.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
» A eleição torna-nos robôs?
Hoje à(s) 3:57 pm por Justo

»  Endurecimeto do Faraó
Hoje à(s) 3:55 pm por Justo

» Livre arbítrio, auto idolatria
Hoje à(s) 3:53 pm por Justo

» Golpe é o cacete, agora é golpe no golpe!
Hoje à(s) 3:27 pm por David de Oliveira

» Consequências da Reeleição
Hoje à(s) 10:02 am por EVANGELISTA/RJ/MSN

» Noticiário Escatológico
Hoje à(s) 12:40 am por Jarbas

» O homem na lua...
Ontem à(s) 11:38 pm por Khwey

» DESAFIO AOS DO LIVRE ARBITRIO
Qua 30 Nov 2016, 7:05 pm por Lit San Ares

»  Arqueólogos encontram selo que comprova veracidade de histórias da Bíblia
Qua 30 Nov 2016, 12:15 am por Christiano

Quem está conectado
61 usuários online :: 2 usuários cadastrados, 1 Invisível e 58 Visitantes :: 2 Motores de busca

David de Oliveira, Justo

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

O Plano da Salvação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

cora??o O Plano da Salvação

Mensagem por silvamelo em Qui 23 Set 2010, 1:25 pm

Quando o homem atinge a idade do entendimento e se torna capaz de se reconhecer como pessoa, normalmente faz os seguintes questionamentos: “Quem eu sou?”, “De onde venho?”, “Para onde vou?”

Usando os sentidos naturais que recebeu para lidar com todo o mundo a sua volta, só o que o homem consegue é constatar que houve um começo para ele e que certamente haverá um fim, o que aprofunda ainda mais as suas dúvidas. Porém, diferentemente de todos os animais, o homem foi dotado de algo mais do que os sentidos: O Arbítrio. Isto o capacitou não só para lidar como o mundo à sua volta, assimilando o seu próprio lugar na criação, como também reconhecer a existência do Criador (Rm 1.20).

Ao admitir a existência do Criador o homem se depara com a primeira afirmação: tudo tem um propósito. E conhecer o propósito de Deus, assim como o seu plano para a humanidade, é a jornada inicial para se obter as respostas a todas as suas dúvidas (Jo 8.32).

Como o homem não pode perceber a Deus de uma forma direta, através dos seus sentidos, ele precisa de um outro elemento: A Fé. Ela era parte da natureza do homem, quando este foi criado (Gn 3.10). Portanto, o homem deve se apropriar da fé para se achegar a Deus (Hb 11.6). A Palavra de Deus, que estava com o homem desde o princípio, é a chave para o conhecimento do Seu propósito e o livre acesso do homem ao Plano de Salvação que Deus estabeleceu (Hb 1.1,2). Para entendermos este plano precisamos enveredar pela Palavra, partindo do princípio, onde o elo foi quebrado.

Deus criou o primeiro ser humano perfeito e completo, com todas as suas necessidades supridas. Não lhe faltava absolutamente nada. Além de tê-lo feito a Sua imagem e semelhança, Deus lhe deu o “livre-arbítrio”, mas lhe advertiu sobre algumas coisas:

"De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás" (Gn 2.16-17).

Este era o limite, o qual o homem não deveria transpor para que permanecesse eternamente na presença de Deus.

Mas a serpente disse:

"Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal" (Gn 3.4,5).

Esta cobiça foi semeada no coração do homem, dando origem ao pecado. Como resultado o homem foi expulso do paraíso. E o pecado entrou no mundo, na forma de fomes, doenças, guerras, morte... O pecado separou o homem de Deus (Is 59.2) e o entregou à mercê da morte.

Este fato não alterou o amor de Deus pela humanidade, que, na sua misericórdia, estabeleceu um Plano de Salvação para resgatar o homem da escravidão da morte e do pecado. Na mais elevada demonstração de amor, Deus decidiu enviar seu próprio Filho, para que morresse em nosso lugar. Por ter sido morto sem culpa, o Filho de Deus pode, assim, levar toda a nossa culpa, e anular os efeitos da morte e do pecado sobre a humanidade, devolvendo a todo aquele que crê, a vida eterna pela fé (Jo 3.16).

De que forma, então, podemos ser salvos?

Temos de nascer de novo, isto é, precisamos passar por um novo nascimento espiritual, deixando para trás o pecado e vivendo uma nova vida, guiada pelos ensinamentos de Jesus Cristo: "Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" (Jo 3.3).

Precisamos Também Seguir Alguns Passos:

1) Reconhecer que somos pecadores: "Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus... Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Rm 3.10-11,23).

2) Arrependermo-nos dos nossos pecados para sermos agraciados pela misericórdia de Deus e recebermos o Seu perdão: "Se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis" (Lc 13.5). "Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito" (Sm 34.18).

3) Reconhecer que Deus enviou Jesus, seu único Filho, para a nossa redenção e salvação: Ele morreu por nós; a cruz que ele carregava eram nossos pecados, e ele foi ferido por nossas transgressões (Is 53). ”Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8).

4) Receber a Jesus Cristo como único e suficiente Salvador: "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome" (Jo 1.12) . Todos os que recebem a Jesus passam a fazer parte da família de Deus, pois recebem o poder de serem Seus filhos. É a amada igreja do Senhor Jesus, a qual ele irá buscar no fim dos tempos que se aproxima.

5) Ser batizados: Agora estamos salvos, mas precisamos concretizar isso, demonstrando na forma do batismo. O batismo simboliza a morte da velha criatura, que morre para o pecado, ao ser submergida nas águas e torna-se nova criatura, nascida do Espírito, ao emergir. “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus" (Jo 3.5).

A salvação é de graça. É um presente de Deus. É tão importante e, ao mesmo tempo, tão simples. Não precisamos pagar nada a ninguém, nem sofrer martírios ou penitências. Cristo já pagou o preço por nós!

Esse é o chamado de Jesus Cristo:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve" (Mt 11.28-30).

Se você recebeu esta palavra, passou do estado de criatura para filho de Deus. Essa foi a decisão mais importante de sua vida! Coloque a mão em seu coração e faça agora esta oração:

"Senhor Deus todo poderoso, reconheço que sou pecador e estou arrependido de todos os pecados que cometi. Quero aprender os seus ensinamentos e andar por eles, não vivendo mais como antes. Recebo agora a Jesus Cristo, como o Único e Suficiente Salvador da minha vida. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém."

Procure uma Igreja onde a Palavra de Deus é ensinada, onde é pregado que Jesus Cristo é o Único e Suficiente Salvador e onde o Evangelho não é mercadejado. Conte à liderança da igreja sua nova experiência com Jesus. Ela irá instruí-lo em tudo o que você precisa saber para seguir nessa nova caminhada com Deus.

Deus abençoe você e sua família!

silvamelo
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4417
Idade : 46
Localização : Rio de Janeiro
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum