.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
84 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 81 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano, EVANGELISTA/RJ/MSN, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A certeza do cristianismo.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

positivo A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sex 22 Out 2010, 2:47 pm



Ao invés de debater o "engano dos ateus", vamos debater a certeza dos cristãos. Uma imagem vale mais que mil palavras.
Opinem ai. Se alguém quiser amaldiçoar, praguejar, xingar, ameaçar, fiquem a vontade. Eu não estou nem ai.

Lamento pelas pessoas que estavam neste veículo. Se eu fosse alguma espécie de deus, e sendo eu todo poderoso, sabendo que pessoas me adoram mesmo em sua simplicidade, sinceramente não havia permitido tal coisa.

Minhas sinceras condolências as pessoas que estavam neste veículo. Eu particularmente torço pela melhora de vocês.


Última edição por TEÓLOGO-HONESTO em Sex 22 Out 2010, 11:08 pm, editado 1 vez(es)


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por abençoado em Sex 22 Out 2010, 8:16 pm

Ao invés de debater o "engano dos ateus", vamos debater a certeza dos cristãos. Uma imagem vale mais que mil palavras.
Opinem ai. Se alguém quiser amaldiçoar, praguejar, xingar, ameaçar, fique a vontade.

Lamento pelas pessoas que estavam neste veículo. Se eu fosse alguma espécie de deus, e sendo eu todo poderoso, sabendo que pessoas me adoram mesmo em sua simplicidade, sinceramente não havia permitido tal coisa.

Minhas sinceras condolências as pessoas que estavam neste veículo. Eu particularmente torço pela melhora de vocês..

Ec 9.2

Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.

Alguns pontos:
a)ser cristão não implica não ter problemas.Significa ter um meio de passar por eles.

b)Nada garante que os ocupantes não tenham escapado ilesos.

c)adorar a Deus como barganha não serve.Do gênero,eu amo e creio em Deus só para viver numa ténue esperança de triunfalismo barato,não existe na Bíblia.Tudo acontece ao justo e ao injusto;ao que crê em Deus como ao que não crê em Deus.Repito:nada garante que não tenham escapado ilesos ao acidente como acontece inúmeras vezes.Estes pequenos "milagres",como nós chamamos ou simplesmente "sorte"como vocês chamam.Não digo que tenha sido o caso,mas se o fosse não seria o primeiro.

d)Culpa-se Deus pelas coisas más,mas e as coisas boas?Quando o avião amainou no rio,há uns dois anos atrás,nos EUA?Quando crianças foram resgatadas do terremoto do Haiti,estando há dias sem comer nem beber nem ver a luz do sol,com possibilidade de sobrevivência uma num milhão?Ou quando,tão recentemente,os mineiros chilenos foram resgatados ilesos depois de meses debaixo da terra?Quer dizer que só se culpa Deus pelas coisas más?E quando acontece algo bom?

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Josoco em Sex 22 Out 2010, 9:19 pm

TEÓLOGO-HONESTO escreveu:

Ao invés de debater o "engano dos ateus", vamos debater a certeza dos cristãos. Uma imagem vale mais que mil palavras.
Opinem ai. Se alguém quiser amaldiçoar, praguejar, xingar, ameaçar, fique a vontade.

Lamento pelas pessoas que estavam neste veículo. Se eu fosse alguma espécie de deus, e sendo eu todo poderoso, sabendo que pessoas me adoram mesmo em sua simplicidade, sinceramente não havia permitido tal coisa.

Minhas sinceras condolências as pessoas que estavam neste veículo. Eu particularmente torço pela melhora de vocês.


A mesma covardia de sempre, eles não mudam: culpar Deus pelos erros dos outros ou culpar os cristão pelos erros dos outros ou criticar a bíblia.

Quem pode com a cabeça do ignorante é o pescoço dele

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Cal em Sex 22 Out 2010, 9:22 pm

Esse tópico foi criado (desnecessariamente em minha opinião) como resposta ao seu ¨¨O engano dos ateus¨¨.

Melhore a qualidade de suas críticas e acho repito ACHO que os outros foristas melhorarão as deles.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por nandokiss em Sex 22 Out 2010, 10:27 pm

Esse carro me lembrou a historia do norton nascimento. que dizia que tinha sido ressuscitado por Deus e meses depois morreu de vez... oh my


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sex 22 Out 2010, 11:04 pm

abençoado escreveu:
Ec 9.2
Tudo sucede igualmente a todos; o mesmo sucede ao justo e ao ímpio, ao bom e ao puro, como ao impuro; assim ao que sacrifica como ao que não sacrifica; assim ao bom como ao pecador; ao que jura como ao que teme o juramento.

O único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu.
Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi. rsrsrsrs.

Este livro não é nada mais nada menos que um livro de CONSTATAÇÃO, e fica claro que o escritor é bem inteligente em deixar claro QUE NÃO FAZ DIFERENÇA ALGUMA SEGUIR, OU CRER EM ALGUMA ESPÉCIE DE DEUS.
abençoado escreveu:
Alguns pontos:
a)ser cristão não implica não ter problemas.Significa ter um meio de passar por eles.
Sei... me engana que eu gosto. Ser cristão não faz diferença alguma. Eu sou Ateu e resolvo meus problemas de forma mais lúcida, inteligente e realista. Não apelo para a muleta da fé. Para o deus das lacunas. Enquanto eu como Ateu tenho minha vida próspera sem precisar de deus algum, eu vejo a pobreza e a miséria que vivem os cristãos em sua maioria. E ainda se iludem pensando que são especiais e que no momento de dificuldade serão privilegiados por alguma ajudazinha superior. rsrsrsrsrs.
abençoado escreveu:
b)Nada garante que os ocupantes não tenham escapado ilesos.
Também concordo. Por isso, torço para que nada tenha acontecido com os mesmos. Mais isso é o mínimo. Já presenciei vários que morreram pouco depois de dizerem que "deus" o livrou por milagre.

abençoado escreveu:
c)adorar a Deus como barganha não serve.Do gênero,eu amo e creio em Deus só para viver numa ténue esperança de triunfalismo barato,não existe na Bíblia.Tudo acontece ao justo e ao injusto;ao que crê em Deus como ao que não crê em Deus.Repito:nada garante que não tenham escapado ilesos ao acidente como acontece inúmeras vezes.Estes pequenos "milagres",como nós chamamos ou simplesmente "sorte"como vocês chamam.Não digo que tenha sido o caso,mas se o fosse não seria o primeiro.
Adorar a deus nem como barganha nem sem barganha. O resultado será o mesmo. Nada de diferente. A vida se comporta da maneira que tende se comportar e não há nada mais que isso. Somente os "crentes" se iludem se achando especiais.

abençoado escreveu:
d)Culpa-se Deus pelas coisas más,mas e as coisas boas?
Se existe alguma espécie de deus, o problema dele é a omissão. Contudo deus não é culpado de nada mesmo. A resposta do porquê que pessoas o adoram e nele crêm, e as coisas ocorrem de forma diferente só é respondida pela ausência do mesmo. Se existe um deus, ele é comlpetamente omisso e não tem voz ativa. Nada mais óbvio que isso.

abençoado escreveu:
Quando o avião amainou no rio,há uns dois anos atrás,nos EUA?Quando crianças foram resgatadas do terremoto do Haiti,estando há dias sem comer nem beber nem ver a luz do sol,com possibilidade de sobrevivência uma num milhão?Ou quando,tão recentemente,os mineiros chilenos foram resgatados ilesos depois de meses debaixo da terra?Quer dizer que só se culpa Deus pelas coisas más?E quando acontece algo bom?
Em todas estas ocorrências, agradeça aos homens de bom coração que se compadeçeram e ajudaram áquele que precisavam. Resgate, salvamento, medicos dedicados e honestos, salva-vidas etc.etc. Onde apareçeu algum deus ai ??

Este deus omisso pelo menos para mim não serve. Faça bom proveito dele.


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Eduardo em Sex 22 Out 2010, 11:12 pm

TEÓLOGO-HONESTO escreveu:O único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu. Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi.
Coloque suas fontes de pesquisa, por favor.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sex 22 Out 2010, 11:44 pm

Eduardo escreveu:
TEÓLOGO-HONESTO escreveu:O único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu. Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi.
Coloque suas fontes de pesquisa, por favor.

Este é o problema. Colocar as fontes. Este é o erro em não buscar conhecimento por si mesmo e ficar a mercê de supostos "estudiosos".

Minha referência é uma boa visita a uma biblioteca cristã, onde se obtém cópias dos manuscritos mais antigos do antigo testamento escrito em hebraico e aramaico. Somente através de dedicação profunda, conhecimento e força de vontade você chegará a conheçer as sutis diferenças entre este livro que é usado nas igrejas para os manuscritos mais antigos da bíblia.

Hoje temos : Biblia atual X Manuscritos mais antigos da Bíblia. Alguns textos batem, mais grande parte como uma colcha de retalhos, colado, emendado, seccionado e colado. Pena que este diálogo não é pessoalmente para que podesse desmontar livro por livro apenas apontando sem necessidade de comentários, as diferenças de sentido e de textos comparando a bíblia que todos usam dos manuscritos mais antigos. Esta é a razão do porquê as doutrinas mesmo cristãs serem contraditórias.

Mesmo que não houvesse modificação alguma. Nada mais que delírios de insanos. Pessoas primitivas que confundiam loucura a lucinação com inspiração.

Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia. Isto é o que manda. Na realidade, os crentes, pastores, cristãos em geral são todos leigos quanto a bíblia em seu manuscrito mais antigo.



Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Josoco em Sab 23 Out 2010, 12:24 pm

TEÓLOGO-HONESTO escreveu:

Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia. Isto é o que manda. Na realidade, os crentes, pastores, cristãos em geral são todos leigos quanto a bíblia em seu manuscrito mais antigo.


ignorância é o maior de todos os males


Existem duas coisas infinitas, o universo e a estupidez humana, do primeiro não tenho certeza

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por abençoado em Sab 23 Out 2010, 4:14 pm

único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu.
Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi. rsrsrsrs.

Este livro não é nada mais nada menos que um livro de CONSTATAÇÃO, e fica claro que o escritor é bem inteligente em deixar claro QUE NÃO FAZ DIFERENÇA ALGUMA SEGUIR, OU CRER EM ALGUMA ESPÉCIE DE DEUS.

Escrito por um cético?Prove.

Você nunca leu Eclesiastes ou se leu não entendeu.O livro diz que o mesmo acontece a justos e a impíos.Não diz que não faz diferença ser justo ou ser impío.É bem diferente.O próprio propósito do livro é uma reflexão interior sobre o homem que chega precisamente a duas conclusões: Primeiro, descobre Deus como Senhor absoluto do mundo e da história, devolvendo a Deus a realidade de ser Deus. Depois, descobre o Deus sempre presente, fazendo o dom concreto da vida para o homem, a cada instante e continuamente. Isso leva o homem a descobrir que a própria realização é viver intensamente o momento presente, percebendo-o como lugar de relação com o Deus que dá a vida. Intensamente vivido, o momento presente se torna experiência da eternidade, saciando a sede que o homem tem da vida. Todavia, para que se possa de fato viver o presente é preciso usufruir o fruto do próprio trabalho (2,10; 2,24; 3,13.22; 5,18-20; 9,9)

O livro é claro a assumir que aquilo que conseguimos é fruto do nosso trabalho sim,mas que isso é um dom de Deus.

Ser de Deus ou não ser de Deus não é indiferente:

Ec 12.3,4

De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.

Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.

Sei... me engana que eu gosto. Ser cristão não faz diferença alguma. Eu sou Ateu e resolvo meus problemas de forma mais lúcida, inteligente e realista. Não apelo para a muleta da fé. Para o deus das lacunas. Enquanto eu como Ateu tenho minha vida próspera sem precisar de deus algum, eu vejo a pobreza e a miséria que vivem os cristãos em sua maioria. E ainda se iludem pensando que são especiais e que no momento de dificuldade serão privilegiados por alguma ajudazinha superior. rsrsrsrsrs.


Pv 16.18

A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.


Vou-lhe dizer e pode-me cobrar:o grande pecado da humanidade não é prostituição,roubar,matar,etc..o grande problema da humanidade é a falta de humildade.Os homens se acham muito aquilo que não são.Ponto.Se fossemos assim tão bons o mundo não estaria como está e não adianta depois pormos as culpas em Deus se não lhe ligamos patavina,se queremos que Ele não exista porque não nos dá jeito que exista(1).Eu também resolvo meus problemas,mas acredite que há coisas na vida sobre as quais não temos controle.Não somos "deuses".No fundo,lá no fundo todos temos um vazio que só pode ser preenchido pelo Evangelho de Jesus Cristo.Vc pode discordar,pode ter sua opinião,eu não o desrespeito nem o deixo de ver como uma pessoa que merece estima por isso..mas há uma coisas que você não pode negar:a esperança do cristianismo bíblico e a alegria interior que está dentro de cada Filho de Deus nas horas de angústia,não se encontra em mais nenhum lugar do mundo.Se todas as nossas orações são respondidas?Não.Se não passamos por problemas e tudo é um mar de rosas?Absolutamente.Mas é certo que há algumas Ele ouve e la no fim,quando olhamos para trás,vemos que as que não o foram, nos tornaram mais fortes ainda.Isto é cristianismo.Isto é ser cristão.Ser cristão é conhecer a Jesus Cristo e segui-lo,não é baseado na barganha mas sim no amor a Deus e ao próximo.

Este é o Deus verdadeiro.

Assim como existem ateus pobres,cristãos ricos.O ser tem primazia sobre o ter.É aí que está a diferença.O principal propósito de Deus não é tornar pessoas ricas mas sim pessoas parecidas com Cristo(2) sejam elas ricas ou pobres,prósperas ou não.A Bíblia promete prosperidade?Claro,mas não é condição para se ser salvo e é sempre usada para beneficiar outro (1 cor 16.2).

(1)1 Reis 18.21
Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu.

2 Crôn 15.2-5
Este saiu ao encontro de Asa e lhe disse: Ouvi-me, Asa, e todo o Judá, e Benjamim. O SENHOR está convosco, enquanto vós estais com ele; se o buscardes, ele se deixará achar; porém, se o deixardes, vos deixará.Israel esteve por muito tempo sem o verdadeiro Deus, sem sacerdote que o ensinasse e sem lei.

Mas, quando, na sua angústia, eles voltaram ao SENHOR, Deus de Israel, e o buscaram, foi por eles achado.

Naqueles tempos, não havia paz nem para os que saíam nem para os que entravam, mas muitas perturbações sobre todos os habitantes daquelas terras

(2)Rom 8.28-29

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos


2 cor 3.18

E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito


Gal 4.19
meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós


Também concordo. Por isso, torço para que nada tenha acontecido com os mesmos. Mais isso é o mínimo. Já presenciei vários que morreram pouco depois de dizerem que "deus" o livrou por milagre

Da mesma forma há pessoas que escapam sem o menor arranhão,crentes ou não crentes.

Sobre seu questionamento,penso que o texto de 2 Crô 15 é uma peróla elucidativa do que expliquei.


Se existe alguma espécie de deus, o problema dele é a omissão. Contudo deus não é culpado de nada mesmo. A resposta do porquê que pessoas o adoram e nele crêm, e as coisas ocorrem de forma diferente só é respondida pela ausência do mesmo. Se existe um deus, ele é comlpetamente omisso e não tem voz ativa. Nada mais óbvio que isso

Como Deus,Ele se revelou na Palavra.Como evidências,é o que já falei:há pessoas que crêm que tiveram sorte,os deístas atribuem intervenções sobrenaturais(que escapam ao seu controlo enquanto seres humanos) a seu Deus.A marca entre quem é salvo e quem não é justamente essa:quem é de Deus consegue ver a sua intervenção,quem não é atribui a intervenção sobrenatural a outra entidade.

Jo 10.26-29


26Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas.

27As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.

28Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.

29Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar.

Em todas estas ocorrências, agradeça aos homens de bom coração que se compadeçeram e ajudaram áquele que precisavam. Resgate, salvamento, medicos dedicados e honestos, salva-vidas etc.etc. Onde apareçeu algum deus ai ??

Este deus omisso pelo menos para mim não serve. Faça bom proveito dele
Respondo com a Bíblia:"Homem algum pode ter alguma coisas se esta do céu não lhe for dada".Claro que houve boa vontade de homens etc tudo isso que você referiu...mas nada impede que essa boa vontade e essas ações não tenham sido decretadas pelo Deus Soberano..Deus só está omisso para quem está omisso para Deus e não busca sinceramente.Mais uma vez invoco 2 Crô 15,Deus está comigo enquanto estou com Deus,se o deixar ele me deixa.Vai de encontro a Gál 6.7 "De Deus não se zomba;tudo o que o homem semeia,isso mesmo colherá".

A promessa de Deus,no entanto,é clara:


Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham. Provérbios 8:17

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por abençoado em Sab 23 Out 2010, 4:46 pm

Este é o problema. Colocar as fontes. Este é o erro em não buscar conhecimento por si mesmo e ficar a mercê de supostos "estudiosos".

Minha referência é uma boa visita a uma biblioteca cristã, onde se obtém cópias dos manuscritos mais antigos do antigo testamento escrito em hebraico e aramaico. Somente através de dedicação profunda, conhecimento e força de vontade você chegará a conheçer as sutis diferenças entre este livro que é usado nas igrejas para os manuscritos mais antigos da bíblia.

Hoje temos : Biblia atual X Manuscritos mais antigos da Bíblia. Alguns textos batem, mais grande parte como uma colcha de retalhos, colado, emendado, seccionado e colado. Pena que este diálogo não é pessoalmente para que podesse desmontar livro por livro apenas apontando sem necessidade de comentários, as diferenças de sentido e de textos comparando a bíblia que todos usam dos manuscritos mais antigos. Esta é a razão do porquê as doutrinas mesmo cristãs serem contraditórias.

Mesmo que não houvesse modificação alguma. Nada mais que delírios de insanos. Pessoas primitivas que confundiam loucura a lucinação com inspiração.

Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia. Isto é o que manda. Na realidade, os crentes, pastores, cristãos em geral são todos leigos quanto a bíblia em seu manuscrito mais antigo.


Não prova absolutamente nada.

Que manuscristos você fala?De todos?Onde foram encontrados?Está lá toda a Bíblia?

abençoado
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1851
flag : Estados Unidos
Data de inscrição : 22/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sab 23 Out 2010, 8:45 pm

[quote="abençoado"]
Este é o problema. Colocar as fontes. Este é o erro em não buscar conhecimento por si mesmo e ficar a mercê de supostos "estudiosos".

Minha referência é uma boa visita a uma biblioteca cristã, onde se obtém cópias dos manuscritos mais antigos do antigo testamento escrito em hebraico e aramaico. Somente através de dedicação profunda, conhecimento e força de vontade você chegará a conheçer as sutis diferenças entre este livro que é usado nas igrejas para os manuscritos mais antigos da bíblia.

Hoje temos : Biblia atual X Manuscritos mais antigos da Bíblia. Alguns textos batem, mais grande parte como uma colcha de retalhos, colado, emendado, seccionado e colado. Pena que este diálogo não é pessoalmente para que podesse desmontar livro por livro apenas apontando sem necessidade de comentários, as diferenças de sentido e de textos comparando a bíblia que todos usam dos manuscritos mais antigos. Esta é a razão do porquê as doutrinas mesmo cristãs serem contraditórias.

Mesmo que não houvesse modificação alguma. Nada mais que delírios de insanos. Pessoas primitivas que confundiam loucura a lucinação com inspiração.

Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia. Isto é o que manda. Na realidade, os crentes, pastores, cristãos em geral são todos leigos quanto a bíblia em seu manuscrito mais antigo.

abençoado escreveu:
Não prova absolutamente nada. Que manuscristos você fala?De todos?Onde foram encontrados?Está lá toda a Bíblia?

Conheçe alguma coisa de Hebraico ? Grego ou o extinto Aramaico ? Com certeza não. Pois é. Nada tenho a declarar para LEIGOS que não sabem editadosobre o livrinho mágico que acreditam, e nem a este princípio se prezam.
É lamentável.


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sab 23 Out 2010, 8:51 pm

abençoado escreveu:
Escrito por um cético?Prove.
Você nunca leu Eclesiastes ou se leu não entendeu.O livro diz que o mesmo acontece a justos e a impíos.Não diz que não faz diferença ser justo ou ser impío.É bem diferente.O próprio propósito do livro é uma reflexão interior sobre o homem que chega precisamente a duas conclusões: Primeiro, descobre Deus como Senhor absoluto do mundo e da história, devolvendo a Deus a realidade de ser Deus. Depois, descobre o Deus sempre presente, fazendo o dom concreto da vida para o homem, a cada instante e continuamente. Isso leva o homem a descobrir que a própria realização é viver intensamente o momento presente, percebendo-o como lugar de relação com o Deus que dá a vida. Intensamente vivido, o momento presente se torna experiência da eternidade, saciando a sede que o homem tem da vida. Todavia, para que se possa de fato viver o presente é preciso usufruir o fruto do próprio trabalho (2,10; 2,24; 3,13.22; 5,18-20; 9,9)
O livro é claro a assumir que aquilo que conseguimos é fruto do nosso trabalho sim,mas que isso é um dom de Deus.
Ser de Deus ou não ser de Deus não é indiferente:
Ec 12.3,4
De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.
Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.
Pv 16.18
A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.

Vou-lhe dizer e pode-me cobrar:o grande pecado da humanidade não é prostituição,roubar,matar,etc..o grande problema da humanidade é a falta de humildade.Os homens se acham muito aquilo que não são.Ponto.Se fossemos assim tão bons o mundo não estaria como está e não adianta depois pormos as culpas em Deus se não lhe ligamos patavina,se queremos que Ele não exista porque não nos dá jeito que exista(1).Eu também resolvo meus problemas,mas acredite que há coisas na vida sobre as quais não temos controle.Não somos "deuses".No fundo,lá no fundo todos temos um vazio que só pode ser preenchido pelo Evangelho de Jesus Cristo.Vc pode discordar,pode ter sua opinião,eu não o desrespeito nem o deixo de ver como uma pessoa que merece estima por isso..mas há uma coisas que você não pode negar:a esperança do cristianismo bíblico e a alegria interior que está dentro de cada Filho de Deus nas horas de angústia,não se encontra em mais nenhum lugar do mundo.Se todas as nossas orações são respondidas?Não.Se não passamos por problemas e tudo é um mar de rosas?Absolutamente.Mas é certo que há algumas Ele ouve e la no fim,quando olhamos para trás,vemos que as que não o foram, nos tornaram mais fortes ainda.Isto é cristianismo.Isto é ser cristão.Ser cristão é conhecer a Jesus Cristo e segui-lo,não é baseado na barganha mas sim no amor a Deus e ao próximo.
Este é o Deus verdadeiro.
Assim como existem ateus pobres,cristãos ricos.O ser tem primazia sobre o ter.É aí que está a diferença.O principal propósito de Deus não é tornar pessoas ricas mas sim pessoas parecidas com Cristo(2) sejam elas ricas ou pobres,prósperas ou não.A Bíblia promete prosperidade?Claro,mas não é condição para se ser salvo e é sempre usada para beneficiar outro (1 cor 16.2).
(1)1 Reis 18.21Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu. 2 Crôn 15.2-5Este saiu ao encontro de Asa e lhe disse: Ouvi-me, Asa, e todo o Judá, e Benjamim. O SENHOR está convosco, enquanto vós estais com ele; se o buscardes, ele se deixará achar; porém, se o deixardes, vos deixará.Israel esteve por muito tempo sem o verdadeiro Deus, sem sacerdote que o ensinasse e sem lei.
Mas, quando, na sua angústia, eles voltaram ao SENHOR, Deus de Israel, e o buscaram, foi por eles achado.
Naqueles tempos, não havia paz nem para os que saíam nem para os que entravam, mas muitas perturbações sobre todos os habitantes daquelas terras(2)Rom 8.28-29

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos2 cor 3.18E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito
Gal 4.19meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vósDa mesma forma há pessoas que escapam sem o menor arranhão,crentes ou não crentes.Sobre seu questionamento,penso que o texto de 2 Crô 15 é uma peróla elucidativa do que expliquei.Como Deus,Ele se revelou na Palavra.Como evidências,é o que já falei:há pessoas que crêm que tiveram sorte,os deístas atribuem intervenções sobrenaturais(que escapam ao seu controlo enquanto seres humanos) a seu Deus.A marca entre quem é salvo e quem não é justamente essa:quem é de Deus consegue ver a sua intervenção,quem não é atribui a intervenção sobrenatural a outra entidade.
Jo 10.26-2926Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas.
27As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.
28Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.
29Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar.Respondo com a Bíblia:"Homem algum pode ter alguma coisas se esta do céu não lhe for dada".Claro que houve boa vontade de homens etc tudo isso que você referiu...mas nada impede que essa boa vontade e essas ações não tenham sido decretadas pelo Deus Soberano..Deus só está omisso para quem está omisso para Deus e não busca sinceramente.Mais uma vez invoco 2 Crô 15,Deus está comigo enquanto estou com Deus,se o deixar ele me deixa.Vai de encontro a Gál 6.7 "De Deus não se zomba;tudo o que o homem semeia,isso mesmo colherá".
A promessa de Deus,no entanto,é clara:

Blá. blá.. blá.. blá.. blá... Quanto discurso inútil e sem valor. Perdeu seu tempo. Nem perdi meu tempo em ler o que você colocou. Discurso inútil, sem valor e não chegou a lugar algum. Como já havia dito, o único livro da Bíblia que vejo sensatez é o livro de Eclesiastes pois o mesmo fora escrito por um Ateu.

Conheçe alguma coisa de Hebraico, o antigo Aramaico ou Grego ? Com certeza não. Nada tenho a explicar com profundidade para um LEIGO que não entende editado dáquilo que lê e acredita.


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sab 23 Out 2010, 9:01 pm

Josoco escreveu:
TEÓLOGO-HONESTO escreveu:

Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia. Isto é o que manda. Na realidade, os crentes, pastores, cristãos em geral são todos leigos quanto a bíblia em seu manuscrito mais antigo.


ignorância é o maior de todos os males


Existem quatro coisas infinitas, o universo, os duendes, os extra terrestres e a estupidez humana, tenho certeza de todos. Quá.. Quá.. Quá.. Se milagres existem, o primeiro milagre que eu gostaria de presenciar é transfomar a minha feiura em beleza.




O meu Deus tem um martelo na mão e o seu foi pendurado com pregos em uma Cruz.
Alguma Pergunta a mais ??



Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Cal em Sab 23 Out 2010, 9:12 pm

Teólogo, espera um pouco aí...

Primeiro, esse é um fórum para discussões e debates e é mais do que justo que aqueles que participam deles exigir as fontes e bases daquilo que você alega.

Ao invés disso desqualificar os inquiridores e fazer uso de chulismos não é adequado ao espaço, se você não acha que vale o trabalho de discutir com leigos qual a intenção de se criar um tópico então?


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por famado em Sab 23 Out 2010, 9:15 pm

Teólogo-honestamente-enganado

Quanto ao tema proposto com a foto que fala por si, concordo em parte contigo. Se foi Deus quem deu este carro merreca pro cara, ou se era ele quem guiava, por que bateu não é mesmo?

Estes adesivos são ridículos: "Foi Deus quem me deu", "Amo minha esposa", "Amo minha família", etc. Não querem dizer nada e não expressam a verdade. O campeão de todos é o que diz "Em caso de arrebatamento, este veículo ficará desgovernado". Fala sério!

Mas voltando à questão teológica, vc tem cometido o erro de alguns aqui. Alguns tomam o "cristianismo" praticado na idade média pela ICAR como a única e verdadeira expressão de prátrica cristã. Outros tomam a teologia da prosperidade como a única que expressa o ponto de vista da cristandade em todas as suas correntes. Assim vc está cometendo uma generalização grosseira. Um acidente invertido, diria eu, utilizando a linguagem das falácias.

famado
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3373
Idade : 48
flag : Brasil
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sab 23 Out 2010, 9:33 pm

Cal escreveu:Teólogo, espera um pouco aí...
Primeiro, esse é um fórum para discussões e debates e é mais do que justo que aqueles que participam deles exigir as fontes e bases daquilo que você alega.
Ao invés disso desqualificar os inquiridores e fazer uso de chulismos não é adequado ao espaço, se você não acha que vale o trabalho de discutir com leigos qual a intenção de se criar um tópico então?

Cara.. não sei qual o motivo de você sair em defesa de alguém. Não sou eu que procuro desqualificar. A resposta foi dada desde a primeira resposta. Mais observo que de imediato já levam para o lado pessoal atacando a pessoa, em detrimento a honestidade de reconheçerem que não possuem conhecimento algum sobre áquilo que acreditam e defendem.

De fato não tem como falar Françes com quem não entende nada do idioma Françês. Entendeu a comparação?

Eu pensava que os debatedores cristãos do forum tinham alguma expécie de conhecimento elevado. Pensei que eu estava debatendo com pessoas que ao menos de longe tivessem alguma espécie de conhecimento acadêmico. Mais estou me enganando e talvez seja de fato este o meu erro.


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Cal em Sab 23 Out 2010, 9:39 pm

Não sai em defesa de ninguém...

Fato 1: Você alega que o livro de eclesiastes foi escrito por um cético.

Fato 2: Perguntam legitimamente em que você se baseia para fazer tal afirmação.

Fato 3: Você os desqualifica como leigos.

Independente dos foristas serem ou não leigos você deve mostrar no que se baseiam suas informações, se eles vão ou não entender aí é problema deles.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por nandokiss em Sab 23 Out 2010, 10:12 pm

thor?
adoro mitologia escandinava.
por séculos foi a religiao dos povos germanos, Locki e seus dois animais, Odin, e todo o crepusculo dos Deuses, brunhilda...
Wagner dedicou tantas operas belas a eles... oh my


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por nandokiss em Sab 23 Out 2010, 10:15 pm

kkk
concordo com o Famado. ja vi cada adesivo....
"cuidado! arrebatados a bordo."

tinha um lutador de vale tudo em brasilia que usava um parecido com esse no carro dele:
cuidado... m t a bordo!!
rs


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Incompatível name em Sab 23 Out 2010, 10:17 pm

Cal escreveu:Não sai em defesa de ninguém...
Fato 1: Você alega que o livro de eclesiastes foi escrito por um cético.
Exatamente.

Cal escreveu:
Fato 2: Perguntam legitimamente em que você se baseia para fazer tal afirmação.
Dei a resposta. Não leu ?

Cal escreveu:
Fato 3: Você os desqualifica como leigos.
Mais são. Que posso fazer se é verdade ?

Cal escreveu:
Independente dos foristas serem ou não leigos você deve mostrar no que se baseiam suas informações, se eles vão ou não entender aí é problema deles.
Eu entendo como é. Na realidade, grante parte dos cristãos estão acostumados a se depararem com pessoas, que quando questionados, dizem que: " Há.. eu li em um livro do apóstolo tal...... Foi o Pastor que pregou ontem... Foi o Padre que disse...". Não estão acostumados a se depararem com pessoas capazes de descobrir por si próprio. É este o problema. A resposta foi dada. São estas as minhas fontes. Pesquisa honesta em bibliotecas teológicas, traduções de manuscritos de forma direta. Anotações e verificações pessoais de vários assuntos relacionados com a origem da própria bíblia. Não preciso de intermediários.Se alguém quiser conferir, não espere que eu envie pelo correio um livro para cada um,mesmo porquê, em referência a livros escritos por religiosos, o objetivo não é buscar a verdade, e sim, defender uma crença somente, não importando se é verdade. Determinados assuntos, para sabermos se são verdadeiros ou não, somente pesquisando por nós mesmos, e após chegarmos a conclusão, tomar atitude de honestidade e coragem.

Que façam como eu fiz, pesquisem, frequentem bibliotecas teológicas independentes que expõe manuscritos antigos, e cada um observe e comprove por si mesmo. Somente quando converso com leigos do assunto o tópico se descamba.

Mais quanto ao assunto, vamos esperar mais um pouco. Em breve será disponibilizado pela internet, vários manuscritos antigos, e todos poderão conferir, mais não chegarão a lugar nenhum, ninguém entende nada de hebraico, aramico e muito menos o grego. Mesmo assim, quem entender um pouco sobre estes três idiomas verificará as diferenças, as omissões e os acrécimos em comparação com o livrinho mágico que chamam de bíblia.


Os crentes não acreditam nas religiões e nos deuses dos outros. Os ateus também não.

Incompatível name
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens : 25
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Eduardo em Sab 23 Out 2010, 11:54 pm

TEÓLOGO-HONESTO escreveu:
Eduardo escreveu:
TEÓLOGO-HONESTO escreveu:O único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu. Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi.
Coloque suas fontes de pesquisa, por favor.
Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia.
Isso é o que tenho feito a 20 anos. Agora, por favor, coloque suas fontes.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por coldsnip em Dom 24 Out 2010, 2:02 am

TEÓLOGO-HONESTO

acho que quanto mais fundo você galge por conhecimento teológico, como estudar linguas mortas e manuscritos antigos apenas para buscar a essência de determinada fé, mais clara deve ficar as discrepâncias de documentos antigos pros mais recentes.

outro dia alguém postou um tópico irônico falando dos "santos papas" da ICAR ao longo da história, e mostrando os podres de cada um como corrupção, sexo, dinheiro, poder, violência, mas essas pessoas se esquecem que até 500 anos atrás esses eram os guardiões exclusivos da fé cristã e essa fé foi a maior ferramenta de controle social, político e econômico da idade média...

e ainda assim essas mesmas pessoas não modificaram uma virgula da santa escritura por 1500 anos gargalhada

coldsnip
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 300
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Josoco em Dom 24 Out 2010, 12:54 pm

A certeza do cristianimo, de que a bíblia é a palavra de Deus, acontece quando a pessoa começa buscar na bíblia a presença de Deus. Quando a pessoa sente seu coração inundado de luz, paz, alegria e felicidade, então começa saber que Deus veio até ele e agora mora em seu coração. Duvida? Experimente e verá que vai acontecer com vc também.


Não sou dono da verdade, sou filho do Dono

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por defelsamu em Dom 24 Out 2010, 1:41 pm

Eduardo escreveu:
TEÓLOGO-HONESTO escreveu:
Eduardo escreveu:
TEÓLOGO-HONESTO escreveu:O único livro da bíblia que eu leio algo de valor. O livro de Eclesiastes. Também podera, foi escrito por um céico, mais inserções posteriores colocam o nome de "deus", "pastor" e "pecado" para dar uma conotação espiritual e divina que nunca existiu. Nem mesmo a citação do Cap 1 v 1 existe nos manuscritos mais antigos. Inserções posteriores colocam errônamente o livro em referência a Salomão filho de Davi.
Coloque suas fontes de pesquisa, por favor.
Faça o mesmo caminho que eu fiz. Se dedique ao assunto de forma honesta e tire suas próprias conclusões. Apenas compare as bíblias impressas pelas editoras com os textos mais antigos dos livros da bíblia.
Isso é o que tenho feito a 20 anos. Agora, por favor, coloque suas fontes.

Cara.. eu estou com tanta boa vontade de te responder que vou falar mais sério que antes agora. Só não venha desconversar. Acredite e aceite se quiser. Os assuntos relacionados ao cristianismo e a bíblia são assim mesmo. Nunca houve a jamais haverá unanimidade. Só há unanimidade quando satisfaz o bel prazer do leitor.

Como já havia dito, minha fonte se baseia exatamente nas pesquisas que eu mesmo fiz na época em que era professor de uma faculdade Teológica da Igreja Evangélica Assembléia de Deus - Ministério do Belém - Estado de São Paulo. A escola Teológica se chama FAESP.

Quando se pede as fontes, pedem para que mencionemos os livros que pesquisamos. Pois bem, em primeiro lugar eu percebi que há uma diferença entre comprar livros em uma livraria religiosa cristã, e pesquisar direto em uma biblioteca. Quando pesquisas são feitas em cima de livros escritos por escritores cristãos, o objetivo deste livro é somente defender a fé sem primeiro verificar se áquilo é uma realidade ou não.

Eu não conheço escritor cristão que seja erudito e pesquisador. Pode existir, mais desconheço pelo menos no brasil. O objetivo é somente figurar no rol da fama com objetivo financeiro. Não há compromisso com informação séria e honesta.

É o fato da simples crença na bíblia sem primeiro saber se todas as ocorrências bíblicas são reais ou não. Qualquer escritor cristão terá sua reputação jogada no lixo se colocar as informações como elas realmente são, ou se levantar questões que sejam contrárias àquilo que os donos do cristianismo já vem ensinando a mais de 200 ano. Inclusive esta observação é muito difundida ao pé do ouvido entre vários teólogos cristãos.

Geralmente os livros disponibilizados para pesquisa sobre um determinado assunto, misturam áquilo que a doutrina "crê" com áquilo que de fato está escrito nos manuscritos mais antigos. Confundem a interpretação de acordo com a crença, com a real exposição da idéia mencionada nos manuscritos antigos. Ensinar algo de acordo com áquilo que se acredita, não significa ensinar uma verdade. Pelo menos nas questões religiosas. Em qualquer área da vida se buscam provas, depois passam a ensinar como real. Não é o caso das religiões. Nenhuma delas.

Vou citar um exemplo: É o caso de I Samuel Cap 28 v 7 ao 25 ( Trata da feiticeira de Endor convocando o espírito de Samuel). Em momento algum a bíblia diz que apareceu para Saul um demônio ou coisa parecida. Mais a crença dos cristãos, para condenar o espiritismo, acreditam e passam a dizer que um demônio difarçado no espírito de Samuel tenha aparecido para Saul. Ou seja, os cristãos, ao lerem a bíblia, criam uma espécie de crença, e passam a difundir áquilo que acreditam como se fosse a verdade absoluta, sendo que o texto bíblico não chama o tal espírito que apereceu como sendo um demônio ou coisa parecida. A própria bíblia da o nome ao "ser" que apareçeu no ritual da feiticeira de Endor. Quem chama o "espirito" de Samuel é a bíblia. Mais não, o que vale é a forma de interpretar e de crer, e não áquilo que de fato diz o texto bíblico. Se os cristãos "acreditam" que o fenômeno foi um demônio, o que vale é chamar o fenômeno de demônio, indo cotra a própria bíblia que chama o "espírito" que surgiu de Samuel. É a própria bíblia que dá nome ao "ser" que apareceu.

Esta briga de ser ou não ser o espirito de Samuel fica para os religiosos, e como não creio na bíblia, não creio em deuses, espíritos e demônios, vejo somente como uma das várias fábulas existentes. Não me interessa definir se era Samuel ou não, haja visto que Samuel nunca foi um jovem conforme temos na bíblia de hoje, Samuel assim como todos os nomes terminados em "El" tem sua origem associado nos manuscritos mais antigos como referências a divindades, a supostos deuses, e não a uma pessoa de fato ou a um profeta. Veja o exemplo mais claro de Emanuel que significa "deus conosco"

Este comentário inicial serve de pano de fundo para a questão sobre o livro de Eclesiastes. Este sim eu amo de paixão. Não aparece em hipótese alguma o nome de "deus" "pastor" "pecado" ou de algum Salomão ou Davi. Não há nenhuma referência a nenhum deus. Eclesiastes em seu manuscrito original é uma constatação de fatos de acordo com a prática e a realidade da vida. Inserções posteriores modificam o livro dando conotação espiritual.

Não sei se você a 20 anos tem de fato feito pesquisas conforme havia dito, mais vou colocar o título, a editora e a versão de um tradução direta dos manuscritos mais antigos, que são encontrados em bibliotecas teológicas independentes. Informações como estas, só se obtém se procurarmos por nós mesmo. Para buscar informações que sejam diferentes da bíblia conforme a vemos hoje, primeiro temos que ter motivo para tal, ou então começar a desconfiar de alguma coisa.

Quando eu era professor, eu fazia pesquisas de determinados assuntos, para que após isso, eu podesse montar diversas apostilas teológica. Na busca por encontrar informações que decorriam sobre diversos assuntos, passei a pesquisar em bibliotecas sérias e independente, cheguando a me deparar com manuscritos mais antigos, verificando porém que vários assuntos nos manuscritos, são bem diferentes nas bíblias ou da bíblia que fora popularizada por Martinho Lutero a partir de 1517.

Na realidade, antes de 1517 os fragmentos mais antigos já vinham passando por uma espécie de "conciliação" e "composição" de fatos, de forma que ficasse uma obra que podesse ser entendida em sua totalidade. Haja visto que falar em manuscritos antigos significa falar de fragmentos. Textos fragmentados onde através de deduções completavam as partes que estavam faltando.

Todas as bíblias que temos hoje derivam da bíblia que fora traduzida e popularizada por Martinho Lutero em 1517


Não acredito que você nunca tenha ouvido comentários sobre o assunto, ou nunca tenha por você mesmo tido esta conclusão. É impossível que uma pessoa voltada para o estudo sério da bíblia não tenha se assutado com a diferença de visão entre as bíblias atuais e os manuscritos mais antigos. Nem precisa ser uma bíblia com linguagem atualizada. O problema começa na versão traduzida e popularizada por Martinho Lutero a partir de 1517. A meu ver, foi ai que começou o problema.

Não se esqueça que até 1517, ninguém tinha conhecimeto de nada a respeito da bíblia, nem do deus da bíblia, nem de jesus. Nadica de nada. As informações dos manuscritos ficavam somente restritos a Roma, Papas e Freias. Após Martinho Lutero que era mulherengo, ébrio e com sérios problemas psicológicos se rebelar contra a ICAR, passamos então a ter a bíblia da forma que a temos hoje, já com modificações em comparação aos antigos manuscritos. Quem estuda honestamente sabe.

Anota ai. Uma cópia fiel dos manuscritos mais antigos, foi disponibilizado pela Sociedade Religiosa Edição Vida Nova tendo sua última edição publicada e impressa em 1998. Esta mesma obra, está Catalogada nos dados Internacioais de Catalogação da Câmara Brasileira do Livro. Esta obra trás os manuscritos mais antigos, de onde temos os manuscritos Hebraico - Aramaico - Grego, sendo que ao mesmo tempo, sem acréscimos apenas se aplica a tradução destes três idiomas para o Inglês,Português e Alemão. Ou seja, ela foi disponibilizada apenas para o Português, Inglês e Alemão. Os manuscritos, da forma como eles realmente são, apenas são traduzidos sem nenhum acrécimo ou comentário explicativo.

Na realidade, a Sociedade religiosa Edição Vida Nova não produziu os manuscritos, apenas apresenta os mesmos em sua originalidade, e coloca nos idiomas Português, Inglês e Alemão, quais seriam os significados, deixando para sua própria verificação o quanto é diferente da bíblia que temos hoje. Eu particularmente, tenho em minha biblioteca pessoal, um exemplar desta obra.

Nesta mesma obra, temos ao final, toda a bíblia como a vemos hoje, sendo possível fazer uma comparação dos textos mais antigos vigentes até 1517 . No novo testamento redigido em Grego, temos a comparação de determinados textos, que também que foram adicionados e modificados por ondem dos concílios de Roma.


Mais observe que isso não é tudo. Como já disse, não me baseio em uma informação somente. Dependendo do assunto, tenho acesso e formas de verificar até que ponto representa uma verdade, pelo menos no que diz respeito aos textos. Outrossim, o fato de um texto na bíblia de hoje bater com manuscritos antigos, não dá "verdade" ao caso, apenas mostra que a lenda é antiga.

Nos manuscritos mais antigos não há divisão de capítulo nem versículo, nem os temas que são encontrados no início de cada divisão de capítulo da biblia de hoje. Os textos antigos, do Antigo Testamento, não são todos completos, são seccionados, sendo que posteriormente por dedução imaginavam o que queriam dizer, ou qual a melhor colocação para poder entender determinados fragmentos de manuscritos. Resumindo: O que temos hoje a respeito da bíblia, é substancialmente diferente dos chamados originais que vigoraram até 1517.

Somente verificando nos manuscritos mais antigos, tendo um pouco de conhecimento dos idiomas Hebraico, Aramaico e Grego poderemos tirar as provas. Dai ficamos por dentro do que é e o que não é real na chamada "biblia sagrada" nos dias de hoje.

Junte a isto, se é que tem algum conhecimento, o motivo e o porquê dos concílios de Roma, para tratarem sobre os Canôns do Antigo e Novo Testamento. Existem vários fatore que jogam contra a questão religiosa cristã, perdendo com isso, seu caráter de representante de alguma espécie de deus, ou alguma espécie de salvador da humanidade.

Acredito que se alguém tem intenção de seguir a bíblia de fato, precisa desconsiderar todas as edições existentes após 1517, obterem conhecimento de Grego, Aramaico e Hebraico, e partirem para os manuscritos mais antigos. Isso de fato é impossível, e esta é a razão de mais um comentário interessante. A meu ver, a bíblia é um livro criado para os Judeus, mais por motivos geográficos envolve os Romanos e os Gregos. O deus da bíblia é o deus deles, o jesus da bíblia é deles, e toda a humanidade fora da nação Judia estão errônaeamente caindo de pára quedas. Os que não pertencem a esta nação deveriam criar um novo deus, assim como outras nações fizeram, haja visto os Indianos, Hindus, Islâmicos, Incas, Maias, cada um com sua espécie de deus.

Não me questione mais sobre este relato. Como já disse, faça o caminho que eu fiz e se após isso, achar que deve discordar, tudo bem, poste aqui que daremos sequência ao debate. Não apresente argumentos contrários sem antes se certificar do assunto em sua totalidade.


Última edição por defelsamu em Dom 24 Out 2010, 4:07 pm, editado 1 vez(es)


O MAIOR PRAZER DE UM ATEU INTELIGENTE É BANCAR O IDIOTA, DIANTE DE UM CRISTÃO IDIOTA QUE BANCA O INTELIGENTE.

defelsamu
Safira
Safira

Número de Mensagens : 110
Localização : São Paulo
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

positivo Re: A certeza do cristianismo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:50 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum