.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
45 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 45 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Os falsos profetas modernos.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Qui 02 Jun 2011, 2:44 pm

Os falsos profetas modernos dos vários títulos religiosos.

Hoje existe uma gama de pessoas que se acham “iluminadas” e cheias de uma pseudo-autoridade que nem de longe têm. São os falsos profetas que se apoderam dos títulos mais modernos, como: “pastores”, bispos, apóstolos, missionários etc.
Quando não buscam o “aparecer” egoístico dos publicanos nas sinagogas, buscam o dinheiro dos trouxas. Devemos ter muito cuidado, pois podemos deparar-nos com esses hipócritas e mentirosos a qualquer momento.
Como podemos identificá-los dos verdadeiros servos de Deus? É fácil! É só ir pela ilustração da árvore e seus frutos! Os mentirosos logo são desmascarados pela primeira mentira. A hipocrisia é revelada quando são apanhados vivendo o que não pregam. a ganância é revelada pela ambição do ganho fácil, sem trabalho e esforço, ou mesmo ganho ilícito das lições do Velho Testamento.
Convido a lerem um vídeo muito ilustrativo:

http://www.youtube.com/watch?v=GqeJE_Pt-Eo


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Qui 02 Jun 2011, 2:58 pm


Existem vários tipos de cobiças :
cobiça de dinheiro
cobiça de auto-justificação
cobiça de negar pontos da escritura que não se conformam com nossa vida
cobiça de inutilizar a hierarquia na igreja de Cristo
vários tipos


Todos adoramos julgar, mas poucos aceitam ser julgados.
alguns focam em coisas que todos repudiam 'oh ganância', porém Cristo repudia várias coisas, o 'cristão'-homossexual (de igrejas homo) aponta do mesmo jeito contra alguns líderes evangélicos, recrimina-os babando pelas laterais, no entanto ele está em pé para ter o direito de fazê-lo ?? Algum cristão aqui advogará que está ??

Por isto, a pregação do vídeo acima é até boa, mas senão incluirmos este cuidado aqui , estaremos mais aptos a sermos julgados , que julgar :
(Efésios 6:12) - Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Qui 02 Jun 2011, 3:50 pm

Continuando com o tema...

Cuidado com os falsos profetas!

Se há essa placa de aviso na bíblia, o que poderíamos imaginar sobre como são essas pessoas? Falsos profetas? Se formos procurar "falsos profetas" na rua, tal como a bíblia assim o define, não encontraremos, mas há uma classe bem unida quando são descobertos e ameaçados. O clero! Esse sim, sempre existiu, pois faz parte da natureza do homem!
Convido a assistir um vídeo bem ilustrativo sobre essas figurinhas carimbadas...

http://www.youtube.com/watch?v=fG0BJ6pUzzw&feature=related


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por famado em Qui 02 Jun 2011, 4:22 pm

Falsos profetas são aqueles que prometem os benefícios divinos em troca de dízimos e ofertas. É lamentável.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Qui 02 Jun 2011, 4:33 pm


Falso profeta; um "sacerdote" moderno.
Muita gente ainda está presa ao conceito do intermediarismo do homem perante Deus. Esse aprisionamento se dá quando um homem é colocado como uma espécie de âncora-de-noticiário-religioso; tudo deve passar por ele. Fica-se na dependência total do “homem-intermediário”.
Se ele está com uma semana “bem inspirada”, causará um impacto agradável, frugal... Os sermões serão quase que... Românticos! Todos sairão da igreja “sobrando romantismo na pele”. Se o homem-intermediário está bravo!!! O sermão será tenebroso!!!! Haverá socos no púlpito e movimentos ríspidos no palco. Todos sairão com os cabelos em pé e olhos arregalados!
O homem-intermediário é uma dependência quase doentia. Todos dependerão do seu “estado de espírito”, que de espírito não tem nada. O evangelho de Jesus passa a ser uma simulação de suas reações semanais. Um evangelho de sugestão, sensual, dramático e sensacional, mas nunca, espiritual!
Qual é o seu nome? Hipocrisia é o carro chefe dos adjetivos, logo vêm: egoísmo, prepotência, inveja, e dissensão.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Qui 02 Jun 2011, 5:10 pm

Abuso de poder do falso profeta moderno.

Não é comum depararmos com um guarda de trânsito “cheio de poder” e põe-nos como uns menininhos apanhados na arte? Assim é o falso profeta moderno. A última palavra é a dele! Ai daquele que fez uma coisa, por mais pequenininha que seja, sem a sua... “Aquiescência”. O homem vira “o cão”! “A igreja tem que ter a minha cara”! Eu sou a cara (ou “o cara”) da “minha” igreja. Os “meus membros” tralalá... “Quem não der o dízimo, não vai ocupar cargo nenhum”! Isso é heresia, irmão!!! Ninguém prega na “minha” igreja!
E o pior é que a igreja vira um quartel! Reuniões em cima de reuniões, um disse-me disse geral e o evangelho vira um covil, uma torre de babel.
Tudo por quê? por causa do falso profeta!
Mas o aviso está lá:
Cuidado com os falsos profetas!


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sex 03 Jun 2011, 8:57 am


Os falsos profetas modernos são fundamentalistas

Os fundamentalistas não aceitam contribuição de quem não comunga com os mesmos signos, com os mesmos cacoetes de seu grupo. Os diferentes podem até tentar comunicar alguma verdade, mas serão rechaçados por não serem identificados como “um dos nossos”. Romancistas, músicos, poetas e místicos de outros arraiais estão impedidos de ajudar um fundamentalista a arejar sua mente.
Fundamentalistas desprezam conteúdos e se espantam com rótulos. Aliás, lideranças fundamentalistas adoram xingar com estereótipos. Etiquetam uma pessoa como herege para que seus argumentos fiquem sob judice antes de serem articulados. O pavor de deixar-se contaminar por um apóstata encerra qualquer diálogo. (Pr Gondim)


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por meninao em Sex 03 Jun 2011, 11:14 am

Como Identificar um Falso Apóstolo

Antes
de mais nada creio nos ministérios citados nas Escrituras Sagradas.
Creio que Deus tem levantado no dia de hoje pessoas aptas a desenvolver o
ministério apostólico, profético, pastoral, evangelístico e o
ministério de ensino. Creio ainda que muitos homens de Deus desenvolve
ministério apostólico sem usar o título de apóstolo (e outros usam),
ambos estão de acordo com a Palavra. O que critico hoje é a prepotência e
orgulho típicos do coração humano, de são claramente percebidos na vida
de alguns coitados que se auto-entitulam apóstolos, nestes casos por
mera vaidade.

Certamente você conhece pessoas sérias que
desenvolve tais ministérios, mas também conhece farsantes e hipócritas
que tem envergonhado o evangelho de Cristo. Bom, gostaria de dar algumas
dicas de como identificar um falso apóstolo:

1. O falso apóstolo é mentiroso: ele gosta de contar vantagens, e experiências pessoais que na maioria das vezes não aconteceram. Ele exagera, inventa. Ele é um mentiroso desde o princípio, mas agora consegue atingir um público maior para suas mentiras, por causa do seu título apostólico. É impressionante como os cristãos acreditam em fábulas.

2. O falso apóstolo é numerólatra: ele não consegue ser fiel aos
números reais. Se ele tem uma igreja com 50 membros, diz que tem 5 mil.
Se ele tem um carro, diz que tem cinco. Se ele tem dois ou três pastores
que o seguem, ele diz que tem trezentos. A numero”latria” é pecado, e
geralmente quem usa este método é porque se considera covarde, indigno
de assumir a realidade de Deus para sua vida.
3. O
falso apóstolo é prepotente e orgulhoso: geralmente ele se acha melhor e
mais esperto do que os outros. Ele nunca quer aprender, e entende que
somente o próprio Deus poderia ensiná-lo algo. Ele jamais erra, e sempre
encontra justificativa para seus erros. Fala com arrogância, tem olhar
altivo. Ele intimida com o olhar, e não tem coragem de pedir perdão. Geralmente usa as roupas mais caras, para impressionar.
4. O falso apóstolo é estrela: ele é aplaudido, idolatrado, celebrado. Ele fica em posição de destaque. Sempre terá defensores fiéis, porém pessoas sérias logo percebem a farsa que ele é.
5. O falso apóstolo é um criminoso falsificador: ele inventa documentações, cria diplomas e certificados falsos, forja papéis para respaldar seu ministério.

6. O falso apóstolo é como fogo de palha: ele é bom de papo e sabe
manejar bem a Palavra, porém suas ministrações são quentes e sem
profundidade. Quem assiste uma preleção do falso apóstolo pode até se
entusiasmar, porém quando o tempo passa, sentem-se vazios e famintos de
um sólido alimento espiritual.
7. O falso apóstolo é manipulador:
As pessoas que estão debaixo dele o temem, e fazem o que ele manda sem
pensar nas consequências. Ele sabe manipulá-las, e elas ficam
acorrentadas. Geralmente você encontrará sempre várias pessoas que tem o
testemunho de “ex-manipuladas” por ele. Basta procurar, e estas pessoas
poderão contar suas experiências negativas e assustadores. Geralmente
ele coloca culpa no diabo, e considera estas pessoas endemoniadas e
maledicentes (mas na verdade são apenas vítimas do engano).
8. O
falso apóstolo visa lucros financeiros: Se a igreja não puder pagar uma
fortuna para ele pregar, esqueça, não poderá contar com ele. Ele exige
hotel, alimentos especiais. Não abre mão por nada. Se a igreja quiser
uma anistia, uma ajuda, por não ter condições, ele não abre mão. Além
disso ele é especialista em “colher ofertas”, e quando chega na igreja,
motiva o povo a dar tudo o que tem, mas quando vai embora levando bolsas
de dinheiro, o povo sente um forte remorso de ter dado credito às suas
palavras.
9. O falso apóstolo parece “bom demais pra ser verdade”:
ele parece tão perfeito, tão santo, que pensamos que não somos nada, e
queremos ser como ele. Mas na verdade é só fachada, e quem “comer um
quilo de sal com ele” saberá quem ele é de verdade.

Bom, eu
poderia ficar aqui enumerando centenas de característica de um falso
apóstolo, porém quero dar uma dica aos meus amigos pastores e irmãos,
para que um destes farsantes não entre pelas portas de sua igreja.

Antes de convidar um pastor, bispo, apóstolo…. para sua igreja, garanta que:

a) Sua formação teológica é verdadeira, e respaldada dentro dos tramites legais.
b) Igrejas foram abençoadas profundamente através dele (entre em contato com igrejas)
c) Ele é humilde, e está disposto a ajudar de alguma forma, na medida do possível.
d) Ele visa o Reino de Deus.
e) Ele tem uma esposa e família abençoada.
f) Ele tem um ministério do tamanho de suas palavras (sem exageros)
g) Ele não deixou rastros obscuros em sua caminhada.

É,
acho que já te dei o fio da meada. Creio que este artigo vai dar “pano
pra manga”. Estou pronto para as retaliações, pois a glória está sendo
dada para Jesus de Nazaré, e AI DAQUELE QUE TOCAR no ungido de Deus. A
unção faz a diferença.

Ah, se você ver algum “apóstolo” tentando nos atacar por esta matéria, já sabe o que pensar… rrsrss..

Fique na Graça e Paz de Jesus Cristo,

Ricardo Ribeiro, pastor.
www.atosdois.com.br

meninao
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 275
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sex 03 Jun 2011, 11:18 am

Não falei , quem mais acusa infladamente , é quem costuma mais ter débito , vemos quem foi autor da inflamada crítica supostamente humanista :


Pr Gondim
pró-aborto (lógico, naquela dubiedade engana-povão 'não sou , mas não há alternativas, lero-lero')
pró-homossexualismo (idêm).
pró-marxismo cultural
pró-relativista sobre Deus

http://www.webevangelista.com/2011/04/ricardo-gondin-diz-ser-favor-da-uniao.html
http://www.ricardogondim.com.br/Artigos/artigos.info.asp?tp=61&sg=0&id=818
http://holofote.net/2011/05/31/pastor-anuncia-saida-da-igreja-de-ricardo-gondim-apos-ser-orientado-a-aconselhar-e-aceitar-casais-gays/
http://www.pranselmomelo.com.br/2011/05/gondim-o-super-heroi-dos-gays.html
http://juliosevero.blogspot.com/2006/01/ricardo-gondim-manda-chumbo-grosso.html
http://www.uniaonet.com/astsunami02.htm
http://noticias.gospelmais.com.br/caio-fabio-declaracoes-ricardo-gondim-controle-deus-bipolar-bundao-17901.html


é aquela estorinha de ver palitos nos olhos alheios, com os olhos cheios de imensas traves, porque falar imponentemente contra os 'fanáticos', ENGANA , pois o maior fanático é o que se preocupa demais com os outros, ao invés de procurar não escandalizar com o PRÓPRIO pecado. Então os falsos profetas, alegam que podem acusar outros falsos profetas, que irônico. É aquela santarronice fabricada, que faz com que homens não acusem doutrinas e práticas, acusem o semelhante, porque se sentem 'melhores, 'maiores, mais aptos e santos,' no entanto quase sempre, ao analisarmos as próprias práticas e doutrinas dos algozes mais ácidos, vemos que eles tem defeitos iguais ou piores, é o caso demonstrado acima.

Agora vamos sentar, e ver se alguém deste fórum vai malhar Gondim (ou Caio Fábio) com a indelicadeza que malham Malafaia, é uma boa hora para distinguirmos as medidas das pessoas, e o padrão de imparcialidade . Qual é a crítica padrão do secularismo ? nos nomear de FANÁTICOS, estranhamente as pessoas caem facilmente na conversa inflamada dos de nosso meio que usam a mesma tática para auto-engrandecimento , 'a semalhança não tende a ser mera coincidência'.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sex 03 Jun 2011, 11:20 am

meninao escreveu:Como Identificar um Falso Apóstolo


meninao , segundo as regras postagens entremeio os tópicos , baseadas em links externos devem ter algo aproximado a 10 linhas... , para que o debate seja privilegiado , creio que vc não se apercebeu.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sex 03 Jun 2011, 11:27 am

Meninão,
Muito bom artigo e está dentro do tema, porém tenho uma observação: Não é somente o título de "apóstolo" que o tema refere, mas os falsos profetas modernos e isso inclui toda gama de títulos. outra nota: o tema não tem nada a ver com os bons pastores, portanto os bons não receberão carapuças.

O falso pastor é avarento e mercenário e egoísta.

Pelo lado da usura é muito fácil identificar o falso pastor. Se ele é obcecado por dinheiro, fala em contribuições, ofertas, dízimo, carnês etc, é falso e se é falso é falso é mentiroso e hipócrita. Temos somente uma orientação quanto a ele: fugir dele!
Mas não é somente pelo lado da usura e ganância que conhecemos o falso pastor. Conhece o falso pastor aquele que conhece o verdadeiro evangelho e a ministração desse mesmo evangelho por conta dos apóstolos.
A primeira característica do falso pastor exceto a ganância é a soberba e a prepotência, coisas muito bem identificáveis numa pessoa. Se existe essa característica na pessoa... fuja dela que é uma fria!
A segunda característica do falso pastor exceto a ganância são a hipocrisia e a mentira; essas duas andam juntas. O falso pastor não dá conta de ser o modelo que do ele mesmo prega, então é sempre apanhado em contradição nas coisas que faz ou diz.
A terceira característica do falso pastor exceto a ganância é o egoísmo. O falso pastor é extremamente egoísta. Em seu vocabulário quase não existe as palavras "nosso e teu" mas sempre, meu e eu. A igreja (instituição), mesmo que ele diga o contrário, lhe pertence. Ele a considera como sua e ninguém "mete a colher".
A grande vantagem do falso pastor, e ele manobra muito bem isso, é que as "suas ovelhas" não têm o hábito de ler, estudar e conferir na bíblia, tudo o que ele diz no reduto de seu palco e púlpito.
À partir do momento em que um membro começa a descobrir o seu falso pastor, logo este o marcará com adjetivos e rótulos de rebeldia e apostasia, dando-lhe as devidas acusações para que as suas manchas caiam no esquecimento e o "rebelde" nesse meio tempo será rechaçado da congregação.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sex 03 Jun 2011, 11:34 am


Como vimos , nenhum pio :

Pr Gondim
pró-aborto (lógico, naquela dubiedade engana-povão 'não sou , mas não há alternativas, lero-lero')
pró-homossexualismo (idêm).
pró-marxismo cultural
pró-relativista sobre Deus


é exatamente como eu esperava,
os que gostam de se desbocar em acusações, nao gostam quando mostramos que as ferramentas que usam (outras bocas) são piores ainda do que os que acusam. Quando são esclarecidos disto , a sanha acusativa não se demonstra contra os que emprestaram a boca , mostrando claramente uma falha cristã de cerne : 2 pesos, 2 medidas é coisa abominável ao Senhor.

case proved.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sex 03 Jun 2011, 10:54 pm

Os falsos pastores odeiam as críticas.

Por que odeiam serem criticados? É espantosa a reação dos falsos pastores mediante as críticas. Quando se mexe com um “colega” há uma condolência geral. Não é comum receberem críticas, pois dificilmente um de seus “subalternos” tem a coragem de fazê-lo. É uma coisa incompreensível no meio dito “evangélico”.
No romanismo existe o medo da “excomunhão”. Essa é a maior aliada daqueles “sacerdotes”, pois com a excomunhão há a crença da perda da salvação, ou seja, saiu da igreja saiu do céu, mas e no meio “evangélico”? Não existe esse conceito de excomunhão.
No meio evangélico há também uma arma muito poderosa contra as críticas aos falsos pastores. É a crença do: mexer com o “ungido” é mexer na caixa de marimbondos espiritual. Há uma frase que de tanto se falar nos púlpitos, todo mundo tem o maior pavor: “Não Toqueis nos Meus Ungidos”. Não sei por que cargas d’água eles se colocam como os ungidos de Deus!
Convido a lerem os artigos:
“Cristão pode julgar?” http://www.estudos-biblicos.net/julgar-ax.html

“Abuso Espiritual parte dois” http://www.estudos-biblicos.net/abusoespiritual-2-AX.html



 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 04 Jun 2011, 3:06 pm

O baixo-pentecostalismo e o neo-pentecostalismo está cheio disso.

Suas reuniões são apenas terapia de grupo para alienação em massa, seus pastores geralmente são tosquiadores, Eles tiram a Lã das ovelhas e come a sua gordura, pregadores da psicanálise moderna, pregadores de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis, suas “conversões” não passam de comoção induzida por homens.

Suas estórias não passam de novelas mexicanas cheias de sentimentos vagos que só duram até a porta da congregação.

Será profeta e profetiza?... Não! Mas pítons e pitonisas, adivinhos da teoria da probabilidade que usam palavras vagas e frases prontas, altamente subjetivos, suas “profecias” não têm precisão alguma dos “fatos”.

São reducionistas do evangelho, pois reduzem o evangelho a uma forma pobre, fútil e superficial de uma mensagem baseada em conquistas pessoais, sociais, falsas dignidades, busca pela própria felicidade, e uma inútil paz que se resume em uma falsa sensação de bem estar interior, alimentada por canções e terapia pastoral, nossa!... Quanta Placebia.
E tudo isso para te pedir dinheiro.

Creio em Cristo mas não creio em homens e suas denominações.
“Farão mercado de voz”, não se enganem, gospel não é um estilo de vida, é um mercado, e muito promissor.
É certo o pobre esmolar( dar esmola a) o rico?... Mas a quem então estão dando dinheiro?... E desde quando benignidade é negocio?... Que tem haver o Reino de Deus com negocio?... Ora, se a cada (dez) que arrecadam, usam apenas (um) em favor dos que precisam e estão necessitados, então isso é negocio, “e bom negocio!” Mas vejam os grandes “templos” luxuosos e seus pastores gordos!... “Sim! Aí estão os necessitados arrecadadores da sua benignidade.”

Realmente, a ignorância é uma “bênção”! Ela é um tipo de anestésico para a verdade... Porque se não fosse a ignorância, o mundo não teria escravos para sustentar seu modo de vida corrupto, fútil e egoísta.

Se não fosse a ignorância não existiria ricos e pobres, escravizadores e escravizados, enganadores e enganados, nem religião e religiados. Mas somente a verdade.
Pois não existe maior religião que a verdade.

Estes pastores usam antigas técnicas como: retórica, homiletica, eloqüência, técnicas para falar em publico, na verdade só enganam mesmo pessoas de mente fraca, usam uma forma entusiasmada de falar, empolada, só para dar a impressão que dominam o assunto, mas nada dominam alem da arte de persuadir e enganar. Hitler usava estas mesmas técnicas, e, com efeito! De fato sempre funcionou.

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 3:21 pm

Elder Henrique de Souza escreveu:O baixo-pentecostalismo e o neo-pentecostalismo está cheio disso
.

primeiro , defina o que é 'baixo-pentecostalismo', para saber o tamanho da generalização que vc usou.
o neo-pentecostalismo sabemos que costuma ser a vertente que adota a teologia da prosperidade, imiscuida de conceitos de benção fast-food, mas o outro termo é algo novidadeiro.

Suas reuniões são apenas terapia de grupo para alienação em massa, seus pastores geralmente são tosquiadores, Eles tiram a Lã das ovelhas e come a sua gordura, pregadores da psicanálise moderna, pregadores de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis, suas “conversões” não passam de comoção induzida por homens.

respeitosamente : ateus tambem dizem isto,
mas não provam que é sempre assim.
é bastante fácil dizer que no pentecostalismo é assim ou assado, se no tradicionalismo não vemos nem o falso, nem o verdadeiro (em matéria de dons , e ultimamente de conversões) . Aliás quais as igrejas que mais tem aderido ao homossexualismo , abortismo, e secularismos do tipo ? é , os tradicionais.

Estes pastores usam antigas técnicas como: retórica, homiletica, eloqüência, técnicas para falar em publico, na verdade só enganam mesmo pessoas de mente fraca, usam uma forma entusiasmada de falar, empolada, só para dar a impressão que dominam o assunto, mas nada dominam alem da arte de persuadir e enganar. Hitler usava estas mesmas técnicas, e, com efeito! De fato sempre funcionou.

assim como alguém poderá advogar que você usou as mesmas técnicas neste exato momento.
enquanto o que justifica o homem não é o encadeamento em série de acusações , pejorativizações, adjetivações , é a BÍBLIA , segundo o olhar DESTA é que entenderemos , caso a caso , se a retórica e eloquência foram frutificadoras do bem , o valor para o evangelho , porque ultimamente acusamos demais, mas se nos pedirem as ALMAS ganhas, para justificarmos nossa vida evangélica, poucas vemos temos a dar. Hitler também não tinha bons frutos , mas acusava seus opositores sem trégua, medite de que toda moeda tem dois lados.

enfim, minhas intervenções nestes tópicos é para mostrar que podemos ter uma MEDIDA EXORTATIVA, em que os erros sejam apontados , sem cancelar os acertos, e que temos que ter um pouco de disposição para ver estes últimos, porque a veio apontadora do homem é muito saltada, e devemos sempre mantê-la sobre um cabresto guiador, evitando de ultrapassarmos a linha entre a exortação útil , e o exagero acusativo.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 04 Jun 2011, 4:31 pm

Articulador escreveu:
Elder Henrique de Souza escreveu:O baixo-pentecostalismo e o neo-pentecostalismo está cheio disso
.

primeiro , defina o que é 'baixo-pentecostalismo', para saber o tamanho da generalização que vc usou.
o neo-pentecostalismo sabemos que costuma ser a vertente que adota a teologia da prosperidade, imiscuida de conceitos de benção fast-food, mas o outro termo é algo novidadeiro.

O baixo-pentecostalismo é uma corrente do pentecostalismo que já é conhecida e classificada, adimira-me você não conhecer. Ela mais parecem uma mistura de candonble com “renovação” espiritual.
Nada falei contra o movimento renovado (pentecostais).


Suas reuniões são apenas terapia de grupo para alienação em massa, seus pastores geralmente são tosquiadores, Eles tiram a Lã das ovelhas e come a sua gordura, pregadores da psicanálise moderna, pregadores de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis, suas “conversões” não passam de comoção induzida por homens.

respeitosamente : ateus tambem dizem isto,
mas não provam que é sempre assim.
é bastante fácil dizer que no pentecostalismo é assim ou assado, se no tradicionalismo não vemos nem o falso, nem o verdadeiro (em matéria de dons , e ultimamente de conversões) . Aliás quais as igrejas que mais tem aderido ao homossexualismo , abortismo, e secularismos do tipo ? é , os tradicionais.


Na verdade o que os ateus dizem quanto a essas coisas, é só a metade disso!
Mas não se trata de ser sempre assim ou não, mas esta é a intenção dos que usam: psicanálise moderna, pregadoções de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis. E de fato como você acabou de confirmar que isto existe quando disse:“não provam que é sempre assim”, porem é bem mais frequente do que imaginam.
Nem todo tradicionalismo é assim.
E de fato nas congregações tradicionas existe outros problemas que não são nada menos graves.



Estes pastores usam antigas técnicas como: retórica, homiletica, eloqüência, técnicas para falar em publico, na verdade só enganam mesmo pessoas de mente fraca, usam uma forma entusiasmada de falar, empolada, só para dar a impressão que dominam o assunto, mas nada dominam alem da arte de persuadir e enganar. Hitler usava estas mesmas técnicas, e, com efeito! De fato sempre funcionou.

assim como alguém poderá advogar que você usou as mesmas técnicas neste exato momento.
enquanto o que justifica o homem não é o encadeamento em série de acusações , pejorativizações, adjetivações , é a BÍBLIA , segundo o olhar DESTA é que entenderemos , caso a caso , se a retórica e eloquência foram frutificadoras do bem , o valor para o evangelho , porque ultimamente acusamos demais, mas se nos pedirem as ALMAS ganhas, para justificarmos nossa vida evangélica, poucas vemos temos a dar. Hitler também não tinha bons frutos , mas acusava seus opositores sem trégua, medite de que toda moeda tem dois lados.

Cristo falava da mesma forma que falei quanto a estas coisas: mentiras e falsos profetas, João Batista nem se fala, mas não poderiam advogar que eu poderia estar usando as mesmas técnicas, a menos que tenham provas de que não estou falando a verdade.

Não se trata de justificar o homem Articulador, você sabe disso, mas de denunciar a mentira e falar a verdade, a eloqüência é muito fermento em pouca massa, não te permite ver os resultados reais. Os únicos que se interessam em usar essas técnicas são os mentirosos quando querem convencer alguém e Hitler é um ótimo exemplo disso.

Não, Não... Este é que é o outro lado da moeda!


enfim, minhas intervenções nestes tópicos é para mostrar que podemos ter uma MEDIDA EXORTATIVA, em que os erros sejam apontados , sem cancelar os acertos, e que temos que ter um pouco de disposição para ver estes últimos, porque a veio apontadora do homem é muito saltada, e devemos sempre mantê-la sobre um cabresto guiador, evitando de ultrapassarmos a linha entre a exortação útil , e o exagero acusativo.

Falta os exageros acusativos, onde estão?... Acredito que fui até muito eufemista.


Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 5:19 pm

Articulador escreveu:
Elder Henrique de Souza escreveu:O baixo-pentecostalismo e o neo-pentecostalismo está cheio disso
.

primeiro , defina o que é 'baixo-pentecostalismo', para saber o tamanho da generalização que vc usou.
o neo-pentecostalismo sabemos que costuma ser a vertente que adota a teologia da prosperidade, imiscuida de conceitos de benção fast-food, mas o outro termo é algo novidadeiro.

O baixo-pentecostalismo é uma corrente do pentecostalismo que já é conhecida e classificada, adimira-me você não conhecer. Ela mais parecem uma mistura de candonble com “renovação” espiritual.
Nada falei contra o movimento renovado (pentecostais).

usar termos para identificar algo que nos desagrade não gera automaticamente uma nomenclatura padrão, a IURD sempre foi classificada como neo-pentecostal. É importante notarmos que há uma questão sutil nestas divisões que criamos para recriminar um ou outro segmento : os lençõis de Paulo eram levados para curar, expulsar demônios era ofício dos cristãos primitivos, e a sombra de Pedro curava, o bordão de Eliseu era levado até para reviver mortos, e sangue era aspergido nos umbrais de portas para salvar pessoas - concordo que o que acontece na IURD é excesso, mas por outro parâmetro bíblico impeditivo , não apenas nossas desconfianças íntimas : o problema reside na oferta de operações 'divinas' sem preparo de quem as oferece, e sem requisitos de quem receberia a oferta.

Portanto discordo do uso deste termo, pois Deus opera por vários meios, ser ou não parecido com alguns procedimentos de outros cultos sincréticos, não vai limitar Deus , pois está escrito que Satanás se transfigura de anjo de luz. O que acontece nestas igrejas, é vender as obras de Deus como se fossem meras simpatias que se fazem sem um vínculo de santificação e vivência perante Cristo.

Suas reuniões são apenas terapia de grupo para alienação em massa, seus pastores geralmente são tosquiadores, Eles tiram a Lã das ovelhas e come a sua gordura, pregadores da psicanálise moderna, pregadores de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis, suas “conversões” não passam de comoção induzida por homens.

respeitosamente : ateus tambem dizem isto,
mas não provam que é sempre assim.
é bastante fácil dizer que no pentecostalismo é assim ou assado, se no tradicionalismo não vemos nem o falso, nem o verdadeiro (em matéria de dons , e ultimamente de conversões) . Aliás quais as igrejas que mais tem aderido ao homossexualismo , abortismo, e secularismos do tipo ? é , os tradicionais.


Na verdade o que os ateus dizem quanto a essas coisas, é só a metade disso!
Mas não se trata de ser sempre assim ou não, mas esta é a intenção dos que usam: psicanálise moderna, pregadoções de livros de auto-ajuda, fazem orações dramáticas, cheias de lagrimas com fundo musical para comover pessoas psicologicamente frágeis. E de fato como você acabou de confirmar que isto existe quando disse:“não provam que é sempre assim”, porem é bem mais frequente do que imaginam.
Nem todo tradicionalismo é assim.
E de fato nas congregações tradicionas existe outros problemas que não são nada menos graves.

Ok, eu sempre entro neste tipo de discussão para tentar apresentar a medida que eu acho equilibrada , SEM negar a operação divina, exortar e notar os excessos. Ateus são extremamente acusativos, devemos usar outras armas, embora sem deixar nosso direito de exortação de lado. Veja , está escrito que 'Deus habita nos louvores', ora louvores são chamados SENTIMENTAIS , Deus trabalha pelos nossos sentimentos. Agora se você focar nos casos em que , usando-se os sentimentos , querem IMITIR dons , então começarei a te dar razão, mas aí precisamos ainda separar os casos reais, das meninices, coisas que não é tão fácil de fazer. O que concordo contigo é que muitos casos são meninices, não todos.

Estes pastores usam antigas técnicas como: retórica, homiletica, eloqüência, técnicas para falar em publico, na verdade só enganam mesmo pessoas de mente fraca, usam uma forma entusiasmada de falar, empolada, só para dar a impressão que dominam o assunto, mas nada dominam alem da arte de persuadir e enganar. Hitler usava estas mesmas técnicas, e, com efeito! De fato sempre funcionou.

assim como alguém poderá advogar que você usou as mesmas técnicas neste exato momento.
enquanto o que justifica o homem não é o encadeamento em série de acusações , pejorativizações, adjetivações , é a BÍBLIA , segundo o olhar DESTA é que entenderemos , caso a caso , se a retórica e eloquência foram frutificadoras do bem , o valor para o evangelho , porque ultimamente acusamos demais, mas se nos pedirem as ALMAS ganhas, para justificarmos nossa vida evangélica, poucas vemos temos a dar. Hitler também não tinha bons frutos , mas acusava seus opositores sem trégua, medite de que toda moeda tem dois lados.

Cristo falava da mesma forma que falei quanto a estas coisas: mentiras e falsos profetas, João Batista nem se fala, mas não poderiam advogar que eu poderia estar usando as mesmas técnicas, a menos que tenham provas de que não estou falando a verdade.

Não se trata de justificar o homem Articulador, você sabe disso, mas de denunciar a mentira e falar a verdade, a eloqüência é muito fermento em pouca massa, não te permite ver os resultados reais. Os únicos que se interessam em usar essas técnicas são os mentirosos quando querem convencer alguém e Hitler é um ótimo exemplo disso.

Não, Não... Este é que é o outro lado da moeda!

Eu costumo responder identificamente a você quando alguém impôr um Cristo passional, no jargão secular 'bundão', PORÉM Cristo tinha um extremado zelo de não usar generalizações, além do que a adjetivação tem que ter uma motivação Santa : abrir os olhos de alguém, não se pode simplesmente usar de passionalismo (identificado , quando usamos denegrimentos seriados), tem muita gente usando do discurso exortativo, por um auto-conceito de ser o 'justo chamado a recriminar', é o mau uso da ferramente (e não, não estou falando de você, nem de ninguém em particular, estou falando da moda atual entre evangélicos).

enfim, uma MEDIDA EXORTATIVA, em que os erros sejam apontados , sem cancelar os acertos, e que temos que ter um pouco de disposição para ver estes últimos, porque a veio apontadora do homem é muito saltada, e devemos sempre mantê-la sobre um cabresto guiador, evitando de ultrapassarmos a linha entre a exortação útil , e o exagero acusativo.

Falta os exageros acusativos, onde estão?... Acredito que fui até muito eufemista.

eu achei que você foi além, mas não vou pessoalizar a questão, até porque não me pertine doutrinar tua consciência. Mas vou lembrar o pregresso deste tópico, foi aberto para servir de um 'blog' informal onde alguém fica postando acusações ácidas em série (e por motivos que você não acompanhou, e não vem ao caso, dai eu dizer que evangelho não é brinquedo acusativo, tem que ter motivação cristã) . Lógico que muita coisa verídica e aceitável, e muito falácia de generalização. Aí fui ver o autor de um dos textos mais inflamados : PRÓ-aborto , pró-homossexualismo , pró-marxismo, pró-relativismo moral, ao mostrar isto ninguém dá um pio , quem tanto acusa, se omite quando não convém. Fica demonstrado que acusar é a coisa mais simples do mundo, mas ter 1peso, 1medida, é um pouco mais díficil. E por isto temos que ter cuidado com o instrumento chamado exortação, para não ser apenas uma vontade acusativa.

Respeito teu pensar, deixando o meu registrado .
abraço e paz.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sab 04 Jun 2011, 6:29 pm

Um trecho de interpretação que mais me impressionou no artigo "Cristão pode julgar", sobre o clima reinante nos dias atuais:

Tem havido épocas, dentro da História da Igreja, quando os homens foram elogiados por defenderem as suas idéias a todo custo. Mas isso já não acontece hoje em dia. Atualmente, homens assim são considerados difíceis, indivíduos que impõem aos outros a própria vontade, que não cooperam com seus companheiros e assim por diante. O tipo de homem que atualmente é elogiado é aquele que poderia ser descrito como “meio termo” ou “eqüidistante”, que jamais se coloca em qualquer extremo de uma posição. Pelo contrário, é um homem agradável a todos, que não cria dificuldades para ninguém, e nem é causador de problemas por causa de seus pontos de vista. Dizem-nos que a vida diária já é suficientemente difícil e complicada sem que precisemos assumir posição firme no tocante a qualquer doutrina em particular. Com certeza essa é a mentalidade de hoje, não constituindo exagero afirmarmos que essa é a mentalidade controladora. Em certo sentido, essa é uma atitude perfeitamente natural, porquanto já experimentamos inúmeras dificuldades, problemas e desastres. Por semelhante modo, é atitude bastante natural que as pessoas evitem os indivíduos dotados de pontos de vista firmes, que sabem o que estão defendendo, porque todos preferem viver de maneira descontraída e pacífica.

Em uma época como a nossa, reveste-se da máxima importância que sejamos capazes de interpretar corretamente essa declaração acerca do ato de julgar, porquanto há muitos que asseveram que as palavras “não julgueis” precisam ser compreendidas simples e literalmente como elas estão, como se indicasse que o crente verdadeiro jamais expressa uma opinião sobre outra pessoa. Esses homens afirmam que não se deve exercer juízo algum porquanto deveríamos ser suaves, indulgentes, e tolerantes, permitindo quase qualquer coisa em troca da paz e da concórdia e, especialmente, da unidade. Essa não é a hora certa para juízos, dizem eles; o de que precisamos agora é de unidade e companheirismo. Todos deveríamos ser um.

Levanta-se, pois, a pergunta: é possível esta interpretação? Em primeiro lugar, sugiro que esta interpretação é impossível. Todavia, se nos alicerçarmos sobre os próprios ensinamentos bíblicos veremos que tal interpretação não tem razão de ser. Consideremos o próprio contexto dessa afirmação, e certamente veremos que esta interpretação das palavras “não julgueis” é inteiramente descabida. Leia Mateus 7:6 Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés, e, voltando-se vos dilacerem. Como poderia eu pôr em prática essa recomendação do Senhor se me fosse vedado exercer juízo? Como eu poderia identificar o individuo do titulo descritivo cão se eu não pudesse fazer juízo nenhum a seu respeito? Em outras palavras, a injunção que se segue imediatamente após essa declaração sobre o não julgar de imediato me pede que exerça juízo e discriminação. Mas também poderíamos tomar um contexto mais remoto tal como Mateus 7:15 – Acautelai-vos dos falsos profetas que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores? Como poderíamos entender esta injunção? Como poderei acautelar-me dos falsos profetas se não puder pensar, se eu tiver tanto receio de fazer juízo critico que jamais possa fazer uma avaliação dos ensinamentos de alguém? Esses falsos profetas, além disso, se nos apresentam vestidos de em peles de ovelhas, o que equivale a dizer que são extremamente melífluos e empregam a terminologia cristã. Parecem pessoas inofensivas, honestas, e invariavelmente, mostram-se muito “gentis”. Entretanto, não nos devemos deixar enganar pelas suas atitudes estudadas, acautelemo-nos diante de gente dessa ordem. Nosso Senhor também diz: Pelos seus frutos os conhecereis..” Mateus 7:16. Porém, se eu não puder usar qualquer critério, e nem exercer minha capacidade de discriminação, como poderei testar a autenticidade desses frutos e determinar entre o que é certo e o que é errado? Por conseguinte, sem necessidade de elaborarmos o nosso argumento, afirmamos a interpretação não pode ser verdadeira quando sugere que as palavras de Jesus não julgueis, recomendam que sejamos pessoas caracterizadas por uma atitude frouxa e indulgente, diante de qualquer indivíduo que use o nome de “cristão”. Tal interpretação é inteiramente impossível.
Temos nesse trecho bíblico o problema dos falsos profetas, para o qual o Senhor Jesus chamou a nossa atenção. Espera-se de nós que possamos detectá-los e evitá-los, porém, isso é impossível sem o conhecimento da doutrina, e sem o exercício desse conhecimento em juízo. (14) Dr. Lloyd-Jones







 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 6:39 pm

David,

porque não julgou ainda, o que mostrei sobre GONDIM , um dos que pensam (e agem) identificamente ao que teus posts apregoam : julgamento desbalanceado, acusações desgraduadas, virulentas, etc ?? o artigo do site que você colabora não trás novidade NENHUMA ao mundo cristão, estamos falando aqui de : tipo de julgamento , gradução , vontade acusativa, demonstração de boa doutrina para julgar, motivação teológica, motivação pessoal , porque poder julgar , fariseus também achavam poder (e praticavam este poder). EXORTAR COMO CRISTÃOS , isto sempre soubemos ser possível. Agora você nos apresentou um Gondim que faz muito pior do que aponta, e no entanto não é que o fulano faz igualzinho muitos , dizendo que os lobos são sempre os outros ?

pois é, este é o problema do comportamento insuflado acusativo, a pessoa sempre quer se engrandecer sobre os outros, porque sempre os 'outros' são os lobos (e vice-versa), o zelo cristão necessita mais que isto (ou menos).


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sab 04 Jun 2011, 6:50 pm

Olhe o título: Os falsos profetas modernos.
Se você quer intervir dentro desse tema e acha que tal pastor se encaixa nesse perfil, fique à vantade.
Estamos discorrendo sobre os falsos profetas modernos e cada um tem a liberdade de julgar naquilo que é considerado relevante, teologicamente.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Ton em Sab 04 Jun 2011, 6:51 pm

David de Oliveira escreveu:São os falsos profetas que se apoderam dos títulos mais modernos, como: “pastores”, bispos, apóstolos, missionários etc.
Não excluamos os da sua classe: os sem-igreja, os sem-organização-conforme-mostrada-na-Bíblia.


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sab 04 Jun 2011, 6:53 pm

Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:São os falsos profetas que se apoderam dos títulos mais modernos, como: “pastores”, bispos, apóstolos, missionários etc.
Não excluamos os da sua classe: os sem-igreja, os sem-organização-conforme-mostrada-na-Bíblia.

Ótimo, Ton, dê também a tua colaboração que eu gosto.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Ton em Sab 04 Jun 2011, 6:55 pm

Articulador escreveu:fariseus também achavam poder (e praticavam este poder).
Julgar conforme o reto juízo era algo estimado por DEUS (Dt 16:18 / Jo 7:24).


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por David de Oliveira em Sab 04 Jun 2011, 7:03 pm

Ton, há dois artigos que fazem parte do tópico e para participar do tema deves lê-los para se inteirar do que se trata.

“Cristão pode julgar?” http://www.estudos-biblicos.net/julgar-ax.html

“Abuso Espiritual parte dois” http://www.estudos-biblicos.net/abusoespiritual-2-AX.html



 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8178
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 04 Jun 2011, 7:13 pm

Articulador.
Não estou recriminando, generalizando, nem demonizando, até mesmo porque o termo neo-pentecostal já existia, nem todos veem este termo como uma acepção negativa, quanto a baixo-pentecostal o termo também já existia, era necessário um termo para isso, pois não são pentecostais.

Sou Cristão, cético, mas sou cristão. Um cristão cético.

Os ateístas denunciam apenas o que eles veem, embora tenha o estúpido costume( Nem Todos) de serem precativos e generalizar quase tudo o que veem.

Parece que você nunca esteve numa dessas denominações!

Não há nada de espiritual nelas, nem fazem um décimo do que Paulo e Pedro fazia, creio em milagres, amo a verdade, não há verdade lá, digo o que vi e ouvi, e em minha consciência nada me acusa, creio que tenho o Espírito, não falaria contra Ele.

Não falo a ateus, mas a cristãos como que num ambiente familiar e isso não é novidade, o que me parece Articulador, é que você tem medo de falar.

Note que não falei destas coisas contra os tradicionais, pentecostais, Messiânicos, Adventistas nem mesmo os (T.J, que considero uma seita), mas apenas daqueles dois grupos.

E por isso acrescento:

Qualquer um que afirma qualquer coisa sem produzir provas do que se diz, ou plagia ou engana.

Para saberem que eu sei o que estou dizendo e assino em baixo.

Elder Henrique de Souza.

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os falsos profetas modernos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:26 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum