.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» O Jesus diferente do Espiritismo
Ontem à(s) 7:39 pm por David de Oliveira

» Renan é afastado da presidência do Senado após tornar-se réu por peculato
Ontem à(s) 6:53 pm por David de Oliveira

» Oportunidades de emprego
Ontem à(s) 3:55 pm por Christiano

» Noticiário Escatológico
Ontem à(s) 3:33 pm por Jarbas

» Absurdário Escatológico
Ontem à(s) 9:56 am por Ed

» Olá...
Sex 09 Dez 2016, 10:25 pm por Ed

» Qual a verdadeira intenção dos organizadores das manifestações?
Sex 09 Dez 2016, 7:40 pm por Lit San Ares

» Meditações da Bíblia
Sex 09 Dez 2016, 4:59 pm por Discipulah

» Só há um jeito do Lula perder a próxima eleição!
Sex 09 Dez 2016, 7:36 am por gusto

Quem está conectado
32 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 32 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Deus é bom? - God on trial

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Deus é bom? - God on trial

Mensagem por Karla Cristina em Sab 07 Maio 2011, 5:09 pm

Seguinte, quem já assistiu os filme God on trial, viu que no finalzinho do filme eles chegam a conclusão que Deus não é bom.

http://www.youtube.com/watch?v=nGh_SqrIFYk&NR=1

O filme relata uma pergunta feita por um grupo de prisioneiros em Auschwitz. Percebendo que seu extermínio é iminente, os prisioneiros tentam dar algum sentido a seu destino, colocando Deus no banco dos réus. Como é que a divindade que eles chamam de o Todo-Poderoso poderia abandonar o Seu povo escolhido na hora que ele mais precisa?

O filme mostra um universo presumivelmente governado por um Deus benevolente e todo-poderoso, e como é possível que eventos como o Holocausto possam vir a ocorrer?

No finalzinho do filme eles chegam a conclusão que Deus não é bom. Não tenho dúvida nenhuma que Deus é bom, e sei que para aquelas pessoas que estavam ali, naquele momento ficaria dificil de entenderem que faziam parte de um plano de Deus, que de certa forma não estavam a revelia, e que hoje eles ganharam seu galardão, e Deus não deixou de cumprir sua promessa com o judeus, ao contrário do que fala no filme, eles receberam em um só dia de volta a sua nação.

Poder-se-ia fazer nascer uma terra em um só dia? Nasceria uma nação de uma só vez? Mas Sião esteve de parto e já deu à luz seus filhos. (Isaías 66:11).

Agora, tornarei a trazer os cativos de Jacob. E me compadecerei de toda a casa de Israel; terei zelo pelo meu santo nome. E levarão sobre si a sua vergonha e toda a sua rebeldia com que se rebelaram contra mim, quando eles habitarem seguros na sua terra, sem haver quem os espante; quando eu os tornar a trazer de entre os povos, e os houver ajuntado das terras de seus inimigos, e for santificado neles aos olhos de muitas nações. (Ezequiel 39:25-27).


A questão é a seguinte, já repararam que várias religiões abraçam o "Deus é bom" de forma diferente da realidade? Muitos espiritas falam: - eu ajudando os pobres estarei de bem com Deus, porque Deus é amor. Os gnosticos é a mesma coisa: - Deus é amor. Mas evangelicos que lêem a bíblia sabe que não é exatamente assim, que Deus é um Pai "severo", o que não O faz menos bom, simplesmente severo. Tenho dificuldades as vezes de explicar pro meu irmão espirita que não adianta fazer somente boas ações, que existe um plano salvitico através de Jesus, e que se ele não entender e aceita-lo, pode colocar muita coisa em risco. Tenho uma certa dificuldade neste "Deus é bom" com pessoas de outra religião, parece que eles fazem uma interpretação errada sobre a bondade divina, acham que toda boa ação (que seria uma obrigação humana) já os faz próximos de Deus. O que vcs acham?

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus é bom? - God on trial

Mensagem por Convidad em Sab 07 Maio 2011, 6:48 pm


o secularismo vende não o Deus bom , mas o Deus bonzinho!
ou seja, aquele que aceita tudo como um pai leniente aceitaria que seus filhos fizessem - o que bem quisessem na vida , sem nunca castigá-los.

quanto ao documentário , é importante notar que é aquele negócio da cultura 'todos caminhos levam a Deus', no entanto Cristo foi claríssimo que o judaismo sem Ele (sem seu sacríficio) NÃO levaria à Deus , pois Cristo sempre foi o cerne e objetivo do judaismo , seu desfecho e base, tirou Cristo da jogada , só sobrou uma alegoria de regras auto-impostas.

Deus permite muita coisa neste mundo , porque o homem tem livre-arbítrio para se afastar Dele , e não houve povo que mais se afastou de Deus que os judeus (sim, mais que ateus) , pois está escrito 'ao que mais tem, mais lhe será cobrado', o judeu tinha muito , tinha Moisés e os profetas, tinham milagres, tinham promessas magníficas , tinham cultura religiosa e esperançosa do Messias , mas decidiram matar seu próprio Salvador, não só por isto foram abandonados à esta sorte , mas porque a bíblia registra que desde que sairam do egito (meros 40 dias e já estavam idolatrando outros deuses, e fazendo cultos ao ouro e prostituição), foram dura cerviz , então temos 3000 anos de história de rebeldia e afastamento de Deus , é o mesmo que um filho rebelde brigar anos a fio com o pai porque quer fumar crack , o pai resgata o filho na sarjeta dezenas de vezes , chega uma hora que nem o pai aguenta mais , o filho dorme viciado na sarjeta , é espancado , maltratado , seviciado , e volta para a casa do pai , este vai aceitar, mas o estrago está feito, por livre insistência do rebento , que não creu nos alertas do pai.

Entendamos que qualquer que se aproximar de Deus e depois se afastar terá um mau destino , porque há outro 'senhor' deste mundo , que comanda os espíritos decaídos , e este vai querer mostrar sua imponência justamente destruindo e deformando os que um dia foram 'povo do Senhor', esta é a vingança de derrotado dele , sujar a parede que um dia foi caiada , daí a severidade do que aconteceu aos Judeus, embora Deus operasse para que isto também trouxesse benção , como a criação do Estado judaíco , e o suporte desde então dos EUA a este , sem o que , nem haveriam mais judeus no mundo , visto que por cisão ideológica e espiritual , há 1,5bilhão dos filhos de Ismael (Arabes) que via-de-regra , odeiam mortalmente os judeus , aos quais rodeiam e dominam numericamente .






Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus é bom? - God on trial

Mensagem por nandokiss em Dom 08 Maio 2011, 7:42 am

interessante. para Leibniz Deus havia criado atraves das leis mecânicas e da conveniência, o melhor dos mundos possiveis.

eu penso diferente ate de certos existencialistas, para quem as escolhas determinam tudo. Sartre dizia, a existencia precede a essencia. Primeiro voce existe, se situa no mundo, se constroi...

Se deus existe ele priveligia certas pessoas, com talento e engenhosidade (independente da religiao).
Bill gates ja era um fenomeno, com 15 anos, quando construiu seu primeiro computer... mesmo gente comum seria agraciada com um poderoso dom, tal como Pelé.
enquanto a outros nada é dado...
meu pai usa muito a seguinta frase - cada um tem o que merece...
talvez ele tenha razão... :risadinha:


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus é bom? - God on trial

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:54 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum