.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
26 usuários online :: Nenhum usuário registrado, 1 Invisível e 25 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja será arrebatada?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Ter 10 Maio 2011, 8:54 pm

Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja será arrebatada?

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Khwey em Ter 10 Maio 2011, 9:17 pm

Assim que o anticristo arrumar a casa, certamente fará muitos discípulos com seus extraordinários prodígios, os quais se deleitarão com a paz e a segurança proporcionada.

Será neste tempo, quando tudo estiver as mil maravilhas, é que será declarada a guerra contra ele, e logicamente quem estiver preparado, aquele que não foi na conversa, não irá participar dela.

Desculpe por não usar "Pre", "Midi" ou "pós", pois não gosto de usar estes termos, assim como "trindade", "livre arbítrio", etc, porque eu acho que eles não traduzem corretamente o entendimento que eu tenho.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 16974
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Convidad em Ter 10 Maio 2011, 9:18 pm

Olha este assunto já deveríamos ter abordado com especificidade faz tempo , acaba-se discutindo no meio de tópicos conspiracionistas e de datação , mas nunca evolui, vou dar minha contribuição para o desenvolvimento , juntei alguns gráficos :






Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 11 Maio 2011, 1:46 pm

Khwey escreveu:Assim que o anticristo arrumar a casa, certamente fará muitos discípulos com seus extraordinários prodígios, os quais se deleitarão com a paz e a segurança proporcionada.

Será neste tempo, quando tudo estiver as mil maravilhas, é que será declarada a guerra contra ele, e logicamente quem estiver preparado, aquele que não foi na conversa, não irá participar dela.

Desculpe por não usar "Pre", "Midi" ou "pós", pois não gosto de usar estes termos, assim como "trindade", "livre arbítrio", etc, porque eu acho que eles não traduzem corretamente o entendimento que eu tenho.

ok, os nomes sao apenas definiçoes teologicas acerca dos eventos

pelo visto vc deve ser da linha do midi-tribulacionismo.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 11 Maio 2011, 1:46 pm

Articulador escreveu:Olha este assunto já deveríamos ter abordado com especificidade faz tempo , acaba-se discutindo no meio de tópicos conspiracionistas e de datação , mas nunca evolui, vou dar minha contribuição para o desenvolvimento , juntei alguns gráficos :






exatamente, por isto criei o topico pq nao tinha nenhum falando sobre o assunto de forma especifica, ja que se fala tanto sobre isto no meio dos outros topicos decidi criar um especificamente para este tema.

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Qua 11 Maio 2011, 3:18 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja será arrebatada?

EXCELENTE TÓPICO...


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Convidad em Qua 11 Maio 2011, 3:21 pm



quase certo que o tópico será pouco frequentado , apesar da tua boa vontade , é que estes assuntos o pessoal de escatologia coloca como PANO DE FUNDO , apenas para justificar datações , quando é para debater mesmo na bíblia, já não interessa tanto..., pode ser que 'caia a ficha'..rs




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Qua 11 Maio 2011, 3:58 pm

Articulador escreveu:

quase certo que o tópico será pouco frequentado , apesar da tua boa vontade , é que estes assuntos o pessoal de escatologia coloca como PANO DE FUNDO , apenas para justificar datações , quando é para debater mesmo na bíblia, já não interessa tanto..., pode ser que 'caia a ficha'..rs


Teu julgamento está completamente enganado. Pra mim é um excelente tópico e deve ser um dos mais frequentados.

No tópico que fiz, você sabe qual é, levo em consideração que PODE SER que estejamos entrando no período Tribulacional neste ano de 2011 ... SE ASSIM FOR DE FATO, creio que a discussão viável é a questão PRÉ, MESO ou PÓS ... pois, seja qualquer uma das 3 questões a tribulação será uma realidade antes que venha o Reino Milenar de Cristo.


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Convidad em Qua 11 Maio 2011, 4:21 pm



OK Sales, vamos ver se o assunto andará , com os dias.
eu particularmente não acho dos assuntos mais agradáveis no cristianismo, nem dos mais importantes, mas como isto se liga a escatologia , acaba ganhando relevância pela área.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Qua 11 Maio 2011, 9:53 pm

Creio no pré-tribulo... e sou tentado ao meso.

I Ts 5

6 Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios;
7 Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite.
8 Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação;

Paulo diz para não dormirmos... mas, ficarmos sóbrios e vigilantes... ...Na parábola das 10 virgens mostra que TODAS DORMIRAM devido a demora do noivo, e só depois que ouviu-se um clamor [ai vem o noivo] é que acordaram TODAS, para se prepararem ... mas, estavam TODAS DORMINDO...

Será que Paulo não sabia que TODAS DORMIRIAM antes da chegada do noivo? Então, porque Paulo diz para não dormir? Simples, as 10 virgens esperam a volta de Jesus Cristo no final do tribulo e não a volta de Jesus como A IGREJA ESPERA, NO ARREBATAMENTO... Paulo falava ali para a Igreja, para convertidos, nascidos de novo que esperam outro acontecimento: O ARREBATAMENTO... estes, NÃO DEVEM DORMIR, senão, ficarão para esperarem como as 10 virgens esperaram. As 10 virgens tem haver com o judeu... assim como Mateus 24 tem localização na ótica do judeu que espera a volta do Senhor no final do tribulo, ...Mateus 24 e 25 relatam a mesma volta de Cristo no final do tribulo... Mas, obviamente, aqueles que ficarem para o tribulo terão que ter a mesma espera que os judeus terão.

II Ts 2

1 Ora, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele,
2 Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.
3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
4 O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.
5 Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? [Paulo já falava sobre esses assuntos com os Tss na época, e tem irmãos que acham desnecessário isso]
6 E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado.
7 Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado;
8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;
9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,

1) Paulo já falava com os Tss sobre a vida do Senhor e a nossa reunião com ele...

2) ANTES QUE A VINDA DO SENHOR ACONTEÇA terá que haver a apostasia e A MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO... O qual "reinará" durante os 7 anos de tribulação... fará acordo na primeira metade dos 7 anos e romperá este acordo na segunda metade... ASSIM PODEMOS CONFERIR QUE O HOMEM DO PECADO ESTARÁ MANIFESTO DESDE O INÍCIO DOS 7 ANOS.

3) Mas, para que o anticristo se revele ALGO QUE O DETÉM [v. 6] deve ser TIRADO ... Este mesmo que DETÉM a manifestação do anticristo, FAZ RESISTÊNCIA AO MISTÉRIO DA INJUSTIÇA QUE JÁ OPERA [v. 7].

O QUE É QUE DETÉM A MANIFESTAÇÃO DO INÍQUO E JÁ FAZ RESISTÊNCIA AO MISTÉRIO DA INJUSTIÇA QUE OPERA?

Creio que só existem duas opções cabíveis para ser "O QUE O DETÉM", pois este tem que estar fazendo resistência ao mistério da injustiça que já opera:

1ª) O Espírito Santo;
2ª) A Igreja.


Se for o Espírito Santo... não podemos imaginar a IGREJA sem o Espírito Santo, o consolador, então, nesse caso a IGREJA estará incluída nessa saida... só observo que não consigo imaginar a saida completa do Espírito Santo daqui da Terra... vejo sim que fique como era no velho testamento, o Espírito de Deus nos homens como era nos profetas.

Prefiro dizer que é a IGREJA o que detém a manifestação do iníquo... até porque a IGREJA é quem faz a resistência ao mistério da injustiça que opera atualmente... e logicamente, o Espírito está na IGREJA ... Então, a saida do Espirito, nesse caso, seria como IGREJA que está atualmente. A IGREJA de CRISTO representa fisicamente a resistência a injustiça que opera... E é esse o que DETÉM a manifestação do anticristo.

SE A IGREJA PERMANECER AQUI DURANTE O PERÍODO TRIBULACIONAL, COMO FICARÁ A MANIFESTAÇÃO DO ANTICRISTO? Jesus voltaria no final do tribulo e o anticristo ainda não teria sido revelado... e ai fica complicado... Pois, ele será revelado no período tribulacional tanto que fará acordo e quebrará entre outras eventos no tribulo que essa personalidade é vista como cita o apocalipse.

SE NÃO É A IGREJA ou O ESPÍRITO SANTO O QUE DETÉM A MANIFESTAÇÃO DO INÍQUO, ENTÃO O QUE É??? Tem que ser algo que FAZ RESISTÊNCIA AO MISTÉRIO DA INJUSTIÇA QUE JÁ OPERA... e o Tessalonicensses já sabiam o que era [v. 6]. E nesse caso, ESTE QUE FAZ TAL RESISTÊNCIA SAIRÁ PARA ENTÃO O INÍQUO SE MANIFESTAR... ...NADA QUE UM ARREBATAMENTO NÃO RESOLVA.



Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por JOEL HAREL em Qui 12 Maio 2011, 12:36 am

Parabéns pelo tópico, esse todo mundo pode opinar sem expor ningúem, que já não deixa de ser uma façanha.
Sem ler esse topico aqui, postei noutro o mesmo tema, pelo que também creio que quando o acordo para a criação do Estado Palestino for assinado (penso que pode acontecer até setembro de 2011 - conforme ultimato de Barack Obama) entraremos na última semana de Daniel postada pelo nobre articulator. Esse deveria ser o assunto mais importante da história da Igreja na terra, pois Deus apartir desse momento deixa de "tratar" com a Igreja e passa a tratar com Israel de novo. O Terceiro Templo será construído (uma das condições para assinar o acordo) e o sacrifício diário ou contínuo retomará dentro do pátio do Templo.

JOEL HAREL
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 359
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Qui 12 Maio 2011, 1:33 pm

JOEL HAREL escreveu:Parabéns pelo tópico, esse todo mundo pode opinar sem expor ningúem, que já não deixa de ser uma façanha.
Sem ler esse topico aqui, postei noutro o mesmo tema, pelo que também creio que quando o acordo para a criação do Estado Palestino for assinado (penso que pode acontecer até setembro de 2011 - conforme ultimato de Barack Obama) entraremos na última semana de Daniel postada pelo nobre articulator. Esse deveria ser o assunto mais importante da história da Igreja na terra, pois Deus apartir desse momento deixa de "tratar" com a Igreja e passa a tratar com Israel de novo. O Terceiro Templo será construído (uma das condições para assinar o acordo) e o sacrifício diário ou contínuo retomará dentro do pátio do Templo.

Então, o que você acha...

• Arrebatamento Pré-tribulo?

• Arrebatamento Meso-tribulo?

• Arrebatamento Pós-tribulo?


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por silvamelo em Qui 12 Maio 2011, 6:34 pm

Em resposta ao link:

http://gospelbrasil.topicboard.net/t4843p120-creio-que-o-arrebatamento-pode-acontecer-ainda-em-2011#108319

Diego escreveu:Agora vc me confundiu rsrsrs. Vc diz que é isso mesmo que dá a entender, contudo afirma que é por isso que aceita o meso-tribulacionismo (??). Acho que ficou mesmo confuso seu posicionamento, pois quando se entende que o capiroto se manifesta, ATUA e só depois Yeshua volta, não pode em momento algum ele ter voltado no meio da ocasião,
Ele vai voltar no final dos 7 anos para reinar, vai ou não vai? Eu disse "em termos", pois a igreja é tomada antes.

Diego escreveu:a não ser que vc entenda que nesse MESMO texto Paulo fala tbm em duas vindas, se for assim, textualmente me mostre, porque só consigo ver uma volta e uma reunião e essa é justamente jogada para depois do levante, manifestação e ATUAÇÃO do anti-messias.
Primeiro precisamos definir o que é a vinda de Cristo. Quando ele vem arrebatar a igreja, ele vem num piscar de olhos, como um relâmpago. Eu lhe pergunto: Como alguém pode ser identificado na perspectiva aqui da terra, numa aparição relâmpago, num abrir e fechar de olhos? Quem estiver aqui na terra nem vai saber que Cristo veio! Só vai perceber que algumas pessoas desapareceram. É esse o arrebatamento de que trata Jesus e o apóstolo Paulo.

Você há de convir comigo que a vinda de Cristo em outras descrições diz que todo olho verá a Jesus vindo nas núvens. Não sei você, mas está claro para mim que são duas manisfestações destintas...

Diego escreveu:Silva continuo achando um erro primário. Se vc ler direitinho Ap 19, verá que a igreja não está no céu celebrando bodas, enquanto na terra a tribulação canta solta.
Tá, então vamos analisar o texto que trata do assunto no Cap. 19:

1 E, depois destas coisas ouvi no céu como que uma grande voz de uma grande multidão, que dizia: Aleluia! Salvação, e glória, e honra, e poder pertencem ao Senhor nosso Deus;

2 Porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos.

3 E outra vez disseram: Aleluia! E a fumaça dela sobe para todo o sempre.

4 E os vinte e quatro anciãos, e os quatro animais, prostraram-se e adoraram a Deus, que estava assentado no trono, dizendo: Amém. Aleluia!

5 E saiu uma voz do trono, que dizia: Louvai o nosso Deus, vós, todos os seus servos, e vós que o temeis, assim pequenos como grandes.

6 E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina.

7 Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.

8 E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.

9 E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.


Antes de mais nada, repare que Deus acabara de executar o juízo sobre Babilônia no Cap. anterior e o apóstolo acrescenta: "depois dessas coisas" no primeiro versículo, significando que quem se rejubilou em seguida assistia ao juízo.

No v.1 e no v.6 o apóstolo identifica estas pessoas sendo uma "grande multidão" presente no céu, exatamente como ele classificou em Apocalipse 7:9, isto é, a igreja, com a vestidura alvejada. Compare com Apocalipse 19:8.

No v.2 e v.3 o texto nos diz porque a multidão estava louvando a Deus, conforme eu já explanei: o juízo de Deus sobre Babilônia.

No v.4 os seres celestiais também louvam.

No v.5 todos os seres são insentivados a louvar, tanto pequenos quanto grandes, o que eles fazem no v.6.

No v.7 todos se alegram porque a esposa já havia se aprontado. Ora, ora! A esposa já estava pronta e não precisava mais se preocupar com isso, e todos se alegraram com isso lá no céu!

Esse trecho aqui no v.8 é importantíssimo para a compreensão. Eles nos diz que a esposa se aprontou com as vestes que são os atos de justiça dos santos. Então, todos estavam alegres porque a noiva já estava pronta no céu para as bodas!

No v.9 o apóstolo conclui dizendo que os que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro são bem-aventurados, isto é os que foram arrebatados. É o que eu posso concluir, já que João falou sobre isso desde o primeiro versículo.

Diego escreveu:Veja no verso que vc apresentou como está claro que durante a tribulação (finalzinho) e DEPOIS da derrocada da Babilônia (contexto, v1,2) é que João OUVE um anjo ANUNCIAR que as bodas darão inicio (7). No verso 7 fica nítido que a preparação da noiva não é até o meio do tribulo (muito menos começo), mas justamente no final dela, ou seja, quando o Eterno julga a prostituta e vinga o sangue dos servos (2).
Mas você está fazendo uma confusão das grandes com a destruição de Babilônia. Babilônia não é destruída no fim da tribulação, mas durante, pois quem queima Babilônia no fogo são os dez reis e o anticristo:

"E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo" (Apocalipse 17:16).

Diego escreveu:Bem, temos um problema de interpretação sua, pois eu tbm disse o seguinte no que vc não colocou no quote: "Paulo aprendeu sobre arrebatamento em algum ensino do próprio Messias e sabemos que o Messias nunca dividiu sua vinda, e a colocou imediatamente após o período tribulacional, sendo assim Paulo recebeu as orientações oriunda dos sermoes proféticos, e então não se trata de uma "nova revelação". Se prestar a atenção verá que eu usei sermões no plural, isso abrange muita coisa, até o texto que vc ACHA ser o mais coerente, e assim o resto da minha citação tbm não pode ser ignorada uma vez que provo que Yeshua nunca validou divisões de vindas.
Olhe, Diego, o que eu posso dizer para você é o seguinte: o assunto "Escatologia" é tratado na Bíblia com muita simbologia. Existem os sinais, que são prova indiscutível do cumprimento das profecias e o resto carece de INTERPRETAÇÃO das simbologias. Não dá para fugir disso, tentando fixar doutrina sobre o tema. Qual interpretação é a correta, só saberemos mesmo quando se cumprir. É por isto que eu não descarto o pós. E creio que você devia dar também atenção para o meso e até mesmo o pré, sem fechar definitivamente a questão no pós. Mas aí é com você...

Diego escreveu:Bem, isso carece de demonstração textual. Onde Yeshua ensinou então?
Na passagem em que ele diz que um é tomado e o outro é deixado, por exemplo. Ora, se Jesus vem de uma vez para julgar, não tem como ser "deixado", já que os que serão julgados e condenados serão lançados no lago de fogo!

Diego escreveu:Bem, a questão interpretativa é que atrapalha, muito embora necessária. A questão é que textualmente Yeshua nunca ensinou vindas divididas e quando falou de sua vinda, a indicou pós tribulo (Mt 24:29-31), sendo assim não há coerência em falar que os Discípulos ensinaram novas doutrinas, quando eles mesmo dizem se basear no que foi dito.
Eles ensinaram, mas você precisa estar atento aos detalhes para interpretar corretamente...

Diego escreveu:No que não quotei acho que você confundiu toque da trombeta com abertura dos selos e por isso alega que muitas coisas aconteçam.
Não confundi não, amigo. Se você prestar bem atenção, vai reparar que estão correlacionados. O livro de Apocalipse tem uma certa cronologia, mas é preciso reparar que em alguns momentos o apóstolo volta para trazer mais detalhes ao que disse em passagens anteriores.


Última edição por silvamelo em Qui 12 Maio 2011, 6:50 pm, editado 2 vez(es)

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Dom 10 Jul 2011, 11:30 pm

vou upar meu topico....afinal de contas é um assunto bem relevante na area escatologica mas esquecido pelos foristas....

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Jarbas em Seg 11 Jul 2011, 12:14 am

...

Eu entendo que existem dois arrebatamento, um pré e um meso... Dois arrebatamentos...

http://gospelbrasil.topicboard.net/t5126-dois-arrebatamentos



"Porém, muitos primeiros serão os derradeiros (2º arreb.), e muitos derradeiros serão os primeiros (1º arreb,)." (Mateus 19 : 30)

"Assim os derradeiros serão primeiros
(1º Arreb.), e os primeiros derradeiros (2º arreb.); porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos." (Mateus 20 : 16)...os escolhidos irão no primeiro arrebatamento

"Porém muitos primeiros serão derradeiros (2º arreb.), e muitos derradeiros serão primeiros (1º arreb.)." (Marcos 10 : 31)

"E eis que derradeiros há que serão os primeiros (1º arreb.); e primeiros há que serão os derradeiros (2º arreb.)." (Lucas 13 : 30)



"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."  (Lucas 21 : 36)

"Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;"  (II Pedro 2 : 9)


"PERECE o justo, e não há quem considere isso em seu coração, e os homens compassivos são recolhidos, sem que alguém considere que o justo é levado antes do mal."  (Isaías 57 : 1)


"O temor do SENHOR é odiar o mal; a soberba e a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu odeio."
  (Provérbios 8 : 13)

Jarbas
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 14976
Localização : Goiânia - Go
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 11 Jul 2011, 1:34 pm

quanto ao pós tribulacionismo, achei isto



E quanto as bases biblicas para pós-tribulacionismo:

"ninguem de nehum modo vod engane pq isto nao acontecerá sem q 1º venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade,o filho da perdiçao" (2 Ts 2-3)

"entao se alguem vos disser:Eis aqui o cristo, nao acrediteis pois sugirao falsos cristos e falsos profetas,operando sinais e prodigios para enganar se possivel,os propios "eleitos" (Mc 13-21,21).
quem sao os eleitos? a igreja! entao fica claro q a igreja verá sim o aonticristo!

a nossa reuniao com cristo(arrebatamento) e sua vinda, é um só acontecimento! " O dia do senhor"

Em 2Ts 2:1 diz: "Irmaos ,no q diz reipeito á vinda de nosso Senhor Jesus e á nossa reunião com ele(arrebatamento),nós vos exortamos"

Paulo parece equiparar a ocasião da volta de cristo e do arrebatamento com o "Dia do Senhor".
Na cena aqui descrita,a igreja estará reunida perante o Senhor em "Sua vinda " e no "Dia do Senhor".
É preciso só vir a "apostasia" e manifesta-se o "homem da iniquidade" antes q chegue o Dia do Senhor e,por conceguinte,antes do arrebatamento dos "santos".

No meu entendimento, o arrebatament ocorrerá no SEXTO SELO.

Veja lá os SINAIS da vinda de JESUS! ( APO.6,12-17)
E os compare com Mt.24,29-31

veja tbm que no mesmo selo, dá-se ínicio a IRA DE DEUS (a qual a igreja não passará pois foi arrebatada ANTES DO ÍNICIO DA IRA, que é o SÉTIMO SELO) APO.3,14

O sexto selo ocorre no Meio dos 7 anos de Daniel.
(OS 75 DIAS DE DANIEL 12)

A igreja irá ver o anticristo ( por muito pouco tempo, dias ou horas) 2.TSS2,1-7.

Em apo.1,7 a IGREJA """"VEM"""" COM JESUS NA SÉTIMA TROMBETA. (POREM O ARREBATAMENTO JÁ OCORREU NO SEXTO SELO, POIS COMO É POSSIVEL ELE ESTAR VINDO COM SUA IGREJA?)

NO QUINTO SELO HÁ ALMAS, POREM """"DEBAIXO DO ALTAR""" (ÍNICIO DA PERSEGUIÇÃO D ANTICRISTO)

ELAS AINDA NÃO TINHAM VESTIRUARAS BRANCAS """ESTAVAM PARA RECEBER""""

No sexto selo é VISTÁ as ALMAS """"DIANTE DO TRONO""""" DIANTE DE DEUS, POREM COM VESTIDURAS BRANCAS """"ARREBATAMENTO""""" SÓ PODE ESTAR DIANTE DE DEUS AQUELES QUE ESTÃO COM CORPOS GLORIFICADOS!!!!!


NOTE QUE EM APO.20,4-6 FALA DA RESSUREIÇÃO DAS ALMAS QUE FORAM """""MORTAS PELA BESTA"""""""

E AS OUTRAS???????

JÁ FORAM ARREBATADOS NO SEXTO SELO!


http://www.orkut.com/CommMsgs?cmm=884172&tid=5330943&na=3&nst=11&nid=884172-5330943-2503497672629080191

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 11 Jul 2011, 1:39 pm

tambem tem este material abaixo:




Porque Somos Pós-Tribulacionistas



A seguir, apresentaremos os principais fundamentos pós-tribulacionistas, para sua análise e estudo. Mais do que seguir um “modelo escatológico”, cremos que é necessário voltar aos princípios, ensinamentos e crença da igreja dos primeiros séculos e opor-nos a tudo aquilo que represente uma novidade em relação a tais princípios, ensinamentos e crença.

1) O Senhor Jesus, em seu sermão profético, relaciona somente sua vinda após a tribulação, não mencionando em nenhum momento um arrebatamento oculto anterior ao momento da vinda em glória, mas um arrebatamento que faz parte de sua gloriosa vinda, logo após a grande tribulação (Mateus 24:29-31, Marcos 13:24-27 e Lucas 21:25-27)


2) A Bíblia não nos revela em nenhum lugar que a volta do Senhor será dividida em duas etapas: uma oculta, anterior à tribulação, e outra visível, após a tribulação. Pelo contrário, a Palavra determina apenas duas vindas: uma já concretizada há aproximadamente 2.000 anos e a outra ainda porvir (Hebreus 9:27-28)


3) Paulo nos revela que o arrebatamento ocorrerá ante a última trombeta ou ao soar a última trombeta. O Senhor Jesus revelou que, por ocasião de sua vinda em glória, logo após a grande tribulação, haverá toque de trombeta. Portanto, nesse momento será tocada a última trombeta. Há uma estrita submissão de Paulo ao que o Senhor já havia ensinado (I Coríntios 15:52, Mateus 24:31)


4) A promessa feita aos discípulos pouco após a ascenção de Cristo, aponta para seu regresso visível como Rei, pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras para derrotar o anticristo. Os discípulos, por ocasião da ascenção, estavam no Monte das Oliveiras e viram o acontecimento. Os anjos lhes revelaram que da mesma forma que Jesus tinha subido, Ele voltaria. Ou seja, de forma visível e pousando seus pés sobre o Monte das Oliveiras (Atos 1:11-12, Zacarias 14:3-4)


5) A Igreja primitiva não tinha qualquer idéia "pré-tribulacionista". Os cristãos primitivos esperavam a volta de Jesus já em seus dias, após cumprimento dos sinais, para livrá-los da perseguição e tribulação em que viviam, e não para evitar que eles entrassem num processo tribulacional. A idéia pré-tribulacionista surgiu no século XIX, atrelada ao dispensacionalismo (II Tessalonicenses 1:7-8)


6) Paulo descarta toda idéia de iminência anterior à concretização dos sinais profetizados por Jesus. Ele ensinou aos tessalonicenses que a vinda de Jesus e a nossa reunião com Ele, não ocorreria antes da apostasia generalizada e da manifestação do anticristo, mantendo a mesma ordem profetizada por Jesus no sermão profético (II Tessalonicenses 2:1-3, Mateus 24:10-15)


7) A volta de Jesus será como "um ladrão na noite" para aqueles que não a esperam e/ou não estão vigiando e atentos aos sinais (I Tessalonicenses 5:4, Apocalipse 3:3)


8) A volta de Cristo está relacionada na Bíblia ao DIA DO SENHOR, que será um dia literal e não um período de sete anos. Jesus mencionou a profecia de Joel 2:10 para especificar os sinais que antecederiam imediatamente sua vinda gloriosa, relacionando a mesma ao DIA DO SENHOR através dos mesmos sinais: o sol e a lua escurecendo. Joel nos revela que esses mesmos sinais antecederão o DIA DO SENHOR, relacionando esse dia ao dia da volta de Jesus e não ao período tribulacional de sete anos (Mateus 24:29, Joel 2:10, Isaias 13:10, Ezequiel 32:7-10)


9) É nítida na Bíblia a presença de servos de Deus em meio à tribulação dos últimos tempos. Não se trata de "ex-desviados", pois os cristãos da grande tribulação guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus, algo impossível sem a atuação do Espírito Santo. Muitos desses servos de Deus, a exemplo dos cristãos primitivos, serão martirizados e odiados "por todas as nações" (Apocalipse 12:17, Apocalipse 6:9-11, Apocalipse 14:8-13, Mateus 24:9-12, Marcos 13:20, João 17:15, Daniel 7:25-27)


10) Desses cristãos, alguns serão protegidos de forma sobrenatural durante a tribulação, a exemplo do que ocorreu com o povo de Israel no Egito durante as pragas (Apocalipse 3:10, Apocalipse 12:14-16, Daniel 11:33-34, Mateus 24:22)


11) O chamado para “vigiar” (o termo vigiar vem de vigília = noite) e se manter atento aos sinais e à santidade, se prolonga até o final da tribulação (Apocalipse 16:15)


12) Jesus, em sua primeira abordagem direta sobre sua volta, relaciona diretamente o momento do arrebatamento à sua vinda gloriosa e à derrota dos exércitos do anticristo no Armagedom. Isso fica patente ao comparar Lucas 17:28-37 com Apocalipse 19:11-21 (presença de destruição, cadáveres e aves de rapina)


13) O objetivo da tribulação não é o extermínio da raça humana nem a destruição total do planeta. Jesus compara sua vinda aos dias de Noé no que concerne ao descaso das pessoas diante das profecias e à malignidade das duas épocas em questão. Porém, os acontecimentos são diferentes: No dilúvio, o propósito era destruir todo ser vivo, exceto Noé, família e os animais na arca. Na volta de Jesus, a destruição virá sobre o sistema maligno no qual o mundo jaz e sobre aqueles que se prostram diante de tal sistema (I João 5:19, I Coríntios 15:23-25, Gênesis 6:7, Gênesis 8:21-22)


14) Após a grande tribulação haverá sobreviventes, inclusive das nações que marcharão contra Jerusalém no Armagedom (Zacarias 14:16)


15) Não existe base bíblica para separar a igreja da Israel espiritual. Apesar de existirem castigos e promessas específicas para a nação israelense, não se justifica presumir por isso um arrebatamento pré-tribulacional. Nós somos o Israel de Deus, filhos de Abraão, segundo a promessa (Efésios 2:14, Gálatas 3:29, Romanos 11:24:32)


16) Não existe legitimação para “dividir” a atuação de Deus em dispensações separadas e excludentes. O que vemos na Bíblia é uma revelação progressiva do plano de Deus para a humanidade. Deus trata com todos ao mesmo tempo. Um exemplo disso é que Deus continua atuando profeticamente com Israel em plena “era dos gentios”


17) Não existe base bíblica alguma para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”. O próprio Cristo se deteve para revelar todos os grandes sinais que antecederiam sua volta. Após o cumprimento de todos os sinais profetizados pelo Mestre é que sua volta será “a qualquer momento”. Paulo também nos revela dois grandes sinais (Mateus 24:33, II Tessalonicenses 2:1-3). Não se pode usar as epístolas paulinas para sustentar a volta de Jesus “a qualquer momento”, pois elas foram escritas para diversas igrejas até 66 d.C., ano em que Paulo morreu decapitado em Roma. Naquele ano não havia se cumprido sequer o primeiro grande sinal profetizado por Jesus: a destruição de Jerusalém, que só ocorreu em 70 d.C. Paulo e nenhum dos apóstolos ensinaram um arrebatamento “sem sinais prévios”


18) A salvação nos livra da ira de Deus. Quando falamos em “ira” relacionada à salvação espiritual, não é correto associar essa “ira” a um processo tribulacional, onde os danos sofridos pelos servos de Deus são físicos. O próprio autor do versículo em questão morreu decapitado dentro de um processo de perseguição e tribulação. A salvação que temos é espiritual e eterna, a qual nos torna isentos da ira eterna de Deus, porém não isentos de passar por tribulações (I Tessalonicenses 1:10, I Tessalonicenses 4:9)


19) Todos os termos neotestamentários usados para referir-se à vinda de Jesus, nos dão a idéia de um evento visível, notável e não oculto: ephiphaneia (aparecimento), apokalipsys (revelação) e parousia (vinda-manifestação)


20) A primeira ressurreição ocorrerá por ocasião da vinda de Cristo em glória, no final da tribulação. Essa “primeira” ressurreição exclui uma ressurreição em massa anterior a esse momento (Apocalipse 20:4-6)


21) Toda a revelação escatológica de Jesus, dos apóstolos e até do Apocalipse, é direcionada à Igreja. Que objetivo haveria em revelar-nos esses pormenores e instruir-nos a estarmos atentos aos sinais, se a Igreja não estivesse inserida nesses acontecimentos?


22) As “bodas do Cordeiro” ocorrerão após a vinda do reino de Deus. O anúncio dessas bodas é feito no final da tribulação (Apocalipse 19:7, Lucas 22:18 – Lucas 21:31)


23) Jesus nos insta a estarmos atentos aos sinais e a não sermos enganados em meio à tribulação pelos sinais malignos dos “anticristos” e “falsos profetas” (Marcos 24:4, Mateus 24:24, Lucas 12:54-59)


24) Jesus disse que “quem perseverar até o fim será salvo”. O “fim” de sua narrativa profética no sermão do Monte das Oliveiras é sua vinda em glória, logo após a tribulação (Mateus 24:13, Mateus 24:6)


25) Jesus predisse que os seus servos seriam odiados “por todas as nações” e que o evangelho seria pregado em testemunho “a todas as nações”. Esses eventos ainda não aconteceram em sua plenitude e devem ocorrer durante a tribulação com a perseguição institucionalizada contra a Igreja e a diáspora decorrente dessa perseguição, produzindo um avivamento nunca antes visto e possibilitando a pregação a “todas as nações”.


26) Se o pré-tribulacionismo estiver certo, nós, pós-tribulacionistas, estamos preparados pela fé e através do novo nascimento para o arrebatamento anterior à tribulação. Se a posição pós-tribulacionista estiver certa, estaria a Igreja preparada em todos os aspectos para enfrentar esses momentos de sofrimento físico e social extremos? Estão todos sendo ministrados para enfrentarem essa possibilidade? Estão todos sendo ensinados a vigiarem em virtude do engano generalizado que se aproxima?


fonte:

http://www.vigiai.com.br/porque-somos-pos-tribulacionistas.html

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Seg 11 Jul 2011, 1:43 pm

aguardo as ponderaçoes dos pontos a favor do pós tribulacionismo citados nos dois posts acima

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por famado em Seg 11 Jul 2011, 1:57 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja será arrebatada?
Em nenhuma, posto que a tribulação já aconteceu no primeiro século. João falava da Igreja Primitiva. Aliás, o arrebatamento não existe. Não esse do sumiço de milhões de pessoas, dentre elas alguns pilotos de avião e motoristas de ônibus, cujos veículos ficarão desgovernados após o seu traslado. O arrebatamento que existe é um que se dará no juízo final, onde os que estiverem vivos serão arrebatados para o Senhor, enquanto os mortos ressurgirão e todos estarão ante o grande tribunal de YHWH. Felizes os que tem a Jesus por advogado!

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Seg 11 Jul 2011, 2:39 pm

EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:quanto ao pós tribulacionismo, achei isto



E quanto as bases biblicas para pós-tribulacionismo:

"ninguem de nehum modo vod engane pq isto nao acontecerá sem q 1º venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade,o filho da perdiçao" (2 Ts 2-3)

"entao se alguem vos disser:Eis aqui o cristo, nao acrediteis pois sugirao falsos cristos e falsos profetas,operando sinais e prodigios para enganar se possivel,os propios "eleitos" (Mc 13-21,21).
quem sao os eleitos? a igreja! entao fica claro q a igreja verá sim o aonticristo!

a nossa reuniao com cristo(arrebatamento) e sua vinda, é um só acontecimento! " O dia do senhor"

Em 2Ts 2:1 diz: "Irmaos ,no q diz reipeito á vinda de nosso Senhor Jesus e á nossa reunião com ele(arrebatamento),nós vos exortamos"

Paulo parece equiparar a ocasião da volta de cristo e do arrebatamento com o "Dia do Senhor".
Na cena aqui descrita,a igreja estará reunida perante o Senhor em "Sua vinda " e no "Dia do Senhor".
É preciso só vir a "apostasia" e manifesta-se o "homem da iniquidade" antes q chegue o Dia do Senhor e,por conceguinte,antes do arrebatamento dos "santos".

No meu entendimento, o arrebatament ocorrerá no SEXTO SELO.

Veja lá os SINAIS da vinda de JESUS! ( APO.6,12-17)
E os compare com Mt.24,29-31

veja tbm que no mesmo selo, dá-se ínicio a IRA DE DEUS (a qual a igreja não passará pois foi arrebatada ANTES DO ÍNICIO DA IRA, que é o SÉTIMO SELO) APO.3,14

O sexto selo ocorre no Meio dos 7 anos de Daniel.
(OS 75 DIAS DE DANIEL 12)

A igreja irá ver o anticristo ( por muito pouco tempo, dias ou horas) 2.TSS2,1-7.

Em apo.1,7 a IGREJA """"VEM"""" COM JESUS NA SÉTIMA TROMBETA. (POREM O ARREBATAMENTO JÁ OCORREU NO SEXTO SELO, POIS COMO É POSSIVEL ELE ESTAR VINDO COM SUA IGREJA?)

NO QUINTO SELO HÁ ALMAS, POREM """"DEBAIXO DO ALTAR""" (ÍNICIO DA PERSEGUIÇÃO D ANTICRISTO)

ELAS AINDA NÃO TINHAM VESTIRUARAS BRANCAS """ESTAVAM PARA RECEBER""""

No sexto selo é VISTÁ as ALMAS """"DIANTE DO TRONO""""" DIANTE DE DEUS, POREM COM VESTIDURAS BRANCAS """"ARREBATAMENTO""""" SÓ PODE ESTAR DIANTE DE DEUS AQUELES QUE ESTÃO COM CORPOS GLORIFICADOS!!!!!


NOTE QUE EM APO.20,4-6 FALA DA RESSUREIÇÃO DAS ALMAS QUE FORAM """""MORTAS PELA BESTA"""""""

E AS OUTRAS???????

JÁ FORAM ARREBATADOS NO SEXTO SELO!


http://www.orkut.com/CommMsgs?cmm=884172&tid=5330943&na=3&nst=11&nid=884172-5330943-2503497672629080191

Bastante interessante... vou ver detalhadamente.


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Seg 11 Jul 2011, 2:45 pm

famado escreveu:
EVANGELISTA/RJ/MSN escreveu:Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja será arrebatada?
Em nenhuma, posto que a tribulação já aconteceu no primeiro século. João falava da Igreja Primitiva. Aliás, o arrebatamento não existe. Não esse do sumiço de milhões de pessoas, dentre elas alguns pilotos de avião e motoristas de ônibus, cujos veículos ficarão desgovernados após o seu traslado. O arrebatamento que existe é um que se dará no juízo final, onde os que estiverem vivos serão arrebatados para o Senhor, enquanto os mortos ressurgirão e todos estarão ante o grande tribunal de YHWH. Felizes os que tem a Jesus por advogado!

Então a marca da besta aconteceu com a igreja primitiva... ali ninguém pôde comprar nem vender sem a marca... É isso? ... Assim, como praticamente tudo tem registros históricos nessa vida, gostaria que você mostrasse referências históricas de ALGO DESSE TIPO TER ACONTECIDO NAQUELA ÉPOCA. ...penso que se a tribulação aconteceu naquela época devemos então ter registros históricos, por exemplo, desse acontecimento da marca da besta.


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por famado em Seg 11 Jul 2011, 3:24 pm

É claro, tratava-se do Império Romano e suas imposições comerciais às nações. Não há uma marca literal na mão ou na testa. Não houve e nunca haverá. Tratava-se tão somente de uma alusão ao Império Romano.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Seg 11 Jul 2011, 3:34 pm

famado escreveu:É claro, tratava-se do Império Romano e suas imposições comerciais às nações. Não há uma marca literal na mão ou na testa. Não houve e nunca haverá. Tratava-se tão somente de uma alusão ao Império Romano.

Então o que a Bíblia diz só aconteceu pela metade? ... Só devemos aceitar "parte" do que a Bíblia diz, não o todo, mas, um pedaço (que "nos" parecer coerente?) ... É assim que se interpreta a revelação bíblica? Fazendo ajustes?

Estas imposições comerciais romanas não tem nada a ver com o que o texto diz sobre a Marca da besta e SÓ PODER COMPRAR E VENDER QUEM A TIVER... se a tribulação já aconteceu naquela época, então, isso deveria, SEGUNDO A BÍBLIA, estar constado na história, que num período só podia compra e vender quem tivesse a marca ... Pobres e Ricos, todas as raças... ...e não existiu isso em tempo passado algum, porque, vai existir e estamos chegando.


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por famado em Seg 11 Jul 2011, 3:50 pm

Mas a história está cansada de ser contada. Quem passou pela grande tribulação foi a Igreja do primeiro século. Quem não podia comprar ou vender é quem não se relacionava com Roma. A marca da besta era o aval de Roma. Isso tudo está escrito de maneira indelével na História do primeiro século de nossa era. De Nero a Domiciano aconteceu o apocalipse e as demais profecias escatológicas. A besta era o Cesar, o falso profeta era a classe sacerdotal de Roma que impelia o povo à adoração ao imperador. A grande prostituta é Roma. Apocalipse é tão somente uma carta de João com um código que somente a igreja entendia. O Império não entenderia que a carta fala dele, quando lesse.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Sales em Seg 11 Jul 2011, 10:26 pm

famado escreveu:Mas a história está cansada de ser contada. Quem passou pela grande tribulação foi a Igreja do primeiro século. Quem não podia comprar ou vender é quem não se relacionava com Roma. A marca da besta era o aval de Roma. Isso tudo está escrito de maneira indelével na História do primeiro século de nossa era. De Nero a Domiciano aconteceu o apocalipse e as demais profecias escatológicas. A besta era o Cesar, o falso profeta era a classe sacerdotal de Roma que impelia o povo à adoração ao imperador. A grande prostituta é Roma. Apocalipse é tão somente uma carta de João com um código que somente a igreja entendia. O Império não entenderia que a carta fala dele, quando lesse.

Não é isso que o texto nos mostra... Essa aplicação que você tentando igualar a situação vivida pela igreja primitiva na época naquela época sobre o domínio romano não se encaixa em nada com o texto de Apocalipse 13:16-18 ...

16 E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,

17 Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.


Veja que o texto diz "A TODOS, PEQUENOS E GRANDES, RICOS E POBRES, LIVRES E ESCRAVOS" ... mostra 'generalizadamente' TODAS as pessoas e não apenas a IGREJA PRIMITIVA como você tenta conlcuir ... TODOS foram obrigados, segundo o texto, que "LHES SEJA POSTO UM SINAL NA SUA MÃO DIREITA, OU NAS SUAS TESTAS," ...e continua dizendo, "PARA QUE NINGUÉM POSSA COMPRAR OU VENDER" ... veja a palavra "NINGUÉM" que mostra novamente que não se trata só da igreja de Cristo, mas, 'NINGUÉM'... comprará ou venderá SENÃO AQUELE QUE TIVER O SINAL, ...NOME DA BESTA ou NÚMERO DO SEU NOME.

Está muito claro e óbvio que este texto não se refere somente a igreja, mas, a TODOS que estarão vivendo na Terra no período tribulacional.

Perceba que o NOME DA BESTA, SINAL (marca), é dito que é também um número (de seu nome)... e no verso 18 incita a quem tiver sabedoria para calcular o número da besta (que é do seu nome) porque é NÚMERO de um homem e é seiscentos e sessenta e seis ... (666).

Este número já está em nossos dias... ou melhor a muito tempo, em todos os PRODUTOS a marca da besta já fazia presença... sim o número 666 está no código de barras de qualquer produto que exista oficialmente:




Estas 3 colunas (duplas) na codificação de barras é 666 ... sempre aparecem mais expressivamente que as outras... ...Sou da área de Engenharia da Computação, estudo códigos e linguagens, e sei que isso ai é verdade. O leitores ópticos são preparados para entenderem essa codificação... e já existe a mais de anos o biochip que, assim como os produtos, terão o código de barras embutido para leitura óptica... Interessantemente foi decidido e normalizado que o uso oficial do biochip deverá ser na mão direita (para localização oficial do leitor) ou na testa, obviamente, quem não tiver mão será posto na testa.




Detalhe... com o passar dos anos esse tamanho foi mais reduzido ... e com certeza esta muito menor do que esse ai.

O biochip armazena dados, é um GPS localizador e, caso tentem removê-lo cirurgicamente após seu implante e ativação, ele se quebra e libera uma substância mortal (radioativos de lítio) no organismo da pessoa.

...só falta você dizer que é tudo coincidência ...essa tecnologia com o texto de Apocalipse 13:16-18 ... ... Nero nunca teve tal tecnologia para que TODOS só pudessem comprar e vender se tivessem a marca... ...Assim como leitores ópticos fazem leituras de produtos com códigos barras, eles também farão leitura de homens com o biochip.


Sales

Sales
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6100
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/10/2008

http://www.tempodedeus.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pre, Midi ou pós tribulacionismo: em qual etapa a igreja

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:42 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum