.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
73 usuários online :: 2 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 71 Visitantes :: 2 Motores de busca

irmão, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 12:00 pm

Um dos mitos mais cultuados pelos cristãos é o que afirma que o cristianismo é, fundamentalmente, uma religião de tolerância e compaixão, baseados nos escritos bíblicos (claro que só mencionam o Novo Testamento, já que o AT é rico em passagens em que o próprio Deus recomenda o assassinato, o genocídio e o estupro; cristãos são seletivos no que citam, quando lhes interessa!).
A prática religiosa – e aqui eu separo o que seja religiosidade, sentimento de religião, ou seja a doutrina pregada pelas igrejas constituídas - porém, é totalmente diferente dos seus escritos e isso vem se solidificando e cristalizando ao longo dos séculos.
Essa diferença entre o discurso e a prática (que minha avó classificava como mentira pura, mesmo!) é justificada pelos pios cristãos como obra dos homens que comandavam suas igrejas, tipificando o comportamento como “anticristão”, quando não classificam tais homens como “ateus do cristianismo”.
É fácil provar que esse discurso é uma baita idiotice! Os pios homens da igreja agiram dessa forma porque acreditavam, sinceramente, que estavam fazendo o melhor para sua religião, na época dos acontecimentos.
Um tipo de atrocidade tipicamente cristã é o antissemitismo.
Embora a palavra admita significados mais amplos (o preconceito contra árabes também é uma forma de antissemitismo), em seu senso estrito a palavra significa ódio ao “povo” judeu (logicamente, aqui, a palavra “povo” é errada; os judeus distinguiam-se apenas por sua religião e só formaram colônias específicas justamente por causa da perseguição a que eram submetidos; da mesma forma, não existe uma raça judaica).

Um pouco de história
Embora já tivessem sofrido diásporas anteriores (sob os assírios e babilônios, que usavam essa prática para todos os povos que dominavam), dificilmente tais situações podem ser descritas como pogroms ou perseguição específica.
Esta última só se inicia, de forma sistemática, após a conversão de Constantino e a permissão e o reconhecimento do cristianismo como uma religião presente no império.
Nem bem o Édito de Milão havia sido emitido, realizou-se o concílio de Nicéia, onde os judeus foram declarados inimigos da religião, e que “Os judeus devem continuar a existir, em reclusão e humilhação, para a causa do cristianismo”.
Estava lançada a base do antissemitismo. Alguns cristãos se defendem alegando que a política tomada pela igreja foi, na verdade, uma proteção aos judeus. Isso é uma baita idiotice. Basta ver a declaração acima.
Em vários outros concílios, reforçou-se a tese de que os judeus eram culpados, hereditariamente, por deicídio e deveriam ser discriminados, batizados a força e, se possível, fisicamente eliminados.
A isso, seguiu-se mais de 1600 anos de perseguição pura aos judeus, em toda a Europa e no Novo Mundo, com ações da inquisição e estimulação á violência, com um número ainda não calculado de vítimas. Ao final do século XVI, poucos judeus ainda existiam na Europa, todos vivendo segregados em guetos e sendo obrigados a usar símbolos distintivos em sempre ameaçados de eliminação física.
Se os judeus tiveram alguma esperança com a reforma, deram-se mal! Se tinham esperanças que os protestantes seriam mais humanos que os papas de bisposx católicos, quebraram a cara!
Vejamos o que pensava Martinho Lutero, o principal reformador sobre os judeus:

“(…) Finalmente, no meu tempo, foram expulsos de Ratisbona, Magdeburgo e de muitos outros lugares… Um judeu, um coração judaico, são tão duros como a madeira, a pedra, o ferro, como o próprio diabo. Em suma, são filhos do demônio, condenados às chamas do Inferno. Os judeus são pequenos demônios destinados ao inferno.”

“Queime suas sinagogas. Negue a eles o que disse anteriormente. Force-os a trabalhar e trate-os com toda sorte de severidade … são inúteis, devemos tratá-los como cachorros loucos, para não sermos parceiros em suas blasfêmias e vícios, e para que não recebamos a ira de Deus sobre nós. Eu estou fazendo a minha parte.”

“Resumindo, caros príncipes e nobres que têm judeus em seus domínios, se este meu conselho não vos serve, encontrai solução melhor, para que vós e nós possamos nos ver livres dessa insuportável carga infernal – os judeus.”

De fato, várias igrejas protestantes, até hoje, pregam abertamente contra judeus e muitas dessas igrejas apoiaram os nazistas abertamente, inclusive participando da administração de campos de eutanásia e extermínio.

Consequências
A principal consequência desse ódio cristão contra os judeus foi a manutenção e perpetuação do sentimento antissemita. Não é difícil entender que, na verdade, o que os cristãos procuravam era um mero bode expiatório para justificar atos hediondos ou catástrofes como consequência de ações de um Deus amoroso. Os judeus foram acusados de sacrificar crianças cristãs, de conspurcar a igreja, de espalha a peste negra, de envenenar poços e alimentos, etc...
As consequências foram os inúmeros pogroms genocidas ao longo da história, a mentira antijudaica, a queima de judeus nas fogueiras da inquisição e, sobretudo, a manutenção junto aos cristãos de uma animosidade contra os judeus que culminou com o holocausto e a morte de 6 milhões de pessoas. Não teria havido holocausto se não existisse antissemitismo.

As igrejas admitindo seus erros
Só em 2.000, o papa João Paulo II pediu desculpas formais pelas ações da pia igreja católica aos judeus (eu imagino como pedir desculpas a milhões de pessoas mortas...). Só levou quase 1700 anos para perceberem o erro.
Foi apenas nos anos de 1980 que as igrejas luteranas dissociaram-se formalmente dos escritos de Lutero sobre os judeus... Levaram mais de 400 anos para perceberem seu erro...

Perguntas

1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.

2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?

3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?

No próximo capítulo, veremos como os pios cristãos tratam os praticantes de outras religiões.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por silvamelo em Qua 26 Jan 2011, 12:55 pm

1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.
Seria o mesmo que eu perguntar: porque você concorda com as atrocidades cometidas pelos governos comunistas, já que é um ateu?

2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?
Qual é a alternativa para o mundo ideal? Os governos comunistas?

3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?
A igreja está certa quando lida somente com a questão espiritual e não se mete_ em política. O nosso reino não é deste mundo. Nisso vemos claramente a diferença entre a igreja de Cristo e as outras igrejas, que na verdade são plataformas de ascenção política e notoriedade mundana...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 1:08 pm

silvamelo escreveu:
1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.
Seria o mesmo que eu perguntar: porque você concorda com as atrocidades cometidas pelos governos comunistas, já que é um ateu?

2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?
Qual é a alternativa para o mundo ideal? Os governos comunistas?

3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?
A igreja está certa quando lida somente com a questão espiritual e não se mete_ em política. O nosso reino não é deste mundo. Nisso vemos claramente a diferença entre a igreja de Cristo e as outras igrejas, que na verdade são plataformas de ascenção política e notoriedade mundana...
Isto é bem típico aqui neste fórum. Como não tem resposta, procura desesperadamente desviar o assunto (aqui no caso para a velha associação entre comunismo e ateísmo). Se quiser, abra um tópico a respeito e eu lhe mostro que tipos de bobagens está falando, apenas porque papagueia o que escuta...
Caso não tenha entendido, a igreja considerava os judeus uma ameaça à sua própria identidade e a igreja sempre se meteu em política (Lutero, por exemplo, era um exímio lambedor de botas dos príncipes alemães).
Repito a pergunta até para facilitar sua pobre compreensão: se a igreja cristã, quase que como um todo, errou em relação aos judeus e fomentou um sentimento que culminou na morte de 6 milhões de seres humanos, que raio de autoridade ela tem para opinar em relação a questões éticas e morais? Que moral tem uma instituição que por quase 2.000 anos só espalhou o ódio?


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Well em Qua 26 Jan 2011, 1:33 pm

Grande Fabris!!!! Espero, sinceramente, que você e toda a sua família esteja muito bem de saúde e paz, meu amigo virtual. De coração, te desejo um ano repleto de bons momentos.

Fabris escreveu:1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.
Caríssimo, o que existe de hipócrita não está no gibi!!!!!

Fabris escreveu:2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?
É claro que todos merecem estar comtemplados pela regra áurea: ame ao teu próximo como a ti mesmo. Mas de novo vem a cambada de hipócritas...

Fabris escreveu:3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?

Você está se referindo especificamenta à ICAR aqui?? Se sim, realmente, o que garante a tal infabilidade papal?? Também queria saber.

Fabris escreveu:Que moral tem uma instituição que por quase 2.000 anos só espalhou o ódio?
Amigão, você crê mesmo que a ICAR só espalhou o ódio nesses anos todos?? Só ódio??


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por famado em Qua 26 Jan 2011, 1:44 pm

Vou apenas citar a dialética ateísta, pois estou cansado de ler a mesma ladaínha.


20 - O que mais irrita os ateistas, em relação aos cristãos evangélicos, é o que eles julgam ser hipocrisia (nós, cristãos evangélicos, admitamos, temos um discurso bastante diferente da prática, falamos de amor o tempo todo e por vezes, ou quase sempre, demonstramos falta de amor). Os ateístas acham que dizer para eles que eles vão para o inferno soa hipócrita. Parece, aos seus olhos, que é o que realmente queremos, em contradição ao nosso discurso de amor ao próximo. De certa forma, sentem-se realizados, quando dizemos que eles vão para o inferno, pois tal afirmação de nossa parte indica que eles estão certos a nosso respeito, ou seja, somos hipócritas.



41 - Os ateístas tendem a ser pró-Israel. Todavia, não pela simpatia ao povo ou ao judaísmo, mas pelo ódio (principalmente por parte dos ateus americanos) ao Islamismo fundamentalista, que tem alvejado Israel e o ocidente. Aliás, o fundamentalismo religioso, segundo o que eles entendem por isso, é uma das coisas que eles mais odeiam, seja muçulmano, seja cristão ou seja de qualquer religião;

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 1:59 pm

Well escreveu:Grande Fabris!!!! Espero, sinceramente, que você e toda a sua família esteja muito bem de saúde e paz, meu amigo virtual. De coração, te desejo um ano repleto de bons momentos.
Igualmente, meu caro amigo! Desejo-lhe e aos seus um ano tranquilo e próspero!
Well escreveu:
Fabris escreveu:1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.
Caríssimo, o que existe de hipócrita não está no gibi!!!!!
Concordo plenamente! Pretendo abrir um tópico para discutir especificamente a questão de hipocrisia das igrejas. Repare que eu falo especificamente de igrejas e não de sentimento religioso.
Well escreveu:
Fabris escreveu:2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?
É claro que todos merecem estar comtemplados pela regra áurea: ame ao teu próximo como a ti mesmo. Mas de novo vem a cambada de hipócritas...
O problema é que a cambada contamina a quase todos. Líderes religiosos deveriam ter uma enorme responsabilidade com aquilo que falam ou pregam. Quando vejo um televangelista pregar o porrete em homossexuais e depois lamentar as agressões de homófobos, só posso pensar na palavra hipocrisia.
Well escreveu:
Fabris escreveu:3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?
Você está se referindo especificamenta à ICAR aqui?? Se sim, realmente, o que garante a tal infabilidade papal?? Também queria saber.
Eu estou me referindo a praticamente todas as igrejas ditas cristãs. Como mostrei, Lutero foi um enorme antissemita e até hoje existem igrejas, principalmente nos EUA, que pregam contra judeus.
Well escreveu:
Fabris escreveu:Que moral tem uma instituição que por quase 2.000 anos só espalhou o ódio?
Amigão, você crê mesmo que a ICAR só espalhou o ódio nesses anos todos?? Só ódio??
Dentro do contexto do tópico, sim! Se não me falha a memória, nas orações do ofertório, antes da missa poder ser rezada no idioma local, havia um pedido para que houvesse intercessão pelos "de perfide jude". Que suprimiu a frase foi João XXIII...
http://defesacatolica.org/index.php?option=com_content&task=view&id=37&Itemid=1
É óbvio que eu não generalizo a posição da ICAR (como se ela só espalhasse o ódio...). Quem conhece Pedro Casaldáliga ou Paulo Evaristo Arns não poderia pensar assim. Entretanto, essa postura em relação aos judeus durou até início dos anos 1960... Lamentável!


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 2:08 pm

famado escreveu:Vou apenas citar a dialética ateísta, pois estou cansado de ler a mesma ladaínha.
Pois citando dialética você só demonstra que não tem resposta para as questões colocadas. As respostas às questões humanas não podem ser buscadas apenas por dialética ou apologética.

famado escreveu:20 - O que mais irrita os ateistas, em relação aos cristãos evangélicos, é o que eles julgam ser hipocrisia (nós, cristãos evangélicos, admitamos, temos um discurso bastante diferente da prática, falamos de amor o tempo todo e por vezes, ou quase sempre, demonstramos falta de amor). Os ateístas acham que dizer para eles que eles vão para o inferno soa hipócrita. Parece, aos seus olhos, que é o que realmente queremos, em contradição ao nosso discurso de amor ao próximo. De certa forma, sentem-se realizados, quando dizemos que eles vão para o inferno, pois tal afirmação de nossa parte indica que eles estão certos a nosso respeito, ou seja, somos hipócritas.
Diferença entrde discurso e prática tem um nome: mentira! Um nomezinho mais apropriado seria hipocrisia. Finalmente você acertou em alguma coisa. A igreja cristã é fundamentalmente hipócrita! Quanto a m,e mandar para o inferno ou para onde quiser, fique a vontade. Eu acredito tanto no inferno quanto acredito no paraíso ou em deuses e demônios!

famado escreveu:41 - Os ateístas tendem a ser pró-Israel. Todavia, não pela simpatia ao povo ou ao judaísmo, mas pelo ódio (principalmente por parte dos ateus americanos) ao Islamismo fundamentalista, que tem alvejado Israel e o ocidente. Aliás, o fundamentalismo religioso, segundo o que eles entendem por isso, é uma das coisas que eles mais odeiam, seja muçulmano, seja cristão ou seja de qualquer religião;
[/quote]De novo, você errou! Inicialmente, para mim, dedico ao islamismo, ao judaísmo e ao cristianismo a mesma posição: tudo viagem pura... Quanto a ser pró-Israel, você erra novamente! Para mim, Israel, atualmente, é um país racista e nazistóide. Se os israelenses tivessem juízo, suprimiriam sua constituição, que lembra muito as leis de Nuremberg, de 1935.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por silvamelo em Qua 26 Jan 2011, 2:24 pm

Fabris escreveu:
silvamelo escreveu:
1. Se o princípio da religião cristã é o amor ao próximo, gostaria de conhecer em que ponto os judeus constituiam exceção ao mesmo.
Seria o mesmo que eu perguntar: porque você concorda com as atrocidades cometidas pelos governos comunistas, já que é um ateu?

2. Muitos afirmam aqui, que o cristianismo age como regra ética e moral que impulsiona os crentes para o bem. Ou essa regra é totalmente ineficaz ou os judeus realmente não merecem estar contemplados pela mesma. Qual é a alternativa?
Qual é a alternativa para o mundo ideal? Os governos comunistas?

3. Se a igreja cristã errou redondamente em relação aos judeus e manteve esse erro por séculos, o que garante que essa igreja esteja certa em outras questões?
A igreja está certa quando lida somente com a questão espiritual e não se mete_ em política. O nosso reino não é deste mundo. Nisso vemos claramente a diferença entre a igreja de Cristo e as outras igrejas, que na verdade são plataformas de ascenção política e notoriedade mundana...
Isto é bem típico aqui neste fórum. Como não tem resposta, procura desesperadamente desviar o assunto (aqui no caso para a velha associação entre comunismo e ateísmo). Se quiser, abra um tópico a respeito e eu lhe mostro que tipos de bobagens está falando, apenas porque papagueia o que escuta...
Se eu desviei o assunto, foi à sua moda! Veja o que você está fazendo: Você está pegando os crentes e está jogando todos no mesmo saco; no pior saco conhecido! Será mesmo que todos os cristãos da história estavam de acordo com os desmandos de seus líderes, em suas épocas? Vamos comparar com a atualidade: Todos os evangélicos estão de acordo com os desmandos dos líderes cristãos televisivos? Você está vendo como o seu fel é amargo? Como pode tentar nos intimidar dessa maneira? O nosso reino não é deste mundo! Infelizmente para alguns, tem gente entrando pela porta estreita!!!

Fabris escreveu:Caso não tenha entendido, a igreja considerava os judeus uma ameaça à sua própria identidade e a igreja sempre se meteu em política (Lutero, por exemplo, era um exímio lambedor de botas dos príncipes alemães).
Repito a pergunta até para facilitar sua pobre compreensão: se a igreja cristã, quase que como um todo, errou em relação aos judeus e fomentou um sentimento que culminou na morte de 6 milhões de seres humanos, que raio de autoridade ela tem para opinar em relação a questões éticas e morais? Que moral tem uma instituição que por quase 2.000 anos só espalhou o ódio?
Se o médico receita a medicação e o paciente resolve deliberadamente não tomá-la, a culpa do agravamento da doença é do médico ou do paciente? Felizmente alguns seguem a orientação médica!!!


Última edição por silvamelo em Qua 26 Jan 2011, 3:36 pm, editado 1 vez(es)

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por famado em Qua 26 Jan 2011, 2:48 pm

Os ateístas odeiam tantas coisas e gostam de dizer que os cristãos é que odeiam.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 2:57 pm

silvamelo escreveu:Se eu desviei o assunto, foi à sua moda!
Por favor, mostre onde me desviei do assunto!

silvamelo escreveu:Veja o que você está fazendo: Você está pegando os crentes e está jogando todos no mesmo saco; no pior saco conhecido! Será mesmo que todos os cristãos da história estavam de acordo com os desmandos de seus líderes, em suas épocas? Vamos comparar com a atualidade: Todos os evangélicos estão de acordo com os desmandos dos líderes cristãos televisivos? Você está vendo como o seu fel é amargo? Como pode tentar nos entimidar dessa maneira? O nosso reino não é deste mundo! Infelizmente para alguns, tem gente entrando pela porta estreita!!!
Recomendo para você um curso básico, mas bem básico mesmo, de interpretação de texto, além de um curso muito básico de argumentação. Você é quem tenta criar marola, admitindo culpa pessoal. Até o momento - e isso fica claro no início do texto - eu mencionei posição de igrejas e sequer discuti posições pessoais. As cartas foram todas mostradas. cabe a você refutá-las, caso queira. Quanto a estarem de acordo com os líderes ou não, não temos nenhuma estatística confiável sobre o tema, mas , como tais igrejas só crescem, imagino que quem participe do culto esteja de acordo, ou temos mais um caso de hipocrisia pura

silvamelo escreveu:Se o médico receita a medicação e o paciente resolve deliberadamente não tomá-la, a culpa do agravamento da doença é do médico ou do paciente? Felizmente alguns seguem a orientação médica!!!
Só falta saber que médico acertou a população... a mensagem bíblica ou a praxis da igreja. A história é testemunha de que acreditou-se foi nas igrejas.


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por famado em Qua 26 Jan 2011, 3:09 pm

23 - Ateus gostam de usar uma lista de falácias (uma lista de lógica booleana que tem no FCC e o Cal publicou aqui). Eles alegam a todo momento que muitos de nossos argumentos são falaciosos. Contudo, em seus argumentos, fazem uso corrente das falácias da lista, principalmente de ad hominem, acidente invertido e apelo à autoridade;

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Fabris em Qua 26 Jan 2011, 3:13 pm

famado escreveu:Os ateístas odeiam tantas coisas e gostam de dizer que os cristãos é que odeiam.
mais fuga da discussão. Você é capaz de discutir ou fica apenas poluindo o tópico?


"Amigo, me gustas mucho, pero tu madre me gusta más" (Hino nacional de Marisales)

Fabris
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 780
Idade : 63
Localização : Laguna - Santa Catarina
flag : Brasil
Data de inscrição : 25/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por silvamelo em Qua 26 Jan 2011, 5:31 pm

Fabris escreveu:
silvamelo escreveu:Se eu desviei o assunto, foi à sua moda!
Por favor, mostre onde me desviei do assunto!
Nem eu nem você desviamos o assunto. O tópico é seu, lembra? Mesmo com toda a minha burrice e incapacidade interpretativa, eu consegui perceber a sua tentativa de igualar toda a cristandade, como se não existisse uma igreja verdadeira (classificarei "igreja verdadeira" mais adiante), que segue os princípios ensinados pelo Mestre.

Fabris, na abertura do tópico, escreveu:A prática religiosa – e aqui eu separo o que seja religiosidade, sentimento de religião, ou seja a doutrina pregada pelas igrejas constituídas - porém, é totalmente diferente dos seus escritos e isso vem se solidificando e cristalizando ao longo dos séculos.
Essa diferença entre o discurso e a prática (que minha avó classificava como mentira pura, mesmo!) é justificada pelos pios cristãos como obra dos homens que comandavam suas igrejas, tipificando o comportamento como “anticristão”, quando não classificam tais homens como “ateus do cristianismo”. É fácil provar que esse discurso é uma baita idiotice!
Você leu o que escreveu? Você não fez ressalva nenhuma. Para você, todos os crentes não vivem nem põem em prática os ensinamentos do Evangelho, e ainda ousa dizer que pode provar...

Fabris escreveu:
silvamelo escreveu:Veja o que você está fazendo: Você está pegando os crentes e está jogando todos no mesmo saco; no pior saco conhecido! Será mesmo que todos os cristãos da história estavam de acordo com os desmandos de seus líderes, em suas épocas? Vamos comparar com a atualidade: Todos os evangélicos estão de acordo com os desmandos dos líderes cristãos televisivos? Você está vendo como o seu fel é amargo? Como pode tentar nos entimidar dessa maneira? O nosso reino não é deste mundo! Infelizmente para alguns, tem gente entrando pela porta estreita!!!
Recomendo para você um curso básico, mas bem básico mesmo, de interpretação de texto, além de um curso muito básico de argumentação. Você é quem tenta criar marola, admitindo culpa pessoal. Até o momento - e isso fica claro no início do texto - eu mencionei posição de igrejas e sequer discuti posições pessoais.
Eis aí mais um erro crasso da sua parte, o que demonstra cabalmente o seu total desconhecimento da nossa fé. O nosso reino não é terreno. A verdadeira igreja de Cristo não é a Instituição religiosa denominacional, que você vê em suntuosas catedrais e placas em fachadas por aí. A verdadeira igreja de Cristo só pode ser reconhecida individualmente, naqueles que vivem e praticam o Evangelho:

"Não vem o reino de Deus com visível aparência. Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós" (Lc 17.20,21).

Fabris escreveu:Quanto a estarem de acordo com os líderes ou não, não temos nenhuma estatística confiável sobre o tema, mas , como tais igrejas só crescem, imagino que quem participe do culto esteja de acordo, ou temos mais um caso de hipocrisia pura.
É incrivel como certas pessoas, numa autopromoção de intelectualidade, se julgam incrivelmente capacitadas a opinar em questões das quais não tem um mínimo de entendimento. A igreja não congrega em função de líder humano nenhum. A igreja congrega sob a líderança sobrenatural do Espírito Santo. Aqueles que estão ali por causa de liderança humana sabem tanto da Palavra quanto esses que estão de fora querendo opinar... Se estamos ali reunidos é para o louvor da Glória de Deus e em obediência à sua Palavra, que adverte para estarmos congregados, especialmente nesses últimos dias que vivenciamos:

"Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima" (Hb 10.25).

Em termos espirituais, não significa em hipótese nenhuma que estamos de acordo com a prática pecaminosa de quem quer que seja, pois a nossa reunião é unicamente em função daquele Verdadeiro Santo que está presente ali!

Fabris escreveu:
silvamelo escreveu:Se o médico receita a medicação e o paciente resolve deliberadamente não tomá-la, a culpa do agravamento da doença é do médico ou do paciente? Felizmente alguns seguem a orientação médica!!!
Só falta saber que médico acertou a população... a mensagem bíblica ou a praxis da igreja.
Depende da ótica de quem avalia. Mas uma coisa é certa: O Médico curou aqueles que seguiram a prescrição.

Fabris escreveu:A história é testemunha de que acreditou-se foi nas igrejas.
A história testemunha muito bem daquilo que é notório e traumático, mas negligencia tremendamente os anônimos que não recebem nenhum louvor humano, mas que são de grande importância para Deus.


Última edição por silvamelo em Qui 27 Jan 2011, 12:47 am, editado 3 vez(es)

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por nandokiss em Qua 26 Jan 2011, 8:35 pm

os nazistas que governavam queriam a volta a uma especie de paganismo racista, que na verdade nunca houve na historia...
apesar da ig. catolica e das protestantes ficarem caladas frente ao holocausto.


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os grandes valores cristãos: o antissemitismo

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:04 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum