.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
37 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 37 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Também tenho a minha declaração de fé.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por David de Oliveira em Seg 09 Maio 2011, 10:18 pm

Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Essa ocasião ainda estava em vigor a velha Lei de Moisés, mas dentro do testamento de Jesus, depois de Sua morte.
Como assim? Não é enquanto "morto" que o testamento se torna válido?
Se o testamento já é válido, e suas discípulas ainda guardavam o Sábado, isso significa que Yeshua não testamentou a sua abolição.

Quem tem olhos pra ver, veja:
"Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento" (Lc 23:56).

Resposta:
Essa ocasião ainda estava em vigor a velha Lei de Moisés, mas dentro do testamento de Jesus, depois de Sua morte, Paulo nos dá outra instrução:
Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses. Mas agora (com o evangelho de Jesus), conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres (da Lei de Moisés), aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco. Gálatas 4: 8-11.*

O novo testamento de Jesus, tal como nós os gentios o conhecemos hoje, nos foi pregado sobretudo por Paulo. Isso não foi do dia para noite. Como está em gálatas 4 e até hoje acontece, muitos ainda querem retroceder aos "rudimentos antigos, frascos e pobres, como guardar dias, meses, tempos e anos".







 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8182
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por Ton em Ter 10 Maio 2011, 6:40 am

David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Essa ocasião ainda estava em vigor a velha Lei de Moisés, mas dentro do testamento de Jesus, depois de Sua morte.
Como assim? Não é enquanto "morto" que o testamento se torna válido?
Se o testamento já é válido, e suas discípulas ainda guardavam o Sábado, isso significa que Yeshua não testamentou a sua abolição.

Quem tem olhos pra ver, veja:
"Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento" (Lc 23:56).

Resposta:
Essa ocasião ainda estava em vigor a velha Lei de Moisés, mas dentro do testamento de Jesus, depois de Sua morte, Paulo nos dá outra instrução:
Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses. Mas agora (com o evangelho de Jesus), conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres (da Lei de Moisés), aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco. Gálatas 4: 8-11.*

O novo testamento de Jesus, tal como nós os gentios o conhecemos hoje, nos foi pregado sobretudo por Paulo. Isso não foi do dia para noite. Como está em gálatas 4 e até hoje acontece, muitos ainda querem retroceder aos "rudimentos antigos, frascos e pobres, como guardar dias, meses, tempos e anos".
É muita 'honestidade' sua citar Paulo distorcidamente pra contrariar os Mandamentos de DEUS e a "não-abolição" dos mesmos por Yeshua.

Digo, pois, que, todo o tempo em que o herdeiro é menino, em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo. Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai. (Gl 4:1-2)
A expressão contida no Texto, "até o tempo determinado" tem uma grande ligação com a expressão "até ao tempo oportuno de reforma" de Hb 9:10, onde ambos os Textos discursam a respeito da Lei.
Note que, no Texto citado por você, no vs. 2, diz que o herdeiro "está sob tutores e curadores" dando alusão à dependência que os israelitas tinham a despeito dos "preceitos de serviço sagrado e do santuário terrestre" (Hb 9:1) para poderem terem acesso ao Lugar Santo (Hb 9:8), ao perdão dos pecados através dos sacrifícios (Hb 9:7) atravez do sumo sacerdote, que representava o povo (Ex 28:29).
Os tutores e curadores são as leis de serviço sagrado da primeira aliança e o seu santuário terrestre (Hb 9:1), dadas "até ao tempo determinado pelo pai" (Gl 4:2), como " uma parábola para a época presente" (Hb 9:9), "até ao tempo oportuno de reforma" (Hb 9:10), que veio através de CRISTO e seu Sacrifício feito para sempre!

Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo; mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. (Gl 4:3-5)
Note, irmão, que alguns dos "rudimentos do mundo" de Gl 4:3 são apresentados em Cl 3:20-22, que diz:
"Se morrestes com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos sujeitais ainda a ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques, não proves, não manuseies (as quais coisas todas hão de perecer pelo uso), segundo os preceitos e doutrinas dos homens?"
Com essa Revelação, as Escrituras nos fazem entender que os "rudimentos do mundo" têm raizes nos "preceitos e doutrinas dos homens" e não em DEUS (Cl 2:8); excluindo a possibilidade de relacionar os "rudimentos do mundo" com as "Leis de DEUS".
Paralelamente, Paulo chega a comentar em Rm 7:22-23, a respeito daquilo que ele estava sendo escravizado, ao dizer:
"No tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo, nos meus membros, outra lei que, guerreando contra a lei da minha mente, me faz prisioneiro da lei do pecado que está nos meus membros"
Note então, a clara distinção que Paulo faz entre a "Lei de DEUS" e a "lei do pecado", e o que realmente Paulo era escravo; e o que ele tinha prazer.

E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo. (Gl 4:6-7)
Amém!
"E como filhos obedientes, não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância" (1Pd 1:14).

Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses. Mas agora, conhecendo a Deus ou, antes, sendo conhecidos de Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. (Gl 4.8-10)
Note irmão que, no contexto diz que o "serviço aos rudimentos fracos e pobres" está relacionado ao "serviço aos que por natureza não são deuses", aludindo à idolatria, que é uma tendência pecaminosa estimulada pela lei do pecado, pela carne (Cl 3:5) e que "não se sujeita à Lei de DEUS" (Rm 8:7).
Com isso, a menção que se faz a despeito da "guarda de dias, e meses, e tempos, e anos", não pode ser relacionada ao que dito a guardar na Lei, pois não há nenhuma lei, por exemplo, dizendo para "guardar-se meses, ou anos". Isso descaracteriza o "pacote" de Gl 4:10 como sendo relacionado às leis dos dias e festividades solenes do povo israelita, mas aos costumes pagãos dos gálatas, de se guardar dias, meses, tempos e anos à suas divindades, que por natureza não são deuses" (Gl 4:8).


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por David de Oliveira em Ter 10 Maio 2011, 12:46 pm


É tanta conversa para esconder o óbvio... Como esconder o que Paulo está dizendo?

O capítulo 4 de Gálatas é continuação do capítulo 3. Nesse capítulo, Paulo destaca duas obras: as obras da carne, que ele literalmente descreve como as obras rudimentares da Lei de Moisés e a obra ou ação do Espírito, que é o resultado da atuação do espírito na pregação do evangelho de Jesus.
“Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé? Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, (pregação do evangelho) acabeis agora pela carne (obras da Lei)? Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, fá-lo pelas obras da lei, ou pela pregação da fé?” Gal 3: 2,3,5.
“O tempo determinado por Deus” está em Gal 3:8 que diz: “Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti”.
Esse é o tempo determinado por Deus. O Evangelho da fé foi pregado primeiramente a Abraão. Após 430 anos veio a Lei que serviu de tutor ou aio, Gal 3:24, alusão à pessoa encarregada de olhar a criança. No fim da Lei, que deveria acabar em Jesus (Gálatas 3:19), veio a “bênção de Abraão aos gentios” que é a posteridade referindo-se a Jesus.
Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito. Gal 3: 13,14.
“De maneira que a lei nos serviu de aio (tutor), para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados, Mas, depois que veio a fé (evangelho), já não estamos debaixo de aio”. Gal 3:25. A adoção de “filhos” se dava na maturidade quando o jovem deixava das coisas de menino e adquiria conhecimentos de adulto. Está muito claro que “o tempo de menino” era o tempo da Lei de Moisés e o tempo da maturidade era o tempo do conhecimento do Evangelho de Jesus.

Mas o assunto continua no capítulo 4:

“Também nós, (nós quem? os israelitas) quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo (mandamentos da velha Lei de Moisés). Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei, Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos. Gálatas 4: 3-5.
Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.

ai, caramba!



 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8182
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por Ton em Sex 13 Maio 2011, 9:42 pm

David de Oliveira escreveu:Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.
Qual é o Evangelho de CRISTO pra você, gentio Deividi?


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por David de Oliveira em Sex 13 Maio 2011, 11:05 pm

Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.
Qual é o Evangelho de CRISTO pra você, gentio Deividi?

Resposta:

Efésios 3

Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios;

Se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada;

Como me foi este mistério manifestado pela revelação, como antes um pouco vos escrevi;

Por isso, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo,

O qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas;

A saber, que os gentios são co-herdeiros, e de um mesmo corpo, e participantes da promessa em Cristo pelo evangelho;

Do qual fui feito ministro, pelo dom da graça de Deus, que me foi dado segundo a operação do seu poder.

A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo,

E demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo;

Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus,

Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor,

No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.

Portanto, vos peço que não desfaleçais nas minhas tribulações por vós, que são a vossa glória.

Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,

Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome,

Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior;

Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,

Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade,

E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.

Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,

A esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém.



 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8182
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por Ton em Sab 14 Maio 2011, 2:34 pm

David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.
Qual é o Evangelho de CRISTO pra você, gentio Deividi?

Resposta:
Efésios 3
O Evangelho inclui obedecer às Ordens de Yeshua dadas aos Seus 12 Discípulos Judeus, ou não? Basta apenas saber que somos "co-herdeiros" ?


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por David de Oliveira em Dom 15 Maio 2011, 11:07 am

Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.
Qual é o Evangelho de CRISTO pra você, gentio Deividi?

Resposta:
Efésios 3
O Evangelho inclui obedecer às Ordens de Yeshua dadas aos Seus 12 Discípulos Judeus, ou não? Basta apenas saber que somos "co-herdeiros" ?

Não somente aos doze discípulos, mas a todos os outros judeus remanescentes que no começo da era crista se converteram a graça de Jesus, mas isso não continuou, ficando aos gentios o prosseguimento do evangelho. como diz galatas 3, Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.
Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8182
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

"A vontade do Pai que está nos céus"

Mensagem por A. Guimarães em Dom 15 Maio 2011, 11:53 am


O texto de Mat. 7:21-23 é muito significativo. Jesus faz o contraste entre DOIS GRUPOS: os salvos, que "fazem a vontade do Pai que está nos céus" e os perdidos, que praticam a "iniquidade", termo que merece alguma consideração especial, como faremos abaixo.

Então, para saber onde está declarada essa "vontade do Pai", podemos tomar o testemunho de Davi, servo de Deus--"Agrada-me fazer a TUA VONTADE, ó Deus meu; sim, dentro do meu coração está a TUA Lei" (Sal. 40:8).

Aí está revelada mais claramente as bases de toda a ética e moral universal--na lei de Deus (a vontade de Deus para a conduta de Seus filhos).

Agora, temos os que até batem no peito declarando, "sou salvo", e até reivindicam a prática de milagres. Mas Jesus lhes dirá tristemente:

"Apartai-vos de Mim, vós os VIOLADORES DA LEI" (Mat. 7:23, cf. original grego).

Explicando melhor: O termo que muitas Bíblia vertem por "iniquidade" em Mat. 7:23 no original grego é anomian, a mesma palavra que aparece em 1 João 3:4 como "transgressão da lei".

Assim, "Pecado é a transgressão da lei-anomian".

Tanto que a própria Bíblia dos neoantinomistas 'testemunhas de Jeová' é mais fiel ao original grego nesse texto. Assim está traduzida: "Afastai-vos de mim, vós obreiros do que é CONTRA A LEI".

Não cito esta tradução por ser superior às demais (não é. . .) e sim porque tal tradução torna-se INSUSPEITA, já que as TJ's são neoantinomistas, defensoras dessas mesmas teses de "lei abolida" e noções assemelhadas.

A. Guimarães
¹
¹

Número de Mensagens : 166
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por David de Oliveira em Dom 15 Maio 2011, 12:16 pm

Viva os JT'S! Tambem aceitam Galatas 3:
Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.

De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.

Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.

E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.

Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá.

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.

Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta.

Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.

Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.

Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.

Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro.


 Jucá: “Conversei ontem com alguns ministros do Supremo (Tribunal), os caras dizem: Ooh! Só tem condições sem ela (Dilma), enquanto ela (Dilma) estiver ali, a Imprensa, os caras querem tirar ela, esse negócio não vai parar nunca entendeu estou conversando com os generais, comandantes militares está tudo tranqüilo, os caras dizem que vão garantir...” .

David de Oliveira
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 8182
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por A. Guimarães em Dom 15 Maio 2011, 1:50 pm

David de Oliveira escreveu:Viva os JT'S! Tambem aceitam Galatas 3:
Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.

De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão.

Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.

E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.

Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá.

Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.

Irmãos, como homem falo; se a aliança de um homem for confirmada, ninguém a anula nem a acrescenta.

Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua descendência, que é Cristo.

Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa.

Porque, se a herança provém da lei, já não provém da promessa; mas Deus pela promessa a deu gratuitamente a Abraão.

Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro.

Interessante como funciona a LAVAGEM CEREBRAL do neoantinomismo dispensacionalista. É IGUALZINHO à forma como funciona a mesma LAVAGEM CEREBRAL da Torre de Vigia--repeteco dos mesmos chavões de sempre.

Daí que vemos nosso amigo aqui até dando "vivas" ao seus companheiros de LAVAGEM CEREBRAL jeovaísta. . . .

Muito significativo mesmo, ¿verdad?

A. Guimarães
¹
¹

Número de Mensagens : 166
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por Ton em Sex 20 Maio 2011, 9:43 pm

David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:
Ton escreveu:
David de Oliveira escreveu:Esse é a maturidade adquirida: o Evangelho de Cristo. A lei de Moisés era provisória e temporal e somente serviu para conduzir os israelitas à maturidade do Evangelho.
Qual é o Evangelho de CRISTO pra você, gentio Deividi?

Resposta:
Efésios 3
O Evangelho inclui obedecer às Ordens de Yeshua dadas aos Seus 12 Discípulos Judeus, ou não? Basta apenas saber que somos "co-herdeiros" ?

Não somente aos doze discípulos, mas a todos os outros judeus remanescentes que no começo da era crista se converteram a graça de Jesus, mas isso não continuou, ficando aos gentios o prosseguimento do evangelho.
Muito bem.

Haja visto que Yeshua deu Ordens antes de Sua Morte (Antiga Aliança), podemos entender pelas Escrituras que tais Ordens devem ser aplicadas pelos seus discípulos (judeus naturais ou não) após Sua Morte (Nova Aliança)?


Blog Ton |de Tudo|


TON - "APRENDIZ DA BÍBLIA"
"Quando o 'Leão da Tribo de Judá' RUGE, o 'leão metido à besta' MIA de medo" (W. B. S.).

Ton
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3210
Idade : 29
Localização : Serra/ES
flag : Brasil
Data de inscrição : 23/10/2008

http://arrazoemos.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Também tenho a minha declaração de fé.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:08 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum