.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
62 usuários online :: Nenhum usuário registrado, 1 Invisível e 61 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por Donatello em Seg 28 Fev 2011, 9:22 pm

Esclarecer que o Texto Receptus é o melhor e único texto confiável milenarmente.

Analizar toda e qualquer verso bíblico que existe no mercado, em confronto com Textos originais (Texto Receptus).

Objetivo mostrar erros das traduções de Texto Crítico, alexandrinos, e mostrar quais são estas bíblias.

Bom, li as regras deste subforum e não há qualquer menção a sobre quem posta mas exclusivamente sobre o que se posta e minha questão é exatamente sobre a justificativa para o tipo de debate proposto, logo: nenhum lugar mais adequado.

Note, não é uma questão de sugestão à administração sobre como o fórum se subdivide ou nada disso, é sobre realmente a lógica que justifica a ocorrência deste tipo de debate tão apaixonado entre protestantes, sobretudo os de correntes mais avivadas, quanto ao que está escrito no Codex Alexandrino ou na Vulgata ou no Codex Macedônio ou na Septuaginta ou no América-RJ a quatro: pessoas que muitíssimas vezes sequer dominam (minimamente) seus idiomas nativos e se reúnem em mesas de debate para discutir as adequações semânticas e vernaculares de termos escritos em versões arcaicas de um idioma que nenhuma delas domina razoavelmente o suficiente para pedirem uma fatia de pizza e uma Schweppes da lata amarela numa lanchonete se fossem passar as férias em Atenas.

Sei que o trecho seguinte soará um tanto quanto ateu apenas pelo fato de eu ser ateu, mas não acredito que eu a diria de modo diferente se eu fosse religioso, então esqueçam por um segundo o fato previamente conhecido de que eu não acredito nem em Thor nem em nenhum de seus concorrentes e respondam: se me é sensato acreditar que existe um deus que inspirou direta e cuidadosamente cada palavra escrita em 66 livros escritos ao longo de cerca de 2 milênios por diversos autores e compilados por ordem e sob coordenação dos monarcas de um império econômica, política e culturalmente decadente não deveria ser até de certa forma blasfemo considerar que este mesmo deus não tenha também tido o cuidado de zelar (perdoe o pleonasmo) para que as traduções feitas sobre esta coletânea permanecessem inalteradas em seus significados?

Por que raios para alguns tantos cristãos a fé na infalibilidade e total inspiração divina da Bíblia parece se extinguir quando se fala das versões traduzidas ou de algumas versões traduzidas ao ponto de tais cristãos se mergulharem em discussões semânticas e sintáticas e vernáculas de idiomas que tais indivíduos conhecem tão bem quanto eu conheço o Vasconço para verificarem se os textos traduzidos dizem mesmo ou não o que eles conseguem ler e compreender em seus próprios idiomas nativos?

Talvez alguém diga que estes estudos e estes debates não servem a melhor compreensão por parte do próprio estudioso que em geral acha que consegue compreeder claramente os ensinamentos descritos nas versões traduzidas, mas para corrigir erros de interpretação cometidos por outros cristãos, que a partir de versões traduzidas foram levados a erros de análise que só podem ser clarificados pela correta interpretação dos originais. Aaaaara, dá no mesmo.

Para mim no fim disto tudo só fica a informação de que parte dos crentes não confia que o mesmo deus que teve o cuidado de pessoalmente inspirar os escritos bíblicos e a seleção de quais textos iriam ou não iriam fazer parte da coletânea sagrada não tivera o mesmo cuidado de zelar pela correta tradução para cada um dos milhares de idiomas para os quais a coletânea foi traduzida por parte dos seus servos escolhidos e vocacionados para este fim. Me soaria como blasfêmia, se eu fosse cristão.


"[b]Björk é uma deusa com uns 2% de DNA humano (é verdade)"

Tendes dúvida? Comproves, ó incrédulo: http://www.youtube.com/watch?v=G-SDIZhnqTo[/b]

Donatello
Safira
Safira

Número de Mensagens : 101
flag : Argentina
Data de inscrição : 15/01/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por silvamelo em Ter 01 Mar 2011, 2:07 am

Donatello escreveu:se me é sensato acreditar que existe um deus que inspirou direta e cuidadosamente cada palavra escrita em 66 livros escritos ao longo de cerca de 2 milênios por diversos autores e compilados por ordem e sob coordenação dos monarcas de um império econômica, política e culturalmente decadente não deveria ser até de certa forma blasfemo considerar que este mesmo deus não tenha também tido o cuidado de zelar (perdoe o pleonasmo) para que as traduções feitas sobre esta coletânea permanecessem inalteradas em seus significados?
Os originais são confiáveis, mas logicamente nós somos humanos! Por mais que o tradutor domine a língua, ainda assim estará sujeito a falhas, seja por influência cultural, seja por convicções pessoais (ainda que isso se manifeste inconscientemente), seja por engano puro e simples.

Diremos então que Deus falhou por confiar Sua revelação a homens falhos? Claro que não! A mensagem principal foi transmitida fielmente e alcançou o objetivo de Deus, porque quem crê em Jesus Cristo, seja no Brasil, seja no Japão, seja na Rússia, seja onde for, está salvo!

Se houve falha na transmissão de alguns ensinamentos essas falhas não partiram de Deus, mas de homens falhos. Porém, ninguém é culpado se não sabe que há culpa em seu ato. E nós sabemos que, nessa ínfima fração da eternidade que é a vida terrena, nós só podemos ver em parte, mas haverá tempo em que veremos face a face!

Logo, em relação aos procedimentos que o crente nascido de novo deve tomar em sua nova vida, que podem ter sido transmitidos com algum comprometimento por causa dessas traduções, sabemos que isso não é levado em conta, por quanto Deus conhece o coração e é isso o que realmente importa para Ele:

"Eu sou aquele que sonda os rins e os corações" (Apocalipse 2:23).

"Outra carga vos não porei. Mas o que tendes, retende-o até que eu venha" (Apocalipse 2:24,25).


Mas se temos a condição de diremir ao máximo esses erros de tradução para que venhamos a ser mais fieis em todos os ensinamentos, isto certamente deve ser buscado:

"Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação" (Efésios 1:17).

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 04 Jun 2011, 12:03 pm

“As Escrituras” como se referia Paulo e Cristo era O TEXTO JURIDICO OFICIAL JUDAICO, que era Moises, Salmos e os Profetas.

“As Escrituras” como se referia Paulo e Cristo não era toda Tenac, não era a Mishina( hoje Talmude).

A Bíblia é as escrituras CRISTÃS.

Não havia um concordância mutua sobre quais eram os livros inspirados por Deus nos primeiros séculos da era Cristã.

Existem coisas que de fato não precisamos da Bíblia para responder, coisas tão simples que apenas o bom senso resolve, mas muitos são infantis demais para isso, por isso ELA é a melhor ferramenta,isto é, necessária e aplicável, não é a única, mas a que tem a palavra final, a que tem o maior peso, e se não podemos confiar nela... qualquer bom senso, filosofia, argumento lógico se torna irrelevante e desacreditavel.

Uma coisa é ser inspirada por Deus, outra é ser a Palavra de Deus. Se de fato fosse as Escrituras a palavra de Deus, Paulo certamente não diria inspirada, mas que é a Palavra de Deus, não deixaria ele algo tão relevante assim passar.

Mas temos a Escrituras como testemunha textual valida e fiel da Palavra, pensamentos, propósitos e Historia de Deus.

Não creio que toda Bíblia seja Escritura como se referia Cristo e Paulo, nem que Pedro quisesse, isso seria impossível!

Mas se alguém diz que este ou aquele texto é inspirado, isto implica em dizer que tem o mesmo valor das Escrituras.

Não creio que tudo que está na Bíblia seja inspirado por Deus, o próprio Jesus disse: “as Escrituras não podem ser anuladas.” E foi com essa base que expulsaram os apócrifos da Bíblia, e é com essa base que Digo:

Juridicamente quando um texto abre uma inconsistência, este mesmo texto não pode ser usado contra ou a favor de alguém.

Logo:

Existe de fato inconsistências no texto bíblico forçosamente reinterpretados a favor da doutrina da “inerrância” da Biblia.

O erro que parece surtir mais efeito é o modo como aplicam e interpretam o texto e não as falhas escrituristicas em si. O liberalismo Teologico é um exemplo disso.

O texto Receptus não é o melhor.

O texto Critico Moderno com certeza também não é o melhor.

Particularmente gosto do Receptus.

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por Convidad em Sab 04 Jun 2011, 12:51 pm



quero só lembrar uma coisa, a concordância dos textos inspirados sempre existiu , o que não existia era UNAMIDADE , pois isto não existe em área nenhuma da vida. vou dar uma forte evidência : JUSTINO MARTYR , este apologista grego , em seu dialogo com Trifo (judeu) , enunciou passagens de quase todos os livros do NT, seu discípulo imediato foi além, ao citar o nome destes livros. Já Marcião , de mesma época de Justino, andou tentando heretizar a questão, separando os livros que ele não cria, porém ao fazê-lo mostrou que já havia um CÂNON , um pressuposto de livros que a cristandade assumia válidos.

Evidente que isto não resolve toda a questão, mas dá boas evidências de que admitir a inspiração bíblica não é nenhum trabalho sansônico .


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 04 Jun 2011, 1:31 pm

Articulador escreveu:

quero só lembrar uma coisa, a concordância dos textos inspirados sempre existiu , o que não existia era UNAMIDADE , pois isto não existe em área nenhuma da vida. vou dar uma forte evidência : JUSTINO MARTYR , este apologista grego , em seu dialogo com Trifo (judeu) , enunciou passagens de quase todos os livros do NT, seu discípulo imediato foi além, ao citar o nome destes livros. Já Marcião , de mesma época de Justino, andou tentando heretizar a questão, separando os livros que ele não cria, porém ao fazê-lo mostrou que já havia um CÂNON , um pressuposto de livros que a cristandade assumia válidos.

Evidente que isto não resolve toda a questão, mas dá boas evidências de que admitir a inspiração bíblica não é nenhum trabalho sansônico .


Os livros dela não foram se quer escritos como uma coleção só, nem tão pouco copiados assim.

Houve varias listas de livros que eram rejeitados, lidos em publico, lidos em particular, listas essas muito antigas, as congregações se quer tinham acesso a todos os escrito para dize-los inspirados ou não.

Mas acho que entendi seu ponto de vista, realmente a inspiração não depende disso.

Mas convenhamos que a convenção do que é ou não é inspirado, além das Escrituras e autoridades apostólicas para os gentios(Paulo), não pode ser imposta.

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre a finalidade precípua do subforum: debates sobre os textos "originais"

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:19 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum