.....................................................
Que bom que você entrou Convidado
Quem está conectado
58 usuários online :: 1 usuário cadastrado, Nenhum Invisível e 57 Visitantes :: 2 Motores de busca

Lit San Ares

O recorde de usuários online foi de 2364 em Seg 19 Dez 2011, 5:49 pm
Consulta Bíblica
Ex: fé - Ex: Gn 1:1-10

A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Eduardo em Sex 23 Jul 2010, 10:36 pm

Maioria dos cientistas já testemunhou abuso ético




A maioria dos cientistas já testemunhou ou se envolveu em casos de infração científica como falsificação de dados ou plágio. É isso que revela um estudo inédito conduzido pelo Simmons College, dos Estados Unidos. De um total de 2.599 cientistas americanos e canadenses com pesquisas financiadas pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH, na sigla em inglês), 84% disseram já ter presenciado ou participado de infrações científicas. Dentre os cientistas que participaram direta ou indiretamente de um trabalho com dados fraudulentos, 63% disseram ter tentado intervir para evitar o abuso. As informações, coletadas por meio de um questionário enviado por e-mail aos cientistas, respondido anonimamente, estão na edição de quinta-feira (22) da revista Nature.

“Na maioria dos casos relatados, as infrações de dados foram conduzidas por um chefe [orientador ou coordenador de pesquisa]. Isso torna difícil uma intervenção por parte dos pesquisadores”, disse à Folha Gerald Koocher, um dos coordenadores da pesquisa. Ele explica que as intervenções são mais fáceis para cientistas distantes do infrator do que para quem está no mesmo laboratório. “Em 61 casos, não houve intervenção diante de um erro porque o cientista era um amigo”, conta Koocher.

No topo da lista de infrações cometidas pelos cientistas, estão fabricação ou falsificação de dados, falsa co-autoria de artigo e plágio.

Segundo Koocher, as estatísticas encontradas nos EUA podem ser generalizadas para Brasil, Austrália e alguns países da Europa que, na opinião dele, possuem uma “cultura científica bastante semelhante”. [...]

Ainda podemos confiar na ciência? Koocher acredita que sim. “A maioria dos cientistas é honesta. Nós temos dados positivos e precisamos descobrir como fazer para melhorar a integridade dos cientistas”, finaliza.

(Folha.com)

Nota: Também acredito na honestidade da maioria dos cientistas que buscam a verdade leve essa busca aonde levar. Assim como creio que a maioria dos cristãos que segue a Bíblia também é honesta. O que isso nos ensina? A não tomar a parte pelo todo, nem o todo pela parte. Também nos ensina a não confiar na autoridade humana. Devemos, sim, buscar os fatos (bíblicos ou científicos) por nós mesmos. Isso é ir à “fonte”. E é exatamente isso o que Deus nos estimula a fazer. A verdadeira ciência (honesta e experimental) e a verdadeira teologia (bíblica e científica) são lentes dos óculos que nos podem fazer enxergar melhor a realidade que nos cerca. O nome desses óculos é criacionismo.[MB]


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por dedo-duro em Sab 24 Jul 2010, 11:25 am

Há criacionistas honestos, claro. Honestamente equivocados.

E criacionismo não é óculos, é viseira. Até hoje não há a mínima evidência que o tão propagado deus exista, fora da imaginação humana (acho que isso já foi colocado umas mil vezes).

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Eduardo em Ter 03 Ago 2010, 6:42 pm

Pós-graduação: jogo de cartas marcadas?


Terça-feira, Agosto 03, 2010








PÓS-GRADUAÇÃO: Jogo de cartas marcadas?

Por Francisco Djacyr Silva de Souza em 3/8/2010

"Se não tiver orientador que goste de tua linha de pesquisa, tu não vai passar nunca... Infelizmente, é assim mesmo... Tem que respeitar as preferências do orientador. (José Gerardo Vasconcelos, 17/06/10)

Essas palavras foram pronunciadas pelo coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará e provam que há algo de errado no processo de seleção nos cursos de mestrado e doutorado promovidos pela instituição, pois enquanto o edital do curso diz que "o projeto de tese será avaliado quanto à sua relevância e vinculação com a Linha de Pesquisa escolhida e quanto à sua viabilidade, consistência teórica e metodológica", o coordenador do programa mostra que o critério é outro, ou seja , a suposta autonomia do processo é posto de lado para dar lugar ao que sempre se denuncia nos processos seletivos das universidades brasileiras: jogos de conveniência, poder e de interesses. Todos dizem que tais processos são um "jogo de cartas marcadas". No entanto, alguns por medo de represálias e por não quererem envolvimento ou criação de problemas que com certeza virão, acabam calando e consentindo.

A comunidade acadêmica e a sociedade em geral deveriam se voltar contra tal processo, que depõe frontalmente contra a seriedade da Universidade que acaba sendo solapada pelos grupos de poder e guetos ideológicos que muitas vezes se escondem num suposto processo limpo de seleção. Sabemos que tal processo existe e que há muita sujeira debaixo do tapete, que deveria ser denunciada e varrida dos muros de cada instituição de ensino superior para o bem da educação brasileira e para gerar respeito e consideração a pessoas que, acreditando na lisura do processo seletivo, acabam passando por renúncias, investimentos financeiros e esperanças que não vêm em função da declaração do hoje coordenador do Programa de Pós-Graduação, senhor José Gerardo Vasconcelos, que acaba provando que o que é preconizado no edital não corresponde à realidade.





Critérios para gerar respeito e seriedade

Hoje em dia todos bradam em todos os locais a necessidade da ética, a conquista da cidadania e a necessidade de seriedade no serviço público e no cotidiano das pessoas. No entanto, declarações deste tipo acabam mostrando que todos esses discursos de sala de aula acabam se tornando mera retórica e uma categoria falida na prática.

O processo seletivo do doutorado e mestrado em Educação neste ano de 2010 e em todos precisaria ser revisto para não concretizar a orfandade de pesquisadores, tão comum no meio acadêmico, que seleciona os "amiguinhos" que geralmente pouco ou nada têm a ver com a paixão e a riqueza de ensinar. Aplica-se em tal processo uma teoria que nada tem a ver com a essência da pesquisa que é pluralidade, autonomia e busca pelo ineditismo no momento em que o candidato tem que pensar igual ao seu orientador ou que seu assunto supostamente não tem interesse para uma Universidade que se diz plural. Onde estamos, que ainda temos que pensar igual aos outros e que não se valoriza a autonomia de pensamento? Por que pregam seriedade e não a promovem em momentos como este?

Estas ideias soam com avisos. Aqueles que agora leem esta comunicação precisam urgentemente exigir da coordenação do programa de pós-graduação, e da Universidade como um todo, seriedade nos processos seletivos, e não aceitar declarações do tipo daquelas feitas pelo senhor José Gerardo Vasconcelos, que soam como agressão a sonhos, esperanças e investimentos. O ingresso de um pesquisador no mundo da pós-graduação não pode ser baseado em critérios vindos da ideia do coordenador do Programa, e sim, se basear nos critérios de um processo seletivo sério, impessoal e povoado de lisura para gerar respeito e seriedade.

Um papel para inglês ver?

O que vemos neste momento é a busca por uma visão correta do que é a academia que, mesmo com visões distintas e antagônicas, deve acolher a todos dentro de critério sérios de seleção que precisam ser o néctar da vivência para uma educação de qualidade e melhor. Não entendemos a proliferação de cursos de Pós-Graduação de origem privada quando nossas instituições federais expulsam pessoas que, com experiência comprovada e atuação acadêmica destacada e conhecida, acabam sendo preteridas por um critério puramente pessoal e à revelia do que preconiza o edital do Programa.

Não podemos aceitar mais este tipo de situação que provoca em todos uma situação de descrédito em instituições, pessoas e no próprio mundo em que vivemos. Para finalizar deixaria um pensamento:

"Paulo Freire atingiu o ponto máximo que um educador pode atingir. A questão é se desejamos tê-lo conosco. A questão é se ele deseja trabalhar ao nosso lado." (parecer de Rubem Alves à Reitoria da Unicamp sobre o ingresso de Paulo Freire na Universidade, 25 de maio de 1985)

Não queremos com isso dizer que neste momento estão recusando no doutorado um educador do quilate de Paulo Freire, mas na verdade quantos profissionais foram recusados no Programa de Pós-Graduação pelos critérios citados pelo coordenador do Programa em desacordo com o que diz o edital? Ou o edital é apenas papel para inglês ver?

+++++
Observatório da Imprensa

+++++
NOTA DESTE BLOGGER:

O problema levantado por Francisco Djacyr Silva de Souza é o que chamo de agentes da KGB da Nomenklatura científica que impedem a livre veiculação, discussão e debates de ideias na universidade -- universo de ideias. Ué, e não se pode propor novos sujeitos de pesquisa???

Como verdadeiros guardas-cancelas, com unhas e dentes eles protegem os paradigmas consensuais (procure sua carteira epistêmica, pois ela pode estar sendo tungada) de quaisquer críticas, mesmo as científicas.

O nome disso é DIKTADURA. E pra onde foi a liberdade acadêmica? Os atuais mandarins da Nomenklatura científica estão mais para inquisidores do que educadores. É preciso enfrentar ousadamente e denunciar estes tigres de papel.




Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por dedo-duro em Ter 03 Ago 2010, 8:07 pm

O Estado é laico. Não pode preterir nenhuma religião. Foi colocado umas mil vezes isso também. Pode-se discutir "academicamente" a bílblia em qualquer outra faculdade de teologia, desde que particular.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Well em Seg 09 Ago 2010, 2:16 pm

TREZE PERGUNTAS PARA OS EVOLUCIONISTAS RESPONDEREM
Adaptado do site [url=http://www.creationscíence.com]www.creationscíence.com[/url]
Tradução de Stephen Adams
Algumas pessoas sinceras, mas mal encaminhadas, pensam que a evolução é uma teoria razoável para explicar as questões do homem e do Universo. A evolução não é uma teoria, é um tipo de religião pagã disfarçada de ciência.


1. De onde veio o espaço para o Universo e a matéria?
2. De onde vieram as leis do Universo - lei da gravidade, inércia etc.?
3. Como pode a matéria estar tão perfeitamente organizada? De onde veio a energia para organizar tudo?
4. Quando, onde, por que e como a vida se originou de matéria morta?
5. Quando, onde, por que e como a vida aprendeu a reproduzir-se?
6. O que fez a primeira célula capaz de reprodução sexual reproduzir-se?
7. Como podem as mutações (recombinando o código genético) criar uma nova e melhorada variedade? (Recombinar letras inglesas nunca iria produzir um livro chinês).
8. Quando, onde, por que e como:
a. Anfíbios se transformaram em répteis?
b. Os répteis se transformaram em pássaros? (os pulmões, ossos, olhos, órgãos reprodutores, coração, método de locomoção e pele são todos diferentes!) Como viviam as formas intermediárias?
9. Quando, onde, por que e como:
a. Evoluíram as baleias, os cavalos -marinhos e os morcegos?
b. Evoluíram os olhos e os ouvidos?
c. Evoluíram os cabelos, pele, penas, escamas, unhas, garras etc?
10. O que evoluiu primeiro? Como e em quanto tempo funcionou sem os outros?
a. O impulso para reproduzir ou a habilidade para reprodução?
b. Os pulmões, a mucosidade que os protege, a garganta ou a perfeita mistura de gases respirada pelos pulmões?
c. As plantas ou os insetos que se mantiveram vivos e polinizaram as plantas?
d. Os ossos, ligaduras, tendões, circulação ou músculos para mover os ossos?
e. O sistema imunológico ou a necessidade dele?
11. Quando, onde, por que e como o homem desenvolveu sentimentos e pensamentos - amor, piedade, culpa etc?
(estas capacidades jamais evoluiriam conforme a "teoria da evolução").
12. Considerando que existem mais de uma dezena de correntes evolucionistas, a qual delas você pertence?
13. Você acredita honestamente que tudo veio do nada?

Após responder a estas treze perguntas, considere cuidadosamente as perguntas seguintes:
1. Você está seguro de que suas respostas são racionais, corretas e cientificamente comprováveis? Ou crê que
simplesmente as coisas aconteceram como você acabou de responder? Estas respostas refletem sua religião ou a ciência?
2. Suas respostas dependem de uma fé semelhante à de uma pessoa que diz "Deus deve ter projetado isto"?
3. É possível que um Criador inadvertido desenhou este Universo? Se Deus é excluído do princípio da discussão por sua definição de ciência, como poderia ser mostrado que Ele criou o Universo, considerando a suposta verdade cristã de que Ele realmente o criou?
4. É sábio e justo apresentar a evolução aos estudantes como fato?
5. As pessoas aceitam a evolução devido a quais destes fatores:
a. Foi o que elas aprenderam sem questionar durante toda a vida.
b. Elas gostam da liberdade de Deus, sem compromisso com qualquer espécie de moral absoluta.
c. Elas se unem para apoiar a teoria com medo de perder o seu trabalho ou status.
d. Elas nutrem um orgulho intelectual que as impedem de admitir que estão equivocadas.
6. Devemos continuar usando evidências antigas, desaprovadas, inconclusivas e incorretas para apoiar a teoria da evolução porque não temos um substituto convincente? (Homem de Piltdown, Homem de Java, Homem de Neanderthal etc).
7. Deve-se permitir aos pais exigir que a evolução não seja ensinada como fato no sistema escolar, a menos que se ensine ao lado de outras teorias de origens (como a criação divina)?
8. Você não se cansa de ter fé num sistema que não é verdadeiro? Não seria melhor conhecer a Deus que o fez e aceitar seu amor e perdão?
9. O que você está arriscando se você estiver errado? (um renomado opositor do criacionismo considerou: "Existe um Deus ou não? Ambas as possibilidades são assustadoras!' )

http://www.combc.net/Sermao/Criacao_x_Evolucao.pdf


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por dedo-duro em Seg 09 Ago 2010, 8:25 pm

O big bang e a evolução das espécies responde todas as perguntas. oh my

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Eduardo em Seg 09 Ago 2010, 8:54 pm

Já aqui tinha falado sobre a falsa abertura da comunidade científica ao questionamento do Big Bang – teoria prevalecente sobre a origem do Universo. O melhor é que são não-religiosos a tocarem com o dedo na ferida. Hoje vamos ver como o Big Bang é tão religioso como o “Deus criou”. De vez em quando, lá aparece um cientista suficientemente ousado com coragem para questionar o paradigma naturalista (sim, porque hoje em dia é preciso cuidado com aquilo que se está a questionar – Ver: Evolução – Não me toques que me desafinas).
Até à data, Richard Lieu pertence ao Departamento de Física da Universidade de Alabama. Segundo ele, “a Cosmologia nem sequer é astrofísica: todas as principais hipóteses neste campo não são verificadas (ou não possíveis de verificar) em laboratório e os investigadores sentem-se confortáveis com a invenção de “desconhecidos” para explicar o “conhecido“. Ui, que acusação grave sr. Lieu.
Ele continua: “Como é possível que após 15 anos de tentativas falhadas de encontrar matéria escura, os campos da matéria escura e energia escura se tenham tornado prioridades eminentes no financiamento da astronomia, em detrimento de todos os outros ramos da mesma?“. Chama-se “desespero”, sr. Lieu.
Em relação à energia escura, a physicsworld.com disse em 2004: “É uma ironia da natureza a forma mais abundante de energia no Universo ser, também, a mais misteriosa. Desde a descoberta de que o Universo está em expansão, surgiu um panorama consistente que indicou que 2 terços do cosmos são compostos de “energia escura” – uma espécie de força gravitacional repulsiva“. Hoje, o cenário continua tão enigmático como em 2004.
No paper publicado, Richard Lieu colocou a nu tudo aquilo que não seria possível de explicar através do Big Bang, caso as entidades hipotéticas postuladas pelos big-bangers fossem retiradas do modelo.
_______________________________________________________________________
Topem… eu invoco uma força não observada para explicar o aparecimento do Universo – Deus – e dizem-me que essa afirmação é religiosa. Os big-bangers invocam, pelo menos, três forças não observadas – matéria escura, energia escura e inflação – e dizem que estamos a lidar com ciência. Não vou colocar “lol’s” ou “ahahahah’s” porque acho que não é muito cortês utilizar esses termos em posts.
Depois de criticar o crente por este recorrer ao “Deus criou”, o ateu vê-se na mesma posição – ter de invocar entidades não observadas para explicar aquilo que ele acha que não é explicável pela hipótese Deus.
A realidade é que o Big Bang encontra-se apenas verificado na mente daqueles que já decidiram acreditar que foi assim que o Universo começou a existir. Religião por religião, é preferível escolher uma que nos leve a algum lado.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por dedo-duro em Seg 09 Ago 2010, 9:06 pm

A especulação é feita sobre fatos, coerentemente.

Os crentes não possuem nenhuma evidência da existência de deus. Ou estou perdendo alguma coisa?

Os escritores apresentados pelo Eduardo só querem inundar as universidades com suas fábulas sobre deus. Nem passa pela cabeça dessa turma fazer ciência.

dedo-duro
Pollux
Pollux

Número de Mensagens : 4236
flag : Brasil
Data de inscrição : 19/08/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Well em Ter 10 Ago 2010, 10:23 am

O problema do big bang é não explicar como algo surgiu do nada. E o problema da evolução é o tal elo perdido...


http://nemtodoslevamadeus.blogspot.com.br/

Well
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1870
flag : Brasil
Data de inscrição : 22/04/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Jumper em Ter 10 Ago 2010, 7:49 pm

Well escreveu:O problema do big bang é não explicar como algo surgiu do nada. E o problema da evolução é o tal elo perdido...

Big Bang trata da súbita expansão da matéria para explicar o afastamento das galáxias constatado atualmente.

"Elo perdido" é um termo erroneo. Existem vários fósseis de espécies transicionais conhecidos...

Aqui tem alguns: http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=3463.0

Só um exemplo:


(A) Pan troglodytes, chimpanzé
(B.) Australopithecus africanus, 2.6 Ma
C.) Australopithecus africanus, 2.5 Ma
(D) Homo habilis, 1.9 Ma
(E) Homo habilis, 1.8 Ma
(F) Homo rudolfensis, 1.8 Ma
(G) Homo erectus, 1.75 Ma
(H) Homo ergaster 1.75 Ma
(I) Homo heidelbergensis 300,000 - 125,000 a
(J) Homo sapiens neanderthalensis, 70,000 a
(K) Homo sapiens neanderthalensis, 60,000 a
(L) Homo sapiens neanderthalensis, 45,000 a
(M) Homo sapiens sapiens, "Cro-Magnon" 30,000 a
(N) Homo sapiens sapiens, homem moderno

Jumper
Diamante Azul
Diamante Azul

Número de Mensagens : 1340
flag : Brasil
Data de inscrição : 10/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Eduardo em Ter 10 Ago 2010, 8:06 pm

Nos dias de hoje, o Australopithecus africanus não é mais considerado um ancestral do homem. Três ocorrências, quase simultâneas, provocaram a mudança de opinião.

Primeira:

C.E.Oxnard publicou os resultados de um estudo por computador das formas dos ossos dos Australopithecus, os macacos africanos, e o homem. Durante anos, todos (como provado por Tobias) se admiravam da semelhança entre o Australopithecus africanus e o homem. Oxnard provou, pela análise matemática da forma dos ossos, que o Australopithecus se parecia muito mais com o macaco do que com o homem. Afirmou-se que o Australopithecus andava de pé, como o homem por causa de certas características pélvicas. Oxnard demonstrou que os ossos do tornozelo da criatura em questão, que são essenciais para se andar sobre dois pés, “diferem mais do homem do que os do macaco africano”. Os macacos africanos não podem andar em pé como nós. Ao que parece, os Australopithecus também não podiam. Os ossos do pé do Australopithecus foram reconstruídos para demonstrar como seus pés tinham aspecto humano. Oxnard salientou que o pé igualmente incompleto de um chimpanzé poderia ser reconstruído do mesmo modo.

A mão do Australopithecus se parece com as mãos de vários macacos em sete aspectos, enquanto se assemelha à do homem em apenas três aspectos. Oxnard nota ainda que o fragmento de omoplata, “descrito há muitos anos como sendo mais semelhante ao do orangotango do que qualquer outra coisa (e isto foi confirmado por um estudo recente) é, não obstante, regalmente tratado nos debates como se fosse essencialmente humano”.

Segunda:


Segundo descobertas de Richard Leakey, o Homo habilis viveu simultaneamente com o Asutralopithecus africanus. O africanus não podia ser, então, o ancestral do homem.

? -> Australopithecus africanus
? -> Homo habilis -> Homo erectus -> Homo sapiens.
? -> Australopithecus robustus.


Terceiro:

Johanson e White descobriram o Australopithecus afarensis. Esta criatura é tida pelos seus descobridores como sendo um ancestral do Australopithecus e do Homo habilis.

Australopithecus afarensis -> Homo habilis -> Homo erectus -> Homo sapiens.
Australopithecus afarensis -> Australopithecus africanus.
Asutralopithecus afarensis -> Australopithecus robustus.

Quem está certo? Ninguém sabe. Novas descobertas irão, provavelmente, derrubar ambos os pontos de vista acima e mostrar mais uma vez que a linhagem do homem não passa de conjeturas – ponto em que ela se encontra até hoje.

Existem dois pontos de vista diferentes sobre a origem do homem e nenhuma possibilidade de dizer qual deles é o certo, caso haja algum certo. A ciência da antropologia vem apresentando uma linhagem evolucionária diferente para o homem a cada uma ou duas décadas nos últimos sessenta anos.

Josh McDowell

Fontes:

•C.E.Oxnard, “Human Fossils: The New Revolution”;
•C.E.Oxnard, “The Place of the Australopithecus in Human Evolution: Grounds for Doubt?”;
•Philip V. Tobias, “Early Man in East Africa”;
•Donald C. Johanson e Maitland A. Edey, “Lucy”.


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Eduardo em Qua 11 Ago 2010, 9:01 pm

Em 1963 o Dr. Leakey descobriu o fóssil humano que denominou de "Homo habilis", no mais baixo nível dos estratos, em flagrante contradição com os conceitos evolucionistas, pois o Homo habilis era semelhante ao homem moderno. Muitos aspectos dessa descoberta são altamente controvertidos. Embora o Dr. Leakey sugira que todos os trabalhos de antropologia sejam reescritos, não há maneira em que se possa fazer isso enquanto os antropólogos se agarrarem ao ponto de vista convencional de como o homem supostamente evoluiu.

O Homo Erectus e o até agora considerado seu antepassado Homo Habilis viveram de facto durante muito tempo lado-a-lado na África Oriental, revela um estudo da redvista Nature, pondo em causa a actual teoria da evolução humana. Em 2007, novas descobertas sugerem que as duas espécies coexistiram em podem ser linhagens separadas de um ancestral comum em vez do H. erectus sendo descendente do H. habilis.

Os dois novos fósseis que vieram inesperadamente redesenhar a árvore da evolução humana foram descobertos em 2000 na margem Leste do lago Turkana, no Quénia, por uma equipa científica internacional conduzida por Fred Spoor, do University College de Londres. [F. Spoor, M. G. Leakey, P. N. Gathogo, F. H. Brown, S. C. Antón, I. McDougall, C. Kiarie, F. K. Manthi & L. N. Leakey (9 August 2007). "Implications of new early Homo fossils from Ileret, east of Lake Turkana, Kenya". Nature 448 (448): 688–691. doi:10.1038/nature05986]

Segundo os investigadores, esta descoberta contraria as teorias actuais e prova que as duas espécies de hominídeos não se sucederam na escala da evolução, mas conviveram lado-a-lado durante muito tempo, provavelmente um milhão de anos, na bacia do Turkana... Para os autores da descoberta, a prova obtida sobre a coexistência entre o Homo Erectus e Homo Habilis torna doravante "pouco provável" que o primeiro tenha evoluído a partir do segundo...

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=22949&op=all


Visite-me no Fórum Adventista:

http://adventista.forumbrasil.net/

Eduardo
‎Moderador Adventista
‎Moderador Adventista

Número de Mensagens : 8396
Idade : 40
flag : Brasil
Data de inscrição : 17/10/2008

http://adventista.forumbrasil.net/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A teoria da evolução pode ter sido manipulada

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:57 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum