.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
67 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 64 Visitantes :: 2 Motores de busca

Christiano, Jarbas, Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

Fabulas judaicas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fabulas judaicas

Mensagem por oliveira leite em Sab 18 Set 2010, 8:26 pm

Que fabulas são essas?

Livro de Tito 1:14 Não dando ouvidos às fábulas judaicas, nem aos mandamentos de homens que se desviam da verdade.


Livro de Tito
Cap 1:10
Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão

O que seria isso afinal?


oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Cal em Sab 18 Set 2010, 8:29 pm

Oliveira, nos primordios do cristianismo haviam muitos judeus recém convertidos e existia a dúvida se a circuncisão deveria ainda ser praticada e muitas fábulas e discussões sobre genealogia e é a isso que o texto se refere.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por oliveira leite em Sab 18 Set 2010, 8:39 pm

Compreendo Cal
mas acho que existe algo a mais
não seria só a circucisão

Isaias 1:12 ao 14

Quando vindes para comparecer perante mim, quem requereu isto de vossas mãos, que viésseis a pisar os meus átrios?
Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembléias; não posso suportar iniqüidade, nem mesmo a reunião solene.
As vossas luas novas, e as vossas solenidades, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Cal em Sab 18 Set 2010, 8:42 pm

A única fábula judaica antiga que eu tenho conhecimento é a do Golem.

O texto postado por você se refere ao cumprimento legalista da lei sem devoção real, em outro texto existe a expressão:

Rasguem seus corações e não as suas vestes.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por oliveira leite em Sab 18 Set 2010, 8:44 pm

Golem?
que fabula é essa?

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Cal em Sab 18 Set 2010, 8:47 pm

A primeira versão do mito de um ser de barro animado por magia tem origem no judaísmo.

Podemos considerá-lo o primeiro ao tratar de um constructo.


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens : 2787
Idade : 41
flag : Brasil
Data de inscrição : 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por oliveira leite em Sab 18 Set 2010, 8:56 pm

Mas então não seria essa fábula
acho que se falava da lei em si

veja o conceito de fábula:

A fábula é uma história narrativa que surgiu no Oriente, mas foi particularmente desenvolvido por um escravo chamado Esopo, que viveu no século 6º. a.C., na Grécia antiga. Esopo inventava histórias em que os animais eram os personagens. Por meio dos diálogos entre os bichos e das situações que os envolviam, ele procurava transmitir sabedoria de carácter moral ao homem. Assim, os animais, nas fábulas, tornam-se exemplos para o ser humano. Cada bicho simboliza algum aspecto ou qualidade do homem como, por exemplo, o leão representa a força; a raposa, a astúcia; a formiga, o trabalho etc. É uma narrativa inverossímil, com fundo didático. Quando os personagens são seres inanimados, objetos, a fábula recebe o nome de apólogo. A temática é variada e contempla tópicos como a vitória da fraqueza sobre a força, da bondade sobre a astúcia e a derrota de preguiçosos.
A fábula já era cultivada entre assírios e babilônios, no entanto foi o grego Esopo quem consagrou o gênero. La Fontaine foi outro grande fabulista, imprimindo à fábula grande refinamento. George Orwell, com sua Revolução dos Bichos (Animal Farm), compôs uma fábula (embora em um sentido mais amplo e de sátira política).


O que seria então as fabulas judaicas?

a História da burra de Balaão por exemplo?
creio que não
a cobra "serpente falando no Edem" também creio que não

o que seria então?
esse negocio de seguir a lei pode ser considerado uma fabula?
não sei

Fabulas judaicas
eita
tai
uma coisa pra se descobrir

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Josoco em Sab 18 Set 2010, 9:28 pm

Golem

índice
Motivo de ter sido criado

Gostaria de saber mais sobre o Golem. É possível pensar, que o Frankstein, obra literária de M. Sheley, é uma analogia ao Golem?


RESPOSTA:
Por Mendy Hecht
Este assunto desperta o interesse de muita gente, inclusive crianças, para quem o Beit Chabad já publicou histórias em quadrinhos contando a história do Golem.

O Golem foi criado no ano de 1580 em Praga pelo Rabi Yehuda Loevy, conhecido como o Maharal de Praga.

Yossef, ou Golem, foi criado a partir dos quatro elementos (fogo, terra, água e ar) através do conhecimento cabalístico do Maharal que obteve permissão Divina de recorrer a forças espirituais especiais para criar um ser como o Golem.

Ele era um ser sagrado, sem vida (desprovido de alma), e andava e obedecia a todas as ordens do Maharal. Era extremamente forte, mas não podia se expressar através da fala, pois este dom é privilégio exclusivo das almas Divinas.

Golem foi criado com o objetivo de proteger os judeus que foram ameaçados de extermínio através da intriga de seus inimigos e os salvou poupando muitas vidas. O Golem transformou o pesadelo do extermínio em salvação.

Quando o povo judeu não sofria mais ameaças, sua existência perdeu sentido, pois sua missão já fora cumprida.

Quem visita Praga atualmente poderá entrar na sinagoga do Maharal, local provável onde está enterrado o Golem (dizem que está no sótão), mas a presença de pessoas é vetada neste recinto, porque conforme os relatos, ela perde a própria vida.

Quanto a Frankstein, não há nenhuma analogia. Ele representa uma lenda em torno do terror onde cenas macabras transformam qualquer sonho em pesadelo.

Fonte: http://www.chabad.org.br/interativo/FAQ/golem.html





NÃO É POSSÍVEL MUDAR O COMEÇO, MAS PODEMOS MUDAR O FINAL!

Josoco
Banido

Número de Mensagens : 1930
Idade : 63
Localização : Brasil
flag : Brasil
Data de inscrição : 16/06/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Eduardo em Sab 18 Set 2010, 9:48 pm

Tito e Timoteo defrontavam a problemas similares (Ver 1 Tim. 1:4-7). A prática judaica de interpretar o AT usando alegorias, escurecia a verdade e dava lugar a especulações e disputas (ver 1 Tim 6:4,5)Esse método comprazia a mente, mas não produzia frutos. As fábulas judaicas causavam discussões sobre palavras (2 Tim. 2:14); faltava-lhes o poder regenerador do Espírito Santo.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por oliveira leite em Dom 19 Set 2010, 9:28 am

Eduardo escreveu:Tito e Timoteo defrontavam a problemas similares (Ver 1 Tim. 1:4-7). A prática judaica de interpretar o AT usando alegorias, escurecia a verdade e dava lugar a especulações e disputas (ver 1 Tim 6:4,5)Esse método comprazia a mente, mas não produzia frutos. As fábulas judaicas causavam discussões sobre palavras (2 Tim. 2:14); faltava-lhes o poder regenerador do Espírito Santo.
palminhas

oliveira leite
‎moderador
‎moderador

Número de Mensagens : 6552
Idade : 51
Localização : Natal RN
flag : Brasil
Data de inscrição : 28/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fabulas judaicas

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:32 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum