.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
60 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 60 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Estudante quer indenização por perfil falso do Orkut

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estudante quer indenização por perfil falso do Orkut

Mensagem por Christiano em Sex 17 Out 2008, 4:01 am

15/10/2008 - 18h29
Estudante quer indenização de R$ 50 mil por perfil falso do Orkut

FERNANDO ANTUNES

colaboração para a Folha Online

O estudante de direito Anderson Demarchi, 20, tenta na Justiça uma indenização de R$ 50 mil por danos morais contra o Google, dono do Orkut. Demarchi, que mora em Assis (434 km de SP), diz que decidiu mover a ação devido à criação de um perfil falso (popularmente conhecido como "fake") que foi utilizado para difamá-lo junto a amigos, namorada e parentes.

"Criaram uma página falsa minha. Fiquei sabendo desse perfil pelos meus amigos que acharam estranhas as mensagens enviadas", afirmou. De acordo com Demarchi, o usuário ainda não identificado "roubou" até oito fotos de seu perfil verdadeiro para criar a fake --página falsa. No processo consta que a página sugeria que o estudante era homossexual.

Nesta terça-feira (14), o juiz 4ª Vara Civil de Assis, José Roberto Canducci Molina, presidiu sem sucesso uma audiência de conciliação entre Demarchi e uma representante do Google. Foi marcada uma nova audiência, com a oitiva de testemunhas, para janeiro do ano que vem.

Vingança

Após tomar conhecimento do perfil falso, Demarchi iniciou uma conversa pela própria página com o autor da página, que sem se identificar, afirmou se tratar de uma vingança. "Eu não sei o motivo [da vingança]. Não tenho a mínima idéia de quem é essa pessoa", afirmou.

O estudante explicou que sofria constrangimentos quando saia pela cidade e até seu relacionamento acabou por conta das intrigas causadas pelo falso perfil. "Vivia isolado. Tentei até suicídio tomando remédios."

De acordo com o advogado da vítima, Vilmar Francisco Silva Melo, o Google demorou mais de 40 dias para retirar a página falsa após ter sido informado. "Todo esse tempo o Anderson ficou exposto."

Outro lado

O Google Brasil afirmou desconhecer o caso, porém disse que o conteúdo do site de relacionamento é mantido pelos próprios usuários. "O Google entende que não é responsável pelo que é publicado", diz Félix Ximenes, diretor de comunicação da empresa no Brasil.

Segundo a empresa, existe dificuldade de identificar perfis falsos. Mas, quando toma conhecimento de algum caso, retira a página do ar. Além disso, afirmou que revela o endereço de IP (endereço virtual de um computador) dos usuários somente com autorização judicial.

"A internet não é anônima. O usuário tem de se comportar como cidadão", afirmou Ximenes.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u456627.shtml

CALÚNIA E DIFAMAÇÃO NO ORKUT

Assisense entra com ação contra o Google e faz alerta


O ex-usuário do Orkut (site de relacionamentos do Google), Anderson de Demarchi, 20, entrou com uma ação judicial contra a Google depois de ter sua página copiada por pessoa de má fé e sido humilhado na sua comunidade por quase um ano, sem direito a qualquer meio de defesa ou segurança. Depois de oito meses do início do processo, seu caso passou por audiência de conciliação na 4ª Vara Civil de Assis.
O juiz de Direito, José Roberto Canducci Molina, que presidiu a audiência, permitiu o acompanhamento pela imprensa escrita e por representante da TV Tem. A advogada Rosangela Aparecida M. Carlos esteve representando o provedor Google no lugar de seu marido e também advogado Luiz Vieira Carlos Junior, da cidade de Marília. A Google alega não ter qualquer responsabilidade sobre o material vinculado em seu site, razão pela qual não faz qualquer proposta de acordo. Seus advogados também não dão entrevista sobre o assunto.
Segundo o advogado do requerente, Vilmar Francisco da Silva Melo, foi anexado ao processo documento comprovando o descaso da Google diante da tentativa de denúncia do usuário. A empresa terá até janeiro, quando será o julgamento da ação, para apresentar o IP (identificação do computador) do autor das mensagens ofensivas a Anderson, para que o mesmo responda judicialmente. Caso contrário, comenta o advogado, a responsabilidade recai sobre o provedor Google.
De acordo com o advogado, está sendo requerida nesta ação uma indenização de R$ 50 mil, a qual é considerada simbólica, perto da vergonha, humilhação e terrorismo sofridos pelo seu cliente. Por conta dos boatos, Anderson diz ter abandonado o colégio e em seguida o primeiro ano do curso de Direito, onde era motivo de constantes chacotas. O ex-usuário do Orkut diz que nunca teve inimigo, por conta disso, não faz idéia de quem lhe queira tanto mal.
O fato, segundo Anderson, é que depois que passou a ser atormentado pelo Orkut, mesmo depois excluir sua conta, perdeu sua namorada e caiu em profunda depressão, chegando a tentar o suicídio. O requerente da ação contra o Google disse ainda ter sido necessário buscar ajuda profissional de um psicólogo e iniciar tratamento, visando recuperar o seu equilíbrio emocional e auto-estima. O caso do assisense não é isolado, mas raros são os casos que chegam à mídia, até porque as vítimas costumam evitar maior exposição pública.

ALERTA SOCIAL - O ex-usuário do Orkut faz um alerta para as pessoas que fazem uso do referido site, lembrando que ao denunciar o abuso pela primeira vez, conseguiu que a mensagem ofensiva fosse tirada depois de 30 dias; mas, com o aparecimento de nova mensagem ofensiva, teve como resposta do Google que ele entrasse na Justiça em busca de seus direitos. “O Google tem a obrigação moral de identificar e filtrar usuários falsos. Para se ter uma idéia, muitos casos de pedofilia estão sendo veiculados no Orkut e isso inspira cuidado por parte de toda sociedade”, alerta.

RENATA BALDO PEREIRA
Fonte: http://www.jornalvozdaterra.com.br/20081015_local1.asp

Christiano
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1071
Idade : 40
Localização : Assis, SP
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

http://cbp18.ideaboard.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estudante quer indenização por perfil falso do Orkut

Mensagem por Ed em Sex 17 Out 2008, 6:29 am

Acontece que existem milhaes de fakes espalhados pela comunidade digital. Apenas que até agora só sabia de casos leves, sem consequência alguma.

De qualquer forma, é lastimável que este tipo de situação ocorra, mas entendo que em pouco tempo serão sanados estes problemas visto que a internet é por demais recente na comunidade mundial e ainda existem muitas falhas do gênero.

Existem tambem os oportunistas que não deixam uma oportunidade passar e querem tirar o máximo proveito da situação.

O Google é uma empresa super idônea para a qual eu tiro meu chapéu e não será um caso isolado que irá denegrir o nome do Google que imensos benefícios trouxe à humanidade.

Imagine um site de relacionamento do tramanho do Google dando ouvidos a todas as queixas de seus membros! Certamente eles deixam rolar, para que o bom senso entre os usuários por si se ajeitem. Lógico que um ou outro caso como este chega a estas consequências, faz parte de qualquer negócio bem sucedido.


Google, já faz parte da minha vida positivinho


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3157 dias de existência com 228851 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11000
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum