.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
52 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 51 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

aleluia Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Karla Cristina em Sab 19 Mar 2011, 8:37 pm

Existem quatro fatos históricos:

- O sepultamento de Jesus


1 - é atestado multiplamente por fontes independentes (mateus,marcos,lucas e João) e várias cartas do apótolo Paulo.
2 - Sepultamento de Jesus por José de Arimatéia através de testemunhos independentes (Mateus, lucas João e Pedro)
3- Como um membro judaíco que condenou Jesus, José de Arimatéia não
poderia ser uma invenção cristã. Existia uma hostilidade compreensível
no início na igreja em relação a líderes judeus. aos olhos dos cristãos
eles planejaram e conderam judicialmente Jesus. O sepultamento por parte
de José é muito provável, uma vez que é quase inexplicavel porque os
cristãos inventariam uma história de um judeu que fez bem a Jesus.

================================================================================

- A descoberta de seu túmulo vazio.


1 - A tumba vazia é atestada multiplamente por fontes independentes (marcos, Mateus, João, Paulo e nos Atos dos Apóstolos)
2- A tumba foi descoberta vazia por mulheres. O testemunho de mulher na
sociedade judaico patriarcal não possuia consideração. Por isso o fato
de mulheres que descobriram a tumba vazia ao invés de homens, demonstra a
veracidade dos fatos, já que se fosse inventado seria homens e não
mulheres a encontrar a tumba vazia.

==================================================================================

- Suas aparições post-mortem.


1 Em diferentes ocasiões e sobre várias circuntstâncias
diferentes individuos e grupos de pessoas experimentam aparências de
Jesus ressuscitado da morte. É reconhecido universalmente pelos
estudiosos pelas seguintes razões;

- A lista de Paulo das testemunhas oculares das aparições do Jesus ressurreto garante que tais aparições ocorreram - Paulo nos diz que Jesus apareceu para seu
principal discípulo Pedro, então para o grupo dos apóstolos conhecido
como "os doze"; então depois ele apareceu para um grupo de 500
discípulos de uma só vez, então para seu irmão mais novo Tiago, que até
então era aparentemente um descrente, então para os discípulos.
Finalmente, Paulo acrescenta, "ele apareceu também a mim", quando Paulo
era ainda um perseguidor de cristãos (I Co 15.5-8). Dado o momento no
qual Paulo escreveu tais informações, bem como sua familiaridade com as
pessoas envolvidas, estas aparições não podem ser desconsideradas como
simples lendas.

2 - Os relatos das aparições nos evangelhos provêm múltiplas e independentes atestações das aparições - Por exemplo, a aparição a Pedro é atestada por Lucas e Paulo; a aparição aos "doze" é atestada por Lucas, João e Paulo; e a aparição para as mulheres é atestada por Mateus e João. As narrativas das aparições alcançam tantas
fontes independentes que não se pode racionalmente negar que os primeiros discípulos tiveram tais experiências. Assim, até mesmo o crítico cético do Novo Testamento Gerd Lüdemann conclui, "Pode ser tomado como historicamente certo que Pedro e os discípulos tiveram experiências após a morte de Jesus nas quais Jesus apareceu a eles como Cristo ressurreto"

===============================================================================

- A origem da crença dos discípulos em sua ressurreição.

Os discípulos de repente e sinceramente começaram a acreditar que Jesus havia ressuscitado dos mortos não obstante suas muitas predisposições para o contrário. Pense na situação que os discípulos encararam após a crucificação de Jesus:

1. Seu líder estava morto - E as expectativas judaicas messiânicas não continham a
idéia de um Messias que, ao invés de triunfar sobre os inimigos de
Israel, seria vergonhosamente executado pelos seus inimigos como um
criminoso.

2. Crenças judaicas sobre o além-vida excluíam a possibilidade de qualquer pessoa ressuscitando da morte para a glória e imortalidade antes da ressurreição geral da morte no fim do mundo - Todavia, os discípulos repentinamente começaram a crer tão fortemente que Deus ressuscitou Jesus de dentre os mortos que eles se dispuseram a
morrer pela verdade desta crença. Mas então surge a questão óbvia: O que no mundo fez-los acreditar em algo tão antijudeu e estranho? Luke Johnson, um estudioso do Novo Testamento na Emory University, comenta,"Alguma espécie de experiência poderosa e transformativa é necessária para gerar o tipo de movimento como o do cristianismo primitivo" . E também N. T. Wright, um eminente estudioso britânico,
conclui, "Esta é a razão porque, como um historiador, eu não consigo
explicar o surgimento do cristianismo primitivo a não ser por Jesus
ressuscitando, deixando uma tumba vazia para trás"

===============================================================================

Em resumo, existem quatro fatos que são reconhecidos pela maioria dos estudiosos: o sepultamento de Jesus, a descoberta do túmulo vazio, suas aparições post-mortem, e a origem da crença dos discípulos em sua ressurreição.

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por abençoado em Sab 19 Mar 2011, 10:30 pm

positivinho

Muito bom!

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Well em Seg 21 Mar 2011, 11:15 am

Karla Cristina escreveu:Em resumo, existem quatro fatos que são reconhecidos pela maioria dos estudiosos: o sepultamento de Jesus, a descoberta do túmulo vazio, suas aparições post-mortem, e a origem da crença dos discípulos em sua ressurreição.
Karla, o problema é que eles (ateus e céticos) não aceitam essas evidências neotestamentárias. Por isso, quando citei o Ap. Paulo porque ele é fato provado que existiu, os ateus e céticos ainda assim, não creem nas cartas paulinas quando essas falam exaustivamente sobre o Jesus ressuscitado, ou seja, eles creem que Paulo de Tarso existiu, mas não creem no que ele escreveu e nem no relato de sua conversão. Isso é uma baita incoerência. Fazer o quê? O que será que eles pensam a respeito do motivo que fez Saulo de Tarso deixar de ser um perseguidor de cristãos para se tornar um perseguido junto com os cristãos? O Cal deu uma explicação que eu respeitei a opinião dele, entretanto... Leia você a explicação dele:
Cal escreveu:Talvez, e aqui admito tratar-se de pura especulação, Paulo tenha se sensibilizado com a perseguição injusta e violenta sofrida por alguns cristãos, revoltando-se ao extremo de tornar-se um deles, mas para ser aceito por eles depois de seus atos precisava de algo mais drástico do que "Eu me converti!!! Está tudo bem agora, vocês podem confiar em mim!!!. [...]

Outros escritores seculares falaram sobre a perseguição dos cristãos, que os cristãos adoravam o Cristo como se esse fosse um deus, que Cristo fazia coisas extraordinárias e etc, ainda assim, eles não querem acreditar. Então fica a pergunta: se acreditam que cristãos foram barbaramente perseguidos e mortos no começo da Era Cristã, o que passam pelas cabeças deles quando leem sobre essas perseguições? Qual o motivo gerador de tal perseguição? Por que os cristãos entregavam as suas vidas sem recuar diante da morte?

[ ]s.


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Karla Cristina em Seg 21 Mar 2011, 10:59 pm

Pois é Well, não faz sentido nenhum, uma pessoa morrer por uma mentira:

Quando Jesus morreu na Cruz, foi a maior decepção para os que conviviam com Jesus, inclusive Pedro, que era o mais apegado a Cristo e o negou três vezes.

Após Jesus ressucitar e ficar com seus discipulos, eles eram capazes de morrerem por Jesus.


Pedro.

É tido pelos católicos como o primeiro Papa e Bispo de Roma. Foi mártir na cidade de Roma em cerca de 64 d.C., durante a perseguição dos cristãos pelo imperador Nero.

Crucificado de cabeça para baixo no Circo de Nero a seu próprio pedido, por não se sentir de valor suficiente para morrer da mesma forma que o seu Senhor havia morrido.

==============================================================

André

Foi para a terra dos canibais, que hoje são os países que compuseram a ex-União Soviética, região identificada por Cítia, por Eusébio de Cesaréia. Os cristãos daquela região atestam que ele foi o primeiro a levar o Evangelho para lá. Ele também pregou na Ásia Menor, hoje conhecida como Turquia, e na Grécia, onde foi martirizado. É considerado o fundador da igreja em Bizâncio (Constatinopla e, atualmente, Istambul), motivo pelo qual é considerado o primeiro Patriarca de Constantinopla.

Crucificado em uma cruz em forma de x

==============================================================

Tomé

Foi provavelmente o mais ativo do apóstolos ao leste da Síria. Uma tradição informa que ele pregou até a Índia. Os cristãos indianos chamados Martoma, uma denominação muito antiga dentro do Cristianismo, o reverenciam como o fundador dela.

Foi morto em Mylapore, na Índia, por lanças de quatro soldados.

==============================================================

Filipe

Possivelmente teve um ministério muito poderoso em Cartago, no Norte da África, e então na Ásia Menor, onde a mulher de um pró-cônsul romano se converteu.

Provavelmente morreu crucificado, mas alguns afirmam que foi preso e torturado pelo pro-cônsul.

==============================================================

Mateus

O coletor de impostos e escritor de um dos Evangelhos, ministrou na Pérsia (atual Irã) e na Etiópia.

Um dos mais antigos comentários diz que ele não foi martirizado, enquanto outros dizem que ele foi apunhalado até morrer na Etiópia.

==============================================================

Bartolomeu

Fez viagens missionárias para muitas partes. Porém tal informação é passada através de uma tradição. Ele teria ido à Índia com Tomé, voltou à Armênia, e foi também à Etiópia e ao sul da Arábia.

Teria sido esfolado vivo e, depois, decapitado pelo governador de Albanópolis, atual Derbent.

==============================================================

Tiago, filho de Zebedeu

Foi um dos primeiros discípulos de Jesus.
Foi decapitado em 44 d.c.

==============================================================

Tiago, filho de Alfeu

Também conhecido como Tiago Menor, é um dos pelo menos três outros Tiagos referido no Novo Testamento

Existe alguma confusão sobre quem seria quem, mas este Tiago é considerado como sendo o que ministrou na Síria.

Teria sido apedrejado.

==============================================================

Simão, o Zelote

Teria ministrado na Pérsia e martirizado naquela região.

Morto depois de negar sacrificar ao deus Sol, juntamente com Judas Tadeu.

==============================================================

Judas Tadeu ou Lebeu

Um dos três Judas relacionados com o ministério terreno de Jesus Cristo, foi chamado para ser um dos doze, não podendo ser confundido com o traidor Judas Iscariotes (cfr. João 14:22). Diz a tradição que se dedicou à pregação do Evangelho na Judéia, Samaria, Mesopotâmia (hoje região do Iraque) e na Pérsia.

Martirizado a machadadas pelas autoridades persas e pela multidão instigada por sacerdotes zoroastristas juntamente com Simão, o Zelote.

==============================================================

João

É o único dos apóstolos que se pensa ter morrido de morte natural em idade avançada. Ele era o líder da Igreja na região da cidade de Éfeso, e é-se dito de que tinha Maria, a mãe de Jesus, em sua casa, de quem cuidava. Durante a perseguição do imperador romano Domiciano, pelo meio da década de 90 d.C., ele foi exilado na Ilha de Pátmos. Foi ali, segundo se crê, que ele teria escrito o último livro do Novo Testamento: o Livro do Apocalipse. Uma tradição latina muito antiga informa que ele escapou sem se queimar, depois de ter sido jogado num caldeirão de óleo fervente. Isso teria acontecido na cidade de Roma. De todos os doze apóstolos, João Zebedeu finalmente tornou-se o mais destacado teólogo. Ele morreu de morte natural, em Éfeso, no ano 103 d.C., quando tinha 94 anos. Segundo bispo Polícrates de Éfeso em 190 (atestada por Eusébio de Cesareia na sua História Eclesiástica, 5, 24), o Apóstolo "dormiu" (faleceu) em Éfeso. Contudo, conta-se que a mesma estava vazia quando foi aberta por Constantino para edificar-lhe uma igreja.

Segundo algumas interpretações João era o apóstolo que Jesus mais amava. Ele tinha um enorme afeto pelo Senhor e vice-versa.

==============================================================

Judas Iscariotes

Teria sido convocado pelo próprio Jesus, mas traiu o Mestre enquanto este orava no Getsêmani.

Judas ter-se-á enforcado, mas que a corda - ou o ramo da árvore onde esta estava atada - se terá quebrado.

==============================================================

Paulo (Paulo de Tarso)

Perseguidor dos dicípulos do Senhor, em uma das suas práticas converteu-se no caminho para Damasco, quando viu Jesus e ficou cego por três dias(At 9:1-9). Paulo o viu apenas uma vez. Tendo recebido a missão apostólica a partir do próprio Jesus. Dedicou a sua missão especialmente aos não-judeus.

Feito prisioneiro em Roma, foi acusado de crimes de falta de lealdade a Roma, e uma vez que era cidadão romano, foi executado por decapitação na Via Ostiense e não por crucificação.

==============================================================

Matias

Escolhido para ficar no lugar de Judas Iscariotes. Uma tradição diz que São Matias foi para a Síria com André.

Morto na fogueira

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 12:22 am

Karla Cristina escreveu:Pois é Well, não faz sentido nenhum, uma pessoa morrer por uma mentira:

No séc IV a igreja católica tomou santuários e templos sagrados de
Vikings e Celtas na Europa, p implantar sua religiosidade. Acreditavam q
os pagãos continuariam à ir nestes lugares sagrados. Mas as pessoas
veneravam os Deuses e as Deusas do Paganismo. A tática da igreja n
funcionou e através da Inquisição, tentaram apagar a figura da Grande
Deusa Mãe Ceridwen como principal divindade cultuada sobre todos os
extremos da terra.

O Paganismo era a religião oficial da Europa,
mas a caçada começou em 330 d.C. e o cristianismo foi imposto como a
religião oficial.
A Inquisição teve início no reinado de Papa
Inocêncio III (de 1227 à 1241 d.C.), numa tentatica de exterminar a
Bruxaria. Em 1484 o Papa declarou q o Paganismo era uma grave heresia.

Deusas
e Deuses antigos eram transformados em demônios, td p denegrir a imagem
Pagã. A igreja qria apagar o fato de q um dia uma Deusa e n um Deus foi
objeto de adoração do mundo.
O catolicismo transformou o culto à Grande Deusa num culto satãnico p acreditarem q quem era pagão era adorador ao Satã.


Desde
o tempo do novo testamento, a imagem do Diabo mudou várias vezes, mas
somente durante a caça as Bruxas começaram a representá-lo com chifres,
rabo e pés de bode.
Não há nenhuma descrição do Diabo na bíblia q diz ser metade homem e metade besta.

Essa
é a descrição do antigo Deus Celta Cernunos (Cornífero) Deus da
fertilidade, o consorte e primogênito da Deusa q além de ter tido sua
imagem denegrida pela igreja q o tornou Satã, virou totalmente o símbolo
do mau, com o tempo modificado e hoje nomeado pelos satanistas de
Baphomet, a imagem do Bode com o útero e seios de mulher! Esse é o
Grande Deus Cernunos e n o Satã como a igreja disse.

Inquisidores
e informantes eram muito bem pagos. Todos q testemunhassem contra um
pagão, recebia uma parte de suas propriedades e riquezas. A caça as
Bruxas tornou-se muito lucrativa!

Em 1486 foi publicado um
livro: Malleus Maleficarum com uma lista de requerimentos p condenar um
Bruxo. Com ele os inquisidores saiam à procura de vítimas. Qndo um
suspeito era acusado, deveria confessar ser Bruxo, o q era conseguido
através de torturas (perfuração na língua, enforcamento lento, imersão
em água quente, cadeiras de ferro com brasa, quebra dos ossos e muitas
outras).

Em 1335 na Itália e Espanha milhares de pessoas foram
queimadas vivas na fogueira. Outros milhares na Inglaterra e nos EUA
onde eram queimadas em estacas. Na França, Escócia e Alemanha usavam
madeiras verdes na fogueira p prolongar o sofrimento dos condenados.

No
séc XVIII chega ao fim a perseguição aos pagãos, sendo q a lei da
inquisição permaneceu até o séc XX. Na Escócia a lei foi abolida em
1736, França em 1772 e Espanha em 1834.

Pesquisadores afirmam q na época da Santa Inquisição mais de 9 milhões de pagãos foram torturados até a morte.

O
objetivo principal da Inquisição era acabar com as crenças Wiccanianas,
q eram ameaçadoras à nova religião q se preocupava muito mais em
enriquecer do q levar ao mundo seu ervangelho.














Donde concluímos que os mártires do PAGANISMO, imolados em fogueiras pelo Cristianismo, professavam uma fé VERDADEIRA e a Grande
Deusa Mãe Ceridwen
é a Deusa Verdadeira.
oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 12:32 am

"Raciocínio" Cristão:
- O Cristianismo TEM DE SER a Fé Verdadeira pois pessoas morreram por suas "Verdades"!

Contra-Argumentação:
- MUITAS outras pessoas morreram por depositarem fé em "Verdades Totalmente Diversas do Cristianismo!"

""Conclusão" Cristã:
- Ah, mas eram Pagãos! Aí não conta!
oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 12:55 am

Karla Cristina escreveu: Assim, até mesmo o crítico cético do Novo Testamento Gerd Lüdemann conclui, "Pode ser tomado como historicamente certo que Pedro e os discípulos tiveram experiências após a morte de Jesus nas quais Jesus apareceu a eles como Cristo ressurreto"

John Shelby Spong é um desses homens. Ele é um ex-Bispo Episcopal (anglicano) que adotou uma posição muito original e provocante a respeito da fé religiosa. Ele desafia os discípulos na questão atual interpretações bíblicas. Sua insistência em que as pessoas devem pensar criticamente sobre dogmas religiosos é impressionante.

Spong é um dos que clamam por mudanças no seio das comunidades cristãs. Em uma chamada para uma Nova Reforma, ele observa que o raciocínio científico fez saltos quânticos, enquanto o cristianismo tem feito pouco para refletir sobre eles e modificar-se em conformidade. Ele faz referência aos esforços de Copérnico, Galileu, Newton e Darwin,
juntamente com a relutância inicial da igreja para reconhecer essas verdades...

http://www.liberator.net/articles/LiberatorMark/Spong.html

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por abençoado em Ter 22 Mar 2011, 1:04 am

O fato é que no primeiro século todos os discipulos eram judeus,abandonaram sua fé,suas familias,suas profissões..não parece plausível que o tenham feito sobre algo que não aconteceu.

No demais,ninguém consegue negar a existência histórica de Cristo.A ressurreição faz parte desse retrato histórico,traçado pela documentação histórica.As mortes hediondas são uma prova porque se conhecia o passado dos discipulos e não existe simplesmente razão nenhuma para que eles tivessm abandonado tudo em nome de algo que não presenciaram e tinham plena convição da verdade.A questão não é morrer ou não pela fé é o contexto dessas mortes e o testemunho desses discipulos que está em causa.

Sobre os "wiccas",foi de fato lamentável mais essa ação da Inquisição.Não do cristianismo..também não foi o ateísmo que matou mais num ano do que todas as guerras religiosas jamais mataram: foram ditadores comunistas.

Nenhum deles consta que tenha morrido por "Ceriwden"ter ressuscitado dentre os mortos e o tenha visto com os seus olhos..

Os pagãos teriam muito boas razões para continuarem na religiao que estavam,os primeiros discipulos,atendendo à situação econômica e política da época,não.
Veja que o paganismo foi praticamente extinto desde essa época: O Cristianismo estás prestes a fazer dois milênios desde a morte de Cristo,juntamente com a Bíblia.

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por abençoado em Ter 22 Mar 2011, 1:09 am

Ah...a crença Wicca pagã é pré-cristã.


Ele não nasce num ambiente de animosidade,nem tinha todo um contexto religioso-político contra quando nasce..

Os seus fundadores jamais sonhariam que séculos depois os "seus"crentes seriam mortos numa fogueira..

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 1:27 am

abençoado escreveu:O fato é que no primeiro século todos os discipulos eram judeus,abandonaram sua fé,suas familias,suas profissões..não parece plausível que o tenham feito sobre algo que não aconteceu.
Qual a porcentagem de Judeus que abraçaram o Cristianismo, no primeiro século?
Quantos aceitaram Cristo APESAR de terem continuado ESCRAVOS, quando o Messias deles viria para libertá-los?

abençoado escreveu:
No
demais,ninguém consegue negar a existência histórica de Cristo.
Um Bispo Anglicano acabou de fazê-lo, no post acima. Que você não parece ter lido.

abençoado escreveu:A
ressurreição faz parte desse retrato histórico, traçado pela documentação
histórica.
Não.
Não faz.
Nem é documentada por NADA, a não ser na Bíblia - que não é nem nunca foi "documento Histórico".

abençoado escreveu:As mortes hediondas são uma prova porque se conhecia o
passado dos discipulos e não existe simplesmente razão nenhuma para que
eles tivessm abandonado tudo em nome de algo que não presenciaram e
tinham plena convição da verdade.
Idem para os Pagãos e quaisquer grupos chacinados pelos cristãos.

abençoado escreveu:A questão não é morrer ou não pela fé é
o contexto dessas mortes e o testemunho desses discipulos que está em
causa.
Sobre os "wiccas",foi de fato lamentável mais essa ação da
Inquisição. Não do Cristianismo.
A Inquisição não era motivada pelo Cristianismo?
OK. Era motivada pelo Batman e pelo Homem Aranha.

abençoado escreveu:
Nenhum deles consta que tenha morrido por "Ceriwden" ter ressuscitado dentre os mortos e o tenha visto com os seus olhos..
E...?
Morreram pela fé que professavam, chacinados pelos Cristãos, o que é EXATAMENTE o mesmo.

abençoado escreveu:
Os
pagãos teriam muito boas razões para continuarem na religiao que
estavam
Mentira.
Eram torturados e queimados vivos, se não "aceitassem Jesus".


abençoado escreveu:os primeiros discipulos,atendendo à situação econômica e
política da época,não.
Irrelevante.
Os pagãos poderiam ter "atendido a situação econômica e
política da época" e se convertido.
Milhões não o fizeram.

abençoado escreveu:
Veja que o paganismo foi praticamente extinto
desde essa época.
Está mesmo. As fogueiras cristãs foram a causa.

abençoado escreveu:
O Cristianismo estás prestes a fazer dois milênios
desde a morte de Cristo,juntamente com a Bíblia.

Antiguidade não prova veracidade.
TODO MUNDO sabe disto.
Durante muito tempo pensou-se que o sol girava em torno da terra, graças ao Cristianismo.
oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 1:29 am

abençoado escreveu:
Os seus fundadores jamais sonhariam que séculos depois os "seus"crentes seriam mortos numa fogueira..
Fogueira acesa pelos cristãos fanáticos, num exemplo do "Amor Cristão". oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 1:34 am

John Shelby Spong
A Revolutionary, Rational Anti-Religionist


As seguintes doze "questões a que agora chamamos de cristãos do mundo a debater são essas", segundo Spong:

1. Teísmo, como uma forma de definir Deus, está morto. Assim, a maioria teológica de Deus falar-se hoje sem sentido. Uma nova maneira de falar de Deus deve ser encontrado.
2. Uma vez que Deus não pode mais ser concebido em termos teístas, torna-se
absurda, para tentar compreender Jesus como a encarnação da divindade
teísta. Assim, a Cristologia dos séculos está falida.
3. A história bíblica da criação perfeita e acabada da qual os seres humanos
caíram em pecado é mitologia pré-Darwiniana e absurdo pós-Darwiniano.
4. O nascimento virginal, entendido como biologia literal, torna a divindade
de Cristo, como tradicionalmente compreendida, impossível.
5. As histórias de milagres do Novo Testamento já não pode ser interpretada
em um mundo pós-newtoniano como eventos sobrenaturais realizados por uma
divindade encarnada.
6. A visão da cruz como o sacrifício pelos pecados do mundo é uma idéia
bárbara baseada em conceitos primitivos de Deus e deve ser rejeitado.
7. Ressurreição é uma ação de Deus. Jesus foi ressuscitado no significado de Deus. Por conseguinte, não pode ser uma ressurreição física que ocorre no interior da história humana.
8. A história da Ascensão assumiu um universo de três camadas e portanto,
não é capaz de ser traduzido para os conceitos de uma idade do espaço
pós-copernicana.
9. Não há nenhum objetivo, externo, revelou writ padrão na escritura ou em
tábuas de pedra, que irá reger o nosso comportamento ético de todos os
tempos.
10. A oração não pode ser um pedido feito a uma divindade teísta para agir na história humana de um modo particular.
11. A esperança de vida após a morte deve ser separada para sempre da
mentalidade de controlar o comportamento de recompensa e punição. A Igreja deve abandonar, portanto, sua dependência na culpa como um motivador de comportamento.
12. Todos os seres humanos têm a imagem de Deus e devem ser respeitadas para que cada pessoa é. Portanto, nenhuma descrição externa do próprio ser, com base em raça, etnia,
gênero ou orientação sexual, podem ser adequadamente utilizadas como
base para qualquer rejeição ou discriminação.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por MackDK em Ter 22 Mar 2011, 1:43 am

Karla Cristina escreveu:Existem quatro fatos históricos:

- O sepultamento de Jesus


1 - é atestado multiplamente por fontes independentes (mateus,marcos,lucas e João) e várias cartas do apótolo Paulo.

Olá, Karla. Como vai?

Não sou teólogo, nem pastor, nem nada. Como diria um amigo: "Sou apenas um comedor de feijão". Mas eu amo a Bíblia. E minha opinião pessoal é a seguinte:

Entendo a sua intenção, mas como a Bíblia se trata de nosso livro sagrado, considero injusto um argumento baseado apenas na Bíblia. Na minha opinião, não é correto considerar Mateus, Marcos, Lucas, João e Paulo "fontes independentes". Senão, vejamos: Mateus e João eram ambos apóstolos de Jesus. Marcos (João Marcos, na verdade) andava junto com os discípulos de Jesus. Marcos era primo de Barnabé (o que recebeu Paulo entre os cristãos) e muito provavelmente discípulo de Pedro. E acompanhou Paulo por algum tempo. Lucas, também acompanhou Paulo em suas viagens por algum tempo. Eles faziam parte de um mesmo grupo (embora Pedro tenha ficado a cargo dos Judeus e Paulo dos gentios), não podendo, assim, ser considerados como "independentes"




Karla Cristina escreveu: O sepultamento por parte de José é muito provável, uma vez que é quase inexplicavel porque os
cristãos inventariam uma história de um judeu que fez bem a Jesus.

Karla,

Todos os apóstolos eram judeus! Jesus era judeu, e a grande maioriad de seus seguidores, também. Além de José de Arimatéia, temos Nicodemos, que era amigo de Jesus e da classe dos fariseus (assim como Paulo), e descrito como um "príncipe dos judeus" (João 3:1 e 19:34). Havia muita gente na sociedade simpatizante de Jesus. Se por "judeus" você quer dizer "Caifás e sua turma", ainda assim não poderia se considerar que Caifás conseguia manipular toda a classe sacerdotal.


Karla Cristina escreveu: A tumba foi descoberta vazia por mulheres. O testemunho de mulher na
sociedade judaico patriarcal não possuia consideração. Por isso o fato
de mulheres que descobriram a tumba vazia ao invés de homens, demonstra a
veracidade dos fatos, já que se fosse inventado seria homens e não
mulheres a encontrar a tumba vazia.


Na verdade, eles não acreditaram que "Jesus havia ressucitado". João 20:2 diz "Tiraram do sepulcro o Senhor e não sabemos onde o puseram". Na sequência Pedro e João saem correndo para verificar o túmulo. Eles pensavam que o corpo de Jesus havia sido roubado e ainda não tinham compreendido a ressureição (João 20:9)



Karla Cristina escreveu:- A origem da crença dos discípulos em sua ressurreição.

Todavia, os discípulos repentinamente começaram a crer tão fortemente que Deus ressuscitou Jesus de dentre os mortos que eles se dispuseram a
morrer pela verdade desta crença.

Muitos dos que morreram (e ainda morrem) por Jesus não tiveram uma experiência pessoal com Jesus ressureto. Pessoas se dispõem a morrer por coisas diversas. Os terroristas que jogaram aviões no Word Trade Center provavelmente acreditavam que morrendo como guerreiros seriam recebidos no paraíso por 40 virgens. O nazismo começou como um movimento trabalhista. Muita gente acreditava que Hitler estava certo e morreram pela causa nazista, etc...

Muitos que gritaram "Crucifica-o!" nem sabiam a quem estavam se referindo. João diz que quem começou o agito foram "os principais sacerdotes e seu guardas". A prisão e a condenação, de noite, foi uma manipulação dos sacerdotes e contra os costumes judaicos. Em termos atuais, as coisas foram feitas "por debaixo dos panos". Jesus era inocente, inclusive sob a ótica romana. Quando o povo (todo o povo, não apenas a multidão diante de Pilatos) se deu conta do tinha acontecido, foi uma comoção geral, descrita por Cléopas em Lucas 24:18 em diante:

"És o único, por ventura, que, tendo estado em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias?

E ele [Jesus] lhes perguntou: Quais? E eles lhe disseram: As que dizem respeito a Jesus Nazareno, que foi homem profeta, poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo;
"

Apenas para reflexão, imagine: O que teria acontecido se Golias tivesse matado Davi? Isto não iria comover Israel a ponto deles perderem o medo do gigante a ponto de partirem para cima dos Filisteus? (Sei que existia a regra de "dois campeões decidirem a batalha", como a cena no filme "Tróia". Mas eles deixariam de temer Golias).


Karla, a Bíblia Sagrada é o código de fé de nós, cristãos. Devemos anunciá-lo a toda a criatura, quer seja tempo ou fora de tempo. Seja ou não oportuno do ponto de vista dos descrentes.

Mas nunca tentar impor, pois Jesus não arromba a porta do coração de ninguém. Ele bate à porta (Apocalise 3:20) e quem abre o coração para ele, encontra a vida.


Volto a citar (como disse em outro tópico): Quem convence o homem não somos nós, e sim o Espírito Santo (João 16:7 a 9). Nós somos o meio pelo qual Jesus é anunciado ao mundo, mas não a fonte do poder do convencimento.

Na minha opinião, nos desgastamos muito tentando provar que a Bíblia está correta, enquanto deixamos de praticar muita coisa que, por nossos atos, iriam mostrar muito mais o caráter de Jesus em nós do que nossa retórica elaborada.

No fundo, acredito, muitos críticos da Bíblia, como Richard Dawkins, na verdade não se decepcionam com Jesus, e sim com a igreja.

Sinceramente,

MackDK

MackDK
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 78
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Well em Ter 22 Mar 2011, 1:54 am

lordakner escreveu:"Raciocínio" Cristão:
- O Cristianismo TEM DE SER a Fé Verdadeira pois pessoas morreram por suas "Verdades"!

Contra-Argumentação:
- MUITAS outras pessoas morreram por depositarem fé em "Verdades Totalmente Diversas do Cristianismo!"

""Conclusão" Cristã:
- Ah, mas eram Pagãos! Aí não conta!
oh my
Uma das diferenças entre o Cristianismo e o que você citou de paganismo, Lord, é que os cristãos, como disse o Abençoado, viram a Jesus, conviveram com ele em quanto ele estava nesta terra e ele ressuscitou e foi visto por centenas de pessoas... Eles não foram cristãos porque morreram, mas porque tiveram sua fé confirmada com a ressurreição de seu Mestre que puderam ver.

"O Novo Testamento foi melhor preservado em manuscritos do que qualquer outro livro antigo, possuindo mais de 5400 manuscritos gregos completos ou fragmentos de manuscritos, 10000 manuscritos em latim e 9300 manuscritos em diversos outros idiomas antigos incluindo siríaco, eslavo, gótico, copta e armênio. Alguns desses manuscritos foram escritos menos de cem anos após os originais. Para efeito de comparação, há somente sete cópias manuscritas dos escritos de Platão, escritas aproximadamente 1200 anos após os originais."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuscrito_b%C3%ADblico

Conclusão atéia: " - Ah! Os escritos neotestamentários não contam. Paulo de Tarso existiu, mas o que ele escreveu a respeito de Jesus não conta. Mas ele existiu!!!"



http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Well em Ter 22 Mar 2011, 1:59 am

MackDK escreveu:Entendo a sua intenção, mas como a Bíblia se trata de nosso livro sagrado, considero injusto um argumento baseado apenas na Bíblia. Na minha opinião, não é correto considerar Mateus, Marcos, Lucas, João e Paulo "fontes independentes".
MackDk, entendo você, mas o "nosso" livro está muito bem evidenciado pela Arqueologia e eles não acreditam porque não querem.

Repito: "O Novo Testamento foi melhor preservado em manuscritos do que qualquer outro livro antigo, possuindo mais de 5400 manuscritos gregos completos ou fragmentos de manuscritos, 10000 manuscritos em latim e 9300 manuscritos em diversos outros idiomas antigos incluindo siríaco, eslavo, gótico, copta e armênio. Alguns desses manuscritos foram escritos menos de cem anos após os originais. Para efeito de comparação, há somente sete cópias manuscritas dos escritos de Platão, escritas aproximadamente 1200 anos após os originais."

Por que acreditam em Platão, mas não acreditam no NT? Por que acreditam que Paulo de Tarso existiu, mas não creem no Jesus que converteu o perseguidor Saulo ao perseguido Paulo de Tarso?


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 2:19 am

Well escreveu:
lordakner escreveu:"Raciocínio" Cristão:
- O Cristianismo TEM DE SER a Fé Verdadeira pois pessoas morreram por suas "Verdades"!

Contra-Argumentação:
- MUITAS outras pessoas morreram por depositarem fé em "Verdades Totalmente Diversas do Cristianismo!"

""Conclusão" Cristã:
- Ah, mas eram Pagãos! Aí não conta!
oh my

Conclusão atéia: " - Ah! Os escritos neotestamentários não contam. Paulo de Tarso existiu, mas o que ele escreveu a respeito de Jesus não conta. Mas ele existiu!!!"

"Argumento Cristão":
- Paulo de Tarso escreveu sobre Jesus.

"Contra Argumento":
- Paulo de Tarso SEQUER conheceu Jesus, filho! oh my

Aí o Cristão fala:
- Ah, mas Paulo de Tarso encontrou Jesus (Morto, fantasma portanto) no caminho para Damasco. Ninguém viu, mas ele disse que viu. Está escrito na bíblia. História pura e inquestionável.

E o cristão ainda fica te encarando, com os olhos esbugalhados. oh my oh my oh my oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 3:19 am

Well escreveu:
MackDK escreveu:Entendo a sua intenção, mas como a Bíblia se trata de nosso livro sagrado, considero injusto um argumento baseado apenas na Bíblia. Na minha opinião, não é correto considerar Mateus, Marcos, Lucas, João e Paulo "fontes independentes".
MackDk, entendo você, mas o "nosso" livro está muito bem evidenciado pela Arqueologia e eles não acreditam porque não querem.


Assista e veja a HUMILHAÇÃO. oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por MackDK em Ter 22 Mar 2011, 8:46 am

Well escreveu:
MackDK escreveu:Entendo a sua intenção, mas como a Bíblia se trata de nosso livro sagrado, considero injusto um argumento baseado apenas na Bíblia. Na minha opinião, não é correto considerar Mateus, Marcos, Lucas, João e Paulo "fontes independentes".
MackDk, entendo você, mas o "nosso" livro está muito bem evidenciado pela Arqueologia e eles não acreditam porque não querem.

Repito: "O Novo Testamento foi melhor preservado em manuscritos do que qualquer outro livro antigo, possuindo mais de 5400 manuscritos gregos completos ou fragmentos de manuscritos, 10000 manuscritos em latim e 9300 manuscritos em diversos outros idiomas antigos incluindo siríaco, eslavo, gótico, copta e armênio. Alguns desses manuscritos foram escritos menos de cem anos após os originais. Para efeito de comparação, há somente sete cópias manuscritas dos escritos de Platão, escritas aproximadamente 1200 anos após os originais."

Por que acreditam em Platão, mas não acreditam no NT? Por que acreditam que Paulo de Tarso existiu, mas não creem no Jesus que converteu o perseguidor Saulo ao perseguido Paulo de Tarso?

Olá, Well.

Como vai?

Quando encontraram os "Manuscritos do Mar Morto", foi uma festa! Diziam: "Agora vamos provar que os texto que os cristãos têm foram corrompidos com o tempo!". E, você sabe, só se encontrou corrupção em um versículo. Diziam antigos críticos da Bíblia que Moisés não poderia ter escrito o pentateuco porque naquela época não existia uma linguagem tão sofisticada para tanto. E então, encontraram a pedra de roseta.

Este tipo de argumentação comprova que os textos são antigos e com poucas corrupções. Há quem diga que há muito mais corrupções nos textos de Shakespeare.

Note que quando eu defendi a Bíblia como obra literária, criticando o pífio texto de "A Bíblia do Cético", o dito "questionador" simplesmente não se manifestou mais:

http://gospelbrasil.topicboard.net/t4645p105-os-ateus-devem-fazer-onus-da-prova#98993

Se você se dispor a ler o que escrevi, note como indiquei que o autor de "A Bíblia do Cético" simplesmente não sabe ler! O educador Paulo Freire, seguido por muitos professores, dizia "alfabetizar não pode se restringir aos processos de codificação e decodificação". Neste sentido, saber ler "I love you", não significa que a pessoa sabe o que significa, mesmo que a pessoa leia "ai lóve iú" e não "i lóve iou". Além disso, conforme demonstrei, muitos textos da Bíblia não são sequênciais e lineares, o que confunde qualquer um que não entende esta dinâmica.

Well, não é correto dizer que os críticos da Bíblia, principalmente ateus, acreditam em Platão, porque segundo consta, Platão disse:

"O homem retrata-se inteiramente na alma. Para saber o que é, e o que deve fazer, deve olhar-se na inteligência, nessa parte da alma na qual fulge um raio da sabedoria divina"

Se não crêem no "divino", não acreditam em Platão. Apenas não se incomodam tanto com ele, quanto com a Bíblia, porque, afinal, quem faz de Platão sua regra de fé e prática?

Note, você argumenta: "Por que acreditam que Paulo de Tarso existiu, mas não creem no Jesus que converteu o perseguidor Saulo ao perseguido Paulo de Tarso?"

Nós estamos em 22 de Março de 2011 DEPOIS DE JESUS CRISTO. E, com o perdão das palavras, às favas com os que disserem que a datação está errada porque na verdade Jesus nasceu 2 ou 3 anos antes ou depois e blá-blá-blá... Assim como o inglês é a língua "universal" (termo estranho, como se a Terra fosse o universo... Enfim...), o que rege os compromissos é a data que indica "quanto tempo depois de Cristo".

Se líderes políticos do mundo inteiro tiverem de marcar uma reunião, terão de seguiar pelo calendário cristão, que é inteligível para todos. Nenhum outro líder humano conseguiu este efeito de datação de tempo "antes e depois" com um efeito tão abrangente quanto Jesus.

Na verdade, noto que alguns que se dizem ateus entram em fóruns cristãos e ficam destilando veneno o fazem não porque procuram a verdade, mas porque isto é divertido para eles. Me inclino a acreditar na seriedade do Cal, por exemplo e vejo que não é à toa que está como moderador deste fórum.

O que proponho é acabar com a diversão. Se notarmos que a pessoa está simplesmente querendo se divertir, ignoramos. Por que devemos aceitar a provocação se Jesus, diante de Pilatos que era um questionador sincero, se calou? Não era o momento, nem o lugar de Jesus provar que ele é a verdade (João 18:38). Era o momento de cumprir a profecia assim como agora é o momento de anunciarmos a Jesus Cristo como nosso mestre e não provar que Deus existe.

Sinceramente,

MackDK

MackDK
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 78
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 9:17 am

MackDK escreveu:
Note que quando eu defendi a Bíblia como obra literária... Além disso, conforme demonstrei, muitos textos da Bíblia não são sequênciais e lineares,


o que confunde qualquer um que não entende esta dinâmica.
É o que eu estava dizendo e você parece não ter entendido:

Você defendia a bíblia como obra literária.

Eu argumentei que não achava (direito meu) por ser um amontoado de textos que não apresentam coesão entre si.
Para exemplificar citei a "biblia do cético", que evidencia as contradições entre as passagens dos diversos autores da biblia.

A dinâmica da bíblia não é confusa,
Só requer que o leitor aceite que branco é preto, em determinada passagem e, que branco é branco em outra passagem - sobre o mesmo evento. oh my oh my oh my

E como obra literária é [EDITADO] mesmo. (por ser um amontoado de textos, de diversos autores diferentes, cujo propósito ERA diferente e um PAPA achou de colar tudo junto, com outro propósito mais diferente ainda)
E eu me reservo o direito de achar isso.
OK?

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 9:40 am

MackDK escreveu:
O que proponho é acabar com a diversão. Se notarmos que a pessoa está simplesmente querendo se divertir, ignoramos.

Filho, quem acredita que Cobra Fala, que Dinossauros Conviveram Com Homens, que Sol Parou no Firmamento - em pleno século XXI - é motivo de galhofa mesmo.
Sinto muito.


MackDK escreveu:
Por que
devemos aceitar a provocação se Jesus, diante de Pilatos que era um
questionador sincero, se calou? Não era o momento, nem o lugar de Jesus
provar que ele é a verdade (João 18:38).
Não é fato histórico.
E lenda.

MackDK escreveu:
Era o momento de cumprir a
profecia assim como agora é o momento de anunciarmos a Jesus Cristo como
nosso mestre e não provar que Deus existe.
Sinceramente,
MackDK
Então anunciem:
- Jesus é nosso mestre.
Ninguém é contra isso.
Publiquem nos jornais, anunciem nas rádios e nas TVs, oras.


O problema é quando começam a insistir que jesus deva ser nosso mestre.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por abençoado em Ter 22 Mar 2011, 11:16 am

Na verdade, noto que alguns que se dizem ateus entram em fóruns cristãos e ficam destilando veneno o fazem não porque procuram a verdade, mas porque isto é divertido para eles. Me inclino a acreditar na seriedade do Cal, por exemplo e vejo que não é à toa que está como moderador deste fórum.

Concordo.

Da minha parte,penso que só dois ou três ateus(Cal,Gilberto e dedo-duro quando quer) entram aqui com esse propósito.A maioria nem sabe formular argumentação e vem aqui fazer perder nosso tempo.

Concordo com uma atitude mais firme da moderação neste tipo de casos.Todos tinhamos a ganhar.

O fórum tem perdido muita qualidade com certas e determinadas postagens.




abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Well em Ter 22 Mar 2011, 11:34 am

lordakner escreveu:Aí o Cristão fala:
- Ah, mas Paulo de Tarso encontrou Jesus (Morto, fantasma portanto) no caminho para Damasco. Ninguém viu, mas ele disse que viu. Está escrito na bíblia. História pura e inquestionável.

E o cristão ainda fica te encarando, com os olhos esbugalhados. oh my oh my oh my oh my
Por que eu deveria deixar de acreditar nas cartas de Paulo e acreditar em uma pessoa como você, Lord?

Olhos esbugalhados?? Só quando levo susto. rsrsrs.

Ah!! Sobre o vídeo, já vi coisa melhor...Po,não me faça mais perder meu tempo assim não. Por isso que a rapaziada aqui está reclamando de ateus como você. Parece que vem aqui para brincar. Preste mais atenção no que posta. Ok?


Última edição por Well em Sab 26 Mar 2011, 5:42 pm, editado 2 vez(es)


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por oliveira leite em Ter 22 Mar 2011, 11:45 am

Evidencias Históricas

Cristo dividiu a História

Essa já é por si só uma grande evidencia.

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 11:55 am

Well escreveu:

Ah!! Sobre o vídeo, já vi coisa melhor...Po,não me faça mais perder meu tempo assim não.
A verdade dói. oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por lordakner em Ter 22 Mar 2011, 12:02 pm

oliveira leite escreveu:Evidencias Históricas

Cristo dividiu a História

Essa já é por si só uma grande evidencia.

O Calendário atual foi determinado por um PAPA!
(Mais um vexame para os crentezinhos oh my )


Para evitar o problema, o Concílio de Trento, reunido em 1563, recomendou ao papa a correção do inconveniente, que alteraria a data da Páscoa, em virtude dos ciclos de concordância das lunações com o ano solar.
Finalmente, em 1582, o papa Gregório XIII, aconselhado por astrônomos, em particular por Luigi Lílio, obteve o acordo dos principais soberanos católicos e, através da bula Inter gravissimas, de 24 de fevereiro, decretou a reforma do calendário, que passou, em sua homenagem, a chamar-se gregoriano, e é o mais perfeito utilizado até hoje.
http://www.superdicas.com.br/milenio/calendar.asp

Os Crentezinhos relutaram contra o Calendário.
Até que os Catolicos IMPUSERAM sua lógica aos heregezinhos.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

aleluia Re: Evidencias histórica para a ressureição de Jesus

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:12 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum