aí os evangélicos, com a Lavagem Cerebral do neo-antinomismo dispensacionalista desde fins do séc. XIX e início do XX que se abateu sobre a cristandade protestante, aprendeu que a lei foi "abolida". Então, não há saída. Se foi abolida (inclusive incrivelmente citam Efé. 2:15 para "provar" que a "lei dos mandamentos" seria a dos 10 Mandamentos. . .) o católico está livre para confeccionar imagens e utilizá-las em atos de culto.

E então, como ficamos?!

A. Guimarães
¹
¹

Número de Mensagens : 166
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por A. Guimarães em Ter 29 Mar 2011, 5:41 pm

Aliás, como eu disse no quadro anterior, transformaram um "mandamento" em "sugestão". Se há um preceito que se pode buscar cumprir ou não, já não é preceito. É sugestão. . . Ora, apenas confiram em qualquer dicionário o sentido de "mandamento"---> ordem, regra, estipulação, lei, mandado. Nada de "sugestão" ou "prática opcional".

Mas as Igrejas-mãe da cristandade protestante todas (aquelas das quais todas as demais derivaram), inclusive mais recentemente a Ig. Assembleia de Deus, ensinam oficialmente que os 10 Mandamentos SÃO a Lei Moral de Deus, no que se diferencia das leis Cerimonial e Civil, estas duas últimas não mais aplicáveis à Igreja.

Isso é o que consta HÁ SÉCULOS dos documentos confessionais de luteranos, batistas, presbiterianos, congregacionais, anglicanos, metodistas. Nenhum de tais documentos--como a Confissão de Fé de Westminster, as Confissões de Fé e Catecismo Batistas, o Catecismo Menor de Lutero, os 39 Artigos de Religião da Igreja da Inglaterra, a Confissão Helvética, além de ser o ensino de comentaristas bíblicos clássicos de diferentes denominações, como Albert Barnes (presbiteriano), Adam Clarke (metodista), Jamieson, Fausset e Brown (batistas)--foi desqualificado, desautorizado, descartado, se não sabiam.

Todos esses documentos e autores falam em DEZ Mandamentos, e não NOVE. Contudo, nossos amigos aqui querem transformar a lei divina numa espécie de "Regra dos NOVE Mandamentos e UMA Sugestão".

Isso, porém, não está em harmonia, a) com o que a Bíblia ensina; b) com o que documentos e comentários bíblicos e livros instrucionais das Igrejas-mãe da cristandade protestante sempre ensinaram.

Mais modernamente a Ig. Assembleia de Deus veio a público com obras onde isso é confirmado. Vejam este trecho da sua Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal, obra da CPAD:

As leis foram designadas para guiar todas as pessoas a um estilo de vida saudável, justo e voltado para Deus. Seu propósito é apontar o pecado e mostrar a maneira correta de lidar com ele. Os dez mandamentos se aplicam hoje assim como se aplicavam há três mil anos, pois proclamam um estilo de vida estabelecido por Deus. São a perfeita expressão da pessoa de Deus e como ele deseja como o povo viva. -- Op. Cit., pág. 237 (sublinhado meu).

A. Guimarães
¹
¹

Número de Mensagens : 166
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Eduardo em Ter 29 Mar 2011, 7:17 pm

carlosect escreveu:A própria Graça estabelece a Lei (Rm 3:31).

exatamente, pela lei da fé ou da graça da Deus!
No verso 31 ele se refere a Torá.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por carlosect em Ter 29 Mar 2011, 7:29 pm

A. Guimarães escreveu:Aliás, como eu disse no quadro anterior, transformaram um "mandamento" em "sugestão". Se há um preceito que se pode buscar cumprir ou não, já não é preceito. É sugestão. . . Ora, apenas confiram em qualquer dicionário o sentido de "mandamento"---> ordem, regra, estipulação, lei, mandado. Nada de "sugestão" ou "prática opcional".

Mas as Igrejas-mãe da cristandade protestante todas (aquelas das quais todas as demais derivaram), inclusive mais recentemente a Ig. Assembleia de Deus, ensinam oficialmente que os 10 Mandamentos SÃO a Lei Moral de Deus, no que se diferencia das leis Cerimonial e Civil, estas duas últimas não mais aplicáveis à Igreja.

Isso é o que consta HÁ SÉCULOS dos documentos confessionais de luteranos, batistas, presbiterianos, congregacionais, anglicanos, metodistas. Nenhum de tais documentos--como a Confissão de Fé de Westminster, as Confissões de Fé e Catecismo Batistas, o Catecismo Menor de Lutero, os 39 Artigos de Religião da Igreja da Inglaterra, a Confissão Helvética, além de ser o ensino de comentaristas bíblicos clássicos de diferentes denominações, como Albert Barnes (presbiteriano), Adam Clarke (metodista), Jamieson, Fausset e Brown (batistas)--foi desqualificado, desautorizado, descartado, se não sabiam.

Todos esses documentos e autores falam em DEZ Mandamentos, e não NOVE. Contudo, nossos amigos aqui querem transformar a lei divina numa espécie de "Regra dos NOVE Mandamentos e UMA Sugestão".

Isso, porém, não está em harmonia, a) com o que a Bíblia ensina; b) com o que documentos e comentários bíblicos e livros instrucionais das Igrejas-mãe da cristandade protestante sempre ensinaram.

Mais modernamente a Ig. Assembleia de Deus veio a público com obras onde isso é confirmado. Vejam este trecho da sua Bíblia de Estudo e Aplicação Pessoal, obra da CPAD:

As leis foram designadas para guiar todas as pessoas a um estilo de vida saudável, justo e voltado para Deus. Seu propósito é apontar o pecado e mostrar a maneira correta de lidar com ele. Os dez mandamentos se aplicam hoje assim como se aplicavam há três mil anos, pois proclamam um estilo de vida estabelecido por Deus. São a perfeita expressão da pessoa de Deus e como ele deseja como o povo viva. -- Op. Cit., pág. 237 (sublinhado meu).

será que eu vou ter que colocar mais uma vez???

Me mostre uma parte na bíblia que Jesus descansou no sábado.
o sábado quer dizer "descansar" (não realizar obras) e não somente pregar a Palavra.
no antigo testamento falava-se para o povo descansar e não fazer NADA, nem sequer acender uma vela.
qualquer trabalho seria totalmente errado,
11 E ele lhes disse: Qual dentre vós será o homem que, tendo uma só ovelha, se num sábado ela cair numa cova, não há de lançar mão dela, e tirá-la?
isso mostra claramente que embora seja errado fazer qualquer tipo de serviço, não seria errado fazer o bem.

será que quem trabalha não faz o bem?

e isto se diferencia de imagens e outros ritos porque tais coisas não produzem nada de bom.

e em mateus 12
2 Os fariseus, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos estão fazendo o que não é lícito fazer no sábado.
3 Ele, porém, lhes disse: Acaso não lestes o que fez Davi, quando teve fome, ele e seus companheiros?
4 Como entrou na casa de Deus, e como eles comeram os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem a seus companheiros, mas somente aos sacerdotes?
5 Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?
6 Digo-vos, porém, que aqui está o que é maior do que o templo.
7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.
8 Porque o Filho do homem até do sábado é o Senhor.

ou seja, trabalharam para comer... Por acaso Davi irá para o inferno?

você precisa de Jesus (e já tem ) para ser salvo e mais nada.
a partir daí faça o bem, ame ao teu próximo, tenha tempo para Deus, afasta-se do mal entre várias mensagens que Jesus nos disse.

Mas se você disser que quem não descansar no sábado irá para o inferno, estará mostrando que o que Ele fez não foi suficiente e aí é o problema.
não digo para você não fazer, é muito bom fazer isto mas você não deve afirmar tal coisa.

o que Jesus ordena é amarmos a Deus sobre todas as coisas, isto mostra que devemos invocá-lo, agradecer, conversar com Deus e isto não é somente sábado mas todos os dias, devemos ler a bíblia e pedir perdão sempre.
Devemos perdoar as pessoas e amar as pessoas porque quem não ama é homicida e nem precisa matar para ser homicida.

é isto que eu quero dizer... espero que você compreenda...




carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por carlosect em Ter 29 Mar 2011, 7:36 pm

Eduardo escreveu:
carlosect escreveu:A própria Graça estabelece a Lei (Rm 3:31).

exatamente, pela lei da fé ou da graça da Deus!
No verso 31 ele se refere a Torá.

negativo, pela lei da fé

27 Onde está logo a jactância? Foi excluída. Por que lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé.

carlosect
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1532
flag : Brasil
Data de inscrição : 06/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vigência das Leis mosaícas - parte IV

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:29 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 40 Anterior  1, 2, 3 ... 21 ... 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum