.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Últimos assuntos
Quem está conectado
22 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 21 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10


Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Eduardo em Dom 12 Set 2010, 4:09 pm

Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube



Pelos vistos a vida das crianças índias não vale muito para os socialistas. Primeiro está a ideologia (multiculturalismo), e depois, sim, está a vida. Como é normal, a aliança entre ideologias anti-cristãs (paganismo + socialismo + ateísmo) só trás sofrimento aos mais frágeis da sociedade.


Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas”, visitado por mais de 180 mil pessoas no Blog Julio Severo durante dois anos, é bloqueado pelo YouTube
Julio Severo
O vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” (http://www.youtube.com/watch?v=BDxdlVGjLdY&feature=player_embedded), depois de dois anos no Youtube através do Blog Julio Severo com um número de 180.295 visitas, foi rejeitado pelo Google como tendo conteúdo “impróprio”.
Qual era esse conteúdo? Era apenas uma filmagem denunciando como crianças índias que nascem com qualquer problema físico são sentenciadas à morte pelos pajés (feiticeiros) de algumas tribos brasileiras.

Todos esses assassinatos de crianças vêm sendo cometidos bem debaixo do nariz do governo brasileiro e de antropólogos, que protegem essa prática sob o manto sagrado da “cultura indígena” — que não difere absolutamente em nada da cultura nazista.
Missionários da JOCUM que resgataram algumas dessas crianças sentenciadas à morte têm sido ameaçados, porque tiveram a “ousadia” de tirar essas crianças da esfera dos pajés, livrando-as literalmente da morte.
Contudo, o governo Lula, que deu asilo a um comunista assassino italiano, não tem disposição nenhuma de dar abrigo e proteção para essas crianças. Pelo contrário, o governo exige que elas sejam devolvidas às suas tribos, onde enfrentarão inescapáveis sentenças “culturais”.
Conheci pessoalmente um casal da JOCUM que adotou Hakani, uma menina indígena que havia sido condenada à morte. Ela vive hoje em Brasília, com esse casal. Se for devolvida à tribo, ela será assassinada.
Em 2 de julho de 2008, escrevi e publiquei um artigo como minha manifestação de grito em defesa dessas crianças ameaçadas.
Não fui o único a participar desse grito de socorro. Muitos outros também se mobilizaram para ajudar essas crianças, inclusive o Dep. Henrique Afonso, que criou um projeto de lei exclusivamente para protegê-las, mas o PT obstruiu tudo.
No meu caso, usei meu humilde blog, publicando o artigo Campanha internacional para resgatar crianças indígenas do Brasil: http://juliosevero.blogspot.com/2008/07/campanha-internacional-para-resgatar.html
No artigo, há o vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas”, que não está mais disponível, porque a política do YouTube, cujo dono é o mesmo Google que vem favorecendo o homossexualismo de forma descarada, censurou o vídeo, sob a alegação de que tinha conteúdo impróprio.
Diante dessa censura, eu pergunto:
É impróprio denunciar o assassinato de crianças indígenas?
É impróprio se mobilizar na defesa delas?
É impróprio conscientizar o público do massacre de crianças inocentes nas tribos?
Há centenas de milhares de vídeos que o Google pode e deve censurar, por possuírem real conteúdo impróprio, indecente, pornográfico, violento e prejudicial. Mas calar a voz que clama pela vida das crianças é uma censura cruel, e esse tipo de censura tem um histórico que vem desde a Alemanha nazista até a Cuba e Coreia do Norte comunistas.
Se o conteúdo da denúncia de socorro do vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é impróprio, o que dizer dos seus opositores?
Que tipo de conteúdo há na cabeça de governantes políticos e antropólogos que acobertam e protegem, sob as mais diferentes desculpas “culturais”, essa versão indígena da eugenia nazista?
Que tipo de conteúdo há na cabeça de alguém para silenciar um grito de socorro em favor dos inocentes e ameaçados?
Peço a colaboração de todos para restaurar meu vídeo ao seu link original: http://www.youtube.com/watch?v=BDxdlVGjLdY&feature=player_embedded
Por favor, manifeste-se educadamente para o Google no Brasil, telefonando ou enviando fax:
Google Brasil Internet Limitada
Av. Brigadeiro Faria Lima, 3900 5º andar, Itaim
São Paulo, 04538-132
Brasil
Fone: 11-3797-1000
Fax: 11-3797-1001

Fonte: www.juliosevero.com
Campanha internacional para resgatar crianças indígenas do Brasil


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens: 8314
Idade: 38
flag: Brasil
Data de inscrição: 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Karla Cristina em Seg 23 Maio 2011, 10:32 pm

Nossa, que horror! Não conhecia esse genocídio. Vai ser dificil dormir esta noite. Voltaram com o video no youtube. Não são só crianças defeituosas, mas também quando nascem crianças gêmeas.


http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=wW6vd2LIPwE

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens: 710
flag: Brasil
Data de inscrição: 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Holy One em Ter 24 Maio 2011, 1:45 am



a partir dai vcs começam a entender como funciona a mídia e seus interesses políticos



crianças sendo enterradas vivas aqui do lado - nenhuma palavra sobre o assunto



mulher adúltera sendo condenada a apedrejamento lá nas arábias .. - tremendo auê com pressão social,mobilização,etc




Holy One
Quartzo
Quartzo

Número de Mensagens: 55
flag: Brasil
Data de inscrição: 14/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Convidad em Ter 24 Maio 2011, 10:02 am

Karla Cristina escreveu:Nossa, que horror! Não conhecia esse genocídio. Vai ser dificil dormir esta noite. Voltaram com o video no youtube. Não são só crianças defeituosas, mas também quando nascem crianças gêmeas.


http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=wW6vd2LIPwE

voltaram em outro link, o outro continua banido,
é a ditadura da informação, quanto mais a internet for centralizada em gigantes como microsoft e google, mais poder de censura a ONU, o politicamente 'correto', e os governos terão.
Parece até piada a época que vivemos , falar e provar que homossexualismo faz mal 'não' podemos , falar que adultério é ruim quase não se pode mais, alguns tipos der pedofilia já estão se tornando praxe, agora falar de homícidios como estes não se pode , o abortismo cada vez mais se torna natural a ponto de impedir a recriminação...

E ainda tem seculares que vem dizer que estamos 'avançando civicamente', que avanço é estes ? trocar moral verdadeira (compaixão, organização, limites, família), por verniz social nunca foi avanço, é retrocesso baseado em hipocrisia, se deforma o interior , mas com pintura brilhante no exterior.





Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Convidad em Ter 24 Maio 2011, 10:07 am

Holy One escreveu:

a partir dai vcs começam a entender como funciona a mídia e seus interesses políticos



crianças sendo enterradas vivas aqui do lado - nenhuma palavra sobre o assunto



mulher adúltera sendo condenada a apedrejamento lá nas arábias .. - tremendo auê com pressão social,mobilização,etc



é que adultério é chique.
como o ocidente , lotado de pornografia e adultério , não iria se intrometer neste caso , se muitos no ocidente nem sabem mais quantas vezes usaram de serviços sexuais dos outros ? Agora que as mulheres no Islã sofrem, isto também não podemos negar, o problema é que escolhemos este caso específico por dois motivos : ser mulher , e envolver adultério , enquanto isto temos casos monstruosos para tratar em nosso país.



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Karla Cristina em Ter 24 Maio 2011, 3:53 pm

Articulador escreveu:
voltaram em outro link, o outro continua banido...


É que esta materia, o Eduardo postou em setembro de 2010, andei pesquisando os tópicos antigos e achei a materia interessante. Aí não sei se devido a manisfestação feita por Julio Severo (em 2008) deu certo, ou o assunto perdeu a força, por isso o google nem se importou com isso mais.

Vou colocar outra matéria que tem a ver com o assunto, isso é interessante porque se os indios fossem evangelizados ou civilizados, essas barbaridades acabariam:

Funai exclui igrejas evangélicas de reservas indígenas

Os socialistas, os militantes pró-aborto, os ativistas homossexuais e outras criaturas socialmente insatisfeitas vociferam que o Estado é laico, que na interpretação deles é que o Estado é um lugar onde os valores, princípios e ideologias deles podem permanecer à vontade. O que não pode ter essa mesma liberdade são os valores cristãos que defendem a vida e a família.

Assim, quando eles gritam e esperneiam que o Estado é laico, sua declaração diz: “O Estado é nosso, só nosso. Fiquem de fora os cristãos e seus valores. Engulam goela abaixo tudo o que vamos impor!”

A característica importante deles é que eles são grandes defensores da morte. Eles defendem políticas e leis de aborto para matar crianças inocentes e de eutanásia para matar doentes, deficientes e idosos. O único tipo de morte que eles acham inaceitável é a pena capital para assassinos comprovados.

Os cristãos genuínos têm outra direção: eles são grandes defensores da vida. É por isso que a luta e o sucesso pela emancipação dos escravos (de todas as raças) não pertencem aos ateus, aos socialistas nem aos agnósticos. Foram os cristãos que iniciaram e venceram essa luta.

É pelo fato de que em Cristo há libertação que os cristãos levam o Evangelho a todos: brancos, pobres, negros, ricos, índios, etc. Todos, indistintamente, merecem conhecer a mensagem de amor, esperança, salvação e libertação de Jesus Cristo.

É por isso que missionários cristãos, com muito amor, procuram conduzir os índios ao conhecimento e experiência da Pessoa de Jesus Cristo. Os índios que acolhem no coração o Espírito Santo se tornam novas criaturas, rejeitando um passado de escravidão moral e espiritual.

Um dos grandes resultados e benefícios da evangelização é o questionamento e rejeição, entre índios cristãos, aos costumes tribais de sacrificar e matar crianças índias. Esse resultado é apenas uma extensão natural do poder que o Evangelho tem de defender a vida.

Em todas as sociedades onde entra, o Evangelho genuíno opera liberdade e defesa da vida. É por isso que os maiores defensores das crianças hoje contra a ameaça de aprovação de insanas leis de aborto não são os agnósticos, nem os ateus, nem os nazistas, nem os socialistas. São os cristãos.

O Evangelho puro é pura cultura da vida. Não sendo racistas nem preconceituosos, os cristãos genuínos não querem negar aos índios — ou aos negros e a qualquer outra raça — a oportunidade de receberem a cultura da vida que o Evangelho oferece.

Só um preconceito cego e irracional imporia impedimentos para que os índios conheçam o Evangelho. Esse preconceito é hoje observado nas atitudes da Funai, o órgão do governo federal responsável por decidir o que os índios podem ou não ter.

No Brasil, embora a Constituição estabeleça direitos iguais a todos, parece que os índios não têm a liberdade de decidir se querem ou não o Evangelho em seu meio. Conforme informação do blog Holofote, em janeiro de 2008 a Funai (Fundação Nacional do Índio) decidiu excluir as igrejas evangélicas das reservas indígenas.

Em reação à evidente hostilidade estatal contra a presença evangélica entre os índios, o Senador Magno Malta, mesmo sendo um aliado de Lula, fez pronunciamento criticando a dura decisão do órgão do governo Lula privando os índios do Evangelho. De acordo com notícia da Agência Senado, no dia 7 de maio de 2008 Malta disse:

“As igrejas evangélicas trabalham, sobretudo, com a recuperação de índios vítimas da sua própria socialização, principalmente alcoólatras e depressivos que, sem a orientação dos pastores, acabam optando pelo suicídio”.

Os seguidores de Cristo não praticam preconceito nem discriminação. É por isso que eles não excluem os índios da oportunidade de conhecer o Evangelho, pois os índios também são seres humanos.

Contudo, ao excluir a presença evangélica entre os índios, o Estado pratica a pior forma de preconceito. Aliás, é sempre o Estado que consegue praticar a pior forma de preconceito e ódio, como bem comprovam os exemplos da Alemanha nazista e da União Soviética, que em nome de um Estado laico excluíam, perseguiam, difamavam, atacavam e trucidavam os cristãos e seus valores.

O Estado laico brasileiro, atribuindo a si prerrogativas essencialmente divinas, está decidindo o que os índios podem ou não ter, inclusive Jesus.

O Estado assim se enxerga acima de Deus, removendo dos índios a liberdade e a necessidade de Jesus, mas não lhes permitindo a liberdade e a necessidade de se verem livres de um Estado totalitário que lhes nega o maior de todos os direitos: conhecerem seu Criador.


http://juliosevero.blogspot.com/2008/05/funai-exclui-igrejas-evanglicas-de.html

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens: 710
flag: Brasil
Data de inscrição: 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Cal em Ter 24 Maio 2011, 4:13 pm

Karla, missionários cristãos são uma desgraça ou ajuda valorosa dependendo muito das circunstâncias.

Em alguns lugares missionários cristãos ajudaram comunidades carentes a se tornarem independentes economicamente e mehorarem suas condições de vida e educação, em outros lugares só causaram tragédias, um exemplo foi o ocorrido na Tailândia que gerou o documentário da BBC chamado "Prisioneiros de um Deus estrangeiro.".


A verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade.

Cal
Moderador Agnóstico
Moderador Agnóstico

Número de Mensagens: 2786
Idade: 39
flag: Brasil
Data de inscrição: 15/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Convidad em Ter 24 Maio 2011, 5:19 pm

Cal escreveu:Karla, missionários cristãos são uma desgraça ou ajuda valorosa dependendo muito das circunstâncias.

Em alguns lugares missionários cristãos ajudaram comunidades carentes a se tornarem independentes economicamente e mehorarem suas condições de vida e educação, em outros lugares só causaram tragédias, um exemplo foi o ocorrido na Tailândia que gerou o documentário da BBC chamado "Prisioneiros de um Deus estrangeiro.".

então nos diga qual a desgraça de ensinar aos índios que deve-se preservar a vida dos inocentes ? E qual foi o prejuízo deste documentário ? pelo que saibamos cristianismo é como arroz, não existe contra-indicação.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vídeo “Crianças indígenas enterradas vivas” é bloqueado pelo YouTube

Mensagem por Karla Cristina em Qua 25 Maio 2011, 11:33 am

Cal escreveu:Karla, missionários cristãos são uma desgraça ou ajuda valorosa dependendo muito das circunstâncias.

Em alguns lugares missionários cristãos ajudaram comunidades carentes a se tornarem independentes economicamente e mehorarem suas condições de vida e educação, em outros lugares só causaram tragédias, um exemplo foi o ocorrido na Tailândia que gerou o documentário da BBC chamado "Prisioneiros de um Deus estrangeiro.".

Cal assisti o documentário todo, tem neste site abaixo:

http://contextolivre.blogspot.com/2011/01/prisioneiros-de-um-deus-branco.html

Algumas observações:

- me fiz a mesma pergunta de quem fez o documentário, como pessoas cristãs tementes a Deus poderiam ter atitudes como estas? No documentário mostra como muitos que se dizem cristãos estão nos seminários, não porque são cristãs tementes a Deus, mas para tirar algum proveito da situação. Ele afirmou que 80% dos seminaristas no local, estavam interessados em sexo, o que acredito, pelo que vi, ser verdade.

- uma observação é que pessoas que se dizem cristã teriam por obrigação em espelhar nos ensinamentos de Cristo, em momento algum a bíblia apóia atos sexuais fora do casamento. Inclusive não se tem noticias que Jesus teve relação alguma com outro ser humano.

- seria bom Cal vc assistir o filme "O livro de Eli", pra vc ver como as pessoas podem usar a bíblia tanto para fazer o bem como para fazer o mal.

- não sei como os nativos da Amazônia vivem, mas é um absurdo acreditar que pessoas que nascem deformadas têm que ser assassinadas por que trazem má sorte para tribo. Não deixa ser um absurdo também pessoas na Tailândia terem parado no tempo e acreditarem no Deus sol, Deus da chuva e por aí vai. E morrerem de medo de espíritos a ponto de marcarem o local que espíritos ruins não entram, e coisas deste tipo. Isso só mostra a ignorância de um povo que ficou isolado da civilização.

Se chamarem essas pessoas para morarem na cidade grande, viverem no ar condicionado, televisão, livros, net, enfim conhecimento, essas pessoas nunca mais vão querer voltar para a forma de civilização que nasceram. Que sentido tem a vida dessas pessoas, naquela pobreza, sem recursos, sem conhecimento? O sentido da vida pra mim, o que faz valer a pena é o conhecimento. Cada dia uma nova descoberta. È lógico que a natureza também nos proporciona conhecimentos, mas o ser humano tem capacidade muito maior, não somos seres limitados. Essas pessoas não tiveram oportunidade, por isso tem a vida que tem. Mas lógico que não é pra fazer como está mostrando no documentário, se for assim, melhor deixá-los no meio do mato mesmo, e nem mexer com essa gente. Com certeza foi muito pior o que eles fizeram.

Só não podemos generalizar como fizeram no documentário, mostrando cristãos pregando em praça pública, como se todos cometessem esse grave pecado.

Karla Cristina
Esmeralda
Esmeralda

Número de Mensagens: 710
flag: Brasil
Data de inscrição: 24/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum