.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
62 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 60 Visitantes :: 1 Motor de busca

Jarbas, Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

O ensino em casa seria melhor para criança?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

professor O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Karla Cristina em Qui 02 Jun 2011, 9:47 am

Aqui no Brasil, uma família ganhou o direito de educar seu filho em casa. Nos Estados Unidos muitas crianças estudam em casa, sem precisar irem às escolas. O lado ruim é que não convivem com outras crianças, a falta de interatividade com outras crianças, pode não ser legal. O lado positivo que ficam longe das más influencias, como drogas, kit gay, livros com escrita erradas do MEC, seu filho deixa de ser um fantoche nas mãos do governo. eba


Juiz autoriza família a educar filhos em casa

Uma família de Maringá (PR) tirou os filhos da escola e os educa em casa com aval da Justiça. Com apoio do Ministério Público, os pais conseguiram convencer o juiz da Vara da Infância e Juventude de que a educação domiciliar é possível e, teoricamente, não traz prejuízos.

Os irmãos Lucas, de 12 anos, e Julia, de 11, são filhos de pedagogos. O pai é professor da Universidade Estadual de Maringá. Eles foram tirados da escola há quatro anos, após duas tentativas frustradas de tentarem matriculá-los em uma escola regular.
As crianças cursam inglês e matemática fora de casa. As outras disciplinas ficam a cargo dos pais. Também praticam esportes e não podem ver televisão em qualquer horário - só quando os pais autorizam.

Em linha contrária, uma família de Serra Negra (MG), que também tirou os filhos da escola, ainda tenta provar ao Judiciário que tem condições de educá-los em casa.

No Estado mineiro isso não foi possível e um casal foi condenado pelo crime de abandono intelectual - no Brasil, a legislação determina que as crianças sejam matriculadas em escola de ensino regular. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

No caso do Paraná, apesar de não existir uma decisão formal do magistrado a respeito do assunto, as crianças são oficialmente avaliadas pelo Núcleo Regional de Educação de Maringá a pedido da Justiça. O núcleo, vinculado à Secretaria de Educação, elabora e aplica às crianças provas de português, matemática, ciências, história, geografia, artes e educação física. Eles também passam por uma análise psicossocial.

"Os pais conseguiram comprovar que elas têm o conhecimento intelectual necessário, de acordo com as diretrizes curriculares. Essas crianças nunca tiveram dificuldade para resolver as provas. Os resultados demonstram que elas têm aptidão para cursar a série seguinte " - diz Maria Marlene Galhardo Mochi, assistente técnica do núcleo.

Segundo ela, esse é o único caso de educação domiciliar atendido pelo núcleo de Maringá. "Os pais dessas crianças têm condições, instrução e recursos para educá-las em casa. Como elas ainda estão cursando o ensino fundamental, por enquanto está funcionando. Minha preocupação é quando elas chegarem ao ensino médio, quando as matérias ficam mais complicadas", avalia.

Conforme Ricardo de Moraes Cabezon, presidente da Comissão de Direitos da Criança da OAB-SP, o ensino fora da escola não é totalmente proibido, desde que seja justificado como algo excepcional. "Tem de ser realmente excepcional, senão banaliza. Eu recomendo que os pais não façam isso por conta e risco, mas tenham uma tutela do Judiciário", orienta o advogado.

Para Luiz Carlos Faria da Silva, pai das crianças, além dos conflitos na educação moral dos filhos, a escola também oferecia conteúdos que ele considerava ruins. Ele reclama, por exemplo, que a escola ensinava arte moderna em vez de arte sacra.

Diz também que o aquecimento global é contraditório. "Só os vulcões lançam mais dióxido de carbono no ar que toda atividade humana", afirma o pai.

Para o educador português José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte (em que não há salas de aula), o juiz de Maringá teve sensibilidade para entender o caso. "É possível que haja o ensino domiciliar, desde que a escola avalie periodicamente essas crianças. É uma alternativa sábia, já feita em países da Europa há muito tempo"


===============================================================

Mais de 2 milhões de crianças estudam somente em casa nos EUA

Cada vez mais instituições de nível universitário estão tendo como mira os estudantes domésticos, depois que estudos frequentemente mostraram que as crianças que estudam somente em casa tendem a superar as crianças da mesma idade que estudam em escolas convencionais.

PURCELLVILLE, Va., EUA, 4 de janeiro de 2011 (Notícias Pró-Família) - Num novo estudo anunciado hoje o Instituto Nacional de Pesquisa sobre a Educação Doméstica (INPED) estima que haja mais de 2 milhões de crianças sendo educadas somente em casa nos EUA em 2010.

"O crescimento do moderno movimento de educação escolar em casa é estupendo", disse Michael Smith, presidente da Associação de Defesa Legal da Educação Escolar em Casa. "Apenas 30 anos atrás havia um número estimado de apenas 20.000 crianças estudando somente em casa".

De acordo com a Agência de Recenseamento dos EUA (2008) havia um número estimado de 54 milhões de crianças desde a educação pré-escolar até o ensino de segundo grau nos EUA na primavera de 2010, o que significa que os estudantes domésticos representam aproximadamente 4% da população em idade escolar, ou um de cada 25 crianças.

O estudo do INPED usou dados tanto de fontes governamentais quanto privadas a fim de chegar à estatística dos dois milhões. O crescimento explosivo do movimento de educação escolar em casa vem sendo acompanhado por um crescimento em abertura para com os estudantes domésticos nas grandes universidades seculares. Cada vez mais instituições de nível universitário estão tendo como mira os estudantes domésticos, depois que estudos frequentemente mostraram que as crianças que estudam somente em casa tendem a superar as crianças da mesma idade que estudam em escolas convencionais.

Segundo a The Old Schoolhouse Magazine, uma revista de educação escolar em casa, muitas instituições até mesmo nomeiam "especialistas de recrutamento e contato com estudantes domésticos" para prestarem assistência aos estudantes que estão no primeiro ano da universidade e suas famílias.

Um estudo de 2010 publicado na Revista de Matrículas Universitárias revelou que "os estudantes que foram educados em casa possuem uma pontuação ACT, notas médias e índices de graduação mais elevados quando comparados aos estudantes educados de modo tradicional".

O estudo também revelou "que estudantes que estudam somente em casa tiram nota média mais elevada no primeiro e quarto ano ao se levar em consideração fatores demográficos, pré-universidade, empenho e primeira experiência em universidades".


Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Qui 02 Jun 2011, 10:02 am



toda cultura marxista precisa doutrinar as novas gerações, por isto tanto empenho do PT e apaniguados em doutrinar as crianças desde cedo . Entre as doutrinações vergonhosas já tivemos :

a) tentativa inflexível de implantar o kit gay a crianças.
b) tentativa de implantar máquinas de camisinnhas em porta de salas de aulas
c) livros 'didáticos' bajulando os feitos do lula, enquanto desmereciam em tom os de FHC e governos anteriores
d) livros 'didáticos' ensinando português jeca-tatu nas 'urtimas'
e) 'debates' escolares sobre descriminalização de drogas,

enfim, é uma vergonha completa a imoralidade deste governo .

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por meninao em Qui 02 Jun 2011, 12:48 pm

Articulador escreveu:

toda cultura marxista precisa doutrinar as novas gerações, por isto tanto empenho do PT e apaniguados em doutrinar as crianças desde cedo . Entre as doutrinações vergonhosas já tivemos :

a) tentativa inflexível de implantar o kit gay a crianças.
b) tentativa de implantar máquinas de camisinnhas em porta de salas de aulas
c) livros 'didáticos' bajulando os feitos do lula, enquanto desmereciam em tom os de FHC e governos anteriores
d) livros 'didáticos' ensinando português jeca-tatu nas 'urtimas'
e) 'debates' escolares sobre descriminalização de drogas,

enfim, é uma vergonha completa a imoralidade deste governo .

O correto seria doutrinar as crianças em crenças religiosas como o "criacionismo" ou "design inteligente" (seja lá o que isso for), por exemplo e tapar os ouvidos da crianças para assuntos polêmicos como Gravidez na adolescência, consumo de drogas entre jovens, homofobia. Além de exclui-la do convivio social com pessoas que tem pensamentos antagônicos.
Isso é o mais interessante no homescholing.
Assim os pais podem prevenir os filhos contra lixo ideológico como os livros de Marx, Engels ou Darwin por exemplo.


meninao
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 275
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por silvamelo em Qui 02 Jun 2011, 1:05 pm

Infelizmente para a maioria das pessoas neste país, ensinar seus filhos em casa é inviável, seja pelo despreparo curricular dos pais, seja pela falta de tempo. Existem alternativas para quem pode pagar colégio, como matricular os filhos em escolas cristãs.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Qui 02 Jun 2011, 1:15 pm

meninao escreveu:
Articulador escreveu:

toda cultura marxista precisa doutrinar as novas gerações, por isto tanto empenho do PT e apaniguados em doutrinar as crianças desde cedo . Entre as doutrinações vergonhosas já tivemos :

a) tentativa inflexível de implantar o kit gay a crianças.
b) tentativa de implantar máquinas de camisinnhas em porta de salas de aulas
c) livros 'didáticos' bajulando os feitos do lula, enquanto desmereciam em tom os de FHC e governos anteriores
d) livros 'didáticos' ensinando português jeca-tatu nas 'urtimas'
e) 'debates' escolares sobre descriminalização de drogas,

enfim, é uma vergonha completa a imoralidade deste governo .

O correto seria doutrinar as crianças em crenças religiosas como o "criacionismo" ou "design inteligente" (seja lá o que isso for), por exemplo e tapar os ouvidos da crianças para assuntos polêmicos como Gravidez na adolescência, consumo de drogas entre jovens, homofobia. Além de exclui-la do convivio social com pessoas que tem pensamentos antagônicos.
Isso é o mais interessante no homescholing.
Assim os pais podem prevenir os filhos contra lixo ideológico como os livros de Marx, Engels ou Darwin por exemplo.


tem razão em 90% do que falou , já que filhos bem criados não se sexualizam muito cedo , não ficam se prostituindo , tendem a ser mais monogâmicos e portanto menos abortistas, mais saudáveis , menos alcoolizados e drogados , ouvem os dois lados de cada questão e não são então doutrinados pela máquina estatal, não aprendem a ser lenientes com drogas, e parafilias , nem são doutrinados a pechar os outros sem provar o conceito da pecha, enfim , é mesmo uma criação que será bem melhor do que ficar na mão do 'grande irmão olho', que quer implantar na cabeça de meras crianças, o gayzismo, o relativismo moral, e absurdos do naipe.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Qui 02 Jun 2011, 2:00 pm

silvamelo escreveu:Infelizmente para a maioria das pessoas neste país, ensinar seus filhos em casa é inviável, seja pelo despreparo curricular dos pais, seja pela falta de tempo. Existem alternativas para quem pode pagar colégio, como matricular os filhos em escolas cristãs.

o problema é que os livros didáticos estão sendo dominados pela cultura marxista-hedonista, e os curriculuns obrigatórios também, hoje ainda é viável um colégio Cristão (que não tem como atenderem toda a demanda) , mas no futuro nem isto.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 1:25 pm

Juiz autoriza família a educar filhos em casa
Uma família de Maringá (PR) tirou os filhos da escola e os educa em casa com aval da Justiça. Com apoio do Ministério Público, os pais conseguiram convencer o juiz da Vara da Infância e Juventude de que a educação domiciliar é possível e, teoricamente, não traz prejuízos.
Os irmãos Lucas, de 12 anos, e Julia, de 11, são filhos de pedagogos. O pai é professor da Universidade Estadual de Maringá. Eles foram tirados da escola há quatro anos, após duas tentativas frustradas de tentarem matriculá-los em uma escola regular.
As crianças cursam inglês e matemática fora de casa. As outras disciplinas ficam a cargo dos pais. Também praticam esportes e não podem ver televisão em qualquer horário - só quando os pais autorizam.

Em linha contrária, uma família de Serra Negra (MG), que também tirou os filhos da escola, ainda tenta provar ao Judiciário que tem condições de educá-los em casa.
No Estado mineiro isso não foi possível e um casal foi condenado pelo crime de abandono intelectual - no Brasil, a legislação determina que as crianças sejam matriculadas em escola de ensino regular. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
No caso do Paraná, apesar de não existir uma decisão formal do magistrado a respeito do assunto, as crianças são oficialmente avaliadas pelo Núcleo Regional de Educação de Maringá a pedido da Justiça. O núcleo, vinculado à Secretaria de Educação, elabora e aplica às crianças provas de português, matemática, ciências, história, geografia, artes e educação física. Eles também passam por uma análise psicossocial.
"Os pais conseguiram comprovar que elas têm o conhecimento intelectual necessário, de acordo com as diretrizes curriculares. Essas crianças nunca tiveram dificuldade para resolver as provas. Os resultados demonstram que elas têm aptidão para cursar a série seguinte " - diz Maria Marlene Galhardo Mochi, assistente técnica do núcleo.
Segundo ela, esse é o único caso de educação domiciliar atendido pelo núcleo de Maringá. "Os pais dessas crianças têm condições, instrução e recursos para educá-las em casa. Como elas ainda estão cursando o ensino fundamental, por enquanto está funcionando. Minha preocupação é quando elas chegarem ao ensino médio, quando as matérias ficam mais complicadas", avalia.
Conforme Ricardo de Moraes Cabezon, presidente da Comissão de Direitos da Criança da OAB-SP, o ensino fora da escola não é totalmente proibido, desde que seja justificado como algo excepcional. "Tem de ser realmente excepcional, senão banaliza. Eu recomendo que os pais não façam isso por conta e risco, mas tenham uma tutela do Judiciário", orienta o advogado. ...
Fonte: EspaçoVital
Divulgação: www.juliosevero.com
Para mais informações sobre a educação escolar em casa, visite o Blog Escola em Casa: www.escolaemcasa.blogspot.com


é um caminho árduo até conseguirmos este direito , mas se formos pressionando uma hora podemos conseguir, como em outros países.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Karla Cristina em Sab 04 Jun 2011, 6:43 pm

O negócio anda feio, olha o conteúdo que os livros Nova História do MEC tem, falando de Cuba e malhando o capitalismo:









http://guiapoliticamenteincorreto.wordpress.com/2011/04/19/alerta-aos-pais/


Última edição por Karla Cristina em Dom 05 Jun 2011, 3:24 am, editado 1 vez(es)

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 6:47 pm


tú tá de brincadeira,
revoltou isto aí...
quando foi que passamos das doutrinação implícita, para a cara-de-pau explícita ?

E que safadeza, porque não dizem também que a China usa-se de trabalho escravo do seu povo , para suprir o comércio mundial usando EXATAMENTE o CAPITALISMO que dizem 'abominar' ?


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 6:50 pm



PS.: dê uma olhadela na nova matéria que postei no tópico sobre Kit-Gay.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Karla Cristina em Sab 04 Jun 2011, 8:59 pm

Revoltou mesmo, tá de embrulhar o estômago... :risadinha:

Nas próximas eleições presidenciais a gente desconta, vamos guardando tudo isso...

Vou lá ler a materia do kit gay... Wink

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Karla Cristina em Sab 04 Jun 2011, 9:48 pm

Questão do ENEM:



Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Convidad em Dom 05 Jun 2011, 10:45 am

agora pegue o blog do Julio Severo , e veja que esta mentiraiada é infame, o percentual de mortes dos tais crimes 'homofóbicos' é MUITO menor que no restante da população , e de quebra temos que a grande maioria destas mortes é feita por HOMOSSEXUAIS (parceiros , cafetões, amantes de travestis, etc..). É a mentiraiada rolando solta para engabelar a população, FORA PT ! FORA Marias do Rosário , FORA Marta Suplicinho, FORA esquerdistas e marxistas , vamos erradicar este povo da vida pública, eles que seviciem mentalmente as suas próprias crianças.


talvez do mesmo site que você tirou esta prova do ENEM :

Rogéria: Toda amiga francesa ou italiana que vem passar as férias aqui, a gente reclama, e elas respondem: vocês não sabem, mas isso aqui é um paraíso… O Brasil é um paraíso dos gays e dos travestis.

Groisman: Mas ainda tem muitos travestis e gays que apanham.

Rogéria: Apanham. Mas hoje em dia eles matam velhinho, professor, mulher grávida… Não são os gays que são mortos. Eles estão matando todo mundo.


Fonte: youtube, vídeo /watch?v=vF6WT0PnzxI
Esse fato beira o óbvio: não são os gays que são perseguidos – são os brasileiros em geral, grupo do qual os homossexuais obviamente fazem parte e estão sujeitos ao mesmo riscos


e ainda :

Se alguém ainda tinha esperanças de que os dados fossem confiáveis, o site Gays de Direita pôs um fim de uma vez por todas nessa palhaçada, analisando morte a morte das ditas “motivações homofóbicas”:

  • Jorge Pedra, jornalista e apresentador. Assassinado por garoto de programa, também homossexual, por motivo de roubo.
  • Zigomar Belo, assassinado pelo companheiro, também homossexual, um cabeleireiro com quem morava a 9 anos. O assassino declarou que o matou porque Zigomar havia o dopado para manter relações sexuais com ele.
  • Adriano Aquino Pereira, travesti, por dívida. O motivo da morte foi uma dívida de R$ 200, decorrida de programas. O assassino, também homossexual, mantinha relacionamento amoroso com a vítima desde 2008.
  • Jenifer, travesti, por dívida de drogas. Um morador do local contou que “Jenifer” certamente tinha envolvimento com a dupla de assassinos e devia aos traficantes que a assassinaram.
  • Dara, travesti, por dívida de drogas.
  • Anderson Silva dos Anjos e Anderson Xinha, por desconfiança de envolvimento no tráfico. Acredita-se que eles foram mortos por serem desconhecidos na área e as facções locais do comando terem desconfiado de que eles seriam algum tipo de X-9 de outra facção rival na disputa pelo comando na localidade.
  • Elson Anselmo Silva, assassinado por parceiro sexual, também homossexual. Élson Anselmo da Silva, de 30 anos, foi morto com um golpe de faca na altura do abdômen desferido por Jean de Oliveira Pio, de 27 anos. Segundo Oliveira, ele e Anselmo estavam mantendo relações sexuais na casa da vítima, que era passivo, e em dado momento ele quis reverter a posição e se impor como ativo se armando com uma faca e ameaçando Jean de morte caso ele não cedesse.
  • Elenir de Paula Teixeira, assassinado por homossexuais (possivelmente garotos de programa).
    Benedito Juarez Silva, suspeito do crime o amante da vítima, por motivo de roubo.
  • Marcelo Zanardo, 47, dono de rotisseria, assassinado por jovem homossexual com quem mantinha relacionamento. O autor do crime confessou o assassinato, mas não relatou os motivos.
    ...

E por aí vai.

Apenas nesse grupo (sem contar, por exemplo, os outros casos já vistos, como o dos sete pais de santos e de dois padres católicos que também foram mortos por homossexuais e o dado de que metade dos casos envolvem roubo, do jornal A Tarde), temos:

71% dos homossexuais foram mortos por outros homossexuais, e, em vários casos, pessoas os quais mantinham relacionamento, o que já descarta a hipótese de “ódio a conduta homossexual”;
32% dos casos estavam envolvidos com tráfico, uso de drogas ou álcool, o que é um ambiente de risco para qualquer pessoa, homem ou mulher, hetero ou não;
25% dos casos envolveram roubos ou latrocínios, coisa frequente no Brasil para TODA população (isso sem levar em conta do Jornal A Tarde, que levanta esse número para 50% dos casos);
[OBS: a conta ultrapassa 100%, pois em um mesmo caso, o agente poderia estar envolvido tanto com drogas como ser homossexual, o que conta nos dois requisitos]

http://quebrandoneoateismo.com.br/tag/marxismo-cultural/



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

professor Re: O ensino em casa seria melhor para criança?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:49 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum