.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
86 usuários online :: 2 usuários cadastrados, 1 Invisível e 83 Visitantes :: 2 Motores de busca

Eterna, Khwey

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

evolução

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 10:56 am

É o que eu venho dizendo, que esta questão de evolução está de igual para igual com Deus.

É tudo uma questão de fé.


Eu particularmente acho menos absurdo crer em Deus e na criação, coisa que a própria ciência vem comprovando, do que crer que de um "peixe" surgiu toda a fauna, incluindo o homem, coisa que a ciência até hoje só demonstrou com desenhos.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por nandokiss em Qui 21 Out 2010, 11:02 am

se na biblia, em numeros, jumentos falam, por que descendentes de primatas nao podem?
:risadinha:


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Gilberto em Qui 21 Out 2010, 11:43 am

lucas oliveira escreveu:
Mas porque os macacos de hoje não estão evoluindo?Ja fazem milhares ou milhões de anos que estamos vendo os mesmos macacos.

Realmente,não sou contra a evolução,mas afirmar que ela aconteceu com CERTEZA é coisa pra quem tem muita fé em Darwin.
Olá Lucas,
realmente, certeza, eu não conheço nenhuma nesse mundo ... nem a morte ... vai saber né, pode existir Deus, ou algum cientista descobrir alguma forma de viver para sempre ... hummm
Agora, para nós crentes no evolucionismo, assim o somos porque vemos que o conjunto de evidências e robustez teórica da teoria evolucionista demostra esse ser o modelo que melhor explica a variação das espécies com critérios científicos. Ou seja, a Teoria da Evolução é o melhor modelo científico explicativo da variação das espécies e não há nenhum exemplo conhecido de que a evolução não possa explicar. Tudo isso somado ao fato de que a Teoria da Evolução estar em concordância com as demais áreas da ciência como a Biologia, Química, Física, Matemática, etc.
Resumindo a TE é uma das grandes teorias padrões da ciência, e tem a credibilidade que a ciência e a comunidade científica moderna conquistaram. Para mim o conceito chave é a credibilidade.

Agora a sua dúvida de que vc não vê macacos evoluindo, isso vai depender de qual pressões evolutivas, tempo decorrido, isolamento, etc. Aí é só com algum especialista, mas a biologia é uma ciência recente se compararmos com as previsões de milênios e até milhões de anos de mudanças evolutivas mais drásticas. Mas as mutações são observadas em tempo humano e são umas das bases da TE.



Khwey escreveu:É o que eu venho dizendo, que esta questão de evolução está de igual para igual com Deus.

É tudo uma questão de fé.


Eu particularmente acho menos absurdo crer em Deus e na criação, coisa que a própria ciência vem comprovando, do que crer que de um "peixe" surgiu toda a fauna, incluindo o homem, coisa que a ciência até hoje só demonstrou com desenhos.
Sim, Khwey, eu tb acho que é uma questão de fé. Cada um crê no conjunto de evidências ou na(s) filosofia(s) natural(is) que lhe convir.

Gilberto
Safira
Safira

Número de Mensagens : 151
flag : Brasil
Data de inscrição : 11/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 11:49 am

nandokiss escreveu:se na biblia, em numeros, jumentos falam, por que descendentes de primatas nao podem?
E quem está tratando sobre falas??? oh my

Papagaios falam!

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por nandokiss em Qui 21 Out 2010, 12:05 pm

nao. falar implica em articulação de pensamento.
papagaios repetem sons.

as vezes me pergunto o que faço aqui.
eu sou agnostico e evolucionista.
não vou me tornar cristão nem crer no criacionismo. ai, caramba!


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por lucas oliveira em Qui 21 Out 2010, 5:43 pm

O blog Deus em Debate enviou um vídeo muito interessante, dêem só uma olhada:



Aberto aos ateus para se defenderem(se puder).

lucas oliveira
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 211
Data de inscrição : 29/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Qui 21 Out 2010, 6:45 pm

Alegação

Não existem elos perdidos. Onde estão? Ninguém os achou. Tudo o que vemos são lacunas entre os fósseis, e animais surgindo de repente.

Resposta

“Elo perdido” é um termo popular, e não é utilizado em ciência. O termo correto é fóssil transicional. Isso porque de fato todos os seres vivos que procriaram e já morreram são “elos perdidos” entre um ser vivo e outro.

E existem muitos transicionais, e todos os dias surgem mais. A desculpa para alguém dizer que não existem transicionais é o total desconhecimento deles. E desconhecer uma evidência não significa que ela não exista.

Esses são alguns exemplos de transicionais entre espécie e gênero:

Ancestralidade humana: Existem muitos fósseis ancestrais humanos. São cerca de vinte espécies, com centenas de fósseis cada um. E as diferenças vão ocorrendo aos poucos, desde o Australopithecus afarensis até o Homo sapiens.

Os chifres dos titanotheres (mamíferos extintos do Cenozóico) surgem nas camadas geológicas em tamanhos cada vez maiores, desde o zero. Outros atributos do pescoço e cabeça também evoluíram. Essas adaptações são análogas ao das ovelhas (Stanley 1974).

Uma seqüência transicional fóssil gradual conecta o foraminífero Globigerinoides trilobus e o Orbulina universa (Pearson et al. 1997). As evidências mostram características sendo adquiridas ao longo do tempo e podem ser vistas nos leitos de todos os oceanos tropicais. Várias morfoespécies intermediárias conectam as duas espécies, que podem ser vistas na figura em Lindsay (1997).

O registro fóssil mostra transicionais entre os trilobitas Phacops (Eldredge 1972; 1974; Strapple 1978).

Foranimíferos planctônicos (Malmgren et al. 1984). Esse é um exemplo de gradualismo pontuado. Um registro fóssil de dez milhões de anos mostra longos períodos de êxtase evolutiva, junto com outros períodos de mudanças morfológicas relativamente rápidas, mas ainda assim graduais.

Fósseis de diatomáceas Rhizosolenia são bastante comuns e mostram mudanças ao longo de quase dois milhões de anos, que incluem um caso de especiação (Miller 1999, 44-45).

Moluscos do Lago Turkana (Miller 1999, 44-45).

Ostracodes marinhos do Cenozóico (Cronin 1985).

O primata do Eoceno do gênero Cantius (Gingerich 1976, 1980, 1983).

Ostras do gênero Chesapecten mostram mudanças em suas conchas ao longo de 13 milhões de anos (Pojeta and Springer 2001; Ward and Blackwelder 1975).

Ostras do gênero Gryphaea se tornam maiores e mais largas, porém mais finas e chatas durante o início do Jurássico (Hallam 1968).

Esses são alguns transicionais entre famílias, ordens e classes:

Ancestralidade humana: O Australopithecus, apesar de suas pernas e pélvis indicarem que ele andava em pé, possuía estrutura óssea no antebraço, provavelmente vestigial, que indica que ele um dia andou se apoiando sobre as mãos (Richmond and Strait 2000).

Transicionais entre invertebrados e vertebrados

Transicionais entre dinos e aves

Haasiophis terrasanctus é uma cobra primitiva com membros bem desenvolvidos, mostrando um relacionamento com outros ancestrais com patas (Tchernov et al. 2000). Pachyrhachis é outra cobra com patas que é relacionada com a Haasiophis (Caldwell and Lee 1997).

As mandíbulas dos mosassauros são intermediárias entre cobras e lagartos. Possuíam a mandíbula inferior como a das cobras, flexível e capaz de se esticar. Mas, diferente das cobras, a mandíbula superior não era flexível. Outras características do crânio também são intermediários entre cobras e lagartos primitivos (Caldwell and Lee 1997; Lee et al. 1999; Tchernov et al. 2000).

Transicionais entre mamíferos e baleias

Transicionais entre peixes e tetrápodes

Transicionais entre condilartos (uma espécie de mamífero terrestre) e os manatis atuais (Domning 2001a, 2001b).

Runcaria, uma planta do Médio Devoniano, foi o precursor das plantas com semente. Possuía todas as qualidades das sementes, exceto um envoltório sólido para elas, e um sistema para guiar o pólen até a semente (Gerrienne et al. 2004).

A abelha Melittosphex burmensis, preservada em ambar do Cretáceo Inferior, possui características primitivas transicionais entre vespas e abelhas (Poinar and Danforth 2006).

Esses são alguns transicionais entre reino e filo:

Os fósseis do Cambriano Halkiera e Wiwaxia possuem características que os ligam um ao outro e aos filos modernos Mollusca, Brachiopoda, e Annelida (Conway Morris 1998, 185-195).

Os fósseis Anomalocaris e Opabinia, do Cambriano e Pré-cambriano, são transicionais entre artrópodes e lobópodes.

Um ancestral dos equinodermos foi encontrado, que é um intermediário entre os equinodermos modernos e os deuterostomas (Shu et al. 2004).

Recentemente descoberto, um fóssil transicional une sozinho três grandes filos: anelídeos, moluscos e braquiópodes: http://arstechnica.com/journals/science.ars/2007/3/1/7278

Referências

Caldwell, M. W. and M. S. Y. Lee, 1997. A snake with legs from the marine Cretaceous of the Middle East. Nature 386: 705-709.
Conway Morris, Simon, 1998. The Crucible of Creation, Oxford University Press.
Cronin, T. M., 1985. Speciation and stasis in marine ostracoda: climatic modulation of evolution. Science 227: 60-63.
Domning, Daryl P., 2001a. The earliest known fully quadupedal sirenian. Nature 413: 625-627.
Domning, Daryl P., 2001b. New "intermediate form" ties seacows firmly to land. Reports of the National Center for Science Education 21(5-6): 38-42.
Eldredge, Niles, 1972. Systematics and evolution of Phacops rana (Green, 1832) and Phacops iowensis Delo, 1935 (Trilobita) from the Middle Devonian of North America.
Bulletin of the American Museum of Natural History 147(2): 45-114.
Eldredge, Niles, 1974. Stability, diversity, and speciation in Paleozoic epeiric seas. Journal of Paleontology 48(3): 540-548.
Gerrienne, P. et al. 2004. Runcaria, a Middle Devonian seed plant precursor. Science 306: 856-858.
Gingerich, P. D., 1976. Paleontology and phylogeny: Patterns of evolution of the species level in early Tertiary mammals. American Journal of Science 276(1): 1-28.
Gingerich, P. D., 1980. Evolutionary patterns in early Cenozoic mammals. Annual Review of Earth and Planetary Sciences 8: 407-424.
Gingerich, P. D., 1983. Evidence for evolution from the vertebrate fossil record. Journal of Geological Education 31: 140-144.
Hallam, A., 1968. Morphology, palaeoecology and evolution of the genus Gryphaea in the British Lias. Philosophical Transactions of the Royal Society of London B 254: 91-128.
Lee, Michael S. Y., Gorden L. Bell Jr. and Michael W. Caldwell, 1999. The origin of snake feeding. Nature 400: 655-659.
Lewin, R., 1981. No gap here in the fossil record. Science 214: 645-646.
Lindsay, Don, 1997. A smooth fossil transition: Orbulina, a foram. http://www.don-lindsay-archive.org/creation/orbulina.html
Malmgren, B. A., W. A. Berggren and G. P. Lohmann, 1984. Species formation through punctuated gradualism in planktonic foraminifera. Science 225: 317-319.
Miller, Kenneth R., 1999. Finding Darwin's God. New York: HarperCollins.
Pearson, P. N., N. J. Shackleton and M. A. Hall. 1997. Stable isotopic evidence for the sympatric divergence of Globigerinoides trilobus and Orbulina universa (planktonic foraminifera). Journal of the Geological Society, London 154: 295-302.
Poinar, G. O. Jr. and B. N. Danforth. 2006. A fossil bee from Early Cretaceous Burmese amber. Science 314: 614.
Richmond B. G. and D. S. Strait, 2000. Evidence that humans evolved from a knuckle-walking ancestor. Nature 404: 382-385. See also Collard, M. and L. C. Aiello, 2000. From forelimbs to two legs. Nature 404: 339-340.
Shu, D.-G. et al., 2004. Ancestral echinoderms from the Chengjiang deposits of China. Nature 430: 422-428.
Stanley, Steven M., 1974. Relative growth of the titanothere horn: A new approach to an old problem. Evolution 28: 447-457.
Strapple, R. R., 1978. Tracing three trilobites. Earth Science 31(4): 149-152.
Tchernov, E. et al., 2000. A fossil snake with limbs. Science 287: 2010-2012. See also Greene, H. W. and D. Cundall, 2000. Limbless tetrapods and snakes with legs. Science 287: 1939-1941.
Ward, L. W. and B. W. Blackwelder, 1975. Chesapecten, A new genus of Pectinidae (Mollusca: Bivalvia) from the Miocene and Pliocene of eastern North America. U.S. Geological Survey Professional Paper 861.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por nandokiss em Qui 21 Out 2010, 10:31 pm

negar o achado de fósseis é como negar o holocausto... oh my


Ergueu a maleta e

acompanhou o homem (...). Contornaram a praça e enviesaram pela rua

larga depois do viaduto.

Samuel rawet

nandokiss
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 984
Idade : 42
Localização : Brasília
flag : Canada
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Qui 21 Out 2010, 10:44 pm

nandokiss escreveu:
as vezes me pergunto o que faço aqui.
eu sou agnostico e evolucionista.
não vou me tornar cristão nem crer no criacionismo.
E daí???

Eu não creio que ser agnostico e evolucionista faça de alguém um quadrúpede, e da mesma forma se for crente.

Temos aqui exemplos, poucos, mas temos, tanto de crentes quanto de ateus, que sabem debater com inteligência sobre estes assuntos de fé, criação ou evolução.

Seja um deles.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por silvamelo em Sex 22 Out 2010, 2:59 am

Cal escreveu:A desculpa para alguém dizer que não existem transicionais é o total desconhecimento deles. E desconhecer uma evidência não significa que ela não exista.
Isso é o que eu sempre digo sobre Deus! Dois pesos e duas medidas? :risadinha:

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Sex 22 Out 2010, 12:14 pm

Não se trata de dois pesos e duas medidas silvamelo pois o desconhecimento das evidências evolutivas pode ser solucionado com uma simples verificação delas, já as evidências de deus...


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por silvamelo em Sex 22 Out 2010, 12:38 pm

Cal escreveu:Não se trata de dois pesos e duas medidas silvamelo pois o desconhecimento das evidências evolutivas pode ser solucionado com uma simples verificação delas, já as evidências de deus...
Eu não ignoro a possibilidade de processos evolutivos, mas você há de convir que, no caso da explosão cambriana, existe uma lacuna que também não pode ser ignorada. Onde uma explicação como: "os fósseis estão lá, mas ainda não forão descobertos", foge às evidências verificáveis que você tanto apregoa e soa mais como uma alegação de pura fé... Se eles não estão lá, então a explicação não pode passar por esse viés, mas pela elaboração de uma teoria que explique convincentemente a anomalia.

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Sex 22 Out 2010, 12:58 pm

As lacunas dos registros fósseis em alguns períodos se deve a aleatoriedade das condições que permitem a conservação deles, ainda assim o que foi descoberto principalmente nas últimas décadas confirmam os principais postulados da TE.

Cabe aqui uma alfinetada, a natureza não parece se preocupar muito em nos dar satisfações ou saciar nossa curiosidade, temos que nos contentar com aquilo que dispomos mas por algumas declarações de criacionistas parece que eles querem um vídeo de bilhões de anos de duração mostrando a evolução passo a passo em todas as suas minúcias.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Ed em Sab 23 Out 2010, 9:45 am

Não existe transicionais... oh my

Vejamos os Tentilhões de Darwin:



As mudanças dos bicos destes pardaizinhos simpáticos de deve às necessidades, são adaptações das situações.

Imaginem um homem que trabalha sentado e não pratica exercícios e compare-o a um que trabalha no campo arando a terra diariamente. O primeiro está adaptado ao seu ambiente que dispensa muito dos músculos e o do campo é musculoso porque a situação assim impõe.

Eu queria ver uma ave evoluida com 6 asas, três cabeças e etc... Isto não ocorre, não é mesmo? porque será? Simplesmente porque nada evolui, tudo foi criado como aprouve a Deus.

O homem pode ser alto, baixo, calvo, cabeludo e por aí vai, mas jamais se achou um fóssil de um homem-peixe, homem-andorinha, homem-aranha... Graças a Deus


::


Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3157 dias de existência com 228854 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 11000
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Sab 23 Out 2010, 3:49 pm

Ed escreveu:1- Não existe transicionais... oh my
2- Eu queria ver uma ave evoluida com 6 asas, três cabeças e etc... Isto não ocorre, não é mesmo? porque será? Simplesmente porque nada evolui, tudo foi criado como aprouve a Deus.
3- O homem pode ser alto, baixo, calvo, cabeludo e por aí vai, mas jamais se achou um fóssil de um homem-peixe, homem-andorinha, homem-aranha... Graças a Deus
::
1- Você viu as fontes que postei? oh my

2- O fato da evolução não atender suas expectativas subjetivas não quer dizer que ela não ocorra.

3- Mas existe transicionais entre grandes filos, vou postar outra vez e por favor abra o link dessa vez.
Recentemente descoberto, um fóssil transicional une sozinho três grandes filos: anelídeos, moluscos e braquiópodes: http://arstechnica.com/journals/science.ars/2007/3/1/7278


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por coldsnip em Dom 24 Out 2010, 12:46 am

Cal,

Honestamente esse seu esforço é comovente, vejo você citar milhares de fontes ótimas mas até parece que os criacionistas nem se esforçam pra verifica-las.

aliás criacionismo esse que não passa de uma pseudo-ciência difamatória, que só sabe ficar desqualificando o método científico usado pra formular a TE pois julga que o gênesis é a verdade absoluta sobre a criação, eu mesmo nunca ví um estudo criacionista sério e consistente pra explicar que não existe evolução e que o mundo existe apenas há 6 mil anos...

só vejo eles rebatendo argumentos evolucionistas através de dúvidas, nada mais.

fica meio difícil argumentar nessas condições, até porque crentes não querem ter sua fé abalada, afinal, se o gênesis for uma inverdade, todo o resto também está sujeito a essa possibilidade.

coldsnip
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 300
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Dom 24 Out 2010, 7:15 pm

coldsnip escreveu:Cal,

Honestamente esse seu esforço é comovente, vejo você citar milhares de fontes ótimas mas até parece que os criacionistas nem se esforçam pra verifica-las.
Se estas fontes são aquelas baseadas em um monte de letras, que podem ser modificadas aos longos dos anos por causa de novas teorias e descobertas, as religiões também tem igual e com fartura.

Por outro lado, a própria ciência já conseguiu algo mais do que letras e desenhos que demonstram a não evolução.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por coldsnip em Seg 25 Out 2010, 2:13 am

Khwey escreveu:
Por outro lado, a própria ciência já conseguiu algo mais do que letras e desenhos que demonstram a não evolução.

Dá pra ser mais claro?

coldsnip
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 300
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Seg 25 Out 2010, 11:06 am

coldsnip escreveu:
Khwey escreveu:
Por outro lado, a própria ciência já conseguiu algo mais do que letras e desenhos que demonstram a não evolução.

Dá pra ser mais claro?
Mais claro???

Vou tentar:

Se quisermos saber da ciência sobre alguma evidência da não evolução das espécies, ela é capaz de demonstrar isto com espécies ainda vivas, as quais, segundo a própria ciência, viveram a milhões de anos atrás.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Seg 25 Out 2010, 2:03 pm

E como isso evidencia a ¨¨não evolução¨¨?

Existem espécies que sofrem grandes mudanças enquanto outras não, a evolução ocorre por seleção natural ¨¨premiando¨¨ as alterações que favoreçam a sobrevivência da espécie em determinadas circunstâncias, se uma determinada espécie consegue sobreviver sem grandes alterações devido a ¨¨x¨¨ fatores então elas se mantém as mesmas por longos períodos.

As fontes que eu postei validaram as evidências apresentadas seguindo o rigoroso critério científico, se querem refutá-las terão que usar esse método.

Será que eu terei que criar o tópico Metodologia Da Ciência?


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Seg 25 Out 2010, 2:36 pm

Cal escreveu:E como isso evidencia a ¨¨não evolução¨¨?
Pelo simples fato de não haver nestas espécies nenhum sinal de evolução.

Cal escreveu:Existem espécies que sofrem grandes mudanças enquanto outras não,
É aceitável tal ideia, mas é preciso de provas tal como as que comprovam a não evolução.

Ou seja: Se afirmamos que existem espécies que não evoluíram, temos provas, e vivas.

Mas, se afirmarmos que animais aquáticos evoluíram para uma infinidade de outras espécies, tanto aquáticas, quanto terrestres, incluindo as aladas....



Cal escreveu:Será que eu terei que criar o tópico Metodologia Da Ciência?
Basta apenas que consiga substituir os desenhos demonstrativos da evolução para objetos reais, assim como esses fósseis de dinossauros que apresentam por aí, entre outros, os quais também demonstram ter existido apenas uma espécie de cada.
Isto se forem realmente verdadeiros.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por lucas oliveira em Seg 25 Out 2010, 4:47 pm

esses fósseis de dinossauros que apresentam por aí, entre outros, os quais também demonstram ter existido apenas uma espécie de cada.
Isto se forem realmente verdadeiros.

Sem querer me entrometer na discussão, ja que foram mencionados dinossauros, vejam a matéria abaixo:

Dinossauros registrados por povos antigos

lucas oliveira
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 211
Data de inscrição : 29/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Cal em Seg 25 Out 2010, 9:27 pm

Khwey escreveu:
Cal escreveu:E como isso evidencia a ¨¨não evolução¨¨?
Pelo simples fato de não haver nestas espécies nenhum sinal de evolução.
Errado, você comete erros de definição aqui, não confunda:
A) Espécies que estão inalteradas por longos periodos de tempo com...
B) Espécies que não tenham nenhum sinal de evolução.

Algumas especies vivas atualmente se enquadram na opção A mas não temos nenhuma espécie que se enquadre em B, mesmo aquelas espécies que ficaram longos periodos sem alterações significativas* não significa que os mecanismos da evolução não estejam presentes nem que tais especies não sofreram mudanças anteriores antes de se fixarem na condição que se manteve por grandes periodos.

Alguns microorganismos são exemplos de seres vivos que sofreram poucas alterações ao longo do tempo, isso não os impedem por exemplo de se tornarem resistentes a medicamentos.

*Espero sinceramente que você tenha a verdadeira dimensão da questão levantada por você, o fato de podermos hoje catalogar algumas especies que sofreram maiores ou menores alterações em escala de tempo absurdamente remotos é fantástico mas está longe de uma resposta definitiva devido a imensa magnitude e dificuldades de tal ato, espero que você não faça uso disso para tentar sobrepor a idéia do eterno ¨¨deus das lacunas¨¨.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2788
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Khwey em Seg 25 Out 2010, 11:25 pm

Cal escreveu:
Khwey escreveu:
Cal escreveu:E como isso evidencia a ¨¨não evolução¨¨?
Pelo simples fato de não haver nestas espécies nenhum sinal de evolução.
Errado, você comete erros de definição aqui, não confunda:
A) Espécies que estão inalteradas por longos periodos de tempo com...
B) Espécies que não tenham nenhum sinal de evolução.

Algumas especies vivas atualmente se enquadram na opção A mas não temos nenhuma espécie que se enquadre em B, mesmo aquelas espécies que ficaram longos periodos sem alterações significativas* não significa que os mecanismos da evolução não estejam presentes nem que tais especies não sofreram mudanças anteriores antes de se fixarem na condição que se manteve por grandes periodos.

Alguns microorganismos são exemplos de seres vivos que sofreram poucas alterações ao longo do tempo, isso não os impedem por exemplo de se tornarem resistentes a medicamentos.
Isto que você disse estar errado foi a própria ciência que disse, ao apresentar espécies vivas que surgiram a milhões de anos atrás, e também fósseis da mesma espécie.

Cal escreveu:*Espero sinceramente que você tenha a verdadeira dimensão da questão levantada por você, o fato de podermos hoje catalogar algumas especies que sofreram maiores ou menores alterações em escala de tempo absurdamente remotos é fantástico mas está longe de uma resposta definitiva devido a imensa magnitude e dificuldades de tal ato, espero que você não faça uso disso para tentar sobrepor a idéia do eterno ¨¨deus das lacunas¨¨.
A dimensão da questão que eu levantei é esta:

Para deixar de ser uma questão de fé, a teoria da evolução precisa de provas, tal como as que comprovam a não evolução.

Ou seja: Se afirmamos que existem espécies que não evoluíram tal como ilustra a teoria da evolução, temos provas, e vivas.

Mas, se afirmarmos que animais aquáticos evoluíram para uma infinidade de outras espécies, tanto aquáticas, quanto terrestres, incluindo as aladas....



Uma demonstração com fósseis poderá resolver isto, quando então a teoria deixará de ser teoria.

Khwey
administrador
administrador

Número de Mensagens : 17151
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por coldsnip em Ter 26 Out 2010, 6:09 am

Fala sério Khwey, ao esboçar suas conclusões, transparece uma evidente carência de conhecimento específico, mas eu vou tentar te ajudar a encaixar as peças positivinho

antes de mais nada, tenha isso em mente:
Evolução, no ramo da biologia, é a mudança das características hereditárias de uma população de uma geração para outra.

E sua dúvida é:
Por quê existem espécimes que não mudaram suas características hereditárias por milhares de anos?

eu lhe pergunto, você já pensou porque uma espécie muda suas características hereditárias?

eu presumo que você tenha conhecimento de que a superfície desse planeta está em constante mudança, para o período de tempo que vivenciamos ao longo de uma vida toda, essas mudanças são absolutamente imperceptíveis, mas se você pensar em termos de tempo geológico...

há pouquíssimo "tempo geológico" atrás, cerca de 13 mil anos, o planeta vivênciava o fim da era do gelo mais recente, aliás períodos glaciais são frequentes, eles ocorrem entre "breves" períodos de 40.000 a 100.000 anos, pois bem, voltando á essa última glaciação, quando o planeta começou a ficar "quente" denovo, várias espécies foram extintas, foi a chamada "extinção da megafauna", essa pequena mudança climatica, acarretou numa total reconfiguração do ambiente ao longo do planeta e consequentemente isso afetou de forma direta a vida de todos os seres vivos da época, entretanto, apesar dessa grande mudança, nem toda a vida existente foi extinta, mas o que podemos concluir á partir disso?

que os que se adaptaram melhor á essa mudança transmitiram seus genes adiante.

basicamente a evolução nada mais é que a constante tentativa de adaptação dos seres vivos ao meio em que eles se situam através da seleção natural e essa adaptação se dá pela constante mudança das condições no ambiente, essas mudanças não são só climáticas, outros fatores influenciam na luta pela sobrevicência como, escassez de alimento, água, presas, surgimento de competição por alimento (tanto pra herbívoros quanto pra carnívoros) e etc.

digamos que você é uma Zebra...
o que vai lhe acontecer se você for lento?
provavelmente não terá uma vida muito longa...
mas uma Zebra ágil tem maiores chances se atingir idade adulta e se acasalar, automaticamente essa característica que possibilitou o sucesso daquele indivíduo que a possui, será passada adiante, essa seleção natural a curto prazo não muda as características hereditárias da espécia do dia pra noite, esse é um processo continuo e constante e está acontecende agora, neste exato momento, só que essas "mudanças" são como o tempo geológico, você não irá ver uma Era do Gelo ocorrer em alguns dias, não espere acordar amanhã e ver no jornal um Glaciar devastando Nova Iorque, esse vai ser um processo gradativo e lento, assim como a evolução.

Agora sim, finalmente, os seres que "não evoluiram":

vou dar um exemplo bem interessante, desses seres que pouco evoluiram:
já foram encontrados peixes abissais habitando a região do Fosso das Marianas, um lugar com 11 Km de profundidade, a temperatura da água chega a 2° C, a pressão da água num lugar desses é de quase 1 tonelada por centimetro quadrado, é um ambiente que está sempre em escuridão total pois luz do sol só "penetra" até uns 900 m de profundidade, e mesmo assim existe vida, vida essa que permanece por milhares de anos sem mudar em quase nada suas características, mas por quê?

primeiro vamos lembrar de alguns grandes Eventos de Extinção em massa que já ocorreram:

um meteoro de 8 Km, praticamente um "Monte Everest" viajando a uns 30 mil Km/h, que se chocou com a terra, e só pra se ter idéia, se todo arsenal nuclear do planeta fosse usado, daria uma fração da energia liberada nesse impacto, estima-se que 70% da vida na terra foi extinta.

uma super erupção vulcânica onde hoje é uma região da Russia chamada de "armadilhas siberianas" que ejetou uma quantidade de lava suficente pra cobrir todo o território brasileiro e ainda ter 1 Km de altura, aqueceu tanto o planeta que matou cerca de 95% da vida na época.

esses dois eventos mudaram drásticamente o ambiente e de forma muito rápida, resultando em grandes extinções de espécies vivas naquele momento.

agora imagina o impacto desses eventos no "lar doce lar" do nosso pequeno amigo abissal, vivendo a 11 Km de profundidade, em escuridão total, temperatura de 2° C, pressão de 1000 Kg/cm2 eba

você realmente acha que esses eventos afetaram de forma drástica o ambiente abissal em que vivem aqueles peixes?

se o ambiente não é afetado, não existe necessidade de adaptação, resultado, a espécie permanece com as caracteristicas que estão dando certo num ambiente que muito provavelmente pouco irá mudar.

entendeu?

coldsnip
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 300
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: evolução

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:23 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum