.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
75 usuários online :: 2 usuários cadastrados, 1 Invisível e 72 Visitantes :: 2 Motores de busca

gusto, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Página 37 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 36, 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Voce é a favor da mudança dos dizeres da bíblia?

75% 75% 
[ 9 ]
17% 17% 
[ 2 ]
8% 8% 
[ 1 ]
 
Total dos votos : 12

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por silvamelo em Seg 23 Maio 2011, 11:09 am

lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my
Se a lei sair, pode ser ( leia ) até que vocês nos impeçam de falar a verdade nos meios de comunicação. Mas vocês JAMAIS vão nos obrigar a colocar um homesexual em nossas casas para cuidar dos nossos filhos. JAMÉ!!! xauzinho cafezinho

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por lordakner em Seg 23 Maio 2011, 11:09 am

Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my

hoje não há PL122, o debate é hoje e agora.
Mas hoje também temos leis contra a discriminação à religiosidade alheia, você muitas vezes incorreu contra ela.
É só citar onde e quando. oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por lordakner em Seg 23 Maio 2011, 11:11 am

silvamelo escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my
Se a lei sair, pode ser ( ) até que vocês nos impeçam de falar a verdade nos meios de comunicação. Mas vocês JAMAIS vão nos obrigar a colocar um homesexual em nossas casas para cuidar dos nossos filhos. JAMÉ!!!
A lei não tem a finalidade de te obrigar a CONTRATAR um homossexual para cuidar de seus filhos.
Muito menos de falar "a verdade" nos meios de comunicação.
Você está dando muito crédito ao Silas Malafaia.

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Seg 23 Maio 2011, 11:13 am

lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my

hoje não há PL122, o debate é hoje e agora.
Mas hoje também temos leis contra a discriminação à religiosidade alheia, você muitas vezes incorreu contra ela.
É só citar onde e quando. oh my

não preciso Akner, vc é figurinha carimbada, até que mude vossos comportamentos.
Se é para clamar por aplicar leis que nem sairam do papel ainda, comece pelo realidade.org, lá vocês vivem discriminando a religiosidade alheia, e não estamos falando só de DISCORDAR , como nós fazemos, estamos falando de claros ad-hominens mesmo, a caros simbolos religiosos, à pessoas , à grupos inteiros . O negócio é que muitos querem colocar nos ombros alheios, cargas que não levam com o mindinho , e depois querem posar de humanistas.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por silvamelo em Seg 23 Maio 2011, 11:20 am

lordakner escreveu:
silvamelo escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my
Se a lei sair, pode ser ( ) até que vocês nos impeçam de falar a verdade nos meios de comunicação. Mas vocês JAMAIS vão nos obrigar a colocar um homesexual em nossas casas para cuidar dos nossos filhos. JAMÉ!!!
A lei não tem a finalidade de te obrigar a CONTRATAR um homossexual para cuidar de seus filhos.
Muito menos de falar "a verdade" nos meios de comunicação.
Você está dando muito crédito ao Silas Malafaia.
Engano seu, meu amigo. Por trás dessa lei vem o Diabo. Isso, para ele, é só o começo... Mas não estou nem aí para as artimanhas ele:

"Maior é o que está em [nós] do que o que está no mundo" (1 João 4:4).

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por lordakner em Seg 23 Maio 2011, 11:22 am

Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my

hoje não há PL122, o debate é hoje e agora.
Mas hoje também temos leis contra a discriminação à religiosidade alheia, você muitas vezes incorreu contra ela.
É só citar onde e quando. oh my

não preciso Akner, vc é figurinha carimbada, até que mude vossos comportamentos.
Se é para clamar por aplicar leis que nem sairam do papel ainda, comece pelo realidade.org, lá vocês vivem discriminando a religiosidade alheia, e não estamos falando só de DISCORDAR , como nós fazemos, estamos falando de claros ad-hominens mesmo, a caros simbolos religiosos, à pessoas , à grupos inteiros . O negócio é que muitos querem colocar nos ombros alheios, cargas que não levam com o mindinho , e depois querem posar de humanistas.


O Realidade.org não é meu, não sou nem moderador lá.
Se te incomoda tanto a postura deles, devias isr até lá, abrir uma conta e se manifestar.
Lá ninguém vai ficar apagando tuas postagens e editando o que falares.
Alguns foristas daqui participam de lá também.
Mas acho que você não tem coragem de repetir o que fala aqui, lá. oh my

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Seg 23 Maio 2011, 11:31 am

lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my

hoje não há PL122, o debate é hoje e agora.
Mas hoje também temos leis contra a discriminação à religiosidade alheia, você muitas vezes incorreu contra ela.
É só citar onde e quando. oh my

não preciso Akner, vc é figurinha carimbada, até que mude vossos comportamentos.
Se é para clamar por aplicar leis que nem sairam do papel ainda, comece pelo realidade.org, lá vocês vivem discriminando a religiosidade alheia, e não estamos falando só de DISCORDAR , como nós fazemos, estamos falando de claros ad-hominens mesmo, a caros simbolos religiosos, à pessoas , à grupos inteiros . O negócio é que muitos querem colocar nos ombros alheios, cargas que não levam com o mindinho , e depois querem posar de humanistas.


O Realidade.org não é meu, não sou nem moderador lá.
Se te incomoda tanto a postura deles, devias isr até lá, abrir uma conta e se manifestar.
Lá ninguém vai ficar apagando tuas postagens e editando o que falares.
Alguns foristas daqui participam de lá também.
Mas acho que você não tem coragem de repetir o que fala aqui, lá. oh my

a mim só incomoda os 2 pesos ,pessoas que gostam de bancar os incomodados por que queremos direito de expressão, mas não querem abrir mão do seu , pessoas que querem limitar os outros por leis que nem eles cumprem, pessoas que se desbocam em acusações, mas não gostam da mais módica crítica ao que patrocinam. Não preciso sair daqui para me manifestar assim, e aqui as regras são cumpridas, quem quiser vir aqui para participar, aprenderá deste modo , isto se chama coragem.




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por lordakner em Seg 23 Maio 2011, 12:01 pm

Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
lordakner escreveu:
Articulador escreveu:
Segundo, já falei e vc se fez de surdo :
o MERO 'SER' homo já é induzimento suficiente a uma criança.
Não me fiz de surdo não.
É que esse tipo de "argumento" eu prefiro deixar para comentar para DEPOIS da aprovação da PL 122.
Aí debateremos com vagar e responsabilidade jurídica.
oh my

hoje não há PL122, o debate é hoje e agora.
Mas hoje também temos leis contra a discriminação à religiosidade alheia, você muitas vezes incorreu contra ela.
É só citar onde e quando. oh my

não preciso Akner, vc é figurinha carimbada, até que mude vossos comportamentos.
Se é para clamar por aplicar leis que nem sairam do papel ainda, comece pelo realidade.org, lá vocês vivem discriminando a religiosidade alheia, e não estamos falando só de DISCORDAR , como nós fazemos, estamos falando de claros ad-hominens mesmo, a caros simbolos religiosos, à pessoas , à grupos inteiros . O negócio é que muitos querem colocar nos ombros alheios, cargas que não levam com o mindinho , e depois querem posar de humanistas.


O Realidade.org não é meu, não sou nem moderador lá.
Se te incomoda tanto a postura deles, devias isr até lá, abrir uma conta e se manifestar.
Lá ninguém vai ficar apagando tuas postagens e editando o que falares.
Alguns foristas daqui participam de lá também.
Mas acho que você não tem coragem de repetir o que fala aqui, lá. oh my

a mim só incomoda os 2 pesos ,pessoas que gostam de bancar os incomodados por que queremos direito de expressão, mas não querem abrir mão do seu , pessoas que querem limitar os outros por leis que nem eles cumprem, pessoas que se desbocam em acusações, mas não gostam da mais módica crítica ao que patrocinam. Não preciso sair daqui para me manifestar assim, e aqui as regras são cumpridas, quem quiser vir aqui para participar, aprenderá deste modo , isto se chama coragem.

Bem, EU estou aqui.
E outros de lá também.
Então obrigado, pela parte que nos toca..
E o fato de você não ter a coragem de ir até lá e ficar DAQUI falando, não me parece "coragem".

lordakner
Arcturus
Arcturus

Número de Mensagens : 5811
flag : Brasil
Data de inscrição : 27/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Seg 23 Maio 2011, 12:24 pm



EDITADO POR FLOOD.
a permanecer o forista NESTA DATA continuando com floods e desvios dos assuntos , e provocações , será SUSPENSO.
Articulador

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Seg 23 Maio 2011, 12:47 pm

lordakner escreveu:
Articulador escreveu:

EDITADO POR FLOOD.
a permanecer o forista NESTA DATA continuando com floods e desvios dos assuntos , e provocações , será SUSPENSO.
Articulador
Palhaço;

Se vai suspender, então peça à outro moderador que MODERE e não fique utilizando sua posição para tentar escapar da surra que está levando, seu moleque.


fica sem edição para lastrear o motivo da suspensão ,. como vimos acima o Forista foi BEM alertado , várias vezes neste e em outro tópico, recalcitrou, o caso do Akner nunca foi falta de chance, ficando inclusive fácil acompanhar as últimas postagens, para qualquer um emitir juízo de valor se a questão era mesmo a tal 'surra', ou simplesmente porque alguns não suportam debater em nível proposto pelas regras.

p/ administração
Articulador



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por silvamelo em Seg 23 Maio 2011, 12:53 pm

Até excluí a mensagem, não vi necessidade, mas como você quer deixar registrado, está aí para todos verem. O Akner extrapolou e a suspenção é merecida...

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Jan Mozol em Seg 23 Maio 2011, 12:55 pm

Voltando ao post:
Uma pesquisa feita pelo The Advocate, uma revista homossexual, revelou que a promiscuidade é uma realidade entre os homossexuais. A pesquisa descobriu que 20 por cento dos homossexuais disseram que tinham 51-300 diferentes parceiros sexuais na vida, com um adicional de 8 por cento de ter tido mais de 300.
Sexo homossexual desprotegido também é uma preocupação entre os profissionais de saúde. Uma pesquisa realizada em Portugal pelo Ministério da Saúde do Gay Men's Project descobriu que quase metade dos homossexuais disseram que estavam tendo relações sexuais desprotegidos ....
O fato de que muitos homossexuais parecem viver suas vidas em excesso sexual não parece preocupar os líderes no movimento. Em um editorial da mesma edição (15 de agosto), no qual os resultados da pesquisa foram publicados, o advogado do movimento disse: "[Os homossexuais] foram líderes orgulhosos na revolução sexual que começou na década de 1960, e nós rejeitamos as tentativas dos conservadores para demonizar que parte do que somos.


"Pois eu digo: Jesus Cristo virá nos arrebatar em 2010...
Maranata.
"Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." (Apocalipse 3 : 11)"

Néééé!
O certo é isso:
“Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2Ts 2.2-4)ACF

Jan Mozol
Sirius
Sirius

Número de Mensagens : 3574
Idade : 54
flag : Argentina
Data de inscrição : 27/04/2008

http://www.thundercnc.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Seg 23 Maio 2011, 1:31 pm

Jan Mozol escreveu:Voltando ao post:
Uma pesquisa feita pelo The Advocate, uma revista homossexual, revelou que a promiscuidade é uma realidade entre os homossexuais. A pesquisa descobriu que 20 por cento dos homossexuais disseram que tinham 51-300 diferentes parceiros sexuais na vida, com um adicional de 8 por cento de ter tido mais de 300.
Sexo homossexual desprotegido também é uma preocupação entre os profissionais de saúde. Uma pesquisa realizada em Portugal pelo Ministério da Saúde do Gay Men's Project descobriu que quase metade dos homossexuais disseram que estavam tendo relações sexuais desprotegidos ....
O fato de que muitos homossexuais parecem viver suas vidas em excesso sexual não parece preocupar os líderes no movimento. Em um editorial da mesma edição (15 de agosto), no qual os resultados da pesquisa foram publicados, o advogado do movimento disse: "[Os homossexuais] foram líderes orgulhosos na revolução sexual que começou na década de 1960, e nós rejeitamos as tentativas dos conservadores para demonizar que parte do que somos.

o interessante das estatítiscas relativa ao mundo-homo, é que os pró-homos sempre se queixam delas, sempre tentam denegrir na base do gogó os pesquisadores, e sempre elas se CORROBORAM, este número são até inferiores à pesquisa do GAY REPORT (feita por pesquisadores gays e ativistas), mas mesmo assim bem altos, confirmando assim que a promiscuidade no mundo gay é bem superior a media hetero.

Eu apresentei a questão de ligação à pedofilia (estatísticamente) , mas se formos levar a coisa para uma evidência menos matemática, temos a NAMBLA , entidade de homossexuais EXPLICITAMENTE PEDÓFILOS (Faziam campanhas literalmente em favor da liberação da pedofilia) , esta entidade chegou a ter tanto suporte no mundo homo, que era convidada de HONRA em toda parada-gay, isto até que o governo dos EUA começou a caçá-los e enjaulá-los , aí o mundo homo começou a ter 'vergonha' da entidade e seus líderes... nesta época em que a sociedade não estava tão atenta a questão de pedofilia nos EUA , chegou-se a existir várias publicações PEDÓFILAS PARA HOMOS , e até livrarias especializadas nisto.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Por Que Igrejas Presbiterianas pelo Mundo estão Aceitando Pastores Homossexuais?

Mensagem por Ed em Sab 28 Maio 2011, 2:49 pm

Augustus Nicodemus Lopes

Estas resoluções foram tomadas depois de muitos anos de conflitos internos e discussões teológicas. E, em ambas as igrejas,
o voto passou com uma maioria apertada. Os pastores, presbíteros, diáconos e membros destas denominações que discordam da decisão, e que por muito tempo lutaram para que ela não fosse aprovada, enfrentam agora o dilema de saber qual é a coisa correta a fazer. Com certeza, muitos sairão para outras denominações ou para formar novas igrejas; outros, ainda, permanecerão na esperança de que um dia as coisas mudem.

A pergunta que não quer calar é como igrejas de origem reformada, que um dia aceitaram as confissões de fé históricas e adotaram os lemas da Reforma, especialmente o Sola Scriptura, chegaram a este ponto? Em minha opinião, o que está acontecendo hoje é o resultado lógico e final da conjunção de três fatores:

- a teologia liberal que foi aceita por estas igrejas,
- a conseqüente rejeição da autoridade infalível da Bíblia e
- a adoção dos rumos da sociedade moderna como norma.

O processo pelo qual estas denominações passaram, uma na Europa e outra nos Estados Unidos, é similar. As etapas vencidas são as mesmas.

Primeiro, em algum momento de sua história, em meados dos séculos XIX, o método crítico de interpretação da Bíblia passou a ser o método dominante nos seminários e universidades teológicas destas denominações. Boa parte dos pastores formados nestas instituições saíram delas convencidos que a Bíblia contém erros de toda sorte e que reflete, em tudo, o vezo cultural de sua época. Para eles, os relatos bíblicos dos milagres são um reflexo da fé dos judeus e dos primeiros cristãos expresso em linguagem mitológica e lendária (veja aqui um post sobre liberalismo teológico).


Segundo, uma vez que a Bíblia não poderia ser mais considerada como o referencial absoluto em matérias de fé e prática, devido ao seu condicionamento às culturas orientais antigas e patriarcais, estas denominações aos poucos foram adotando as mudanças culturais e a direção da sociedade moderna como referência para suas práticas.

Terceiro, com a erosão da autoridade bíblica e o estabelecimento da cultura moderna como referencial, não tardou para que estas igrejas rejeitassem o ensinamento bíblico de que somente homens cristãos qualificados deveriam exercer a liderança nas igrejas e passaram a ordenar mulheres como pastoras e presbíteras. As passagens bíblicas que impõem restrições ao exercício da autoridade por parte da mulher nas igrejas foram consideradas como sendo a visão patriarcal dos autores bíblicos, e que não cabia mais na sociedade moderna (veja aqui uma matéria deste blog sobre ordenação feminina).

O passo seguinte foi usar o mesmo argumento quanto ao homossexualismo: as passagens bíblicas que tratam as relações homossexuais como desvio do padrão de Deus e, portanto, pecado, foram igualmente rejeitadas como sendo fruto do pensamento retrógrado, machista e preconceituoso dos autores da Bíblia, seguindo a tendência das culturas em que viviam. A igreja cristã moderna, de acordo com este pensamento, vive num novo tempo, onde o homossexualismo é comum e aceito pelas sociedades, inclusive com a aprovação do Estado para a união homossexual e benefícios decorrentes dela.

E o resultado não poderia ser outro. O único obstáculo para que uma igreja que se diz cristã aceite o homossexualismo como uma prática normal é o conceito de que a Bíblia é a Palavra de Deus, inerrante e infalível única regra de fé e prática para o povo de Deus. Uma vez que esta barreira foi derrubada – e a marreta usada para isto sempre é o método crítico e o liberalismo teológico – não há realmente mais limites que sejam defensáveis. Pois mesmo os argumentos não teológicos, como a nãoprocriação em uniões homossexuais e a anormalidade anatômica e fisiológica da sodomia, acabam se mostrando ineficazes diante do relativismo da cultura moderna. E as igrejas que abandonaram a autoridade infalível da Palavra de Deus acabam capitulando aos argumentos culturais.




Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3091 dias de existência com 226268 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 10983
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 28 Maio 2011, 3:14 pm

Pelo amor de Deus Ed de onde você tirou isso?!!!
Tivemos problemas com algumas lideranças aqui no Brasil, mas eles nem de longe conseguiram tocar na confissão de Fé presbiteriana, e estes problemas estavam longe de ser homossexual.
Alguns lideres Estavam relacionados com sociedades secretas, mas os membros se poram totalmente contra essas lideranças e os que não abandonaram se tornaram cada vez menos influenciáveis.
A presbiteriana, pelo menos aqui no brasil, nunca abandonaram a fé reformada.

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Sab 28 Maio 2011, 3:19 pm



boa matéria,
por isto que hoje, infelizmente, as vezes quem não fez um seminário oficial, mas é um zeloso estudante da bíblia, está em vantagem, pois o método crítico tem deturpado o ensino (leia-se, 'método de relativização por secularismos').

Este método coloca dúvida em tudo , basta o leitor não gostar de um contexto , para dizer 'foi consequência de época, ou foi opinião pessoalizada, ou advinda de um evento qualquer'. Este método tem levado a monstrengos apologéticos de toda sorte, que escolhem semi-arbitrariamente o que crer , e o que não crer.

POR ISTO que o Cristão é chamado cada vez mais a ouvir este ensino Cristão 'sim,sim,não,não, o que passa disto é maligno' , temos que ter postura, saber diferir , SEM divagações, o certo do errado, mesmo que hoje em dia isto doa até mesmo aos que se dizem cristãos.

e viva a sola-scriptura,



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Sab 28 Maio 2011, 3:28 pm


Elden, diga-se que na questão maçonica, a discussão durou mais de um cento de ano, e ainda não foi resolvida de maneira bíblica 'sim,sim,não,não o que passa disto é maligno' . A questão que o Ed relata , já aconteceu na escócia, nos Eua, e periga estar ingressando no Brasil, portanto o alerta é válido. Não estou aqui para criticar tua igreja, mas o método interpretativo-crítico , que tem fragilizado as igrejas reformadas no geral. Temos que cuidar também como a rúbrica 'reformada', COMO SE isto fosse alguma blindagem contra erros, estas mesmas denominações de fora , que estão aprovando homossexualismo também acham que continuam na reforma.



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Eduardo em Sab 28 Maio 2011, 3:32 pm

Elder Henrique de Souza escreveu:Pelo amor de Deus Ed de onde você tirou isso?!!!
De um respeitado blog presbiteriano:

O Tempora, O Mores: Por Quê Igrejas Presbiterianas pelo Mundo ...

De um respeitado líder presbiteriano:

Augustus Nicodemus Lopes


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Elder Henrique de Souza em Sab 28 Maio 2011, 3:40 pm

Só que a presbiteriana é mais independente do que a maioria imagina, e fechada demais para que isso se espalhe, ouvi dizer que os luteranos estão nessa também.
Se isso chegar aqui vai gerar muitas divisões e perdas.
Estes lideres envolvidos com sociedades secretas se tornaram opacos em nossas congregações, é até vergonhoso de se falar!

Elder Henrique de Souza
Pérola
Pérola

Número de Mensagens : 240
Idade : 35
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Ed em Sab 28 Maio 2011, 5:26 pm

Eduardo escreveu:
Elder Henrique de Souza escreveu:Pelo amor de Deus Ed de onde você tirou isso?!!!
De um respeitado blog presbiteriano:

O Tempora, O Mores: Por Quê Igrejas Presbiterianas pelo Mundo ...

De um respeitado líder presbiteriano:

Augustus Nicodemus Lopes



Um assunto atual, tudo a ver com o momento PL122...

::



Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus 2Co 2:17

O Forum Gospel Brasil completa hoje 3091 dias de existência com 226268 mensagens

Ed
Mateus 18:20
Mateus 18:20

Número de Mensagens : 10983
Idade : 64
Localização : BRUSA
flag : BrUSA
Data de inscrição : 13/04/2008

http://gospelbrasil.topicboard.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Medidas discursivas

Mensagem por Convidad em Qua 01 Jun 2011, 3:18 pm

a matéria abaixo estou colocando neste sub-forum para debatermos se os cristãos , de modo geral, se acostumaram a apresentar uma postura de falsa-humildade, uma espécie de 'coitadismo' nos embates (e debates) ideológicos, que nos coloca em nítida desvantagem. Este comportamento eu chamo de 'estilo Padre Marcelo' : mãos juntas, olhar languido ao alto, voz monocórdica e monôtona.


Má conselheira
Discursar genericamente sobre o pecado, sem nada fazer contra o agente que o pratica, é transformar a moral numa questão de teoria, sem alcance prático.

Olavo de Carvalho

Quando reagem aos ataques cada vez mais virulentos que a religião sofre da parte de gayzistas, abortistas, feministas enragées, neocomunistas, iluministas deslumbrados etc., certos católicos e protestantes invertem a ordem das prioridades: colocam menos empenho em vencer o adversário do que em evitar, por todos os meios, “combatê-lo à maneira do Olavo de Carvalho”. O que querem dizer com isso é que o Olavo de Carvalho é violento, cruel e impiedoso, humilhando o inimigo até fazê-lo fugir com o rabo entre as pernas, ao passo que eles, as almas cristianíssimas, piedosíssimas, boníssimas, preferem “odiar o pecado, jamais o pecador”. Daí que, em vez de ferir os maliciosos com o ferro em brasa da verdade feia, prefiram admoestá-los em tom de correção fraterna ou, no máximo, argumentar genericamente em termos de direitos e valores.

São, em primeiro lugar, péssimos leitores da Bíblia. Cristo, é verdade, mandou odiar o pecado e não o pecador. Mas isso se refere ao sentimento, à motivação íntima, não à brandura ou dureza dos atos e das palavras expressas. Ele nunca disse que é possível reprimir o pecado sem magoar, contrariar e, nos casos mais obstinados, humilhar o pecador. Quando expulsou os comerciantes do templo, Ele chicoteou “pecados” ou o corpo dos pecadores? Quando chamava os incrédulos de “raça de víboras”, Ele se dirigia a noções abstratas, no ar, ou a ouvidos humanos que sentiam a dor da humilhação? Quando disse que o molestador de crianças deveria ser jogado ao mar com uma pedra no pescoço, Ele se referia ao pescoço do pecado ou ao do pecador? O pecado, não só nesses casos em particular, mas em todos os casos possíveis e imagináveis, só pode ser reprimido, punido ou combatido na pessoa do pecador, não em si mesmo e abstratamente. Discursar genericamente sobre o pecado, sem nada fazer contra o agente que o pratica, é transformar a moral numa questão de mera teoria, sem alcance prático.
Em segundo lugar, não têm discernimento moral. Não o têm, pelo menos, na medida suficiente para avaliar a gravidade relativa dos atos privados e públicos, nem para distinguir entre a paixão da carne e o ódio aberto, demoníaco, ao Espírito Santo.

Mais imbuídos de moralismo sexual burguês que de autêntica inspiração evangélica, abominam, na mesma medida, a prática homossexual em si e o uso dela como instrumento público de ofensa deliberada a Jesus, à Igreja, a tudo quanto é sagrado. Não sabem a diferença entre a tentação carnal, que é humana, e o impulso de humilhar a cristandade, que é satânico. Falam de uma coisa e da outra no mesmo tom, como se o pecado contra o Espírito Santo fosse tão perdoável quanto uma fraqueza da carne, um deslize, um vício qualquer. Assim procedendo, colocam-se numa posição logicamente insustentável. Sentindo então a própria vulnerabilidade sem perceber com clareza onde está o ponto fraco, vacilam, tremem e passam a atenuar seu discurso como quem pede licença ao adversário para ser o que é, para crer no que crê. Daí é que lhes vem o temor servil de “combater à maneira do Olavo de Carvalho”, a compulsão de marcar distância daquele que não se deixa inibir por idêntica fragilidade de coração.
É verdade que o Olavo de Carvalho usa às vezes palavras duras, deprimentes, humilhantes. Mas ele jamais elevou sua voz em público para condenar qualquer conduta privada, por abominável que lhe parecesse. De pecados privados fala-se em privado, com discrição, prudência, compaixão. Pode-se também falar deles em público, mas genericamente, sem apontar o dedo para ninguém. E o tom, em tal circunstância, deve ser de exortação pedagógica, não de acusação. Examinem a conduta do Olavo de Carvalho e digam se alguma vez ele se afastou dessas normas. Quando ele humilha o pecador em público, é sempre por conta de pecados públicos, que não vêm nunca de uma simples fraqueza pessoal e sim de uma ação cultural ou política racional, premeditada, maliciosa até à medula.

Homossexualismo é uma coisa, movimento gay é outra. O primeiro é um pecado da carne, o segundo é o acinte organizado, politicamente armado, feroz e sistemático, à dignidade da Igreja e do próprio Deus – algo que vai muito além até mesmo da propaganda ateística, já que esta se constitui de meras palavras e aquele de atos de poder. Atos de prepotência, calculados para humilhar, atemorizar e aviltar, preparando o caminho para a agressão física, a repressão policial e o morticínio. O cinismo máximo dessa gente é alardear choramingando a violência pública contra os gays, estatisticamente irrisória, e alegá-la justamente contra a comunidade mais perseguida e mais ameaçada do universo, que já forneceu algumas centenas de milhões de vítimas aos rituais sangrentos dos construtores de “mundos melhores”. O indivíduo que se deixou corromper ao ponto de entregar-se a esse exercício de mendacidade psicótica com a boa consciência de estar servindo a uma causa humanitária está longe de poder ser atingido, na sua alma, por exortações morais, apelos à “liberdade de religião”, queixas formuladas em linguagem de debate acadêmico pó-de-arroz ou mesmo argumentações racionais maravilhosamente fundamentadas. Só uma coisa pode inibi-lo: o temor da humilhação pública, que, nas almas dos farsantes e hipócritas, é sempre exacerbado e, às vezes, o seu único ponto sensível.
Sim, o Olavo de Carvalho usa às vezes palavras brutais. Mas ele o faz por premeditação pedagógica, que exclui, por hipótese, qualquer motivação passional, especialmente o ódio, ao passo que outros só se esquivam de usar essas palavras porque têm medo de parecer malvados, porque têm horror de dar má impressão e buscam abrigo sob uma capa de bom-mocismo, de desculpas evangélicas perfeitamente deslocadas, nisto concorrendo em falsidade e hipocrisia com os próceres do gayzismo.

Cometem, aliás, o mesmo erro suicida em que os liberais brasileiros caíram desde duas décadas atrás, quando, fugindo ao exemplo do Olavo de Carvalho, preferiram debater economia de mercado com os petistas em vez de denunciar o Foro de São Paulo e a lista inumerável de seus crimes. Hoje estão liquidados. A covardia é sempre má conselheira.
Fonte: Mídia Sem Máscara
Divulgação: www.juliosevero.com



premissas :
- Não estou advogando que tudo no texto esteja correto ,
- Não estou advogando que não tenhamos limites nos debates e manifestações,
- Estou colocando para reflexão , para que alguns quiça entendam a diferença que existe entre uma igreja, um fórum de debates , uma manifestação pública, etc... cada ambiente e cada tipo de debatedor exige uma medida diferente.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Qua 01 Jun 2011, 8:06 pm

Bueno senhores, vamos desmistificar mais um PROPAGANDISMO SOCIAL, de que a adoção por homossexuais não criaria problemas no adotado :


Children Adopted by Same-Sex Couples More Prone to Suicide: Study by U. of S.C.
Children adopted by same-sex couples suffer "diverse trauma and behavioral disorders," psychologist's study reveals

Mexico City (CNA) -- A study presented at a symposium in Mexico, "Homosexual Adoption: What Science Has Discovered," revealed that most children adopted by same-sex couples display "greater levels of stress," and suffer from "suicidal tendencies and attempts." . The symposium was organized by the Mexican Institute on Sexual Orientation, Renacer, in order to provide scientific information about homosexuality, homosexual adoptions and their impact on child development.

During his presentation, George A. Rekers, professor of Neuropsychiatry and Behavioral Science at the University of South Carolina, said that "boys and girls adopted by lesbian and homosexual couples show a greater level of stress than that which is already generated by their status as orphans or children abandoned by their biological parents." He added that this situation "produces diverse trauma and behavioral disorders that can even lead to suicidal tendencies or attempts."

"According to various studies containing testimonies from children of homosexual parents, most them of admit to suffering strong emotions, such as fear, anxiety, apprehension, shame and anger in trying to hide from their friends and relatives the homosexuality of their father or mother," he continued. Addressing the issue of homosexual "marriage," the study pointed out that "they are significantly and substantially less stable and shorter on average compared with marriages between a man and woman." Consequently, "homes with a homosexual adult inevitably contribute to substantially higher rate of changes in adoptive homes."

"Due to the high incidence of psychological disorders among children who enter the adoptive care system," those "living with a practicing homosexual in the adoptive home" are especially "vulnerable to psychological damage and an increasing inability to adapt," Rekers said.

Oscar Rivas, president of Renacer, underscored that "according to international experience, based on various studies and research, the conclusion is that in matters of adoption, the rights of the children, not those of the parents, are what should prevail." The symposium in Mexico took place after lawmakers in the Legislative Assembly of Mexico City approved reforms allowing homosexual adoption.
The study by Professor Rekers was the basis for rulings in the state of Florida prohibiting the adoption of minors by same-sex couples
http://deaconforlife.blogspot.com/2010/02/children-adopted-by-same-sex-couples.html


pergunta aos secularistas 'humanistas',
que vale mais , usar as crianças como BUCHA DE CANHÃO de um segmento social minoritário, para se dizer 'humano com a diversidade' , ou precaver-se por amor REAL às crianças ?



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Karla Cristina em Qua 01 Jun 2011, 8:13 pm

Casais do mesmo sexo não formam uma família e sem dúvida nenhuma a união causa constrangimentos às crianças.

Pena que aqui em Minas já deram permissão para adoção, e eu achando que sendo um estado conservador seria mais dificil homos ganharem uma causa de adoção aqui, doce ilusão, se ganhou aqui, vai ser dificil perder em outros estados, a moda vai pegar:

http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/05/casal-homossexual-ganha-na-justica-direito-de-adotar-crianca-em-mg.html

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens : 710
flag : Brasil
Data de inscrição : 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Convidad em Qua 01 Jun 2011, 8:39 pm

Karla Cristina escreveu:Casais do mesmo sexo não formam uma família e sem dúvida nenhuma a união causa constrangimentos às crianças.

Pena que aqui em Minas já deram permissão para adoção, e eu achando que sendo um estado conservador seria mais dificil homos ganharem uma causa de adoção aqui, doce ilusão, se ganhou aqui, vai ser dificil perder em outros estados, a moda vai pegar:

http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2011/05/casal-homossexual-ganha-na-justica-direito-de-adotar-crianca-em-mg.html

'detalhe', a culpa não é só de 'preconceito' não, como querem engabelar a população :
"they are significantly and substantially less stable and shorter on average compared with marriages between a man and woman." Consequently, "homes with a homosexual adult inevitably contribute to substantially higher rate of changes in adoptive homes."

exatamente como as outras fontes afirmaram.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

A marcha contra a PL122

Mensagem por EVANGELISTA/RJ/MSN em Qua 01 Jun 2011, 11:18 pm



FONTE:

http://www.youtube.com/v/-x0rbtOIkQQ

EVANGELISTA/RJ/MSN
administrador
administrador

Número de Mensagens : 5943
flag : Brasil
Data de inscrição : 14/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Homossexualismo - topico oficial (parte I)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:13 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 37 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 36, 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum