.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» As pérolas do ENEM e de Vestibulares
Hoje à(s) 4:33 pm por Ed

» Versos Bíblico
Hoje à(s) 4:31 pm por Ed

» Noticiário Escatológico
Sab 21 Out 2017, 8:57 pm por Jarbas

» EU APOIO O BOLSONARO, E VOCÊ ?
Sab 21 Out 2017, 5:54 pm por Jarbas

» Porque a Bíblia não relata sobre os dinossauros?
Sab 21 Out 2017, 8:58 am por Cartman

» Consequências da Reeleição
Qui 19 Out 2017, 6:08 pm por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Coisas nas quais não acredito mais
Qua 18 Out 2017, 7:50 pm por Ab82

» Por que o uso do termo “ESQUERDOPATA” é inadequado?
Sab 14 Out 2017, 10:41 am por gusto

» Uruguai é modelo de respeito aos direitos trabalhistas, revela estudo,
Sab 14 Out 2017, 10:39 am por gusto

Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


Guerra contra Lula e Dilma

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por Cartman em Ter 20 Set 2016, 10:55 pm

Lit San Ares escreveu:BAGUÁ RECORDS?



agora eu sei... Lei Rouanet japinha
avatar
Cartman
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1994
flag : Brasil
Data de inscrição : 04/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por David de Oliveira em Qua 21 Set 2016, 6:22 pm

Para você que é só "anti petista". 



avatar
David de Oliveira
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 8465
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por gusto em Sab 24 Set 2016, 9:32 am

" A brincadeira Após a farsa do impeachment, Ministério Público e Judiciário se voltam contra Lula":
"Diante do patético movimento realizado pelo Congresso Nacional, de abortar o governo de Dilma Rousseff, eleita democraticamente com mais de 54 milhões de votos, sem conseguir demonstrar de maneira cabal o seu crime; e diante da retórica vazia do Ministério Público Federal de denunciar Lula da Silva baseado em um discurso falsamente moral e não em fundamentação jurídica, não resta outra atitude aos homens e mulheres de bem, que almejam a manutenção e aprimoramento da nossa democracia, tão jovem e tão frágil, senão explicitar sua preocupação com os rumos do país." http://brasil.elpais.com/brasil/2016/09/20/opinion/1474401571_218390.html


Quem ama não fala palavrão, não é preconceituoso, não xinga...(não é um Trump da vida) :risadinha:
avatar
gusto
Antares
Antares

Número de Mensagens : 10902
Idade : 48
Localização : Ponta Grossa Pr
flag : Brasil
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qui 24 Nov 2016, 10:15 am

tópico transferido para a área de conhecimentos do dia-a-dia

att. EVANGELISTA/RJ/MSN
Administrador do Forum Gospel Brasil
avatar
EVANGELISTA/RJ/MSN
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6165
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por Lit San Ares em Qui 24 Nov 2016, 6:12 pm

"Vocês percebem que não dão destaque ao apartamento do Geddel como deram ao meu tríplex?"

Lula, num momento que deve ter feito seus advogados arrancarem os cabelos.


Aqui ele também não foi muito feliz:


“Quando essa molecada não tinha nascido, eu já estava fazendo greve em 78.”


Ele deveria ter dito que em 78 ou qualquer ano anterior já estava trabalhando, mas...


Isso me lembra da declaração do Enéas no Roda Viva, no distante 1994


"A greve é um direito inalienável de um trabalhador. Eu nunca disse o contrário. Está no manifesto do meu partido. Isso é uma coisa. Outra coisa é viver disso, é fazer disso profissão de fé. Outra coisa é não ter feito nada além disso, na vida. Como, aliás, o jornal do senhor escreve sobre mim - não sei quem, não me lembro, que eu não gravo o nome dos senhores -; disse que a biografia do senhor candidato do PT era melhor que a minha. Mostre-me o currículo do candidato do PT, mostre-me o que ele fez ao longo da vida.
avatar
Lit San Ares
Sol
Sol

Número de Mensagens : 2120
Localização : Palucidar
flag : Brasil
Data de inscrição : 20/07/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por David de Oliveira em Sab 26 Nov 2016, 12:35 am

Mais uma peça do dominó...


Geddel entrega carta de renúncia a Temer


O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, entregou ao presidente Michel Temer, na manhã desta sexta-feira (25), uma carta na qual pede para deixar o cargo...



avatar
David de Oliveira
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 8465
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por Cartman em Sab 26 Nov 2016, 1:11 pm

Lit San Ares escreveu:"Vocês percebem que não dão destaque ao apartamento do Geddel como deram ao meu tríplex?"



NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX
NO MEU TRIPLEX

huaauhuahauha japinha :risadinha: :risadinha: huaauhuahauha japinha banana :pula: gargalhada aqui procê
avatar
Cartman
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1994
flag : Brasil
Data de inscrição : 04/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por David de Oliveira em Sab 26 Nov 2016, 2:12 pm

PÓ! PÓ,PÓ,PÓ! PÓ,PÓ,PÓ!  japinha  huaauhuahauha  gargalhada aqui procê  affraid

CASO HELICOCA: AS LIGAÇÕES DE AÉCIO NEVES COM ZEZÉ PERRELLA

avatar
David de Oliveira
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 8465
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por David de Oliveira em Sab 26 Nov 2016, 5:10 pm

Quem com ferro fere com ferro será ferido.
O traíra sofre traição e o golpista sofre o golpe
Temer, refém de si mesmo



O presidente Michel Temer está na berlinda – não só ele, mas sobretudo a visão pragmática que concebeu para tornar seu curto mandato (que pode encurtar ainda mais) uma gestão de resultados. Concebeu uma equipe à imagem e semelhança do Congresso.
Se lá não há santos – e não há -, Temer entendeu que em seu entorno também não deve haver. É o que os fatos indicam.
Geddel Vieira Lima, mais um ministro que sai no rastro de denúncias de corrupção, é a cara da maioria do Congresso. E é ali que Temer pretende inspirar confiança, em troca de votos.
A lógica é simples: o governo precisa aprovar com urgência temas polêmicos, como a PEC do teto dos gastos públicos. Já a aprovou com folga na Câmara e deve aprová-la no Senado. Há ainda na fila as reformas previdenciária, tributária e trabalhista.
É improvável que as efetue, não ao menos na completude necessária. Mas se já obtiver uma meia-sola, terá feito muita coisa.
Para tanto, é o que se depreende de sua conduta, precisa cativar o colegiado parlamentar, transmitindo-lhe segurança, neste momento em que a Lava Jato está nos calcanhares da maioria. Se colocasse como líder no Congresso alguém de perfil diferenciado – isto é, de ficha limpa -, correria o risco de intimidar seus parceiros.
Isso explica a insistência com o senador Romero Jucá, demitido do ministério do Planejamento, mas reabilitado como líder do governo no Congresso. Em tese, se alguém não tem condições morais para ser ministro, não pode ser líder. Em tese.
Na prática, e dentro da visão pragmática que Temer concebeu, pode e deve, desde que tenha trânsito junto à maioria e competência para fisgar seu apoio. Quanto a isso, Jucá, Geddel, Elizeu Padilha, Moreira Franco, entre outros, são indiscutivelmente talentosos.
Tal opção mostra a essa plateia que o presidente é solidário às suas aflições, razão pela qual retardou ao máximo a saída de Geddel e tentou negociar com o ministro denunciante, Marcelo Calero, uma reconciliação discreta e harmoniosa.
Não deu certo – e por uma razão simples: Calero é de outra turma – Sérgio Cabral, Eduardo Paes, a esquerda fluminense. E cumpria outra missão: detonar Temer. Não era um aliado, mas um infiltrado, egresso da prefeitura carioca, íntima de Lula e Dilma.
A ocasião se apresentou e ele apertou o gatilho. Geddel supôs estar falando com um companheiro de viagem, mas se enganou – e demorou para perceber. Temer idem.
Calero saiu atirando, jogando para a plateia a quem Temer deu as costas: a opinião pública. Muniu-se de provas, chegando ao extremo de gravar uma audiência com o presidente, para detonar não apenas o ministro infrator, mas, sobretudo, o seu chefe.
Deu certo. Temer sai chamuscado do episódio e perde pontos até perante a parcela da população que torcia pelo êxito de seu mandato-tampão – não por ele, mas pela necessidade de o país alcançar alguma estabilidade até as próximas eleições.
Esse contingente hoje se reduziu. O PT vibrou com a performance de Calero e avisa que pedirá o impeachment de Temer, o que dá consistência à tese de que o ministro denunciante não agiu por impulso corretivo, mas também por pragmatismo.
É possível que, em meio a mais essa decepção – a que se soma a do comportamento tíbio do Planalto diante das tentativas parlamentares de se auto-anistiarem dos crimes de caixa dois e propinas -, o PT possa encontrar eco para além de sua hoje esquálida militância. A saída de Temer, avisam os movimentos de rua, constará das manifestações agendadas para o próximo dia 4.
Temer, ao que parece, não entendeu que a principal demanda da sociedade, mais que o próprio saneamento da economia, é a ética. Dispõe-se ao sacrifício, até porque é inevitável, mas não sob a batuta de quem lesou ou age em favor dos que lesaram o país.
O PT foi deposto por corrupção. Ter por sucessor o partido que a ele se associou ao longo de todo o processo de rapina ao erário, o PMDB, já estava difícil de deglutir. Cabia a esse partido, em tais circunstâncias, caprichar na conduta, como o fez, por exemplo, Itamar Franco, após o impeachment de Collor.
Itamar afastou do governo o seu principal colaborador, o então chefe da Casa Civil, Henrique Hargreaves, tão logo este foi denunciado, condicionando sua volta a que provasse sua inocência.
Hargreaves provou e voltou. Temer, em nenhum dos casos análogos, agiu com presteza; em nenhum fez profissão de fé na luta contra a corrupção. Em recente entrevista, chegou a considerar uma eventual prisão de Lula um desserviço ao país, pelo potencial de desestabilização que supõe sinalizar.
Com isso, mostrou que teme algo, que é refém dos que o precederam no cargo. Enfim, tornou-se refém de si mesmo.
avatar
David de Oliveira
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 8465
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

muito bravo Re: Guerra contra Lula e Dilma

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum