.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» O que você está ouvindo agora?
Hoje à(s) 3:19 pm por Jarbas

» Poesias desperdiçadas ao vento
Hoje à(s) 1:12 pm por thynno

» É Lula lá...
Ontem à(s) 4:27 pm por Cartman

» Consequências da Reeleição
Ter 17 Abr 2018, 6:42 pm por Cartman

» Noticiário Escatológico
Seg 16 Abr 2018, 12:13 am por Jarbas

» Jesus está às portas
Sex 13 Abr 2018, 2:09 am por Jarbas

» Igreja Católica Brasileira: doutrina e história
Seg 02 Abr 2018, 12:45 pm por thynno

» Não ameis o mundo...
Ter 27 Mar 2018, 12:26 pm por thynno

» Desertos da Biblia
Seg 26 Mar 2018, 4:14 pm por Forista Exegese

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


Mulheres gostam mais de sexo: verdade ou mentira?

Ir em baixo

Leitura Mulheres gostam mais de sexo: verdade ou mentira?

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Dom 06 Mar 2011, 12:11 am



Do que elas gostam mais...
Estudo mostra que brasileiras se acham boas de cama e querem sexo com mais frequência
POR CLARISSA MELLO

Rio - Elas garantiram presença no mercado de trabalho, marcaram território nas universidades, largaram o estereótipo de donas de casa e provaram que conseguem dar conta de filho e marido sem deixar de lado a vaidade. Mas elas querem mais. Dessa vez, em um lugar um pouquinho mais reservado: entre quatro paredes.

Uma pesquisa realizada pela psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade (ProSex) da USP, apontou que 60% das brasileiras se acham “boas de cama” e 96% consideram o sexo uma prioridade. O estudo também revelou que elas estão mais saidinhas: apesar de fazerem sexo, em média, três vezes por semana, a maioria quer duplicar essa frequência.

“Depois da revolução sexual, a mulher começou a assumir que gosta de sexo. Hoje ela é mais livre para dizer o que gosta na cama. Mas ainda há preconceitos, travas interiores”, crê a psicanalista Regina Navarro Lins.

Para a presidente da Associação Brasileira de Sexualidade, Carla Cecarello, falta de experiência, ausência de diálogo e vergonha são fatores que criam barreiras na hora do sexo. “Além disso, são raros os pais que orientam os filhos em relação ao sexo. A educação sexual é fundamental para que as meninas comecem a ter relações mais confiantes, conhecendo melhor o próprio corpo”, diz Carla.

“Algumas mulheres, principalmente as das classes C e D, ainda são muito dependentes do homem. Há uma relação forte de poder no casamento, e elas não ousam dizer o que as satisfaz, por medo de perder o parceiro”, diz o vice-presidente da Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Estado, Hugo Miyahira. O medo também prejudica o uso do preservativo: 70% das brasileiras não usam camisinha em todas as relações. “Liberdade sexual também é exigir o uso do preservativo e colocar a saúde em primeiro lugar”, conclui Carmita Abdo.

ENTRE QUATRO PAREDES

- 45,4% temem não satisfazer o parceiro
- 44% têm medo de DSTs
- 41,9% têm medo de gravidez indesejada
- 50,9% têm alguma dificuldade sexual
- 5,4% procuraram médico para tratar o problema


FONTE:

http://odia.terra.com.br/portal/cienciaesaude/html/2011/3/do_que_elas_gostam_mais_148693.html
avatar
EVANGELISTA/RJ/MSN
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6213
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum