.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
55 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 55 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Armagedom

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

farol Armagedom

Mensagem por Ed em Ter 18 Jan 2011, 6:46 pm

No decorrer da história inúmeras batalhas, campanhas e guerras foram travadas por toda a terra. Algumas foram limitadas em abrangência, outras foram globais. Exércitos lutaram por causa de terra e líderes, amor e lealdade, por causas que foram justas e, na maioria das vezes, injustas. A dor, o sofrimento e a morte causados por estes conflitos e pelos que vivenciamos hoje não podem ser calculados.

A Bíblia nos diz que o futuro também será cheio de guerras. Existe um grande conflito profético que tem chamado a atenção de crentes e incrédulos no decorrer dos séculos – Armagedom. Esta batalha é profetizada como o acontecimento mais catastrófico e devastador da história humana. Quer as pessoas acreditem que acontecerá ou não, elas logo se identificam com a magnitude do seu simbolismo. Isso é comentado direta e indiretamente na literatura, no cinema, na propaganda, nos debates políticos, sermões e comentários culturais. Parece que todo mundo tem alguma noção ou idéia a respeito. Algumas das idéias são bíblicas, muitas não.

Só há um lugar onde se pode encontrar informações precisas sobre Armagedom – a Bíblia. Nas suas páginas proféticas lemos não só sobre Armagedom, mas também sobre os eventos que antecedem e seguem essa guerra final da história humana. Apesar de não termos todos os detalhes de Armagedom, recebemos um panorama geral dos planos de Deus para o futuro.

Por que a Bíblia fala de Armagedom? Porque essa batalha afirma a soberania de Deus sobre a história e nos lembra que há um propósito e plano divino que não será frustrado. Um dia Deus acertará todas as contas, julgará todo mal e estabelecerá um reino universal de justiça. A esperança dos crentes no decorrer dos séculos será realizada com a Segunda Vinda de Jesus Cristo e a derrota daqueles que se opuseram a Ele em Armagedom. É por causa dessa esperança que estudamos as profecias, esperando o cumprimento das promessas de Deus.

O Que a Bíblia Diz Sobre Armagedom?


Lemos sobre Armagedom em Daniel 11.40-45; Joel 3.9-17; Zacarias 14.1-3; Apocalipse 16.14-16. Essa grande batalha acontecerá nos últimos dias da Tribulação. João nos fala que os reis do mundo se reunirão “...para a peleja do grande dia do Deus Todo-Poderoso. ...no lugar que em hebraico se chama Armagedom” (Apocalipse 16.14,16). O local da reunião dos exércitos é a planície de Esdraelom, ao redor da colina chamada Megido, que fica no norte de Israel, a cerca de 32 quilômetros a sudeste de Haifa.

Segundo a Bíblia, grandes exércitos do Oriente e do Ocidente se reunirão nessa planície. O Anticristo reagirá a ameaças ao seu poder provenientes do sul. Ele também tentará destruir a Babilônia restabelecida no leste antes de finalmente voltar suas forças contra Jerusalém. Durante centenas de anos a Babilônia, localizada no atual Iraque, foi uma das cidades mais importantes do mundo. Segundo (Apocalipse 14.8; 16.9; e 17-18, ela será reconstruída novamente nos últimos dias como uma cidade religiosa, social, política e economicamente poderosa). Enquanto o Anticristo e seus exércitos atacarem Jerusalém, Deus intervirá e Jesus Cristo voltará. O Senhor destruirá os exércitos, capturará o Anticristo e o Falso Profeta e os lançará no lago de fogo (Apocalipse 19.11-21).

Quando o Senhor voltar, o poder e o governo do Anticristo terminarão. O Dr. Charles Dyer escreve sobre esse evento:

Daniel, Joel, Zacarias identificam Jerusalém como o local onde a batalha final entre o Anticristo e Cristo acontecerá. Todos os três prevêem que Deus intervirá na história para salvar Seu povo e destruir o exército do Anticristo em Jerusalém. Zacarias prevê que a batalha terminará quando o Messias voltar à terra e Seus pés tocarem o Monte das Oliveiras. Essa batalha termina com a Segunda Vinda de Jesus à terra... A batalha termina antes mesmo de começar.*

A batalha de Armagedom – na verdade em Jerusalém – será o combate mais anticlimático da história. À medida em que João descreve os exércitos reunidos de ambos os lados, esperamos testemunhar um conflito épico entre o bem e o mal. Mas não importa quão poderoso alguém seja na terra, tal indivíduo não é páreo para o poder de Deus.
O conflito de Armagedom será uma batalha real?

A profecia de Armagedom não é uma alegoria literária ou um mito. Armagedom será um evento real de proporções trágicas para aqueles que desafiam a Deus. Será uma reunião de forças militares reais no Oriente Médio, numa das terras mais disputadas de todos os tempos – uma terra que nunca conheceu paz duradoura. Armagedom será também uma batalha espiritual entre as forças do bem e as do mal. Ela terá o seu desfecho com a intervenção divina e o retorno de Jesus Cristo.

O QUE É O ARMAGEDOM?

Deus escolheu a nação de Israel para que ele tivesse um recipiente de verdade divina para as gerações que viriam. Através de Israel, Deus deu ao mundo a palavra de Deus, os patriarcas, os profetas, Jesus Cristo e os apóstolos. Não haveria nenhum Cristianismo sem a contribuição dos judeus. O amor de Deus por Israel produziu ódio em Satanás por Israel e pelo povo judeu. O anti-semitismo é impulsionado por um espírito demoníaco, por causa das contribuições de justiça que o povo judeu deu á civilização.

UMA FALSA ALIANÇA DE PAZ

No início da Tribulação, o “messias de Satanás, o Anticristo” assinará uma aliança de paz de sete anos com Israel, garantindo-lhe a segurança nacional e o direito de construir o terceiro templo no monte do templo. Ele quebrantará esse tratado depois de três anos e meio e tentará eliminar todos os judeus da face da terra. João escreve em apocalipse:

“E, quando o dragão (SATANÁS) viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher (ISRAEL) que dera à luz o filho homem” (Ap 12.13)ACF

Em Apocalipse, descobrimos que as nações do mundo vão para o Armagedom por causa de três espíritos de demônios que operarão sinais e se dirigirão: “Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso” (Ap 16.14)ACF

O EXTERMINIO É O ALVO

O propósito de Satanás é exterminar cada judeu da face da terra. O Senhor Jesus Cristo está voltando á terra para governar sobre a semente de Abraão, Isaque, e Jacó. Se Satanás, através do Anticristo, pode destruir os judeus, não há razão para a volta de Jesus, e Satanás poderia continuar como dominador do mundo. Eis aqui a seqüência da batalha do Armagedom. Em (Ez 38.9) lemos: “Então subirás, virás como uma tempestade, far-te-ás como uma nuvem para cobrir a terra, tu e todas as tuas tropas, e muitos povos contigo”

Note a expressão “que cobre a terra”. Antes de terminar, a batalha do Armagedom cobrirá toda a terra de Israel. Deus diz em Joel: “Congregarei todas as nações, e as farei descer ao vale de Jeosafá; e ali com elas entrarei em juízo, por causa do meu povo, e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam entre as nações e repartiram a minha terra” (Jl 3.2)ACF

O vale de Josafá é aquela parte da terra de Israel que vai de Jerusalém até o Leste do Jordão e, em seguida, em direção ao Norte. A batalha do Armagedom alcançará Armagedom no Norte até o vale de Josafá no Leste. Deus falando através de Zacarias diz:

. “Eis que eu farei de Jerusalém um copo de tremor para todos os povos em redor, e também para Judá, durante o cerco contra Jerusalém” (Zc 12.2)ACF

. “Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro, mas o restante do povo não será extirpado da cidade” (Zc 14.2)ACF

300 QUILÔMETROS DE SANGUE

Quando ajuntamos todos estes versículos, descobrimos que a batalha do Armagedom cobre toda a região. Ela começa nas planícies de Megido, no Norte, descendo através do vale de Josafá, incluindo a terra de Edom, no Sul e Leste, e Jerusalém. Em (Ap 14.19-20), lemos sobre o Armagedom: “E o anjo lançou a sua foice à terra e vindimou as uvas da vinha da terra, e atirou-as no grande lagar da ira de Deus. E o lagar foi pisado fora da cidade, e saiu sangue do lagar até aos freios dos cavalos, pelo espaço de mil e seiscentos estádios”

Imagine isso! ( mil e seiscentos estádios são aproximadamente 300 quilômetros ). Se olharmos no mapa, você descobrirá que da parte norte de Israel até á parte sul se atingem aproximadamente “300 quilômetros”.

DO NORTE, SUL, LESTE E OESTE

A batalha do Armagedom começará quando “no tempo do fim, o rei do Sul lutará com ele” (Dn 11.40). Creio que o rei do Sul é o Egito juntamente com uma força militar pan-islâmica em direção a Jerusalém para a terra Santa. Daniel continua, dizendo: “e o rei do Norte arremeterá contra ele”. Isso é a Rússia. A Rússia tentará se tornar uma superpotência militar novamente, conquistando o golfo Pérsico. Os fundamentalistas radicais islâmicos se juntarão a eles num esforço para mandarem os judeus para o mar Mediterrâneo. Após uma aliança “russo-arábica” ter varrido a cidade de Jerusalém, eles se retirarão para a planície de Megido, que é o Armagedom. Ali, Deus os destruirá, para que as nações gentias possam saber que ele é Deus e que “não dormita, nem dorme o guarda de Israel” ( Sl 121.4 ). Com a Rússia e as nações árabes destruídas, o Anticristo dos Estados confederados da Europa vai para Israel para estabelecer o seu governo mundial, “mas, pelos rumores do Oriente e do Norte, será perturbado” ( Dn 11.44 ). A razão pela qual o Anticristo será perturbado é que seu serviço secreto militar relata a ele que um exército de “dois milhões de soldados” está marchando em direção ao leito seco do rio Eufrates para uma luta titânica pela supremacia do mundo, cf. (Ap 9.14-16; Ap 16.12).

UMA INVASÃO SANTA DO CÉU

A batalha do Armagedom é concluída com outra invasão, não do Norte ou do Sul, ou do Leste ou Oeste, mas do céu.

João escreve: "E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu (OS SANTOS) em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores. (Ap 19.11-16)ACF

O Anticristo e o Falso profeta são jogados no lago de fogo e enxofre (Ap 19.20), e Jesus Cristo, o verdadeiro Messias, o Príncipe da paz, o Abençoador de Abraão, o Filho de Davi, Siló, reinará para todo o sempre de Jerusalém, a cidade de Deus.

"Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso. Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom" (Ap 16.14-16)ACF

PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS PROFÉTICOS AINDA NÃO CUMPRIDOS

1°. Arrebatamento da Igreja (1Co 15.51-58; 1Ts 4.13-18)

2°. Renascimento do Império Romano, reiniciado pela formação da confederação de dez reinos (Dn 7.7,24; Ap 13.1; Ap 17.3,12,13 )

3°. Ascensão do Anticristo, o ditador do Oriente Médio (Dn 7.8; Ap 13.1-8)

4°. Tratado de "sete anos" assinado com Israel, período que antecede a segunda vinda de Cristo, para estabelecer o Milênio (Dn 9.27; Ap 19.11-16 )

5°. Estabelecimento da Igreja mundial (Ap 17.1-15)

6°. A Rússia lança um ataque surpresa contra Israel, "quatro anos" antes da segunda vinda de Cristo (Ez 38 e 39)

7°. O tratado de paz com Israel é rompido, depois de "três anos e meio" começo do governo mundial, por meio de um sistema econômico e religioso unificados, nos últimos "três anos e meio" que antecedem a segunda vinda de Cristo (Dn 7.23;

Ap 13.5-8,15-17; Ap 17.16-17 )

8°. Muitos cristãos e judeus são martirizados, por se recusarem a adorar o ditador mundial (Ap 7.9-17; Ap 13.15)

9°. Juízos divinos catastróficos representados pelos selos, trombetas e taças são derramados sobre a terra (Ap 6 a 18)

10°. Irrompe um conflito militar mundial centrado no Oriente Médio "batalha do Armagedom" (Dn 11.40-45; Ap 9.13-21; Ap 16.12-16 )

11°. Babilônia é destruída (Ap 18)

12°. Segunda vinda de Cristo para estabelecer o Milênio (Mt 24.27-31; Ap 19.11-21)

13°. Julgamento dos judeus e gentios ímpios (Ez 20.33-38; Mt 25.31-46; Jd 14,15; Ap 19.15-21; Ap 20.1-4)

14°. Satanás é amarrado por "1000 anos" (Ap 20.1-3)

15°. Ressurreição dos "santos da Grande Tribulação" (Dn 12.2; Ap 20.4)

16°. Começa o reino milenar (Ap 20.5-6)

17°. Rebelião final, ao término do Milênio (Ap 20.7-10)

18°. Ressurreição dos ímpios e juízo final diante do "trono branco" (Ap 20.11-15)

19°. Começa a eternidade "novo Céu, nova Terra, Nova Jerusalém" (Ap 21.1-2)

FONTE:

TODAS AS PROFECIAS DA BÍBLIA (JOHN F. WALVOORD - Ed. Vida)

Thomas Ice e Timothy Demy


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3163 dias de existência com 228924 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11003
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

farol Re: Armagedom

Mensagem por silvamelo em Sab 05 Jan 2013, 1:13 pm




Batalha Final
Taurus


Surge o encontro do bem contra o mal
Impérios satânicos começam a se unir
Surgem então, o apocalipse final

Guerreiros malditos, enviados contra o bem
Trazendo suas armas
Feitiços e talismãs
Para vencer, a força do bem

Orgulho, ira, não mais existirão
Pois esta será, a terra do louvor
Até que termine, a batalha final

Armagedon, a batalha infernal
Armagedon, a batalha final

Guerras, conflitos, sangue derramado
A palma do bem contra a palma do mal
Luz e trevas continuam a lutar
Até que termine a batalha final

A batalha final

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 47
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum