.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
23 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 23 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Página 11 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Seg 28 Fev 2011, 10:39 pm

abençoado escreveu:
Você sabe o que é O gênero HOMO ?

A questão aqui não é o que é "Homo"ou deixa de ser.

A questão é o que a Bíblia considera "Homem criado à imagem e semelhança de Deus",que é o ponto que você pretende contrapôr.
Vide acima.
Agora á a SUA vez de provar algo. oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por abençoado em Seg 28 Fev 2011, 10:39 pm

Um humano, ser humano, pessoa, gente ou homem é um animal membro da espécie de primata bípede Homo sapiens, pertencente ao género Homo, família Hominidae (taxonomicamente Homo sapiens - latim: "homem sábio").[1][2] Os membros dessa espécie têm um cérebro altamente desenvolvido, com inúmeras capacidades como o raciocínio abstrato, a linguagem, a introspecção e a resolução de problemas. Esta capacidade mental, associada a um corpo ereto possibilitaram o uso dos braços para manipular objetos, fator que permitiu aos humanos a criação e a utilização de ferramentas para alterar o ambiente a sua volta mais do que qualquer outra espécie de ser vivo.
Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.

Assim está bom?


Muito bem..qual é o capítulo da Bíblia onde podemos encontrar isso?

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Seg 28 Fev 2011, 10:50 pm

abençoado escreveu:
Um humano, ser humano, pessoa, gente ou homem é um animal membro da espécie de primata bípede Homo sapiens, pertencente ao género Homo, família Hominidae (taxonomicamente Homo sapiens - latim: "homem sábio").[1][2] Os membros dessa espécie têm um cérebro altamente desenvolvido, com inúmeras capacidades como o raciocínio abstrato, a linguagem, a introspecção e a resolução de problemas. Esta capacidade mental, associada a um corpo ereto possibilitaram o uso dos braços para manipular objetos, fator que permitiu aos humanos a criação e a utilização de ferramentas para alterar o ambiente a sua volta mais do que qualquer outra espécie de ser vivo.
Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.

Assim está bom?


Muito bem..qual é o capítulo da Bíblia onde podemos encontrar isso?

Você pretende CONTINUAR afiramando que o Homo Sapiens tem apenas 4.000 anos, porque tem de adequar a História da Humanidade ao que alguns Judeus piolhentos escreveram na Idade do Bronze?
É isso?
Por mim, tudo bem.
Mas lembre-se que alguém, que ainda não concluiu o Segundo Grau, pode estar lendo isso e responder em uma prova de Ciências que a espécie humana tem apenas 4.000 anos.
Sua consciência é seu guia. oh my oh my oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por abençoado em Seg 28 Fev 2011, 11:29 pm

Você pretende CONTINUAR afiramando que o Homo Sapiens tem apenas 4.000 anos, porque tem de adequar a História da Humanidade ao que alguns Judeus piolhentos escreveram na Idade do Bronze?
É isso?
Rsrs..talvez seja necessário uma mais uma explicação.Tao pouco digitei "homo sapiens" em post algum da nossa conversa.Vc como sempre é que se põe a imaginar na mayonese e foge da questão:


Mas vamos com calma:

Reconstituindo: 1) silva falou que a Bíblia só relata a história a partir de 4000 a.C - altura em que aparece o homem bíblico.

2) você dá a "googlada";

3) eu pergunto qual a relação entre a "googlada" e o homem bíblico;

4) você não respondeu.


É claro que não é isso.Até uma criança entende: obviamente que aquilo que a Bíblia diz que é homem não é o mesmo que o homem para a ciência.

Porquê?

Uma questão de etimologia.Gênesis foi escrito nos dias contemporâneos a Moisés - o homem que a Bíblia fala é aquele que é criado à imagem e semalhança de Deus,não aquele que você deu em sua definição romântico-científica.

Mostrei-lhe ,com tudo isto,que são coisas diferentes.Espero que pelo menos perca tempo a lê-lo e a meditá-lo antes de atirar mais "palpites"para o ar sobre o que estou dizendo ou não.

Mas lembre-se que alguém, que ainda não concluiu o Segundo Grau, pode estar lendo isso e responder em uma prova de Ciências que a espécie humana tem apenas 4.000 anos


Alguém do 2º grau que estaria lendo isso já teria compreendido desde o primeiro post que a questão é etimológica - tem a ver com o significado da palavra: para a Bíblia, o homem é uma coisa,para a ciência é outra.

Alguém do 2º grau se não é um dia será minimamente inteligente para entender e questionar sem deixar que lhe metam Darwin goela abaixo.Se essa pessoa tiver sorte, um dia chegará á faculdade e terá uma tremenda deceção com as lacunas do darwinismo como eu tive e questionar-se-à o porquê de o darwinismo ser mais uma estratégia de marketing contra a religião do que propriamente uma "lei"como o querem fazer parecer.

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Seg 28 Fev 2011, 11:51 pm

lordakner escreveu:Cada povo tem sua própria cultura e civilização, que devem ser compreendidas no seu momento histórico exato, do contrário, não
estaríamos fazendo história, mas tentando demonstrar a superioridade da
civilização ocidental.
Aí depende muito da fonte de consulta... Eu confio plenamente no relato bíblico, até porque estudiosos que se empenham tento em desqualificá-lo, assim como você, não conseguem refutar o que está comprovado pela história:

"As Primeiras Civilizações

"Em primeiro lugar precisamos saber o que se entende por civilização. Como a civilização começou? Vamos considerar algumas palavras como:

Civilização – civis = cidadão (latim)
Urbano – urbes = cidade (latim)
Político – polis = cidade (grego)

"Então vamos definir que a civilização é a vida nas cidades.

"Portanto vamos estudar as primeiras civilizações baseados nos povos que construíram e viveram em cidades, modificando o ambiente e criando pontes entre o próprio homem e a natureza.

"Nos períodos Paleolítico e Neolítico certamente o homem construía seus abrigos, suas casas, mas ao que se sabe, nada de parecido com uma cidade.

"As primeiras cidades tal como as conhecemos surgiram no Oriente e podemos dizer que a primeira delas foi Uruk, por volta de 4500 e 3750 a.C. na região chamada Mesopotâmia. Hoje essa cidade é Warka e fica no Iraque.

"Portanto podemos chamar a primeira civilização conhecida de Suméria e localizá-la no sul da Mesopotâmia, atual Iraque."

Fonte:
http://pt.wikibooks.org/wiki/Civiliza%C3%A7%C3%B5es_da_Antiguidade/As_primeiras_civiliza%C3%A7%C3%B5es

"Os sistemas de escrita evoluíram de forma autônoma e não sofreram influências mútuas, ao menos em seus primórdios. Possivelmente, as escritas mais antigas são a escrita cuneiforme e os hieróglifos. Ambos sistemas de escrita foram criados há cerca de 5500 anos, entre sumérios e egípcios. Os hieróglifos originaram-se no Antigo Egito e a escrita cuneiforme na Mesopotâmia, (atual Iraque)."
Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Escrita


Como você pode ver, meu caro Akner, existe um claro divisor de águas na definição de civilização apontando para 6000 anos atrás, documentado pela História!

O que vai além disso é apenas suposição de gente que já tem a mente cauterizada para repelir qualquer argumentação teológica.

Entre ficar com a suposição de pessoas que nunca estiveram lá e que têm a mente corroida pelo ácido deste século, e ficar com o relato simples e fidedigno de homens que viveram naquele período e se preocuparam em transmitir com honestidade, sob a orientação de Deus, todos esses fatos para seus bilhões de ancestrais, é CLARO que eu fico com a última opção.


Última edição por silvamelo em Seg 28 Fev 2011, 11:55 pm, editado 2 vez(es)

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Seg 28 Fev 2011, 11:54 pm

Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Seg 28 Fev 2011, 11:57 pm

lordakner escreveu:Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.
:roll2:

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Ter 01 Mar 2011, 12:01 am

silvamelo escreveu:
lordakner escreveu:Cada povo tem sua própria cultura e civilização, que devem ser compreendidas no seu momento histórico exato, do contrário, não
estaríamos fazendo história, mas tentando demonstrar a superioridade da
civilização ocidental.
Aí depende muito da fonte de consulta... Eu confio plenamente no relato bíblico, até porque estudiosos que se empenham tento em desqualificá-lo, assim como você, não conseguem refutar o que está comprovado pela história:

"As Primeiras Civilizações

"Em primeiro lugar precisamos saber o que se entende por civilização. Como a civilização começou? Vamos considerar algumas palavras como:

Civilização – civis = cidadão (latim)
Urbano – urbes = cidade (latim)
Político – polis = cidade (grego)

"Então vamos definir que a civilização é a vida nas cidades.

"As primeiras cidades tal como as conhecemos surgiram no Oriente e podemos dizer que a primeira delas foi Uruk, por volta de 4500 e 3750 a.C. na região chamada Mesopotâmia. Hoje essa cidade é Warka e fica no Iraque.

Como você pode ver, meu caro Akner, existe um claro divisor de águas na definição de civilização apontando para 6000 anos atrás, documentado pela História!

O que vai além disso é apenas suposição de gente que já tem a mente cauterizada para repelir qualquer argumentação teológica.

Podemos dizer que, quem nasce numa fazenda e nunca morou em uma cidade não "É Homem"?
É isso? oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Ter 01 Mar 2011, 12:13 am

lordakner escreveu:
silvamelo escreveu:
lordakner escreveu:Cada povo tem sua própria cultura e civilização, que devem ser compreendidas no seu momento histórico exato, do contrário, não
estaríamos fazendo história, mas tentando demonstrar a superioridade da
civilização ocidental.
Aí depende muito da fonte de consulta... Eu confio plenamente no relato bíblico, até porque estudiosos que se empenham tento em desqualificá-lo, assim como você, não conseguem refutar o que está comprovado pela história:

"As Primeiras Civilizações

"Em primeiro lugar precisamos saber o que se entende por civilização. Como a civilização começou? Vamos considerar algumas palavras como:

Civilização – civis = cidadão (latim)
Urbano – urbes = cidade (latim)
Político – polis = cidade (grego)

"Então vamos definir que a civilização é a vida nas cidades.

"As primeiras cidades tal como as conhecemos surgiram no Oriente e podemos dizer que a primeira delas foi Uruk, por volta de 4500 e 3750 a.C. na região chamada Mesopotâmia. Hoje essa cidade é Warka e fica no Iraque.

Como você pode ver, meu caro Akner, existe um claro divisor de águas na definição de civilização apontando para 6000 anos atrás, documentado pela História!

O que vai além disso é apenas suposição de gente que já tem a mente cauterizada para repelir qualquer argumentação teológica.

Podemos dizer que, quem nasce numa fazenda e nunca morou em uma cidade não "É Homem"?
É isso? oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my oh my
:mtb: Você já foi melhor que isso... Você entendeu muito bem o que disse. Pare de tentar ganhar tempo e responda honestamente... te pego

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Ter 01 Mar 2011, 12:55 am

silvamelo escreveu: Você já foi melhor que isso... Você entendeu muito bem o que disse. Pare de tentar ganhar tempo e responda honestamente...

Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.

Eu citei uma prova de DNA da existência de um ser humano - IGUALZINHO a você - de DUZENTOS MIL ANOS.
Aí você disse que como ele não viveu em CIDADES, ele não era humano.
Aí eu questionei se, PARA SER HUMANO, o CRITÉRIO é "Nascer ou FAZER CIDADES" e NÃO UM DNA.
(Usando o exemplo de quem nasceu numa fazenda)
Ainda assim você reclama? oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Ter 01 Mar 2011, 2:27 am

lordakner escreveu:
silvamelo escreveu: Você já foi melhor que isso... Você entendeu muito bem o que disse. Pare de tentar ganhar tempo e responda honestamente...

Evidências de DNA mitocondrial indicam que o homem moderno teve origem na África oriental há cerca de 200 000 anos.

Eu citei uma prova de DNA da existência de um ser humano - IGUALZINHO a você - de DUZENTOS MIL ANOS.
Aí você disse que como ele não viveu em CIDADES, ele não era humano.
Aí eu questionei se, PARA SER HUMANO, o CRITÉRIO é "Nascer ou FAZER CIDADES" e NÃO UM DNA.
(Usando o exemplo de quem nasceu numa fazenda)
Ainda assim você reclama? oh my
A diferença que você não consegue ver pela análise do DNA, Deus vê pela análise do coração. E nós podemos comprovar, pela transformação social que tal diferença ocasionou.
quequieh

Mas não posso esperar que você entenda essas coisas, se Deus não lhe revelar...
sei não...

Só orando por você, Akner...
jesus te ama

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por lordakner em Ter 01 Mar 2011, 3:19 am

O Domínio do Fogo
Outubro 11, 2007
O
fogo foi uma das maiores conquistas da Humanidade. O Homo erectus
aprendeu a produzi-lo e a mantê-lo: friccionando dois pedaços de madeira
de dureza diferente e fazendo girar um sobre o outro – fogo por
fricção; ou batendo com duas pedras uma na outra – fogo por choque.
O fogo permitiu ao Homo erectus afastar os animais selva­gens, aquecer e
iluminar o interior das cavernas, cozinhar ali­mentos, fabricar
instrumentos e facilitar a comunicação em grupo.
“O domínio do fogo, foi, provavelmente, o primeiro paso na emancipação do Homem da servidão do ambiente”. G. Childe

Domínio do fogo

Por volta de 1.600.000 a.C., ocorreu o desaparecimento do Homo habilis que evolui para outra espécie, o Homo erectus. Estes possuíam membros parecidos com o do ser humano atual. No período entre 1.000.000 e 300.000 a.C., o Homo erectus
era o único hominídeo existente. Alcançou a altura de um metro e
oitenta e pesava mais de setenta quilos. Possuía cérebro também maior,
cerca de três quartos do peso do cérebro do homem atual.
O Homo erectus construiu instrumentos de pedra. Foram exímios caçadores.
Inicialmente, todos os hominídeos existentes durante três milhões
e meio de anos ficaram confinados à metade sul-oriental da África,
sendo o Homo erectus o primeiro a se espalhar pelo resto da
África, pela Europa e pela Ásia e até mesmo para as ilhas indonésias. As
primeiras descobertas de remansescentes do Homo erectus foram feitas na ilha indonésia de Java, onde a antropóloga Holandesa Marie Eugene Dubois
(1858-1940) encontrou uma calota craniana, um fêmur e dois dentes em
1894. Ainda não tinha sido encontrado nenhum hominídeo com cérebro tão
pequeno e Dubois deu-lhe o nome de Pithecanthropus erectus (do grego, "homem-macaco ereto").
Descobertas semelhantes foram feitas em Pequim, no início de 1927, por um antropólogo canadense, Davidson Black (1884-1934). Ele batizou seu hominídeo de Sinanthropus pekinensis (do grego, "Chinês de Pequim").
Reconheceu-se tempos depois que as duas descobertas, juntamente
com outras, pertenciam à mesma espécie que poderia ser classificada como
gênero Homo. O termo erectus dado por Dubois foi mantido, apesar de que, pelo menos dois milhões e meio antes da evolução do Homo erectus, os hominídeos já andassem eretos. No entanto, isso não era conhecido na época de Dubois.
No período da evolução do Homo erectus, a Terra
encontrava-se em um período glacial. Quando as geleiras alcançaram seu
ponto máximo, retiraram tanta água do mar, qua o nível do lençol baixou
quase 10 metros, expondo os recifes continentais nas regiões mais rasas.
E foi isso que tornou possível para o Homo erectus aventurar-se do continente asiático para as ilhas indonésias.
A temperatura fria desenvolveu novos hábitos. O Homo erectus
viajava em bandos, o que deve ter acontecido com os primeiros
hominídeos, mas construía seus abrigos com pedras para proteger-se do
vento, ou com peles suspensas por uma estaca central. Foram essas as
casas primitivas. Onde existissem cavernas, o Homo erectus abrigava-se lá. Os primeiros vestígios do Homo erectus descobertos na Ásia por Black, nas proximidades de Pequim, foram em uma caverna soterrada.
Na cavarna perto de pequim, existiam vestígios de fogueiras, o
que significa que o fogo tinha sido "descoberto" há quinhentos mil anos.

Esta é uma das características que distingue os seres humanos dos
outros organismos. Toda sociedade humana existente, embora primitiva,
compreendera e usara o fogo. Nenhuma criatura viva além do ser humano
fez uso do fogo mesmo da maneira mais primitiva.
Escrevi descoberto entre aspas porque o fogo não foi
descoberto no sentido comum. Um raio pode ter dado início a um incêndio
assim que a atmosfera terrestre recebeu oxigênio suficiente para
alimentar um e, a superfície da Terra era coberta por florestas que
podiam queimar-se e isto é válido por quatrocentos milhões de anos. E
qualquer animal que pudesse fugir desse incêndio o faria, tanto naquela
época como agora.
Portanto, o que queremos dizer quando falamos na descoberta do
fogo é a descoberta do domínio que podemos ter sobre ele. Em um
determinado momento, o Homo erectus aprendeu a tirar algum objeto
que se queimava de um fogo causado naturalmente, a mantê-lo vivo,
alimentando-o com as quantidades certas de combustível quando ele
mostrava sinais de estar morrendo, e a fazer bom uso dele.
Texto adaptado do livro "Cronologia das Ciências e das
descobertas científicas" de Isaac Asimov. Editora Civilização Brasileira
S.A., Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 1993.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Cal em Ter 01 Mar 2011, 7:12 pm

silvamelo escreveu:Aqui você está sendo preciptado usando uma comparação como esta, na pretenção de colocar nos textos bíblicos de milhares de anos um peso científico que ele não tem.
Não sou eu que coloco esse peso sobre os textos e sim vocês quando afirmam que eles são a verdade absoluta revelada por um deus oniciente e onipotente.

Além disso vocês tem que se decidir, ou contemporizamos os relatos dos evangelhos e os colocamos como traço cultural humano que dentre suas caracteristicas era o relato mitológico ou tratamos os relatos como literais com todo o peso da realidade sobre eles, o que os céticos não farão é serem protecionistas ou criar um estado de exceção aos relatos descrevendo suas crenças enquanto tratamos os relatos das outras crenças de modo diferenciado, justiça e imparcialidade implica nisso.
Mas até nisso você se equivoca, pois a Bíblia não erra em nenhum ponto em sua narrativa. A Bíblia aponta o início da humanidade para 6 mil anos atrás. E é justamente a partir daí que encontramos os primeiros rastros de civilização. Isso significa que esta é a característica que define o gênero humano.
Nada disso, o VT fala que Adão é o início do gênero humano e não da civilização humana, confirmado pelos relatos dos evangelhos quando descrevem a genealogia de Jesus, aonde alias se baseia a teologia do pecado original e da expiação dos pecados, não existem ressalvas nem pormenores cabiveis nos relatos, se tais relatos não suportam o peso da literalidade por causa do avanço do conhecimento humano não há nada que possamos fazer.
Portanto, qualquer criatura que existiu antes desse período não pode ser classificada como homem.
A bíblia tanto o AT como o NT diz que Adão veio direto de deus sem nenhuma ancestralidade, qualquer ressalva que você ou qualquer outro apologista faça a esse dado objetivo e narrativo confirmado inclusive por Jesus será uma arbitrariedade com tais textos da parte de vocês.


Última edição por Cal em Ter 01 Mar 2011, 7:46 pm, editado 1 vez(es)


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Cal em Ter 01 Mar 2011, 7:36 pm

Well escreveu:1- Quantas vezes a Ciência já afirmou uma verdade e depois mudou essa verdade? Vide o exemplo da penicilina.
2- Antes de mais nada, não se esqueça que a Bíblia é um livro teológico e não científico. A mensagem da Bíblia é mostrar Jesus como Senhor e Salvador.
1- Exatamente por isso que ela avança.

2- Mas não somos nós que damos a esses relatos o peso da literalidade e sim vocês.
Continuando o seu texto: No livro The Star of Bethlehem (A Estrela de Belém), ele levanta a hipótese de que a estrela seja, na verdade, uma supernova, explosão estelar de grande intensidade que iluminou os céus por algumas semanas entre os anos de 5 a.C. e 4 a.C.
Ou seja, não negou o fato.
E não foi a minha intenção negá-lo ao citar a fonte, quis exatamente uma fonte que não negasse a possibilidade para você não dizer que escolhi uma fonte parcial do tipo "céticos... qualquer coisa" para que perceba o exagero, ufanismo e parcialidade da fonte citada por você.
Cal, se antes da existência de Homero existissem profecias afirmando o local do nascimento de Homero ou de Maomé, detalhando momentos de sua vida e morte, até dizendo que iria ser sepultado numa sepultura de um rico e outros pontos mais e, ainda, Homero viesse ao mundo cumprindo todas essas profecias, fazendo milagres e escolhesse doze apóstolos, na sua maioria simples, desse uma ordem de que a sua mensagem alcançaria até os confins da terra, mesmo tendo uma condição política extremamente severa à sua pessoa e ideias, e alguns anos depois da sua morte, uns 30 anos após, pessoas não cristãs viessem falando de um homem que era adorado como um deus, de pessoas que não tinham medo de morrer em prol do seu mestre, pessoas letradas deixando seus testemunhos em escritos confirmados como autênticos pela Ciência e etc e etc... Bem, se Homero ou Maomé cumprissem tudo isso e mais um pouco que eu não postei aqui, aí tudo bem.
Mas todos esses relatos estão "cumpridos" aonde? Os livros que estamos averiguando a veracidade não podem servir de evidência para si mesmos.

Cal escreveu:E vocês entenderam a razão pela qual nós, cristãos, acreditamos nesses relatos extraordinários?
Tenho para mim que as razões sejam em sua esmagadora maioria emocionais, um Salvador, os favores de um deus onipotente, vida após a morte... etc.

Ou vai me dizer que os cristãos estão realmente isentos emocionalmente falando na analise de tais textos?
Caro Cal, responda para mim, por fineza: como pode um judeu fervoroso e tenaz perseguidor de cristãos de repente se tornar o objeto de sua perseguição, um cristão, senão por um ato milagroso como foi o de sua conversão relatado no livro de Atos? Se você falar para mim: 'Well, isso é a Bíblia falando da Bíblia. Não serve." Eu respondo: Cal, há fontes externas que nos mostram que Paulo de Tarso passou de perseguidor a perseguido, sendo morto em Roma por causa de sua conversão. Isso é fato. Então explica aí pra gente como se deu essa mudança abrupta na vida daquele homem. E por que ele foi em várias partes do mundo pregando aquela mensagem que, outrora, ele perseguia? Só isso. Explica aí.
Quem pode entender o que se passa dentro da complexa psique humana? Quais motivos levaram Schindler a arriscar sua vida e de suas pessoas queridas ao subornar soldados nazistas para libertar prisioneiros que jamais poderiam lhe retribuir o favor? Que motivos levam alguns individuos humanos contrariando o senso comum e cometem atos violentos sem qualquer benefício ou propósito?

Talvez, e aqui admito tratar-se de pura especulação, Paulo tenha se sensibilizado com a perseguição injusta e violenta sofrida por alguns cristãos, revoltando-se ao extremo de tornar-se um deles, mas para ser aceito por eles depois de seus atos precisava de algo mais drástico do que "Eu me converti!!! Está tudo bem agora, vocês podem confiar em mim!!!.

Mas independente das razões de Paulo para escrever o que escreveu, fazer o que fez, sua vida não prova eventos extraordinários como nascimento por partenogenese entre outros.



A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por abençoado em Ter 01 Mar 2011, 7:58 pm

Cal,apesar de termos uma diferença óbvia em nossas cosmologias,mais uma vez lhe tiro o chapéu pela sua clarividência em debate, resumindo - se ao campo das ideias.Se todos os ateus do fórum fosse tal e qual como você e mais uns 2 ou 3 poderiamos chegar a um nivel interessante de debate..

De outro modo,já o vi defender o ceticismo.Assume-se mais como um ceticista ou um positivista?E poderia,por gentileza,definir a diferença entre ambos?

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Cal em Ter 01 Mar 2011, 8:24 pm

Sou mais um cético do que positivista.

Um cético só aceita as alegações que passem por um crivo lógico e evidências, não que digam ser absolutamente impossível a existência de algo que não satisfaça esses critérios, mas por eles terem sido um guia muito prático na formação de conhecimento válido.

O positivismo é uma visão humanista e uma busca por valores fora da metafísica religiosa.

Os termos não são nem excludentes e nem obrigatoriamente inter-relacionados.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por abençoado em Ter 01 Mar 2011, 8:50 pm

Um cético só aceita as alegações que passem por um crivo lógico e evidências, não que digam ser absolutamente impossível a existência de algo que não satisfaça esses critérios, mas por eles terem sido um guia muito prático na formação de conhecimento válido.

E que evidências seriam essas?Sensoriais,essencialmente,certo?

Só para ficar com a definição bem fundamentada.



O positivismo é uma visão humanista e uma busca por valores fora da metafísica religiosa.

Tive a oportunidade de estudar o positivismo recentemente.

Apesar de tudo, certos valores positivistas acabam por ir ao encontro dos valores,neste caso cristãos,sobretudo no campo da ética.

Essa é uma constatação de um fato: afinal,nem todo o ateu desconsidera a Bíblia completamente...rsrs..não deixa de ser interessante e pode ser importante a partir do dia em que crentes e ateus caiam em si e busquem um mundo melhor para os vindouros.Outro exemplo disto, é a constituição do direito ocidental: apesar do Direito ser uma disciplina laica, ele acaba encontrando eco na Bíblia (por exemplo: os ideias de justiça,as normas sociais do decalogo como nao roubar,nao matar,etc..o proprio ideal da igualdade (gal 3.28).

Como já disse, isso tem o valor que tem mas não deixa de ser interessante.

Há poucos dias ouvi um ateu dizer que buscava preencher o vazio derivado da não-existência de Deus lendo o livro de Eclesiastes:

http://www.youtube.com/watch?v=NhdWUbvk41o


O cara é português.É simplesmente hilariante (é humorista-vc pode ver alguns videos ai no lado..é absolutamente demais rsrs) e bem inteligente,daquelas pessoas que vale a pena ouvir.


Os termos não são nem excludentes e nem obrigatoriamente inter-relacionados.

Mas todos os positivistas são obrigatoriamente ateus,estou certo?

Obrigado pelo esclarecimento.

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Well em Ter 01 Mar 2011, 10:18 pm

Caro Cal, responda para mim, por fineza: como pode um judeu fervoroso e tenaz perseguidor de cristãos de repente se tornar o objeto de sua perseguição, um cristão, senão por um ato milagroso como foi o de sua conversão relatado no livro de Atos? Se você falar para mim: 'Well, isso é a Bíblia falando da Bíblia. Não serve." Eu respondo: Cal, há fontes externas que nos mostram que Paulo de Tarso passou de perseguidor a perseguido, sendo morto em Roma por causa de sua conversão. Isso é fato. Então explica aí pra gente como se deu essa mudança abrupta na vida daquele homem. E por que ele foi em várias partes do mundo pregando aquela mensagem que, outrora, ele perseguia? Só isso. Explica aí.

Cal escreveu:Talvez, e aqui admito tratar-se de pura especulação, Paulo tenha se sensibilizado com a perseguição injusta e violenta sofrida por alguns cristãos, revoltando-se ao extremo de tornar-se um deles, mas para ser aceito por eles depois de seus atos precisava de algo mais drástico do que "Eu me converti!!! Está tudo bem agora, vocês podem confiar em mim!!!.

Mas independente das razões de Paulo para escrever o que escreveu, fazer o que fez, sua vida não prova eventos extraordinários como nascimento por partenogenese entre outros.
Grifo meu. Obrigado pela sua sinceridade, caro Cal, mas depois dessa especulação vou parar por aqui.

Você insinuou que nós somos cristãos por motivos emotivos. Opinião sua a qual respeito. Não vou entrar no mérito da questão. Entretanto, posso insinuar também que você não aceitou os fatos que te mostrei a respeito de Paulo por puro orgulho. A minha opinão é essa aqui, até que me mostrem o contrário: O único motivo claro que vi pelo qual Paulo, um homem letrado e fiel a sua religião judaica, passou de perseguidor a perseguido é esse aqui:

"e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? Respondeu o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues..."

Palavras de Paulo em Atos 13.29 Quando haviam cumprido todas as coisas que dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura;

30 mas Deus o ressuscitou dentre os mortos;

31 e ele foi visto durante muitos dias por aqueles que com ele subiram da Galiléia a Jerusalém, os quais agora são suas testemunhas para com o povo.

Sobre partenogêneses: "termo derivado da palvra grega para "nascimento virginal" - foram extensamente estudados em lagartos de rochas caucasianos e também em perus..." Se te interessar pode ler no livro: A Física do Cristianismo, Frank J. Tipler. Ed Cultrix, 2007. Tem muita coisa lá sobre isso e muito mais.

Um grande abraço, Cal, e foi um prazer teclar com você.


Última edição por Well em Qua 02 Mar 2011, 1:11 pm, editado 1 vez(es)


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Qua 02 Mar 2011, 2:07 am

Cal escreveu:Não sou eu que coloco esse peso sobre os textos e sim vocês quando afirmam que eles são a verdade absoluta revelada por um deus oniciente e onipotente.
O peso que colocamos nesses textos é primeiramente de caráter espiritual, pois este é o propósito da revelação. Contudo, sabemos que alguns simbolismos têm também o objetivo de passar uma ideia de como se deu determinados fatos. Mas devo admitir que a maioria dos crentes tendem a literalizar muitas narrativas, em especial no que diz respeito a criação.

Cal escreveu:Além disso vocês tem que se decidir, ou contemporizamos os relatos dos evangelhos e os colocamos como traço cultural humano que dentre suas caracteristicas era o relato mitológico ou tratamos os relatos como literais com todo o peso da realidade sobre eles, o que os céticos não farão é serem protecionistas ou criar um estado de exceção aos relatos descrevendo suas crenças enquanto tratamos os relatos das outras crenças de modo diferenciado, justiça e imparcialidade implica nisso.
Nesse quesito, Cal, realmente fica muito difícil argumentar com você. Em primeiro lugar porque se trata de revelações que são dadas a uns e negadas a outros, e até mesmo para determinados crentes muita coisa fica oculta, por causa da medida da fé. Você não pode simplesmente formatar a revelação, enviá-la numa linha de montagem e empacotar para entrega, porque não funciona assim.

Mas você dirá que isto é apelo à autoridade... Bem, se você entra no jogo precisa conhecer e aceitar as regras...

Cal escreveu:Nada disso, o VT fala que Adão é o início do gênero humano e não da civilização humana, confirmado pelos relatos dos evangelhos quando descrevem a genealogia de Jesus, aonde alias se baseia a teologia do pecado original e da expiação dos pecados, não existem ressalvas nem pormenores cabiveis nos relatos, se tais relatos não suportam o peso da literalidade por causa do avanço do conhecimento humano não há nada que possamos fazer.
Cal escreveu:A bíblia tanto o AT como o NT diz que Adão veio direto de deus sem nenhuma ancestralidade, qualquer ressalva que você ou qualquer outro apologista faça a esse dado objetivo e narrativo confirmado inclusive por Jesus será uma arbitrariedade com tais textos da parte de vocês.
Ora, ora! Logo você defendendo o criacionismo como a interpretação final e indubitável, Cal? Este é um terreno perigoso para você, amigo! Se nem os crentes estão de acordo nas interpretações de parte a parte, então que credenciais um ateu apresentará aos crentes para convencê-los da sua interpretação?

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Cal em Qua 02 Mar 2011, 6:01 pm

Well escreveu:Grifo meu. Obrigado pela sua sinceridade, caro Cal, mas depois dessa especulação vou parar por aqui.
Que pena, estava divertido.
Você insinuou que nós somos cristãos por motivos emotivos. Opinião sua a qual respeito. Não vou entrar no mérito da questão. Entretanto, posso insinuar também que você não aceitou os fatos que te mostrei a respeito de Paulo por puro orgulho. A minha opinão é essa aqui, até que me mostrem o contrário: O único motivo claro que vi pelo qual Paulo, um homem letrado e fiel a sua religião judaica, passou de perseguidor a perseguido é esse aqui:
"e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? Respondeu o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues..."
Palavras de Paulo em Atos 13.29 Quando haviam cumprido todas as coisas que dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura;
30 mas Deus o ressuscitou dentre os mortos;
31 e ele foi visto durante muitos dias por aqueles que com ele subiram da Galiléia a Jerusalém, os quais agora são suas testemunhas para com o povo.
Eu sei que a sua opinião é essa e ela é compartilhada por todos os cristãos, mas pense um pouco na magnitude do que você me pediu, você queria que eu lhe fornecesse uma explicação sobre os motivos interiores e pessoais que levaram apóstolo Paulo a fazer o que fez, alguém que viveu há aproximadamente 2000 anos atrás, me desculpe mas só posso especular, eu poderia forrar as especulações com quadros clínicos que envolvessem um quadro agudo (não crônico) de alucinação e perda temporária da visão, poderia argumentar que entre os pães consumidos na época existia um princípio ativo alucinógeno e discorrer sobre uma infinidade de possibilidades, mas qual seria o ponto? Se você já se decidiu que tal homem recebeu uma visita de Jesus ressurreto o que especulações de alguém depois de quase dois mil anos mudariam? Que tipo de provas o fariam mudar de idéia? Esse é exatamente um dos problemas lógicos das crenças religiosas, elas não são falseaveis.
Sobre partenogêneses: "termo derivado da palvra grega para "nascimento virginal" - foram extensamente estudados em lagartos de rochas caucasianos e também em perus..." Se te interessar pode ler no livro: A Física do Cristianismo, Frank J. Tipler. Ed Cultrix, 2007. Tem muita coisa lá sobre isso e muito mais.
Exato, mas não temos registro de nenhum caso entre humanos, se vocês afirmam que um extraordinário ocorreu, o ônus da prova é de vocês.
Um grande abraço, Cal, e foi um prazer teclar com você.
Idem.


Última edição por Cal em Qua 02 Mar 2011, 6:41 pm, editado 1 vez(es)


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Cal em Qua 02 Mar 2011, 6:26 pm

silvamelo escreveu:Nesse quesito, Cal, realmente fica muito difícil argumentar com você. Em primeiro lugar porque se trata de revelações que são dadas a uns e negadas a outros, e até mesmo para determinados crentes muita coisa fica oculta, por causa da medida da fé. Você não pode simplesmente formatar a revelação, enviá-la numa linha de montagem e empacotar para entrega, porque não funciona assim.
Ok, melhor deixar para lá uma suposta verdade inatingivel e me concentrar naquelas que eu possa aprender sem que eu me sinta ofendido na minha dignidade humana.

De minha parte não digo nada disso, a verdade que defendo não é revelação exclusiva de ninguém, é o conhecimento humano acumulado através das gerações, ele não responde e nem satisfaz aos mais profundos anseios humanos mas dentro da realidade fez coisas incriveis, dentre elas a erradicação da paralisia infantil, celulares e até a oportunidade de conhecer (virtualmente) e debater com pessoas pela internet das quais não fosse isso jamais teriamos trocado ideias e informações.
Ora, ora! Logo você defendendo o criacionismo como a interpretação final e indubitável, Cal? Este é um terreno perigoso para você, amigo! Se nem os crentes estão de acordo nas interpretações de parte a parte, então que credenciais um ateu apresentará aos crentes para convencê-los da sua interpretação?
Estou apenas dizendo o que a bíblia diz e diz claramente mais de uma vez, satisfazendo os critérios mais rigorosos de exegese e hermeneutica.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Jumper em Qui 03 Mar 2011, 11:12 am

David_JP,
A "teoria de Kleper" e mais tarde a "teoria de Newton" se mostraram verdadeiras, e hoje são conhecidas como LEIS DE KLEPER e LEIS DE NEWTON!
Não cara... teorias não viram leis... teorias criam leis, é diferente.

O homem não conhece tudo. E quando uma teoria é COMPROVADA empiricamente, quando determinados cálculos se mostram verdadeiros para a realidade, dentro de um empirismo construído para a constatação da verdade, essa teoria se torna lei!
Repita comigo: "Nenhuma Teoria vira Lei!"
Ciência não é dogmática, tudo nela pode ser refutado.
Se você diz que virou lei as teorias de Newton e Kepler então podemos jogar fora os trabalhos de Einstein e sua relatividade, afinal, porque teorizar algo que já virou lei?
Caramba, que confusão que vocês fazem...

Sim, existem verdades absolutas, e a principal delas é que o homem pode alcançar a vida eterna! É só uma questão de você crer em Jesus Cristo!
Essa é a sua crença, qualquer pessoa de qualquer crença por mais diferente que seja da sua poderia dizer a mesma coisa.

Aquilo que é baseado em ACHISMO, como é o caso da teoria da evolução está em constante mudança, pois é baseado em SUPOSIÇÔES. NO entanto, é muito dificil que alguém prove que as leis de Newton estejam equivocadas, se não for através da INSERÇâo de um terceiro elemento desconhecido!
Evolução é baseada em fatos simples: surgimento de novas espécies é um deles, adaptação dos seres vivos é outra. E isso é fato.

Well,
Quantas vezes a Ciência já afirmou uma verdade e depois mudou essa verdade? Vide o exemplo da penicilina. Antes de mais nada, não se esqueça que a Bíblia é um livro teológico e não científico. A mensagem da Bíblia é mostrar Jesus como Senhor e Salvador.
Nunca? Ciência não trata de verdades, ela trata de conhecimentos não-refutados. A população é que costuma interpretar o que a ciência diz como afirmações de verdade absoluta.
Agora, qual o exemplo da penicilina? Penicilina foi um ótimo remédio durante um bom tempo, sua efetividade diminuiu porque as bactérias(?) se adaptaram a ela, o que é um caso de evolução.
Ciência não é religião, ciência não lida com dogmas, quem lida com dogmas são as religiões.


Você acredita em cientistas criacionistas?
Resposta a praticamente todo questionamento criacionista.

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por silvamelo em Sex 04 Mar 2011, 3:19 am

Cal escreveu:Ok, melhor deixar para lá uma suposta verdade inatingivel e me concentrar naquelas que eu possa aprender sem que eu me sinta ofendido na minha dignidade humana.
Não, Cal, eu não desistiria assim tão fácil numa questão que me intrigassse (e imagino que você fica intrigado, porque você está aqui conosco). Eu buscaria experimentar tais processos que supostamente trouxeram efeitos reais na vida de tantas pessoas, para ter uma opinião baseada na minha experiência.

Cal escreveu:De minha parte não digo nada disso, a verdade que defendo não é revelação exclusiva de ninguém, é o conhecimento humano acumulado através das gerações, ele não responde e nem satisfaz aos mais profundos anseios humanos mas dentro da realidade fez coisas incriveis, dentre elas a erradicação da paralisia infantil, celulares e até a oportunidade de conhecer (virtualmente) e debater com pessoas pela internet das quais não fosse isso jamais teriamos trocado ideias e informações.
Essa verdade que você defende não pode trazer efeito duradouro nem para você, nem para ninguém... Os anos passam, as pessoas morrem e o legado fica para a próxima geração, que aproveitará os avanços mas também terá de gerenciar todos as consequências e impactos acarretados pelos tais... Os homens das cavernas não tinham nada disso, mas se você pudesse perguntar para eles se a vida que eles levavam era boa, certamente eles lhe diriam que sim, pois estavam familiarizados com a sua condição. Eles também morreram, mas antes viveram sem nenhuma necessidade dos nossos avanços...

Cal escreveu:Estou apenas dizendo o que a bíblia diz e diz claramente mais de uma vez, satisfazendo os critérios mais rigorosos de exegese e hermeneutica.
Será mesmo, Cal? De quais critérios você se refere? Pois:

"O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente" (1 Coríntios 2:14).

Será que uma ideia pode ser considerada válida apenas porque é consenso da maioria? Em ciência isso já se mostrou ser um conceito errônio muitas vezes. Mas se você gosta de exegese e hermenêutica, que tal acompanhar a explanação abaixo?

Em primeiro lugar, temos que Gênesis não detalha o modo como Deus criou Adão. Deus apenas diz que o criou do pó da terra.

Mas nós temos detalhadamente narrada a milagrosa criação da mulher! Isso é uma parábola, pois, assim como o pecado entrou no mundo por intermédio da mulher, que nasceu milagrosamente do primeiro Adão, assim, o segundo Adão nasceu milagrosamente de uma mulher, para tirar o pecado do mundo.

Então como foi a criação de Adão, se a Bíblia apenas diz que Deus o formou do pó da terra? Existe alguma inconcistência para com as descobertas da ciência? Claro que não!

Você Cal, quando surgiu no útero da sua mãe, era apenas um ser unicelular, quando esta célula começou a se dividir e passar pelas diversas etapas embrionárias, saiba que em cada uma dessas etapas que você passou, você compartilhou semelhança com muitos organismos, desde os mais simples até os mais complexos. Você chegou mesmo a exibir uma calda! Até que o embrião tomasse então as características únicas que diferenciam o homem de todos os outros animais. Tudo isto ainda no útero... Foi assim que você foi formado. Quando chegou a hora, você veio ao mundo. E veja que quando você faz aniversário, ninguém leva em conta aquele tempo que você passou lá no útero. Isto também é uma parábola!

O período em que homem se desenvolveu através de diversas gerações, desde organismos mais simples do pó da terra até se tornar a criatura complexa na pessoa de Adão, não é revelado nem é computado! Adão é tirado do meio onde estava e é colocado no Jardim plantado por Deus, e assim começa a geração dos homens, a partir dele:

"E tomou o SENHOR Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar" (Gn 2.15).

E você não verá os relatos dos nomes das gerações de nenhuma das criaturas antes dele porque nenhuma delas recebeu discernimento ou autoridade para nomear. Isto foi dado a Adão:

"Havendo, pois, o SENHOR Deus formado da terra todo o animal do campo, e toda a ave dos céus, os trouxe a Adão, para este ver como lhes chamaria; e tudo o que Adão chamou a toda a alma vivente, isso foi o seu nome" (Gn 2.19).

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

medo da morte

Mensagem por sabino-sp em Dom 13 Mar 2011, 11:15 am

se tem uma coisa da qual ninguem escapa é a morte, quando uma pessoa passa por algum sofrimento é normal e humano independente da religião sofrer com a pessoa isto não é ter medo da morte mas ninguem em sã consciencia quer perder um ente querido ,a morte não existe para nós que cremos em deus, que é espirito e seu mundo o verdadeiro é imortal ,passamos do mundo material para o espiritual que é eterno sei que nem todos pensam assim muitos temem a morte mas eu creio em Deus e seu mundo portanto não tenho medo

sabino-sp
Sol
Sol

Número de Mensagens : 2161
Idade : 63
Localização : Santo André - São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 13/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por MackDK em Dom 13 Mar 2011, 12:00 pm

coldsnip escreveu:Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Eu nunca vi um crente com um sorriso no rosto sabendo que tem um filho com câncer em estado terminal.

Seria de se esperar que os crentes fossem mais bem preparados pra esse tipo de situação, já que vivem suas vidas em função desse momento.

Afinal, será que algumas certezas seriam incertas?

Olá, Coldsnip.

Falei sobre ter um filho com câncer no tópico"Qual o Sentido da Palavra "Milagre".. No tópico tem um link para um vídeo que mostra parte de nossa experiência.

Então, estou falando com propriedade.

Além disso, algo que não é contado no vídeo, é que tivemos dois abortos espontâneos antes do Dani nascer. Tenho guardado o ultrassom do nosso primeiro filho, que morreu com 3 meses de gestação. Por isto o nascimento do Daniel foi tão importante para nós.

Ter medo da morte é uma coisa. Garanto que eu não tenho. Mas até aí, os terroristas que jogaram os aviões no Word Trade Center também não tinham. Os Kamikazes na Segunda Guerra Mundial também não. Mas sorrir diante de um filho doente é outra coisa. Então, na minha sincera opinião, cobrar um sorriso no rosto diante de um parente doente não é justo. Um dos meus versículos bíblicos favoritos é este aqui:

"Jesus Chorou" (João 11:35)

Diante do túmulo de Lázaro, já sabendo previamente que iria ressucitá-lo, Jesus chorou! O versículo 33 deste mesmo capítulo diz "Jesus, vendo-a chorar e bem assim os judeus que a acompanhavam, agitou-se no espírito e comoveu-se".

Em outra passagem, diante da viúva da cidade de Naim, o evangelista Lucas relata:

E aconteceu que, no dia seguinte, ele foi à cidade chamada Naim, e com ele iam muitos dos seus discípulos, e uma grande multidão;
E, quando chegou perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único de sua mãe, que era viúva; e com ela ia uma grande multidão da cidade.
E, vendo-a, o Senhor moveu-se de íntima compaixão por ela, e disse-lhe: Não chores.
E, chegando-se, tocou o esquife (e os que o levavam pararam), e disse: Jovem, a ti te digo: Levanta-te. E o defunto assentou-se, e começou a falar.
E entregou-o a sua mãe.
(Lucas 7:11 a 15)

Considero válido você questionar nosso "medo" da morte, se por medo você queira dizer incerteza sobre o pós-vida. Você tem razão. Isso se configura numa fé imatura.

Porém, contestar o choro e cobrar um sorriso diante do sofrimento humano vai contra a própria natureza de Jesus Cristo.

Sinceramente, você não consideraria cruel se Jesus cobrasse isto de nós? Felizmente é o contrário. Ele disse:"Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados" (Mateus 5:4)

De minha parte eu não seguiria a Jesus se ele cobrasse de mim a insensibilidade diante da dor humana. Eu sigo a Jesus porque foi o "Jesus Homem" que chorava, ria e sangrava que morreu na cruz.

Sinceramente,

MackDK

MackDK
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 78
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por que vocês crentes tem tanto medo da morte?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:51 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 10, 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum